A COMUNICAÇÃO NA EMPRESA

Comunicação é...

 Tornar comum

 Trocar opiniões

 Fazer saber

 Interação

 Troca de mensagens

 Participação de experiências, que modifica a disposição mental das
partes envolvidas.

Problemas de Comunicação nas Empresas

 Há vários fatores que impedem a eficácia de uma mensagem.

DA PARTE DO EMISSOR

 Incapacidade verbal, oral ou escrita para expor o próprio
pensamento;

 Falta de coerência entre os diversos fragmentos de frases ou de
pensamento

 Intromissão de opiniões, juízos e valores quando somente os fatos
podem gerar soluções;

 Imprecisão vocabular ou uso de frases longas para impressionar o
leitor;

 Ausência de espontaneidade ou manifestação evidente de linguagem
afetada;

 Acúmulo de pormenores irrelevantes;

 Excesso de adjetivos e advérbios e de frases feitas, clichês.

DA PARTE DO RECEPTOR

 Nível de conhecimento insuficiente para a compreensão da
mensagem;

esquerda. suas ideias apresentam relações com alguma experiência anterior. Comunicação eficaz Deve-se analisar:  Com quem você vai comunicar-se? Quem é? Que tipo de pessoa ela é? De quanto auxílio seu essa pessoa necessita para entender e aceitar o que você vai dizer?  O que você quer dizer? A mensagem está clara em sua própria mente? Você ainda tem pormenores para verificar? . EXIGE-SE  Atenção com relação a alguns vocábulos que provocam determinadas atitudes negro. de periódicos.  Falta de experiência  Falta de imaginação. direita. cartas e memorandos. QUANTO AOS SISTEMAS  Atentar para o fato de que a comunicação é um meio de alcançar os objetivos da empresa. de livros. fascista. Melhor evitá- los.  Leitura assídua de toda a correspondência que chega à empresa. integralista. DO COMUNICADOR.  O redator profissional deve ter conhecimentos de que as pessoas têm atitudes. imbecil.  Ausência de atenção (distração)  Falta de disposição para entender PARA APRIMORAR A COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL As habilidades técnicas envolvem respostas às seguintes questões:  Como transmitir informações?  Como instruir?  Como ser breve e claro? PARA ULTRAPASSAR ESSAS BARREIRAS  Exercício contínuo da redação de relatórios.  Informações exatas e rápidas são fundamentais para a tomada de decisões eficazes.

adeptas ao estilo “em time que está ganhando. avançadas  Há outras tradicionais. Caro(a) Senhor(a): A Revista CUJUS está em promoção. resistentes a mudanças. Atenciosamente Falhas de estilo  O VOCATIVO – não há nada mais desagradável que o “caro(a) senhor(a)”. deverão ser bem-humorados. Diante do exposto. Usar. o primeiro contato de um cliente com uma empresa é por uma correspondência. . mal redigida. falantes com poder de persuasão. confusa. Leia a correspondência e aponte as falhas de estilo. Assine agora mesmo e terá à sua disposição uma revista que lhe levará semanalmente as mais completas informações sobre tudo o que está acontecendo no mundo. Deixa a correspondência com aquele jeito impessoal. estamos anexando à presente uma ficha-resposta que o senhor deverá preencher e enviar via fax para o nosso Departamento de Vendas. criativos. receberá inteiramente grátis uma assinatura de uma revista infantil que o senhor escolher para as suas crianças. portanto. causará má impressão.  Você está usando palavras adequadas às circunstâncias?  Como você se certifica de que conseguiu convencer o receptor? Que informações você quer para a confirmação? Que perguntas você pode fazer?  Prestar atenção às palavras escritas e faladas de outras pessoas.  Discurso oral dos seus representantes. obviamente. não se mexe” Como se percebe a personalidade de cada empresa?  Redação dos seus textos. o vocabulário das pessoas com quem você quer comunicar-se O ESTILO DA EMPRESA  Cada empresa tem sua personalidade  Há empresas dinâmicas. Muitas vezes. Se for pesada. os representantes. Se o senhor assinar agora. fechadas.

cultura. OBSERVE. ainda anexa uma ficha-resposta que o leitor “deverá” preencher de volta (novamente uma ordem)  Não há nada em termos de estilo que destaque a correspondência e que caracterize a revista pelo que ela deve ser: moderna. Se o leitor não souber nada sobre a revista. Perceberam a diferença?  O cliente é chamado pelo nome. o ideal seria oferecer também mais de uma opção. esportes.. a revista do homem preocupado com o seu tempo. além de usar um chavão indefensável (diante do exposto).  O “assine agora” é impositivo e agressivo. . se tiver interesse. não pode perder esta oportunidade.. antes de saber qualquer coisa sobre ela. a revista semanal de informações do país. homem informado e preocupado com o seu tempo. A OBSERVE traz tudo : política. Você. inteligente. agradável a você e toda a sua família. pois certamente não se repetirá tão cedo.Avisa que a revista está em promoção. lazer. a escolher. O que você não sabe é que a OBSERVE está com uma promoção especialíssima. humor.  Oferece uma revista infantil sem saber se o leitor tem interesse por revistas infantis. Estamos ofertando aos nossos primeiros 100 assinantes – inteiramente grátis – uma assinatura de uma revista infantil da nossa editora. Em anexo você encontrará uma ficha-resposta já devidamente selada e. literatura. voltada apenas para clientes especiais como você.  O último parágrafo. plena das respostas que o leitor precisa no seu dia a dia. juntamente com o brinde escolhido. a partir da próxima semana. certamente o deixará feliz por saber que não é apenas um número para a editora. Outra versão Caro José Antonio: Você certamente já conhece a OBSERVE. ou um relógio marca CRONUS. certamente não vai querer nada com as tal promoção.e tudo de uma maneira gostosa de ler. avançada. o suíço de precisão. Um abraço. é só enviá-la num prazo de 48 horas e já estará recebendo o primeiro exemplar da sua OBSERVE.

se houver.  O 4º parágrafo exerce uma leve pressão mostrando que somente os 100 primeiros leitores receberão os brindes e oferece duas opções. Mostra que a oportunidade é única e deixa claro que o leitor é um “homem informado e preocupado com o seu tempo”. e outra para o leitor. Qualidades básicas do texto empresarial  OBJETIVIDADE Ir diretamente ao assunto. há a preocupação de enaltecer a revista. Diga o que tem a dizer diretamente. Lembre-se de que o caminho mais curto entre dois pontos é uma reta. mas sem imposição. OBJETIVIDADE = texto sem subterfúgios. mas o faz de forma sutil..  CLAREZA  CONCISÃO  COERÊNCIA  LINGUAGEM FORMAL..  O último parágrafo fala da ficha-resposta. evitando rodeios e divagações.  O 5º mantém a pressão. A intenção é que fique gravada na mente do leitor.  É interessante observar que o nome da revista aparece sempre em caixa alta e várias vezes no texto.  Nos dois primeiros parágrafos. mostrando que ela não é para qualquer um. um relógio. sem excesso de palavras ou de ideias. mostrando tudo o que ela oferece (o 2º parágrafo deixa claro que ela serve para toda a família. Ora.e não um caracol.  O slogan é claramente ambíguo e a ambiguidade é reforçada pelo brinde. uma para as crianças. LINGUAGEM INFORMAL E NÃO REBUSCADA . o que sensibilizará mais o leitor)  O 3º parágrafo fala da promoção. mas para pessoas especiais como o leitor. como possibilidade. homens informados e preocupados com o seu tempo não costumam perder oportunidades únicas.