Você está na página 1de 7
MINISTERIO PUBLICO DO ESTADO DO CEARA PROMOTORIA DE JUSTIA DA COMARCA DE AQUIRAZ TERMO DE AJUSTAMENTO DE CONDUTA N°. 0041/2017 Pelo presente instrumento, nos termos do art. 5°, § 6°, da Lei n° 7.347/85, 0 MINISTERIO PUBLICO DO ESTADO DO CEARA, por intermédio de seu representante subscrito, figurando como COMPROMITENTE, ¢ figurando como COMPROMISSARIO 0 MUNICIPIO DE AQUIRAZ, inscrito no CNPJ/MF sob 0 n° 0781169600001-57, sediado a Travessa José Laje Viana. 118, neste ato representado pelo Sr. Edson Sa, Prefeito do Municipio de Aquiraz/CE, inscrito no CPF sob o n° 017.421.083-34, portador da Carteira de Identidade n® 2004002038831, © como INTERVENIENTE/ANUENTE o INSTITUTO MYRA ELIANE, pessoa juridica de direito privado, inscrito no CNPJ sob 0 n° 25.195.814/0001-50, com sede na Travessa Para, n° 12, sala 701, Centro, Fortaleza/CE, neste ato representado pelo Sr. Igor Queiroz Barroso, Presidente do Instituto, brasileiro, inscrito no CPF sob o n° 315.615.603-59, CRA-CE n® 4877, celebram 0 presente termo pelas raz6es e fundamentos abaixo delineados. © ajustamento de conduta origina-se das informagées levantadas nos autos do Procedimento Administrative n. XXX/2017 desta Promotoria de Justica e visa 0 cumprimento de todas as exigéncias pedagégicas constantes do Plano Nacional de Educago em relagdo a educagao infantil, razo pela qual, CONSIDERANDO que o Ministério Puiblico é instituigdo permanente, essencial a fungo jurisdicional do Estado, incumbindo-Ihe a defesa da ordem juridica, do regime democratico e dos interesses sociais e individuais indisponiveis', sendo seu dever zelar pelo efetivo respeito dos Poderes Publicos © dos servigos de relevancia piblica aos direitos assegurados na Constituigaio Federal, promovendo as medidas necessérias a sua garantia” e promover o inquérito civil e a ago civil ptiblica, para a protegao do patriménio piiblico e social, do meio ambiente e de us le outros interesses difusos e col ere) 1 Arligo 127 da Constituigao Federal (CF) de 1988. 2. Artigo 129, 1, CF-1988. 3 Artigo 129, IIL, CF-1988. Ss ‘ 27S i MINISTERIO PUBLICO DO ESTADO DO CEARA PROMOTORIA DE JUSTICA DA COMARCA DE AQUIRAZ, CONSIDERANDO 0 tramite do Procedimento Administrative n° XXX/2017 na Promotoria de Justiga desta comarca; CONSIDERANDO que, de acordo com 0 art. 205 da Constituigao Federal de 1988, a educagao, direito de todos e dever do Estado e da familia, sera promovida e incentivada com a colaboragéo da sociedade, visando ao pleno desenvolvimento da pessoa, seu Preparo para o exercicio da cidadania e sua qualificagao para o trabalho; CONSIDERANDO que 0 art. 208, §2°, IV estabelece que o dever do Estado com a educagao sera efetivado, dentre outras providéncias, mediante a garantia de educagao infantil, em creche e pré-escola, as criangas até 6 (seis) anos de idade; cabendo ainda ao Poder PUblico, segundo 0 inciso Vil do mesmo artigo prestar atendimento ao educando, em todas as etapas da educagao basica, por meio de programas suplementares de material didatico- escolar, transporte, alimentagao e assisténcia a sade; CONSIDERANDO que, conforme estabelece o art. 211 da Constituigo Federal, a Unido, os Estados, 0 Distrito Federal e os Municipios organizarao em regime de colaboragao seus sistemas de ensino € que, nos termos do § 2°. do referido artigo, os Mu jpios atuardo prioritariamente no ensino fundamental e na educagao infantil; CONSIDERANDO que a Lei n. 9.394/96 - Lei de Nacional (LDB) determina, no inciso V de seu artigo 11, que os Municipios incumbir-se-do de trizes © Bases da Educagao oferecer, prioritariamente, 0 ensino fundamental e a educagao infantil, em creches e pré- escolas, permitida a atuagao em outros niveis de ensino, somente quando estiverem atendidas plenamente as necessidades de sua area de competéncia e com recursos acima dos percentuais, minimos vinculados pela Constitui¢o Federal 4 manutengdo e ao desenvolvimento do ensino; CONSIDERANDO que a LDB, em seu art. 27, |, determina que os contetidos curriculares da educagao basica observarao, ainda, como diretrizes, a di so de valores fundamentais ao interesse social, aos direitos e deveres dos cidadaos, de respeito ao bem comum e a ordem domocratica’, )~ Eo ( Yate Wal! MINISTERIO PUBLICO DO ESTADO DO CEARA, PROMOTORIA DE JUSTICA DA COMARCA DE AQUIRAZ ems CONSIDERANDO ainda que a LDB, em seu art. art. 29, estabelece que a educagao infantil, primeira etapa da educagao basica, tem como finalidade o desenvolvimento integral da crianga de até 5 (cinco) anos, em seus aspectos fisico, psicolégico, intelectual e social, complementando a agao da familia e da comunidade; CONSIDERANDO que, de acordo com o artigo 208 § 2° da Constituigao Federal, 0 n&o-oferecimento do ensino obrigatério pelo Poder Publico, ou sua oferta irregular, importa em responsabilidade da autoridade competente; CONSIDERANDO que a Lei 13,005/2014, que aprovou o Plano Nacional de Educacéo (PNE), estabelece em seu art. 2° as seguintes diretrizes: | — erradicagao do analfabetismo; Il - universalizagao do atendimento escolar; Ill - superagao das desigualdades educacionais, com énfase na promogéo da cidadania e na erradica¢do de todas as formas de discriminagao; IV - melhoria da qualidade da educago; V - formagao para o trabalho e para a cidadania, com énfase nos valores morais e éticos em que se fundamenta a sociedade; VI - promogao do principio da gestéo democratica da educagSo publica; Vil - promogao humanistica, cientifica, cultural e tecnolégica do Pais; VIII - estabelecimento de meta de aplicago de recursos pliblicos em educagao como proporgao do Produto Interno Bruto - PIB, que assegure atendimento as necessidades de expans4o, com padrao de qualidade e equidade; IX - valorizagdo dos (as) profissionais da educago; X - promogao dos principios do respeito aos direitos humanos, 2 diversidade e a sustentabilidade socioambiental; CONSIDERANDO que, no Municipio de Aquiraz, existe um déficit de atendimento para criangas na educagao infantil, principalmente as que precisam de atendimento em creches, 0 que demanda a execugdo de politicas ptiblicas com o objetivo de sanar este déficit e promover 0 ingresso e a adequada manutengéo das criangas nesses equipamentos espectficos, desenvolvendo um projeto pedagégico capaz de atender as diretrizes de uma formagao para o trabalho e para a cidadania, com énfase nos valores morais e éticos em que se fundamenta a sociedade, ou seja, uma formagao integral das criangas; CONSIDERANDO o Convénio n. 27/2016 formalizado entre o MPCE e o Instituto Myra Eliane, no qual restou previsto que -referida entidade tomaria parte 6s Terr ito a 3 MINISTERIO PUBLICO DO ESTADO DO CEARA PROMOTORIA DE JUSTICA DA COMARCA DE AQUIRAZ de Conduta que fossem fitmados pelo Ministério Piblico dentro do projeto "Valores Humanos na Educagéo Infantil’ RESOLVEM: Celebrar 0 presente TERMO DE AJUSTAMENTO DE CONDUTA, mediante as seguintes cldusulas e condi¢ées, no intuito de colaborar para o incremento na oferta de vagas na educagao infantil para criangas até os 05 (seis) anos de idade, bem como no desenvolvimento de um projeto pedagégico complementar de formacéo continuada de professores visando a formagdo integral dessas criangas: Cléusula Primeira - 0 Instituto Myra Eliane, compromete-se a organizar-se administrativamente de forma a incluir em suas finalidades institucionais as atribuigses de credenciar equipamentos privados mantides por diversos setores da sociedade civil que se interessem em prestar os servigos de educagdo infantil de criangas até os 06 (seis) anos de idade, seguindo rigorosamente as diretrizes pedagégicas fixadas pelo Municipio de Aquiraz para sua rede oficial de ensino e, além disso, incluir um contetido pedagégico adicional especificamente direcionado a formagao integral dessas criancas. Clausula Segunda ~ 0 Instituto Myra Eliane, compromete-se a incluir em suas finalidades instititucionais 2 possibilidade de firmar, com 0 Municipio de Aquiraz, conforme condigées previamente pactuadas e aceitas por ambas as partes, convénios para o desenvolvimento das atividades dos equipamentos credenciados pelo Instituto, considerando o contetido da norma NBR ISO 9000, atuando com foco nos indicadores de resultado, avaliando a n&o conformidade ou 0 n&o atendimento de metas. O instrumento de controle deverd ser realizado através de auditoria a serem realizadas semestralmente e 0 ndo atendimento dos indicadores poderé gerar o cancelamento do Convénio. Clausula Terceira - Cabera ao Instituto Myra Eliane, disponibilizar um curso de formagao de professores para desenvolvimento da pedagogia de formagao integral das criangas até 06 (seis) anos idade, para multiplicadores municipais que atuem_no ensino infantil, Promovendo, para estes, uma formagao complementar e continuadd capaz deNhes permitir a c MX ok ee MINISTERIO PUBLICO DO ESTADO DO CEARA PROMOTORIA DE JUSTICA DA COMARCA DE AQUIRAZ W Ke ‘obtengéo de uma viséo humanistica da educagao; Clausula Quarta — 0 Municipio de Aquiraz compromete-se a reconhecer formalmente, apés regular andlise dos preenchimentos das condigées legais e do estabelecimento do convénio, 0s equipamentos credenciados pelo Instituto Myra Eliane, ou sob sua gestao direta, como estabelecimentos complementares a sua rede oficial de ensino, desenvolvendo sobre a atividade desenvolvida pelos conveniados todas as prerrogativas de controle e fiscalizagao estabelecidas no convénio, sem prejuizo das demais formas de controle fixadas em Lei, Cléusula Quinta - © Municipio de Aquiraz se compromete a estabelecer com o Instituto Myra Eliane, para os estabelecimentos ptiblicos municipais sob sua administragao direta, convénios com clausulas de obrigatoriedade do Poder Publico Municipal quanto aos valores repassados para manuteng&o dos conveniados, tais como valores de custos de professores, alimentagao escolar, fardamento e material didatico e outros encargos por ventura existentes nos atuais termos de convénios ja firmados. Clausula Sexta — 0 Municipio de Aquiraz se compromete a encaminhar a Camara Municipal de Aquiraz, no prazo de 30 (trinta) dias a partir da assinatura deste pacto, proposta de iniciativa legislativa visando implementar um programa pedagégico de formagao complementar especifica para os profissionais da educago infantil, promovendo 0 aprimoramento continuado dos professores € garantindo a atuago destes profissionais no desenvolvimento integral do carater da crianga até os 06 (seis) anos de idade, baseado nos principios dos valores humanos universais. Clausula Sétima ~ 0 Municipio de Aquiraz se compromete a, em 120 (cento e vinte) dias a partir da _assinatura_ do presente pacto, diagnosticar o déficit municipal de vagas em creches e, a partir desse levantamento, construir até 2020 creches até 03 (trés) principais areas de risco do municipio, ‘Clausula Oitava — O Municipio de Aquiraz se compromete ainda a, também até 2020, elaborar plano de agao visando atender 100% das vagas necessarias para preenchimento da demanda do municipio, de forma a garantir que todas as criangas até 6 anos de idade estejam ‘alocadas em creches e escolas de educacdo etl Xk [{™~ MINISTERIO PUBLICO DO ESTADO DO CEARA PROMOTORIA DE JUSTICA DA COMARCA DE AQUIRAZ Clausula Nona — Caso nao sejam cumpridas, nos devidos prazos, as obrigagSes estipuladas nas Cldusulas Sexta, Sétima e Oitiva, 0 Compromissario, sem prejuizo da responsabilidade civil e administrativa (v. art. 216 do ECA), estard sujeito ao pagamento de multa cominatoria diéria, a ser suportada pelo Prefeito Municipal ou a quem vier a Ihe substifuir ou suceder, no valor de R$ 2.000,00 (dois reais), com juros de 01% ao més e corrigida monetariamente até 0 efetivo cumprimento das obrigagSes acordadas no presente termo, sendo certo que © montante executado sera revertido para o Fundo Municipal da Crianga e do Adolescente deste municipio; Clausula Décima - A mutta acima estipulada incidira em caso de total ou parcial inadimpléncia de qualquer das clausulas fixadas, independentemente de prévia interpelagéo judicial ou extrajudicial, estando 0 municipio Compromissario constituido em mora com o simples vencimento dos prazos fixados; Clausula Décima Primeira — O municipio Compromissario, no prazo de 05 (cinco) dias apés 0 vencimento dos prazos estabelecidos no presente compromisso, encaminhara a esta Promotoria de Justiga da Infancia e da Juventude informagées e documentos comprobatérios do cumprimento de cada uma das obrigagées assumidas. Clausula Décima Segunda — O Ministério Publico Estadual, por seu representante, assume 0 compromisso de: | - acompanhar a execugéo do referido TAC em todos os seus termos, intermediando, naquilo que for cabivel, a solugao de eventual impasse decorrente da execugdo deste instrumento; ll — adotar, no caso de descumprimento voluntario das condigées acordadas, as medidas legais cabiveis no intuito de apurar as responsabilidades dai decorrentes; Clausula Décima Terceira - © extrato do presente Termo de Ajuste de Conduta, sera imediatamente encaminhado para publicagao no Diario de Justica do Esta Por estarem as partes ajustadas e compromissadas, firmam o presente Termo di MINISTERIO PUBLICO DO ESTADO DO CEARA PROMOTORIA DE JUSTICA DA COMARCA DE AQUIRAZ de Conduta, em 04 (quatro) vias de igual teor e forma, o qual tera eficdcia de titulo executive extrajudicial, nos termos do art. 5°, §6°, da Lei n°. 7.347/1985, Aquiraz, ......., de fevereiro de 2017. Ww ‘a fi Promotor de Justiga da Pr dedvke matea dd Aquiraz

Você também pode gostar