Você está na página 1de 22
PRÁTICAS PARA FALAR EM PÚBLICO PALESTRA NOVAS PRÁTICAS PARA FALAR EM PÚBLICO Prof. Vicente Miranda
PRÁTICAS PARA FALAR EM PÚBLICO
PALESTRA
NOVAS PRÁTICAS PARA FALAR
EM PÚBLICO
Prof. Vicente Miranda
e-mail: mirandav@gmail.com
www.vicentemiranda.kit.net
PRÁTICAS PARA FALAR EM PÚBLICO O DESEJO DE FALAR EM PÚBLICO •PAVOR – EMOÇÃO •CONDUTA
PRÁTICAS PARA FALAR EM PÚBLICO
O DESEJO DE FALAR EM PÚBLICO
•PAVOR – EMOÇÃO
•CONDUTA EGOCÊNTRICA
•AUTOCONFIANÇA
•ARGUMENTAÇÃO
EXEMPLOS
ANALOGIAS – METÁFORAS – FÁBULAS
CAUSA E CONSEQUÊNCIA
PRÁTICAS PARA FALAR EM PÚBLICO MEDO E INSEGURANÇA •TRANFORMAR O MEDO •UTILIZÁ-LO COMO UMA FORMA
PRÁTICAS PARA FALAR EM PÚBLICO
MEDO E INSEGURANÇA
•TRANFORMAR O MEDO
•UTILIZÁ-LO COMO UMA FORMA DE CONDUZI-LO
DESENVOLVER SUA AUTO-CONFIANÇA
•DIRECIONAR SUA MENTE
•NÃO PENSAR NOS ERROS
•EVITAR PENSAMENTOS INÚTEIS
PRÁTICAS PARA FALAR EM PÚBLICO OBJETIVOS DE UM ORADOR •DIVERTIR ANIVERSÁRIO, FESTAS, ETC. •INFORMAR SALA
PRÁTICAS PARA FALAR EM PÚBLICO
OBJETIVOS DE UM ORADOR
•DIVERTIR
ANIVERSÁRIO, FESTAS, ETC.
•INFORMAR
SALA DE AULA
•PERSUADIR
POLÍTICA
PRÁTICAS PARA FALAR EM PÚBLICO CONTEÚDO •ESCOLHER O ASSUNTO •APOSTAR NELE •SE PREPARAR PARA PERSUADIR
PRÁTICAS PARA FALAR EM PÚBLICO
CONTEÚDO
•ESCOLHER O ASSUNTO
•APOSTAR NELE
•SE PREPARAR PARA PERSUADIR O PÚBLICO
•ESTRUTURAR SUAS IDÉIAS
•TORNE-SE ÍNTIMO DO SEU TEMA
CUIDADO COM AS ANOTAÇÕES NO PAPEL!
PRÁTICAS PARA FALAR EM PÚBLICO CONTEÚDO •TREINE O TEMA COM SEUS AMIGOS •NÃO DECORE-O •NÃO
PRÁTICAS PARA FALAR EM PÚBLICO
CONTEÚDO
•TREINE O TEMA COM SEUS AMIGOS
•NÃO DECORE-O
•NÃO PENSE EM PALAVRAS
•DIVIDA SUAS IDÉIAS EM PEDAÇOS
•ORGANIZE-AS LOGICAMENTE
PRÁTICAS PARA FALAR EM PÚBLICO ARGUMENTOS •GUARDE OS MAIS FOTES PARA O FIM •MAIS FRACOS:
PRÁTICAS PARA FALAR EM PÚBLICO
ARGUMENTOS
•GUARDE OS MAIS FOTES PARA O FIM
•MAIS FRACOS: QUANDO USAR?
•PREVER AS OBJEÇÕES ÀS SUAS AFIRMAÇÕES
•PREPARE A REFUTAÇÃO
PRÁTICAS PARA FALAR EM PÚBLICO CONCLUSÃO •AFIRMAÇÃO FINAL DE SUAS IDÉIAS EMOCIONE!
PRÁTICAS PARA FALAR EM PÚBLICO
CONCLUSÃO
•AFIRMAÇÃO FINAL DE SUAS IDÉIAS
EMOCIONE!
PRÁTICAS PARA FALAR EM PÚBLICO VOCÊ SABIA? 60% DO QUE EXPRESSAMOS SÃO GESTOS 30% É
PRÁTICAS PARA FALAR EM PÚBLICO
VOCÊ SABIA?
60%
DO QUE EXPRESSAMOS SÃO GESTOS
30%
É O TOM
10%
É O QUE SAI DE NOSSAS BOCAS
PRÁTICAS PARA FALAR EM PÚBLICO GESTICULAÇÃO NATURAIS REPETITIVOS E VICIOSOS
PRÁTICAS PARA FALAR EM PÚBLICO
GESTICULAÇÃO
NATURAIS
REPETITIVOS E VICIOSOS
PRÁTICAS PARA FALAR EM PÚBLICO VARIAÇÃO DO TOM 3,5 3 2,5 2 1,5 1 IRA
PRÁTICAS PARA FALAR EM PÚBLICO
VARIAÇÃO DO TOM
3,5
3
2,5
2
1,5
1
IRA 0,5
FALAR SENTADO
0
0
5
10
15
TEMPO
TOM
PRÁTICAS PARA FALAR EM PÚBLICO INFLUXOS SUGESTIVOS FOGO! TRISTEZA VIVA!
PRÁTICAS PARA FALAR EM PÚBLICO
INFLUXOS SUGESTIVOS
FOGO!
TRISTEZA
VIVA!
PRÁTICAS PARA FALAR EM PÚBLICO A APARÊNCIA CERTA MULHERES HOMENS TERNINHO TERNO SAPATOS SAPATOS CABELOS
PRÁTICAS PARA FALAR EM PÚBLICO
A APARÊNCIA CERTA
MULHERES
HOMENS
TERNINHO
TERNO
SAPATOS
SAPATOS
CABELOS
CABELOS
MAQUIAGEM
CINTO
ROUPA ÍNTIMA
ACESSÓRIOS
PRÁTICAS PARA FALAR EM PÚBLICO HOMENS
PRÁTICAS PARA FALAR EM PÚBLICO
HOMENS
PRÁTICAS PARA FALAR EM PÚBLICO MULHERES
PRÁTICAS PARA FALAR EM PÚBLICO
MULHERES
PRÁTICAS PARA FALAR EM PÚBLICO POSTURA TRANSMITIR IMAGEM POSITIVA! POSTURA “MINHA VOZ NÃO ESTÁ MUITO
PRÁTICAS PARA FALAR EM PÚBLICO
POSTURA
TRANSMITIR IMAGEM POSITIVA!
POSTURA
“MINHA VOZ NÃO ESTÁ MUITO BOA HOJE”
NÃO FAÇA PERGUNTAS DE INÍCIO
PROPONHA REFLEXÕES
PRÁTICAS PARA FALAR EM PÚBLICO MICROFONES Microfone auricular Microfone sem fio Microfone com fio
PRÁTICAS PARA FALAR EM PÚBLICO
MICROFONES
Microfone
auricular
Microfone
sem fio
Microfone
com fio
PRÁTICAS PARA FALAR EM PÚBLICO MICROFONES CUIDADOS 10 cm da Boca Abaixo da Boca “Pê”
PRÁTICAS PARA FALAR EM PÚBLICO
MICROFONES
CUIDADOS
10 cm da Boca
Abaixo da Boca
“Pê” e “Bê” – Ruídos
Braços
PRÁTICAS PARA FALAR EM PÚBLICO Nomes vêm à superior-direita do slide COMO PREPARAR UMA APRESENTAÇÃO
PRÁTICAS PARA FALAR EM PÚBLICO
Nomes vêm à superior-direita do slide
COMO PREPARAR UMA APRESENTAÇÃO EM SLIDES
Título fonte 24 a 32
Geralmente vindo à esquerda do slide
Pode vir em negrito a depender da tipologia
Pode ser enumerado
1.1. SUBT TULOS
Í
Subtítulo fonte 18 a 24
Pode ser enumerado
Pode vir em CAIXA ALTA E NEGRITO (contanto que fique
menor que o título)
? ?
Você sabia que as tipologias com serifa são mais fáceis de ler do
que as tipologias sem serifa? Por isso que nas apresentações
devemos usar as tipologias com serifa e nos livros também. Elas
cansam menos.
PRÁTICAS PARA FALAR EM PÚBLICO COM SERIFA SEM SERIFA
PRÁTICAS PARA FALAR EM PÚBLICO
COM SERIFA
SEM SERIFA
PRÁTICAS PARA FALAR EM PÚBLICO EXEMPLO QUALIDADE NOS SERVIÇOS ATENDIMENTO AO CONSUMIDOR Cordialidade Emoção e
PRÁTICAS PARA FALAR EM PÚBLICO
EXEMPLO
QUALIDADE NOS SERVIÇOS
ATENDIMENTO AO CONSUMIDOR
Cordialidade
Emoção e Humor
Agilidade
MENSURAÇÃO DE RESULTADOS
Nível de Satisfação
Qualidade X Importância
As figuras devem vir à direita
quando NÃO for o objeto
principal da apresentação
E
deve vir à esquerda quando for
o
núcleo do slide.
A evolução da marca
PRÁTICAS PARA FALAR EM PÚBLICO PALESTRA PRÁTICAS PARA FALAR EM PÚBLICO Prof. Vicente Miranda e-mail:
PRÁTICAS PARA FALAR EM PÚBLICO
PALESTRA
PRÁTICAS PARA FALAR
EM PÚBLICO
Prof. Vicente Miranda
e-mail: mirandav@gmail.com
Site: www.vicentemiranda.kit.net
blog: http://mercadologicando.blogspot.com