Você está na página 1de 7
RD3 Engenharia e Projetos de Instalações Ltda Av. Luiz Carlos Prestes 180 sala 301 Barra

RD3 Engenharia e Projetos de Instalações Ltda Av. Luiz Carlos Prestes 180 sala 301 Barra da Tijuca . RJ . CEP 22775-055 Tel.: 2112 4953 - rd3@RD3engenharia.com.br

 

Obra :

Endereço :

CARIOCA SHOPPING

 

DECK PARKING

 

Cliente :

ADMINISTRADORA CARIOCA DE SHOPPING CENTERS LTDA Av. Vicente de Carvalho, 909 - Vicente de Carvalho Rio de Janeiro - RJ - CEP 21210.000

 

Assunto :

 

Memorial de calculo para sistema de proteção contra descargas atmosféricas (S.P.D.A.)

 

Observações :

Quadro de Revisões :

 

0

REV.: Emissão inicial

DATA:

03:00:13

RESP.:

PEDRO

REV.:

DATA:

RESP.:

REV.:

DATA:

RESP.:

REV.:

DATA:

RESP.:

RD3 Engenharia e Projetos de Instalações Ltda Av. Luiz Carlos Prestes 180 sala 301 Barra

RD3 Engenharia e Projetos de Instalações Ltda Av. Luiz Carlos Prestes 180 sala 301 Barra da Tijuca . RJ . CEP 22775-055

 

Obra :

CARIOCA SHOPPING

DECK PARKING

 

Memorial de calculo para sistema de proteção contra descargas atmosféricas (S.P.D.A.)

1

: OBJETIVO

O

presente memorial tem como objetivo definir o sistema de proteção contra descargas atmosféricas que melhor se

aplica na edificação.

2

: DESCRIÇÃO DA OBRA

Numero de pavimentos :

5

Tipo de edificação :

Expansão

Uso da edificação :

Comercio

3

: SELEÇÃO DO NÍVEL DE PROTEÇÃO

3.1 : Considerações Iniciais

Edificação a ser construida e este memorial visa determinar a necessidade do SPDA

3.2 : Avaliação do risco de exposição

3.2.1 :

A probabilidade de uma estrutura ser atingida por um raio em um ano é o produto da densidade de descargas

atmosféricas pela área de exposição equivalente da estrutura.

3.2.2 :

A

densidade de descargas atmosféricas para a terra (Ng) é o número de raios para a terra por km² por ano.

O

valor de Ng para uma dada região pode ser estimado pela equação :

Ng= 0,04 x Td 1,25 [raios por Km 2 /ano]

Td é o número de dias de trovoada por ano, obtido do mapa isoceráunico ( NBR 5419)

Informações para calculo do "Ng"

 

Valor para Td =

30

Nº trovoadas ano

Ng =

2,81

Raios por kM2 / ano

3.2.3

: Área de exposição

A área de exposição equivalente (Ae) é a área em m2 do plano da estrutura prolongada em todas as direções, de modo a levar em conta sua altura. Os limites da área de exposição equivalente estão afastados do perímetro da estrutura por uma distância correspondente à altura da estrutura no ponto considerado.

Ae = (L x W) + (2x(LxH) )+ (2x(WxH) )+ (3,14 x H2)

metros quadrados

Informações para calculo da "Ae"

   

Comprimento "L" =

168

metros

32

Largura "W" =

32

metros

Altura "H" =

21

metros

Perimetro =

400,00

metros

Ae =

15160,74

metros quadrados (m2)

3.2.4

: Frequencia de descargas

A freqüência média anual de descargas atmosféricas (Nd) sobre a estrutura será:

Nd =

Ng x Ae x 10 -6

Informações para calculo da Frequencia de Descargas

 

Valor de "Ng"

2,81

Nº trovoadas ano

Valor de "Ae"

15161

metros quadrados (m2)

Nd =

0,0426

Descargas por ano

3.2.4 : Avaliação do Risco

Depois de determinado o valor de (Nd), que é o número provável de raios que anualmente atingem uma estrutura, o passo seguinte é a aplicação dos fatores de ponderação indicados nas Tabelas da NBR 5419

Informações para calculo da "Ae"

Tab.B.1 – Fator A Tipo de ocupação da estrutura Locais de afluência de público

Lojas de

   

Departamento

1,3

FATOR A

 

Estrutura de

   

concreto armado

Tab.B.2 – Fator B Tipo de construção da estrutura

com

1

cobertura não

 

metálica

FATOR B

 

Lojas de

   

Tab. B.3 – Fator C Conteúdo da estrutura e efeitos indiretos das descargas atmosféricas

Departamento

1,7

FATOR C

Tab. B.4 – Fator D Localização da estrutura

Localizada em uma grande area contendo estruturas da mesma altura ou mais alta

0,40

FATOR D

Tab. B.5 – Fator E Topografia da região

Planície

0,30

FATOR E

Frequencia de Descargas

Nd =

0,0426

Descargas por ano

CORREÇÃO da Frequencia de Descargas

 

Nd CORRIGIDO =

0,011292

Descargas por ano

Com o valor de N corrigido compara-se o resultado com a freqüência admissível de danos (Nc), conforme o seguinte critério ;

a) Se

Nd corrigido

> 10-3 (0,001)

A estrutura requer um SPDA;

( isto é um em mil)

b) Se

A conveniência de um SPDA deve ser decidida por acordo entre projetista e usuário;

10-3 (0,001)

> Nd corrigido

> 10-5 (0,00001)

c) Se

Nd corrigido

<

10-5 (0,00001)

A estrutura dispensa um SPDA.

3.2.6. – Escolha do nível de proteção

3.2.6.1

A classificação do nível de proteção é feita pela tabela da NBR 5419.

Classificação da estrutura:

Tipo de estrutura:

Efeitos das descargas atmosféricas:

Efeitos das descargas atmosféricas:

Nivel de Proteção a ser adotado

Estruturas comuns

Lojas de Departamento

Danos às instalações elétricas (por exemplo iluminação) e possibilidade de pânico.

Falha do sistema de alarme contra incêndio, causando atraso no socorro.

Nivel dois

3.2.6.2

Com o nível de proteção definido à NBR 5119 apresenta as características do SPDA, sendo assim teremos:

Pela TAB 01 - Posicionamento do captor conforme nível de proteção

Nivel de Proteção

Nivel dois

Raio da Esfera Rolante

30

metros

Altura do captor

20

metros com ângulo de proteção 35º

30

metros com ângulo de proteção 25º

Modulo da Malha

Largura = 10 metros Comprimento não superior à 20 metros

Pela Tabela 01

Posicionamento do captor conforme nível de proteção

Pela TAB 02 - Espaçamento médio dos condutores de descida conforme o nível de proteção

Pela TAB 02 - Espaçamento médio dos condutores de descida conforme o nível de proteção

Nivel de Proteção

Espaçamento médio (metros)

Numero de descidas ( perimetro/espaçamento)

Nivel dois

15,00

27

Pela TAB 03 - Seção minimas dos materiais do SPDA

Material

cobre

Captor e aneis intermediarios

35

mm2

Condutor de descida ( quando estrutura até 20 metros)

16

mm2

Condutor de descida ( quando estrutura superior a 20 metros)

35,00

Eletrodo de Aterramento

50

mm2

Pela TAB 06 - Seção minimas dos condutores de ligação equipotencial para conduzir parte substancial da corrente de descarga atmosférica

Nivel de Proteção

Nivel dois

cobre

16 mm2

Material

Seção

Pela TAB 07 - Seção minimas dos condutores de ligação equipotencial para conduzir parte insignificante da corrente de descarga atmosférica

dos condutores de ligação equipotencial para conduzir parte insignificante da corrente de descarga atmosférica

Nivel de Proteção

Material

Seção

Nivel dois

cobre

6 mm2

Pela TAB 08 - Proximidade do SPDA com as instalações

Valores do coeficiente Ki

Nivel de Proteção

Nivel dois

0,0075

Ki =

Pela TAB 09 - Proximidade do SPDA com as instalações

Valores do coeficiente Km

Material

Ar

km =

1,00

Material

solido

km =

0,5000

3 : Referências bibliográficas

NBR 5419 ; Proteção de estruturas contra descargas atmosféricas.