Você está na página 1de 3

Exerccios de recuperao paralela

1) Utilizando as regras dos produtos notveis, calcule:


2
a) (x + 3)
2
b) (a + b)
2
c) (5y 1)
2 2
d)(x 6)
2
e) (2x + 7)
2 2
f) (9x + 1) . (9x 1) g)(a xy)
3 3 2
i) (x y xy )
4 2 2 4 4 2 2 4
j) (a x + a x ) . (a x a x )
3
l) (a + b) =
3
m) (x + 4) =
3
n) (2a + y) =

3
o) (a b) =
3
p) (x 4) =
3
q) (2a y) =
Exerccios:
2) Fatore as seguintes expresses:
2
a) x 4
2
b) y 36
2
c) 9x 16
2
d) 81x 64
2 2
e) y 25x
2 2
f) 4x 25a
2
g) x + 8x + 16
2
h) x 8x + 16
2
i) 4x 20x + 25
2
j) 9x 12x + 4
24

3) Um telefrico deve unir os topos A e B de dois morros. Para calcular a


quantidade de cabos de ao necessria, um engenheiro mediu as alturas
dos morros em relao a um mesmo plano horizontal, obtendo 108m e
B
144m. A seguir mediu o ngulo que a reta AV forma com a horizontal,
obtendo 32.
A
a) desenhe na figura ao lado um esquema que

represente essa situao.
144m
b) Calcule a distncia entre os pontos A e B, sabendo
108m
que sen 32 = 0,52; cs 32 = 0,84 e tg 32 = 0,62.

4) Um alpinista deseja calcular a altura de uma


encosta que ele vai escalar. Para isso, afasta-se,
horizontalmente, 80m do p da encosta (conforme
figura a seguir) e visualiza o topo sob um ngulo
de 55 com o plano horizontal. Calcule a altura da
encosta. Dados: sen 55 = 0,81; cos 55 = 0,57; tg h
55 = 1,42.
55 80m