Você está na página 1de 4

EQUAES DIFERENCIAIS ORDINRIAS DE 1 ORDEM

Neste contedo, vamos abordar a resoluo de EDO de primeira ordem, do tipo:

Onde f uma funo de duas variveis. Qualquer funo do tipo y = (t) que satisfaz a equao para qualquer valor de
t em um dado intervalo, chamada de soluo. Nosso objetivo observar se tal funo existe, e desenvolver mtodos
para determin-la.
Dentro desses mtodos, para uma funo f arbitrria, no existe um mtodo geral para resoluo de qualquer qualquer
equao em termos de funes elementares. Portanto, veremos diversos mtodos aplicados a uma certa classe de EDO
de 1 ordem.
EDO LINEAR COM COEFICIENTES VARIVEIS
Se a funo f possui linearmente dependente da variavel y, temos uma EDO linear. Se os coeficientes dessa EDO so
constantes, temos:

onde a e b so as constantes. Considerando uma EDO linear com coeficientes no constantes, temos a forma:

onde p e g so funes que depende da varivel t. No caso dos coeficientes serem constantes, temos:

Integrando:

Assim:

EXERCCIO
Determinar a soluo da EDO a seguir.

Soluo:

No caso da resoluo da equao geral, com coeficientes no lineares, devemos interoduzir um fator integrante (t)
na equao, de forma que:
Fazendo a aproximao:

( ) = +

Temos:

Assim:

Logo:

Ou ainda:

Substituindo na equao principal temos:

EXERCCIO
Resolva o problema de valor inicial a seguir:

Soluo: inicialmente, deve-se colocar a EDO no modelo padro.

Agora, determinar o fator integrante:

Multiplicando tomos os termos da EDO linear por (t) = t, temos:

Assim:

Portanto:
Aplicando a condio inicial, temos:

EXERCCIOS

VARIVEIS SEPARVEIS
Esse mtodo utilizado para resoluo de EDO que podem ser reescritas como:

Dessa forma, ento possvel separar a equao na forma:

Essa equao ento do tipo separvel. Essa equao pode ser reescrita da forma:

EXERCCIO
Mostre que a equao a seguir do tipo separvel.

Soluo: reescrevendo a equao.

Que satisfaz a condio para ser uma equao do tipo separvel.


DEFINIO
Para uma EDO separvel qualquer, temos:

( ) = ( ) +

EXERCCIO
Resolva o problema de valor inicial.
Soluo: fazendo a separao de variveis:

Aplicando a integrao em ambos os lados da igualdade:

Aplicando a condio inicial:

Dessa forma:

ESTUDO DE CASO

Modelagem de reator CSTR: balano material e balano energtico.

Modelagem de reator batelada (caso especial do reator CSTR): balano material e balano energtico.