Você está na página 1de 51
As diferencas entre rostos masculinos e femininos Ss _ Truques para ) fazer cabelos, | olhos e bocas mais realistas | A expressao facial em | poucos tracos Especial: dicas do mestre Mozart Couto CURSO COMPLETO DE DESENHO EDITORA ESCALA LTDA. ‘v Pro da Kol, 851 - Casa Verde (CEP 0251-000 - Séo Paulo/SP Tel: (11) 3355-2100 Fax. (11) 2355-2131 Caixa Postal: 16.361 - CEP 02599-970 '$a0 PaulolSP - Brasil PRESIDENTE: Hero de Lourenzi |VICE-PRESIDENTE: Natio Floréncio Cuesta DIRETOR COMERCIAL: André Blumberg DIRETOR EDITORIAL: Ruy Pereira DIRETOR FINANCEIRO: Jack Blumen ASSESSOR ESPECIAL DA DIRETORIA: Paulo Afonsa de Oliveira escaia Impressio e Edizdo em Portugal SOCTIP - Sociedade Tipogréica, SA Estrada Nacional? 10, km 108.3, Porto Alto, 2135-114 - SAMORA CORREIA Distrituigdo ‘VASP Rua da Taso, 4° piso Massamé, 2745 - Queluz Dept Lo APRESENTAGAO- este curso vooé aprender o método de desenhar a figura humana com 0 mestre Eugénio Colonnese. Experiente autor de livros didaticos, possui diversas ilustragdes comercials, a ém des serum gi a vida inteira para descobrir. Este curs ae humana. Mas, também, apresentard as Re outres elementos comuns ao figurativismo, como aderecos, veiculos, mobiliério e animais. tens que precisam estar presentes ao lado da figura humana, O Curso Completo de Desenho de Eugénio Colonnese, 6 composto por cinco volumes, langados mensalmente, Fique atento e no perca nenhum. Confira os temas: "Volume 1: Desenhando a Cabeca Volume 2 Desenhando Anatomia Volume 3: Desenhando o Corpo em Movimento Volume 4» Desenhando em Perspectiva Volume 5» Desenhando Animais Esta obra deixara vocé afiadissimo. Mas lembre-se, desenhar 6 pratica. E isso exige tempo e dedicacao. Portanto, ao trabalho! scl PO + {NDICE DESTA EDICAO- + CONSTRUINDO 0 ROSTO .. + ODESENHO DA CABECA + DEFININDO OS DETALHES + FORMATOS DE CABECA’ + ODESENHO DOS OLHOS: + ABOCAE0S LABIOS.. + ONARIZ .. + AORELHA, + OSCABELOS + CARACTERISTICAS RACIAIS.... 3 4 5 0 11 12 13 14 15 16 18 + CABELOS LISOS .. 20 = BELEZA NEGRA wenn 22 + CABELOS ONDULADOS 24 + UM PERFIL COM TRANGAS 26 + LOIRA EVANESCENTE.. 28 + ACABECA VISTA POR TFAS . + EXPRESSOES FACIAIS * DICAS DE MOZART COUTO ... + MEMORIZANDO.. ¢ CONSTRUINDO O ROSTO * Antes de desenhar a cabeca, treine bastante as ficam também no meio da oval, porém, na horizontal. Depois, marque as linhas da base do nariz, que Sicam no meio, entre a linha dos olhos e do queixo dividindo esta medida em seguida. A linha da boca fica no meio, entre a base do nariz eo queixo. Marque a linha dos olhos. Note que a distancia entre um olho e outro é a de um terceiro olho. °O Bole DA a a [S D — z es oo * DEFININDO OS DETALHES * DEFININDO OSDETALHES* | = oo = Q o oo ea = e DEFININDO OS DETALHES aR eae anatomia vai auxilié-lo a compreender 0 formato da cabega s 3 Construir a caveira com aquel . utifizadas na aes escola basica, . cabeca éum ajudaa nude: adquirir os imoeaial conhecimentos de desenho Sao varios os formatos das cabegas. Os esbogos podem partir de formas ovais, * eQDESENHO DOS OLHOS « | ke ° alho, é necessario que se conhega a central) e a iris (anel sua estrutura. colorido que 0 cireunda). A distancia oo a Re. | 4 SEER . (Ore mem As sobrancelhas acompanham o ‘lesenho dos olhos. eS Ele é fundamental para dar vida ao olho. aR Abaixo, encontra-se uma série de estudos esquematicos do olho e de seus movimentos. a Vaca) ¢ ABOCA EOS LABIOS « ee uum desenho suave e bem defini Observe a diferenea de tamanho entre 0 labio superior e 0 inferior. inclinagio da linha imaginaria que liga o nariz ao queixo, eo delicado desenho dos cD Vi Abaixo, temos uma série de desenhos es ° OS CABELOS ° A primeira coisa que se deve observar é que os © penteado ea fonte de luz. cabelos tém volume. u © desenho deve a levar em conta a © tipo de cabelo, i Cabelos lisos e escorridos sao os mais comuns. Se orem escuros, se caracterizarao por grandes dreas ‘ negras acompanhadas de brilho. ae? i J& nos cabelos ondulados, deve-se retratar as mechas ao invés de se concentrar nos fios. “vi Um estudo 3 especial deve ser reservado ao movimento dos cabelos, que deve acompanhar com // algum atrasoo _// movimento do corpo. ¢ CARACTERISTICAS RACIAIS « y Ha) ) 4 | = G7, | Wee! Z e AMORENA ° DR teense E preciso observar desde o inicio da construcio, 0 posicionamento das angulo. obedecendo 20 PT Curso Completo de Desenho pata:_/] Loulou lll lool lolol dll eta ER Alas carter 1 'Exercicio 1 Seguindo os modelos ao lado, conclua os desenhos das bases esquematicas. DESENHISTA: ae ° CADERNO DE EXERCIcIOS> DATA: _/__/ ull enya N L 7 1 ce leto de Desenho Louw flo ol Reproduza as orethas vistas de tras e complete os rostos a direita. Reproduza © perfil a esquerda. PER z= = ; are | ° CADERNO DE EXERCICIOS: TT DESENHISTA: Curso Completo de Desenho 4 LD blll lll lalla b DATA: _/, ula bolo lous Exercicio 3 desenhe 0 olho e defina a orelha deste desenho. DESENHISTA: Desenhe 0 olho direito e complete os Passe o lapis por labios e cima deste bico- mechas de de-pena. Sinta o cabelos. desenho Desenhe este rosto. = = * CADERNO DE EXERCicIos- Curso Completo de Desenho DATA Tuofud nouluolousfuo od ca Exercicio 4 ‘Desenhe o rosto completo sobre estas linhas de marcagées. Se DESENHISTA: TL oy * CADERNO DE EXERCICIOS* Curso Completo de Desenho AMAA funda = = Exercisio’s DESENHISTA: = ea ee ey a * CADERNO DE EXERCICIOS- DATA, DESENHISTA: b. afl ull lala aR Seguindo a amostra ao Jado, desenhe oothoea orelha da * CADERNO DE EXERCICIOS- Curso Completo de Desenho vi HE thal bul = | g Zz a : * CADERNO DE EXERCicIos- Th Completo de Desenho a DATA:s ./ /_ wlll lll Exercicio 8 QR ee exemplos abaixo. & er be == De TTT am * CADERNO DE EXERCICIOS- DESENHISTA: Curso Completo de Desenho DATA: mR Faga linhas basicas com circulos e elipses, e complete estes dois desenhos. aR Seguindo estas poucas linhas de marcagao, complete os desenhos. i DESENHSTA: aa * CADERNO DE EXERCICIOS~ Curso Completo RIAN Me Exercicio 10 aR Complete estes desenhos. DATA: // [oun lull 1 1 RTT TTT > DESENHISTA: eroerpereremsremem fl CADERNO DE EXERCICIOS> Curso Completo de Desenho <€ Luu oul do b DATA: _) luuluul tulouluuluuoutuluulutonolunlutuolualnl Exercicio 11 DESENHISTA: L Sees) Redesenhe aqui © olho da moga, Curso mn plete de Desenho fe Dare iil ian aan lll oul ulouboaluubul at (aa aR AT ee Sm a _Exercicio 12 Reproduza, cuidadosamente, estes desenhos nos espacos vazios. DESENHISTA: Curso Completo de Desenho ‘Exercicio 13 3 DESENHISTA: ° CADERNO DE EXERCICIOS: er a aes ‘Exercicio 14 Ws aie nee eee: ‘SENHSTA: ° CADERNO DE EXERCICIOS> DESENHISTA: Z : S = > a POK™ AL / be ° BELEZA NEGRA © ‘Um esboco rapido posiciona a cabera frontalmente, em relacdo ao observador, compondo com o tronco voltado para o lado. | oe — Ao iniciar 0 desenho dos | elementos que compéem a \ face, observarse que a boca a € 0s labios séo construidos —— com o seu tamanho levemente reduzido para reforcar a delicadeza. © mesmo é notado com relagdo as orelhas. dos tracos em excesso, realcando a leveza da personagem. Observe o pequeno (aA ) espaco deixado entre a pupila eo cilio inferior,e os labios == = EAE ESET GLE LES RTT TE EATS MIS SE TETITE e CABELOS ONDULADOS ¢ ~ s UMPERFIL COMTRANCAS = a g | S| a © 0 posici dos componentes faciais, bem como o delinear das mechas que compordo 0 penteado, inicia-se a etapa de defini¢3o do desenho. Se As expressies faciais so conseguidas por meio da movimenta¢ao da musculatura do rosto. A correta representagao dos volumes (bochechas, testa etc.) é fundamental para que o artista consiga obter o resultado desejado. 4M} Estudar o préprio ponto no espelho e fotos de revistas é indispensavel para o dominio do desenho das expressées. * DICAS DE MOZART COUTO « O lapis, apesar de sua simplicidade, é um dos instrumentos mais importantes para o desenhista, o pintor e até mesmo para o escultor, por isso sio indispensaveis um bom conhecimento e dominio dessa ferramenta. E ricontramos no mercado lépis de ‘aris tipos e também as lapiseiras. Voc8 deve pesquisarutiizando varios, até encontrar aquele que mais favorega 0 seu 28 48 modo particular de desenhar. 1 ALJ Af HA laps de desenho que so vendidos em j id | varios graus de dureza — do 6H a0 9B. Os mais irdizados para o desenho artistico sao 0.28, 4B e 9B. Ha também os lapis de } \ Grafite Puro; os lpis de pontas chatas & uadrades, chamados ‘carpnteir’, que i podem ser utllizados no desenho; as % lapiseitas com minas de varias durezas e os 4 lapis aquareléveis, que podem ser utiizados Conjun‘amente com agua e pincel Ve pode conseguir bons resultados aparando as pontas de seus lépis com uma lixa de una ou utiizando laminas. Para uilizar o lapis aquarelével, basta desenhr, sombreando normalmente, e depois aplicar agua om umn pincel macio, O desenho passaré a ter tum aspecto fuido de uma aquarela. Deixe 0 papel secar e continue aplicando mais camadas de pigmentos a seco com o pis, dando assim os, delalhes, se 0 desejar. Guerre PURO. 9 E ese 6uma jamostra de um cdesenho onde foram ulizados varios pos : de lepis. ee Este desenho fol feito com lis. ASUAEEAVE —aquarelével; depois, fez-se un ccontorno com um lapis de grafite comum 58, Utiize uma borracha bem macia ou borrachas maleaveis para arte sla pagina temos un exemplo de um desenho onde foram utiizados laps de varios graus de dureza: 0 desenho foi levemente esbocado com um lapis 28 e depois sombreado com o mesmo lépis para se conseguir tons claros e médios de cinza; em seguida, numa outra fase de somibreamento, utlizou-se um ldpis 4B para se conseguir tons mais escuros e defiiralgumas pattes da figura; por ultimo, fo utlizedo, tum lps 9B para os tons bem escuros e a definigdo final em varios, pontos da imagem. 95 Pratique a secSoqetaeis mats de caters, edtudar um modo wn muse aepeemes NEo Se preonupe on fazer ume posse parents Gsamins'senore nes pede peta fazer seus rains: leeramemene inardice fz bem. Un arisis busce 2 presi ceemaresute orecse anrender Prenda-se poten sastetses 2 ds Gierencesde un rosto pare outa. (que fica no ar neste local Ge coserecimente na combinam com desenho. O ideal é vane i see pmnmequerDcomeme mess ara desenher, um amar pars manier seus atalhes reves elvios de referéncias Eur stSpa= ieacorrscersans ofagdo. E importante qe cirnot Gear tee desenho e ndo sobre vane. provarands sombre ne mess Assim, Se Voc’ € desto, 2 haz Gove winds esquere Sefer canhcts, luz deve cair do lado conics Importante saber: que seudesete qn mss simples eu desenho for mals tcl lcancers Ses citer comune Perlanto, eviterebuscar os desenos Trae delimeso 20 ‘maximo. Olhe para os jomais, estas = extitanens 20 seu ror \Veja como 0 desenho € uflizado das mas xatiatas = Gsiniss fomas. Vocé est abracendo ume comsica Editora Escala. ry ENUM EMCEE CHE