Você está na página 1de 33

14-07-2010

TERAPIAS
COMPLEMENTARES
essências florais de Bach
Teresa Condeço

To see a world in a gram of sand,


and heaven in a wild flower,
hold infinity in the palm of your hand
and eternity in an hour.
William Blake

(Ver o mundo num grão de areia


O céu numa flor silvestre
www.josephinewall.co.uk
Agarrar o infinito na palma da mão
E a eternidade numa hora)
William Blake

TERAPIAS COMPLEMENTARES
as essências florais de Bach
O que são?
Dr Edward Bach
A Terapia Floral na actualidade
Como actuam?
Como funcionam?
Como se tomam?
As 38 essências
Escolher essências
para crianças

1
14-07-2010

TERAPIAS COMPLEMENTARES
as essências florais de Bach
Aplicações no âmbito do Desenvolvimento
Infantil:
Dificuldades de aprendizagem
Perturbação do espectro do autismo
Perturbação de Hiperactividade
e Défice de Atenção
Adolescência

TERAPIAS COMPLEMENTARES
as essências florais de Bach
O que são?
São remédios líquidos feitos com água, sol e flores na sua época
de floração.
As “qualidades” de cada flor são “impressas” na água através da
exposição à acção da luz solar durante várias horas. Os efeitos
subtis da luz solar são essenciais para carregar a água com a
marca energética da assinatura vibracional de cada flor. Algumas
também podem ser obtidas pelo método de fervura mas é menos
comum.
Cada frasquinho contém a água com a “marca energética” da flor
e uma percentagem desprezível de um conservante, que pode ser
brandy ou conhaque, para que a água não evapore. As essências
não têm cheiro e não possuem qualquer substância química. O
cheiro e o sabor são dados pelo conservante.

2
14-07-2010

Centaury
Willow Aspen Clematis Cerato Elm Water Violet Wild Rose

Cherry
Plum Rock
Heather Wild Rose
Holly Honeysukle Gentian Out
Agrimony

Pine

Hornbean Red
Scleranthus Beech Oak Impatiens Chestnut Walnut

White
Mimulus Chestnut

Crab
Sweet Star of Rock
Chicory Apple Olive
Chestnut Bethleem Water

Vervain
Mustard

Gorse
Chestnut Vine
Larch
Bud

TERAPIAS COMPLEMENTARES
as essências florais de Bach
Dr. Edward Bach

Edward Bach nasceu no País de Gales em 1886. Formou-se em


Medicina em 1912. Entre 1912 e 1930 foi um grande médico e um
investigador. Formou-se também em Homeopatia. Entre 1928 a
1935 pesquisou 38 essências florais. Faleceu em 1936, aos 50 anos
de idade.

“A vida não espera de nós sacrifícios inatingíveis, ela apenas pede que
façamos nossa jornada com alegria no nosso Coração e sejamos
uma bênção para todos aqueles que nos rodeiam. Assim, se
fizermos um mundo melhor com a nossa visita, estaremos
cumprindo a nossa Missão”
Edward Bach

3
14-07-2010

TERAPIAS COMPLEMENTARES
as essências florais de Bach
A Terapia Floral na
actualidade
Australian Bush Flower Essences:
Austrália
Bach Flower Remedies: Inglaterra
Deva Flower Essences: França
Essências da Terra: Brasil
Florais de Saint Germain: Brasil
Healing Herbs: Inglaterra
Pacific Essences: Canadá
Flower Essence Services (FES):
América do Norte

Richard Katz e Patricia Kaminski,


Flower Essence Society.
87 sistemas e mais de 10.000
essências vibracionais

TERAPIAS COMPLEMENTARES
as essências florais de Bach
Como actuam?
Actuam através do fenómeno da ressonância, cada flor
possui uma forma e uma estrutura especifica que vai
acordar qualidades particulares na Alma humana.
Ressonância e vibração
Vibração é sinónimo de frequência. Diferentes
frequências de energia reflectem taxas variáveis de
vibração. Sabemos que matéria e energia são duas
manifestações diferentes da mesma substância
energética primária de que são constituídas todas as
coisas que existem no universo, incluindo os nossos
corpos físico e subtil (Gerber, 1988).

«A taxa vibratória dessa energia universal determina a


densidade da sua manifestação na forma de matéria. A
matéria que vibra numa frequência muito lenta é
chamada de matéria física, aquela que vibra em
velocidades maiores que a luz é chamada de matéria
subtil. A matéria subtil é tão real quanto a matéria
densa, a sua taxa vibratória é simplesmente mais
rápida» (Gerber, 1988).

4
14-07-2010

TERAPIAS COMPLEMENTARES
as essências florais de Bach
Como funcionam ?
Cada flor tem a sua assinatura e poder subtil. A
A água que contém as flores recebe um tipo
sua vibração única, em contacto com o campo
de impressão holográfica das qualidades
de energia humano e por ressonância, pode
essenciais da planta, cada gota de água contém
restabelecer o equilíbrio e a harmonia dos
a configuração total do arquetipo da planta.
corpos físico e subtil, restaurando a saúde.
Cada flor encarna certa qualidade da alma, tem
As essências florais têm a qualidade de
um determinado comprimento de onda
transformar uma emoção negativa numa
energético. A Alma humana contem todas as 38
positiva. Por exemplo, uma pessoa com baixa
qualidades das Flores de Bach.
auto-estima, depois de tomar uma essência
Quando surge um conflito, uma situação
específica, começa acreditar em si mesma e terá
vivenciada de forma stressante a frequência
maior auto-confiança nas situações do dia-a-dia.
(comprimento de onda) fica em desarmonia. O
As emoções negativas não são suprimidas mas
Floral tem a frequência de energia harmonizada,
transformadas no estado emocional positivo
vai restabelecer a harmonia e actuar como
oposto.
catalisador no restabelecimento da ligação
entre a Alma e a Personalidade.

TERAPIAS COMPLEMENTARES
as essências florais de Bach
Como se tomam?
As Essências podem ser tomadas:
•directamente na língua – duas gotinhas
•numa garrafa de água mineral de 25cl onde coloca duas
gotinhas de cada frasquinho;
•num copo de água mineral, com sumo de fruta natural, com
chá, com leite;

Podem ser utilizadas:


•no banho – de imersão para aliviar dores, stress
(nomeadamente o Five Flowers);
•na pele – pode aplicar directamente nos chakras;
•em creme – Five Flowers Cream
•através de spray – fazer um composto num frasquinho e
utilizar na casa (ex.: no lar ou na sala de trabalho antes de
reuniões, na aura, por cima da cama/travesseiro antes de
dormir, para “limpar” os ambientes”).

5
14-07-2010

As 38 essências - MEDO

MIMULUS (Mímulo) ASPEN (Choupo tremedor)


Medo das coisas Medos e preocupações de
conhecidas e timidez origem desconhecida

ROCK ROSE (Alecrim das RED CHESTNUT (Castanha


paredes) vermelha)
Terror e pânico Medo ou excesso de
preocupação com os
outros

CHERRY PLUM (Ameixoeira


de jardim)
Medo de perder o
controle

Mimulus
relaciona-se com as qualidades da Alma ligadas à coragem e à confiança

Padrões de desequilíbrio
Quando a criança tem temores
conhecidos: medo do escuro, medo
de estar só, medo de animais, medo
das crianças mais velhas, medo do
professor, medo das vacinas.
Crianças assustadiças com
barulhos. Sensíveis às mudanças de
temperatura. Quando caiem não
deixam o adulto curar a ferida.
Quando estranhos se dirigem a elas
(na presença dos pais) choram ou
escondem-se.

6
14-07-2010

Rock Rose
relaciona-se com as qualidades da Alma ligadas à coragem e à firmeza

Padrões de desequilíbrio
Essência indicada para um medo
enorme, para o terror, para ataques
de pânico. Indicada para pesadelos
ou quando a criança está aterrorizada
por algo que ouviu ou imaginou.

Cherry Plum
relaciona-se com o principio da franqueza e da compostura

Padrões de desequilíbrio
Para a criança que se descontrola
emocionalmente e num impulso
repentino se auto-agride ou chora e
esperneia de forma descontrolada.
Quando a criança não consegue
controlar os esfíncteres ou quando
não consegue parar de roer as
unhas. Nas estereotipias e rituais
obsessivos.

7
14-07-2010

Aspen
relaciona-se com o potencial da Alma ligado ao destemor, ao domínio e à
ressurreição

Padrões de desequilíbrio
A síndrome do “frio no estômago”. O medo do
que pode acontecer. Embora os medos possam
ser identificados (Mimulus), o resultado do que
pode acontecer é desconhecido. A criança tem
um medo vago, está apreensiva sobre o que vai
acontecer. Quando a criança tem pesadelos ou
fala a dormir. Quando não consegue adormecer
sem saber porquê ou porque tem medo de ter
pesadelos. Para a criança que chora toda a
noite sem razão aparente. Para aquela que tem
medo do próprio medo. Para crianças que têm
medo de fantasmas, de ladrões ou do “papão”.

Red Chestnut
relaciona-se com o potencial da Alma ligado à solicitude e ao Amor ao próximo

Padrões de desequilíbrio
Essência para as crianças que vivem
angustiadas pelo bem-estar dos outros. O
bem-estar dos outros torna-se a sua única
preocupação: pessoas queridas, animais, o
planeta. Levam os animaizinhos para casa
para cuidar, sofrem imenso se eles acabam
por morrer. Envolvem-se nas actividades de
reciclagem e de como poupar na água.
Sentem-se muito ligados aos pais e
preocupados pelo seu bem-estar diário. Se
algum dos pais tem que se ausentar, temem
que alguma coisa má lhe possa suceder e
enquanto ele não retorna, vivem momentos de
grande ansiedade e angústia.

8
14-07-2010

As 38 essências –
INCERTEZA E INSEGURANÇA
CERATO GORSE (Giesta)
Decide, mas duvida da Falta de Esperança e
sua decisão, busca “desistiu de lutar”
conselho e confirmação
dos outros

SCLERANTHUS (Erva Dura) HORNBEAM (Pinheiro abeto)


Indecisão “Preguiça da Segunda-feira
de manhã”, insegurança na
sua energia de realização do
trabalho
GENTIAN (Genciana) WILD OAT (Aveia)
Desânimo após uma Incerteza sobre qual a
causa conhecida direcção seguir na vida

Cerato
relaciona-se com o princípio da certeza intima, a “voz interior”, a intuição

Padrões de desequilíbrio
“Achas que está bem?” – é a pergunta
constante da criança Cerato. Duvidam do
seu próprio julgamento. Imitam os outros
com facilidade para se sentir aceites pelos
pares. Podem copiar nos testes, não
porque não saibam as respostas, mas
porque querem ter a certeza de que as
suas respostas estão correctas. Não
confiam na sua intuição e no seu ponto de
vista. “Apaguei a resposta porque achei que
estava errada, afinal estava certa”. “Não
sei”. “Se fosses tu o que fazias?”

9
14-07-2010

Scleranthus
relaciona-se com as qualidades da Alma ligados ao aprumo e ao equilíbrio

Padrões de desequilíbrio
Personalidade tipo interruptor – uns momentos
para cima, uns momentos para baixo.
Podem ter dificuldade em decidir qual a
brincadeira que querem fazer ou onde querem ir
passear. Podem perder oportunidades porque
não se conseguem decidir. Oscilam rapidamente
de humor. Podem apresentar descoordenação
motora ou movimentos pouco harmoniosos. Num
dia gostam de determinado colega no outro não o
podem ver. Não sabem se querem jogar à bola
com o… ou com o … e deixam passar a
oportunidade. Num dia pedem batatas afinal era
arroz. Ficam em frente ao espelho a decidir se é
calças ou saia e a carrinha escolar já passou.

Gentian
está ligado a Deus e à Fé

Padrões de desequilíbrio
Crianças que se sentem desanimadas
após uma contrariedade. Porque
começou a chover e não podem ir
brincar. Estão deprimidas porque
quebraram brinquedo preferido. Estão
desapontadas porque o aproveitamento
escolar não foi o esperado.

10
14-07-2010

Gorse
qualidade da Alma ligada à Esperança

Padrões de desequilíbrio
Quando a criança perde a esperança
e não tem força para voltar a tentar.
Pode ser devido a conflitos familiares
ou não passar o ano escolar. Crianças
que têm dificuldades escolares e
recusam-se a ir à escola. Quando há
uma recaída devido a uma doença
crónica.

Hornbeam
relaciona-se com o potencial da Alma ligado à vitalidade interior e ao viço da mente

Padrões de desequilíbrio
Para a falta de energia momentânea. Para
um cansaço que vem antes de se fazer
qualquer coisa considerada aborrecida; ir
tomar banho, fazer os trabalhos de casa, ir
para a escola porque se tem uma
determinada disciplina. É um cansaço…que
desaparece se for jogar Nintendo ou jogar à
bola com os amigos. Determinadas coisas
são consideradas monótonas e
desinteressantes, apesar de necessárias e
incontornáveis. Cansaço que não aparece
durante o fim-de-semana, a não ser na hora
de fazer os trabalhos escolares. Crianças
que ficam irritadas porque estão cansadas.

11
14-07-2010

Wild Oat
relaciona-se com as qualidades da Alma ligadas à vocação e ao propósito

Padrões de desequilíbrio
Essência indicada para os jovens que
devem escolher uma actividade
profissional ou vocação.
Para as crianças cujos pais nunca
deixaram escolher/decidir nada.

As 38 essências –
FALTA DE INTERESSE NO PRESENTE
CLEMATIS (Clematite branca, OLIVE (Oliveira)
cipó do reino)
Falta de energia de vida
Sonhador, falta de
concretização

HONEYSUCKLE WHITE CHESTNUT (Castanheira da


Índia)
(Madressilva)
Vive no passado Pensamentos indesejáveis,
persistentes, tormento mental

WILD ROSE (Rosa Silvestre) CHESTNUT BUD (Botão do


castanheiro)
Resignação a apatia Dificuldade em aprender com
os erros do passado

MUSTARD (Mostarda dos campos)


Tristeza profunda sem causa
conhecida

12
14-07-2010

Clematis
relaciona-se com o potencial da Alma ligado ao idealismo criativo

Padrões de desequilíbrio
Criança muito sonhadora e
“excessivamente” criativa. Pode
apresentar dificuldade em concentrar-se
e focalizar no momento presente. Gosta
de questionar mas pode deixar-se
enredar em fantasias e amigos
imaginários. “Não ouvi o que a
professora disse”. “Não me lembro onde
guardei o lápis”. “Não sei onde fiz a
nódoa negra!”. “O quê…?!” “Não gosto
de barulho”. “Eu estava com atenção…!”
“Na escola, dizem que sou cabeça no ar”

Honeysuckle
relaciona-se com o principio da capacidade para a mudança e para estabelecer
vínculos

Padrões de desequilíbrio
Quando a criança sofreu um trauma e
o acontecimento volta para assombrar
o presente. Pode manifestar-se nos
sonhos ou mesmo no jogo simbólico.
Quando sente saudade de um ente
querido que faleceu e está sempre a
reviver a situação. Quando a criança
não se consegue desligar dos pais
para ir para a creche. Quando a
criança muda de casa e está sempre
a recordar como era.

13
14-07-2010

Wild Rose
relaciona-se com o potencial da Alma ligado à devoção e à motivação interior

Padrões de desequilíbrio
“Se não os podes vencer, junta-te a eles”
“Tá tudo certo”, “Tá-se bem”. “Não gosto de
nada”
A criança Wild Rose aceita as coisas e as
pessoas tal como lhe chegam. É a “navegação
à vista”. Andam calmamente pela vida a “ver o
que dá”. Podem acomodar-se às coisas e
aceitam o que lhes acontece resignadas, como
uma sentença. Não sentem estímulo perante a
vida, podem mostrar frustração e
aborrecimento. Não conseguem concentrar-se
em nenhuma actividade em particular, não
acham interesse em nada. Começam muita
coisa mas logo se dispersam por falta de
entusiasmo.

Olive
relaciona-se com o principio da regeneração, da paz e do equilíbrio restaurado

Padrões de desequilíbrio
A criança apresenta um cansaço
mental excessivo. Pode ser em época
de provas escolares ou porque está a
convalescer de uma doença ou de
uma operação.

14
14-07-2010

White Chestnut
relaciona-se com as qualidades da Alma ligadas à tranquilidade e ao
discernimento

Padrões de desequilíbrio
Pensamentos persistentes que não
deixam a criança descansar, está
constantemente preocupada com a
escola, as provas escolares, a ida ao
dentista. As pré-ocupações que não a
deixam concentrar-se nas actividades
que tem entre mãos. Está sempre a
“falar consigo” podendo queixar-se de
dores de cabeça e cansaço.

Chestnut Bud
relaciona-se com o potencial da Alma ligado à capacidade de aprendizagem e
concretização

Padrões de desequilíbrio
Para a criança que reincide no erro.
Pode ter dificuldades de
aprendizagem, memorização e
concentração. Para ajudar a focalizar.
Crianças que se colocam
repetidamente em situações de risco,
apesar de se terem magoado na
mesma situação. Para aprender a
aprender.

15
14-07-2010

Mustard
relaciona-se com a qualidade da Alma ligada à jovialidade e à serenidade

Padrões de desequilíbrio
Tipo de depressão que vem sem
razão aparente.
Mais comum na puberdade e
adolescência.
Melancolia que leva o adolescente a
fechar-se no quarto e a ficar às
escuras. Sente-se num poço negro e
como uma carga para os pais. Não
vontade de fazer nada nem de sair
com os amigos. Não percebe porque
está nessa situação.

As 38 essências –
SOLIDÃO
WATER VIOLET (Violeta de água)
Reservado, sério, fechado nos seus sentimentos

IMPATIENS
Impaciente

HEATHER (Urze)
Egocêntrico, centrado em si mesmo

16
14-07-2010

Water Violet
relaciona-se com as qualidades da Alma ligadas à humildade e à sabedoria

Padrões de desequilíbrio
É uma criança segura e auto-suficiente. Faz
poucos mas bons amigos. Gosta de brincar
sozinha e quando não se sente bem não gosta
de chamar a atenção, prefere ficar só. Prefere
jogos de paciência, jogos estratégicos, jogos
em que não necessite de par ou um grupo,
para jogar. Não deixam que cheguem perto
para as conhecer, são esquivas e solitárias.
Crianças que choram pouco, podem ser
orgulhosas e não gostam que os outros as
vejam sofrer. Se um adulto ou criança os
desilude afasta-se deles e ignora-os. Não
gostam de partilhar opiniões nem de dar
“palpites” de como os outros podem fazer.

Impatiens
relaciona-se com as qualidades da Alma ligadas à paciência e à delicadeza

Padrões de desequilíbrio
Ficam amuadas se as coisas não acontecem
com a necessária rapidez. Crianças que
choram irritadas entre as colheres de papa.
Têm que ser elas a resolver determinado jogo.
Ficam excitadas e irrequietas com quebras de
rotina e novidades (festas, visitas familiares).
Ficam excitadas por antecipação. Podem ser
as primeiras a levantar o braço na sala de aula,
por vezes tentando levantar o braço mais alto e
sentando-se em cima da perna para se
elevarem. Pode estar sempre agitada e ansiosa
quando realiza tarefas, tentando chegar ao fim
o mais depressa possível. Movimentam-se com
grande velocidade. “Já acabei!”. “Despacha-te,
chuta a bola, depressa!”

17
14-07-2010

Heather
relaciona-se com as qualidades da Alma ligadas à empatia e à disposição para
ajudar

Padrões de desequilíbrio
Eu, eu, eu. Crianças com a “testa ligada
no umbigo”. Não interessa o que os
outros tenham para dizer, o que dizem
tem que ser sempre mais, melhor e mais
interessante. Podem ser crianças com
tendência a mentir e a chorar por tudo e
por nada. Choram muito se dão um
pequeno tombo. “Vem cá para eu falar
contigo”. “Eu vou contar… eu estava a …
veio e …depois…depois… e ainda há
mais, ouve…”

As 38 essências –
HIPERSENSIBILIDADE ÀS INFLUÊNCIAS E IDEIAS
EXTERIORES

AGRIMONY (Eupatória, erva-dos- WALNUT (Nogueira)


gregos) Protecção contra mudanças e
Tormento mental escondido influências externas
atrás de um rosto sorridente

CENTAURY (Fel da Terra) HOLLY (Azevinho)


Vontade fraca, servil Ódio, inveja e ciúmes

18
14-07-2010

Agrimony
relaciona-se com a capacidade da Alma enfrentar os outros e com a sua
capacidade de ter alegria

Padrões de desequilíbrio
Aparentemente uma criança feliz e sempre de
bom humor. Esconde a sua angústia. Durante a
noite está agitada e aflita. Pode chorar
convulsivamente e no momento seguinte já
está tudo bem. Os pais “notam” que alguma
coisa não está bem. Comportam-se como
“palhaços” quando encorajadas pelas
gargalhadas dos outros para desviar as
atenções em situações que se sentem
inseguras. Não gostam de discussões e
conflitos. Podem revelar os seus temores e
ansiedades através do desenho.

Centaury
relaciona-se com as qualidades de auto determinação e auto-realização da Alma

Padrões de desequilíbrio
Tem dificuldade em defender-se das outras
crianças que procuram briga ou intimidação.
Gosta de partilhar, é calma nas brincadeiras
e cuidadosa com os brinquedos. São
crianças que não causam problemas aos
pais mas deixam que os colegas se
aproveitem da sua bondade e insegurança.
Na escola são o “bode expiatório”. “Não tive
tempo para acabar a prova, tive que fazer a
do…”. “Não posso dizer que não”. “Eu faço
os teus trabalhos”

19
14-07-2010

Walnut
relaciona-se com a qualidade da Alma ligada a um novo começo e à singeleza

Padrões de desequilíbrio
Personalidade tipo “esponja”.
A criança Walnut sabe o quer; como
se joga ou como se responde a uma
pergunta, mas vacila se lhe
apresentarem outra sugestão. É
influenciável e pode ser levada a fazer
o que não quer. São muito sensíveis
às mudanças normais e esperadas na
vida. Excelente em qualquer situação
de dependência e medo das
mudanças.

Holly
encarna o principio do Amor Divino

Padrões de desequilíbrio
Ajuda a criança a conviver pacificamente
com as outras crianças. Crianças que
agridem as outras crianças com
beliscões, dentadas… Quando mostram
ciúmes dos brinquedos, dos amigos ou
do nascimento de um membro mais novo
na família e demonstram agressividade e
raiva. Podem apresentar acessos de
cólera ou caprichos sem sentido. Se uma
criança, inadvertidamente, a magoa, não
descansa enquanto não se vinga.

20
14-07-2010

As 38 essências –
DESÂNIMO E DESESPERO
LARCH (Lariço) STAR OF BETHLEHEM (Leite de Galinha)
Falta de Confiança Consolo e protecção após
choques e traumas

PINE (Pinheiro) WILLOW (Salgueiro)


Auto-reprovação, culpa Ressentimento, mágoa,
negativismo

ELM (Ulmeiro) OAK (Carvalho)


Sobrecarregado por excesso Nunca desiste de lutar
de obrigações

SWEET CHESTNUT (Castanheiro)


CRAB APPLE (Macieira Brava)
Angústia e desespero
Raiva de si mesmo, sentimento
mental extremo
de falta de limpeza

Larch
relaciona-se com a qualidade da Alma ligada à confiança em si.

Padrões de desequilíbrio
Crianças com falta de confiança em si
mesmas. Temem ser o centro das
atenções e preferem não mostrar que
sabem a arriscar a desilusão do fracasso.
Preferem não tentar e deixam de agir por
antecipação do fracasso. “Eu ontem
também não consegui fazer, vou tentar
outra vez porquê?” “Faz tu, fazes melhor
que eu”. “Não posso fazer”

21
14-07-2010

Pine
relaciona-se com a qualidade da Alma ligada à tristeza e ao perdão

Padrões de desequilíbrio
“Desculpa”.
“A culpa é minha”.
Podem sentir culpa por não estar à altura
das expectativas escolares dos pais ou
do professor. Frequentemente, sentem
culpa pelos conflitos familiares ou mesmo
por ter nascido.

Elm
relaciona-se com o principio da responsabilidade

Padrões de desequilíbrio
O excesso de pressão ou responsabilidade
pode fazer com que a criança não se sinta
à altura e momentaneamente perde a
confiança nas suas capacidades. Quando
sabe que está a ser testada pode sentir
falta de confiança e entrar em pânico. De
uma geral, são crianças hábeis que
conseguem lidar com as dificuldades.
“Tenho tantos trabalhos para fazer, não sei
por onde começar…” “Isto é muito para
fazer”. “Já me dói a cabeça só de pensar o
que tenho para fazer”. “Parece que ainda
não fiz nada!”

22
14-07-2010

Sweet Chestnut
está ligado ao principio da libertação

Padrões de desequilíbrio
Indicada para angústia profunda e
desespero. A essência acalma e
conforta em situações de tristeza
profunda como a perda do animal
de estimação.

Star of Bethlehem
relaciona-se com o potencial da Alma ligado ao despertar e á reorientação

Padrões de desequilíbrio
Indicada para as crianças que sofreram
um trauma sentindo-se tristes e solitárias.
Importante também em situações de
choque provocado por uma queda,
acidente ou susto. Traz conforto e “colo”.
Tem uma acção relaxante quando a
criança não consegue falar ou chorar
apesar do choque ou da aflição.
“Restaura os mecanismos de autocura
do corpo”. (C. Stern)

23
14-07-2010

Willow
relaciona-se com a qualidade da Alma ligadas à responsabilidade pessoal e ao
pensamento construtivo

Padrões de desequilíbrio
A síndrome “Calimero”.
Quando a criança tenta chamar a atenção
dos pais, chorando ou sendo muito
simpática para não ter que fazer o que lhe
pediram. Sente muita pena de si mesma e
“porque é que sou sempre eu?” Chora e
fala ao mesmo tempo quando contrariada
ou quando as coisas não terminam como
tinha previsto. Estão sempre lamurientas e
queixam-se de tudo. Podem estar
frequentemente mal-humoradas e exigem
dos outros determinado comportamento
para que elas se sintam bem.

Oak
relaciona-se com o potencial da Alma ligado à força e à resistência

Padrões de desequilíbrio
Crianças que não valorizam
determinadas situações e negligenciam o
seu bem-estar. Quando estão doentes
não dão importância aos sinais e não
respeitam os seus limites de resistência.
Dentro da sala de aula, tendem a ser
preferidas porque ajudam e estão
sempre disponíveis. Fazem sempre os
trabalhos de casa antes de ir brincar.
“Gosto mais da escola do que das férias”.

24
14-07-2010

Crab Apple
relaciona-se com a esfera do ordem, da pureza e da perfeição

Padrões de desequilíbrio
“Picuinhas”. Crianças muito meticulosas com
os detalhes. Querem mudar de roupa se a
sujaram um pouco acidentalmente. Os
brinquedos tem que estar arrumados em
determinado local e não se podem mudar.
Têm dificuldade em tocar em determinadas
texturas ou mesmo tocar na comida com as
mãos. Os livros escolares estão sempre
impecáveis, não gostam de se enganar e ter
que apagar. A sua roupa parece que nunca
se suja. Podem ter rituais e hábitos difíceis
de quebrar.

As 38 essências –
CUIDADO EXCESSIVO COM OS OUTROS
CHICORY (Chicoria, almeirão) BEECH (Faia)
Possessividade, ciúmes, Intolerância
apego

VERVAIN (Verbena, erva dos leprosos) ROCK WATER (Água da Fonte)


Excesso de entusiasmo Auto-repressão, negação
pessoal

VINE (Vinha)
Dominador, inflexível

25
14-07-2010

Chicory
relaciona-se com os potenciais da Alma ligados à maternidade

Padrões de desequilíbrio
Criança amorosa e carente, que espera
receber carinho e amor de todos. Não
suportam ser ignoradas e gostam de ver os
seus esforços apreciados e elogiados. Não
gostam de partilhar os brinquedos. Podem
manipular o adulto pela culpa. São crianças
muito emocionais que exigem atenção
constante. “Eu brinco contigo se tu…”. “Se
não fazes como eu digo, eu fico triste”.
“Gostas mais do mano do que de mim”. “Tu
nunca me compras nada”. “Eu comi a sopa
toda e tu não me dás nem uma batatinha?”.
“Eu só faço isto porque gosto muito de ti”. “É
assim que me agradeces!”

Vervain
relaciona-se com o potencial da Alma ligado à auto-disciplina e ao comedimento

Padrões de desequilíbrio
Não são impacientes mas sempre excitadas e em
actividade. Podem queixar-se de outro colega mas não
inventam histórias. Nunca querem ir dormir à noite.
Quando querem alguma coisa, não choram, gritam.
Decidem o que querem e não param enquanto não o
conseguem. Tomam sempre o partido das crianças
consideradas mas desprotegidas e defendem-nas.
Facilmente discutem para defender as suas ideias.
Podem ser impulsivas e agitadas. Quando são
contrariados ficam irritados. Quando estão
entusiasmados com uma ideia ou um jogo querem
partilhar com os outros para que se sintam da mesma
maneira. “Se não posso ganhar ou menos que
empate!”

26
14-07-2010

Vine
relaciona-se com o potencial da Alma ligado à autoridade e à capacidade de
sustentar convicções

Padrões de desequilíbrio
“Eu quero, posso e mando”
Têm qualidades de líder pela sua vontade férrea
mas podem tornar-se mandonas e agressivas
para com as outras crianças. Podem ser
excessivamente determinadas tornando-se
coléricas quando não conseguem o que querem.
Podem mostrar alguma crueldade para os que
considera “inferiores”. Crianças que fazem tudo
para agradar aos pais e maltratam verbal ou
fisicamente o irmão mais novo. Amedrontam
colegas e companheiros de jogo. “Não tens nada
que pensar, é fazer o que estou a dizer”.

Beech
relaciona-se com as qualidades da Alma ligadas à simpatia e à tolerância

Padrões de desequilíbrio
Criança que tem dificuldade em ser tolerante
com os pares. Acredita que a sua maneira de
brincar é a “certa”. Faz “queixa” das outras
crianças aos pais, porque considera que os
outros fazem coisas erradas e
incompetentes. Os “outros” nunca fazem
nada bem porque a sua maneira é que é a
única e a certa. Parece estar sempre
aborrecida com os outros. Não suporta os
seus brinquedos desarrumados ou mexidos.
Reagem de forma desproporcional a
pequenas coisas que as irritam.

27
14-07-2010

Rock Water
relaciona-se com as qualidades da Alma ligadas à adaptabilidade e à liberdade
interior

Padrões de desequilíbrio
A criança Rock Water não se permite errar.
Têm que ser perfeitas em tudo o que fazem.
“Que burro que sou!” Podem apresentar
rigidez nos seus pensamentos, dificuldade
em dormir e sentir grande stress pelas metas
que se impõem a si mesmos. As regras são
mais importantes do que o próprio ou do que
os outros sentem ou pensam. Têm rotinas
que devem ser sempre seguidas. São
crianças que podem entrar em angústia se
têm Bom+ e não têm Muito Bom.

As 38 essências –
Five Flowers
ROCK ROSE IMPATIENS

CHERRY STAR OF BETHLEHEM


PLUM

CLEMATIS
Indicações
Composto formado por cinco essências.
Formulado pelo Dr. Bach para ser utilizado
em casos de emergência. Casos de grande
sofrimento ou de alguma má notícia
repentina, depois de um acidente, em
situações de choque, pavor. Restitui a
calma e a confiança.

28
14-07-2010

TERAPIAS COMPLEMENTARES
as essências florais de Bach
Tratar o
individuo
e não o sintoma

TERAPIAS COMPLEMENTARES
as essências florais de Bach
Dificuldades de Aprendizagem
GENTIAN: para a falta de coragem
GORSE: para o pessimismo, fica sem
esperança e pára de tentar
LARCH: restaurar a confiança, afastar o
temor do fracasso
MIMULUS: nervosismo ou tímidez
CLEMATIS: mundo da lua, não se
consegue concentrar, distração fácil
CHESTNUT BUD: aprender com a
experiência, memorização
IMPATIENS: intervalo de concentração
limitado, irritação, impulsividade
PINE: sente culpa por não realizar ou
alcançar o padrão desejado

29
14-07-2010

TERAPIAS COMPLEMENTARES
as essências florais de Bach
Espectro do autismo
WATER VIOLET:promover a abertura aos
contactos sociais e ao exterior
WALNUT: Dificuldade em lidar com as
mudanças, necessidade de rotina e
previsibilidade
CRAB APPLE: Perfeccionismo,
importância aos detalhes
WHITE CHESTNUT: pensamentos
ruminantes, aliviar tormento mental
CHESTNUT BUD: Dificuldade em
aprender com os erros
MIMULUS: Medo patológico de errar,
LARCH: Baixa auto-estima
CHERRY PLUM: emoções extremadas

TERAPIAS COMPLEMENTARES
as essências florais de Bach
PHDA
CLEMATIS: permanecer
concentrada na tarefa, menos
distraída e consegue focar a
atenção.
VERVAIN:teimosia e necessidade
de fazer as coisas à sua maneira
IMPATIENS: paz e tranquilidade,
níveis aceitáveis de actividade.
BEECH: tolerância e
compreensão.
CHERRY PLUM: pensar antes de
agir, maior controlo sobre o seu
comportamento e a sua vida

30
14-07-2010

TERAPIAS COMPLEMENTARES
as essências florais de Bach
Adolescência - Anorexia
CRAP APPLE: depreciaçção e
raiva de si mesmo (conhecerem,
respeitarem e aceitarem)
ROCK WATER: aliviar a tensão
e rigidez
WILLOW: sentimentos de
ressentimento, amargura,
autopiedade
OLIVE: completa exaustão
GORSE: perda de esperança

TERAPIAS COMPLEMENTARES
as essências florais de Bach

Adolescência – Depressão
OAK: Ter um papel activo na sua vida
GORSE+CLEMATIS: Afastar o estado
de espírito de depressão e tédio
HOLLY: Manter a calma e o controlo
da raiva
CRAB APPLE: Desenvolver uma boa
auto-imagem
CHERRY PLUM: Suprimir os
pensamentos de suicídio
WATER VIOLET: Manter o contacto
social e não se isolar

31
14-07-2010

TERAPIAS COMPLEMENTARES
as essências florais de Bach
Adolescência – Bullying
LARCH: perda de auto-
confiança
MIMULUS: medo de ir para a
escola
SWEET CHESTNUT+CHERRY
PLUM: Desespero e suicidio
CENTAURY: Os outros não são
superiores de não deve ter
vergonha
WATER VIOLET: Necessidade
de isolamento

Leitura recomendada
• Bach, E. – Cura-te a ti mesmo. Ed Pensamento
• Barnard, J. – Um Guia para os Remédios Florais do Dr. Bach. Ed. Pensamento,
1990.
• Chancellor, Philip M. – Manual Ilustrado dos Remédios florais do Dr. Bach. São
Paulo: Editora Pensamento, cop.1971. Gerber, Richard – Medicina Vibracional,
Uma Medicina para o Futuro, Editora Cultrix, 1988
• Gerber, Richard – Medicina Vibracional, Uma Medicina para o Futuro, Editora
Cultrix, 1988
• Howard, Judy – Crescendo com as Essências Florais de Bach: Um guia para o
uso dos florais durante a infância e a adolescência. São Paulo: Editora
Aquariana, 1997.
• Monari, Carmen – Participando da Vida com os Florais de Bach: Uma Visão
Mitológica e Prática. 3ª Edição. São Paulo: Roka, 1997
• Kaminski, Patricia – Flores que Curam. Como Usar Essências Florais. São Paulo:
Triom, 1998.
• Paes da Silva, M. Julia & Gimenes, Olympia – Florais, uma alternativa saudável.
Editora Gente, São Paulo
• Scheffer, Mechthild – Terapia Floral do Dr. Bach. Teoria e Prática. Editora
Pensamento, 1986.
• Stern, Claudia – Tudo o que você precisa saber sobre os remédios florais de
Bach: Tratado completo para seu uso e prescrição. São Paulo: Editora
Pensamento, cop. 1992.

32
14-07-2010

Links interessantes

• www.nasturtium.com.pt
• www.fesflowers.com
• www.flowersociety.org
• www.healingherbs.co.uk
• www.bachcentre.com
• www.materlux.com
• www.healingflowers.net
• www.alaskanessences.com
• www.pacificessences.com
• www.flowerblends.com
www.josephinewall.co.uk

33