Você está na página 1de 29
Tensões devidas a cargas aplicadas no terreno Prof. Romel Duarte Vilela

Tensões devidas a cargas

aplicadas no terreno

Prof. Romel Duarte Vilela

Introdução

Experiências realizadas nos primeiros tempos da mecânica

dos solos mostraram que, ao se aplicar uma carga na

superfície de um terreno, numa área bem definida, os acréscimos de tensão não se limitam à projeção da área carregada

de um terreno, numa área bem definida, os acréscimos de tensão não se limitam à projeção

Bulbos de tensões

Quando se unem pontos no interior do subsolo em que os acréscimos de

tensão são de mesmo

valor.

de tensões • Quando se unem pontos no interior do subsolo em que os acréscimos de

Acréscimos de tensão no solo

(Fórmulas)

Vários autores desenvolveram fórmulas matemáticas

que permitem o cálculo dos acréscimos de tensões verticais no solo conforme o tipo de carregamento:

Carga concentrada

Hipótese simples - espraiamento das tensões

Carga uniformemente distribuída em uma faixa

Carga distribuída sobre uma placa retangular

Tensões de espraiamento (método simples)

• Largura 2L • Tensão σ o • Ao admitir 30° • Profundidade z •
• Largura 2L
• Tensão σ o
• Ao admitir 30°
• Profundidade z
• Área: 2.L+2.z.tg30°

Tensões de espraiamento (método simples)

•

O

método

do

espraiamento

é

contraditório!

Não

satisfaz

o

princípio

da

superposição dos

efeitos.

Tensões de espraiamento (método simples)

Tensões de espraiamento (método simples)
Tensões de espraiamento (método simples)

Tensões de espraiamento (método simples)

Calcular a tensão no plano situado à profundidade de 5 metros, considerando que a área carregada tem comprimento infinito. Considerar areia pura (φ 0 = 40°).

de 5 metros, considerando que a área carregada tem comprimento infinito. Considerar areia pura (φ 0
de 5 metros, considerando que a área carregada tem comprimento infinito. Considerar areia pura (φ 0
de 5 metros, considerando que a área carregada tem comprimento infinito. Considerar areia pura (φ 0

Estimar o valor da tensão na profundidade de 10 m, considerando: Areia pura

angulo de espraiamento Φ= 40°

Estimar o valor da tensão na profundidade de 10 m, considerando : Areia pura – angulo
Estimar o valor da tensão na profundidade de 10 m, considerando : Areia pura – angulo
Estimar o valor da tensão na profundidade de 10 m, considerando : Areia pura – angulo

Acréscimos de tensão no solo

(Fórmulas)

Solução de Boussinesq

Admite constante o módulo de elasticidade.

Determina os acréscimos de tensões verticais devido

a uma carga pontual aplicada na superfície.

de elasticidade. • Determina os acréscimos de tensões verticais devido a uma carga pontual aplicada na

Carga concentrada - solução de Boussinesq

Utilizando a solução de Boussinesq, determinar os acréscimos de pressão nos pontos A e B

- solução de Boussinesq Utilizando a solução de Boussinesq, determinar os acréscimos de pressão nos pontos

Carga concentrada - solução de Boussinesq

Utilizando a solução de Boussinesq, determinar os acréscimos de pressão nos pontos A e B

- solução de Boussinesq Utilizando a solução de Boussinesq, determinar os acréscimos de pressão nos pontos

Solução de Carothers -

Carga distribuída ao longo de uma faixa

Determina os acréscimos de tensões verticais devidos a um carregamento uniformemente distribuído ao longo de uma faixa de comprimento infinito e largura constante.

devidos a um carregamento uniformemente distribuído ao longo de uma faixa de comprimento infinito e largura
devidos a um carregamento uniformemente distribuído ao longo de uma faixa de comprimento infinito e largura

Solução de Carothers

Uma fundação em sapata corrida com 2m de largura é carregada

uniformemente por uma tensão igual a 2,5 kgf/cm2. Determine os

acréscimos de tensão vertical (σz) devido ao carregamento em um ponto situado a 3 m abaixo do centro da fundação.

acréscimos de tensão vertical ( σz ) devido ao carregamento em um ponto situado a 3

Solução de Carothers

Uma fundação em sapata corrida com 2m de largura é carregada

uniformemente por uma tensão igual a 1,5 kgf/cm2. Determine os

acréscimos de tensão vertical (σz) devido ao carregamento em um ponto situado a 4 m abaixo do centro da fundação.

acréscimos de tensão vertical ( σz ) devido ao carregamento em um ponto situado a 4

Solução de Steinbrenner

Steinbrenner construiu um gráfico integrando a fórmula de Boussinesq que permite a determinação de σz a uma profundidade z abaixo do vértice A de um retângulo de lados a e b (a > b), uniformemente carregado por uma tensão p

O ábaco de Streinbrenner é a solução gráfica da seguinte equação:

b), uniformemente carregado por uma tensão p O ábaco de Streinbrenner é a solução gráfica da
b), uniformemente carregado por uma tensão p O ábaco de Streinbrenner é a solução gráfica da

Ábaco de Steinbrenner

Ábaco de Steinbrenner

Solução de Steinbrenner

Exemplo: Uma carga de 405 t é aplicada sobre uma fundação quadrada de 4,50m de lado.

Determine: a) a pressão vertical a 10 m de profundidade no vertice A ;

A=4,5m b=4,50m Q= 405 t z=10m

de lado. • Determine: a) a pressão vertical a 10 m de profundidade no vertice A

Ábaco de Steinbrenner

Ábaco de Steinbrenner

Solução de Steinbrenner

Solução de Steinbrenner

Solução de Newmark

Para cálculo das tensões provocadas por carregamentos uniformente distribuídos numa área retangular.

de Newmark • Para cálculo das tensões provocadas por carregamentos uniformente distribuídos numa área retangular.
de Newmark • Para cálculo das tensões provocadas por carregamentos uniformente distribuídos numa área retangular.
de Newmark • Para cálculo das tensões provocadas por carregamentos uniformente distribuídos numa área retangular.

Ábaco de Newmark

Ábaco de Newmark

Tabela de Newmark

Tabela de Newmark

Carregamento triangular

Gráfico de Fadum

A Permite determinar o acréscimo de tensão vertical (σz) sob um carregamento triangular de comprimento finito.

• A Permite determinar o acréscimo de tensão vertical (σz) sob um carregamento triangular de comprimento

Ábaco de Fadum

Ábaco de Fadum

Exemplo

Calcular a tensão no plano situado à profundidade de 6 metros, considerando que a área carregada ( aterro de areia compacta) com altura de 3,00 m , e a= 5m b=7m.

de 6 metros, considerando que a área carregada ( aterro de areia compacta) com altura de

Fórmula de Love

Carregamento uniformemente distribuído sobre uma área

circular (tanques e depósitos cilíndricos, fundações de chaminés e torres).

distribuído sobre uma área circular (tanques e depósitos cilíndricos, fundações de chaminés e torres).

Fórmula de Love

Fórmula de Love

Fórmula de Love

Fórmula de Love