Você está na página 1de 4

Universidade Federal do Par

Instituto de Tecnologia - ITEC


Faculdade de Engenharia Mecnica FEM
Disciplina: Turbomquinas Hidrulicas
Professora: Luanna Costa
Aluna: Carolina de Oliveira Contente (201402140017)

2 lista de exerccios

1. Um modelo de um ventilador centrfugo foi desenhado para entregar 15 m/min de


ar em condies padres, com um aumento de presso de 50 mm de gua e uma
rotao de 1800rpm. O prottipo dever provocar a mesma presso (50 mmcH2O)
mas operando a 1200rpm. Determine a relao entre os dimetros do rotor e a
vazo que o prottipo ir fornecer.

De acordo com a Lei da similaridade, temos que:


h1 h2
2 2
= 2 2
1 D 1 2 D2

50 mmc H 2 O 50 mmc H 2 O
2
=
(1800 rpm) D 1 (1200 rpm) D 22

D1 1200 rpm 2
= =
D2 1800 rpm 3

Tambm pela lei da similaridade, sabemos que:


Q1 Q2
3
= 3
1 D 1 2 D2

Q1 2 D 31 8
= =
1 Q2 D 32 27

27 15 1200 m
Q 2= =33,75
8 1800 min

1
2. O rotor de uma bomba de leo possui raios de entrada e sada de 5 e 15 cm,
respectivamente, e rotao de 4800 rpm. O leo possui uma densidade de 0,81 e
entra na bomba a uma taxa de 45 L/s. O ngulo da p do rotor na sada
puramente radial e a altura da p constante e igual a 4 cm. Desenhe os
diagramas de velocidade da entrada e da sada nas condies de projeto.
Determine o aumento da carga ideal e a potncia de entrada requerida.

Dados:

r 1=5 cm=0,05 m

r 2=15 cm=0,15 m

N=4800 rpm
leo =0,81

L m
Q=45 =2,7
s min
b=4 cm=0,04 m

Sendo u=r

m
u1=r 1 =0,05 4800=240
s

m
u2=r 2 =0,15 4800=720
s

2
2 2
Sendo
Q=V n 1 A=V n 1 (d d )
4 2 1

2,7 m
V n 1= =42,97
0,06283 s

Sabemos tambm que:


Q
b=
2 r2 V n2

Portanto:
2,7 m
V n 2= =71,62
2 0,15 0,04 s

V t 1=0
Para uma entrada axial .

A potncia de entrada requerida dada por:


W 1=( u 2 V t 2u 1 V t 1 ) m

kg
m=
leo Q=0,81 2,7=2,187
Porm m

W 1=1, 134 kW

2=90
Adotando pois a sada radial

V t 2=u 2

As velocidades absolutas so calculadas da seguinte maneira:


m
V 1= V n 1 +V t 1 =42,97
s

m
V 2= V n 2 +V t 2 =723
s

E tambm:
Vt2
2=tan 1 =84,32
V n2

3
V n1
Como V t 1 =0=u 1 cos 1
sin 1

42,97
240= cos 1
sin 1

42,97
tan 1=
240

1=10,15

Tringulo de velocidades de entrada & Tringulo de velocidades de sada

W1 V2 = 723m/s
V1 = 42,97m/s W2
10,15
u1 = 240m/s 90

u2 = 720m/s

3. O ar a 101 kPa e 15C entra e sai num estgio dum compressor de fluxo axial
com velocidade de 150 m/s sem vrtice. O estgio possui um raio mdio de 56
cm, raio do cubo de 35 cm e rotao de 8000 rpm. O ar desviado entre entrada
e sada em 12 e permanece alinhado com as ps ao longo de sua trajetria. (a)
Determine os ngulos das faces de montante e jusante das ps do rotor e do
estator no raio mdio. (b) Calcule a vazo mssica e a potncia requerida nesse
estgio.

Você também pode gostar