Você está na página 1de 2

DIREITO ADMINISTRATIVO

Regime Jurdico Administrativo


Produo: Equipe Pedaggica Gran Cursos Online

REGIME JURDICO ADMINISTRATIVO

1. Conceito: o conjunto sistematizado de princpios e normas que conferem


identidade ao Direito Administrativo, tornando possvel diferenci-lo dos demais
ramos do Direito .

Ordenamento Jurdico: conjunto de


normas vigentes de determinado Estado

Direito Pblico Direito Privado

Regime Jurdico
Administrativo

 Obs.: O Regime Jurdico Administrativo o conjunto de normas que garante


prerrogativas especiais Administrao em relao a terceiros (particu-
lares). Alm disso, esse regime controla grande parte do Direito Pblico.

o fundamento metodolgico de cada um dos institutos do Direito Admi-


nistrativo.

Conflitos regidos pelo


Coletivo Particulares
Regime Jurdico Administrativo

Relao Jurdica
Administrao Particulares

Permite a compreenso desse ramo do Direito.


Principal formulador do Regime Jurdico Administrativo: Celso Antnio Ban-
deira de Mello.
ANOTAES

1
www.grancursosonline.com.br
DIREITO ADMINISTRATIVO
Regime Jurdico Administrativo
Produo: Equipe Pedaggica Gran Cursos Online

 Obs.: Para Celso Antnio, o Regime Jurdico Administrativo fundamenta-se em


dois princpios basilares:

Supremacia do interesse pblico -> princpio que concede prerrogativas espe-


ciais do interesse pblico sobre o particular. Esse o princpio nmero 1.
Indisponibilidade do interesse pblico -> a Administrao e seus agentes
no podem renunciar ao Interesse Pblico. Os agentes pblicos exercem
uma funo (poder-dever).

 Obs.: Todos os demais princpios e prerrogativas da Administrao Pblica


decorrem desses dois princpios basilares.

Decorrncias da SUPREMACIA DO INTERESSE PBLICO:


Posio privilegiada do rgo encarregado de zelar pelo interesse pblico
(em regra, a Administrao no est em igualdade com os particulares,
pois defende sempre o Interesse Coletivo).
Posio de supremacia do rgo nas relaes com os administrados
(prerrogativas).
Acarreta a exigibilidade (meios que a Administrao fora o particular
a cumprir um ato) e a executoriedade (em casos de iminente riscos, a
Administrao pode ordenar e ela mesma executar um ato) dos Atos
Administrativos.
Possibilidade de Anulao e Revogao de seus prprios atos (autotu-
tela).
Interesse pblico PRIMRIO (pertinente sociedade) e SECUNDRIO
(relativo s convenincias do aparato Estatal).

 Obs.: Este material foi elaborado pela equipe pedaggica do Gran Cursos
Online, de acordo com a aula preparada e ministrada pelo professor
Emerson Caetano.
ANOTAES

2
www.grancursosonline.com.br

Você também pode gostar