Você está na página 1de 2

MORFOMETRIA DAS CLULAS DO EPITELIO DA MUCOSA BUCAL HUMANA

Jackeline da Silva Luciano

Acadmica de Cincias Biolgicas, Disciplina Biologia Celular. Departamento de Morfologia.


Instituto de Cincias Biolgicas. Universidade Federal do Amazonas, Manaus, Amazonas.

Palavras-chave: Fotomicrografia, mucosa bucal, microscpio binocular e Microncleos.

Tabela 1. Indica a mdia e o desvio padro da rea citoplasmtica e nuclear das clulas atravs de
amostras de epitlio pavimentoso no queratinizado masculino e feminino, coletados e realizados
no laboratrio.

Sexo rea Citoplasmtica (m) rea Nuclear (m) Razo (AN/AC)


Masculino 3.370,881197,86 5818 0,017
Feminino 3.285,711133,06 13535 0,03

CATLOGO HISTOLGICO
Figura 2: Fotomicrografia comparativa de imagens isoladas da mucosa bucal por meio da
microscopia de luz, utilizando um microscpio binocular. As imagens das clulas A com aumento de
10x e B aumento de 40x demonstram as clulas da mucosa bucal masculina, enquanto as imagens C
com aumento 10x e D aumento de 40x representam clulas femininas. As clulas foram coradas com
azul de metileno, que auxiliou na visualizao, corando o citoplasma em azul claro com algumas
granulaes, o ncleo em azul escuro enquanto a membrana citoplasmtica est delimitando o
citoplasma. Clulas do epitlio pavimentoso no queratinizado aparecem isoladas, pois o processo de
raspagem com o palito rompeu a associao que existe entre elas, facilitando o distanciamento.