Supremo Tribunal Federal

PETIÇÃO 6.824 DISTRITO FEDERAL

RELATOR : MIN. EDSON FACHIN
REQTE.(S) : SOB SIGILO
PROC.(A/S)(ES) : SOB SIGILO

DECISÃO: 1. Trata-se de petição instaurada com lastro no termo de
depoimento do colaborador Marcelo Bahia Odebrecht (Termo de
Depoimento n. 12).
Segundo o Ministério Público, narra o colaborador que o Grupo
Odebrecht, a pedido de Antônio Palocci Filho, teria repassado, via Setor
de Operações Estruturadas, US$ 3.000.000,00 (três milhões de dólares) ao
candidato à Presidência do Peru Ollanta Humala.
Afirmando que não existe menção a crimes praticados por
autoridades detentoras de foro por prerrogativa de função nesta Corte,
embora aduza que, em tese, o suposto crime de lavagem pode ter
ocorrido em território nacional, requer o Procurador-Geral da República o
reconhecimento da incompetência do Supremo Tribunal Federal para a
apuração dos fatos, remetendo-se cópia do presente material à
Procuradoria da República no Paraná. Postula, por fim, a manutenção do
sigilo (fls. 4-5).
2. De fato, conforme relato do Ministério Público, não se verifica,
nesta fase, o envolvimento de autoridade que detenha foro por
prerrogativa de função nesta Corte, o que determina, desde logo, o envio
de cópia das declarações prestadas pelos colaboradores ao juízo indicado
como competente.
3. Com relação ao sigilo do procedimento, nos termos da
manifestação do Ministério Público, a restrição à publicidade pode
resguardar o êxito da apuração, preenchendo os requisitos do art. 5°, LX,
CF.
4. Ante o exposto: (i) determino, até ulterior avaliação do Juiz
competente, a manutenção do sigilo do procedimento; (ii) defiro o
pedido do Procurador-Geral da República para o envio das declarações
prestadas pelo colaborador Marcelo Bahia Odebrecht (Termo de
Depoimento n. 12), assim como dos documentos apresentados, à Seção
Judiciária do Paraná, ficando autorizada, por parte do requerente, a

Documento assinado digitalmente conforme MP n° 2.200-2/2001 de 24/08/2001, que institui a Infraestrutura de Chaves Públicas Brasileira - ICP-Brasil. O
documento pode ser acessado no endereço eletrônico http://www.stf.jus.br/portal/autenticacao/ sob o número 12701784.
Supremo Tribunal Federal

PET 6824 / DF

remessa de cópia de idêntico material à Procuradoria da República
naquele Estado. Registro que a presente declinação não importa em
definição de competência, a qual poderá ser reavaliada nas instâncias
próprias.
Atendidas essas providências, arquivem-se.
Intime-se.
Brasília, 4 de abril de 2017.

Ministro EDSON FACHIN
Relator
Documento assinado digitalmente

2

Documento assinado digitalmente conforme MP n° 2.200-2/2001 de 24/08/2001, que institui a Infraestrutura de Chaves Públicas Brasileira - ICP-Brasil. O
documento pode ser acessado no endereço eletrônico http://www.stf.jus.br/portal/autenticacao/ sob o número 12701784.

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful