Você está na página 1de 4

[SUGESTÃO DE CAPA]

Maíra Avelar Miranda

Linguagem, língua, gramática e sintaxe: uma articulação à luz do


Programa Minimalista

Trabalho apresentado à disciplina Teoria


Sintática do Mestrado em Lingüística e
Língua Portuguesa da Pontifícia
Universidade Católica de Minas Gerais

Professor: Milton do Nascimento

Belo Horizonte
2007
Introdução (opcional)

Texto 1: Notícia

FONTE: Jornal x, 17/06/2008, Caderno de opinião

Fazer um texto corrido sobre: O público-alvo dos textos selecionados (tendo em vista,
sobretudo, a variedade lingüística utilizada, além do suporte e outros fatores);
A(s) função(ões) da linguagem predominante(s) nos textos e o papel de tal(is)
função(ões) nos textos selecionados;
Os recursos lingüísticos utilizados (homonímia, polissemia, denotaçõ, conotação) na
construção dos textos.

No caso de querer comentar algum autor ao longo do seu texto sobre a notícia, você faz
assim: Segundo Emediato (2002), a função conativa está relacionada a uma interpelação
direta do interlocutor. Agora, no caso de você copiar discaradamente o que o autor
falou, você faz assim: “A função conativa se orienta para o destinatário. Tudo o que, na
mensagem, interpela-o diretamente concerne à função conativa” (EMEDIATO, 2002:
p.115). Se você, ao longo do seu texto, tirar alguma citação ou fizer algum comentário
de um texto proveniente da internet, você faz assim: “Muito se fala dos gêneros da
imprensa como sendo essenciais para atividade de ensino. No entanto, ainda são pouco
conhecidos, em termos acadêmicos, os mecanismos lingüísticos/sociais que
caracterizam estes gêneros textuais”1.

Texto 2: Publicidade

FIGURA SCANEADA, COLADA OU XEROCADA

Fonte: Se for da internet, você faz assim:


Disponível em: http://www3.unisul.br/paginas/ensino/pos/linguagem/0401/11.htm
Acesso em: 17/06/08

Novamente, fazer um texto corrido sobre: O público-alvo dos textos selecionados


(tendo em vista, sobretudo, a variedade lingüística utilizada, além do suporte e outros
fatores);
A(s) função(ões) da linguagem predominante(s) nos textos e o papel de tal(is)
função(ões) nos textos selecionados;
Os recursos lingüísticos utilizados (homonímia, polissemia, denotação, conotação) na
construção dos textos.

No caso de algum comentário sobre algum texto impresso, o procedimento é o já


demonstrado no exemplo anterior: Chomsky (1993) propõe, então, a redução dos níveis
de representação gramatical a um nível de representação abstrata dos sons, a Forma
Fonética (PF) e a um nível abstrato de representação dos significados, a Forma Lógica
(LF), eliminando os níveis de representação interna do modelo de Regência e
Vinculação, a saber, os níveis conhecidos como Estrutura Profunda (DS) e Estrutura
Superficial (SS). Agora, no caso de você copiar discaradamente da internet o que o
autor falou, você faz assim: “A perspectiva cognitivista se importa com “aspectos

1
Os gêneros do jornal: o que aponta a área de comunicação do Brasil? Autor: Adair Bonini. Disponível
em: < http://www3.unisul.br/paginas/ensino/pos/linguagem/0401/11.htm> Acesso em: 17/06/08
mentais do mundo”, que ficam lado a lado com os aspectos mecânicos, químicos, óticos
e outros”2.

Conclusão (opcional)

Referências

Ao final do trabalho, todas as referências citadas ao longo dele devem constar.


Inclusive, o nome dos livros que, no corpo do texto, não apareceram (destaquei em
verde o nome do LIVRO –por favor, NÃO FAÇAM ISSO NO TRABALHO DE
VOCÊS! –nas referências para vocês poderem observar ao longo do texto como só
aparece o ano das publicações impressas, sem o nome do livro). Vocês podem organizar
as referências por cada texto se acharem mais fácil (esse procedimento é opcional).

Texto 1
Jornal x, 17/06/2008, Caderno de opinião.
A fórmula do texto. Autor: Wander Emediato. Publicação: 2002.
Os gêneros do jornal: o que aponta a área de comunicação do Brasil? Autor: Adair
Bonini. Disponível em: <
http://www3.unisul.br/paginas/ensino/pos/linguagem/0401/11.htm> Acesso em:
17/06/08

Texto 2
Publicidade do produto x. Disponível em:
http://www3.unisul.br/paginas/ensino/pos/linguagem/0401/11.htm Acesso em: 17/06/08

A Minimalist Program for Linguistic Theory. Autor: Noam Chomsky. Publicação: 1993.
Novos Horizontes no Estudo da Linguagem. Autor: Noam Chomsky Revista DELTA,
vol. 13, 1997. Disponível em:
http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-
44501997000300002&lng=pt&nrm=iso>. Acesso em: 05 Jun 2007.

2
Novos Horizontes no Estudo da Linguagem. Autor: Noam Chomsky. Revista DELTA, vol. 13, 1997.
Disponível em: <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-
44501997000300002&lng=pt&nrm=iso>. Acesso em: 05 Jun 2007.