Você está na página 1de 2

RELTORIO

No dia 04 de julho de 2016, foi realizada a visita domiciliar na residncia


da senhora Rosa, para fins de verificao da situao de vida dela. E pode-se
perceber que a mesma mora com suas duas filhas, uma neta e duas bisnetas,
em uma residncia prpria, ela possui 7 cmodos, e a casa foi adaptada para a
me por conta do Acidente Vascular Cerebral que comprometeu as suas
condies fsicas, metal e a sua fala.

LAUDO

O juiz Lirio da Comarca de Muritiba- ba, pede que s Assistente Social do


Cras faa uma visita domiciliar na casa da senhora Rosa de 75 anos, pois a
mesma tem uma filha chamada Cravo que possui uma procurao em seu
nome, mas a mesma se casou e no quer mais assumir a funo de
procuradora da me, ento a famlia resolveu que a filha Girassol seja a
procuradora e entrou com o pedido de curatela.
Na visita domiciliar realizada na casa da senhora Rosa, no bairro
Santana, na casa de nmero 120, para saber das suas condies fsicas,
mental e comprometendo a sua fala, pois a mesma sofreu um Acidente
Vascular Cerebral (AVC), comprometendo assim a sua sade. A mesma reside
com suas duas filhas, uma neta e duas bisnetas, em uma casa prpria que
possui 7 cmodos, sendo estes 4 quatros,1 sala, 1 cozinha, e 1 banheiro, a
casa foi adaptada, aonde contem suporte pelas paredes por conta da
dificuldade de locomoo que ela tem, rede de esgoto, gua encanada, luz e
saneamento bsico.
A famlia tem a renda mensal de trs salrios mnimos, pois dona Rosa
aposentada e recebe um salrio mnimo e solteira, assim no possuindo
penso, sua filha Copo de Leite aposentada e tambm recebe um salrio e
Girassol empregada domestica e recebe um salario tambm, totalizando
assim a renda da famlia no valor de R$ 2640,00.
A famlia possui uma condio de vida simples, porem no falta nada
para dona Rosa, sendo que ela vive acomodada, pois o AVC comprometeu os
seus movimentos e a sua fala.
De acordo com o que foi visto na visita domiciliar, percebesse que a
senhora Rosa no pode desenvolver as suas atividades por conta da sua
dificuldade de locomoo e pelas suas limitaes mentais e da fala em
decorrncia do AVC. Sendo assim a mesma necessita dos cuidados das suas
filhas, e elas do os cuidados necessrios e a trata bem, dando ateno,
alimentando-a corretamente e dando carinho.

A curatela um meio em que um membro da famlia ou no, tenha o


poder de administrar os bens de idosos, crianas ou adolescentes incapazes
por conta de doenas ou acidentes, sendo que o responsvel tem que prestar
contas anualmente de todos os gatos feito. Por tanto quando foi feita a visita
domiciliar pode-se perceber que a idosa de 75 anos no tem condies fsicas
e na fala, pois a mesma tem dificuldade de locomoo e na fala, por conta do
AVC. Faz-se necessrio o encaminhamento para a defensoria pblica de Cravo
e Girassol, para elas serem orientadas pelo advogado sobre o processo e
saberem o passo a passo a ser feito caso o pedido de curatela seja concedido.

Você também pode gostar