Você está na página 1de 1

"A possibilidade de algum desenvolvimento anlogo nos prprios artigos de f e doutrina

era muito mais problemtica; mas quando era reconhecido - e isso acontecia com
frequncia, apesar de no necessariamente -, era identificado com a viso de que nem
toda tradio autntica estava contida na Escritura e que a igreja, por, conseguinte, tinha
poder e autoridade para promulgar os ensinamentos" Jaroslav Pelikan.

"Dos sacramentos, Calvino aceita o batismo e a Ceia do Senhor, como institudos pelas
Escrituras, mas rejeita os outros como adies humanas.

...

A raison d'tre oficial do movimento evanglico a fundao da doutrina crist nas


Escrituras e nada mais seno as Escrituras... Calvino pode chegar as decises com
relao verdadeira doutrina apenas ao relacionar os textos bblicos...

Mas Calvino est nos seus melhores dias quando no tem nenhuma base bblica, como
no caso do batismo infante... Lamentavelmente o batismo do infante um dos
acrscimos histricos que em outros casos ele rejeita", Voegelin