Você está na página 1de 4
Caphk 9 Diario de Pernambuco - 31 ae margo de 1957 Circulo de Pais ¢ Professores — Capitulo da Educagao de Adultos. Paulo Neves Freire © Professo Ndo ha divida de que um dos problemas fundamentais de nossa"'sociedade de massas" re- almente é est da formag&o e do desenvolvimento da responsabilida » Problema que muito mais se apresenta os cikilos de Pais e Professores:pretendem — sem © que fogem a Sua finalidade - formar atitudes. Neste sentido 6 que sao educagio © reeducag&o de adultos. A reeducagio @ mudanga de atitudes. Esta ‘mplica,por sua vez,no exame e reexame de objetos de que as atitu- des sao a manifestagéo sujetiva. Pout sso € que o educador de adul- tar a mudanca da atitude, mas jevar o educando a ela. Nunca seria possivel a mudanga de atitude fetta diretamente sen que se conhecessen as varias condigdes motiva doras. Nem Por outro lado a mudanga "feita" Pelo educador, Posigio INSTITUTO PAULO FREIRE Rua Cerro Cord, 550. 2: Tel: (11) 3021-5536 Fa; 05061-100 - Sao Paulo Riniatt tig ee * andar ¢j. 22 11) 3021-S58y + SP - Brasil | VE V EVE UVVUVVYPOUVUUUVEY UYU VUUUVULUUUUUUUUUUUUUUUUUUS tao ao gosto vertical brasileiro.Este é o grande problema da educa— g&o e reeducagéo do adulto.Porksso & também o grande problema do Circulo de Pais e Professores,quer pretenda o educador levar o adul to a mudar suas atitudes com relagdo a seus filhos no processo dis- ciplinar,por exemplo,quer pretenda levar a mudar sua atitude passi- va diante do governo da propria escola,dos seus problemas,de que se distancia por nunca ter sido chamado a conhecé-los. Em nenhum dos dois casos,poderé o educador viver por ele,educando,a mudanca. Esse trabalho de educac&o nos circulos ou através deles ndo pode ser feito,como se fosse um "acontecimento".Ele deve assim seguir Planos,obedecer a técnicas. Um cfdui0 de Pais e Professores que se realize sem preparagio dos professores e dos pais é uma reunifo fa— dada a poucos resultados,quando ndo a seu fracasso total. Uma reuni &o de pais e professores é qualquer coisa que se faz com pessoas,as sunto,que deve ser previamente conhecido delas,finalidade,causa, de certo modo e em determinado tempo. Uma reunido nao se pode fazer sem que se levem em conta estes componentes. 0 coordenador de uma reunifio de pais © professores nunca deve esquecer que tem diante de si pessoas a quem hé de respeitar e a quem deve estimular no senti- do debate,que tem de conhecer o sentido central da reuniéo, devendo té-lo discutido j4 com os representantes da escola,que participario do Circulo,em todos os aspectos. Que a reuni&o nao é uma “coisa"sua, que comece e termine quando quiser.Tem de estar convencido das ra- z6es e finalidades que o levam a reunir-se com outras pessoas. Impor suas opinides,dizer o que sdo as coisas e como sdo,nfo ad- mitir discord&ncia,n&o estimular o debate,ferir-se com a eritica,as a vezes mesmo injusta,é uma maneira,talvez comoda,de orientar a reuni &o,mas improdutiva. H4 uma falsa adesfo na aceitag&o das coisas im- postas. 0 debate,a eritica,a divergéncia bem orientados,e que se le vem a conclusées,estes sim,ganham a ades&o do grupo e lhe despertam @ necessidade de novos encontros e de novos debates. 0 processo da democracia comecga ai. Dentro dos grupos,na din@mica de suas discus- sdes 6 que,nfo nA diivida,a democracia nasce,n&o como manifestagao externa,mas como "disposigéo mental",na expressao do psicélogo soci al romeno Zevedei Barbu.£ nessa “disposigdio mental" prévia a qual— INSTITUTO. PAULO FREIRE Rus Cerro Cord, $50 2.° andar ¢j. 22 Tel: (11) 3021-5536 Fax: (11) 3021-5589 5061-100 - Sao Paulo - SP - Brasil VEVUVUVUVUVULUUUD DUD DUDUUUUUUUUUUUUUUUUUY ss: quer manifestacao formal da democracia,que caracteriza e faz dela uma forma de vida. Esta forma de vida precisa ser "ensinada"pela es cola,ndo sé a seus alunos mas aos pais destes,a seus ex-alunos, ir- m&os daqueles. A educaco da democracia ou para a democracia nao se faz,porém, através de relagdes verbais e sim de relagdes situaciona is,através de fatos ,de vivéncias.Ndo se educa para a democracia Por meio de prelegdes sobre direitos e deverW’ mas por meio de situ- agdes em que se vivem direitos e deveres. 0 saber democratico nao Pode ser apenas nocionalmente aprendido ,mas vivamente apreendido Powtsso mesmopeé que tanto a responsabilidade social como a politica nunca serdo apreendidas pelo povo, to fora delas,por meio de discur S08 ou de sermSes de alguns bem intencionados,mas pouco informados, nem t& pouco,e pior,com medo de outros ou sua falta total de confi anga no povo. Este s6 aprenderd tais responsabilidades vivendo-as Seré ent&o pelos seus acertos e pelos seus erros,no processo de sua experéncia,que os grupos irdio “apreendendo a democracia", Nesse sentédo, § que as reunides de pais e professores se fazem um meio im Pportante dessa mentalidade.Realizando-se através de técnicas moder- nas de educagio informal,irfio possibilitando seus componentes, pela experiéncia do debate,da critica ,pela tarefa que n&o s6 pode, mas Sobretudo deve ser atribufda a comissdes que se transformem em aru pos de estudo © depois em equipes de agio,vio possibilitando a cria Go ou seenvolvimento da mentalidade democratica entre seus particd Pantes. 0 nascimentog de comissSes,dentro dos Circulos de Pais e Professores,que venham estudar determinado problema que aflija o grupo ou de que dependa a solug&o de outros problemas ligados & vi da da escola,direta ou indiretamente,contitui Passo de real valor na aprendizagem da democracia ou na feitura do cardter democrético. Powisso mesmo € que se precisa estimuler de vez em vez a criag&o dessas comissdes de estudos,que se devem alongar em equipes de agio, © problema da merenda escolar,numa das unidades Pedagégicas da zona Paroquial de Casa Amarela,onde estamos fazendo uma experiéncia peda Bégica, foi o motivo para a eriagio de uma comiss&o de estudos que INSTITUTO PAULO FREIRE Rua Cerro Curd, 530 2.° andar cj. 22 Tel: (11) 3021-5536 Fax: (11) 3021-5589 Ce Ue + Sdo Paulo - SP - Brasil ‘-mail: J . vu DUVUVUUUS' VT ee eer eure OUT UY UNV UYU UOUUUU se transformou logo depois em um grupo de ago, e mais “tarde pro- yooou a criac&o do Clube de Pais, que vem, com a compreens&o e 0 esforcgo verdadeiramente surpreendente de sua diretora, abordando todos os pais de alunos da referida unidade pedagégica © Clube que nascet do debate em torno do problema da :merenda comega j4, por meio de suas primeiras experiéneias em contacto com a realidade da escola, em "convivéncia" com ela, a estudar outros problemas,a preocupar-se com a prépria vida da escola e de seus fi- nos. Comega a ajudar a escola,comega o que é mais importante,a ter responsabilidade social e politica, tomando-se esta exprestio no seu sentido mais amplo. © trabalno do educador,coordenador da reunido,est& em surpreen - der um assunto capaz de se fazer problema-motivo para a eriagao de um grupo de estudos,ou comiss&o de estudos. N&o sé surpreender o as sunto,mas estimular a formag&o da comissao de estudos 4 qual apenas ajudad?A com sugidios para a andlise do problema e sua solugdo. Circulos de Pais e Professores s&éo isto ¢ n&o reunifio académica, formalista em que se discurse e se fagam pregagées ufanistas,ou em que se leiam discursinhos sobre higiene do corpo e da alimentagdo e se diga o que os Pedrinhos e as Marias da escola,as mais das vezes prolet&rios e sub-proletérios devem comer ovos e tomar leite... INSTITUTO PAULO FREIRE Rua Corte Co $50 2.° andar cj. 27 ) 3021-5536 Fax: (11) 3 558 05061-100 - Sao Phule Bee ie E-mal:.ip Tel: ulofreire.or

Você também pode gostar