Você está na página 1de 1

UNIVERSIDADE DE SO PAULO

FACULDADE DE FILOSOFIA, LETRAS E CINCIAS HUMANAS

Daniel Sthefano N USP 7614870

Disciplina: Lngua, Discurso e Ensino

Prof. Maria Ins Batista Campos

Resumo texto: Bakhtin e o ensino de lngua materna no Brasil: algumas


perspectivas.

O artigo de Campos tem como objetivo analisar as influncias dos textos


de Bakhtin na elaborao dos Parmetros Curriculares Nacionais (PCNs) para
o ensino fundamental e mdio no Brasil, elaborados pelo Ministrio da
Educao, e problematiza os aspectos histricos e conceituais da recepo
brasileira da teoria bakhtiniana, principalmente no que tange a noo de gnero
do discurso.

Primeiramente, a autora situa historicamente a chegada dos textos de


Bakhtin no Brasil. As tradues chegam no final da dcada de 1970, poca da
ditadura militar, na qual comeava um processo lento de redemocratizao, tal
momento histrico propiciou a sacralizao dos textos, esta que permanece at
hoje (FARACO apud CAMPOS, 2016, p.125).

Quanto s tradues, a autora aponta trs aspectos do texto Marxismo e


filosofia da linguagem que ela considera importantes para entender a m leitura
dos textos de Bakhtin: a autoria, o subttulo e a falta de uniformidade
terminolgica. Quanto autoria, a participao de Voloshinov como co-autor
esquecida e o texto atribudo somente a Bakhtin. O segundo aspecto diz
respeito citao incompleta do ttulo, faltando o subttulo problemas
fundamentais do mtodo sociolgico, que indica o apagamento do mtodo
sociolgico da linguagem proposto pelos autores russos (p.125). O ltimo, a
falta de uniformidade terminolgica se d