Você está na página 1de 5
Esquema de Certificação Soldador Mantenedor de Tubos e Conexões de Polietileno a) Objetivo Definir o

Esquema de Certificação

Soldador Mantenedor de Tubos e Conexões de Polietileno

a) Objetivo

Definir o processo de certificação do Montador de Tubos e Conexões de Polietileno, Soldador de Tubos e Conexões de Polietileno para solda de eletrofusão, Soldador de Tubos e Conexões de Polietileno para solda de topo e Soldador Mantenedor de Tubos e Conexões de Polietileno, de forma a atender a ABNT NBR 16302:2014, acrescentando os critérios constantes nos procedimentos do Organismo de Certificação de Pessoas (OPC).

b)

Referências normativas

ABNT NBR ISO/IEC 17024:2013 - Avaliação da Conformidade Requisitos gerais para organismos que realizam certificação de pessoas.

Manual do Sistema de Gestão do OPC e seus procedimentos.

ABNT NBR 16302:2014 Qualificação de pessoas no processo construtivo de edificações - Perfil profissional do soldador mantenedor de tubos e conexões de polietileno

ABNT NBR 14462:2000 Sistemas para distribuição de gás combustível para redes enterradas método não destrutivo

ABNT NBR 14464:2000 - Sistemas para distribuição de gás combustível para redes enterradas tubos e conexões de polietileno PE 80 e PE 100 execução de solda de topo

ABNT NBR 14465:2000 Sistemas para distribuição de gás combustível para redes enterradas tubos e conexões de polietileno PE 80 e PE 100 execução de solda por eletrofusão

ABNT NBR 15561:2016 Tubulação de polietileno PE 80 e PE 100 para transporte de água e esgoto sob pressão.

c)

Definições

Item crítico: item de avaliação do qual depende a demonstração da competência. Se não for evidenciado, significa que o candidato não atingiu a competência desejada no elemento de competência a que se refere o item.

Outras definições necessárias ao entendimento deste esquema de certificação estão descritas nas referências normativas citadas.

d) Critérios de acesso

O profissional, para participar do processo de certificação, deve comprovar a conclusão do ensino fundamental e comprovar:

Form-153 SNQC-SP- Rev.: 02 20/04/2016

- curso, treinamento ou aperfeiçoamento específico, conforme certificação pretendida (vide quadro a seguir),

- curso, treinamento ou aperfeiçoamento específico, conforme certificação pretendida

(vide quadro a seguir), ministrado por Organismos de Treinamento (Associação Setorial,

Entidades de Classe, Entidades de Formação e de Educação Profissional, Companhias Concessionárias ou Empresas Fabricantes do Produto ou Empresas de Instalação e Manutenção de gás ou certificação válida ou até 90 dias após o seu vencimento, de Soldador de tubos e conexões de polietileno (NBR 14472), emitida por um OPC acreditado pelo Inmetro.

Educação

Profissional

(carga horária

mínima)

Certificação

Escolaridade mínima

Montador de Tubos e Conexões de Polietileno

Ensino Fundamental

16h

Soldador de Tubos e Conexões de Polietileno para solda de eletrofusão

Ensino Fundamental

24h

Soldador de Tubos e Conexões de Polietileno para solda de topo

Ensino Fundamental

32h

Soldador de Tubos e Conexões de Polietileno para solda de eletrofusão + Soldador de Tubos e Conexões de Polietileno para solda de topo

Ensino Fundamental

40h

e) Perfil profissional

ABNT NBR 16302:2014 Qualificação de pessoas no processo construtivo de edificações

- Perfil profissional do soldador mantenedor de tubos e conexões de polietileno.

O profissional atua nas atividades de soldagem, montagem, manutenção e reparo de

tubos e conexões de polietileno, tanto nas concessionárias distribuidoras de gás, como nas empresas de infraestrutura, empresas instaladoras comerciais, residenciais e industriais. O soldador e mantenedor de tubos e conexões de polietileno, em geral

trabalha subordinado a supervisão.

f) Processo de avaliação

O

processo de avaliação consiste em um exame escrito e outro prático.

O

exame pode ser aplicado:

- em até 20 candidatos por pessoa habilitada, quando escrito.

- em um candidato por examinador, quando prático.

- O candidato deve demonstrar competência de acordo com os requisitos estabelecidos

na Norma ABNT NBR 16302, conforme certificação pretendida.

Form-153 SNQC-SP- Rev.: 02 20/04/2016

g) Infraestrutura para a realização dos exames Para a aplicação do exame escrito é necessário

g) Infraestrutura para a realização dos exames Para a aplicação do exame escrito é necessário uma sala apropriada, com iluminação e ventilação adequadas e com um número de lugares suficiente para a acomodação dos candidatos.

Para a realização do exame prático é necessário um ambiente equipado com, pelo menos, os itens a seguir:

Máquinas, Equipamentos, Ferramentas e Instrumentos

Quantidade

 
 

Mínima

 

Descrição

   

Equipamento para solda de topo em soldas de

Máquina de termofusão

1 unidade

tubos de polietileno

 

Calibrado

   

Equipamento de solda por eletrofusão com

Máquina de eletrofusão

1 unidade

caneta óptica e possibilidade de solda por processo manual

 

Calibrado

Cortador rotativo a frio de PE

1 unidade

Equipamento de corte de tubos de polietileno

Raspador rotativo mecânico

1 unidade

Raspador para tubos de polietileno

Raspador para polietileno (espátula)

1 unidade

Raspador para tubos de polietileno

Alinhador de tubos de PE

1 unidade

Alinhador com intercambiáveis com diversos diâmetros

Desovalizador (ou arredondador)

1 unidade

 

-

Guilhotina

1 unidade

Cortador para tubos de polietileno tipo guilhotina

Alicate de corte a frio para polietileno

1 unidade

 

-

Extrator de bulbo externo

1 unidade

 

-

Martelo de borracha

1 unidade

 

-

Paquímetro

1 unidade

 

Calibrado

Trena

1 unidade

 

-

Esquadro

1 unidade

 

-

Cronômetro digital

1 unidade

 

-

Calibre de folga

1 unidade

 

Calibrado

Esmagador

1 unidade

 

-

Recuperador

1 unidade

 

-

Haste de aterramento

1 unidade

 

-

Material de consumo (por exame)

Quantidade

 

Descrição

 

Mínima

Álcool etílico ou isopropílico

 

500 ml

mínimo 92%

Papel toalha

 

1 rolo

que não solta fibras

Tecido de algodão umedecido

1

unidade

 

-

Tubo de polietileno

 

3 m

PE 80 ou PE100

Canetas para marcação no tubo (marcador)

1

unidade

tinta indelével

Conexões de eletrofusão de polietileno

2

unidades

Luva, tê, curvas, reduções, tê de sela ou de serviço, luva ou sela de reparo, junta de transição ou tampão

Conexões de termofusão de polietileno

2

unidades

Tês, curvas, reduções,

junta de transição ou tampão

Form-153 SNQC-SP- Rev.: 02 20/04/2016

h) Critérios para a certificação O candidato para ser certificado deve atender aos seguintes critérios:

h)

Critérios para a certificação

O

candidato para ser certificado deve atender aos seguintes critérios:

Exame escrito: o candidato deve obter aproveitamento maior ou igual a 60% (sessenta por cento) por Unidade de Competência e maior ou igual a 70% (sessenta por cento) geral no exame escrito.

Exame Prático: o candidato deve obter aproveitamento maior ou igual a 70% (setenta por cento) por Unidade de Competência e maior ou igual a 80% (oitenta por cento) geral no exame prático, de 100% (cem por cento) nos itens críticos do exame prático.

i)

Aproveitamento de resultados

 

O

candidato

que

não

obteve

o

desempenho

mínimo

necessário no

processo

de

certificação pode solicitar a realização de um novo exame com aproveitamento de

resultados.

Para o aproveitamento de resultados devem ser respeitadas as seguintes condições:

- Exame escrito: o candidato deve realizar novo exame escrito completo.

- Exame prático: o candidato deve realizar novo exame prático correspondente à Unidade

de

Competência em que não teve o desempenho requerido.

O

aproveitamento de resultados é permitido uma única vez em cada processo de

certificação.

j) Reexame

A solicitação de reexame deve ser formalizada ao OPC em, no máximo, até 30 dias

corridos após a entrega do resultado do processo de certificação.

O reexame deve ser realizado em, no máximo, até 90 dias corridos após a entrega dos

resultados.

k) Prazo de validade

Dois anos a contar da data da certificação.

l)

Supervisão

O

profissional certificado deve apresentar, na metade do período de certificação, a

comprovação do exercício da ocupação.

Para comprovação da continuidade da atuação do profissional certificado, ele deve ter trabalhado na ocupação durante pelo menos 50% (cinquenta por cento) do tempo previsto para a manutenção, ou seja, 6 (seis) meses, demonstrado através de declaração de contratante, cópia da carteira profissional ou comprovação de serviço executado.

Form-153 SNQC-SP- Rev.: 02 20/04/2016

m) Recertificação O profissional pode ser recertificado, após o final do prazo de validade do

m) Recertificação

O profissional pode ser recertificado, após o final do prazo de validade do certificado ao atender satisfatoriamente aos seguintes requisitos:

- comprovar a continuidade da atuação do profissional certificado por meio de trabalho durante pelo menos 50% (cinquenta por cento) do tempo previsto contados a partir da supervisão, demonstrado através de declaração de contratante, cópia da carteira profissional ou comprovação de serviço executado;

- realizar um exame prático para avaliar a competência para conduzir o trabalho dentro do escopo da certificação;

Caso haja mudança significativa de alguma Norma Técnica de referência, em conformidade com a versão vigente da Norma, o candidato devera realizar também um exame escrito.

Os critérios de aprovação e reexame a serem considerados para a Recertificação são os mesmos critérios para a Certificação.

n) Suspensão ou cancelamento da certificação

Conforme Manual do Sistema de Gestão e procedimentos do OPC.

o) Análise crítica

A cada 2 (dois) anos, o Comitê Técnico Setorial Nacional deve se reunir para realizar a análise crítica do Esquema de Certificação. Caso ocorra alguma alteração significativa na ABNT NBR 16302 ou publicação ou revisão de outros documentos que possam impactar neste processo, uma reunião extraordinária deve ser convocada.

p) Disposições gerais

Casos omissos e situações não previstas neste Esquema de Certificação serão resolvidos pelo OPC, com consulta ao Comitê Técnico Setorial Nacional responsável pela sua validação, quando couber.

q) Anexos

Não se aplica.

Rev. 02 20/04/2016

Form-153 SNQC-SP- Rev.: 02 20/04/2016