Você está na página 1de 286
O BAHIR O Livro da Iluminagao O Bahir € um dos mais antigos textos cabalisticos, tradicionalmente atribuido pelos cabalistas a Rabi Nehunia ben ha- Kana, um sabio talmidico do século I. Alguns cabalistas consideram este o mais antigo texto cabalistico j4 escrito. Ele nao foi publicado senao em 1776, (antes do Zohar) e em circunstancias bastante restritas. A tradugao alema de Gershom Scholem foi publicada em 1923, mas esta é a tinica tradugao para uma lingua mo- derna (publicada originalmente em 1979), e a primeira para o portugués. O texto hebraico original est também in- cluido nesta edicao. O nome Bahir foi extraido do primei- ro verso citado no texto (Jé 37:21): “Ago- ra que eles nao véem a luz, ela brilha nos céus”, 0 que introduz um conceito cen- tral nao apenas no Bahir, mas na histéria do pensamento filoséfico sobre a Caba- la: Tzimtzum; isto é, “a auto-constrigao da Luz Divina”. O Bahir demonstra claramente diver- sas e avancadas técnicas de meditagio usadas pelos cabalistas da antiguidade, e as explora em profundidade. A Cabala é dividida em trés ramos — teoria, medita- co, € magia. Embora intimeros livros, tanto em hebraico quanto em outros idiomas, explorem a Cabala teérica, qua- se nada foi publicado sobre os métodos dé meditagio dessas escolas. Esse impar explora a metodologia dos antigos cabalistas, ressaltando as técnicas de me- ditacSo essenciais A sua disciplina. Aqui, © leitor encontraré uma apresentagao licida dos mantras, mandalas e outros artificios usados por essas escolas, bem Aryeh Kaplan O Bahir O Livro da Iluminacao — Série Diversos — Diregao JAYME SALOMAO Tradugio Maria Regina Nogueira IMAGO EDITORA —Rio de Janeiro — Titulo Original THEBAHIR © The Estate of Arych Kaplan, 1980 First published by Samuel Weiser, York Beach, ME USA as The Bahir Capa: VISIVA Comunicagio ¢ Design Composigio e revisiio de Ares Projetos Editoriais ¢ Design Ltda. SUMARIO Introdugao O Bahir Comentario sobre 0 Bahir Notas da Introdugao Notas do Bahir Bahir (Texto em hebraico) indice 25 117 223 229 243 271 ILUSTRAGOES Figura 1. O Espago Vazio resultante do Tzimtzum, mostrando a fina Linha de Luz que se dirige ao seu centro. Figura 2. A letra Bet, mostrando como possui uma cauda nas costas (f direita) e é aberta na frente. Figura 3. Alef, mostrando Bet em sua cauda. Figura 4. Como Guimel se transforma em Dalet, e depois em Heh. Figura 5, Dale com um Patach no topo e, ao lado, trés pontos que representam o Segol. Figura 6. Tzadi, mostrando como é formado pelo Nun e pelo Yud. Figura 7. Alef, formado de dois Yuds ¢ um Vav. Figura 8. As Sefirot. Figura 9, Figura 10, Os Trinta e Dois Caminhos. QUADROS Matriz Triplice das Dez Sefirot As Vogais e as Sefirot Os Quatro Niveis Os Cinco Niveis da Alma As Personificagdes ‘As Quatro Enunciagdes de YHVH As Sefirot ¢ os Nomes de Deus As Sefirot ¢ a Representagio Antropomérfica Niveis de Expresso Os Doze Nomes 22 30 31 38 48 168 182 183 191 143 144 152 155 161 169 178 180 186 242 Introducao O Bahir é um dos mais antigos e importantes textos cldssicos da Cabala. Até a publicagao do Zohar, o Bahir era a principal fonte de informagao sobre os ensinamentos cabal fsticos, a obra mais influente e largamente citada. E mencionado em quase todos os trabalhos rele- vantes que tratam da Cabala, o mais antigo deles sendo o comentério do Raavad a respeito do Sefer Yetzird,' eo Rabino Moisés Nachman (Ramban), em seu comentdrio sobre a Tord,’ a ele se refere varias vezes. E, outrossim, com freqiiéncia parafraseado e transcrito no Zohar > Onome Bahir deriva-se do primeiro vers{culo citado no texto J6 37:21): "E agora nfo se vé a luz, o céu é luminoso (Bahir)," EB, também, chamado de “Midrash do Rabino Nehunié ben HaKana", particularmente pelo Ramban, talvez porque o nome do Rabino Nehunid est4 no infcio no livro, mas, realmente, a maioria dos cabalistas atribui o Bahir a ele e & sua escola.* Alguns 0 consideram 0 mais antigo texto cabalfstico escrito.’ Embora o Bahir sejaum livro bastante pequeno, contendo ao todo cerca de 12.000 palavras, era altamente conceituado entre aqueles que indagavam seus mistérios. Escreve 0 Rabino Jud4 Chayit, emérito cabalista do século XV: "Torna este livro uma coroa para a tua cabeca."° Grande parte do texto é de dificil compreensdo, e diz 0 Rabino Moisés Cordovero (1522-1570), diretor da escola de Cabala da cidade de Safé: "As palavras desse texto sio luminosas (Bahir) e cintilantes, mas 0 seu brilho pode cegar."7A primeira publicacao do Bahir deu-se por volta de 1176, por iniciativa da escola cabalfstica de Provenga, e circulou, 8 O Ban, sob a forma de manuscrito, entre limitado nimero de leitores. A primeira edigdo impressa surgiu em Amsterda (1651), e edigdes subseqiientes foram impressas em Berlim (1706), Koretz (1784), Shklav (1784) e Vilna (1883). A melhor edigdo ¢ a que foi feita recentemente pelo Rabino Reuven Margolius, publicada em 1951, junto ao seu comentério, Or HaBahir ("Luz do Bahi tradugdo foi feita, principalmente, a partir dessa edigo. EDIGOES DO BAHIR 1, Amsterda, 1651 (juntamente com Mayin HaChachmd), 12 p. 2. Berlim, 1706 (juntamente com Mayin HaChachmd), 4°, 13 p. 3. Sklav, 1784, 12°, 25 p. 4. Koretz, 1784. 5. Lvov, 1800. 6; Lvov, 1830. 7. Lugar desconhecido, 1849 (como parte de Chamishé Chumshey Kabalé), 12°. 8. Lvov, 1865, 32 p. 9. Vilna, 1883, 42 p. 10. Vilna, 1913, 8°. 11. Jerusalém, 1951 (Edigéo Margolius), 4°, 94 p. O mais antigo comentério sobre 0 Bahir foi escrito em 1331, pelo Rabino Meir ben Shalom Abi-Sahula, discfpulo do Rabino Shlomo ben Avraham Aderet (Rashba), e publicado anonimamente sob 0 tftulo Or HaGanuz ("A Luz Encoberta"). Notas sobre a primeira parte do Bahir (até 36) foram escritas pelo Rabino Eliahu, 0 Gaon de Vilna (1720-1797), e estdo, também, inclufdas na edi¢&o de Margo- lius. Outros comentdrios, existentes apenas em manuscrito, foram escritos pelos Rabinos Eliahu ben Eliezer de Candia, David Chavillo e Meir Poppers. No final do século XV, o Bahir foi traduzido para o latim por Flavius Mitridates, mas essa tradugao é prolixa e virtual- Introdugao 9 mente incompreensfvel. Em 1923, uma tradugdo para o alemao foi publicada por Gerhard (Gershom) Scholem. Esta € a primeira tradugdo do Bahir para o inglés.” Autoria A maioria dos cabalistas atribui 0 Bahir ao Rabino Nehunié ben HaKana, sdbio talmudico do séc. I e principal mfstico de sua geragdo. A razio disso parece ser 0 fato de que € 0 sdbio a iniciar 0 texto, bem como 0 fato de saber-se ter sido ele o Ifder de uma importante escola mistica que floresceu na Terra Santa. Todavia, além dessa tradi¢ao, existiria pouca evidéncia no texto para apoiar essa autoria. O fato da autoria ser atribufda ao Rabino Nehunid parece surpreendente por outro motivo, isto é, porque, depois do primeiro pardgrato, seu nome nao mais é mencionado no texto. Uma interessante possibilidade € ser, de fato, 0 Rabino Amorai, que desempenha importante papel no Bahir, um pseud6nimo do Rabino Nehunid. Estudo cuidadoso indica que esse misterioso Rabino Amorai, mencionado nove vezes no texto, 6, na verdade, a origem dos principais ensinamentos encon- trados no Bahir.* Uma possivel razio desse pseuddnimo nao ser usado no primeiro pardgrafo € discutido na iltima parte dessa introdugao. O Rabino Amorai ¢ particularmente intrigante, pois seu nome nfo € encontrado em nenhuma outra obra da literatura classica judaica. Todas as tentativas para identiticd-lo foram intiteis, e muitos presumem tratar-se de um nome fictfcio. Mais provavel é assumir que fosse um pseud6nimo do Rabino Nehunid. A palavra Amorai significa “oradores" e indicaria que 0 Rabino Nehunid seria o principal porta-voz do grupo, utilizando-se o plural como sinal de respeito. O emprego de tal pseuddnimo nao seria demasiado sur- preendente, pois encontramos outros exemplos no Talmud. E: hipotese ¢, também, apoiada pelo fato de outros sdbios presentes no “Essa 6, também, a primeira tradugdo do Bahir para o portugues. (N. da T.) 10 O Banir Bahir falarem do Rabino Amorai com grande respeito e envidarem enormes esforgos para explicar seus ensinamentos.° Embora 0 Rabino Nehunid ben HaKana seja mencionado no Talmud apenas umas poucas vezes, essas citagGes nao deixam diividas sobre a importante posigdo por ele ocupada. Quando jovem, estudou na escola do Rabino Yochanan ben Zakai, apesar de j4 ter sido ordenado rabino. Certa vez, o Rabino Yochanan pediu a seus discf- pulos que interpretassem um versfculo bfblico e, quando o Rabino Nehunié respondeu, o Rabino Yochanan disse que a explicagao do Rabino Nehunid era ainda melhor que a sua prépria." O Rabino Nehunid nasceu em Ematis' e, aparentemente, era rico 0 bastante para ter servos, os quais, em certa ocasido, ergueram-se para proteger sua honra.'? Viveu até idade avangada e, quando Ihe perguntaram sobre a razio de sua longevidade, respondeu ser porque jamais ganhara coisa alguma com a derrota dos outros, nunca levara uma desavenga para a cama e sempre assumira uma atitude relaxada com relagdo ao dinheiro.” A interpretacao precisa da Tord era a busca principal do Rabino Nehunia, e foi ele quem ensinou ao Rabino Ismael (ben Elisha) como interpretar adequadamente cada palavra."* Posteriormente, baseado nessa tradic¢Zio, o Rabino Ismael exporia seus famosos Treze Princfpios para a interpretagdo da Tord.'* A opiniio do Rabino Nehunié a res- peito da Lei Judaica € também citada numerosas vezes no Talmud,'® eum antigo Midrash o cita a respeito do poder do arrependimento.”” Tao cuidadoso era o Rabino Nehunid em seus ensinamentos que, conforme registra a Mishnd, cada dia, antes de iniciar seus estudos, ele rezava para nao errar.'* Seu ditado predileto era: "Quem quer que aceite o jugo da Tord esta isento do jugo do governo e do sustento.""° Outro retrato do Rabino Nehunié, ausente no Talmud, é encon- trado em Hechalot Rabatai, escrito pelo Rabino Ismael, seu discfpulo. Esse é 0 mesmo Rabino Ismael que serviu como Alto Sacerdote um pouco antes da destruigéo do Templo, e uma de suas visdes trans- cendentais € descrita no Talmud.” Em Hechalot, 0 Rabino Ismael descreve como o Rabino Nehunid o instruiu a respeito das cimaras celestiais e os nomes dos anjos que guardavam seus portais.”! Introdugao i Surge um nitido retrato do Rabino Nehunid como mestre das artes mfsticas e mestre de toda a sua geragdo. Em certa passagem, 0 Hechalot descreve como ele ensinou 0 modo correto de projetar-se nos universos divinos. Sentados diante dele, na qualidade de discfpu- los, estavam os luminares de sua época: Rabino Shimon ben Gamaliel, Eliezer, 0 Grande, Akiba, Yonatan ben Uziel e muitos outros.” Quando surgiu uma lei que mandava matar os sdbios, foi o Rabino Nehunid quem ascendeu aos céus para averiguar 0 motivo.” Além do Bahir, atribui-se também ao Rabino Nehunid a oraga0. Anna BaKoach. As letras iniciais das palavras da oracdo formam o Nome de Deus de quarenta e duas letras, discutido extensivamente na literatura mfstica.™ Sdabios do Bahir Embora o Bahir tivesse suas origens nos ensinamentos do Rabino Nehunid, porcdes considerdveis s4o diretamente atribufdas a outros sdbios. O Rabino Nehunid ensinou os mistérios da Cabala a muitos sdbios de sua geracdo e presume-se que essa escola tenha preservado seus ensinamentos apés a sua morte. Atribui-se o principal texto do Bahir a essa escola. Numerosos sdbios mencionados no Bahir sao, também, bastante conhecidos através do Talmud. Como seria de se esperar, eram eles os que se ocupavam das artes m{sticas, muitas das quais teriam aprendido dos ensinamentos do Rabino Nehunid. Portanto, o Rabino Akiba é citado trés vezes no Bahir (19, 32, 186), e diz o Talmud ter sido ele o unico sdbio a entrar no Parafso a emergir ileso.* O Rabino Eliezer 0 Grande é, também, citado (104), e ele é igualmente conhecido pelas suas experiéncias mfsticas.** Seu princi- pal trabalho, Pirkey DeRabi Eliezer ("Capftulos do Rabino Eliezer"), também exibe considerdvel influéncia do Bahir. Conforme o Hecha- lot, ambos aprenderam as artes misticas com 0 Rabino Nehunié.”” O sdbio mais destacado do Bahir, mencionado com maior freqiiéncia do que qualquer outro, é o Rabino Rahumai, cujo nome 12 O Bani aparece treze vezes no texto. Nenhuma mengao ao Rabino Rahumai éencontrada no Talmud ou no Midrash, mas no Zohar constatamos ter ele conhecido o Rabino Pinchas ben Yair, sogro do autor do Zohar, Rabino Shimon bar Yochai. Dizem que estava com o Rabino Pinchas, préximo ao Kineret, no dia em que 0 Rabino Shimon emer- giu da caverna onde o Zohar Ihe fora revelado.”* Conta-se, também, que passou uma semana em Ono, subtirbio de Jerusalém, junto ao Rabino Kisma ben Gueira, que nao é, de outro modo, identificado.” No préprio Bahir encontramos evidéncia de ter sido 0 Rabino Rahumai quem dirigiu a escola apds a morte do Rabino Nehunié. Também proeminente no texto é 0 Rabino Berachia, mencionado sete vezes ao todo. Igualmente nao mencionado pelo Talmud, ele & citado em Pirkey DeRabi Eliezer, bem como na literatura zoharista.” No Bahir, ele quem define numerosos termos diffceis do Sefer Yetzird (106), e explica o significado do Mundo Vindouro (160). A partir do contexto de uma afirmagio (97), parece ter sido ele discfpulo do Rabino Rahumai. Isso, juntamente com o fato de ser 0 segundo mencionado no Bahir, ajuda a apoiar a teoria de ter sido 0 Rabino Berachia quem dirigiu a escola cabalfstica depois do Rabino Rahu- mai. Seu destaque pode ser devido também ao fato de o rascunho inicial do Bahir ter sido composto sob sua influéncia. Um certo Rabino Yochanan tem, igualmente, destaque no Bahir, sendo mencionado seis vezes ao todo. Embora nao diretamente identific4vel com qualquer sdbio talmtidico, seu nome é encontrado numerosas vezes em Pirkey DeRabi Eliezer.*' Probabilidade interes- sante é que ele tenha sido o Rabino Yochanan ben Dahabai, citado como discfpulo do Rabino Nehunié nas artes misticas.°E ébvio que esse Rabino Yochanan foi um mistico, pois, no Talmud, sio relatadas quatro coisas que lhe foram ensinadas pelos anjos.* Outro sébio que podemos tentar identificar € 0 Rabino Levitas ben Tavros.* E de especial importancia, pois, em certa passagem, parece que o Rabino Rahumai responde aos seus ensinamentos (23), Pode ser identificado como o Rabino Levitas de Javné, mencionado no Mishné e no Pirkey DeRabi Eliezer.** Assumindo-se que se mudou, pode, igualmente, ser 0 mesmo Rabino Levitas de Ono, Introducao 13 mencionado no Zohar.* O fato de ter vivido em Ono ¢ significativo, pois, conforme indicado anteriormente, sabe-se que o Rabino Rahu- mai visitou esse lugar. Esse fato permite formular a hipstese de que Ono possa ter sido um centro de atividades cabalfsticas, e sugerem- se pesquisas mais profundas a este respeito. Existe, também, a possibilidade de que o Rabino Levitas tenha vivido originalmente em Emaitis, junto ao Rabino Nehunid.*” Essa escola mistica manteve-se ativa durante todo o perfodo talmtidico, conforme evidéncias em numerosos relatos da literatura. Dentre os uiltimos a empregar abertamente essas artes mfsticas encontravam-se Raba e Rav Zeira, que viveram na Babilénia do século IV. O Talmud registra como eles realizaram curas milagrosas e usaram a Cabala para criar seres vivos.** Um desses relatos € narrado no Bahir (196) e é o antepentiltimo tema principal do texto. Uma vez que Raba e Rav Zeira foram os Ifderes dessa escola, e uma vez que eles sido os sdbios mais recentes mencionados no Bahir, presume-se ter sido feita, por volta de sua época, a redagdo final do texto. Por isso existe a tradigdo de que o Bahir foi escrito por Amaraim, 0 ultimo dos sdbios do Talmud.” Publicagao Com o encerramento do perfodo talmtidico, 0 cfrculo de cabalistas diminuiu e, em certas épocas, pode nao ter ultrapassado uma parca diizia de indivfduos. Tao unido era esse grupo que, muitas vezes, pessoas estranhas nem suspeitavam de sua existéncia. Embora fosse importante manter a tradigdo da Cabala, era igualmente importante que nao cafsse em mios errada: Durante alguns perfodos, a lideranga dessa escola era dos Ifderes religiosos da época, enquanto em outros pode ter inclufdo individuos cujos nomes se perderam totalmente. Sabe-se que tais individuos, como Natronai Gaon (794-861) e Hai Gaon (939-1038), possufam conhecimento desses mistérios.% Hd, também, evidéncia de que Sherira Gaon (906-1006) teve acesso a muitos desses ensinamentos.*! 14 O Ban Ao mesmo tempo que esses individuos eram Ifderes da comunidade ju- daica como um todo, eles eram ativos, também, no cfrculo da Cabala. OBahir erao centro de grande parte dessa atividade. Nao se sabe quao amplo era o cfrculo de pessoas que teria acesso ao texto durante esse perfodo, mas nao devia ser grande. Podem ter existido ma- nuscritos, mas permaneciam nas maos dos lideres dos grupos, enquanto as demais pessoas recebiam oralmente a tradi¢gdo. Os membros do grupo prestavam juramento de nao revelar seus mistérios aos outros, e a existéncia do grupo era desconhecida por toda a comunidade. Por isso ndo surpreende que eméritos eruditos, como Saadia Gaon (882-942) e MaimOnides (1135-1204), nunca tivessem visto 0 Bahir, ou que o Rabino Yehudé ben Barzilai de Barcelona (1035- 1105) nao fizesse qualquer mengo a ele em seu extenso comentdrio sobre o Sefer Yetzird. O texto era de dominio privado e restrito a uma pequena sociedade secreta, onde pessoas estranhas ao cfrculo nado deviam sequer saber de sua existéncia.? Assim sendo, em um dos mais antigos textos cabalfsticos publicados, 0 Rabino Avraham ben David (Raavad) declara: "Todas essas coisas e seus mistérios eram transmitidos apenas de uma boca para outra."* Isto ndo causa nenhuma surpresa, pois os mistérios da Cabala nao deviam ser transmitidos a todos. Alude-se a muitos desses mistérios nos primeiros capftulos de Ezequiel, e, em geral, a Cabala é muitas vezes chamada de "mistérios da Carruagem", termo também empre- gado no Bahir.“ Segundo a norma, os sdbios declaravam que esses mistérios "nem mesmo podem ser analisados por um Unico individuo, a menos que ele seja sdbio o bastante para compreender com seu préprio conhecimento".** Mesmo assim, a tradi¢éo completa era apenas concedida ao Ifder do grupo, que entao restringiria sua ins- truco aqueles que considerasse aptos. Apenas os individuos possui- dores das mais elevadas qualidades de erudigao ¢ religiosidade seriam admitidos ao cfrculo de iniciados.“ Outra relevante proibicdo era: "O que é transmitido oralmente nao pode ser escrito."*” Como resultado, durante o perfodo talmtidico mais antigo, até mesmo ensinamentos mundanos que envolvessem a Introdugao 15 Lei Oral nao eram escritos. Embora cada mestre conservasse anotagdes pessoais, essas eram consideradas "documentos ocultos" e ndo estavam disponfveis nem mesmo aos discfpulos mais préximos.* Se isso se aplicava aos assuntos mundanos, era certamente verdadeiro a respeito da Cabala, que, acreditava-se, continha os "segredos da Tord". Se os textos existiam, eram guardados com o mdximo cuidado. Diza tradigdo que o Bahir foi preservado por uma pequena escola de cabalistas na Terra Santa. Durante esse perfodo, partes do Bahir foram parafraseadas em outro texto cabalfstico conhecido como Raza Raba ("Grande Mistério"), 0 qual foi perdido em sua totalidade, embora seja citado por alguns escritores ocidentais do século X.” A partir daf, o centro de atividade deslocou-se para a Alemanha e a Italia, levando consigo 0 Bahir. Por volta do ano 1100, alguns dos ensinamentos do Bahir eram conhecidos por um pequeno grupo na Espanha, e sua influéncia pode ser observada nos escritos do Rabino Avraham bar Chiy4, em particular no trabalho de sua autoria Meguilat HaMeguild ("Rolo dos Rolos"). Logo depois, a principal escola cabalfstica mudou-se para a Franga - principalmente para a Provenga. Essa regido tornou-se um importante centro de Cabala e 14 foi tomada a decisdo de publicar 0 Bahir. Os mais antigos membros dessa escola, dos quais temos conheci- mento, eram Isaac Nazir e Yaakov Nazir de Lunel. O titulo "Nazir" indicava que nao participavam de qualquer atividade mundana, mas eram sustentados pela comunidade a fim de estarem aptos a devotar toda a vida a Tord e ao culto. Nessa vida contemplativa os ensinamentos da Cabala podiam florescer.*! O Rabino David ben Isaac e 0 Rabino Avraham ben Isaac de Narbone, autor do Eshkol, eram, também, de grande importancia nesse grupo. O Rabino Avraham ben David (Raavad) de Posqueres (1120-1198) - autor de um comentério sobre 0 Cédigo de Maimdnides, era filho do Rabino David ben Isaac e genro do Rabino Avraham ben Isaac. Mestre das artes mfsticas, recebeu a tradigdo de seu pai e de seu sogro e, posteriormente, tornou-se o lider da escola. Em seus 16 O Bur comentdrios legais, ele escreve que essa escola estava sujeita a inspiracgdo divina e a revelaco dos mistério: Foi o filho de Raavad, conhecido como Isaac, o Cego, quem herdou a lideranga da escola cabalfstica e a trouxe para Provenga.* Embora fosse cego, possufa a reputagio de ser capaz de ver a alma de uma pessoa e de ler seus pensamentos.* Em seu comentario sobre a Tord, 0 Rabino Bachya ben Asher (1276-1340) chama Isaac, 0 Cego, de “pai da Cabala”.* Existia certa tradigo dizendo que um tipo de revelacao retor- naria em 1216, fato conhecido até por MaimOnides, o qual aprendera de seus ancestrais.% Do mesmo modo que a entrada na Terra Santa, esse acontecimento iria requerer quarenta anos de preparagao, e a disseminagdo da Cabala fazia parte dessa preparag4o. Dentro desse espfrito, o Bahir teve a sua primeira publicagdo por volta de 1176. Como durante centenas de anos o Bahir restringiu-se a um pequeno grupo fechado, tem havido considerdvel confusdo dentre os historiadores no que diz respeito 4 sua transmissao e publicagdo. Tradigdes orais e sociedades secretas nfo se prestam a pesquisa histérica, e manuscritos enciumadamente guardados ndo chegam até as bibliotecas. Os tinicos dados plausfveis a respeito do Bahir ori- ginam-se das tradigGes preservadas através dos séculos e, conforme muitos historiadores e antropdlogos modernos descobriram, essas tradigdes sto, em geral, confidveis e acurad: O Rabino Isaac, o Cego, transmitiu a tradigdo aos seus discfpulos Ezra e Azriel e, eles, ao Rabino Moisés ben Nachman (Nach- manides), conhecido como Ramban (1194-1270). Através de seu comentario sobre a Tord, onde freqiientemente cita o Bahir, populari- zou muitos de seus ensinamentos no mundo judaico. Até 0 Zohar ser publicado por volta de 1295, 0 Bahir continuou sendo 0 texto mais importante da Cabala classica. Existem muitos lugares onde o Zohar se estende a respeito de conceitos encontrados no Bahir, e um estudo cuidadoso revela considerdével semelhanga de contetido em ambos os trabalhos. Tal fato ndo causa surpresa, pois o autor do Zohar, Rabino Shimon bar Yochai, conhecia, sem dtivida alguma, os ensinamentos do Rabino Nehunié. Mesmo antes da Introdugéio 17 especial revelagéo na caverna, 0 Rabino Shimon deve ter sido iniciado na tradigdo mistica, e 0 elo provavel pode ter sido seu sogro, o Rabino Pinchas ben Yair que, conforme mencionado anterior- mente, era fntimo do Rabino Rahumai. Um ponto interessante € 0 fato de que os nomes de ambos, 0 Bahir e 0 Zohar, encerram uma conotagao de luz e brilho.*” Estrutura Embora um exame superficial nado revele qualquer ordem aparente no Bahir, um estudo cuidadoso desvenda uma estrutura definida. O texto pode, aproximadamente, ser dividido em cinco partes. 1, Os primeiros versfculos da criacdo (1-16). 2. O alfabeto (27-44), 3. As Sete Vozes e Sefirot (45-123). 4. As Dez Sefirot (123-193). 5. Mistérios da Alma (194-200). O texto principia por uma declaragdo do Rabino Nehunid. Em r4pida seqiiéncia, os Rabinos Berachia, Rahumai e Amorai entram no debate, explicando 0 conceito de "o que preenche" (Maley), prova- velmente uma alusdo a (Isafas 6:3): "Sua gloria preenche toda a terra" (2-7). Em particular, Ber, a letra inicial da Tord, recebe consideravel atengdo. A segunda parte trata das oito primeiras letras do alfabeto hebraico, de Alefa Chet. O fato do debate terminar antes de alcancar aletra Tet pode ser justificado por uma declaragao posterior, de que essa letra nao diz respeito as Sefirot (124). Também examinados no final dessa parte esto numerosas vogais e sinais de anulagao (40-44). O conceito de criacdo também esté entrelagado a essa parte, porém desempenha, claramente, um papel secundario. A terceira parte principia por um exame das sete vozes escutadas no Sinai e, ao indagar a relaciio entre as sete vozes e os Dez Manda- 18 O Bani mentos, inicia um exame das Sefirot. As Sefirot sio usadas para explicar os antropomorfismos que surgem na Bfblia (82), e isso é desenvolvido até a parte seguinte. Subsegées importantes dessa parte incluem explicagGes de Isafas 55 (51-56) e do terceiro capftulo de Habacuc (68-81). Numerosos conceitos do Sefer Yetzird sio introduzidos e explicados (63, 106),** © que conduz a um exame dos diversos nomes m{sticos de Deus (106- 112). De especial importancia é 0 ntimero trinta e dois, que corres- ponde aos caminhos da Sabedoria, ao valor numérico de Lev (ou coragio) (63) e ao ntimero de fios do Tzitzit (92). Todos esses conceitos sHo introduzidos em relagdo a esse ntimero. A quarta parte contém o primeiro exame das Sefirot encontrado no Bahir. E introduzida por uma explicacdo sobre a Béncdo Sacer- dotal, onde diz-se que os dez dedos correspondem as Dez Sefirot, conceito encontrado, também, no Sefer Yetzird. A palavra Sefird é definida, sendo aquilo que expressa (Saper) o poder ea glériade Deus (125). As Sefirot sao, entao, relacionadas e definidas, uma a uma, & na devida ordem. Dentro do contexto das Sefirot, existem subsegdes sobre a permanéncia dos israelitas em Elim (161-167) e sobre o mandamento a respeito do Lulav (172-178). A secdo se encerra com um exame do relacionamento entre as Sefirot e as esferas (179ss.), e uma breve introdugdo & reencarnacao (183), igualmente em relagio as Sefirot. A quinta parte, e final, trata da alma, principiando por um discurso sobre a reencarnacdo e seu relacionamento com a justiga divina (194). O conceito de alma é também examinado dentro do contexto da criagdo da vida através das artes mfsticas, sendo esse 0 relato de Raba e Rav Zeira mencionado anteriormente (196). Finalizando, é introduzido 0 conceito de almas masculinas e femini- nas, principiando por uma andlise do Tamar (197) e terminando com uma explicagao do motivo pelo qual Eva foi a pessoa a ser tentada. Isso conclui o texto. Introdugao 19 Ensinamentos Embora 0 Bahir seja o principal texto da Cabala, nado emprega essa palavra, preferindo o termo mishnaico, Maasé Merkavd, que signi- fica literalmente "Mistérios da Carruagem", em referéncia a visio de Ezequiel. Diz que sondar esses mistérios é tao aceitével quanto a oragio (68), mas adverte ser impossfvel faz¢-lo sem errar (150). Declara 0 Talmud que a Cabala deveria somente ser ensinada através de sugestdes e alusdes, e essa € a diretriz seguida pelo autor do Bahir. Quem o ler meramente como qualquer livro, encontraré longas passagens que fazem pouco ou nenhum sentido. Nao é tema para leitura casual, mas para estudo sério e concentrado, 0 que era aceito entre os cabalistas, para os quais os principais textos foram escritos para serem compreendidos apenas quando analisados como um todo integrado. Somos advertidos de que quem 1é sobre Cabala de maneira literal e superficial, decerto ndo a compreender4.© A maneira adequada de se estudar todos os textos cabalfsticos € considerd-los como um todo, usando cada parte para explicar qualquer outra. O estudante deve encontrar seqiiéncias de idéias que percorram 0 texto, segui-las de tras para diante até que se estabelega 0 significado total. Em um pequeno texto como o Bahir, esse pro- cedimento é relativamente direto e nosso indice pode se mostrar util. Em textos maiores, como 0 Zohar, essa metodologia assume ainda maior importancia e, sem ela, muitos dos escritos do Ari parecerao pouco mais que algaravia. Um dos conceitos mais importantes revelados no Bahir é 0 das Dez Sefirot, e, com excegao de trés, seus nomes sao também introduzidos. Uma andlise cuidadosa dessa exposic¢ao revela muito do que serd encontrado em trabalhos cabal{sticos posteriores, bem como seu relacionamento com os antropomorfismos e 0 motivo dos Mandamentos. A ordem em que as Sefirot sao relacionadas é de especial interesse. As sete ultimas correspondem aos sete dias da semana e derivam do versfculo (1 Crénicas 29:11) "Teus sao, O Deus, a Grandeza, a Forga, a Beleza, a Vitdria e o Esplendor, tudo (Fun- 20 O Bane dacdo) que se encontra no céu e na terra, Teu, O Deus, é 0 Reino”. E a seqiiéncia adotada pela maioria dos textos cabalfsticos. Todavia, no Bahir, a ordem das uiltimas quatro ¢ invertida. As tiltimas quatro Sefirot sio, entéo: Reino (Aravot, 7), Fundacao (8), Vitéria (9), e Esplendor (10). O fato de que o Reino deva estar no meio das sete parece ser 0 motivo dessa modificagio e, por corresponder ao Shabat, &, também, apropriado que seja a sétima Sefird (153, 157). Do mesmo modo, como a Funda¢4o corresponde ao sinal da circuncisio, € apropriado que seja a oitava, pois a circuncisao é executada no oitavo dia (168). Com exce¢io de Beleza, Esplendor e Reino, dé-se a todas as Sefirot seus nomes tradicionais. A Beleza é chamada de Trono da Gléria (146), enquanto o Reino ¢ chamado de Aravot (153). O Esplendor € simplesmente chamado de segunda Vitéria (170). Em numerosas passagens, a Fundagdo é também chamada de O Justo (102, 180), a Vida dos Mundos (180ss.) e "Tudo" (22, 78). Outro importante conceito revelado é 0 da reencarnagdo ou Guilgul. E interessante observar que, a princfpio, essa idéia & introduzida em nome do Rabino Akiba (121, 155). Usa-se esse conceito para explicar o problema da injustic¢a aparente e porque até mesmo criangas inocentes sofrem e nascem deformadas. O fato de Saadia Gaon rejeitar a reencarnacao ¢ prova suficiente de que ele nao teve acesso aos ensinamentos secretos da Cabala.“' Esse conceito é melhor desenvolvido no Zohar e, em maiores detalhes, no Sefer Guilgulim e nos diversos trabalhos da escola do Ari. Os assuntos abrangidos pelo Bahir incluem uma interpretacdo das letras do alfabeto hebraico, quinze das quais sao mencionadas. Mandamentos como Tefilim, Tzitzit, Lulav e Etrog, bem como “enviar a mie pdssaro" , sio em geral examinados dentro do contexto das Sefirot ou através de outros conceitos introduzidos anterior- mente. S40 abordadas numerosas idéias encontradas no Sefer Yetzird, tais como a dos Trinta e Dois Caminhos da Sabedoria (63), as doze fronteiras diagonais (95), bem como o "Eixo, a Esfera e 0 Cora¢do" (106). No Bahir, em geral, os nimeros desempenham papel altamente significativo. Introdugado 21 Dois termos incomuns sao encontrados no Bahir, e ambos parecem se referir aos anjos ou as forcas angélicas. Um deles é Tzurd, que literalmente significa "forma",* e 0 outro é Komd, o qual pode ser traduzido como “estrutura" (8, 166). Na literatura cabal fstica, so mais conhecidos em sua forma aramaica, sendo 0 primeiro Diukna, €0 tiltimo Partzuf. Outros termos usados para designar os anjos sao Diretores (Manhiguim) e Funciondrios (Pekidim). Outra revelacgdo importante so os diversos nomes de Deus, sendo 0 mais m{stico deles encontrado em 112. O Nome contendo doze letras, citado no Talmud,® & também examinado (107, 111), como 0 é, igualmente, o Nome de setenta e duas combinagdes, que é também um derivado (94, 107, 110). Esse nome é mencionado em antigos registros talmudicos® e sua origem é examinada em torno do ano 1100 por ambos: Rashi (1040-1105) e 0 Midrash Lekach Tov (Pesikta Zutrata).© Tzimtzum O Tzimtzum é um dos importantes conceitos introduzidos pelo Bahir, a auto-constrigéo da Luz Divina. Envolve um dos conceitos filoséficos mais importantes da Cabala, conceito que também tem sido fonte geradora de confusdo para muitos eruditos. A explicagdo mais clara do Tzimtzum pode ser encontrada nos escritos do Rabino Isaac de Luria (1534-1572), conhecido como o Ari, diretor da escola cabal fstica de Safé. Conforme descrito em Etz Chaim (Arvore da Vida), 0 processo era 0 seguinte:© Antes de todas as coisas serem criadas... a Luz Divina era simples e enchia toda a exist8ncia. Nao havia espaco vazio... Quando Sua simples Vontade decidiu criar todos os universos. .. Ele comprimiu os lados da Luz, deixando um espago vazio. .. Esse espago era perfeitamente redondo... Apés essa compressio ter ocorrido... passou a existir um lugar onde todas as coisas poderiam ser criadas... Ele, entdo, tragou uma tinica linha reta da Luz Infinita... € a trouxe até aquele espaco vazio... A Luz Infinita foi trazida para baixo por intermédio dessa linha... 22 O Bani Em seu sentido literal, 0 conceito do Tzimrzum € direto. Deus primeiro "suprimiu" Sua Luz, criando um espaco vazio, onde teria lugar toda a criagdo. Para que Seu poder criador estivesse presente, Ele estendeu uma "linha" de Sua Luz naquele espago. Toda a criagdo aconteceu por intermédio dessa "linha". Advertem quase todos os cabalistas mais recentes que nado se deve tomar o Tzimtzum literalmente, pois é impossfvel aplicar-se a Deus qualquer conceito espacial. Trata-se, sobretudo, de um sentido conceitual, pois se Deus preenchesse cada perfeigao, nado haveria motivo para a existéncia do homem, Deus, portanto, comprimiu Sua perfeicdo infinita, permitindo a existéncia de um “lugar para o livre- arbftrio e a realizagéo do homem".” Outro ponto importante, ressaltado por muitos cabalistas, é 0 fato do Tzimtzum nao ter acontecido na esséncia de Deus, mas em Sua Fig. 1. © Espago Vazio resultante do Tzimtzum, mostrando a fina Linha de Luz que se dirige ao seu centro. Introducdo 23 Luz. Essa Luz foi a primeira coisa trazida a existéncia e representa © poder criativo de Deus, tendo sido esse préprio poder criativo trazido & existéncia com o propésito de criar o universo.® Muitos historiadores, erroneamente, concluem que o Tzimtzum originou-se dos ensinamentos do Ari. Contudo é, de fato, um ensi- namento muito mais antigo, e encontra-se clara referéncia a isso no Zohar. Consideremos a seguinte passagem:® Na cabega da autoridade do Rei Ele talhou da luminescéncia divina, uma Lampada de Trevas. E ali emergiu do Oculto dos Ocultos - © Mistério do Infinito ~ uma linha sem forma, embutida em um anel... medida por uma lin De acordo com a maioria dos cabalistas, trata-se de refer@ncia direta ao Tzimtzum.” Estudo mais profundo do Bahir revela uma clara alusio ao Tzimtzun. O Rabino Berachid diz que a Luz era como um "belo objeto" para o qual o Rei nao tinha lugar. E explicitamente declarado que essa luz existia antes, mas no havia onde colocd-la. A luz pode ser revelada apenas apés a criago de um "lugar". E uma referéncia 6bvia a “linha” de Luz, mencionada em Etz Chaim, a qual precipitou toda a criagao. E, também, a "linha sem forma, embutida em um anel", mencionada no Zohar. O motivo do Tzimtzum tem origem em um paradoxo basico. Deus deve estar no mundo, todavia, se Ele nao Se restringir, toda a criagio seria completamente dominada pela Sua Esséncia. No Bahir 54 encontramos claras alusGes tanto ao paradoxo quanto a sua resolugao. Existe, entretanto, um paradoxo mais diffcil envolvido no Tzimtzum. A Sua Esséncia deveria estar ausente do espago vazio, pois Deus removeu dali a Sua Luz. Todavia, Deus deve, também, pre- encher esse espaco, pois "nao existe lugar onde Ele nao esteja".”' Esse é um paradoxo totalmente bdsico e relaciona-se intimamente & dicotomia da imanéncia e transcendéncia de Deus.” 24 O Banir O ponto principal exposto por esse paradoxo é o fato desse espaco ser apenas "escuro" e "vazio" naquilo que nos diz respeito. A "Lampada das Trevas" mencionada no Zohar € “escuridéo" para nds, mas em relagdo a Deus, é, também, "lampada". No que se refere a Deus, 6, de fato, luz, pois para Ele € como se 0 Tzimtzum jamais tivesse acontecido.” O Tzimtzum teve lugar para que a criacdo acontecesse, e isso é necessdrio para nds, mas nao para Deus. Estudo detalhado indica que a resposta encontrada na declaracao de abertura do Bahir é precisamente a essa pergunta. E de especial interesse observar-se que 0 Rabino Nehunié abre o Bahir exatamente com esse paradoxo aparente. O ponto principal da Cabala teérica é resolver 0 paradoxo de como um Deus absoluta- mente transcendental pode interagir com Sua criagdo.” A estrutura das Sefirot, e conceitos semelhantes, é 0 que forma a ponte entre Deus €0 universo. Para ndo pensarmos que isso inclui qualquer transfor- macao no préprio Deus, o Rabino Nehunié afirma claramente serem, de fato, luz as trevas do espago vazio, no que diz respeito a Deus. A criag4o do espago vazio, bem como de todos os mundos nele existen- tes, espiritual e ffsico, nao transformou ou diminuiu a Luz de Deus. Tal introdugao lembra a adverténcia semelhante encontrada no princfpio do Idra Raba, uma das partes mais misteriosas do Zohar, € que contém bastante simbolismo antropomérfico. Logo no principio dessa parte, o Rabino Shimon cita o versfculo (Deuterondmio 26:15): "Amaldigoado é 0 homem que faz qualquer imagem... e a coloca em lugar escondido."”5 Neste contexto, o "lugar escondido" se refere ao mais elevado dos universos divinos. Mesmo que possam ser usados antropomorfismos ao descrever as Sefirot e outros conceitos ca- balfsticos, de modo algum devemos tomé-los literalmente. No princfpio do Bahir, o Rabino Nehunid formula uma adver- téncia semelhante. Nao pense que as Sefirot sejam luzes destinadas a preencher qualquer escuridao referente a Deus pois, para Ele, tudo éLuz. Para evitar erros, o nome do Rabino Nehunid aparece aqui sem disfarce - esse princfpio é tao importante que deve ser apoiado pelo prestfgio total do préprio mestre. O Bahir 1, Disse 0 Rabino Nehunid ben HaKana: Relata certo versfculo (J6 37:21): "E agora nao se vé a luz, 0 céu €luminoso (Bahir)... [Deus envolve-se em assombrosa majestade]." Diz, todavia, outro versfculo (Salmos 18:12): "Ele fez das trevas 0 Seu esconderijo." Est4, também, escrito (Salmos 97:2): "Nuvens e trevas O envolvem." Trata-se de aparente contradigdo. Surge um terceiro versfculo, e reconcilia os dois. Esta escrito (Salmos 139-12): “Mesmo a treva nio é treva para Ti. A noite reluz qual 0 dia - luz e treva sio 0 mesmo." 2. Disse 0 Rabino Berachia: Est4 escrito (Génese 1:2): "A terra era Caos (Tohu) e Desolacaio (Bohu)." Qual é0 significado da palavra "era" nesse vers{culo? Indica que © Caos existia anteriormente [e que ja era]. O que é Caos (Tohu)? Algo que confunde (Taha) as pessoas. O que é Desolagiio (Bohu)? E algo que tem substancia. Por isso € chamada Bohu, isto €, Bo Hu ~ “estd nisso". 3. Por que a Tord principia pela letra Ber? Para que principie por uma béngao (Berachd). Como sabemos que a Tord € chamada de béncdo? Porque est4 escrito (Deuterondmio 33:23): "O que preenche € a béngdio de Deus apossando-se do Mar e do Sul." O Mar nada mais é senao a Tord, conforme estd escrito (J6 11:9): "E mais extenso que o mar." 26 O Ban Qual € 0 significado do versfculo "O que preenche é a béngao de Deus"? Significa que onde quer que encontremos a letra Ber, estar4 indicada uma béngio.! Est4, portanto, escrito (Génese 1:1): "No princfpio (BeReshit) [Deus criou o céu e a terra." BeReshit & Bet Reshit.] A palavra "princfpio" (Reshit) nao é outra senao a Sabedoria. Estd, portanto, escrito (Salmos 111-10): "O princfpio é a sabedoria, 0 temor a Deus." A Sabedoria € uma béngao. Esta, portanto escrito: "E Deus abencgoou Salomio."? Além do mais, estd escrito (1 Reis 5:26): "E Deus concedeu Sabedoria a Salomio." Assemelha-se a um rei que casa sua propria filha com seu filho. Ele a concede ao filho e, no casamento, diz ao filho: "Faga com ela 0 que desejar." 4. Como sabemos que a palavra Berachd [em geral traduzida como "béngao"] vem da palavra Baruch [que significa abengoado]? Talvez venha da palavra Berech [que significa joelho]. Est escrito (Isatas 44:23): “Para Mim, todos os joelhos se dobrarao." [Berachd pode, portanto, significar] 0 Lugar ao qual todo joelho se dobra. A que exemplo se assemelha? As pessoas desejam ver o rei, mas nao sabem onde encontrar sua casa (Bait). Primeiro perguntam: "Onde é a casa do rei?" Somente entdo podem perguntar: "Onde est4 0 rei?" Estd, portanto, escrito; “Para Mim, todos os joelhos se dobrario" - mesmo os mais elevados - “todas as Ifnguas jurarao". 5. O Rabino Rahumai sentou-se, e explicou: Qual € 0 significado do versfculo (Deuteronémio 33:23) "O que preenche é a béngao de Deus, apossando-se do Mar e do Sul"? Significa que, onde quer que encontremos a letra Ber, esse lugar estar4 abencoado. E “aquilo que preenche" a que se refere o versfculo "O que preenche é a béncao de Deus". Parte Um 27 Daf, nutre os necessitados. Desse "preenchimento", Deus bus- cou conselho. A que exemplo isso se assemelha? Um rei desejava construir seu paldcio em meio a enormes rochedos. Escavou a rocha e descobriu enorme nascente de 4gua pura. Disse o rei: "Uma vez que disponho de 4gua corrente, plantarei um jardim. Deliciar-me-ei, entdo, nele, do mesmo modo que todo o mundo." Estd, portanto, escrito, (Provérbios 8:30): "Eu estava junto com Ele como mestre-de-obras, eu era o seu encanto por um dia, um dia, todo o tempo brincava em sua presenga." A Tord esta dizendo: "Durante dois mil anos eu estava no regago do Santo Abencoado como seu encanto." Diz, portanto, o versfculo: "um dia, um dia". Cada dia do Santo Abencoado tem mil anos, conforme estd escrito (Salmos 90.4): il anos sao aos Teus olhos como o dia de ontem que passou." Daf em diante, é as vezes, conforme declara o versfculo: “[brincava em Sua presenga] todo 0 tempo". O restante é para o mundo. Estd, portanto, escrito (Isafas 48:9): "Através do Meu nariz, expirarei Meu louvor para vocé." Qual o significado de "Meu louvor"? Conforme estd escrito (Salmos 145:2): "Um louvor de Davi, eu Te exaltarei, [meu Deus, 0 Rei, e abencoarei Teu nome para o mundo e eternamente]." Por que é um louvor? Porque “Te exaltarei". Eo que € essa exaltac4o? Porque “abengoarei Teu nome para 0 mundo e eternamente". 6. O que é uma béngao? Explica-se por intermédio de um exemplo. Um rei plantou drvores em seu jardim. A chuva pode cair e agu4-las, e 0 solo pode estar timido e suprf-las de umidade, porém, ainda assim, ele as deve regar com a 4gua da fonte. Est4, portanto, escrito (Salmos 111710): "O principio € a Sabedoria, 0 temor a Deus, todos os que o praticam tém bom senso [Seu louvor permanece para sempre]." 28 O Bax E possfvel pensar que falta algo. Est4, portanto, escrito: "Seu louvor permanece para sempre." 7. O Rabino Amorai sentou-se, e explicou: Qual 0 significado do versfculo (Deuterondmio 33:23) "O que preenche é a béncao de Deus, apossando-se do Mar e do Sul"? Moisés dizia: "Se seguirdes minhas regras, herdareis tanto esse mundo quanto o préximo." O Mundo Vindouro é comparado ao mar, conforme esté escrito (J6 11:9): "E mais extenso que o mar." O mundo presente é chamado de Sul. Esta, portanto, escrito (Josué 15:19): "[Dé-me uma béngao,] visto que me destinaste a terra do sul, [d4-me, pois, fontes de 4gua]." O Targum traduz como “olhe, a terra € 0 sul". 8. Por que Deus acrescentou a letra Heh ao nome de Abraao, ao invés de qualquer outra letra? Foi assim, para que todas as partes do corpo do homem fossem dignas de vida no Mundo Vindouro, 0 qual é comparado ao mar. Tanto quanto podemos expressar, a Estrutura foi completada em Abraiao. [A respeito dessa Estrutura] est4 escrito (Génese 9:6): "Pois a imagem de Deus, Ele fez o homem." O valor numérico de Abrado é 248, ntimero das partes do corpo do homem. 9. Qual o significado de (Deuterondmio 33:23): "[O que preenche é a béncdo de Deus, o Mar e o Sul] ele herdar4 (YiRaShaH)"? Teria sido bastante o versfculo dizer "herdar (RaSh) [o Mar eo Sul]". A que se assemelha? Um rei tinha dois tesouros e escondeu um deles. Depois de muitos dias, disse ao seu filho: “Tomai 0 que est4 nesses dois tesouros." O filho respondeu: "Talvez nao me estejas dando tudo 0 que escondeste." O rei disse: "Tomai tudo." Estd, portanto, escrito: "o Mar eo Sul, ele herda". Herdar Deus (YH RaSh) - tudo te ser4 dado se guardares meus preceitos. 10. Disse 0 Rabino Bun: Qual € 0 significado do versfculo (Provérbios 8:23) "Desde a Parte Um 29 eternidade fui estabelecido (Me-Olam), desde o princfpio, antes da terra"? Qual € o significado de “desde a eternidade (Me-Olam)"? Significa que deve estar escondido (He-elam) do mundo. Estd, portanto, escrito (Eclesiastes 3:11): "Ele, também, colo- cou 0 mundo (Ha-Olam) em seus coragées [para que ndo possam atinar coma obra que Deus realizou desde 0 princfpio até o fim]." Nao leia Ha-Olam (0 mundo), mas He-elam (esconder). Disse a Tord: "Fui o primeiro, para que Eu fosse o chefe do mundo." Est4, portanto, escrito: "Desde a eternidade fui estabe- lecido, desde o princfpio." Podem pensar que a terra existia antes. Est4, por isso, escrito “antes da terra". Est4, portanto, escrito (Génese 1:1): "No princ{pio, Deus criou 0 céu e a terra." Qual o significado de "criou"? Ele criou tudo o que era necessdrio a todas as coisas. E, entao, Deus. Somente depois est4 escrito “o céu e a terra". 11. Qual o significado do versfculo (Eclesiastes 7:14) "Deus fez tanto um quanto seu oposto"? Ele criou Desolagao (Bohu), e colocou-a na Paz; e Ele criou Caos (Tohu), e colocou-o no Mal. Desolagao € Paz, conforme estd escrito (J6 25:2): “Ele faz a paz nas Suas alturas." Ensina que Miguel, o principe a direita de Deus, é d4gua e granizo, enquanto Gabriel, o principe a esquerda de Deus, é fogo. Os dois séo harmonizados pelo Principe da Paz. Esse é 0 significado do versfculo "Ele faz a paz nas Suas alturas". 12. Como sabemos que Caos est4 no Mal? Estd escrito (Isafas 45.7): "Ele faz a paz e cria o mal." Qual é 0 resultado? O Mal esté no Caos, enquanto a Paz est4 na Desolagao. Portanto, Ele criou 0 Caos e colocou-o no Mal, [conforme esta escrito: "Ele faz a paz e criao mal." Ele criou a Desolagao e a colocou na Paz, conforme esté escrito: "Ele faz a paz nas Suas alturas."] 30 O Ban 13. O Rabino Bun também sentou-se, e explicou: Qual o significado do versfculo (Isafas 45:7) "Ele forma a luz e cria as trevas"? Aluz nao possui substAncia. Portanto, o termo "formagao" é usa- do sobre o que lhe diz respeito. As trevas nao tém substancia e, por- tanto, o termo “criacado" é usado sobre o que lhe diz respeito. Similar- mente, estd escrito (Am6s 4:12): "Ele forma as montanhas e cria 0 vento." Essa € outra explicagao: A luz foi, de fato, trazida a existéncia, conforme estd escrito (Génese 1:3): "E Deus disse: haja luz." Uma coisa nao pode ser trazida & existéncia a menos que seja formada. O termo "formagao" 6, portanto, usado, Todavia, no caso das trevas, nao houve formacio, apenas sepa- racdo e distanciamento. Por isso o termo "criado" (Bara) é usado. Tem 0 mesmo sentido que a expressdo “Aquela pessoa ficou boa (hi Bria)". 14. Por que a letra Ber € fechada em todos os lados e aberta na frente? Ensina que € a Casa (Bait) do mundo. Deus € o lugar do mundo, e 0 mundo nao é Seu lugar. Fig. 2. A letra Bet, mostrando como possui uma cauda nas costas (a dircita) ¢ é aberta na frente. Parte Um 31 Nao leia Bet, porém Bait (casa). Est4, portanto, escrito (Provérbios 24:3): “Com a sabedoria se constr6i uma casa, e com a compreensio ela se firma, [e com 0 conhecimento enchem-se os quartos]." 15. A que se assemelha Bet? E como um homem, formado por Deus com sabedoria. Ele é fechado em todos os lados, mas aberto na frente. Alef, todavia, é aberto atrds. Ensina que a cauda de Bet é aberta atras. Se no fosse por isso, o homem nao poderia existir. Do mesmo modo, se nao fosse por Bet na cauda de Alef, o mundo nao poderia existir. Vig. 3. Alef, mostrando Bet em sua cauda. 16. Disse o Rabino Rahumai: A iluminacdo antecedeu 0 mundo, pois estd escrito (Salmos "Nuvens e trevas O envolvem." Estdé, portanto, escrito (Genese : "E Deus disse: 'Haja luz’, e houve luz." Disseram-Lhe: “Antes da criagdo de Israel, seu filho, fards, entdo uma coroa para ele?" Ele respondeu sim. 32 O Ban A que isso se assemelha? Um rei desejava um filho. Um dia, encontrou uma bela e preciosa coroa, e disse: "Isso é apropriado para a cabega de meu filho." Disseram-lhe: "Est4s certo de que seu filho ser4 digno dessa coroa?" Ele respondeu: "Silencie. Isso € 0 que surge em pensamento." Esté, portanto, escrito (2 Samuel 14:14): "Ele pensa pensamen- tos [para que ninguém seja exclufdo]." 17. O Rabino Amorai sentou-se, e explicou: Por que a letra Alef esté no princfpio? Porque estava antes de tudo, até mesmo da Tord. 18. Por que Bet a segue? Porque estava primeiro. Por que possui uma cauda? Para apontar o lugar de onde veio. Dali o mundo € mantido, dizem alguns. 19. Por que Guimel est4 em terceiro? Tem trés partes, ensinando-nos que confere (gomel) bondade. Mas, nao disse 0 Rabino Akiba que Guimel tem trés partes porque confere, cresce e mantém? Estd, portanto, escrito (Génese 21:8): "O rapaz cresceu e foi agraciado." Ele disse: Ele diz 0 mesmo que eu. Ele cresceu e conferiu bondade aos seus vizinhos e aqueles que lhe foram confiados. 20. E por que existe uma cauda na parte mais inferior de Guimel? Ele disse: Guimel tem uma cabeca no topo e € qual uma calha. Do mesmo modo que a calha, Guimel recolhe 0 que vem de cima, através de sua cabeca, e dispensa através de sua cauda. Isso ¢ Guimel. 21. Disse 0 Rabino Yochanan: Os anjos foram criados no segundo dia. Est4, portanto, escrito (Salmos 104-3): “Ele ap6ia suas cdmaras superiores com 4gua [Ele faz das nuvens sua carruagem, Ele caminha sobre as asas do vento]." Est, portanto, escrito (Salmo 104:4): "Ele faz dos ventos, Seus anjos; das chamas do fogo, Seus ministros."* Parte Um 33 [Disse o Rabino Hanind: Os anjos foram criados no quinto dia, conforme esté escrito (Génese 1:20): "Que as coisas voadoras voem sobre o firmamento do céu." A respeito dos anjos, esté escrito (Isafas 6:2): "Com duas asas eles voavam."] Disse o Rabino Levitas ben Tavros: Todos concordam, até mesmo o Rabino Yochanan, que a 4gua jd existia [no primeiro dia]. Mas foi no segundo dia que "Ele apoiou suas cdmaras superiores com agua". [Naquela ocasido Ele, também, criou] aquele que "faz das nuvens sua carruagem" e aquele que "caminha nas asas do vento". Mas, até o quinto dia, Seus mensageiros nao foram criados. 22. Todos concordam que ninguém fora criado no primeiro dia. Deveria, portanto, dizer-se que Miguel extraiu o céu do sul, e Gabriel © extraiu do norte, enquanto Deus arranjava as coisas no meio. Estd, portanto, escrito (Isafas 44:24): "Eu sou Deus, Eu faco tudo, sozinho estendo os céus, a terra se espalha diante de Mim." {Mesmo se lermos 0 versiculo "de Mim" (Mc-iti), pode, também, ser lido] Mi iti - "Quem estava comigo?" Sou eu quem plantou essa drvore, para que todo o mundo se delicie com ela. E, nela, eu espalho Tudo.* Chamei de Tudo, porque tudo depende disso, tudo emana disso e tudo necessita disso. Para isso olham, por isso esperam e disso almas voam em alegria. Sozinho estava quando fiz isso. Que nenhum anjo se eleve acima disso e diga: "Eu vim primeiro." Sozinho estava quando espalhei Minha terra, na qual plantei e essa drvore. Fi-las regozijar juntas, e regoz Quem estava Comigo?" A quem revelei esse mistério? 23. Disse o Rabino Rahumai: De suas palavras, conclufmos que as necessidades desse mundo foram criadas antes dos céus. Ele respondeu sim. A que isso se assemelha? Um rei queria plantar uma drvore em seu jardim. Procurou por todo o jardim para encontrar uma fonte jorrando Agua que nutrisse a 4rvore, mas nao encontrou. Disse, 34 O Ban entdo: “Vou cavar para encontrar 4gua, e fazer jorrar uma fonte para nutrir a drvore." Cavou, e abriu um pogo, do qual jorrava 4gua viva. Plantou, entao, a 4rvore, e ela vingou, dando frutos. Estava bem enraizada, pois sempre fora regada com 4gua do pogo. 24. Disse o Rabino Yanai: A terra foi criada primeiro, conforme estd escrito (Génese 2:4): "[No dia que Deus fez] a terra e 0 céu." Perguntaram-lhe: Nao est4 escrito (Génese 1:1) que "[No princfpio Deus criou] 0 céu e a terra"? Ele respondeu: Como é isso? Um rei comprou um belo objeto, mas, por estar 0 objeto incompleto, nao Ihe deu um nome. Disse: “Vou completd-lo, prepararei seu pedestal e engaste, e, entéo, dar- Ihe-ei um nome." Est4, portanto, escrito (Salmos 102:26): "Da eternidade, fir- maste a terra" - e, depois, “os céus sio obra de Tuas maos".° Além disso, estd escrito (Salmos 104:2): "Cobriu-Se de luz como num manto, estendeu o céu como cortina, Ele apdia suas cdmaras superiores com agua." Esta, entdo, escrito (Salmos 104:4): "Ele faz dos ventos, Seus anjos; das chamas do fogo, Seus ministros." Finalmente, estd escrito (Salmos 104-5): "Ele assentou a terra sobre seus pedestais, inabaldveis para o mundo, sempre e eternamente." Quando Ele fez o pedestal, Ele o fortaleceu. Esté, portanto, escrito “inabaldvel". Qual é esse nome?’ "E Eternamente" (VoEd) & 0 nome. E [o nome] desses pedestais ¢ "Mundo" (Olam). Estd, portanto, escrito: “para o Mundo E Eternamente". 25. Disse 0 Rabino Berachia: Qual o significado do versfculo (Génese 1:3) "E Deus disse: ‘Haja luz', e houve luz"? Por que o versfculo nao diz: "E assim se fez"?® Como ¢€ isso? Um rei tinha um belo objeto. Guardou-o até ter um lugar para ele e, entdo, 14 0 colocou. Estd, portanto, escrito: “Haja luz, e houve luz." Indica que a luz j4 existia. Parte Um 35 , 26. Disse o Rabino Amorai: Qual € 0 significado do versfculo (Exodo 15:3) "Deus € um homem (Ish) de guerra"? Respondeu-lhe Mar Rahumai: Grande mestre, nado pergunte sobre 0 que é tao simples. Escute-me, e ensinar-te-ei. Disse-Ihe: Como é? Um rei tinha certo numero de belas moradas, eacada uma deu um nome. Uma delas era melhor que a outra. Disse ele: "Darei a meu filho essa morada, cujo nome € Alef. A de nome Yud, também € boa, assim como a de nome Shin."°Que fez, entdo? Reuniu todas as trés, e delas fez um tinico nome e uma tit casa. Disse ele: Por quanto tempo continuards a esconder teu signifi- cado? Ooutro respondeu: Meu filho, Alefé 0 infcio, Yud 0 segue. Shin inclui todo 0 mundo. Por que Shin inclui todo 0 mundo? Porque com Shin escreve-se uma resposta (T'shuvd). 27, Perguntaram-lhe os estudantes: O que é a letra Daler? Ele respondeu: Como €? Dez reis estavam em determinado lugar. Todos eram ricos, mas um deles nio era tao rico quanto os outros. Mesmo sendo ainda muito rico, é pobre (Dal) em relagdo aos outros. 28, Perguntaram-lhe: O que € a letra Heh? Zangou-se e disse: Nao vos ensinei a nao perguntar sobre uma coisa que vem depois e, entdo, por uma coisa que vem antes? Disseram-lhe: Mas Heh vem depois [de Daler]. Ele respondeu: A ordem deveria ser Guimel Heh, Por que & Guimel Daler? Porque deve ser Dalet Heh. E por que é a ordem Guimel Dalet? Ele lhes respondeu: Guimel estd no lugar de Dalet, seu topo esté no lugar de Heh. Dalet, com sua cauda, esta no lugar de Heh." 29, O que € a letra Vav? Disse ele: Existe um Heh superior e um Heh inferior."! 30. Perguntaram-lhe: Mas 0 que é Vav? 36 OBanR Ane Fig. 4. Como Guimel se transforma Dalet, ¢ depois em Heh. Disse ele: O mundo foi selado com seis diregdes.'? Perguntaram: Vav nao é uma letra sozinha? Ele respondeu: Esté escrito (Salmos 104-2): "Ele Se cobre de luz como num manto, [estende o céu como cortina]." 31. Perguntou o Rabino Amorai: Onde ¢ 0 Jardim do Eden? Ele respondeu: Na terra. 32. O Rabino Ismael explicou ao Rabino Akiba: Qual é 0 significado do versfculo (Génese 1:1) "No principio Deus criou (et) 0 céu e (et) aterra"? [Por que a palavra é acrescentada em ambos os lugares?] Se a palavra et (preposigao intraduzfvel que liga um verbo transitivo ao seu predicado) estivesse ausente, pensarfamos que "céu" e "terra" eram deuses. [Pois poderfamos ler assim 0 versfculo: "No principio, Deus, o céu e a terra criaram...", tomando todos os trés nomes como sujeitos da sentenga.] Ele respondeu: Pelo Servigo Divino! Podes ter buscado o significado verdadeiro, mas nao 0 encontraste e, por isso, falas dessa maneira. Mas [no caso do "céu"] a palavra et surge para incluir sol, Parte Um 37 lua, estrelas e constelagdes, enquanto [no caso da "terra"] surge para acrescentar drvores, plantas e o Jardim do Eden," 33. Disseram-lhe: Est4 escrito (Lamenta¢ées 2:1): “Do céu, Ele precipitou sobre a terra a beleza de Israel." A partir daf, conclufmos que caiu.'* Ele respondeu: Se lestes, nao relestes, e, se relestes, nao vos detivestes sobre isso uma terceira vez. A que isso se assemelha? Um rei tinha uma bela coroa sobre sua cabega e um belo manto sobre seus ombros. Quando pressentiu marés malignas, tirou a coroa de sua cabega e 0 manto de seus ombros. 34, Perguntaram-lhe: Por que a letra Chet é aberta? E por que seu ponto vogal é um pequeno Patach?'* Disse ele: Porque todas as diregdes (Ruach-ot) estio fechadas, exceto 0 norte, que esté aberto ao bem e ao mal.'¢ Perguntaram-lhe: Como podes dizer que isso é para sempre? Nao est escrito (Ezequiel 1:4): "Olhei, um vento tempestuoso soprava do norte, uma grande nuvem, e um fogo chamejante"? Fogo nada mais é que raiva tenaz, conforme esté escrito (Levitico 10-2): "E saiu fogo de diante de Deus, que os consumiu e os matou. Disse ele: Nao ha dificuldade. Um caso fala de quando Israel cumpre a Vontade de Deus, enquanto 0 outro fala de quando nao se cumpre a Sua vontade. Quando Israel nio cumpre a Sua Vontade, 0 fogo, entdo, se aproxima [para destruir e punir]. Mas, quando cumprem a Vontade de Deus, entdo o Atributo da Misericérdia os envolve e os cerca, conforme estd escrito (Miquéias 7:18): “Ele tira © pecado e perdoa a rebeldia." 35. Como é isso? Um rei queria punir e agoitar seus escravos. Um de seus governadores se levantou e perguntou 0 motivo dessa punigdo. Quando o rei descreveu a ofensa, o governador di "Seus escravos jamais fizeram tal coisa. Serei fiador deles até investigar-se © ocorrido com maior cuidado." Enquanto isso, a raiva do rei foi acalmada. 38 O Banir 36. Seus alunos perguntaram: Por que a letra Dalet € grossa dos lados?!7 Ele respondeu: Por causa do Segol que estd no pequeno Patach.'* Estd, portanto, escrito (Salmos 24:7): "As aberturas (pitchey) do Mundo." Ali Ele colocou um Patach acima e um Segol abaixo. Por isso € grossa. Fig. 5. Dalet com um Patach no topo e, a0 Segol. Jado, trés pontos que representam 0 37. O que é 0 Patach? E uma abertura (Petach). O que quer dizer uma abertura? Essa é a diregio norte, a qual é aberta a todo o mundo. E 0 portal de onde emergem o bem e 0 mal. Eo que é 0 bem? Riu-se deles, e respondeu: Nao vos disse que isso é um pequeno Patach (abertura)? Disseram eles: Esquecemo-nos, ensina-nos outra vez. Ele recapitulou, e disse: Como ¢ isso? Um rei possufa um trono. Algumas vezes ele 0 carregava nos bracos e, outras, sobre sua cabega.'? Parte Um 39 Perguntaram-lhe 0 motivo disso e ele respondeu: Porque € belo, e € uma pena sentar-se nele. Perguntaram-lhe: Onde ele 0 colocou sobre sua cabega? Respondeu ele: No Mem aberto.”Estd, portanto, escrito (Salmos 85:12): "A Verdade germina da terra e, do céu, a Justiga olha para baixo." 38. O Rabino Amorai sentou-se, e explicou: Qual € 0 significado do versfculo (Salmos 87:2) “Deus ama as portas de Sido mais que todas as moradas de Jacé"? “As portas de Sido" sdo as “aberturas do Mundo" Uma porta nada mais é que uma abertura. Dizemes, portanto: “Abra para nds as portas da misericérdia."* Deus disse: Amo as “portas de Sido" quando estdo abertas. Por qué? Porque elas se encontram do lado do mal, Mas quando Israel faz © bem diante de Deus e sio dignos de que o bem se abra para eles, entdo, Deus os ama - "mais que todas as moradas de Jacé". " ["As moradas de Jacé"] sio todas de paz, conforme estd escrito (Génese 25:27): "Jacé era um homem simples, morando sob tendas. 39, Assemelha-se a dois homens, um deles tem inclinagao para fazer o mal, e faz 0 bem; € 0 outro, tem inclinagdo para fazer 0 bem, e faz o mal. Qual é mais digno de louvor? Aquele que tem inclinagéo para fazer 0 mal e faz o bem, pois pode fazer, mais uma vez, o bem. Est4, portanto, escrito (Salmos 87:2): “Deus ama as portas de Sido mais que todas as moradas de Jacé." Essas [moradas] sao todas de paz, conforme estd escrito (Génese 25:27): "Jacé era um homem simples, morando sob tendas." 40. Seus alunos lhe perguntaram: O que & Cholem?* Respondeu ele: E a alma - e seu nome é Cholem.”* Seaescutarem, seus corpos serdo vigorosos (Chalam) no Futuro Supremo. Mas, ao se rebelarem contra ela, haveré doenga (Cholé) sobre suas cabegas e males (Cholim) sobre a cabega da alma. 40 O Ban 41. Disseram, também: Cada sonho (Chalom) esté no Cholem. Cada preciosa pedra branca esté no Cholem. Est4, portanto, escrito [a respeito do peitoral do Sumo Sacerdote] (Exodo 28:19): "(E na terceira fileira...] uma pedra branca (aChLaMah)."* 42, Disse-lhes: Vinde, e escutai os finos pontos relativos aos pontos vogais encontrados na Tord de Moisés. Sentou-se, e explicou: Chirek odeia os que fazem o mal, e os pune. Esse lado inclui 0 citime, 0 ddio e a competicao, Est4, portanto, escrito (Salmos 37:12): "Ele range (Chorek) seus dentes contra eles." Nao leia chorek (range), porém rochek (repele). Afasta (rachek) esses tragos de ti, e afasta-te do mal. Certamente, 0 bem se ligard a vocé. 43. Chirek. Nao leia ChiRiK, porém KeRaCh (gelo). Qualquer coisa que o Chirek toca, se transforma em gelo. Esta, portanto, escrito (Exodo 34:7): "e limpa". 44, O que indica Chirek ter a conotagdo de "queimar"?°6 Devido a ser o fogo que queima todo o fogo. Est4, portanto, escrito (J Reis 18:38): "E 0 fogo de Deus caiu e consumiu o holocausto, a lenha, as pedras, e secou a 4gua que estava no rego." 45. Disse ele: Qual € 0 significado do versfculo (Exodo 20:15) "E todo 0 povo viu as vozes"? So essas as vozes sobre as quais falou o Rei Davi. Estd, portanto, escrito (Salmos 29:3): "A voz de Deus est4 sobre as Aguas, 0 Deus glorioso troveja." [Essa é a primeira voz.] {A segunda voz é] (Salmos 29.4): "A voz de Deus vem com forca." A respeito disso, esta escrito, (Isafas 10:13): "Pela forca da minha mio, fiz isso." Estd, similarmente, escrito (Ivafas 48:13): "E também Minha mao fundou a terra." [A terceira voz é] (Salmos 29:4): "A voz de Deus no esplendor." Parte Um 41 Est4, também, escrito (Salmos 111:3): "Sua obra € esplendor e majestade, e Sua justiga permanece para sempre." [A quarta voz é] (Salmos 29:5): "A voz de Deus despedaga os cedros." Esse € 0 arco que despedaga os ciprestes e os cedros. [A quinta voz €] (Salmos 29:7): "A voz de Deus langa chispas de fogo." Isso € 0 que faz a paz entre a dgua e o fogo. Langa 0 poder do fogo, e o impede de secar a dgua. Impede, também, [a Agua] de 0 extinguir. [A sexta voz é] (Salmos 29:8): "A voz de Deus sacode 0 deserto." Estd, portanto, escrito (Salmos 18:51): "Ele faz 0 bem ao Messias, a Davie sua descendéncia, para sempre" ~ mais do que [quando Israel estava] no deserto. [A sétima voz é] (Salmos 29:9): "A voz de Deus faz dar cria as corgas, descasca as florestas e, em Seu Templo, todos dizem Gloria." Est4, portanto, escrito (Cantico dos Canticos 2:7): "Eu as obrigo por um juramento, O filhas de Jerusalém, com as hostes, ou com as cor¢as do campo." Ensina que a Tord foi concedida com sete vozes. Em cada uma delas, o Mestre do universo revelou-se a elas, e elas O viram. Esté, portanto, escrito: "E todo 0 povo viu as vozes." 46. Declaraum versfculo (2 Samuel 22:10): "Ele inclinou os céus edesceu, uma névoaescura debaixo de Seus pés." Diz outro versfculo (Exodo 19:20): "E Deus desceu ao Monte Sinai, até 0 topo da montanha.” Todavia, outro versfculo (Exodo 20:22) declara: "Do céu, Eu vos falei." Como reconciliar isso? O Seu “grande fogo" estava na terra, e essa era uma voz. As outras vozes estavam no cé Estd, portanto, escrito (Deuterondmio 4:36): "Dos céus, Ele fez com que ouvisses a Sua voz, para te instruir; Ele te fez ver o Seu grande fogo sobre a terra, e ouviste Suas palavras do meio do fogo." Que [fogo] era esse? Era o "grande [fogo" que estava sobre a terra.] De onde emanou 0 discurso? Desse fogo, conforme estd escrito: “e ouviste Suas palavras do fogo". 42 O Baur 47. Qual € o significado do versfculo (Deuterondmio 4:12) "Nenhuma forma distinguistes, nada além de uma voz"? Explicou-se isso quando Moisés disse a Israel (Deuterondmio 4-15): "Nao vistes uma imagem inteira." Vistes uma imagem, mas nao "toda a imagem". Como é? Um rei est4 diante de seus servos, envolvido por um manto branco.”” Embora esteja distante, os servos podem escutar sua voz. Isso é verdadeiro, mesmo que nao vejam sua garganta quando ele fala. De maneira semelhante, viram uma imagem, porém nao "toda a imagem" Est, portanto, escrito: "Nenhuma forma distinguistes, nada além de uma voz." Est4, também, escrito (Deuteronédmio 4:12): "Ouvistes uma voz de palavras." 48. Declara um versiculo (Exodo 20:15): "e todo 0 povo viu as vozes". Todavia, outro versfculo (Deuterondmio 4:12) declara: "Ouviste uma voz de palavras." Como podem [os dois serem reconciliados]? A princfpio, viram as vozes. O que viram eles? As sete vozes mencionadas por Davi. Mas, ao final, escutaram a palavra que emanava de todas elas. Mas aprendemos que havia dez.”* Nossos sdbios ensinaram que todas foram ditas com uma tinica palavra. Mas dissemos que havia _ sete. Havia sete vozes. A respeito de trés delas, esté escrito (Deuteronémio 4:12): “Ouvistes uma voz de palavras, mas nenhuma forma distinguistes, nada além de uma voz." Ensina que todas foram ditas com uma tinica palavra. Assim é para que Israel nao cometa um erro e diga: "Outros O ajudaram. Pode ter sido um dos anjos. Mas Sua voz sozinha nao poderia ser tao poderosa." Por essa razao Ele voltou eas incluiu [em uma tinica palavra]. 49. Outra explicagdo: Parte Um 43 Assim foi para que o mundo nao diga que, como existiram dez declaragdes para dez reis, pode ser que Ele no fosse capaz de falar por todos eles através de um. Por isso, Ele disse (Exodo 20:2): "Eu sou [o Senhor vosso Deus]", 0 que inclufa todas as dez. Que sao os dez reis? So as sete vozes e as trés declaragdes (Amarim). Que sao as dez declarages? [S40 aquelas a que aludeo versfculo] (Deuteron6mio 26:18): "Deus hoje te disse. Que sao as trés? [Duas so mencionadas no versfculo] (Provérbios 4:7): "O princfpio € Sabedoria: adquire Sabedoria; com todos os teus ganhos, adquira Compreensao." Est4, portanto, escrito (/6 32:8): "A alma de Shadai lhes dé Compreensdo." O que Ihes d4 Compreensao ¢ a alma de Shadai. Qual € a terceira? Como disse o velho a crianga: "No que estd oculto para ti, nao busques; e do que ¢ secreto para ti, no indagues. Onde tiveres auto- ridade, busca compreender, mas nao deves te ocupar dos mistérios."* 50. Aprendemos que (Provérbios 25:2): "A gléria de Deus € ocultar uma palavra." palavra"? Aquilo acerca do qual esta escrito (Salmos 119-160): "O Prinefpio de Tua palavra é verdade." [Estd, também, escrito] (Provérbios 25:2): "A gléria dos reis & sondar uma palavra." O que é essa “palavra"? Aquilo acerca do qual estd escrito (Provérbios 25:11): "Uma palavra falada em seu lugar oportuno (Afen-av)." Nao leias "seu lugar oportuno” (Afen-av), mas “sua roda" (Ofen‘av).*" 51. Os discfpulos perguntaram ao Rabino Berac! "Deixa-nos discutir essas palavras", mas ele ndo Ihes dava permissao. Certa vez, todavia, deu-lhes permissdo, mas o fez para testd-los, para ver se, agora, prestariam bastante atengao. Um dia testou-os e disse: "Deixai-me escutar a sabedoria de todos." 44 O Bane Eles comegaram e disseram: Um € "No princfpio". [Dois €] (Isafas 57:16): "O espfrito que se reveste vem de Mim, e Eu criei as almas." [Trés 6] (Salmos 65:10): “As divisdes de Deus sao cheias d'4gua." Que sdo essas “divisdes"? Tu nos ensinaste, nosso mestre, que Deus tomou as Aguas da criagao e as separou, colocando metade nos céus e metade no oceano. Esse € 0 significado de "as divisGes de Deus sdo cheias d'dgua". Através delas, 0 homem estuda a Tord. Assim ensinou 0 Rabino Chama: Por causa do merecimento de atos de bondade, uma pessoa pode estudar a Tord. Esta, portanto, escrito (Isafas 55:1): "Ah, todos os que tendes sede, vinde a 4gua; aquele que nao tem prata, que venha, armazene e coma." Ide até Ele, e Ele te dard bondade e tu "armazenards e comerds". 52. "Que venha aquele que nao tem prata", pode também ser explicado de outro modo. Deixe que ele venha a Deus, pois Ele tem prata. Esta, portanto, escrito (Ageu 2:8): “A Mim pertence a prata e a Mim pertence 0 ouro." Qual € 0 significado do versfculo "A Mim pertence a prata e a Mim pertence 0 ouro"? Como 6€? Um rei tinha dois tesouros, um de prata e um de ouro. Colocou o de prata a sua direita e o de ouro, a sua esquerda. Di [da prata]: "Esse deve estar pronto e é facil de se levar." Ele mantém calmas as suas palavras. Ele & liga do aos pobres, e os dirige calmamente. Estd, portanto, escrito (Exodo 15:6): "Tua mio direita, O Deus, pela forga se assi Se regozijar-se com seu quinh; contrério (Exodo 15:6), "Tua mao direita, O Deus, estracalha o inimigo". Ele Ihes disse: Isso é em referéncia ao ouro. Est4, portanto, escrito: "A Mim pertence a prata e a Mim pertence 0 ouro." Parte Um 45 53. Por que € [o ouro] chamado ZaHaV? Porque inclui trés atributos, [que sdo aludidos nas suas trés letras, Zain, Heh, Bet]. [O primeiro atributo é] Macho, (Zachar). Esse € Zain. [O segundo é] a Alma. Esse & Heh, [O valor numérico de Heh € cinco, fazendo alusao aos] quatro nomes da alma: Nefesh, Ruach, Neshamd, Chaya, Yechidd.* Qual ¢0 propédsito do Heh? Eumtrono para Zain. Estd, portanto, escrito (Eclesiastes 5:7): "Pois um zela acima do outro." Bet € seu sustento. Estd, portanto, escrito (Génese 1:1): "No (Bet) princfpio [Deus] criou..." 54, Qual & sua fungdo aqui? Como é€ isso? Certo dia, um rei teve uma filha que era boa, agraddvel, bonita e perfeita. Ele a casou com um principe real, e a vestiu, coroou, cobriu de jdias e Ihe deu muito dinheiro. E possfvel que o rei, algum dia, abandone sua filha? Terds de concordar que nao. E possfvel que o rei esteja, constantemente, com ela? Também concordards que nao. O que ele pode, entao, fazer? Pode colocar uma janela entre os dois e todas as vezes que 0 pai precisar da filha, ou a filha precisar do pai, se juntarao por intermédio da janela. Estd, portanto, escrito (Salmos 45:14): "Cheia de gléria éa filha do rei por dentro, sua vestimenta & cravejada de ouro." 55. O que é Bet no final? [Conforme esta escrito] (Provérbios 24:3): "Com sabedoria ser4 a casa (Bait) construfda. Oversfculo nao fala "foi construida", mas "serd construfda". No futuro, Deus a construird e a decorard, milhares de vezes mais do que era. E como dissemos: Por que a Tord principia pela letra Ber? Conforme estd escrito (Provérbios 8:30): "Eu estava junto com Ele como mestre-de-obras, eu era o seu encanto por um dia, um dia, [todo o tempo brincava em sua presenga]." Sao esses os dois mil anos, que estado no "principio". Dois? Mas as Escrituras dizem sete, conforme estd escrito (Isafas 46 O Bank: 30:26): "A luz da lua serd igual a luz do sol, e a luz do sol serd sete vezes mais forte [como a luz dos sete dias]." E dissemos: "Do mesmo. modo que o sol era por sete, assim a lua era por sete." [Ele respondeu:] "Eu disse milhares." 56. Disseram-lhe: Até agora, existem cinco. O que vem a seguir?*> Ele respondeu: Primeiro, explicarei 0 ouro. O que é 0 ouro? Aprendemos que é de onde emana justiga. Se inclinares tuas palavras a direita ou a esquerda, serds punido. 57. Qual 60 signifi ser igual a luz do sol e a luz do sol ser sete vezes ma a luz dos sete dias"? O versfculo nao diz "sete dias", mas “os sete dias". Sdo esses os dias a respeito dos quais estd escrito (Exodo 31:17): "Em seis dias Deus fez [o céu e a terra." Conforme disseste, Deus fez seis belos vasos. O que sio eles? "O céu ea terra." Nao sao sete? Sim, conforme esta escrito (ibid.): "E no sétimo dia, Ele descansou e tomou alento." Qual ¢ 0 significado de "tomou alento"? Isto nos ensina que o Shabat sustenta todas as almas. Por isso, est escrito que "tomou alento". \do do versfculo (Isafas 30:26) "A luz da lua forte, como 58. Outra explicagdo: Isto nos ensina que é daf que a alma se desprende. Estd, portanto, escrito: “e Ele tomou alento". Continua por um milhar de geragdes. Est4, portanto, escrito (Salmos 105:8): "A palavra que Ele empenhou por mil geragdes."* Diz imediatamente depois disso: "[a alianga] que Ele travou com Abraio". Qual 0 significado de "travou"? Ele travou uma alianga entre os dez dedos de suas maos e os dez artelhos de seus pés.°” Abraio estava envergonhado. Deus, entdo, Ihe disse (Génese Parte Um 47 17-4): "Quanto a Mim, Minha alianga é contigo", e, com isso, "serds o pai de muitas nagdes". 59. Por que o céu é chamado Shamaim? Ensina que Deus amassou fogo e 4gua, e os combinou. Disso Ele fez o "princfpio de Seu mundo". Estd, portanto, escrito (Salmos 119-160): "O princfpio de Teu mundo é a verdade."* Por isso € chamado Shamaim - Sham Maim (existe Agua) - Esh Maim (fogo 4gua). Disse-lhes: Esse € 0 significado do versfculo (J6 25.2) "Ele faz a paz nas Suas alturas". Ele colocou paz e amor entre eles. Possa Ele colocar, também, paz e amor dentre nds. 60. Dizemos, também (Salmos 119:164): "sete vezes por dia eu Te louvo por Teus julgamentos justos". Perguntaram-lhe; "Quais sao?" Respondeu ele: "Nao examinais cuidadosamente. Sede precisos, € os encontrareis." 61, Perguntaram-lhe: "O que é a letra Tzadi?" Disse ele: Tzadi é um Nun e um Yud. Seu companheiro 6, também, um Nun e um Yud.” Est4, portanto, escrito (Provérbios 10:25): "O justo (Tzadik) & a fundagdo do mundo," 62. Perguntaram-lIhe: Qual & o significado do versfculo [a respeito de Balak e Balado] (Nuimeros 23:14) "E levou-o ao campo dos videntes". Oque é0 "campo dos videntes"? Conforme estd escrito (Cantico dos Canticos 7:12): "Vinde, meu bem amado, vamos ao campo." Nao leia Sadé (0 campo), mas Sidé (carruagem). O que € essa carruagem? Disse ele: "O Cora Abengoado." Seu coragio disse ao Santo Abengoado: "Vinde, meu bem amado, vamos passear na carruagem. Nao permanecerd constante- mente em um tnico lugar." io do Santo 48 O Bair Fig. 6. Tzadi, mostrando como € formado pelo Nun ¢ pelo Yud. 63. O que € seu coragdo? Disse ele: Se for assim, Ben Zoma estd do lado de fora, e vés estais com ele.” O coragdo (Lev) [em valor numérico] € trinta e dois. Esses so secretos, e com eles o mundo foi criado. Que sio esses 32? Disse ele: Sa0 os 32 Caminhos E qual um rei que estivesse na mais recOndita de varias camaras. Ontimero de tais cdmaras era 32 e, para cadauma, haviaum caminho. Deveria 0 rei, entdo, trazer todos para sua camara através desses caminhos? Concordareis que ele nao deveria. Deveria ele revelar suas joias, suas tapecarias, seus segredos ocultos e escondidos? Concor- dareis, mais uma vez, que ele ndo deveria. O que faz o rei? Ele toca a Filha e inclui todos os caminhos nela e em suas vestimentas. Aquele que deseja entrar, deve ali fitar.* Ele a casou com um rei e, também, Ihe deu ela como presente. Por causa do seu amor por ela, ele, as vezes, a chama de “minha 4 Parte Um 49 irma", pois séo ambos do mesmo lugar. As vezes, a chama de minha filha, pois ela é, de fato, sua filha, E, 4s vezes, a chama de "minha mae". 64. Além do mais, se nao houver sabedoria, nao haverd justi¢a. Estd, portanto, escrito (1 Reis 5:26): "E Deus deu sabedoria a Salomao." Ele, entio, julgou o caso [das duas mies e a crianga] corretamente, e est4, portanto, escrito (I Reis 3:28): "E toda Israel ouviu o julgamento feito pelo rei, e temeram o rei, pois viram que, no julgamento, a sabedoria de Deus estava nele." 65. E que sabedoria Deus concedeu a Salomao? Salomao tem o nome de Deus. Dissemos, portanto, que quando Salomao é mencionado no Céntico dos Canticos, € um nome sagrado, exceto em uma instancia.* Deus lhe disse: "Sendo teu nome como o nome da Minha Gléria, deixarei que cases com minha filha." Mas ela é casada! Digamos que Ele lha concedeu como dadiva. Est4, portanto, escrito (1 Reis 5:26): "E Deus deu sabedoria a Salomao." Aqui, todavia, nao est4 explicado. Onde estd, entdo, explicado? Quando as Escrituras declaram (I Reis 3:28): "Pois viram que, no julgamento, a sabedoria de Deus estava nele." Observamos, por- tanto, que a sabedoria a ele concedida por Deus era tal que podia "fazer julgamento". Qual o significado de "fazer julgamento"? Enquanto uma pessoa faz julgamento, a sabedoria de Deus esta dentro dela, E isso que a ajuda e faz com que se aproxime. Se nao, a afasta, e nao somente isso, mas a castiga. Est4, portanto, escrito (Levitico 26:28): “Eu vos castigarei, também Eu." 66. E disse o Rabino Rahumai: Qual ¢ 0 significado do versfculo (Levitico 26:28) "[Eu vos castigarei,] também Eu"? Deus disse: "Eu vos castigarei." A Congregagio de Israel disse: "Nao penses que buscare. 50 O Ban misericérdia para ti, mas eu te castigarei. No apenas emitirei julgamento, mas também te castigarei."“ 67. Qual € 0 significado de (Levitico 26:28) "(Eu vos castigarei também Eu], sete [vezes] por teus pecados"? Disse a Congregagao de Israel: "Eu vos castigarei, também Eu" - e, também, aqueles a respeito dos quais est4 escrito (Salmos 119;164): "Sete [vezes] cada dia eu Te louvei."* Juntaram-se a ela e responderam: Também nds sete. Mesmo que dentre nds esteja aquele que se transpde, aquele que supervisiona 0 bem e o merecimento, nds, também, reverter-nos-emos e castigare- mos. Por qué? Por causa de vossos pecados. Mas se voltardes a Mim, Eu voltarei, entdo, a vds. Est4, portan- to, escrito (Malaquias 3:7): “Voltai a Mim, e Eu voltarei a vés." As Escrituras néo dizem: “Trazer-vos-ei de volta a Mim." Ao invés, dizem: "Eu voltarei a vés" - convosco. Todos nds buscaremos a misericérdia do Rei. O que diz o Rei? [Diz] (Jeremias 3:22): "Voltai, filhos rebeldes, Eu vos curarei de vossas rebelides." [Ele, também, diz] (Ezequiel 18:30): "Voltai e trazei de volta." Qual € 0 significado do versfculo "Voltai e trazei de volta"? Voltai e pedi aqueles Sete para que voltem convosco. Dizem, portanto, as Escrituras: "e trazei de volta" - aqueles a respeito dos quais est4 escrito: "sete [vezes] por teus pecados". 68. Os discfpulos perguntaram ao Rabino Rahumai: Qual o significado do versfculo (Habacuc 3:1) "Uma oragao de Habacuc, 0 profeta, para erros". Uma oracdo? Deveria ser chamada de louvor [pois fala da grandeza de Deus]. Mas quem quer que retire seu corac4o dos assuntos mundanos e se dedique aos Mistérios da Carruagem* é aceito diante de Deus como se orasse 0 dia todo. E, por isso, chamado de "oragdo". Qual € 0 significado de “para erros"? Conforme estd escrito [a respeito da sabedoria] (Provérbios 5:19): "Com este amor, sempre errards."47 Parte Um Si Do que est4 falando? Dos Mistérios da Carruagem, conforme estd escrito (Habacuc 3:2): "O Deus, ouvi a Tua fama e temi." 69. Qual é 0 significado de “Ouvi a Tua fama e temi, [0 Deus, faz viver a Tua obra no meio dos anos]"? Por que dizo versfculo "temi" depois de “ouvi a Tua fama" e nao depois de "no meio dos anos"? Mas foi "a Tua fama" que "temi". O que é “a Tua fama"? E 0 lugar onde escutam os relatos. Por que diz o versfculo "ouvi", e nao “compreendi"? [A palavra “ouvi" tem a conotagdo de compreensdo], conforme encontramos (Deuteronémio 38:49): "Uma nagao cuja linguagem nao se ouve." 70. Por que disse ele "temi"? Porque 0 ouvido se assemelha & letra Alef. Alef€ a primeira de todas as letras. Além disso, Aleffaz com que todas as letras se preservem. Alef se assemelha ao cérebro, Quando mencionas Alef, abres a boca. O mesmo é verdadeiro do pensamento, quando estendes teus pensamentos ao Infinito e ao Tlimitado. Todas as letras emanam do Alef. Nao vemos que ele vem primeiro? Est4, portanto, escrito (Miquéias 2:13): "Deus (YHVH) estava diante deles." Temos uma norma, que cada Nome escrito com Yud Heh Vay Heh refere-se, especificamente, ao Santo Abengoado e € consagrado com santidade. Qual € 0 significado de "com santidade"? Eo Paldcio Sagrado. Onde fica 0 Palacio Sagrado? Dirfamos que fica no pensamento e no Alef. Esse € 0 significado do versfculo "Ouvi a Tua fama e temi". 71. Por isso, disse Habacuc: Sei que minha oragio é aceita com deleite. Também deleitei-me quando cheguei Aquele lugar onde compreendi "da Tua fama, e temi". Por isso, “faz viver a Tua obra no meio dos anos" - através de Tua unidade. 52 OB axR Como é isso? Um rei, que era talentoso, escondido e secreta- mente foi para sua casa e determinou que ninguém procurasse por ele. Por isso, aquele que procura, tem medo de que o rei venhaa descobrir que violou a ordem do rei. [Habacuc], por isso, disse: "Temi, 6 Deus, faz viver a Tua obra no meio dos anos." Foi isso 0 que Habacuc disse: Porque Teu nome est4 em Ti, eem Tiest4 Teu nome, "faz viver a Tua obra no meio dos anos". Portanto, serd para sempre. 72. Outra explicacdo de "Faz viver a Tua obra no meio dos anos": Como ¢ isso? Um rei tinha uma bela pérola, que era 0 tesouro do seu reino. Quando esté feliz, ele a abraga, a beija, a coloca em sua cabega e a ama. Habacuc disse: Mesmo que os Reis estejam Contigo, a pérola amada est4 em Teu mundo. Por isso: "Faz viver a Tua obra no meio dos anos". Qual € 0 significado de "anos"? Est4 escrito (Génese 1:3): "E Deus disse: 'Hajaluz’." A luz nao é senao o dia, conforme estd escrito (Génese 1:16): "O grande luzeiro para governar o dia e 0 pequeno luzeiro para governar a noite." Os anos sao feitos de dias. Est, portanto, escrito: “Faz viver a Tua obra no meio dos anos" - no meio daquela pérola que faz surgir os anos. 73. Mas estd escrito (Isafas 43:5): "[Nado temas porque estou contigo, ] do Oriente trarei a tua semente." O sol se levanta no oriente, e dizes que a pérola é 0 dia. [Ele respondeu:] Estou falando apenas a respeito do versfculo (Génese 1:5) "E houve uma tarde e uma manha, um dia". A respeito disso est4 escrito (Génese 2:4): "No dia que Deus criou 0 céu ea terra." 74. E esta escrito (Salmos 18:12): "Das trevas Ele fez Seu esconderijo, Sua tenda, Sua Sucd, de 4guas escuras e nuvens espessas dos céus (Shechakim)."° Parte Um a Disse ele: A respeito disso, estd escrito (Isafas 45:8): "Os céus (Shechakim) derramam justiga." Essa justiga (tzedek) & 0 Atributo do Julgamento para o mundo. Estd, portanto, escrito (Deuterondmio 16:20): "Justiga, justica, devereis buscar." Imediatamente depois disso, estd escrito: "para que possais viver e ocupar a terra". Se julgares a ti mesmo, entao, viverds. Caso contrdrio, serés julgado e isso se cumpriré, mesmo contra a tua vontade. 75. Por que a Tord diz "justiga, justiga" duas vezes? Disse ele: Porque as Escrituras continuam (Salmos 18:13): "No clarao diante Dele."*! A primeira “justiga" €a justiga literal (Tzedek). Essa é a Presenca Divina, Estd, portanto, escrito (Isafas 1:21): "Onde habita a justiga." O que éa segunda "justiga"? E a justiga que amedronta os justos. A justiga 6 a caridade (Tzedakd) ou nao? Disse ele que nao. Por qué? Porque est escrito (Isafas 59:17): "Ele vestiu a justiga qual uma cota de malha e [um elmo de salvagdo em Sua cabega]." Sua cabega nada mais € que a Verdade. Est4, portanto, escrito (Salmos 119:160): “O principio de Tua palavra é a verdade." A verdade nada mais é que a paz. Est4, portanto, escrito [que 0 Rei Ezequias disse] (Isafas 39:8): "Nos meus dias haverd paz e verdade." E possfvel que um homem diga isso? Mas isso é 0 que Ezequias disse: O atributo que Tu deste a Davi, meu ancestral, é a metade dos meus dias, e a paz e a verdade sao metade dos meus dias. Por isso ele mencionou “meus dias". Ele mencionou ambos: "paz e verdade" e "nos meus dias", pois tudo é um. Esté, portanto, escrito (Génese 1:5): "E houve uma tarde € uma manhi, um dia." [O dia reconcilia a manhi e a noite, e por isso é paz.] Assim como o dia é paz, ele escolheu a paz. Est4, portanto, escrito (2 Reis 20:19): "Paz e verdade existiréo nos meus dias." 54 O Baur Isso se passar4 através do atributo concedido a Davi. A respeito disso, estd escrito (Salmos 89:37): "Seu trono ser4 como o sol a Minha frente." 76. Qual € 0 significado do versfculo (Habacuc 3:2) "faz conhecer a Tua obra no meio dos anos"? Disse ele: Sei que Tu és 0 Santo Deus, conforme estd escrito (Exodo 15-11): "Quem € igual a Ti, poderoso em santidade?" A Santidade est4é em Ti, e Tu estds na Santidade.** Contudo, "faz conhecer a Tua obra no meio dos anos". Qual € 0 significado de "faz conhecer"? [Significa] que Tu deves ter misericérdia. Est, portanto, escrito (Exodo 2:25): "E Deus viu os filhos de Israel, e Deus conheceu." Qual € 0 significado de "e Deus conheceu"? Como ¢ isso? Um rei tinha uma bela esposa, e filhos com ela. Ele Os amava e os criava, mas eles seguiram caminhos malignos. O rei, entao, odiou a ambos, os filhos e sua mae. A mie dirigiu-se a eles e disse: "Meus filhos! Por que fazem isso? Por que fazem com que seu pai odeie a ambos, vocés e eu?" [Ela assim lhes falou] até que sentiram remorso e cumpriram a vontade de seu pai. Quando o rei viu isso, amou-os tanto quanto os amara no princfpio. Lembrou-se, também, da mae deles. Esse é 0 significado do versfculo "E Deus viu... E Deus conheceu". E, também, o significado do versfculo "faz conhecer a Tua obra no meio dos anos". 77. Qual € 0 significado do versfculo (Habacuc 3:2) "Na célera, lembra-te do amor (rachem)"? Disse ele: Quando Teus filhos pecam diante de Ti e Tu estas encolerizado com eles, “lembra-te do amor". Qual é 0 significado de "lembra-te do amor"? Aquilo a respeito do que estd escrito (Salmos 18:2): "Eu Te amo (rachem), O Deus, minha forga." E Tu lhe deste esse atributo, que é a Presenga Divina de Israel. Parte Um a Lembrou-se de seu filho, que ele herdou e que Tu Ihe deste. Es- t4, portanto, escrito (7 Reis 5:26): "E Deus deu sabedoria a Salo- mio." E Tu deves recordar Abraao, pai deles, conforme esté escrito (Isafas 41:8): "A semente de Abraio, Meu amigo" - "faz conhecer a Tua obra no meio dos anos." 78. Onde vemos que Abraao tinha uma filha? Esta escrito (Génese 24:1). "E Deus, em tudo, havia abencoado Abraio (BaKol)."* Est4, também, escrito (Isafas 43:7): "Todos os que so chamados pelo Meu nome, os que criei para Minha gloria, os que formei e fiz." Isso abengoava sua filha, ou néo? Sim, era a sua filha. Como é isso? Um rei tinha um escravo que, para ele, era completo e perfeito. O rei testou o escravo de varias maneiras, mas © escravo suportou todas as tentagGes. Disse 0 Rei: "O que darei ao escravo? O que farei por ele? Nada mais posso fazer do que ordenar a meu irmao mais velho que 0 aconselhe, zele por ele e o honre."** Assim sendo, 0 escravo foi ao irmao mais velho e aprendeu seus atributos. O irmao 0 amou muito, e o chamou de amigo. Est4, portanto, escrito (Isafas 41:8): "A semente de Abrado, Meu amigo." Disse ele: “O que lhe darei? O que posso fazer por ele? Vede, fiz um belo cdlice e nele esto lindas jéias. Nos tesouros dos reis, nao hd nada que se assemelhe a ele.* Dar-lho-ei, e ele ser digno em seu lugar." Esse € 0 significado do versfculo "E Deus, em tudo, havia abencoado Abraio". 79. Outra explicacao: [Est4 escrito] (Habacuc 3:2): “Ouvi a Tua fama, e temi." [Isso significa:] "Compreendi 0 que se dizia sobre Ti, e temi."*” O que ele compreendeu? Compreendeu o pensamento de Deus. Mesmo 0 pensamento [humano] ¢ infinito, pois o homem pode pensar e descer até o fim do mundo. 56 O Bank O ouvido é, também, infinito, e nunca saciado. Est4, portanto, escrito (Eclesiastes 1:8): "O ouvido nao se farta de ouvir." Por que é assim? Porque 0 ouvido tem a forma do Alef.** Alef é a raiz dos Dez Mandamentos.® Por isso, 0 ouvido nao se farta de ouvir. 80. Qual €0 significado da letra Zain na palavra OZeN (ouvido)? Dissemos que tudo aquilo que o Santo Abengoado trouxe ao Set mundo tem um nome emanando de seu conceito. Estd, portanto, escrito (Génese 2:19): "Tudo 0 que 0 homem chamou, cada alma viva, esse foi o seu nome." Ensina que o corpo de cada coisa era assim. E como sabemos que 0 nome de cada coisa é 0 seu corpo? Estd escrito (Provérbios 10:7): "A meméria dos justos seré ben- dita, o nome dos fmpios apodrecerd." O que, de fato, apodrece: seus nomes ou seus corpos? [Devemos concordar que sdo seus corpos.] Aqui, também, [o nome de cada coisa se refere ao] seu corpo. 81. O que é um exemplo disso? Tomai a palavra “raiz" - ShoReSh (Shin Resh Shin). A letra Shin se assemelha as rafzes de uma drvore.® [Resh 6, portanto, inclinado, como] a raiz de cada drvore é inclinada. E qual a fungao do Shin final? Ensina que se tomarmos um galho eo plantarmos, ele outra vez criaré rafzes. Qual a fungio do Zain [em OZeN - ouvido]? [Seu valor numérico é sete,] que corresponde aos sete dias da semana. Ensina que cada dia tem seu préprio poder. E qual a sua fungao [na palavra OZeN]? Isto ensina que, assim como hd sabedoria infinita no ouvido, do mesmo modo hd poder em todas as partes do corpo. 82. Quais sdo as sete partes do corpo do homem? Estd escrito (Génese 9: ‘A imagem de Deus, Ele criou 0 homem." Est4, também, escrito (Génese 1:27): "A imagem de Deus Parte Um Fd Ele 0 criou" - contando todos os seus membros e partes. Mas dissemos: A que se assemelha a letra Vav? Encontra-se uma alusio no versfculo (Salmos 104-5) “Ele espalha luz qual uma vestimenta". Pois Vav nada mais é do que as seis direcdes. Ele respondeu: A alianga da circuncisdo e a companheira do homem sao consideradas uma s6. Suas duas maos, entdo, formam trés; sua cabega e corpo, cinco; e suas duas pernas, formam sete. Correspondendo a eles, esto seus poderes no céu. Estd, portanto, escrito (Eclesiastes 7:14): “Deus fez tanto um quanto seu oposto." Sio esses os dias [da semana, conforme estd escrito] (Exodo 31:17): "Porque seis dias Deus criou 0 céu e a terra." As Escrituras nao dizem "em seis dias", porém, "seis dias". Ensina que cada dia [da semana] tem seu préprio poder especffico. 83. Qual € 0 significado do Nun [na palavra OZeN]? Ensina que o cérebro é a parte principal da medula espinhal. Constantemente nutre-se daf e, se nado fosse pela medula espinhal, 0 cérebro nao resistiria. E, sem 0 cérebro, 0 corpo nao resistiria. Todo o corpo existe a fim de prover as necessidades do cérebro. E, se 0 corpo nao resistisse, 0 cérebro também nao resistiria. A medula espinhal € 0 canal que liga o cérebro a todo 0 corpo. E representado pelo Nun inclinado. Mas [na palavra OZeN], 0 Nun & ereto. O Nun ereto estd sempre no final de uma palavra. Ensina que 0 Nun ereto inclui ambos, o inclinado e 0 ereto. Mas 0 Nun inclinado éa Fundagao. Ensina que 0 Nun ereto inclui ambos, macho e fémea. 84. O Mem aberto. O que 6 0 Mem aberto? Inclui ambos, macho e fémea. O que € 0 Mem fechado? E feito na forma de uma barriga que vem de cima. Mas 0 Rabino Rahumai disse que a barriga ¢ como a letra Tet.* 58 O Banik Ele disse que a barriga é como a letra Tet por dentro, enquanto eu digo que é como a letra Mem por fora. 85. O que é um Mem? Nao 1é Mem, porém Maim (Agua). Assim como a 4gua é timida, do mesmo modo a barriga estd sempre timida. Por que o Mem aberto inclui ambos, macho e fémea, enquanto 0 Mem fechado é macho? Ensina que o Mem é, principalmente, macho. A abertura lhe foi, entio, acrescentada em nome da fémea. Assim como 0 macho nao pode dar a luz, do mesmo modo 0 Mem fechado nao pode dar & luz. E, assim como a fémea tem uma abertura através da qual dé a luz, do mesmo modo pode o Mem aberto dar & luz. Por isso, Mem € aberto e fechado. 86. Por que deveria o Mem ter duas formas, aberta e fechada? Porque dissemos: Nao 1é Mem, porém Maim (Agua). A mulher é fria e, por isso, deve ser aquecida pelo macho. Por que deveria o Nun ter duas formas, inclinado e ereto? Porque est4 escrito (Salmos 72:17): "Que Seu nome reine (ya- Nun) diante do sol." [Isto é,] dos dois Nuns, 0 Nun inclinado eo Nun ereto, e deve ser por intermédio do macho e da fémea. 87. Est4 escrito (Eclesiastes 1:8): "O ouvido nao se farta de ouvir." Est4, também, escrito (Eclesiastes 1:8): "O olho nao se sacia de ver." Ensina que ambos recebem do pensamento. Que é o pensamento? E um rei necessdrio a todas as coisas que foram criadas no mundo, tanto acima como abaixo. 88. Qual é o significado da expressio: “elevou-se no pensa- mento"? Por que nao dizemos “desceu [no pensamento]"? De fato, dissemos: "Aquele que fita a visio da Carruagem primeiro desce, e depois ascende."” Usamos aqui a expressio [de descer] porque dizemos: “Aquele Parte Um 59 que fita a visto (Tzafiat) da Carruagem." A tradugdo aramaica da palavra "visdo" (Tzafiat) é Sechuta [que significa uma coberta e alude ao fato de que, de cima, se est4 olhando para baixo].* Est4, também, escrito (Isatas 21:8): "E gritou como um ledo: 'Na torre de vigia (MiTzPé), O Deus'."® Aqui, todavia, falamos do pensamento, [e, por isso, fala-se apenas de ascens4o]. Pois o pensamento no inclui viso algumae nao tem qualquer final. E, tudo aquilo que nao tenha nenhum final ou limite, nao tem descida alguma. Por isso, dizem: "Alguém desceu ao limite do conhecimento de seu amigo." Pode-se chegar ao limite do conhecimento de uma pessoa, mas nao ao limite de seu pensamento. 89. O Rabino Amorai sentou-se, e explicou: Qual € 0 significado do Segol?” Seu nome é Seguld (tesouro). Vem depois do Zarka. Qual € 0 significado do Zarka? E semelhante ao seu nome - algo que & atirado (ni-Zrak). Assemelha-se aalgo que éatirado, e depois disso aparecem (Eclesias- tes 2:8) “os tesouros dos reis e das terras". 90. Qual é 0 motivo de ser chamado Zarka? Esté escrito (Ezequiel 3:12): "Bendita sejaa gléria de Deus desde Sua morada." Indica que nenhum ser conhece a Sua morada. Dizemos o nome [de Deus] sobre a Coroa, e vai até a cabega do Dono.” Estd, portanto, escrito [a respeito de Deus] (Génese 14:19): "Dono do céu eda terra." Quando vai, é como se fosse atirado (Zarka). Segue-o 0 tesouro (Seguld). Est4 no princfpio de todas as letras. 91. O que significa [esse acento] no final de uma palavra e ndo no princfpio? Ensina que essa Coroa se eleva cada vez mais alto. Est inclufdo e coroado, conforme est escrito (Salmos 1 18:22): "A pedra que os construtores rejeitaram tornou-se a principal pedra 60 O Bann angular." Ascende pelo lugar onde foi gravado, conforme estd escrito (Génese 49:24): "Desde 14 estd o Pastor, a Pedra de Israel."” 92. Disse ele, também: Por que motivo colocamos 1a azul no Tzitzit?” E por que hé 32 [fios]?”5 Como é isso? Um rei tinha um belo jardim, e nele existiam 32 caminhos. Colocou um vigia nesses caminhos, para mostrar que todos pertenciam somente a ele. [O rei] Ihe disse: "Vi; por eles todos os dias. Enquanto andar por esses caminhos, terds paz." Que fez o vigia? Designou outros vigias [na condigdo de seus assistentes, para vigiar] os caminhos. Disse ele: "Se estiver sozinho nesse caminhos, é impossfvel para mim, o tinico vigia, manter todos eles. Além do mais, as pessoas podem dizer que eu sou rei." O vigia, por isso, colocou seus assistentes em todos os caminhos. So esses os 32 caminhos.” 93. Qual o motivo do azul? Disse o vigia: “Talvez esses vigias-assistentes digam que 0 jardim nos pertence." Por isso, ele hes deu um sinal, e disse: "Vejam isso. E 0 emblema do rei, para indicar que o jardim Ihe pertence. Foi ele quem construiu esses caminhos, e eles nao sao meus. Esse € 0 seu selo." Como € isso? Um rei e sua filha tinham escravos, e desejavam viajar ao estrangeiro. Mas [os escravos] tinham medo, temendo 0 rei. Por isso ele lhes deu o seu emblema. Tinham, também, medo da filha, e ela [também] lhes deu um emblema.” Disseram: "De agora em diante, com esses dois emblemas ‘Deus vos guardard de todo o mal, Ele preservar4 vossas almas'."”* 94. O Rabino Amorai sentou-se, e explicou: Qual € 0 significado do versfculo (1 Reis 8:27) "Observe! O céu, e 0 céu do céu, ndo Te podem conter"? Ensina que o Santo Abencoado tem 72 nomes.” Parte Um 61 Todos eles foram colocados nas Tribos [de Israel]. Estd, portanto, escrito (Exodo 28:10): "Seis de seus nomes em uma pedra, € Os nomes dos outros seis na outra pedra, de acordo com suas geragdes." Est4, também, escrito (Josué 4:9): "Ele erigiu doze pedras." Assim como as primeiras sio (Exodo 28:12) “pedras de memorial", essas, também, so (Josué 4:9) "pedras de memorial". [Existem, portanto,] 12 pedras [cada uma contendo seis nomes], formando um total de 72. Correspondem aos 72 nomes do Santo Abengoado. Por que principiam com doze? Ensina que Deus tem doze diretores. Cada um deles tem seis Poderes [perfazendo um total de 72.) O que sao? Sao os 72 idiomas.” 95. O Santo Abencoado tem uma tinica Arvore, que possui doze fronteiras diagonais:*! A fronteira nordeste, a fronteira sudeste; A fronteira leste superior, a fronteira leste inferior; A fronteira sudoeste, a fronteira noroeste; A fronteira oeste superior, a fronteira oeste inferior; A fronteira sul superior, a fronteira sul inferior; A fronteira norte superior, a fronteira norte inferior; Espalham-se para todo o sempre; Sao os "bracos do mundo". Dentro delas esté a Arvore. Correspondendo a s diagonais, existem doze Funcionérios. Dentro da Esfera® existem, também, doze Funciondrios. Incluindo as préprias diagonais, temos um total de 36 Fun- cionérios. Cada um deles tem outro. Estd, portanto, escrito (Eclesiastes 5:7): "Pois um zela acima do outro." [Isso perfaz um total de 72.] Torna-se, portanto, evidente, que o leste tem nove, 0 oeste tem 62 O Bann nove, o norte tem nove e 0 sul tem nove.Sao doze, doze, doze, e sao os Funcionérios do Eixo, da Esfera e do Coragio.™ Seu total ¢ 36. O poder de cada um desses 36 estd em todos os outros. Embora existam doze em cada um dos trés, esto todos ligados uns aos outros. Portanto, todos os 36 Poderes esto no primeiro, 0 qual é o Eixo. E se os buscares na Esfera, encontrarés os mesmos. E se os buscares no Coracao, outra vez encontrar4s os mesmos. Por isso, cada um tem 36. Todos eles nao tém mais do que 36 Formas. Todos eles completam 0 Coragao [o qual tem valor numérico 32]. Restam, portanto, quatro. Some 32 a 32, ¢ 0 total é 64. Sao essas as 64 Formas. Como sabemos que 32 deve ser somado a 32? Porque est escrito (Eclesiastes 5:7): "Pois um zela acima do outro, [e existem outros superiores acima deles]." Temos, portanto, 64, oito menos que os 72 nomes do Santo Abengoado. Encontra-se uma alusio a eles no versfculo "e existem outros superiores acima deles", e sdo os sete dias da semana. Porém, ainda falta um. O versfculo seguinte refere-se a ele (Eclesiastes 5:8): "Em tudo, a vantagem do solo é 0 Rei. Oque éessa “vantagem"? Eo lugar de onde aterra foi esculpida. E uma vantagem sobre o que existira anteriormente. E qual é essa vantagem? Tudo o que as pessoas véem no mundo & tomado de seu brilho. E, entio, uma vantagem. 96. O que é a terra da qual os céus foram esculpidos? E 0 Trono do Santo Abengoado. E a Pedra Preciosa e o Mar da Sabedoria. Isso corresponde ao azul do Tzitzit. Disse, assim, o Rabino Meir:* Por que € 0 azul escolhido acima de todas as outras cores [para 0 Tzitzit]? Porque o azul se assemelha a0 mar, 0 mar se assemelha ao céu e 0 céu se assemelha ao Trono da Gloria. Est4, portanto, escrito (Exodo 24:10): "Eles viram 0 Deus de Israel e, debaixo de Seus pés, havia como um pavimento de safira, Parte Um 63 como a esséncia do céu na claridade." Além do mais, esté escrito (Ezequiel 1:26): "Semelhante a uma pedra de safira era a aparéncia de um Trono," 97. O Rabino Berachid sentou-se, e explicou: Qual €0 significado do versfculo (Exodo 25:2) "E eles devem Me trazer uma oferenda elevada (Terumd)"? Significa “Elevai-me com vossas oracdes." E quem? Aqueles cujos "coragdes os moverem a isso". Sido aqueles que estdo desejosos de se afastar desse mundo. Honrai-o, pois nele Eu rejubilo, uma vez que ele conhece Meu nome. Dele é proprio receber Minha oferenda elevada, conforme esté escrito (Exodo 25-2): "de cada homem cujo coragdo o mover a isso, receberds minha oferenda elevada". Daquele que se faz desejoso. Disse 0 Rabino Rahumai: [Isso se refere] aos justos e piedosos em Israel, que Me elevam acima de todo o mundo através de seu merecimento. Deles, o Coracdo é sustentado, eo Coracao os sustenta. 98. E todas as Formas Sagradas zelam por todas as nagdes. Mas Israel € sagrado, tomando a propria Arvore e 0 seu Coragio. O Coragio é a beleza (hadar) do fruto do corpo. Similarmente, Israel toma (Levitico 23:40) "o fruto de uma bela (hadar) arvore".®” O tamareiro é cercado pelos seus galhos em toda a sua volta, tem seu broto (Lulav) no centro. Similarmente, Israel toma 0 corpo dessa Arvore que é o seu Coragao. E, correspondendo ao corpo, esté a medula espinhal, que é a parte principal do corpo. O que é Lulav? [Pode ser escrito:] Lo Lev - "tem um coragao". O coragio cede, também, a ele. Eo que é esse Coracao? Sao os 32 caminhos ocultos da sabedoria que estao escondidos nele.” Em cada um de seus caminhos existe, também, uma Forma zelando sobre ele. Estd, portanto, escrito (Génese 3:24): "Guardar 0 caminho da Arvore da Vida." 64 O Baur 99. O que sdo essas Formas? Aquilo a respeito do qual esté escrito (Génese 3:24): "E, ao leste do Jardim do Eden, Ele colocou os Querubins e a chama de uma espada flamejante para guardar o caminho da Arvore da Vida." Qual é 0 significado de "Ele colocou ao leste (kedem) do Jardim do Eden"? Ele os colocou naqueles caminhos que antecediam (kadmu) o lugar que era chamado Jardim do Eden. Estava, também, antes dos Querubins, conforme estd escrito: "a chama de uma espada flamejante". Est, ent@o, antes [da chama]? O céu é chamado Shamaim, indicando que o fogo e a 4gua existiam antes dele.” Esta escrito (Génese 1:6): "Que hajaum firmamento no meio das dguas, e que haja uma divisdo entre a gua e a dgua." Est, entdo, escrito (Génese 1:8): "E Deus chamou ao firmamento céu (Shamaim)." Como sabemos que 0 céu é fogo? Estd escrito (Deuterondmio 4:24): "Pois o Senhor teu Deus é um fogo consumidor, um Deus ciumento." 100. E como sabemos que "Céu" se refere ao Santo Abengoado? Estd escrito (7 Reis 8:36): "Etu, O Céu, escutards." Estava, en- tao, Salomao rezando ao céu para que escutasse suas oragdes? Mas [devemos dizer que estava rezando] Aquele cujo nome esta no Céu. Esté, portanto, escrito (1 Reis 8:27): “Observe! O céu, e 0 céu do céu, nao Te podem conter." Esse ¢ 0 nome do Santo Abengoado.”! Tens, portanto, fogo. Como podes dizer que ele existia antes? Mas devemos dizer que seu Poder existia antes das Formas da- quele lugar. Apenas entdo essas Formas Sagradas vieram a exis- téncia. Qual é o seu Poder? Aquilo a respeito do qual est4 escrito (1 Samuel 2:2): "Nao hé Santo como Deus, nao h4 outro além de Ti e nao hd Criador algum como nosso Deus." 101. O Rabino Berachié sentou-se, e explicou: O que € o Lulav que discutimos? E 36 (Lu) transferido a 32 (Lav).” Parte Um 65 E como? Ele respondeu: Existem trés Principes: 0 Eixo, a Esfera e 0 Coragdo.% Cada um € doze, e os trés, portanto, constituem uma soma de 36, por intermédio da qual o mundo é mantido. Esta, portanto, escrito (Provérbios 10:25): "E 0 Justo € a fundagdo do mundo."* 102. Aprendemos: Existe um tinico pilar que se estende do céu A terra, e seu nome é Justo (Tzadik).% [Esse pilar] é batizado em homenagem aos justos. Quando existem pessoas justas no mundo, 0 mundo se torna forte, e quando nao existem, se torna fraco. Mantém todo o mundo, conforme estd escrito: "E 0 Justo éa fundagdo do mundo." Quando se torna fraco, 0 mundo, entdo, nao pode suportar, Por isso, mesmo se houver apenas uma pessoa justa no mundo, € essa pessoa quem mantém o mundo. Esté, portanto, escrito: "E um Justo é a fundagado do mundo." Deves, portanto, tomar primeiro dele Minha oferenda elevada. Entio (Exodo 25-3): "E essa 6 a oferenda elevada que deverds tomar deles" - do resto. O que € isso? “Ouro, prata e cobre." 103. Outra explicagao: Esté escrito (Exodo 25:2): "E eles devem Me trazer (Li) uma oferenda elevada." [Li (para Mim) pode ser, também, traduzido como "para o Yud."] Devem tomar o Yud, que € 0 décimo, como uma oferenda elevada para tornd-la sagrada.% Como sabemos que 0 décimo € sagrado? Porque estd escrito (Levitico 27:32): "O décimo serd sagrado para Deus." O que é sagrado? Aquilo a respeito do qual estd escrito (Ezequiel 44:30): "O principio de todos os primeiros frutos ... e cada oferenda elevada de cada coisa." Além disso, estd escrito (Salmos 111:10): "O princtpio da sabedoria é 0 temor a Deus." Nao leia "é 0 temor", porém, "e 0 temor". [O versfculo, entdo, dir4: "O principio é a sabedoria e 0 temor a Deus".]” 66 O Bani 104. Os discfpulos perguntaram ao Rabino Eliezer: Mestre, qual € 0 significado do versfculo (Exodo 13:2) "Consagra-Me todo primogénito"? O Santo Abengoado tem, entdo, um primogénito? Ele respondeu: "Consagra-Me (Li) todo primogénito" refere-se a nada mais sendo ao segundo nfvel de santidade.** E 0 nome dado a Israel, conforme est4 escrito (Exodo 7:22): "Meu filho, Meu primogénito, Israel." Tanto quanto somos capazes de expressar, Ele estava com eles [no Egito] na época da opressao. Estd, portanto, escrito (Exodo 4:27): “Envia Meu filho e ele Me servird." [Aqui, apenas "Meu filho" é mencionado,] e nao “Meu primogénito". Disse 0 Rabino Rahumai: Qual € 0 significado do versfculo (Deuteronémio 22:7) "Deves, decerto, mandar embora a mae; e os filhos, guardards para ti"?” Por que no diz: "Deves, decerto, mandar embora o pai"? Porém, as Escrituras dizem: "deves, decerto, mandar embora a mae" em honra daquela que é chamada de Mae do Mundo. Estd, portanto, escrito (Provérbios 2:3): "Pois chamards a Compreensio de Mae." 105. E qual é 0 significado de "e os filhos guardards para ti"? Disse o Rabino Rahumai: S4o os filhos que ela criou. E quem so eles? Sao os sete dias da criagao e os sete dias de Sucot.'! Nao sao os sete [dias de Sucot] 0 mesmo que os sete dias da semana? A diferenga é que [os dias de Sucot] sao mais sagrados. A respeito deles estd escrito (Levitico 23:37): "sagradas convocages". Mas, entao, por que nao [inclui, também, as sete semanas antes de] Shavuot, pois é, também, chamada (Levitico 23:21) "sagrada convocagao". Respondeu ele: Sim, mas isso é um, e o outro, dois. Est, portanto, escrito (Exodo 12-16): "O primeiro dia ser4 uma convo- cagdo sagrada, e 0 sétimo dia seré uma convocagao sagrada."! Disse ele: Por que € Shavuot um [dia]? Parte Um 67 Porque a Tord foi concedida nesse dia a Israel. E, no princfpio, quando a Toré foi criada, s6 com ela o Santo Abengoado regia Seu mundo. Esté, portanto, escrito (Salmos 111:10): "O princfpio é a sabedoria, o temor a Deus." [Deus] disse [a respeito disso]: "Sendo assim, sua santidade serd sua por ti mesmo." Eo que € Sucor? Respondeu ele: A letra Bet [que tem a conotacao de uma casa (Bait)]. Esté, portanto, escrito (Provérbios 24:3): "Uma casa cons- trufda com sabedoria."' E como sabemos que Sucot tem a conotagio de uma casa? Conforme est4 escrito (Génese 33:17): "E Jacé viajou a Sucot. Construiu uma casa para si, e para seu gado construiu Sucot (cabanas). Por isso, ele chamou o lugar de Sucot." 106. O Rabino Berachid sentou-se e explicou: O que € 0 Eixo (Teli)? E a semelhanca diante do Santo Abengoado. Est4, portanto, escrito (Cantico dos Canticos 5:11): "Suas madeixas so encaraco- ladas (Taltalim)."*°* O que é a Esfera? E 0 Ventre." O que é 0 Corag4o? Aquilo a respeito do qual estd escrito (Deu- teronémio 4:11): "no coragdo do céu". Nele os 32 caminhos mfsticos da Sabedoria estdo inclufdos.'"” 107. Qual € 0 significado do versfculo (Numeros 6:24-26) "Que Deus (YHVH) te abencoe e te guarde. Que Deus (YHVH) faga resplandecer 0 Seu rosto sobre tie te seja benigno. Que Deus (YHVH) te mostre Seu rosto e te conceda a paz."" . Esse 6 0 Nome explfcito do Santo Abengoado. E o Nome que contém doze letras, conforme estd escrito, YHVH YHVH YHVH.'” Ensina que os nomes de Deus consistem de trés soldados. Cada soldado se assemelha ao outro, eo nome de cada um é como [0 outro €] denominado. Todos esto selados com Yud Heh Vav Heh. E como? As [quatro letras] Yud Heh Vav Heh podem ser permutadas de 24 68 O Bann maneiras diferentes, formando uma tropa. Isso é "Que Deus (YHVH) te abencoe..." De maneira semelhante, o segundo: “Que Deus (YHVH) faca res- plandecer 0 Seu rosto..." Sao esses os 24 nomes do Santo Abencoado. De maneira semelhante, o terceiro: "Que Deus (YHVH) mostre Seu rosto..." SA0 esses os 24 nomes do Santo Abengoado.Ensina que cada exército, com seus I{deres e oficiais, tem 24. Muitiplicai 24 por trés, e terds os 72 nomes do Santo Abengoado. Sio esses os 72 nomes derivados dos versfculos (Exodo 14:19- 21) "E viajou... E voltou... E estendeu..."" 108. E quem sero os Oficiais? Aprendemos que existem trés. Forcga (Guevurd) & 0 Oficial de todas as Formas Sagradas & esquerda do Santo Abengoado. E Gabriel. E, & Sua direita, o Oficial de todas as Formas Sagradas é Miguel. No meio estd a Verdade. E Uriel, o Oficial de todas as Formas Sagradas [no centro]."" Cada Oficial chefia 24 Formas. Mas nao existe computo de seus soldados, conforme estd escrito (J6 25:3): “Existe um ntimero para Seus soldados?" Mas se assim 6, entdo existem 72 mais 72 [perfazendo um total de 144]." Disse ele: Nao € 0 caso. Pois quando Israel traz um sacriffcio diante do Pai deles no céu, estao unidos. Isso ¢ a unificagdo de nosso Deus. 109. Por que um sacriffcio é chamado Karban [o qual significa “aproximar"]? Porque aproxima as Formas de Santos Poderes. Esta, portanto, escrito (Ezequiel 37:17): "E as aproxima uma da outra, de modo a formarem um s6 bastio, e se tornardo um s6 na tua mao." E por que € [o sacriffcio] chamado de “fragrancia agraddvel"? A fragrancia est4 apenas no nariz. O sentido do olfato d-se por intermédio da respiragao, e isso nao est4 em parte alguma senao no nariz."" Parte Um 69 “Agradavel" (nicho'ach) significa apenas "descer". Esté, por- tanto, escrito (Levitico 9:22): "E ele desceu", e 0 Targum traduz isso como VeNachit [que tem a mesma raiz que nicho'ach]. A fragrancia-espfrito desce, e se unifica com aquelas Formas Sagradas, aproximando-se através do sacrificio. Por isso, [um sacriffcio] 6 chamado Karban. 110. Existe um nome que é derivado de trés versfculos (Exodo 14:]9-21): "E viajou... E voltou... E estendeu,.."""* As letras do primeiro versfculo: "E viajou..." estado dispostas nesse nome na mesma ordem em que se encontram no versfculo. As letras do segundo versfculo: "E voltou..." esto dispostas no nome em ordem inversa. As letras da terceira passagem: "E estendeu..." estdo dispostas no nome na mesma ordem em que ocorrem no versfculo, em caso idéntico ao do primeiro versfculo. Cada um desses versfculos tem 72 letras. Por isso, cada um dos nomes derivados dessas trés sentengas: "E viajou... E voltou... E estendeu..." contém trés letras. Sdo esses os 72 nomes. Emanam e se dividem em trés secdes, 24 em cada secao. Sobre cada uma dessas segdes est4 um Oficial superior. Cada segao tem quatro diregGes para guardar: leste, oeste, norte e sul. Sao, por isso, distribufdos, seis para cada diregdo. As quatro diregSes, portanto, possuem um total de 24 Formas. [Isso € ver- dadeiro da primeira secao,] bem como da segunda e da terceira. Todas esto seladas com YHVH, Deus de Israel, o Deus vivo, Shadai, elevado e exaltado, que mora na eternidade nas alturas, cujo nome é santo, YHVH. Abencoado seja o nome da gloria de Seu reino para todo o sempre." 111. O Rabino Ahilai sentou-se, e explicou: Qual € 0 significado do versfculo "Deus (YHVH) é Rei, Deus (YHVH) foi Rei, Deus (YHVH) serd Rei para todo 0 sempre"?!"* Esse € 0 Nome explfcito (Shem HaMePoresh), ao qual foi concedida permissao para ser permutado e falado. Est4, portanto, 70 O Baur escrito (Nimeros 6:27): "E colocaréo Meu nome sobre os filhos de Israel, e Eu os abengoarei." Refere-se ao Nome que contém doze letras. E 0 nome usado na Béngdo Sacerdotal: "Que Deus te abengoe..." Contém trés nomes [cada qual com quatro letras] perfazendo um total de doze. Suas vogais s40 Yapha'al Y'pha'oel Yiph'ol.'"” Se o preservarmos, e 0 mencionarmos em santidade, todas as nossas oragGes serao ouvidas. E nao somente isso, mas seremos amados acima e abaixo, e imediatamente respondidos e ajudados. Esse 6 0 Nome Explicito, que estava escrito na testa de Aarao.""* ONome Explfcito de 72 letras e o Nome Explicito de doze letras foram concedidos pelo Santo Abencoado ao [anjo] Mesamarid, que est4 diante da Cortina. Ele o concedeu a Elias no Monte Carmelo, e com eles Elias ascendeu e nao provou da morte." 112. Sao esses os Sagrados e Exaltados Nomes Explfcitos. Existem doze Nomes, um para cada uma das doze tribos de Israel:!° AH-TzYTzaH-RON ACLYThaH-RON ShMaKTha-RON DMUShaH-RON Ve-TzaPhTzaPhYTh-RON HURMY-RON BRaChYaH-RON EReSh GaDRa-AON BaSAVaH MoNA-HON ChaZHaVaYaH HaVaHaYRY HAH Ve-HaRAYTh-HON Todos eles est4o inclufdos no Coragao do céu."! Incluem macho e fémea. Sao cedidos ao Eixo, 4 Esfera e ao Coragdo, e sdo os pocos da Sabedoria. 113. O Rabino Rahumai sentou-se, e explicou: O que sao as doze tribos de Israel? Porém ensina que 0 Santo Parte Um nu Abencoado tem doze cajados [nas alturas. A palavra Shever 6a mesma para ambos: "tribo" e "cajado".] Que sao eles? Como ¢ isso? Um rei tinha uma bela fonte. Todos os seus irmaos nao tinham outra 4gua sendo essa fonte, e no podiam ficar sedentos. O que fez ele? Fez doze calhas para a fonte, e as batizou em honra dos filhos de seus irmaos. Disse, depois, para eles: "Se os filhos forem tao bons quanto seus pais, seréo merecedores, e deixarei que a 4gua flua pelas calhas. Os pais beberdo o que desejarem, e os filhos também. Mas se os filhos nao forem merecedores, e nao fizerem o que é correto diante de meus olhos, essas calhas secarao. Dar-lhes-ei 4gua somente sob a condi¢do de nada darem a seus filhos, pois ndo obedecem a minha vontade." 114. Qual €0 significado da palavra Shevet [que tem a conota¢ao de ambos, uma tribo e um cajado]? E algo simples e nao quadrado. Qual o motivo? Porque é impossfvel ter um quadrado dentro de outro quadrado, Um circulo dentro de um quadrado pode se mover. Um quadrado dentro de um quadrado no pode se mover. 115. Quais so as coisas circulares? So os pontos vogais na Tord de Moisés, pois sio todos redondos. Nao sido letras como a alma, a qual vive no corpo do homem. E impossfvel para [o homem] vir [a esse mundo], a menos que [a alma] resista dentro dele. Sem ela, é impossfvel para ele falar qualquer coisa, grande ou pequena.'” De maneira semelhante, é impossfvel falar-se uma palavra, grande ou pequena, sem os pontos vogais. 116. Cada ponto vogal é redondo e cada letra é quadrada. Os pontos vogais sdo a vida das letras e, por intermédio deles, as letras resistem. a O Banir Esses pontos vogais surgem para as letras através das calhas, por intermédio da fragrancia de um sacriffcio, 0 qual desce imedia- tamente. Por isso 6 chamado “Uma fragrancia descendente (agraddvel) a Deus" - indicando que desce até Deus.'* Esse € 0 significado do versfculo (Deuterondmio 6:4) "Escuta, 6 Israel, O Senhor € nosso Deus, 0 Senhor é Um".!* 117. Disse o Rabino Yochanan: Qual o significado do versfculo (Exodo 15:3) "Deus €umhomem (Ish) de guerra, Deus (YHVH) é Seu nome"?!?5 Homem (/sh) indica um sinal. O Targum, portanto, interpreta "Deus é um homem de guerra" como "Deus é 0 Mestre da vitéria na guerra." O que € esse Mestre? Alef € 0 primeiro, 0 Palacio Sagrado.' Dizemos, entdo, que 0 Palacio € sagrado? Ao invés disso, dizemos: "o Palacio do Santo". 118. Yud & as Dez Declaragdes com as quais o mundo foi criado.!?” O que sao elas? Sd0 a Tord da Verdade, que inclui todas as palavras. O que é 0 Shin? Disse ele: Ea raiz da drvore. A letra Shin & semelhante a raiz de uma 4rvore.'* 119. O que é essa 4rvore que mencionastes? Disse ele: Representa os Poderes do Santo Abencoado, umacima do outro. Do mesmo modo que uma 4rvore gera fruto por intermédio da 4gua, assim o Santo Abengoado aumenta os Poderes da Arvore através da agua. O que é a gua do Santo Abengoado? Easabedoria. Eas almas dos justos. Voam da fonte paraa grande calha, ascendem e se ligam a Arvore. Parte Um 73 Através do qué voam? Através de Israel. Quando sao boas e justas, a Presenga Divina habita nelas. Seus feitos, entdo, descansam no regago do Santo Abencoado, e Ele as torna frutfferas, e as multiplica. 120. Como sabemos que a Presenga Divina é chamada Tzedek (Justo)? Estd escrito (Deuterondmio 33:26): "Aquele que cavalga nos céus é teu auxflio, e Sua majestade estd no firmamento (Shechakim)." Estd, também, escrito (Isafas 45:8): "Os céus (Shechakim) se movimentam com a Justiga (Tzedek)."!” Tzedek € a Presenga Divina, conforme est escrito (Isafas 1:21): “A Justica (Tzedek) habita nele.""° A Justiga foi concedida a Davi, conforme estd escrito (Salmos 146:10): "Que Deus reine para sempre, vosso Deus, 6 Sitio, de gerag4o em geracdo." Est4, também, escrito (J Crénicas 11:1): "Sido € a cidade de Davi." 121. Qual € 0 significado de “de geragdo em geragdo"? Disse 0 Rabino Papias: "Uma geracao vai, e uma geracdo vem" (Eclesiastes 1:4). Disse 0 Rabino Akiba: "A geragao veio" - ja veio.! 122. Como ¢ isso? Um rei tinha escravos e ele os vestiu com roupagens de seda e cetim, de acordo com sua capacidade. O relacionamento se rompeu e ele os expulsou, os repeliu e tirou deles suas roupagens. Eles, entao, seguiram seus préprios caminhos. Orei tomou as roupagens, as lavou bem, até no haver nelas uma Unica mancha. Colocou-as com seus comerciantes, comprou outros escravos e Os vestiu com as mesmas roupagens. Nao sabia se os es- cravos eram bons ou nao, mas eram [pelo menos] dignos das roupa- gens que ele j4 possufa, as quais j4 haviam sido usadas anteriormente. [Continua o versfculo] (Eclesiastes 1:4): "Mas aterra existe para sempre.” E 0 mesmo que (Eclesiastes 12:6) "O p6 retorna & terra como era, mas 0 espfrito retorna a Deus, que o deu." 4 O Bann 123. Disse 0 Rabino Amorai: Qual o significado do versfculo (Levitico 9:22) "E Aario levantou suas maos para abengoar 0 povo, os abengoou, e desceu [para fazer a oferenda pelo pecado, o holocausto, e as oferendas de paz]"? J4 nao havia ele descido? Mas ele desceu "para fazer a oferenda pelo pecado, o holocausto, e as oferendas de paz" e, depois, "Aarao levantou suas m4os para abengoar 0 povo". Qual € 0 significado desse levantar [das maos]? Foi porque ele oferecera um sacriffcio e os trouxe diante de seu Pai no céu, conforme dissemos.' Aqueles que oferecem sacrificios devem ergué-los, [e aqueles que] os unificam [devem] unificd-los dentre esses. Eo que sao eles? O povo, conforme estd escrito "ao povo". [Isso significa] "para 0 bem do povo". 124, Por que so as maos levantadas quando eles sao abencoados dessa maneira? Porque as maos tém dez dedos, em alusdo as Dez Sefirot com as quais foram selados o céu e a terra." Correspondem aos Dez Mandamentos. Nesses Dez, estdo inclufdos os 613 Mandamentos. Se contares as letras nos Dez Mandamentos, observards que existem 613 letras." Eles contém todas as 22 letras, exceto Tet, que est4 faltando.Por qual motivo? Ensina-nos que Tet é o ventre - e nao estd inclufdo dentre as Sefirot.* 125. Por que sao chamadas Sephirot? Porque estd escrito (Salmos 19:2): “Os céus declaram (me- SaPRim) a gloria de Deus." 126. E 0 que sio elas? Sio trés. Dentre elas estdo trés soldados e trés dom{nios. O primeiro dominio é a luz. A luz é a vida da 4gua. O segundo domfnio inclui os santos Chayot, os Ophanim, as ro- Parte Um 15 das da Carruagem e todos os soldados do Santo Abengoado. Abencoam, exaltam, glorificam, louvam e santificam 0 poderoso Rei com a Kedushd.*6 Harmonizado no mistério da grande Kedushd esté © temfvel e terrfvel Rei. E eles O coroam com trés "santos". 127. Por que existem trés "santos" e ndo quatro? Porque a santidade nas alturas é trés por trés. Est4, portanto, es- crito: "Deus é Rei, Deus foi Rei, Deus serd Rei para todo o sempre,""” Est4, também, escrito (Nimeros 6:24-26): "Que Deus vos abengoe... Que Deus reluza sobre vés... Que Deus se eleve..."" Além disso, est4 escrito (Exodo 34:6): "Deus (YHVH), Deus (YHVH)." O terceiro inclui o restante dos Atributos de Deus. O que s&o eles? [Conforme continua o versfculo:] “Deus, misericordioso e gracioso" - os treze Atributos [de Misericérdia]." 128. [A Kedushd esté no versfculo] (Isafas 6:3): "Santo, santo, santo é o Senhor das Hostes, a Sua gloria preenche toda a terra." Qual é 0 significado de "santo, santo, santo"? [E por que se] segue "o Senhor das Hostes, a Sua gloria preenche toda a terra"? O [primeiro] "santo" é a Coroa mais elevada."” [segundo] "santo" a Raiz da Arvore."*! O [terceiro] "santo" est4 vinculado e unificado em todos eles. [Isso éseguido por:] "o Senhor das Hostes, a Sua gléria preenche toda a terra." 129. O que € 0 “santo", que est4 vinculado e unificado? Como é isso? Um rei tinha dois filhos, que, por sua vez, também tinham filhos. Quando os [netos] fazem sua vontade, ele se envolve, sustenta e satisfaz todos eles. Ele da [a seus filhos] tudo de bom, de modo a estarem aptos a satisfazerem seus préprios filhos. Mas quando os [netos] nao fazem a sua vontade, ele, entao, somente dé aos pais 0 que precisam.'” 130. Qual é0 significado de "a Sua gléria preenche todaa terra"? Essa éa terra criada no primeiro dia. Esté nas alturas, preenchida 16 O Bante com a gloria de Deus, e corresponde a Terra de Israel. Eo que € [essa gloria]? E a Sabedoria, conforme estd escrito (Provérbios 3:35): "Os sdbios herdardo a gloria." Além disso, esta escrito (Ezequiel 3:12): "Abengoada seja a gléria de Deus desde Seu lugar." 131. O que é a "gléria de Deus"? Como ¢ isso? Um rei tinha uma matrona em seus aposentos, e todos os seus soldados se deliciavam nela. Ela teve filhos e, a cada dia, eles vinham ver 0 rei e abengod-lo. Perguntaram-lhe: "Onde est4 nossa mae?" Ele respondeu: "Nao a podem ver agora." Disseram-lhe: "Que ela seja abengoada, onde quer que esteja." 132. Qual €0 significado de "desde Seu Lugar"? Isso indica que ninguém conhece Seu lugar. E como uma princesa real, que veio de um lugar distante. As pessoas nao conheciam sua origem, mas viam que era uma mulher de valor, bela e refinada em todas as suas maneiras. Disseram: "Decerto ela tem origem no lado da luz, pois ilumina 0 mundo por intermédio de seus atos." Perguntaram-lhe: "De onde és?" Ela respondeu: "Do meu lugar." Disseram: "Se assim 6, 0 povo do teu lugar é grande. Que sejas abengoada, e que o teu lugar seja abengoado." 133. Eissoa “gléria de Deus", nao de uma de Suas hostes? Nao inferior? Por que a abengoam? Mas, como é isso? Um homem tinha um belo jardim. Fora do jardim, porém nas proximidades, ele tinha um belo campo. Nesse campo, plantou um belo jardim de flores. Regava primeiro o seu jardim. A 4gua se espalhava por todo 0 jardim. Todavia, no atingia a parte do campo, pois nao havia ligagdo, embora fossem um s6. Por isso, ele abriu um espago e 0 regava separadamente. Parte Um cil 134, Disse o Rabino Rahumai: Gléria (Kavod) e Coragdo (Lev), ambos, ttm o mesmo valor [numérico, explicitamente 32].'* Sao ambos um s6, mas a Gl6ria se refere & sua fungdo nas alturas, e o Coracdo se refere & sua funcdo abaixo. “A gloria de Deus" e 0 “coragado do céu" sao, portanto, ambos, idénticos."* 135, Disse 0 Rabino Yochanan: Qual € 0 significado do versfculo (Exodo 17:11) "E enquanto Moisés ficava com as mos levantadas, Israel prevalecia, e quando ele abaixava as maos, Amalec prevalecia." Ensina que todo 0 mundo se mantém por causa do Levantar das Mios.'** Por qué? Porque 0 nome do poder concedido a Jacé é Israel. Acada um, Abraiao, Isaac e Jacd, foi concedido um determinado poder. A contraparte do atributo no qual cada um caminhava lhe foi dada, Abraio fez suas obras de bondade. Preparava alimento para todos em sua 4rea, e para todos os viajantes. Agia bondosamente e safa para saudd-los, conforme estd escrito (Génese 18:2): "e ele correu para saud4-los". Nao apenas isso, mas (Génese 18.2): “Ele se curvava & terra". Era um ato de bondade completo. Por isso, Deus lhe concedeu a mesma medida e deu-lhe o atributo da Bondade (Chesed). Est4, portanto, escrito (Miquéias 7:20): “Deste verdade a Jacé, bondade a Abrado, como juraste a nossos pais desde os dias de antanho." Qual o significado de "desde os dias de antanho"? Ensina que, se Abraio nao fizesse atos de bondade, nao seria, entdo, digno do atributo da Verdade. Jacé, por sua vez, nao seria digno do atributo da Verdade. Pelo merecimento através do qual Abraao foi digno do atributo da Bondade, Isaac se tornou digno do atributo do Terror. Est4, portanto, escrito (Génese 31:53): "E Jacé jurou pelo Terror de seu pai Isaac." 3 O Baur Alguém jura dessa maneira, mencionando sua crenga no Terror de seu pai? Mas, até aquela época, nao havia sido concedido poder algum a Jacé. Por isso, ele jurou pelo poder dado ao seu pai. Por esse motivo, estd escrito: "E Jacé jurou pelo Terror de seu pai Isaac." O que € isso? E 0 Caos. Emana do mal e pasma as pessoas." Eo que éaquilo? E aquilo a respeito do qual estd escrito (1 Reis 18:38): "Eo fogo desceu e consumiu 0 holocausto, as pedras ea terra, e secou a 4gua que estava no riacho." Também estd escrito (Deute- ronémio 4:24): "O Senhor teu Deus éum fogo que consome, um Deus ciumento." 136. O que é a Bondade? Ea Tord, conforme est escrito (Isafas 55:1): "Ah! Todos os que tendes sede, vinde a 4gua; os que nao tendes prata, [comprai e comei ~ vinde, comprai, sem prata e sem pagar, vinho e leite]."""7 [Portanto, a bondade] é prata. Est, portanto, escrito: "vinde, comprai e comei - vinde, comprai, sem prata e sem pagar, vinho e leite". Ele te alimentou coma Tord e te ensinou, pois j4 ganhaste isso por intermédio do merecimento de Abraao, que fez atos de bondade. Sem prata, alimentava outros, e, sem pagamento, lhes dava vinho e leite. 137. Por que vinho e leite? O que um tem a ver com 0 outro? Mas ensina que vinho € 0 Terror e leite é a Bondade. Por que é 0 vinho mencionado primeiro? Porque est4 mais préximo de nés.'* Achais, entdo, que isso se refere ao vinho e ao leite verdadeiros? Devemos dizer que é a Forma do vinho e do leite. Por intermédio do merecimento de Abrado, merecedor do atributo da Bondade, Isaac foi merecedor do atributo do Terror. E porque Isaac foi merecedor do atributo do Terror, Jaco foi merecedor do atributo da Verdade, que ¢ 0 atributo da Paz.” Deus Ihe concedeu de acordo com a sua propria medida. Esté, portanto, escrito (Génese 25:27): "Jacé era um homem {ntegro, ha- Parte Um 19 bitando em tendas." A palavra "{ntegro" significa nada mais que paz. Estd, portanto, escrito (Deuterondmio 18-13): "Ser4s {ntegro com 0 Senhor teu Deus", e 0 Targum interpreta: “Estar4s em paz (sh'lim)." A palavra "{ntegro" nao se refere sendo a Tord. Esta, portanto, escrito (Malaquias 2:6): “Em sua boca, estava a Tord da verdade." O que estd escrito na frase seguinte? Declara: "Em paz e retiddo, caminhava diante de Mim." “Retidado" nao ésenao paz, conforme est escrito (Salmos 25:21): "Integro e em retiddo." Est4, portanto, escrito (Exodo 17:11): "E enquanto Moisés ficava com as mios levantadas, Israel prevaleci Ensina que 0 Atributo chamado Israel tem em si uma “Tord da Verdade". 138. Qual o significado de "uma Tord da Verdade"? E aquilo que ensina (Moré) a Verdade a [todos] os mundos, bem como Seus feitos em pensamento. Ele erigiu as Dez Declaragdes, e com elas o mundo se mantém.'® E uma delas. Criou dez dedos no homem, correspondendo a essas Dez Declaragées.'*! Moisés levantou suas mdos e se concentrou, em algum nfvel, no Atributo chamado Israel, 0 qual contém a Tord da Verdade. Com seus dez dedos, fazia alus4o ao que mantinha os Dez. Pois se [Deus] nao ajudasse Israel, entéo as Dez DeclaragGes nao se manteriam a cada dia. Por isso "Israel prevaleceu". [Continua o versfculo:] "E quando ele abaixava as maos, Amalec prevalecia." Faria Moisés, entdo, qualquer coisa que fizesse com que Amalec prevalecesse? Mas [ensina] que é proibido a uma pessoa ficar [mais de] trés horas com suas mios espalmadas para 0 céu. 139. Seus discfpulos perguntaram: A quem as miaos estéo levantadas? Respondeu ele: "As alturas do céu." Como sabemos disso? Est4 escrito (Habacuc 3:10): "O abismo faz ouvir sua voz, levanta para alto as suas maos." Ensina que o Levantar das Maos & apenas as alturas do céu. 80 O Baur Quando em meio a Israel existem pessoas sdbias, que conhecem 0 mistério do Nome Glorioso, e levantam suas miaos, obtém resposta imediata.'* Est, portanto, escrito (Isafas 58:9): “Entéo (AZ) chamards, e Deus responder4." Se chamares Deus "entao" (AZ), Ele teresponder4 imediatamente. 140. Qual € 0 significado de “entao" [ - AZ - formado por Alef Zain)? Ensina que nao é permitido chamar apenas Alef. [Pode] apenas [ser chamado] através das duas letras ligadas a ele, as quais primeiro se assentam no reino,'" Juntamente ao Alef, sio, entdo, tres. Das Dez Declaracées, restam, portanto, sete, e isso € 0 Zain [o qual tem valor numérico sete]. Esté, também, escrito (Exodo 15:1); "Entio (AZ) cantaram Moisés e os filhos de Israel." 141, O que sio as Dez Declaragées? A primeira é a Coroa Suprema. Abengoado e louvado seja seu nome e seu povo. Quem é seu povo? E Israel. Esta, portanto, escrito (Salmos 100-3): “Saiba que o Senhor € Deus, Ele nos criou, e nado (Lo) nds, Seu povo." [Lo é formado por Lamed Alef e pode ser lido: “para Alef."] O versiculo, portanto, pode ser lido como "para Alef somos nés". [E nosso dever] reconhecer e conhecer a Unidade das Unidades, a qual estd unificada em todos os Seus nomes. 142. O segundo é a Sabedoria. Estd, portanto, escrito (Provérbios 8:22): "Deus me procurou, 0 princfpio de Seu caminho, diante de Suas obras, desde elas (Az)." Um “princfpio" nao € senio a Sabedoria, conforme estd escrito (Salmos 111:10): "O princfpio € a sabedoria, 0 temor a Deus.""* Parte Um 81 143. Oterceiro éa busca da Tord, o tesouro da Sabedoria, a busca do "espfrito de Deus".'*5 Ensina que Deus talhou todas as letras da Tord, as esculpiu com espfrito, e com isso fez todas as Formas. E esse o significado do versfculo (1 Samuel 2:2) "Rocha (Tzur) alguma existe como 0 nosso Deus" - Nao hd Criador (Tzair) como 0 nosso Deus. 144, Sao trés. Qual é o quarto? O quarto é (Deuterondmio 33:21) "a caridade de Deus", Seu merecimento e Sua Bondade (Chesed) para todo o mundo. Essa é a Mio Direita do Santo Abencoado. 145. Qual é 0 quinto?"* O quinto é 0 grande fogo do Santo Abencoado. A respeito disso estd escrito (Deuterondmio 18:16): "Nao vou continuar vendo esse grande fogo, para néo morrer," Essa € a mao esquerda do Santo Abengoado. O que ¢ isso? Sao os sagrados Chayot e os sagrados Serafim, & direita e & esquerda. Sdo os “agraddveis",'*’ que ascendem cada vez mais alto, conforme estd escrito (Eclesiastes 5:7): "E outros mais altos que eles.""* Est4, também, escrito (Ezequiel 1:18): "E quanto a altura deles, eram altos, e tinham medo, e a altura deles estava repleta de olhos, ao redor dos quatro." E ao redor Dele estao os anjos. Os que esto ao redor deles, inclinam-se, também, diante deles, ajoelhando-se e declarando: “O Senhor, Ele é Deus, o Senhor, Ele é Deus."'” 146. O sexto é 0 Trono da Gléria, coroado, inclufdo, louvado e saudado.'® Ea casa do Mundo Vindouro, e seu lugar é na Sabedoria. Est4, portanto, escrito (Génese 1:3): "E Deus disse: 'Haja luz’, e houve luz." 147, Disse 0 Rabino Yochanan: Existem dois [tipos de] luz, conforme estd escrito: "[haja luz,] 82 O Banir e houve luz". A respeito de ambos, estd escrito (Génese 1:4): "[E Deus viu a luz] que era boa." O Santo Abengoado tomou um [desses tipos de luz] e a reservou para os justos do Mundo Vindouro. A respeito disso, est4 escrito (Salmos 31:2 ‘Qudo grande é 0 bem que reservaste para os que temem a Ti, que concedes para os que em Ti se abrigam..." Aprendemos que nenhuma criatura poderia olhar para a primeira luz, Est4, portanto, escrito (Génese 1:4): "E Deus viu a luz, que era boa." Além disso, est escrito (Génese 1:31): "E Deus viu tudo 0 que tinha feito, e era muito bom." Deus viu tudo o que Ele tinha feito e os viu brilhando, reluzentemente bom.'* Ele tomou tudo aquilo, e incluiu os 32 caminhos da Sabedoria, dando-os ao mundo. Esse € 0 significado do versfculo (Provérbios 4,2) "Eu vos dei uma boa doutrina, Minha Jord, ndo a abandoneis". Dizemos que isso é 0 tesouro da Tord Oral.’ Disse o Santo Abengoado: **Considera-se esse Atributo in- clufdo do mundo, e essa é a Tord Oral. Se guardardes esse Atributo nesse mundo, sereis, entdo, merecedores do Mundo Vindouro, que € 0 bem reservado para os justos. O que é isso? Ea forga do Santo Abengoado. Est, portanto, escrito (Habacuc 3:4): "Eo brilho ser4 como a luz, [raios saem de Suas mios, 14 esté Sua forga secreta]." O brilho tomado da primeira Luz serd qual [nossa visfvel] luz, se Seus filhos guardarem a "Tord e 0 Mandamento que escrevi para lhes ensinar" .!° Est4, portanto, escrito (Provérbios 1:8): “Escuta, meu filho, a adverténcia do teu pai e ndo abandones a Jord de tua mie." 148. E est4 escrito (Habacuc 3:4): "raios saem de Suas maos, 14 estd Sua forga secreta". O que é "forga secreta"? Ea luz que foi reservada e escondida, conforme estd escrito (Salmos 31:20): “[Quao grande é 0 Teu bem] que o reservaste para os que temem a Ti [, que 0 concedes para os que em Ti se abrigam]." Parte Um 83 O que nos resta, € aquilo que "concedes para os que em Ti se abrigam". Sdo aqueles que encontrardo abrigo em Sua sombra nesse mundo, que guardam a Sua Tord, observam Seus Mandamentos e santificam o Seu nome, unificando-o secreta e publicamente. O versfculo, entdo, conclui: "diante dos filhos do homem". 149. Disse 0 Rabino Rahumai: Ensina que Israel tinha luz. A Tord é luz, conforme est escrito (Provérbios 6:23): "Pois um mandamento é lampada, Tord € luz, [e o modo de vida é a repreensao da adverténcia]." E dizemos que a l4mpada é mandamento, a iluminagao (Ord) é a Tord Oral, eluz (Or) 6a Tord Escrita. [Como podemos, entio, dizer que a Tord Oral é luz (Or)?] Porque essa luz j4 foi guardada, e é chamada luz. Como é isso? Uma sala estava escondida no final de uma casa. Embora seja dia, e haja luz clara no mundo, nio se pode ver nessa sala, a menos que se traga uma ld4mpada. O mesmo € verdadeiro da Tord Oral. Mesmo que seja uma luz, necessita da Tord escrita para responder as suas perguntas e explicar seus mistérios. 150. Disse o Rabino Rahumai: Qual 0 significado do versfculo (Provérbios 6:23) "e o modo de vida é a repreensdo da adverténcia"? Ensina que quando uma pessoa se acostuma a estudar 0 Mistério da Criagdo eo Mistério da Carruagem, é impossfvel que nao tropece. Estd, portanto, escrito (Isafas 3:6): "Que esse tropego esteja sob 0 teu controle." Refere-se a coisas que uma pessoa nao pode entender, a menos que essas coisas fagam com que tropece. A Tord chama isso de “repreensao da adverténcia", mas, de fato, torna a pessoa merecedora do "modo de vida". Aquele que deseja ser merecedor do "modo de vida", deve, portanto, suportar "a repreen- sdo da adverténcia". 151, Outra explicacao: 84 O Baur "Vida" & a Tord, conforme esté escrito (Deuterondmio 30:19): "E escolherés a vida." Além disso, estd escrito (Deuterondmio 30:20): "Pois & a tua vida e a duragfo de teus dias." Quem quiser ser merecedor, deverd rejeitar os prazeres ffsicos e aceitar 0 jugo dos mandamentos. Se for afligido pelo sofrimento, deve aceitd-lo com amor. Nao deve perguntar: "Uma vez que estou cumprindo a vontade do meu Criador e estudo a Tord todos os dias, por que sou afligido pelo sofrimento?" Ao contrdrio, deve aceitar tudo com amor. Serd, entdo, merecedor do "modo de vida". Pois, quem conhece os desfgnios do Santo Abengoado? Por isso, deve dizer, a respeito de todas as coisas: "Justo és, O Deus, e Teu julgamento é justo.'* Tudo o que é feito no céu é para o bem," 152, Dissestes [que 0 sexto dia era] Seu Trono, Nao dissemos que & a Coroa do Santo Abencoadv? Dissemos: "Israel foi coroado com trés coroas: a coroa do sacerdécio, a coroa da realeza e, acima de todas, a coroa da Tord."' Como é isso? Um rei tinha um cédlice agradavel e belo, do qual gostava muito, As vezes, 0 colocava em sua cabega - esse €0 Tefilin usado na cabega. Outras vezes, 0 carregava em seu brago - €0 né do Tefilin usado no brago. De quando em vez, 0 empresta ao seu filho para que fique com ele." E chamado, as vezes, Seu Trono. Porque Ele 0 carrega qual amuleto em Seu brago, assim como um trono, 153. O que € 0 sétimo? E 0 céu [chamado] Aravor.'* E por que é chamado céu (Shamaim)? Porque & redondo como uma cabega.'? Aprendemos que esté no centro, com dgua a direita e fogo a esquerda. Apéia a dgua (Sa Maim) do fogo e agua, e traz a paz entre eles. O fogo surge, e encontra 0 atributo de fogo a seu lado. A dgua surge, e encontra o atributo da dgua ao seu lado. Estd, portanto, escrito (J6 25:2): “Ele faz a paz nas Suas alturas."!” Parte Um 85 154. E 0 sétimo, ento? Nada mais é que o sexto." Mas isso ensina que o Palacio Sagrado estd aqui, e apdia todos. Portanto, é contado como dois.'” Por isso é 0 sétimo. Eo que € isso? E 0 Pensamento, o qual nao tem fim nem limite. Do mesmo modo, esse lugar nao tem qualquer fim ou limite. 155. O sétimo € 0 leste do mundo. E de onde vem a Semente de Israel. ; A medula espinhal se origina no cérebro do homem, e se estende até o 6rgao [sexual]. Est4, portanto, escrito (Isafas 43:5): “Do leste trarei a tua semente, [e do oeste, te congregarei]." Quando Israel é bom, 6, entdo, o lugar de onde trarei a tua semente, e nova semente te serd concedida. Mas quando Israel é mau, [entao trarei] semente que j4 esteve no mundo. Est4, portanto, escrito (Eclesiastes 1:4): “Uma geragdo vai, e uma geracio vem", ensi- nando-nos que jd veio.? 156. Qual €0 significado do versfculo (Isafas 43:5) "E do oeste, te congregarei"? [Significa que "Eu te congregarei"] desde o atributo que sempre aponta para o oeste. Por que é [0 oeste] chamado MaAReV? Porque é 14 que toda a semente é misturada (MitAReV). Como é isso? O filho de um rei tinha uma bela noivae a escondeu em seus aposentos. Ele tomava riquezas da casa de seu pai e, constan- temente, as trazia para ela. Ela, por sua vez, aceitava tudo, guardava e misturava. Em resumo, ele busca ver 0 que havia juntado e acumulado. Estd, portanto, escrito: "E do oeste, te congregarei." Eo que € a casa de seu pai? E aquilo a respeito do qual estd escrito: "Do leste trarei a tua semente." Ensina que é trazida do leste, e plantada no oeste. Ele, ento, retine o que plantou.'* 86 O Baw 157. O que é 0 oitavo? OSanto Abencoado tem um tinico Justo (Tzadik) em Seu mundo, eé caro a Ele porque apdia todo o mundo. E a Fundagao (Yesod).'5 E aquilo que o apdia, e o faz crescer, aumentando e zelando por ele. B amado e querido nas alturas, e amado e querido abaixo; temido € poderoso nas alturas, e temido e poderoso abaixo; purificado e aceito nas alturas, e purificado e aceito abaixo. E a Fundagio de todas as almas. Dizes, entdo, que é 0 oitavo? E dizes que é a Fundacio de todas as almas? Nao est4 escrito (Exodo 31:17): "E, no sétimo dia, Ele descansou e tomou alento,"!7° Sim, 60 sétimo. E porque arbitra entre eles. Sao seis, e trés estao abaixo e trés acima, e arbitra entre eles.!”” 158. Por que é chamado de sétimo? E, entio, o sétimo? Nao. Mas é porque 0 Santo Abengoado descansou no Shabat, com oatributo a respeito do qual estd escrito (Exodo 31:17): "Durante seis dias Deus fez o céu e a terra, e no sétimo dia, Ele descansou e tomou alento." Ensina que cada dia tem uma Declaracao por seu Mestre.!* Nao € por ter sido criado naquele dia, mas por ser quando cumpre atarefa que lhe fora designada. Cada um cumpre sua tarefa, emantém suas atividades. Por isso, 0 sétimo dia vem, e cumpre sua tarefa, fazendo com que todos rejubilem. Nao apenas isso, mas também faz com que suas almas cresgam, conforme esté escrito: "no sétimo dia, Ele descansou tomou alento". 159. O que é esse “descanso"? E a auséncia de trabalho. E 0 cessar, chamado Shabat (que significa descanso). Como é isso? Um rei tinha sete jardins, eo do meio abrigava uma fonte, que jorrava de uma nascente de dgua viva. Trés [de seus jardins] esto a sua direita, e trés, 4 sua esquerda. Quando cumpriu sua fungdo e transbordou, todos se regozijaram, dizendo: "Transbor- dou para o nosso bem." Rega-os e faz com que crescam, enquanto aguardam e descansam. Parte Um 87 Dizemos, entdo, que rega os sete? Mas estd escrito (Isafas 43:5): "Do leste trarei a tua semente." Indica que um [dos sete] 0 rega. Devemos, portanto, dizer que rega o Coracao, e o Coracdo rega todos. 160. O Rabino Berachid sentou-se, e explicou: Falamos, todos os dias, do Mundo Vindouro. Compreendemos do que estamos falando? Em aramaico, 0 "Mundo Vindouro" é traduzido "o mundo que veio". E qual € 0 significado de "o mundo que veio"? Aprendemos que antes do mundo ser criado, surgiu em pensa- mento, com a finalidade de criar uma luz intensa para o iluminar. Ele criou uma luz intensa, sobre a qual nenhuma coisa criada poderia ter autoridade. O Santo Abengoado viu, todavia, que o mundo nfo seria capaz de suportar [essa luz]. Por isso, Ele tomou um sétimo dela, eo deixou em seu lugar, para eles. O restante, Ele reservou para os justos, no Futuro Supremo.'” Disse Ele: "Se forem merecedores desse sétimo e 0 guardarem, Eu lhes darei [o restante] no Mundo Final." E, por isso, chamado “o mundo que veio", pois ja veio [& exist@ncia] desde os seis dias da criagao. A respeito disso est escrito (Salmos 31:20): "Quao grande é 0 Teu bem que 0 reservaste para os que temem a Ti." 161. Qual 0 significado do versfculo (Exodo 15-27) “E vieram a Elim, onde existiam doze pocos de 4gua e setenta tamareiros, e 14 acamparam a beira d'4gua"? O que hd de tao especial acerca de setenta tamareiros? Em um lugarejo, pode haver mil. Mas [ensina que] eram merecedores de suas contrapartes. Sdo comparados aos tamareiros. Est4 escrito (Exodo 15:23): "Mas quando chegaram a Mara nao puderam beber das 4guas de Mara, porque eram amargas (mard).” 88 O Banik Ensina queo vento norte os confundiu. Est4, portanto, escrito (Exodo 15:25): "E ele clamou a Deus, e Deus Ihe mostrou uma 4rvore. Langou-a na agua, e a 4gua se tornou doce." Deus, imediatamente, colocou Sua mao contra Sata, e o arre- feceu. Est4, portanto, escrito (Exodo 15:25): "Foi 14 que Ele Ihes fixou uma regra e uma lei, e 14 Ele os colocou & prova." Ensina que, naquela ocasido, Sata vinculou-se a eles para encobrir o mundo. Estd, portanto, escrito (Exodo 15:24): "Eo povo se queixou a Moisés, dizendo: 'Que havemos de beber?'." [Sata] continuou a guerrear com Moisés, até que ele clamou a Deus, e foi atendido. Qual € o significado do versfculo "E Deus lhe mostrou uma 4rvore"? Ensina que a Arvore da Vida ficava perto da 4gua. Sat chegou e a deslocou, para guerrear com Israel e fazer com que eles pecassem contra seu Pai no céu. [Sata] Ihes disse: "Agora estais indo para o deserto? Mesmo agora, [nao tendes nada] além de 4gua amarga, mas isso traz certos beneficios, pois podeis us4-la de alguma forma. Mas quando en- trardes no deserto, nem mesmo encontrareis [4gua] para lavar vossas miaos e rosto. Morrereis de fome e sede, nus e sem nada." O povo veio a Moisés e repetiu essas palavras, mas ele os calou. Quando [Sata] viu que nao os poderia subjugar, fortaleceu-se [para subjugar] Israel e Moisés. _Opovo, entao, veio e "se queixou a Moisés". Disseram: "Mesmo aqui nao temos agua. O que beberemos no deserto?" Sata havia deturpado a situag4o, com o objetivo de fazer com que 0 povo pecasse. Logo que Moisés avistou Sata, "Ele clamou a Deus, e Ele lhe mostrou uma drvore". Essa é a Arvore da Vida, que Sata havia deslocado. Moisés, entao, "langou-a na 4gua, e a 4guase tornou doce". O Santo Abengoado deu a Sat& uma "regra e uma lei", e foi 14 que Ele "colocou a prova" Israel. O Santo Abengoado advertiu Israel dizendo (Exodo 15:26): "Se escutardes a voz do Senhor vosso Deus, [e fizerdes 0 que € correto diante de Seus olhos, ouvirdes Seus mandamentos e guardardes todas as suas regras, entao toda a doenga Parte Um 89 que Eu trouxe para os eg{pcios nao vos trarei, pois Eu sou o Deus que vos cura]." 162. Como é isso? Um rei tinha uma bela filha e outros a desejavam. O rei sabia disso, mas nao poderia lutar contra os que queriam conduzir sua filha a caminhos malignos. Chegou a sua casa, ea advertiu, dizendo: "Minha filha, nao prestes atencao as palavras desses inimigos, e eles nao serdo capazes de te subjugar. Nao deixes a casa, mas faz todo o teu trabalho em casa. Nao te sintas ociosa, mesmo por um tinico momento. Assim, nao serdo capazes de te ver, e te causar dano." Eles possuem um Atributo que faz com que deixem de lado todos os bons caminhos, e escolham todos os maus caminhos. Quando véem uma pessoa caminhando por um bom caminho, eles a odeiam. O que é [esse Atributo]? E Sata. Ensina que o Santo Abencoado tem um Atributo cujo nome é Mal. Situa-se ao norte do Santo Abengoado, conforme esté escrito (Jeremias 1:14): "Do norte derramar-se-4 0 Mal sobre todos os habitantes da terra." E o mal que se abate sobre "todos os habitantes da terra" vem do norte.’® 163. O que é esse Unico Atributo? E a Forma de uma Mio. Tem muitos mensageiros, e 0 nome de todos eles é Mal Mal.'*! Alguns deles sdo grandiosos, e outros, pequenos, mas todos trazem culpa ao mundo. Isto € porque o Caos fica em dirego ao norte. O Caos (Tohu) nada mais € do que Mal. Confunde o (Taha) o mundo, e faz as pessoas pecarem,' Cada Anseio Maligno (Yetzer HaRa) que existe no homem vem dali. E por que est situado a esquerda? Porque nao tem autoridade alguma, em qualquer lugar do mundo, exceto no norte. No est4 habituado a estar em parte alguma, exceto no norte. Nao deseja estar em parte alguma, exceto no norte. Se permanecesse no 90 O Banik sul até aprender os rumos do sul, como poderia conduzir outros & perdicdo? Teria que 14 permanecer por [varios] dias, até aprender, e, entdo, no poderia fazer as pessoas pecarem. Por isso, est4 sempre ao norte, 4 esquerda. Esse € 0 significado do versfculo (Génese 8:21) “Pois 0 Anseio do coragéo do homem é mau desde a sua juventude". E mau desde a sua juventude, e nao se inclina [em qualquer dire¢do] sendo a esquerda, pois j4 se acostumou a estar ali. A respeito disso, disse 0 Santo Abencoado a Israel (Exodo 15:26): "Se escutardes a voz do Senhor vosso Deus, e fizerdes 0 que & correto diante de Seus olhos, ouvirdes Seus mandamentos" - e nao os mandamentos do Anseio Maligno - "e guardardes todas as suas regras" - e nao as regras do Anseio Maligno - "[ entdo toda a doenca que Eu trouxe para os eg{pcios nio vos trarei,] pois Eu sou o Deus que vos cura." 164. Que ganha o Anseio Maligno? Como ¢ isso? Um rei nomeou funciondrios por todas as terras de seu reino, com autoridade sobre seu trabalho e seu comércio, Cada uma, e toda coisa, tinha o seu funciondrio. Havia um funciondrio responsdvel pelo armazém que guardava boa comida. Outro, estava a cargo do armazém que guardava pedras. Todos vinham ao armazém que guardava a boa comida. O funciondrio encarregado do armazém das pedras chegou e viu que as pessoas compravam unicamente do outro [funciondrio]. O que fez ele? Enviou seus mensageiros para demolir as casas precdrias [de modo a fazer as pessoas necessitarem de pedras para as reconstruir]. Nao puderam, todavia, fazer isso com as sdlidas. Disse ele: "No mesmo tempo que demora demolir uma [casa] sélida, pode- se demolir dez casas precdrias. Todas as pessoas vir4o, portanto, comprar pedras comigo, e nao ficarei inferior ao outro." Estd, portanto, escrito (Jeremias 1:14): “Do norte derramar-se- 40 Mal, sobre todos os habitantes da terra." Continua o versiculo (Jeremias 1:15): "Porque eis que vou convocar todas as familias do reino do norte - diz Deus - ¢ elas virdo, e cada uma delas colocar4 Parte Um o1 seu trono & entrada das portas de Jerusalém..." O mal seré a sua ocupa¢do, e, também, o Anseio Maligno constantemente envidaré esforgos. A palavra Sata significa "desviar", pois ele desvia o mundo todo para 0 contrapeso da culpa. De que forma estd indicado? Est4 escrito (Génese 38:16): "E desviou-se na diregao dela", e o Targum traduz como VeSata [Saté sendo a raiz de Sata]. Do mesmo modo, estd escrito (Provérbios 4:15): “Desvia-te (S'té) disso, e segue." » 165. Qual € 0 significado dos “setenta tamareiros"? Haviam aceito sobre si os mandamentos, conforme estd escrito (Exodo 15:26): "Se escutardes a voz do Senhor vosso Deus." Imedia- tamente depois, encontramos (Exodo 15:27): "E vieram a Elim (Elimd) [onde existiam doze pogos de dgua e setenta tamareiros]." Qual é 0 significado de Elimd? E Eli Md - "para mim é 0 qué"."* "Onde existiam doze pogos de dgua." A principio, Deus lhes concedeu sob a forma de pogos, e, no final, Ihes devolveu como pedras. Est4, portanto, escrito [a respeito das pedras que estavam perto do Jordio] (Josué 4:9): "Doze pedras." Por qué? Porque a Tord era, originalmente, comparada a Aguado mundo. Somente mais tarde, foi colocada em lugar permanente. A Agua, todavia, um dia est4 aqui, e, no dia seguinte, em outra parte. 166. O que sao os setenta tamareiros? Ensina que o Santo Abencoado tem setenta Estruturas."* Essas se desenham conforme os doze Simples.'* Do mesmo modo que a Agua é simples, assim eles s4o simples. Como sabemos que o tamareiro é uma Estrutura? Porque est4 escrito (Cantico dos Canticos 7:8): "Tua estrutura é qual o tamareiro." Além disso, existem setenta tipos de tamareiro. Esta, portanto, escrito que existiam setenta tamareiros. Um nio era igual ao outro, suas fungGes eram todas diferentes eo sabor deum nao era semelhante ao sabor do outro. 92 O Baur 167. Dissestes que os setenta tamareiros representam as setenta Estruturas. Mas nao dissestes que existem 72? Existem 71. Israel perfaz os 72, mas nao estd inclufdo. Mas, nao dissestes que existiam setenta? Um € 0 Oficial de Sata. Como ¢ isso? Um rei tinha filhos, e comprou escravos para todos eles. Disse o rei aos seus filhos: "Dou igualmente a todos." Um deles respondeu: "Nao quero estar contigo, pois tenho 0 poder de te roubar tudo. Disse, entdo, o rei: um quinhio," [0 filho rebelde] fez o que pode. Saiu, e aguardava [os escravos], mostrando-lhes muito ouro, jéias e tropas. Dizia: "Vinde a mim." O que fez o rei? Juntou seus exércitos aos exércitos de todos os seus filhos. Exibiu-lhes aos escravos, e disse: "Nao deixeis que ele vos engane, e vos faca pensar que seus exércitos sao mais fortes que o meu. Desconfiai das tropas daquele filho. Ele é velhaco, e deseja vos roubar. Portanto, nao escuteis o que diz, pois, a princfpio, ele falard suavemente para incitar-vos a sua armadilha, mas, no final, rir- se-4 de vds. Sois meus escravos, ¢ vos farei tudo de bom se voltardes as costas a ele, e nao 0 escutardes." Ele é 0 Prfncipe do Caos. Est4, portanto, escrito (J Samuel 12:21): "Nao vos desvieis, pois seguireis 0 Caos. Isso nao vos ajudaré ou salvar, pois é o Caos." [Nao pode ajudar ou salvar,] mas pode fazer mal. O conselho que vos dou, é que deveis (Exodo 15:26) "escutar a voz do Senhor vosso Deus e fazer 0 que € correto diante de Seus olhos, ouvir Seus mandamentos e guardar todas as suas regras". Quando guardardes todas as Suas regras, entio, "toda a doenga que Eu trouxe para os eg{pcios, nao vos trarei". Por que disse Ele tudo isso? Para fechar todas as portas, de modo a ndo vos encontrar as vezes doces e as vezes endurecidos. Quando mantiverdes todas as Suas regras, entdo “toda a doenga que Eu trouxe para os egfpcios" - por intermédio da Minha mio - “nao vos trarei". or causa disso, em meio a todos, nao terds Parte Um 93 Qual € 0 significado de "pois Eu sou 0 Deus que vos cura"? Significa que, mesmo quando Ele chega e golpeia "Eu sou o Deus que vos curard". 168. Por que chamas isso de oitavo?'** Porque com isso os oito foram iniciados, e com isso os oito ntimeros estéo completos. Em fungao, todavia, é 0 sétimo. Eo que sao [0s oito] que foram iniciados? Eo fato deuma crianga entrar na Alianga da Circuncisado quando tem oito dias. So, entdo, oito? Nao sao nada além do que sete. Por que o Santo Abengoado disse oito? Porque existem oito diregdes no homem. O que sao elas? S40 como 0 que se segue: As mios direita e esquerda As pernas direita e esquerda A cabega, 0 corpo ea Alianga como drbitro E sua mulher, que é seu conjuge. Estd, portanto, escrito (Génese 2:224): "E ele se uniré a sua mulher, e eles se tornarao uma sé carne." Sio esses os oito, e correspondem aos vito dias da circuncisdo. Sao, entdo, oito? Nao sao nada além de sete, pois corpo e alianga sio um s6. Portanto, sdo oito. 169. O que é 0 nono? Ele lhes disse: O nono e 0 décimo esto unidos, um em oposig40 ao outro."*” Um é mais elevado do que 0 outro de 500 anos.'* Sao como as duas Rodas (Ofanim). Um se inclina em diregdo ao norte, enquanto o outro se inclina em diregdo ao oeste. Atingem a terra mais inferior. O que éa terra mais inferior? E a iltima das sete terras abaixo."” O fim da Presenca Divina do Santo Abengoado est4 debaixo de Seus pés. Estd, portanto, escrito (Isafas 66:1): "O céu € 0 Meu trono, ea terra, 0 escabelo dos Meus pés." 94 O Ban A Vitéria (Nitzachon) do mundo esté ali. Esta, portanto, escrito (Isatas 34:10): "para a Vit6ria das Vit6rias (Netzach Netzachim)".'° 170. Qual € 0 significado de "Vitéria das Vitdrias"? Existe uma tinica Vitéria (Netzach). Qual 6? E aquela que se inclina em diregao ao oeste. E qual lhe é secundéria? BE aquela que se inclina em direcdo ao norte.'! E a terceira? E a que esté abaixo. A terceira? Mas dissestes que a Carruagem tem duas rodas. Devemos, portanto, dizer que o fim da Presenga Divina é também chamada Vitéria. E esse o significado de "Vitéria das Vitérias". "Vitdria" é um, e "Vitdrias" é dois, resultando [um total] de trés. 171. Seus discfpulos lhe disseram: De cima para baixo, sabemos. Mas de baixo para cima, nao sabemos.' Ele respondeu: Nao ¢ tudo um - de baixo para cima e de cima para baixo? Disseram: Nosso mestre, ascender nio é 0 mesmo que descender. Pode-se correr na descida, mas nao enquanto se sobe. Ele respondeu: Saf e vede. Sentou-se e explicou-lhes: Existe uma Presenga Divina abaixo, do mesmo modo que existe uma Presenga Divina acima.'* O que é essa Presenga Divina? Dissemos que é a luz derivada da primeira Luz, que é a Sabedoria. Também envolve todas as coisas, con- forme esté escrito (/safas 6-3): "A Sua gléria preenche toda a terra." Qual € sua funga0? Como ¢ isso? Um rei tinha sete filhos e designou um lugar a cada um. Disse-lhes: "Sentai aqui, um acima do outro." O mais inferior disse: "Nao me sentarei no fundo. Nao quero estar distante de ti." [O rei] respondeu: "Eu te envolverei e te verei durante todo 0 dia." Parte Um 95 Eesseo significado do versfculo "A Sua gloria preenche toda a terra”. Por que Ele estd dentre eles? E assim para que Ele possa apoid- los e susté-los. 172. E 0 que sio os filhos? JA vos disse que o Santo Abencoado tem sete Formas Sagradas.'* Todas elas tem uma contraparte no homem, conforme esté escrito (Génese 9:6): "pois 4 imagem de Deus Ele fez o homem". De modo semelhante, est4 escrito (Génese 1:27): "4 imagem de Deus Ele o fez, macho e fémea Ele os fez". isso 0 que eles so: As pernas direita e esquerda As mios direita e esquerda O corpo, a alianga, e a cabeca. Mas esses sao apenas seis. Dissestes que existem sete. O sétimo est4 com sua mulher. Est4, portanto, escrito (Génese : "E serao uma s6 carne." Mas ela foi extrafda de suas costelas, conforme estd escrito (Génese 2:21): "E Ele tomou uma de suas costelas." Disse ele: Sim, de suas costelas. Ele tem costela? Sim. Est4 escrito (Exodo 26:20): "as costelas do taberndculo". O Targum traduz como "o lado do taberndculo". Eo que €0 Seu lado? Como € isso? Um rei teve a idéia de plantar dez 4rvores macho em um jardim. Todas elas eram tamareiros. Disse ele: "Uma vez que todas so da mesma espécie é impossfvel que resistam." O que fez ele? Plantou um Etrog"’ em meio a elas. Essa era uma das que ele pretendia que fosse macho. E por que o Etrog é fémea? Porque estd escrito (Levitico 23:40): "O fruto de uma bela drvore, frondes do tamareiro, [galhos de 4rvore frondosa, e de salgueiros da ribeira]." O que € 0 fruto de uma bela (hadar) drvore? 96 O Ban: O Targum assim traduz esse versfculo: "O fruto do Etrog e 0 Lulav." 173. Qual o significado de "bela"? E a beleza de todas as coisas. E, também, a beleza do Cantico dos Canticos, A respeito disso, est4 escrito (Cantico dos Canticos 6:10): "Quem € essa que desponta como a aurora, bela como a lua, fulgurante como 0 sol, terrfvel como um exército com bandeiras desfraldadas?" Isso se relaciona 4 Fémea. Por causa dela, a fémea foi tirada de Addo. Porque é impossfvel, para o mundo inferior, perdurar sem a fémea. E por que é a fémea chamada Nekevd? Porque seus oriffcios (Nekev) sio amplos. Também porque ela tem mais oriffcios do que o macho. O que sao eles? Sao os oriffcios dos seios, do ventre, e 0 receptaculo. 174. E por qual motivo dissestes que 0 Cantico dos Canticos é belo? Sim, é a mais bela de todas as Sagradas Escrituras. Disse, portanto, o Rabino Yochanan: todas as Escrituras sdo sagradas, e toda a Tord € sagrada, mas 0 Cantico dos Canticos € 0 Santo dos Santos." Qual ¢ 0 significado do Santo dos Santos? Significa que € santo para os Santos. O que sao os Santos? Sao as contrapartes das seis diregdes exis- tentes no homem."” O que é sagrado para eles, & sagrado para tudo. 175. O que é Sagrado? E 0 Etrog, o qual é a beleza (hadar) de todos. Por que é chamado belo (hadar)? Nao leia hadar, porém HaDar - “o que habita".'* Isso se refere ao Etrog, que nao esta unido ao Lulav. Sem ele, o mandamento do Lulav nao pode ser cumprido. Est4, também, vinculado a todos eles. Estd com cada um deles, e unificado a todos eles. Parte Um 97 176. A que corresponde o Lulav? E a contraparte da medula espinhal,'” Est4, portanto, escrito (Levftico 23:40): "[frondes do tamareiro,] galhos de drvore frondosa, e de salgueiros da ribeira". Os [frondosos] galhos [da murta] devem cobrir a maior parte [dos ramos]. Se seus galhos nao cobrirem sua maior parte, nao é valido. Por qué? Como é isso? Um homem tem bragos e, com eles, protege sua cabega. Tem dois bracos e, com a sua cabe¢a, perfaz trés. [Por isso é chamado] "ramos de drvore frondosa". Um “galho" estd & esquerda, e as “folhas", a direita. Vé-se, entdo, que a “drvore" esté no centro,” g E por que é chamada "drvore"? Porque é a Raiz da Arvore.™! 177. O que sao os "salgueiros da ribeira"? Existem dois [galhos de salgueiro no Lulav], que correspondem as duas pernas no homem.? Por que os ["salgueiros da ribeira"] sao chamados Arvey Nachal? Porque o maior dos dois esté inclinado em direcgao ao oeste (ma- Arey), e dali extrai a sua forga. Odo norte é menor que ele por uma jornada de 500 anos. Situa- se no noroeste, por intermédio do qual funciona. Recebe daf seu nome, pois estéo ambos misturados (Arav).?° 178. Outra explicagao: [Os salgueiros da ribeira] sio chamados Arvey Nachal porque a funcZo de um estd, as vezes, misturada (ma-arav) a do outro. Por que sdo chamados de Salgueiros da Ribeira? Por causa do lugar em que esto, que é chamado Ribeira. Estd, portanto, escrito (Eclesiastes 1:7): "Todas as ribeiras correm para 0 mar, mas 0 mar nunca se enche." O que é esse mar? Dizemos que € 0 Etrog. Como sabemos que cada um dos sete Atributos é chamado deuma Ribeira (Nachal)? Porque est4 escrito (Nuémeros 21:19): "Do Naaliel, [do Naaliel para Bamot, e de Bamot para o vale no Campo de Moab, 98 O Baur 0 topo do rochedo, que contempla a face do Yeshimon]." Nao leia Naaliel, porém Nachley El - Ribeiras de Deus. E todos os seis seguem um caminho até 0 mar. O que ¢ esse caminho? E aquele que arbitra entre eles. Est4, portanto, escrito (Habacuc 3:5): "Diante Dele caminha a peste, e, a Seus pés, 0 raio." Todos eles vao aquela calha, e, daquela calha, ao mar. Esse € 0 significado do versfculo "Da Dadiva as Ribeiras de Deus". [Dadiva] é 0 lugar que é dado, especificamente 0 cérebro. Dali, vio até as Ribeiras de Deus. "E das Ribeiras de Deus ao Bamot." O que é Bamot? Como traduz 0 Targum: Ramta - “alturas". Esse € 0 Segol que segue 0 Zarka.** [Continua o versfculo:] "E de Bamot ao vale no Campo de Moab, 0 topo do rochedo, que contempla a face do Yeshimon." “E das alturas (Bamot) ao vale que esté no Campo de Moab." Isso €0 que est4 preparado. E 0 que estava no Campo de Moab? Nao leia Moab, porém Me-av - “de um pai". Esse € 0 pai a respeito do qual est4 escrito (Génese 26:5): "Porque Abraao ouviu Minha voz, guardou Minha confianga, Meus mandamentos, Minhas regras..." O que € esse campo? E 0 que esta “no topo do rochedo", e que, também, "contemplaa face do Yeshimon". Interpreta-se [Yeshimon] como significando Céu.% A respeito daquela calha, esté escrito (Cantico dos Canticos 4:15): "A fonte dos jardins, e 0 pogo de dgua viva, que jorra, descendo do Lfbano." O que é 0 Libano? Dizemos que é Sabedoria.*” O que sao os Salgueiros da Ribeira (Nachal)? Dizemos ser 0 que dé heranga (Nachald) a Israel. Refere-se as duas Rodas da Car- ruagem.™* 179. Aprendemos que existem Dez Esferas e Dez Declaragées.” Cada Esfera tem a sua Declaracdo. Nao estd cercada por ela, porém a cerca. Esse mundo [ffsico] é qual a semente de mostarda dentro de um anel.