Você está na página 1de 37
Sistemas de Informação 2017/1
Sistemas de Informação 2017/1
Sistemas de Informação 2017/1

Sistemas de Informação

2017/1

Recapitulando  Quando surgiu?  De que forma era feita?  Qual o objeto de

Recapitulando

Quando surgiu?

De que forma era feita?

Qual o objeto de estudo?

Qual o objetivo da contabilidade?

Quem utiliza as informações da contabilidade?

O que é o Patrimônio?

Qual a definição mais completa de Ativo?

Qual a definição mais completa de Passivo?

Qual a equação fundamental do patrimônio?

E na aula de hoje  Há algum critério de ordem a ser seguido para

E na aula de hoje

Há algum critério de ordem a ser seguido para classificação das contas no Balanço Patrimonial?

E a o detalhamento do resultado da empresa?

Entendendo o método das partidas dobradas: o débito e o crédito

Classificação de Contas  Circulante  Acontecem dentro de um exercício social, ou seja, dentro

Classificação de Contas

Circulante

Acontecem dentro de um exercício social, ou seja, dentro de um ano (360 dias).

Não Circulante

Acontecem após um exercício social, ou seja, após um ano (360 dias).

Definições de Circulante e Não Circulante 2016 2017 CIRCUANTE 2018 NÃO CIRCUANTE 5

Definições de Circulante e Não Circulante

2016 2017 CIRCUANTE
2016
2017
CIRCUANTE
Definições de Circulante e Não Circulante 2016 2017 CIRCUANTE 2018 NÃO CIRCUANTE 5

2018

NÃO CIRCUANTE
NÃO CIRCUANTE
Classificação do Ativo  As contas devem ser dispostas em ordem decrescente de grau de

Classificação do Ativo

As contas devem ser dispostas em ordem decrescente de grau de liquidez

Grau de Liquidez – facilidade de se transformar em dinheiro em menor prazo

Ativo Circulante

Ativo Não Circulante

Ativo Circulante

Disponibilidades

Caixa

Banco

Aplicações de Liquidez Imediata

Direitos

Clientes

Duplicatas diversas a receber

Estoque

Despesas pagas Antecipadamente

Aluguel pago antecipadamente

Fornecedor pago antecipadamente

Seguro a Apropriar

Ativo Não Circulante  Realizável a longo prazo – direitos a receber a longo prazo,

Ativo Não Circulante

Realizável a longo prazo – direitos a receber a longo prazo, ou seja, após o exercício social.

Investimentos – bens e direitos por participação em outras sociedades.

Imobilizado – conjunto de bens corpóreos destinados à manutenção da atividade da empresa.

Intangível - conjunto de bens incorpóreos que contribuirão para formação de resultados futuros.

Ativo Não Circulante

Realizável a Longo Prazo

Direitos de empresas do grupo

Contas a Receber dos Sócios

Investimento

Participações em coligadas

Obras de Arte

Imobilizado

Imóveis

Veículos

Intangível

Marcas e Patentes

Direito de Concessão

Classificação Passivo  As contas devem estar dispostas em ordem decrescente de grau de exigibilidade

Classificação Passivo

As contas devem estar dispostas em ordem decrescente de grau de exigibilidade dos elementos registrados.

Grau de Exigibilidade: importância de pagamento e vencimento.

Exemplo:

Empréstimo

Fornecedor

Outras contas a pagar

Fornecedor Empréstimo Outras contas a pagar

Passivo Circulante e Não Circulante

Passivo Circulante

Fornecedores

Salários a Pagar

Encargos a Pagar

Empréstimos a Pagar (1 ano)

Passivo Não Circulante

Financiamentos (A partir do 2 ano)

Empréstimos a Pagar (A partir do 2 ano)

Juros a Pagar (A partir do 2 ano)

Patrimônio Líquido

Neste grupo não há subdivisões, as contas devem estar dispostas da seguinte maneira:

Investimento dos proprietários

Reservas de Lucros

Ajustes de Avaliação Patrimonial

Ações em Tesouraria (adquiridas por funcionários)

Prejuízos Acumulados

Patrimônio Líquido  Capital Social  Reservas de Capital  Reserva de Reavaliação (PROIBIDA NO

Patrimônio Líquido

Capital Social

Reservas de Capital

Reserva de Reavaliação (PROIBIDA NO BRASIL)

Reserva de Lucros

Lucros ou Prejuízos Acumulados

Ações em Tesouraria

Ajustes de Avaliação Patrimonial

Capital

RECURSOS

Capital subscrito - comprometido Capital integralizado - realização
Capital
subscrito -
comprometido
Capital
integralizado -
realização

CAPITAL NOMINAL – Importância investida inicialmente

Comparabilidade

Comparabilidade Consolidados Mesma moeda Milhares de reais Conta sem saldo (0) 2 ou 3 períodos 15

Consolidados

Mesma

moeda

Comparabilidade Consolidados Mesma moeda Milhares de reais Conta sem saldo (0) 2 ou 3 períodos 15

Milhares de reais

Comparabilidade Consolidados Mesma moeda Milhares de reais Conta sem saldo (0) 2 ou 3 períodos 15

Conta sem saldo (0)

Comparabilidade Consolidados Mesma moeda Milhares de reais Conta sem saldo (0) 2 ou 3 períodos 15
Comparabilidade Consolidados Mesma moeda Milhares de reais Conta sem saldo (0) 2 ou 3 períodos 15

2 ou 3 períodos

Estrutura do Balanço Patrimonial 16

Estrutura do Balanço Patrimonial

Estrutura do Balanço Patrimonial 16

Vamos praticar

Balanço Patrimonial XYZ Ltda em 31/12/12

 

Ativo

Passivo

Imóveis

R$ 20.000,00

Empréstimos Financiamentos (+ 1 ano) Fornecedor Impostos a Pagar Aluguel a Pagar

R$

7.000,00

Veículos Clientes Estoque Banco Caixa Seguros pagos antecipadamente Contas a Receber (+1 ano)

R$

5.000,00

R$ 32.000,00

R$ 12.000,00

R$

2.000,00

R$

7.000,00

R$

8.000,00

R$ 15.000,00

R$

2.000,00

R$

1.200,00

 

R$

2.000,00

Patrimônio Líquido

R$

750,00

Reserva de Lucro Capital Social

R$

1.950,00

 

R$ 10.000,00

Total Ativo

R$ 62.950,00

Total Passivo + PL

R$ 62.950,00

Vamos praticar 18

Vamos praticar

Vamos praticar 18

Vamos praticar

Balanço Patrimonial de Comercial Vagalume Ltda. Em R$ mil
Balanço Patrimonial de Comercial Vagalume Ltda.
Em R$ mil

ATIVO

PASSIVO e PATRIMÔNIO LÍQUIDO

Bancos

10.000

PASSIVO

   

Caixa

800

Títulos a Pagar

3.500

 

Veículo

3.000

Fornecedores

1.800

5.300

   

PATRIMÔNIO

   

Estoque

3.000

LÍQUIDO

     

13.00

 

Terrenos

1.700

Capital

0

Títulos a Receber

500

Reserva de Lucros

700

13.700

Total

19.000

Total

 

19.000 19

Demonstração do Resultado do Exercício  Lucro ou prejuízo da empresa num determinado exercício; 

Demonstração do Resultado do Exercício

Lucro ou prejuízo da empresa num determinado exercício;

Se receita maior que despesa = LUCRO

O que é lucro?

Lucro para empresa ou para sócio?

Regime de Caixa versus Regime de Competência Regime de Caixa  Os lançamentos são feitos

Regime de Caixa versus Regime de Competência

Regime de Caixa

Os lançamentos são feitos exclusivamente quando há entradas ou saídas de $$;

Não é utilizado para lançamentos contábeis;

A utilização é permitida para fins tributários (Pis, Cofins, Simples, IR).

DFC

Regime de Competência

Os lançamentos são feitos no momento de sua ocorrência, retratando fidedignamente a realidade da empresa;

Acontecem independentemente do recebimento, o que importa é

o fato gerador;

É

utilizado para todas as transações.

BP e DRE

Exemplo

Supondo que um funcionário tem para receber R$ 1.200,00 de décimo terceiro, sendo que R$ 600,00 serão pagos em novembro e os outros R$ 600,00 em dezembro.

Pelo Regime de Caixa

terceiro, sendo que R$ 600,00 serão pagos em novembro e os outros R$ 600,00 em dezembro.
Exemplo  Pelo Regime de Competência  Qual o fato gerador do 13º salário? 23

Exemplo

Pelo Regime de Competência

Qual o fato gerador do 13º salário?

Exemplo  Pelo Regime de Competência  Qual o fato gerador do 13º salário? 23
Receitas, Despesas e Custos  Receitas são aumentos nos benefícios econômicos durante o período contábil

Receitas, Despesas e Custos

Receitas são aumentos nos benefícios econômicos durante o período contábil sob a forma de entrada ou aumento de ativos ou diminuição de passivos, que resultam em aumentos do patrimônio líquido e que não sejam provenientes de aporte dos proprietários da entidade.

Despesas são decréscimos nos benefícios econômicos durante o período contábil sob a forma de saída ou redução de ativos ou incrementos em passivos, que resultam em decréscimo do patrimônio líquido e que não sejam provenientes de distribuição de resultado ou de capital aos proprietários da entidade.

Custos são gastos relativos a bem ou serviços utilizados na produção de outros bens ou serviços.

DRE 25

DRE

DRE 25

Lançamentos Contábeis

Lançamentos Contábeis 26

Razonetes

Para fazer os lançamentos contábeis de forma manual, utilizamos os razonetes;;

Os saldos iniciais das contas são lançados de acordo com a natureza das contas;

As demais movimentações são feitas de acordo com os acontecimentos;

Ao final do período realiza-se a Apuração do Resultado do Exercício (ARE) encerrando todas as contas de resultado (Receitas, Despesas e Custos) para chegar-se ao Resultado do Período (Lucro ou Prejuízo) este resultado é levado para uma conta patrimonial (PL);

Toda a movimentação do ARE é apresentada posteriormente na DRE;

Também são apurados os saldos finais das contas patrimoniais para evidenciação do BP.

Razonetes – Natureza das Contas Débito Crédito Ativo Passivo Custos e Despesas Patrimônio Líquido

Razonetes – Natureza das Contas

Débito

Crédito

Ativo

Passivo

Custos e Despesas

Patrimônio Líquido

Receitas

Lançamentos Contábeis

Lançamentos Contábeis Se debita : Pelo aumento do Ativo Pela diminuição do Passivo Contas redutoras do

Se debita:

Pelo aumento do Ativo Pela diminuição do Passivo Contas redutoras do passivo/PL Pelo aumento dos Custos e Despesas

Se credita:

Pela diminuição do Ativo Pelo aumento do Passivo Pelo aumento das Receitas Contas redutoras do ativo

Exemplo 1:

1. Carlos, Alberto e José resolveram organizar uma empresa, em 15-1-x8, a qual denominaram Irmãos Silva &Cia. Ltda., com um capital integralizado, no ato, em moeda corrente, de R$ 35.000.

2. 18/01 – Compra de um imóvel por R$ 30.000, pago da seguinte forma: R$ 3.000 em dinheiro e o restante mediante uma promissória com vencimento para 18/03/x2.

3. 19/01 – Compra, a vista, de móveis necessários para a instalação da empresa por R$ 3.000

4. 20/01 – Foram comprados da Cia ABC (Dupl. Pagar), a prazo, R$ 8.500 em equipamentos.

5. 23/01 – Foi obtido um empréstimo para a empresa, junto ao Banco do Sul S.A, de R$ 15.000.

6. 25/01 – Foram pagos R$ 5.000 à Cia ABC (Dupl. Pagar) para amortização de parte da dívida contraída pela compra efetuada em 20/01 em dinheiro.

7. 27/01 – Os três sócios aumentaram o capital da empresa em R$ 10.000, em dinheiro.

Ativo   Passivo + PL   Circulante Circulante   Caixa R$ 34.000,00 Fornecedor R$

Ativo

 

Passivo + PL

 

Circulante

Circulante

 

Caixa

R$

34.000,00

Fornecedor

R$

17.000,00

Banco

R$

15.000,00

Empréstimos

R$

15.000,00

Estoques

R$

17.000,00

Promissórias a Pagar

R$

27.000,00

 

Duplicatas a Pagar

R$

3.500,00

Não Circulante

 

Móveis

R$

3.000,00

Patrimônio Líquido

Equipamentos

R$

8.500,00

Capital Social

R$

45.000,00

Imóveis

R$

30.000,00

 

Total

R$

107.500,00

Total

R$

107.500,00

31

Exemplo 2:

A Cia. Titanic operou no mês de janeiro:

a) Iniciou atividade com um capital de R$ 200.000 totalmente

depositado na conta bancária aberta pela empresa.

b) Comprou Estoque de Mercadorias a prazo por R$ 100.000.

c) Fez um empréstimo bancário no valor de R$ 150.000 vencendo a

primeira parcela no ano seguinte.

d) Comprou instalações para a loja, a vista, no valor de R$ 50.000

ch no 000.524.

e) Vendeu toda mercadoria adquirida por R$ 250.000 sendo 50% a

vista e o restante a prazo.

f) Pagou R$ 50.000,00 (em dinheiro) referente a dívida com

fornecedores.

  Ativo Passivo + PL Circulante Circulante Caixa R$ 75.000,00 Fornecedor R$ 50.000,00
 

Ativo

Passivo + PL

Circulante

Circulante

Caixa

R$

75.000,00

Fornecedor

R$

50.000,00

Banco

R$

300.000,00

Empréstimos

R$

150.000,00

Clientes

R$

125.000,00

 

Não Circulante

 

Instalações

R$

50.000,00

Patrimônio Líquido

   

Capital Social

R$

200.000,00

   

Lucros

 

Acumulados

R$

150.000,00

Total

R$

550.000,00

Total

R$

550.000,00

Exercício 1:

Stélio Honatário e Fugiro Nakombi formaram uma sociedade limitada com o capital social totalmente integralizado em dinheiro no valor de R$ 2.000.000,00 em partes iguais (50% para cada), depositado no Banco do Brasil S/A.

Adquiriram um veiculo utilitário, a vista, no valor de R$ 50.000,00

Compraram R$ 100.000,00 em mercadorias a prazo.

Venderam a mercadoria por R$ 200.000,00 a vista (todo o estoque).

Pagaram despesas administrativas no valor de R$ 25.000,00 com recursos do banco.

Pagaram despesas comerciais no valor de R$ 30.000,00 com recursos do banco.

Pagaram a mercadoria a prazo com recursos do caixa.

  Ativo Passivo + PL   Circulante   Caixa R$ 100.000,00 Banco R$ 1.895.000,00
 

Ativo

Passivo + PL

 

Circulante

 

Caixa

R$

100.000,00

Banco

R$

1.895.000,00

 

Patrimônio Líquido

Não Circulante

Capital social

R$

2.000.000,00

Veículos

R$

50.000,00

Lucro

R$

45.000,00

Total

R$

2.045.000,00

Total

R$

2.045.000,00

Exercício 2:

Efetue os lançamentos contabeis e encerre a DRE e o Balanço:

Uma empresa foi constituída com o capital social de R$ 500.000,00 depositado na conta da empresa do Banco do Brasil S/A.

Foram adquiridos 1.000 unidades de mercadoria ao custo unitário de R$ 100,00 pagos a vista através do Banco.

comprados a vista através de banco um veiculo no valor de R$

Foram

25.000,00 para fazer entregas.

Foram vendidas 500 unidades de mercadoria para revenda ao preço de R$ 200,00 cada, recebidas a vista através de bancos.

Foram compradas mais 1.000 unidades de mercadoria ao preço unitário de R$ 110,00, pagos a prazo com 30 dias.

Foram pagos as mercadorias comprada a prazo com recursos do Banco.

Foram gastos e pagos R$ 10.000,00 de despesas administrativas, através de Bancos.

Foram gastos e pagos R$ 25.000,00 de despesas comerciais.

Foram vendidos e recebidos através de banco a venda de 500 unidades, ao preço de R$ 210,00.

36

Exercícios 3:

Efetue os lançamentos contabeis e encerre a DRE e o Balanço:

Uma empresa foi constituída com o capital social de R$ 1.500.000,00 depositado na conta da empresa do Banco do Brasil S/A.

Foram adquiridos 1.500 unidades de mercadoria ao custo unitário de R$ 100,00 pagos a vista através do Banco.

comprados a vista através de banco um veiculo no valor de R$

Foram

50.000,00 para fazer entregas.

Foram

vendidas 1.000 unidades de mercadoria para revenda ao preço

de R$ 300,00 cada, recebidas a vista através de bancos.

Foram compradas mais 1.000 unidades de mercadoria ao preço unitário de R$ 110,00, pagos a prazo com 30 dias.

Foram pagos as mercadorias comprada a prazo com recursos do Banco.

Foram gastos e pagos R$ 20.000,00 de despesas administrativas, através de Bancos.

Foram gastos e pagos R$ 50.000,00 de despesas comerciais.