Você está na página 1de 12

Geometria I Aula 13.

Curso Turno Disciplina Carga Horária


Licenciatura Plena em Noturno Geometria I 90h
Matemática
Aula Período Data Planejamento
13.1 2.0 15/12/2006 – 6ª. feira Andréa

Tempo Estratégia Descrição (Arte)


18:10 / 18:15
5’ Vh Abertura

18:15 / 18:50 P1 – Unidade V: Áreas de superfície


35’ Vítor Tema 29: Relações métricas na circunferência
Objetivo: Identificar e demonstrar as relações.

(2) Relações métricas


Duas cordas
Se duas cordas de uma circunferência se interceptam em um
ponto P então o produto das medidas das duas partes de uma
corda é igual ao produto das medidas das duas partes da outra
corda.

(AP).(PB) = (CP).(PD)

(3) Duas cordas


Demonstração

Hipótese:
Tese: AP.PB = DP.PC
(4) Duas cordas
Demonstração

Os triângulos APD e CPB são semelhantes (A.A.)


AP PC
= ⇒ AP.PB = DP.PC
DP PB
(5) Aplicação
Na figura, calcule a medida da corda CD
Geometria I Aula 13.1

(6) Solução
3 x.( x + 1) = ( 4 x − 1).x
3x 2 + 3x = 4 x 2 − x
4 x 2 − 3x 2 − 3x − x = 0 ⇒ x 2 − 4 x = 0
x( x − 4) = 0 ⇒ x = 0 ou x = 4
CD = (4 x − 1) + x ⇒ CD = 5 x − 1
CD = 5.4 − 1 ⇒ CD = 19
(7) Relações métricas
Duas secantes
Quando duas secantes se interceptam externamente a uma
circunferência, o produto da medida da secante inteira pela
medida de sua parte externa é constante.

(PA).(PB)=(PC).(PD)

(8) Duas secantes


Demonstração

Hipótese:
Tese: PA.PB = PC.PD
(9) Duas secantes
Demonstração
Geometria I Aula 13.1

A. A. PA PC
ΔAPD ~ ΔBPC ⇒ = ⇒ PA.PB = PC.PD
PD PB
(10) Aplicação
Na figura, tem-se: PA = 2 AB , PO = 17 cm e OC = 5 cm.
Determine o valor de AB .

(11) Solução

2 x.x = 22.12 ⇒ x 2 = 11.12


x 2 = 2 2.3.11 ⇒ x = 2 33

(12) Relações métricas


Secante e tangente
O quadrado da medida do segmento tangente é igual ao produto
da medida do segmento secante inteiro pela medida de sua
parte externa.

(AP )2
= PB.PC

(13) Secante e tangente


Demonstração

AP PC
ΔABP ~ ΔAPC ⇒ =
PB AP
AP. AP = PB.PC ⇒ AP ( )2
= PB.PC
Geometria I Aula 13.1

(14) Aplicação
Na figura AC = CD é tangente à circunferência. Calcule AC :

(15) Solução

(3 2 ) 2
= 2 x.x ⇒ 2 x 2 = 9.2 ⇒ x 2 = 9 ⇒ x = 3

18:50 / 19:15 P1/DL (16) Dinâmica Local


25’ Vítor 1. Por um ponto P traçam-se uma tangente e uma secante a
uma circunferência. Medindo o segmento da tangente 8 cm e o
da secante 16 cm, quanto medirá a parte exterior da secante?

(17) Dinâmica Local


2.Por um ponto P distante 18 cm de uma circunferência, traça-
se uma secante que determina na circunferência uma corda AB
de medida 10 cm. Calcule o comprimento da tangente a essa
circunferência traçada do ponto P, sabendo que AB passa pelo
centro da circunferência.

19:15 / 19:20 Retorno DL (18) Solução 1


5’

64
82 = 16.x ⇒ x = ⇒ x = 4 cm
16

(19) Solução 2

2 2
PT = 28.18 ⇒ PT = 2 2.7.32.2 ⇒ PT = 6 14
Geometria I Aula 13.2

Licenciatura em Matemática
Geometria I
Aula 13.2
Tempo Estratégia Descrição (Arte)
19:20 / 19:55 P2 – Unidade V: Relações métricas
35’ Clício Tema 30: Relações métricas na circunferência
Objetivo: Estudar os principais casos de relações métricas na
circunferência e suas aplicações no cotidiano.

(2) Relações métricas


Definição
A

P1
B

D P2
C

(3) Relações métricas


1º caso
A

D B

PA. PB = PC. PD

(4) 1º caso
Demonstração
A

D B

P é comum ou o. p. v
BD
A=C=
2

PA PD
ΔPAD ∼ΔPCB ⇒ = ⇒ PA.PB = PC.PD
PC PB

(5) Aplicação
Determine o valor de x na figura.
A

4 C

2
x
P
3
D B
Geometria I Aula 13.2

(6) Solução
A

4 C

2
x
P
3
D B

2.x = 3.4
2x = 12
x=6
(7) Aplicação
Determine o valor de x na figura abaixo.

A
x C
3
4
O
D
8

(8) Solução

A
x C
3
4
O

x-4

(x – 4).(x + 4) = 3.8
x2 – 42 = 24
x2 – 16 = 24
x2 = 40
x = 2 10

(10) Relações métricas


2º caso
.
A

P
C

PA. PB = PC. PD

(11) 2º caso
Demonstração
A

P
C

D
Geometria I Aula 13.2

P é comum ou o. p. v
A = C = BD/2
PA PD
ΔPAD ∼ΔPCB ⇒ = ⇒ PA.PB = PC.PD
PC PB
(12) Aplicação
Determine o valor de x na figura
A
5
B
4

P
3
C
x
D

(13) Solução

A
5
B
4

P
3
C
x
D

4.(4 + 5) = 3.(3 + x)
4.9 = 9 + 3x
36 – 9 = 3x
3x = 27
x=9

(14) Aplicação
Na figura ABC representa o trecho de uma estrada que cruza
o pátio circular de centro O e raio r. Se
AC = 2r = AO, determine BC.
C

O A

(15) Solução
C

E
O D A

AO = AC = 2r
AB. AC = AD. AE
(AC – BC). AC = (AE – DE).(AO + OE)
(2r – BC).2r = (3r – 2r).(2r + r)
(2r – BC).2r = r. 3r
3r
2r – BC =
2
r
BC =
2

(16) Relações métricas


3º caso
Geometria I Aula 13.2

PT2 = PA. PB

(17) 3ºcaso
Demonstração

P é comum
A = T = TB/2
PA PT
ΔPAT ∼ΔPTB ⇒ = ⇒ PA.PB = PT 2
PT PB
(18) Aplicação
Determine o valor de x na figura.
A
144
B
25

(19) Solução
A
144
B
25

x2 = 25.(25 + 144)
x2 = 25. 169
x = 5. 13
x = 65

(20) Aplicação
Determine o perímetro do triângulo AMN, sabendo- se que AB
= 10 cm.
B M
A

N
E

(21) Solução
Geometria I Aula 13.2

B M
A

N
E

AB = AE = 10
BM = x ⇒ AM = AB – BM ⇒ AM = 10 – x
EN = y ⇒ AN = AE – EN ⇒ AN = 10 – y
BM = MT = x e EN = NT = y
P = AM + AN + MN = 10 – x + 10 – y + x + y = 20 cm

19:55 / 20:20 P2 /DL (22) Dinâmica Local


25’ Clício A circunferência está inscrita no triângulo ABC. Determine o
valor de x, sabendo- se que AB = 8, AC = 9 e BC = 7.
A

B C
x

20:20 / 20:25 Retorno (23) Solução


5’ DL
A

8-x
8-x

x 7-x

B C
x 7-x
AC = 8 – x + 7 – x
9 = 15 – 2x
2x = 6
x=3

20:25 / 20:45 Intervalo


20’
Geometria I Aula 13.3

Licenciatura em Matemática Planejamento:


Andréa, Antônio
Geometria I
Aula 13.3

Tempo Estratégia Descrição (Arte)


20:45 / 21:20 P3 – Unidade V: Áreas da superfície
35’ Iêda Tema 31: Bissetriz, mediatriz e ângulos internos do triângulo
Objetivo: Usar material diversificado para fixar os conteúdos
matemáticos.

(2) Bissetriz de um ângulo


Material necessário
• Régua
• Lápis
• Compasso
• Tesoura
• Papel ofício

(3) Procedimentos
Animação: Usando o transferidor, trace em uma folha de
papel oficio um ângulo de 70o.

Com a ponta-seca do compasso em O, traça-se um arco


determinando M e N.
Com a ponta-seca do compasso em M e depois em N, traça-
se com a mesma abertura do compasso os arcos que se
cortam em D.

Traça-se a semi – reta OD . A semi-reta


OD é a bissetriz do ângulo AÔB.

A semi-reta OD é a bissetriz do ângulo AÔB.

(3) Mediatriz de um segmento


Geometria I Aula 13.3

Procedimentos
Passo a passo:
1º Segmento de reta AB

2º Com a ponta-seca do compasso em A e a abertura do


compasso maior que a metade da medida do segmento AB,
traçar dois arcos: um abaixo e outro acima de AB . Em
seguida Com a ponta-seca do compasso em B e a mesma
abertura do compasso, traçar dois arcos que cortam os
primeiros em C e em D.

3º Trace a reta CD, que cruza AB , no ponto M.

(4) Soma dos ângulos internos


Procedimentos
Passo a passo:
1º Traçar um triangulo qualquer.

2º Destaque os ângulos internos desse triângulo ( a, b e c)


Geometria I Aula 13.3

3º Usando uma tesoura, separe o triângulo em três partes, de


forma que cada parte contenha um dos ângulos do triângulo.

4º Junte os ângulos do triângulo, de forma que a soma dos


ângulos a + b + c seja 180°.

A soma das medidas dos ângulos internos de um triângulo é


180°

(5) Aplicação
Mostre que a soma das medidas dos ângulos internos de um
triângulo é 180°.

21:20 / 21:45 P3 /DL (7) Dinâmica Local


25’ Iêda 1) Com a ajuda de um transferidor, trace um ângulo de 120º.
Usando o procedimento do laboratório A, calcule a bissetriz
desse ângulo.

2) Usando uma outra medida de segmento, Trace a bissetriz


usando o procedimento do laboratório B

3) Adote um procedimento semelhante ao que fizemos no


caso dos triângulos e mostre que as medidas dos ângulos
internos de um quadrilátero a, b, c e d , mede 360º.

21:45 / 21:50 Retorno


5’ DL
21:50 / 22:00 Tira
10’ Dúvidas