Você está na página 1de 7

Geometria I Aula 16.

3 1

Curso Turno Disciplina Carga Horária


Licenciatura Plena em Noturno Geometria I 90h
Matemática
Aula Período Data Planejamento
16.1 2.0 20/12/2006 – 4ª. feira Andréa/ Alberto

Tempo Estratégia Descrição (Arte)


18:10 / 18:15
5’ Vh Abertura

18:15 / 18:50 P1 – Unidade V: Áreas de superfície


35’ Clício Tema 38: Construção de eqüilátero
Objetivo: Construção de quadriláteros utilizando os elementos do
desenho geométrico.

(2) Construção de quadriláteros Passo a passo


Material utilizado
Régua
Compasso
Jogo de esquadro
Folha de papel A4

(3) Paralelogramo Passo a passo


Construir um paralelogramo ABCD, sabendo que:
med ( AB) = 4,0 cm
med ( AD) = 3,0 cm
h = 2,5 cm
h é a altura relativa à base AB

(4) Paralelogramo Passo a passo


Faz-se um esboço.

(5) Paralelogramo

Traça-se AB sobre a reta r.

Constrói-se s // r, tal que d (s,r) = 2,5 cm.

1
Geometria I Aula 16.3 2

Centro em A e depois em B

Raio com a medida de AD


Traçam-se dois arcos, determinando-se os pontos D (ou D’) e C (ou
C’)

Traçam-se AD e BC ,(ou AD' , BC' ).

(6) Quadrado

Construir um quadrado ABCD, sabendo que sua diagonal AC mede


3,5 cm.

(7) Quadrado Passo a passo


Faz-se um esboço

2
Geometria I Aula 16.3 3

(8) Quadrado Passo a passo

Traça-se a diagonal AC .

(9) Quadrado Passo a passo

Traça-se a mediatriz de AC , determinando-se M, ponto médio de


AC .

(10) Quadrado Passo a passo


Centro em M

Raio com a medida de AM


Traça-se um arco, determinando-se os pontos B e D.

(11) Quadrado Passo a passo

Traçam-se AB , BC CD , DA , determinando-se o □ ABCD.

(13) Trapézio Passo a passo


Construir um trapézio ABCD escaleno, sabendo que:

med ( AB) = 5,0 cm → base maior


med (CD) = 2,0 cm → base menor
med ( AD) = 3,0 cm → lado transversal

med (DH) = 2,0 cm → altura

3
Geometria I Aula 16.3 4

(14) Trapézio Passo a passo


Faz-se um esboço.

(15) Trapézio Passo a passo

Traça-se AB sobre uma reta r.

(16) Trapézio Passo a passo


Constrói-se s // r, tal que d (s,r) = = 2,0 cm.

(17) Trapézio Passo a passo

Centro em A e raio com a medida de AD


Traça-se um arco, determinando-se os pontos D e D’.

(18) Trapézio Passo a passo

Centro em D (ou D’) e raio com medida de DC Traça-se um arco,


determinando-se o ponto C (ou C’).

4
Geometria I Aula 16.3 5

(19) Trapézio Passo a passo

Traça-se AD e BC (ou AD' e BC' )


Determina- se o trapézio ABCD (ou ABC’D).

18:50 / 19:20 P1/DL (20) Dinâmica Local


25’ Clício Construir um quadrado ABCD, sabendo que sua diagonal AC mede
4,0 cm.
19:15 / 19:20 Retorno DL
5’

Licenciatura em Matemática
Geometria I
Aula 16.2

Tempo Estratégia Descrição (Arte)


19:20 / 20:25 P2 – Unidade V: Áreas de superfície
1h5’ Vítor Tema 39: Demonstração de polígono
Objetivo: Decompor polígonos e associar a área.

(2) Demonstração de polígono passo a passo


Material utilizado
• Régua
• Compasso
• Jogo de esquadro
• Tesoura
• Cola

5
Geometria I Aula 16.3 6

• Papel cartão ou papelão

(3) Poligonos equivalentes


Decomposição
"Se dois polígonos tem a mesma área então sempre é
possível decompor um deles em polígonos menores de modo
a compor o outro."

(4) Poligonos equivalentes


Decomposição
Passo a passo das figuras baixo

Polígonos equidecomponíveis

(5) Transformação de polígonos


Triângulo e retângulo equivalentes

(7) Transformação de polígonos


Polígonos e quadrados

20:25 / 20:45 Intervalo


20’

Licenciatura em Matemática
Geometria I
Aula 16.3

Tempo Estratégia Descrição (Arte)


20:45 / 21:20 P3 – Unidade V: Áreas de superfície
35’ Iêda Tema 40: Pontos notáveis no triângulo
Objetivo: Obter a Mediana, Bissetriz e Altura referente a um
dos lados de um triângulo.

(2) Laboratório Passo a passo


Pontos notáveis
Material necessário:
• Papel ofício
• Tesoura
• Lápis
• Régua

(3) Laboratório Passo a passo


Dobradura: Produtos notáveis
Desenhe um triângulo escaleno e recorte-o.
Ver desenho anexo
(4) Laboratório Passo a passo
Bissetriz de um triângulo
A bissetriz do triângulo é obtida, fazendo coincidir dois lados
adjacentes AB e AC do triângulo de modo que um lado fique
sobre o outro, isto é, de forma que o ângulo seja dividido ao

6
Geometria I Aula 16.3 7

meio.

(5) Laboratório
Bissetriz de um triângulo

(6) Laboratório Passo a passo


Altura de um triângulo
Conceito
• A altura de um triângulo relativa ao ângulo  é o
segmento de reta que sai de  até o lado oposto BC.
• Indicação AH.
• A altura (AH) é obtida, fazendo deslizar o ângulo B̂
sobre o lado BC, até que esse segmento (AH) seja
perpendicular com o lado BC.
• Indicação AH ⊥ BC.

(7) Laboratório
Altura de um triângulo

AH é altura de um triângulo

(8) Laboratório
Mediana de triângulo
Conceito
É obtida unindo-se o ponto médio ao ângulo oposto.

(9) Laboratório
Mediana de triângulo
Para encontrar o ponto médio de um triângulo relativo ao
ângulo A, deve-se dobrar o triângulo, fazendo coincidir os
ângulos B̂ e Ĉ .
(10) Laboratório
Mediana de triângulo
AM é a mediana do triângulo
(11) Laboratório Passo a passo
Pontos notáveis

(12) Laboratório
Geoplano

21:20 / 21:45 P3 /DL (14) Dinâmica Local


25’ Iêda Usando dobraduras, determine o baricentro de um triângulo
escaleno.

21:45 / 21:50 Retorno DL


5’
21:50 / 22:00 Tira Dúvidas
10’