Você está na página 1de 4
— a age (Os tempos verbais indicam o momento em que se realiza a acco expressa pelo verbo. Consideram-se os tempos seguintes: 0 tempo presente se a acco decorre no momento em que se fala. Ex.: Neste momento, eu jogo 4 bola. © tempo do pretérito (pasado) se a accdo decorreu antes do momento em que se fala. Ex.: Em crianca, eu jogava 4 bola. 0 tempo futuro se a acco decorrer depois do momento em que se fala. Ex.: Quando for grande, jogarei num grande clube. No tempo do pretérito, ainda que todas as formas verbais indiquem acces passadas, existem diferencas que nos permite considerar 0s seguintes tempos: 0 pretérito perfeito — a accdo é anterior a0 momento em que se fala e esté aca- bada (perfeita). Ex.: Ele leu o livro. 0 pretérito imperfeito — a acco é anterior a0 momento em que se fala, mas est inacabada (imperfeita) prolonga-se no tempo. Ex.: Em pequeng, ela passeava muito pela praia. pretérito mais-que-perfeito — a acco a que se refere a forma verbal ¢ ante- rior a uma outra ja passada. Ex: Ontem, encontrei um professor que conhecera na escola primdria. Exercicios 1. Identifica 0 tempo do pretérito em que se encontram as formas verbais destacadas: 1.1. Quando chegue! 4 escola, a Ana pulava de alegria porque o pai chegara da Suica 1.2. Quando a mae vinha do mercado, oferecia os bolos que comprara para todos nés. 1.3. Ele escutou, com prazer, as histérias que vivera em crianca. eee 2. Completa as frases que se seguem com os verbos entre paréntesis no pretérito que acha- Tes mais conveniente (perfeito, imperfeito ou mais-que-perfeito). 2.1. Era uma vez um pastor que__ (mentir) muito. 2.2. O navio que (atracar) ontem é muito grande. 2.3. Ontem, a esta hora, jé toda a gente (sait) da reuniao. 2.4. Quando eu era pequeno, (viver) na aldeia. 2.5. Antigamente, a comida (ser) mais saudavel. 2.6. Eu queria chegar cedo, mas néo (conseguir). 2.7. Quando me deitei, 0 céu (estat) limpo, mas de dia (chover) 2.8. 0 Miguel (levar) os sobrinhos ao circo. 2.9. No domingo, a Joana e a Maria (cantar) muito bem. 2.10. O gato (correr) sempre atrdés daquele rato. 3. Indica qual foi o pretérito que usaste em cada uma das frases anteriores. 3.1. - 3.2. 3. 3.4. 3.6. 3.2. 3.8. 3.9. 3.10. — Os modos sao as formas que os verbos tomam para indicar a maneira como a pessoa que fala encara a realizacao da accao: Modo indicativo ~ a pessoa que fala encara a acco como real. Transmite uma ideia de certeza. Ex.: Eu gosto da minha escola. Modo conjuntive ~ a pessoa que fala encara a accao como uma possibilidade ou um desejo. Ex.: Talvez a nossa equipa ganhe o jogo. Modo condicional - indica que a realizacao da accdo depende de uma condicao. Ex.: Se viesses comigo, ficaria feliz. Modo imperativo ~ exprime uma ordem, um conselho ou um pedido. Ex.: Vai sentar-te! — uma ordem Compra este livro. ~ um conselho Ajuda a tua amiga. ~ um pedido Modo infinitivo — exprime a ideia geral da accao. Ex: Dormir faz bem, chorar também. Exercicios 1. Identifica e justifica o modo em que se encontram as formas verbais destacadas. | Modo _Justificagao: transmite a ideia de... A noite esta fria. Oxald venha bom tempo! Gritar incomoda os outros. Iria passear se nao chovesse. Leva um bom agasalho. 2. Relaciona, ligando com setas os elementos das duas colunas. Ordens ou pedidos + + Modo Indicativo Desejos, factos provaveis * + Modo Imperativo Factos reais + + Modo Conjuntivo 3. Completa o quadro seguinte, transformando cada uma das frases de forma a que expres- sem factos reais, factos provaveis ou desejos e ordens. "Ana estuda. Ana,estuda. ] Oxalé ele venha cedo. Fla deu-me um livro. Agasalha-te bem! | 4. Conjuga o verbo querer em cada um dos seguintes tempos verbais. Presente do Pretérito Imperfeito Condidonal Indicativo do Conjuntivo x uv Eb Eu Eu Ew 5. Escreve, ainda, as seg {es formas nominais do verbo do exercicio anterior. Patticipio Passado Gertindio