Você está na página 1de 11

Table of Contents

Introdução

3

Erros Custam Caro

4

O foco desde e-book-aula será

6

Seja Reconhecido

7

Minha História

9

É a sua vez!

11

2

Introdução

Este e-book ajudará você a conquistar muito mais resultado do que você conquista hoje, pois nele existem 5 estratégias que aplico na minha carreira e fazem com que eu me destaque nas empresas que atuo e atuei com muito mais rapidez e excelência, permitindo que eu realize minhas metas profissionais e pessoais com muito mais facilidade.

Talvez você esteja passando pelos seguinte problemas:

  • 1. Você fala e ninguém te ouve...

  • 2. Ninguém se importa com a prevenção...

  • 3. Quando você quer fazer bem o seu trabalho, vira o chato...

  • 4. Você não é reconhecido pelo seu trabalho...

Eu também já passei por estes problemas e errei bastante, mas o importante é que nunca desisti, eu continuei tentando. Fui atrás de informa que me faltavam para poder alcançar o sucesso profissional e excelência que eu tanto desejei.

A recompensa dessa busca foi que eu consegui construir uma das marcas mais respeitadas no mercado em apenas 1 ano e o melhor de tudo conseguir de fato ajudar as pessoas a expandirem a cultura prevencionista e terem resultados palpáveis.

A grande maioria dos prevencionistas está descobrindo tudo recentemente, enquanto eu já tenho 12 anos de estrada em Gerenciamento de Riscos, isso quer dizer que eu companhei de perto toda essa revolução industrial, desda febre da ISO 9001, passando por algumas crises, o que faz toda a diferença, pois nesse percurso nebuloso eu tive que aprender a me destacar.

3

Erros Custam Caro

Na busca pelos cursos e práticas profissionais para que eu fosse reconhecido como um prevencionista extraordinário , eu já me frustrei muito. Já cometi erros que me custaram centenas de milhares de reais, bons empregos e também um tempo irrecuperável.

Testei diversas abordagens, tirar certificações e ser sempre o primeiro da turma para aumentar a autoridade e ser ouvido, investir em controles e burocracia para ter provas que eu estava certo quando algo desse errado, ser o "chato normativo" que impõe a "lei", a verdade que tudo isso gasta muita energia e não gera os resultados desejados. Você se torna reconhecido sim, mas não com uma boa fama.

Depois de muito estudar, tentar, errar e acertar, eu descobri que são as pessoas que estão por trás são que fazem a diferença na prevenção. Percebi que é preciso estar perto de quem realmente sabe do assunto e de quem exercita as boas práticas. É isso que eu tenho feito, vou atrás e aprendo com os melhores do mundo. Em 2015 decorrente dessa busca criei a Risk-Con (se inscreva aqui http://riskcon.hazoper.com.br/semanal) que contou com 41 palestrantes nacionais e internacionais sobre Gerenciamento de Riscos e você nem imagina as conversas que tive com essas feras.

Nos últimos anos passei de funcionário a consultor, e imagine que um consultor de 26 anos (quando montei minha primeira consultoria) tem que saber impor respeito para falar para engenheiros com 30 anos só de casa estavam errados e mais perspicácia ainda para convencê-los a fazer o que você diz.

Agora eu já não preciso mais dar consultorias, e atuo em campo somente quando acho o projeto muito interessante, hoje em dia, eu

4

ajudo prevencionistas, estudantes e experientes a executarem o seu trabalho da melhor forma possível.

Chegou a minha vez de retribuir e fazer a minha parte. Nesse e-book eu vou apresentar as 5 Estratégias para ser reconhecido como um prevencionista reconhecido. Estratégias que eu e os melhores profissionais da área seguimos par alcançar o tão almejado sucesso profissional.

5

O foco desde e-book-aula será

Eu quero te ensinar neste livro as CINCO estratégias que eu utilizei para fazer a diferença e ser reconhecido nas empresas em que atuei conquistando muito mais resultados:

  • 1. É preciso ter um plano

  • 2. É preciso se relacionar

  • 3. É preciso executar

  • 4. É preciso dar resultado

  • 5. É preciso divulgar

6

Seja Reconhecido

Para ser Re-Conhecido primeiramente você precisa ser conhecido e para isso:

É preciso ter um plano - Segundo uma pesquisa do SEBRAE a falta de um plano, no caso de negócios, é responsável pelo fechamento de 60% das empresas do Brasil.

Existem diversos tipos de planos e formatos possíveis, dos mais simples aos mais complexos, mas o importante aqui é você pensar em plano como se fosse um mapa e você fosse o carro. Onde você quer chegar? Que obstáculos enfrentará? Quanto pagará pelo viagem? Quem irá com você?

Uma outra forma de pensar no seu plano é como uma

empresa...

se

você fosse uma empresa, quem seria o seu cliente? Quais produtos você

entrega? Por que o seu cliente paga por isso?

É preciso se relacionar - A Kronos Inc. mostrou em uma pesquisa que 82% dos clientes deixam de comprar devido ao mal atendimento.

seguindo o raciocínio anterior de você ser uma

empresa...

como está

atendendo os seus clientes (colegas e superiores)? Eles têm uma boa experiência ao seu lado? Você se importa de fato com eles ou somente

quer receber (o salário)?

Existe toda uma arte por trás de um ótimo relacionamento, mas eu gosto de listar esses três pilares que acho muito importante:

• Comprometimento - Todo relacionamento vem de um compromisso:

Alguém se compromete a algo para com outro e vice-versa. Nem sempre essa relação está clara, mas é interessante tê-la em mente.

• Responsabilidade - Praticamente um derivação da

anterior...

aqui se

refere ao fato da pessoa ser o dono, ou seja, ser o responsável por algo

na relação.

7

• Confiança - Um pilar que só se consegue exercitando os dois anteriores, a pergunta aqui é: Você confia no outro a ponto de deixá-lo te segurar caso você se jogue?

É preciso executar - Um estudo da Quorum Brasil indica que para 31% dos executivos o principal problema do profissionais é a falta de iniciativa, depois vem a falta de experiência e formação, com 25% e 18% respectivamente. Ou seja, o que importa é fazer.

Aqui também existem alguns pontos de atenção, como fazer bem feito, considerando que outra pessoa em alguma etapa do processo produtivo irá usar a sua tarefa como insumo. Como em uma corrida de revezamento o corredor passa o bastão ao próximo e ainda o acompanha para ter certeza que está tudo certo.

É preciso dar resultado - De acordo com pesquisa, conduzida pela SocialBase destaca que apenas 13% dos colaboradores estão realmente engajados para a geração de resultados.

Na minha opinião se criou uma ilusão que no mundo corporativo é necessário INICIATIVA, na verdade é necessário ACABATIVA, ou seja, iniciar sim é um pré-requisito para se terminar algo, mas o importante é se ter um resultado, seja bom ou ruim, pois todo resultado é válido para se usar em um ciclo de melhoria continua.

É preciso divulgar - Uma pesquisa do Núcleo Brasileiro de Estágios (Nube) mostrou que a falta de reconhecimento é o que mais desmotiva os jovens, 56,61%. Mas para ser reconhecido, tem que ter sido conhecido uma vez.

Quando eu trabalhava com gestão estratégica de franquias um nos contou a história do Pata e da Galinha que ilustra bem a situação... Resumindo, o ovo da pata é maior, mais gostoso e mais nutritivo, mas por que geralmente se come ovo da galinha? Galinha quando bota o ovo grita para todo mundo ouvir, a pata fica quieta.

8

Minha História

Minha História Eu já trabalhei em diversas empresa como funcionário e como consultor e sempre fui

Eu já trabalhei em diversas empresa como funcionário e como consultor e sempre fui muito focado em produtividade, às vezes até demais, ficando até tarde trabalhando, comendo um salgado na frente do computador, para entregar o máximo de resultado e fazer a diferença.

A verdade é que mesmo com entregas surpreendentes, resultando no aumento de lucro e de produção dos meus clientes, nem sempre eu era reconhecido.

E por ter um perfil super pró-ativo me apareceram alguns inimigos, tanto pessoas quanto circunstanciais.

Por exemplo, as pessoas deixarem de fazer algo por que a ideia era minha, ou por elas não entenderem a importância. Eu ter que refazer algo, por ter sido muito rápido e a "decisão superior" mudou no meio do percurso.

Ou seja, fazer muita coisa e muito rápido, por mais incrível que pareça, faz com que as coisas travem.

Então eu percebi que as pessoas possuem a sua própria velocidade e esse tempo deve ser respeitado, principalmente se falando em prevenção, pois nesse caso, se muda algo que elas estão acostumadas. É a diferença entre se dar uma barrigada na piscina e um belo mergulho, é um questão do ângulo de entrada, velocidade, prática.

Após anos de treino agora eu sou reconhecido, inclusive sendo o 1º lugar na minha expertise da busca do Linkedin dentre mais de 200.000 profissionais em todo o mundo e estou entre os 1% das marcas pessoais mais reconhecidas do todo o Linkedin.

9

É a sua vez!

Agora chegou a sua vez!

Eu desafio você agora a escrever em um pedaço de papel ou em um arquivo de texto como será a sua vida quando você for reconhecido pelo trabalho extraordinário que faz? Você será promovido? Você abrirá uma consultoria? Simplesmente será mais feliz?

Tente detalhar ao máximo esse

cenário...

que horas vai acordar, o que

vai comer, qual será a sua rotina diária, o que e com quem vai conversar?

11