Sugestões de Leitura

BOLETIM DA
BIBLIOTECA

O homem que sabia contar
Agenda Nº 3 - JUNHO 2017
Malba Tahan
NOTÍCIAS DA BE
ENCONTRO COM CARLOS FILIPE SARAIVA
Um humilde pastor persa do século XIII, A Biblioteca recebeu, no dia 4 de maio, o psicólogo
Beremiz Samir, exímio no exercício da arte clínico Carlos Filipe Saraiva, o qual encetou uma con-
de calcular, é o protagonista deste livro. O versa com alunos do 10º, 11º e 12º sobre toxicodepen-
enredo ambienta-se no exotismo do Médio dência e apresentou o seu livro “Drogas: conhecer para
Oriente, mesclando aspectos da cultura islâ-
prevenir”. Neste livro, como o próprio título sugere, o
mica, da herança grega e de outras grandes
culturas com curiosidades da matemática, autor, que também exerce o cargo de psicólogo clínico
reflectindo com fascinante realismo o clima no Estabelecimento Prisional do Porto, procura alertar
filosófico, religioso e social da época. os alunos para os perigos inerentes ao consumo de dro-
No universo narrativo são integrados curio- gas .
sos problemas e enigmas matemáticos e lógi- “MARCAS À MESA” COM A ASSOCIAÇÃO MUSEU
cos, aparentemente complicados mas sempre A Biblioteca associou-se à associação Museu
iluminados pela simplicidade dos raciocínios - Memórias Únicas para apresentar uma mon-
que lhes proporcionam solução, desvenda-
tra sobre marcas icónicas portuguesas, pu-
dos por Beremiz, o personagem com habili-
dade e raciocínio lógico. blicidade e ilustração. Nesta mostra de
A acção do livro termina com a tomada de objectos, acompanhados dos respetivos
Bagdad pelos mongóis, no ano de 1258 da cartazes e panfletos, tivemos expostas algumas embala-
nossa era, marco histórico que assinala o fim gens de produtos icónicos portugueses que fazem parte
da hegemonia árabe no Médio Oriente. Des- da nossa memória com a respectiva publicidade. Com-
ta forma elucidativa, o leitor aprende a mate- plementando a exposição, recebemos a palestra Marcas à
mática pela história, e a história pela mate-
TEXTOS E COMPOSIÇÃO DA Mesa, com Alexandra Leandro e Mário Linhares para as
mática.
RESPONSABILIDADE DA turmas de Ciências Socioeconómicas.
EQUIPA DA BIBLIOTECA ESCOLAR
ENCONTRO COM JOSÉ PAULO SANTOS

No dia 31 de maio, recebemos o reali-
zador José Paulo Santos, que, numa
conversa descontraída, ensinou as tur-
mas do 9ºE e 11ºK a Educar o Olhar. O
realizador de cinema, que exerce também o cargo de
Escola Secundária D. Afonso Sanches investigador na UTAD, mostrou aos alunos como pode-
Alameda Flâmula Pais
4480-854 Vila do Conde mos fazer com que a imagem sirva a mensagem que
Tel: 252640490 pretendemos transmitir. No final, ainda houve tempo
Fax: 252640499 para visualizar e analisar excertos do seu documentário
Correio eletrónico: bibesas@gmail.com Além da sala de espera e da curta metragem Circunstâncias .
Novidades Quem é quem
? BiBliopistas

Maria Antonieta - 2006
Nascida no Porto, em 1925, numa família com dinheiro, Apps para preparar os exames
cedo deu provas da sua inclinação para o ensino. Tendo
Sophia Copolla aprendido a ler aos quatro anos, aos seis já ensinava as
Existem aplicações concebidas especialmente para os
empregadas da casa a fazê-lo. O pai, um médico e profes-
Versão pop de Maria Antonieta, a rainha francesa estudantes que facilitam a aprendizagem.
sor que lhe dizia versos da Eneida de cor, e a mãe fizeram
que subiu ao trono adolescente e acabou odiada questão que as filhas completassem o liceu e o curso uni- Ganhar concentração
pelos franceses e condenada à guilhotina. Com versitário. Naquela altura, uma mulher aspirar a uma carrei- Como ignorar os telemóveis e computa-
Kirsten Dunst como protagonista, Sofia Coppola ra académica era algo “impensável”. dores é impossível nos tempos que cor-
pinta o retrato da jovem rainha de origem austría- Quando chegou à Universidade de Coimbra foi-lhe fácil rem, a aplicação Ommwriter:, quando activada, blo-
ca que encontra em França um universo frívolo e acabar o curso de Filologia Clássica com 17 valores. Difícil queia a receção de notificações.
hostil. Mal-amada, ultrapassada foi convencer o conservador meio académico de que não
pelos deveres reais, Maria Anto- queria ficar por ali. Só um professor, o de Grego, em toda Organizar o estudo
nieta reinventa o seu próprio a Universidade de Coimbra a encorajou a continuar e a ir A disciplina é fundamental para estudar
mundo, longe da realidade do para a Universidade de Oxford. de modo eficaz na fase de exames e exis-
país, o que a torna ainda mais Bastaram-lhe quatro anos e meio para concluir o doutora- tem várias aplicações que nos podem aju-
impopular junto do povo. Con- mento . Quando terminou a tese não havia júri para a avali- dar. Desde o típico Google Calendar, até
denada à morte, morreu na gui- ar, e teve de esperar um ano e meio para a poder defender. à mais modernista Homework App, todas elas têm
lhotina a 16 de Outubro de “O meu doutoramento foi o primeiro de uma senhora por objetivo organizar as tarefas para esta época, para
1793. numa universidade que tinha 666 anos, na altura.”
que haja tempo para estudar, e também para que se
Em 1964 chegaria a etapa seguinte, o concurso para pro-
fessora catedrática em que seria aprovada por unanimida-
possa fazer uma pausa e descansar.
Por treze razões de. Para além dos muros da universidade, o seu nome irra- Esquemas individuais ou coletivos
Jay Asher diou sobretudo enquanto tradutora. Em 1959, publica a Esquematizar a informação é essenci-
Por treze razões não é um livro recente mas é um primeira edição da sua famosa antologia, Hélade. Depois al, porque nos obriga a separar o es-
livro que tem vindo a cativar os leitores ao longo traduziu obras tão importantes como A República, de Pla- sencial do dispensável. Uma das apli-
dos anos porque fala de um tema sensível e que tão, a Medeia, de Eurípedes, a Antígona, de Sófocles.
cações que pode ajudar nesse sentido
afecta milhares de adolescentes em todo o mun- Via o mundo em que viveu, o mundo contemporâneo,
é o Mindmeister: a qual funciona num regime de cola-
do: o bullying. através da mediação da cultura grega e latina. Por isso es-
creveu ensaios importantes sobre a presença da cultura boração online, onde todos os participantes conse-
Quando começa a ler o livro, o leitor já sabe o guem obter uma síntese do assunto de modo mais
que o espera: esta história são as treze razões que grega nalguns autores contemporâneos — por exemplo,
Sophia de Mello Breyner Andresen, Eugénio de Andrade e eficaz.
levaram a que Hannah Baker cometesse suicídio. Os mapas podem ser individuais ou criados através
O que o leitor não sabe é que o Miguel Torga.
Considerava que o que fizeram os das entradas de diferentes pessoas em todo o mundo.
espera um livro cheio de emo-

?
gregos e os ro- manos ajuda a expli-
ções, tal como quando andamos Desenhar infografias
car o que somos hoje, e que os ho-
numa montanha russa. Num mens não tinham mudado assim tanto
As infografias são especialmente eficazes
momento estamos a apreciar a desde os poemas homéricos que são, em questões onde se devem relacionar
leitura e a interiorizar aquilo que “talvez”, do sé- culo VIII a.C. dois ou mais tópicos, principalmente
Hannah passou e noutro já esta- para aprofundar um determinado tópico.
mos a levar com um murro no A aplicação Easel.Ly oferece vários modelos de info-
estômago. Descobre quem é esta personagem e dirige-te rapida- grafias e já contém 1 milhão de gráficos, criados por
mente à Biblioteca. Há prémios para os três primeiros! 800 mil utilizadores.

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful