Você está na página 1de 5
Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais IPUC – Instituto Politécnico Curso de Engenharia Elétrica Medidas

Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais IPUC Instituto Politécnico Curso de Engenharia Elétrica

Medidas Elétricas Prof. Délio Eduardo Barroso Fernandes

Primeira lista de exercícios

1. Defina (pesquise a definição formal) e exemplifique:

a) Valor verdadeiro de uma grandeza

b) Mensurando

c) Erro

d) Erro limite

e) Erro provável

f) Erro possível

g) Erro fiducial

h) Erro aleatório

i) Erro sistemático

j) Incerteza de medição

k) Exatidão

l) Precisão

m) Resolução

n) Sensibilidade

o) Classe de exatidão

p) Erro fiducial

q) Padrão

r) Calibração

de exatidão p) Erro fiducial q) Padrão r) Calibração 2. Três experimentadores estimaram as seguintes medidas

2. Três experimentadores estimaram as seguintes medidas para o objeto, conforme figura abaixo.

as seguintes medidas para o objeto, conforme figura abaixo. a) Fazer a média das três medidas.

a) Fazer a média das três medidas.

b) É possível estimar a medida do objeto AB até centésimos da menor divisão? Por quê?

c) Nas medidas efetuadas, qual é o algarismo duvidoso (incerteza) e qual é o exato?

d) Quantos algarismos significativos existem nas medidas realizadas?

e) Qual dos três experimentadores estaria mais correto? Por quê?

3. Suponhamos que uma série de medidas de uma distância referida fosse:

3,02m

2,98m

2,99m

3,01m

3,05m

Determine o valor médio, o desvio médio, o desvio padrão e o erro provável.

1

4.

Como é definida a unidade de energia elétrica?

5. A intensidade de corrente é uma grandeza fundamental? Explique.

6. Descreva a importância do SI.

7. Um galvanômetro tem resistência interna de 100. Qual deve ser a resistência de um shunt para ter fator de multiplicação igual a 250, quando ligado a esse galvanômetro? Com esse shunt, quando o galvanômetro marca 32 miliampères, qual a corrente no circuito?

8. Projetar um amperímetro com fim de escala 5mA a partir de um galvanômetro que tem RiG =500e eficiência de 5k/V. Qual o valor da sua resistência interna ?

9. Um galvanômetro de 20 k/V tem uma deflexão total de 50μA (ig), já que faz circular 50μA através dele um resistor de 20k. Suponha, agora que o mecanismo tenha escala como voltímetro de: U = 2V. Qual o valor do resistor adicional?

voltímetro de: U = 2V. Qual o valor do resistor adicional? 10. Projetar um Voltímetro que

10. Projetar um Voltímetro que meça até 5V a partir de um Galvanômetro que tem RiG = 200e IGM = 1mA.

11. Usando o Voltímetro construído do exercício anterior, medir as tensões U1 e U2 no circuito. Calcule o erro devido ao efeito de carga de cada uma das medições.

o erro devido ao efeito de carga de cada uma das medições. 12. Um multímetro tem

12. Um multímetro tem as escalas 6V/12V/60V. Sabendo-se que a eficiência do instrumento usado é de 20K/V (galvanômetro), qual a resistência interna do voltímetro para cada escala?

13. Um galvanômetro de resistência 0,4 e Ibmáx de 1 mA deve ser usado para medir intensidade de corrente elétrica de até 3 mA. Calcule a resistência elétrica do shunt necessário.

2

14. Deseja-se transformar um galvanômetro de resistência elétrica 10e fundo de escala 10 mA em um voltímetro para medir até 100 V. Calcule o valor da resistência multiplicadora em série que se deve usar.

15. Um voltímetro, 1000 /V, indica 100 V na escala de (0-150) V quando ligado em paralelo com um resistor de valor desconhecido, o qual se encontra ligado em série com um miliamperímetro (montagem a jusante ligação do voltímetro após amperímetro). Se o miliamperímetro indica 5 mA, calcule:

(a)

a resistência aparente do resistor desconhecido;

(b)

a resistência real do resistor desconhecido;

(c)

o erro devido ao efeito de carga do voltímetro.

16. Repita o exercício do exemplo anterior com o miliamperímetro e o voltímetro indicando 800 mA e 40 V, respectivamente.

17. Qual a tensão indicada por um medidor 20000 /V, escala (0-1) V, no circuito da figura abaixo?

20000 Ω /V, escala (0-1) V, no circuito da figura abaixo? 18. Deseja-se converter um miliamperímetro

18. Deseja-se converter um miliamperímetro com fundo de escala (Ibmax) de 1-mA e resistência da bobina de 100 ohms em um amperímetro capaz de operar na faixa de 0-100mA. Calcular a resistência em derivação ou shunt requerida.

19. Projete um derivador do tipo Ayrton de forma a converter um instrumento de bobina móvel em um amperímetro com fundos de escala de 1 A, 5 A e 10 A. O mecanismo de d’Arsonval possui uma resistência interna “Rb” de 50 ohms e a deflexão máxima ocorre com 1 mA. A configuração do circuito é a mesma da figura abaixo.

A configuração do circuito é a mesma da figura abaixo. 20. Um mecanismo de d’Arsonval, onde,

20. Um mecanismo de d’Arsonval, onde, Rb = 100 Ω e Ibmax = 1 mA, deve ser convertido em um voltímetro com as escalas de 0-10 V, 0-50 V, 0-250 V e 0-500 V.

3

21. Um ohmímetro a pilha foi concebido a partir de um instrumento de bobina móvel e tem uma tensão de 6V nos seus terminais, quando ajustado para um calibre onde o valor central da escala corresponde a 2.000 ohms. Este ohmímetro passou pelos ajustes iniciais de curto- circuito das pontas de prova e foi utilizado acidentalmente, conforme figura abaixo. Em tal contexto, a indicação “X” do ohmímetro, em ohms, será de:

a) 2000

b) infinito

c) 0

d) 1000

e) 3000

em ohms, será de: a) 2000 b) infinito c) 0 d) 1000 e) 3000 22. Projete

22. Projete um multímetro que possuas as funções de medições das seguintes grandezas e escalas:

a) voltímetro cc escalas 0-2,5V, 0-10V, 0-50V, 0-250V, 0-1000V

b) amperímetro cc escalas 0-10mA, 0-100mA, 0-500mA, 10A

c) ohmímetro meia escala 2k- V = 6V

Utilize um mecanismo de bobina móvel com Ibmax = 50μA e Rb = 200

23. A onda dente de serra de tensão com um pico no valor de 150V e um período de 3 seg como mostrado na figura abaixo é aplicada a um voltímetro Ca que responde a valores médios com calibração em valores eficazes de uma onda senoidal. Calcule:

a) o fator de forma da onda retangular

b) o erro de indicação do voltímetro

da onda retangular b) o erro de indicação do voltímetro 24. Projete um voltímetro que possuas

24. Projete um voltímetro que possuas as funções de medições das seguintes grandezas e escalas:

a) voltímetro ca escalas 0-2,5V, 0-10V, 0-50V, 0-250V, 0-1000V. Utilize um mecanismo de bobina móvel com Ibmax = 50μA e Rb = 200Ω; Utilize o esquema do voltímetro com retificação em onda completa. Considere os diodos ideais.

4

25. Descreva o funcionamento de um instrumento de medição CA que utiliza um termopar.

26. Descreva o funcionamento de um instrumento eletrodinâmico.

27. Indique através de desenho e explique o emprego do instrumento eletrodinâmico como amperímetro.

28. Indique através de desenho e explique o emprego do instrumento eletrodinâmico como voltímetro.

29. Porque o instrumento eletrodinâmico pode ser utilizado como instrumento de transferência CA CC?

30. Indique através de desenho e explique o emprego do instrumento eletrodinâmico como wattímetro.

5