Você está na página 1de 6
PERGUNTAS FREQUENTES SOBRE A CONEXÃO DE SISTEMAS DE MICROGERAÇÃO/MINIGERAÇÃO AO SISTEMA DE DISTRIBUIÇÃO DA CELESC

PERGUNTAS FREQUENTES SOBRE A CONEXÃO DE SISTEMAS DE MICROGERAÇÃO/MINIGERAÇÃO AO SISTEMA DE DISTRIBUIÇÃO DA CELESC

PERGUNTAS GERAIS

1. Há algum documento da Celesc com as regras e procedimentos para a conexão de sistemas de microgeração?

Há algum outro documento sobre o assunto? A Celesc fornece equipamentos para instalação de sistemas
Há algum outro documento sobre o assunto?
A Celesc fornece equipamentos para instalação de sistemas de geração?
Qual é a potência máxima do sistema de geração para conexão em baixa tensão?

4.

Sim. A normativa de acesso para micro e mini geradores está disponível no site da Celesc (www.celesc.com.br), na seção Normas Técnicas -> Conexão de Centrais Geradoras.

2.

Sim. Sugere-se a leitura atenta da Resolução Normativa ANEEL 482/2012, disponível para consulta na internet.

3.

Não. Entretanto, há um projeto de eficiência energética em andamento que prevê a instalação de 1000 sistemas de geração fotovoltaicos. As inscrições devem ser abertas em 20 de fevereiro de 2017. Maiores informações sobre esse programa podem ser obtidas no endereço eletrônico http://www.bonusfotovoltaico.celesc.com.br/

É necessária a contratação de algum profissional para solicitar a instalação de um sistema de

microgeração/minigeração? Sim. Devem ser contatados profissionais/empresas habilitados para a elaboração de projetos e execução de sistemas de geração. Uma ART (Anotação de Responsabilidade Técnica) deve ser emitida

pela empresa/profissional contratado e apresentada à Celesc no momento da Solicitação de Acesso (ver mais detalhes sobre a Solicitação de Acesso a seguir).

5.

Qual é a formação necessária para emissão de uma ART para um sistema de microgeração/minigeração?

Deve ser realizada consulta junto ao CREA para verificar quais são os profissionais habilitados para emissão de tais ARTs.

6.

A potência instalada do sistema de geração deve ser inferior à potência disponibilizada à unidade consumidora (igual ao produto do número de fases utilizadas para atendimento da UC, corrente

nominal do disjuntor de entrada e tensão nominal fase-neutro), devendo em qualquer caso ser inferior a 75 kW.

7. Qual é a potência máxima do sistema de geração para conexão em média tensão?

A potência instalada do sistema de geração deve ser inferior à demanda contratada na unidade consumidora, devendo em qualquer caso ser inferior a 3 MW em caso de fonte hidráulica ou a 5 MW para outras fontes.

Perguntas Frequentes – Microgeração

8. É possível instalar um sistema de microgeração/minigeração com potência instalada superior à carga potência

8. É possível instalar um sistema de microgeração/minigeração com potência instalada superior à carga potência disponibilizada ou à demanda contratada?

Sim. Para tanto, o consumidor deve solicitar um aumento de potência disponibilizada ou de demanda contratada. Nesses casos, aplicam-se os critérios de participação financeira do consumidor previstos na Resolução Normativa ANEEL 414/2010.

9.

É possível instalar um sistema de geração monofásico em uma unidade consumidora com fornecimento bifásico ou trifásico?

Sim. É possível solicitar a conexão de um sistema de geração em uma nova unidade
Sim.
É possível solicitar a conexão de um sistema de geração em uma nova unidade consumidora?
PROCEDIMENTOS
Quais são os documentos necessários para a Solicitação de Acesso de um sistema de
-
Formulário de Solicitação de Acesso preenchido;
-
Formulário com dados para registro do sistema de microgeração preenchido;
-
Formulário com relação de unidades participantes do sistema de compensação, se houver;
-
ART de projeto;
-
Número do registro no inversor junto ao Inmetro caso o sistema utilize inversor com potência
nominal de saída menor ou igual a 10 kW;
-
Certificados do inversor previstos no item 5.3.11 da normativa de acesso, caso o sistema utilize
inversor com potência nominal de saída superior a 10 kW.
- Diagramas unifilares, datasheets e especificações dos equipamentos e memorial descritivo do
sistema de geração. IMPORTANTE: A APRESENTAÇÃO DE DIAGRAMAS, DATASHEETS E MEMORIAL
DESCRITIVO É DISPENSADA PARA SISTEMAS DE MICROGERAÇÃO (POTÊNCIA INSTALADA DE ATÉ 75
KW) QUE UTILIZEM INVERSORES QUE OPERAM APENAS EM PARALELO COM A REDE.

10.

Sim. A solicitação de acesso deverá ser encaminhada junto com o pedido de ligação, informando o número da consulta prévia.

11.

microgeração? Devem ser apresentados os seguintes documentos:

12. De que forma os documentos para Solicitação de Acesso devem ser entregues à Celesc?

Os documentos listados acima devem ser encaminhados através do sistema PEPWeb (http://pep.celesc.com.br/). Os formulários necessários estão disponíveis para download em formato editável no Menu “Documentos” no PEPWeb.

13. Com quem falar em caso de problemas para cadastro no PEPWeb?

Perguntas Frequentes – Microgeração

Relatar problema para o e-mail pepadm@celesc.com.br. 14. O processo de análise da Solicitação de Acesso

Relatar problema para o e-mail pepadm@celesc.com.br.

14.

O processo de análise da Solicitação de Acesso gera algum custo para o acessante?

Não.

15.

Quais são os prazos para análise da Solicitação de Acesso?

Para microgeração, os prazos para análise da Solicitação de Acesso são de:

- 15 (quinze) dias se não houver necessidade de obras no sistema de distribuição

- - 30 (trinta) dias se não houver necessidade de obras no sistema de distribuição
-
- 30 (trinta) dias se não houver necessidade de obras no sistema de distribuição
- 60 (sessenta) dias se houver necessidade de obras no sistema de distribuição
É possível acompanhar o processo de análise da Solicitação de Acesso?
É emitido algum documento de aprovação da Solicitação de Acesso?
Com quem falar em caso de atraso na análise da Solicitação de Acesso?
Após a emissão do Parecer de Acesso, qual é o prazo para a Solicitação de Vistoria?
Quais são os documentos necessários para a Solicitação de Vistoria?
De que forma os documentos para Solicitação de Vistoria devem ser entregues à Celesc?

20.

Devem ser apresentados os seguintes documentos:

- Formulário de Solicitação de Vistoria preenchido; - ART de execução. IMPORTANTE: NÃO SERÃO ACEITAS ARTs DE “INSTALAÇÃO”!

21.

30 (trinta) dias se houver necessidade de obras no sistema de distribuição Para minigeração, os prazos para análise da Solicitação de Acesso são de:

16.

Através do PEPWeb, é possível consultar o status da Solicitação de Acesso.

17.

Se a documentação encaminhada for aprovada, são emitidos, através do PEPWeb, um Parecer Técnico de Acesso e um Relacionamento Operacional (para microgeração). Caso sejam verificadas pendências na documentação encaminhada, será encaminhada mensagem através do PEPWeb ao responsável pela Solicitação apontando as pendências.

18.

Em caso de atraso na análise da documentação, encaminhar e-mail para microgeracao@celesc.com.br.

19.

A vistoria deve ser solicitada em até 120 dias após a emissão do Parecer de Acesso. Após esse prazo,

pode ser necessário fazer nova Solicitação de Acesso. Nesses casos, consultar a Celesc através do e- mail microgeracao@celesc.com.br.

Os documentos listados acima devem ser encaminhados através do sistema PEPWeb (http://pep.celesc.com.br/). O formulário necessário está disponível para download em formato editável no Menu “Documentos” no PEPWeb. Quando do preenchimento da Solicitação, deve ser informado o número da Soicitação de Acesso já aprovada. Não é possível fazer uma Solicitação de

Vistoria antes da aprovação da Solicitação de Acesso.

22. Qual é o prazo para a vistoria?

Perguntas Frequentes – Microgeração

A vistoria deve ser realizada em até 7 dias após a Solicitação de Vistoria. 23.

A vistoria deve ser realizada em até 7 dias após a Solicitação de Vistoria.

23.

A vistoria tem custo para o acessante?

Não.

24.

Com quem falar em caso de atraso na Vistoria?

Em caso de atraso na vistoria, entrar em contato com a Supervisão Técnico Comercial (SPTC) da Agência Regional de vinculação da unidade consumidora.

É necessário assinar contratos com a Celesc? EQUIPAMENTOS Quais são os inversores aceitos pela Celesc?
É necessário assinar contratos com a Celesc?
EQUIPAMENTOS
Quais são os inversores aceitos pela Celesc?
IEC 62116 (Anti-Ilhamento)
IEC 61727 (Interface com a Rede de Distribuição)
IEC 61000-3-2 (Distorção Harmônica)
IEC 61000-3-3 (Cintilação) In< 16 A
IEC 61000-3-11 (Cintilação) 16 A < In < 75 A
necessária a troca do medidor unidirecional existente por um medidor eletrônico bidirecional.
O novo medidor será fornecido pela Celesc ou pelo acessante?
É necessário instalar o Dispositivo de Seccionamento Visível (DSV)?

25.

Para microgeração, não é necessária a assinatura de nenhum contrato.

26.

Inversores com potência nominal se saída igual ou inferior a 10 kW devem obrigatoriamente possuir

registro junto ao Inmetro. O número do registro deve ser informado quando da Solicitação de Acesso. Para inversores com potência nominal de saída superior a 10 kW, devem ser apresentados os seguintes certificados:

27.

É necessário trocar o medidor existente? Será utilizado um medidor bidirecional ou dois medidores unidirecionais?

É

28.

O

um sistema de microgeração (potência instalada inferior a 75 kW).

novo medidor será fornecido e instalado pela Celesc, sem custo para o consumidor caso se trate de

29.

Ainstalação do DSV não é obrigatória para sistemas de microgeração/minigeração que utilizem inversores, ficando a critério do projetista a instalação de um dispositivo com essa finalidade.

FATURAMENTO

30. Como será feito o faturamento?

O medidor utilizado em unidades consumidoras com sistemas de microgeração possui dois registros:

um da energia entregue à unidade consumidora pela Celesc (consumo) e outro da energia entregue

Perguntas Frequentes – Microgeração

pela unidade consumidora ao sistema elétrico (geração). Ao final de cada período de faturamento, a

pela unidade consumidora ao sistema elétrico (geração). Ao final de cada período de faturamento, a Celesc fará a leitura desses dois registros, sendo cobrada do consumidor a diferença entre consumo e geração. Será cobrado o consumo mínimo, de acordo com o tipo de instalação, nos casos em que o consumo verificado for inferior ao consumo mínimo ou em que a geração seja maior do que o consumo.

31. O que acontece quando a geração for maior do que o consumo?

Como serão utilizados os créditos obtidos? É possível instalar um sistema de geração em um
Como serão utilizados os créditos obtidos?
É possível instalar um sistema de geração em um condomínio?
É possível transferir créditos de energia para outra unidade consumidora?

35.

Apenas em caso de encerramento da relação contratual do consumidor com a distribuidora.

36.

Com quem falar em caso de dúvidas quanto ao faturamento de uma UC com microgeração?

O consumidor passará a ter um crédito de energia junto à Celesc.

32.

Os créditos obtidos em um período de faturamento serão utilizados para compensar o consumo nos períodos subsequentes. Esses créditos podem ser utilizados para compensar o consumo de outras unidades consumidoras da Celesc, conforme cadastramento das unidades participantes do sistema de

compensação.

33.

As unidades consumidoras que recebem os créditos devem possuir o mesmo titular da unidade onde o sistema de geração está instalado?

Para enquadramento como “Autoconsumo Remoto”, sim.

Caso a UC que se deseja incluir no sistema de compensação possua titular diferente da unidade onde o sistema de geração está instalado, deve ser formado Consórcio ou Cooperativa entre os participantes, para enquadramento como “Geração Compartilhada”. Nesse caso, a UC onde o sistema de geração está instalado deve estar no nome do Consórcio ou Cooperativa.

34.

Sim. O sistema de geração deve ser instalado na unidade consumidora que atende as áreas comuns do condomínio. A energia injetada é rateada entre as unidades do condomínio os participantes do sistema de compensação. O percentual de participação de cada UC fica a critério do condomínio.

Entrar em contato com a Supervisão Administrativa (SPAD) ou com a Supervisão de Gestão e

Arrecadação (SPGA) da agência regional de vinculação da unidade consumidora.

37.

É possível alterar a relação de unidades consumidoras participantes do sistema de

compensação de energia? Sim. Deve ser realizada solicitação por e-mail microgeracao@celesc.com.br ou através do PEPWeb),

informando a nova relação de UCs. A distribuidora tem um prazo de 60 dias para efetuar a alteração.

38. Os créditos possuem validade?

Perguntas Frequentes – Microgeração

Sim, os créditos de energia obtidos devem ser compensados em no máximo 60 (sessenta) meses.

Sim, os créditos de energia obtidos devem ser compensados em no máximo 60 (sessenta) meses. Após esse período, perdem a validade.

39. Como será cobrado o ICMS ?

O ICMS será cobrado sobre toda a energia consumida, independente do saldo (diferença entre consumo e geração) verificado ao final do período de faturamento ou do uso de créditos de energia obtidos anteriormente.

ou do uso de créditos de energia obtidos anteriormente. Para informações adicionais, enviar e-mail para

Para informações adicionais, enviar e-mail para microgeracao@celesc.com.br.

Perguntas Frequentes – Microgeração