Você está na página 1de 5

disse Welsh Hans continuou ali. um pouco de vinho”. e seu lho bateu um desespero e agonia no peito de Hans. disse um dos jogadores. havia um homem “Comprar comida para umas visitas”. Ambos estavam ali para ajudar Hans. Mas no caminho. respondeu ela sentando-se ao chão para na mão. H Império Netherese. “Veja. viraram aposta. olhar penetrante. de bobeira deixei a “Não tenho dinheiro. disse outro jogador. então!”. só o teto bacon e carne seca. “Não tem problema. Tenho aqui uma moeda. só o teto já está bom mesmo. O homem jogava tudo o que visitas!”. homem”. Peço apenas para não dizer nada passar esta noite”. nem um sorriso Teu”. porta. jogadores. Nada veio. Vamos até a taverna teto. Hans saiu satisfeito. vá”. repartir o pão. Mas antes Jogatudo quedou-se em dúvida. A comida ca por nossa conta. “Senhora. mas por não ter mais o que apostar. Então ela deu a barrilzinho está vazio faz tempo”. pois sou demais azarado. e dos bons”. disse a senhora. eu vou. compra um banquete para tuas Jogatudo. “Que e jorrou de lá um vinho maravilhoso. “Mas que vou atrás dele então. pegou 1 . A senhora. Quando abre a porta. podeis car esta noite aqui. que Hans riu. “Desculpe. E riram todos da cara de Hans. “Quero fazer-te apenas um pedido”. disse Hans levantando-se para abrir a dinheirinho para uma poça de lama”. e chegou ao absurdo de apostar e E Hans cedeu e sentou-se à mesa a apostar a moeda em perder todas as suas posses. e não ganhei nada. é o Hans Jogatudo!”. para falar a verdade”. casinha. disse o homem. “Oh. seus animais jogo. na direção da taverna. de ter certeza”. uma moeda?”. “Não tem problema. mas depois olhou pra ela de chegar lá. aposto que Hans está a apostar com ganhar. passou diante da casa de uns homens que já com um misto de sarcasmo e dúvida. disse um deles. queijo e um bocado de não tenho camas e tampouco algo para comer. devido seu pedido. de lama. Então ele fez uma prece à Tyche. Perdi tudo. Mas haviam lhe tirado dinheiro em apostas de jogo. “Olha. e então ele apenas suspirou e foi Enquanto isso. personicação de Tyche. “É um pedido de ajuda”. disse Hans. “Pois sim”. a Dama do Destino. disse ele. “O que tens “Isso. já meio passado pela bebida. quando. onde havia puída. certo”. seu pequeno pedaço de No casebre de Hans. Hans”. ali estão um jovem e uma apostar novamente quando passaram de fronte a casa dos senhora. á muitos anos. “Hoje ainda durmo aqui”. abanando. Pegou uma caneca de barro e virou “Largue de ser besta. a Dama que Sorri. Senhora!”. sua casa decrépita e tudo o mais que possuía. “Não se trata disto. “Não moeda cair aqui? Não achei mais”. e por “Pois aposte este vintém. chamado Welsh. mas aviso-lhes que Voltaram até o casebre com pães. esperando um prontamente. que riram do azar de Hans. mas a moeda não mesmo para proteger do vento”. vá até a sua adega e traga “Não te preocupes. estava indo eu para a taverna. tenho nada. o barril. Ademais. um kismético perder tudo o que tinha. Deu um gole. “Vocês querem tirar de mim esta moeda também. há vinho lá. não por a personicação de um de seus servos éis. disse Tyche com um sorriso. a velha e seu lho esperaram um terra. para minha mãe. disse Hans para o jovem. bradou Hans. “E tens um “Tenho aqui comigo outra moeda. homem!”. olhando para cima. berrou ele de onde em sua direção. cheio. viu o lho da senhora vindo “A casa só me tomam amanhã!”. porque era um apostador. bom tempo. sua plantação. hei somente poeira e um pequeno barril jogado em um canto. A Dama concordou. que é tudo o que eu e minha mãe precisamos para comprar nossa comida. ambos com trajes de viajante. Mal se para dar por ter perdido a moeda e vindo de mãos deitou e bateram-lhe na porta. não tenho adega. tinha. meu é suciente para alimentar três barrigas”. brilho dourado. homem. isso mesmo era conhecido como Hans “Se ganhas a aposta. e ngiu procurar pela moeda em uma poça estava. mas mesmo assim um bom Acompanhado de Welsh. “Certo. Hans não cou tentado de homem. senhora. pois ela pode car triste por perder seu “Certo. “Acreditas que fora. apoiada na bengala disse com um sorriso. até minha aquela moeda”. sei que não há nada lá. no longínquo tempo do vais fazer com essa moeda então se não é apostar?”. deu para comprar nossa bebida”. disse o homem mansamente. berrou um homem lá de “Que lástima!”. Hans voltava pensando numa desculpa deitar-se no leito de palha que havia em um canto. Vou te trazer o barril pra que veja”. meu lho. Sentiu que estava pesado. Não surpreendentemente. enando a moeda no bolso da calça Quando chegou até a pequena despensa. disse Hans. infeliz!”. que vivia para jogar e apostar. perdeu. minha dourada Senhora! Dê-me uma chance de “Veja Welsh. disse ela com um taverna comprar algo para que eles pudessem comer. Hans riu novamente. Abriu a torneira um barbudo sem dentes. Há que se dizer que a velha na verdade era a Eis que na véspera do dia que iam lhe tomar sua casa. Hans uma moeda de ouro e pediu que ele fosse então até a “Garanto-te.

Mas um dia. de olhos profundos e barba preta. Com o tempo. concordou Tyche. disse ela. pensou ele. Tyche disse com um sorriso saudoso. olhando para Jergal. e embora tenha gasto a moeda que lhe dei quisesse. e isso eu prezo”. como ele antes. não tens que se justicar para mim”. na forma de um homem Tyche olhou incrédula para Hans depois deste último alto. disse ele. já que Os olhos de Jogatudo brilharam. sorte danada”. perguntou Hans. viver com o azar. disse Hans para Welsh. eu sou o próprio azar!”. mas suas luvas eram brancas. ou então os que eram dormir. perdeu “Certo então”. juro!”. Como eu disse. disse ela. E com vinho dos apostava.o barril debaixo do braço e levou para seus hóspedes. disse a Dama daquele homem sisudo. no fundo do seu quintal. e isto está Tyche. à sua árvore. exceto Jogatudo. ela está lá fora. lamentou Hans. disse a Onde você for ela vai junto e ninguém mais perceberá que Morte. “Mas certamente há que se dar um jeito nisso. Dama”. E Jogatudo sorrisinho displicente no rosto. sorte absurda e ninguém mais queria jogar com ele. comigo. “Ah. e quem não aceitava agradecer a hospitalidade. preto. coisinhas simples. estava Hans jogando em sua Também uns dados. “Sim. “Eu sou Assim ele ganhará o dinheiro todo do mundo. Achei sinceramente “Vamos mudar isso então!”. apostavam tudo até não restar mais nada. “Não estou acostumada com o ritmo do “Mas Senhora. mas que se própria até agora. Tyche e Welsh despediram-se de Hans. disse A sala de jogos calou-se. Então entrou na sala Jergal. ela. “Deixe-me pensar por algum motivo ele só perdia”. “Tudo bem Hans. não o condeno”. sem questionar suas decisões. “É melhor mesmo lhe mandar três quaisquer coisas! Mas ande. com aquilo e acabasse desistindo. eu sei disso”. um baralho amarelado e dois dados de madeira. disse a senhora. “Cuide bem disto. não tenho nada com ti”. ela te segue. Sei fazer”. respondeu Jergal seca e gravemente. se assim desejas. não viciados. começou a senhora. “Não!”. mas aquele malandro do Jogatudo está abusando. sempre. “Senhora. alguém subir nessa árvore. Coisinhas mundanas mesmo”. Algum tempo depois. Welsh encontrou-se com Tyche novamente “Mas… mas como a senhora sabe? Eu não disse nada a e fez um alerta. sorriu ela. Não esperava outra coisa. mais jovem”. Tentei alegrá-lo. “Podes pedir “Sim”. “Senhora. “Quero um baralho que me faça ganhar sempre. Vim para atender sua prece ontem. mas que sempre me dêem casa de jogos pessoalmente com um estrangeiro que estava sorte e caiam sempre nos números que eu preciso. “VENHA ‘CÁ FORA UM INSTANTE”. mas não muito”. “Peça três graças que. pensamento e a ambição dos homens. Você não tem medo de Tyche pensou um pouco. “Quero pedir três bastante. E também disposto a quebrar a banca. vamos!”. O que ele “Não sei como explicar. “E eu achando que meu vinho Sem demora. somente um instante. ruim. embora qualquer um possa vê-la”. Welsh”. Hans Jogatudo pôs-se a jogar mais do que tinha acabado mesmo…”. Depois foram os desavisados que vinham de longe. ganhava. bem cedo. Jergal”. Já teve de tudo e agora está a bagunçar as coisas. E o homem tinha uma banca grande. respondeu a Dama com um sorriso. disse Jogatudo. impecáveis. “Que agradeceu pelos pedidos concedidos e pela companhia. jogar com ele. retrucou Hans. nunca. como eu. também que não é certo a senhora ir lá e tomar o que deu “Posso pedir mesmo qualquer coisa?”. mas ‘tá cheio. Viu a Morte ali. Estava quebrando a sua uma árvore de fruta. bem quase “NÃO”. perguntou Hans a ele. enando a mão na sua mochila de viagem e tirando de lá “Que queres? Jogar comigo?”. pedia para pegar uma fruta em sua árvore e “Muito obrigado. ganhou bastante. “Olha. cou famoso pela sua bons!”. “Tenho outras coisas a Welsh. Hans”. na forma “Bom. pode ser qualquer fruta. apenas E beberam e comeram naquela noite. disse Jogatudo com um agradecendo novamente pela hospitalidade. aqui estão”. 2 . em jogo. “Quanto “Então?”. Trajava pedido. que Jogatudo malandramente. Há que se ganhar e mesmo você tendo perdido a moeda em jogo ontem. desequilibrando a ordem das coisas. não sei quem és e se não quer jogar Com isso. pálido. como já apodrecidos. pois eram meus quando sempre. não acho perder também”. a Morte. é o curso da vida”. Não é um castigo. E Tyche foi ter com Jergal. isto é apenas para pregar umas peças”. você está certo. “Você é como castigo deixava o homem lá nos galhos o quanto ele um bom homem. só eu posso ordenar que desça”. já que foi um desejo concedido. concordou Tyche. No dia seguinte. então pensei em… incrédulo e agitado com as possibilidades. a senhora e o homem foram Mas Hans não se entediava com isso. “Perfeitamente”. Ele já viveu bem. disse “Sim. e logo começou a ganhar muito dinheiro. ele fosse acabar por enjoar de ganhar tudo que eu lhe concederei”. camarada. comemorava mais um ganho.

Jergal me mandou para “SIM. Hans Jogatudo?”. Então caram apenas conversando. disse a Morte. Suba na árvore e pegue “Então tu tens um problema. PRESEPADA FOI TODA DELA. e apontou assunto de outros deuses estava se tornando habitual uma escadaria escura que cava em um canto do muro demais para a Morte. pois os diabos gostam muito “Quer apostar?”. “Permita que ele entre em Arborea. e ele estava farto. bateu pedindo entrada. respondeu ele. terrivelmente e ele estrangulou Jogatudo. “Certo”. Ao descer até o Inferno. então”. “Espere um tempinho. pois a Dama ele obedecia antes que eu me irrite de verdade”. rosnou Mephistófeles. esqueléticos arranhando um caixão por dentro. limites! Ele prendeu Jergal trepado naquela árvore! Isso “Animou-me até a aprontar. Ao menos aqui Ao chegar lá. a Senhora que Sorri fechou a cara e desceu para daqui de baixo. tudo estava quieto por lá até mandarmos o tal de Jogatudo “FEITO”. Jogatudo passou de todos os “Você é um sujeito e tanto. porque quando lá em Imediatamente Jergal desceu. catou duas frutas e “Vou então para o Inferno… não gosto muito de frio. de jogar. Durante não estava com vontade de jogar (na verdade ele não queria sete dias e sete noites ninguém morreu em Toril. os diabos inteiros O CEIFADOR E NINGUÉM ATÉ HOJE FUGIU DE estavam todos em Toril fazendo seu serviço. TU NÃO ME ESCAPAS. vou terminar isto aqui Então foi Hans Jogatudo escalar o Monte Olimpo. aonde jogar com o velho Mesto. disse ele queria mesmo terminar esse assunto. MIM!”. “Senhora!”. “As de imaginar a cara de Tyche e Jergal. PUXAR O SACO DE TYCHE. Um titã abriu outro lugar. externo do Olimpo. E você nem ao menos olhar para o homem de preto. JÁ QUE A que não posso tomar dele. ainda tem seu baralho e seus dados. . pediu Hans sem quer aqui. AQUI VOCÊ NÃO Hans se sentiu incomodado com aquilo. que parecia dedos querer. entretanto. Jergal olhou de volta. Assim quando eles se encherem. Lá foi bem recebido. explicou logo este assunto. você pede ter com Hans pessoalmente. o Pai Vermelho foi. Hans. Quando Hans saiu. Podes ir comigo se tem assuntos a tratar com o os portões e perguntou. e a Senhora bem sabe que sentido nunca. Tens tudo o que precisa. Monte Olimpo. mim. apenas olhou. sem serem anunciados. “Oras! É certo que quero entrar. Entraram Hans olhou curiosamente para o Diabo. Jogatudo aqui. já que foi um pedido concedido”. DIGA LOGO”. sabes?”. E aquilo fez efeito. “É coisa tempo ínmo Jergal sentiu uma raiva como não havia lá dos nossos vizinhos de baixo. pelos favores todos concedidos. Jogatudo!”. Ganhou de todos os meus diabos e veio ganhar de desça Jergal daquela árvore”. mas Jergal se sentiu impelido a ir. “Ordeno que Reino. Entretanto. o caminho é por ali”. “O que queres. O problema são o baralho e os dados. pois tenho um jogo marcado em chegar nos portões. pateta. disse Jergal. reclamou Castelo dos Ossos. Então só restou mesmo Hans Durante os sete dias e as sete noites seguintes. Jogatudo ganhava tudo. Pediu então que a Morte Rapidinho. é isso mesmo. dentro de seu paletó e arrastou Hans Jogatudo para o “Mas que homenzinho impossível este!”. porque resolver o titã. começou ele. Jergal travou as mandíbulas e todos na sala juraram feneceu. Durante um “Dama. POIS EU SOU Mephistófeles e alguns diabos aleijados. FICA”. “O Abismo é frio e o Inferno é quente. Jergal disse. isto não vai bem”. 3 ARBOREA. varas de ferro e vamos cutucar a base do Monte Olimpo Assim. Mas passou e ele voltou a car sereno. Ao e logo pegarei a estrada. disse Jogatudo indo para as escadas. Porque Hans acenou com a cabeça que não. disse ele desesperadamente. Mas peço um favor. para processamento. quando foi descer. Ademais. não conseguiu. Jogatudo levou a Morte trepada na árvore. perder para Jogatudo). disse um dos titãs. Os dois pra ir para lá novamente”. “De qualquer forma. mas eles se irritaram porque com seu baralho Jergal não respondeu. Welsh procurou Tyche e Hans contou tudo o que lhe acontecera. Decida-se”. querendo resolver cá. disse Mesto. seus dedos se alongaram cima tudo começou a tremer. A árvore. os titãs foram ter com Tyche. não se sabe. Levou consigo Welsh. “Sim. Vamos. Tyche. Mesto riu muito diretamente. Tentaste o Abismo ou o Inferno?”. “Lá fora há um pé de fruta. Aproveite. Ao saber do ocorrido. “VAIS PARA co com um olho nele. Aprontou demais lá no Plano Material. chegaram diretamente na mansão de Jogatudo. pegue uma destas tem que ser desfeito”. Jergal vociferou de cima da árvore. Eis que a Morte subiu a árvore. disse que lá no castelo dele não hei de car”. porque Tyche que não te algumas para lambiscarmos no caminho”. coisas saíram do controle. Jogatudo começou a cutucar a base do descesse. disse Tyche rmemente. disse Hans jocosamente. encontrou apenas o velho “JOGATUDO. alguém malandro há de te ouvir um tipo de rosnado interno. Puxou uma pena cinza de esquentar os pés naquelas fornalhas”. penetrantemente. estou te dando a oportunidade de se safar “Sim senhora”. não quero você aqui no meu “Hans Jogatudo!”.

Como você deu início a tudo isso. Não se ouvia mais nada em Arbórea. Nenhum plano de existência ou dimensão pode ouvir falar neste tal de Jogatudo. 4 . começaram uma berração sem m. e estes. Tyche concordou e disse que precisava pensar por alguns momentos a sós. Pegou o homem gentilmente pelos braços. Ninguém o quer. onde vive até hoje. Ele está causando uma revolução aqui. Isto levou os outros deuses e entidades de Arborea terem uma reunião com Tyche. Depois de pensar. sua essência partiu-se em milhares de pedaços coloridos. pedimos que resolva o mais imediatamente possível”. “Senhora. Jogatudo parecia realmente arrependido. Jogatudo tornou-se assim todas as chas de aposta das casas de jogo. pois não há mais lugar para este homem car. revoltados. e ela sentiu pena do homem. Assim. Conteve-se por alguns instantes. perdendo e ganhando. algo precisa ser feito em denitivo. caiu na jogatina novamente. a Dama foi então procurar Hans no meio daquela balburdia de sátiros. caindo cada pedacinho no antro de todos os jogadores de Toril. a não ser os berros dos sátiros enfurecidos. Ele espantou a fuligem e deu uma volta pelo Monte. Ganhou tudo dos sátiros. Enquanto caía. mas ao ver meia dúzia de sátiros jogando. Conduziu-o até um dos penhascos do Monte Olimpo e de lá o jogou. os titãs abriram os portões do Monte Olimpo e Jogatudo entrou feliz e aliviado por escapar do bafo sulfúrico de Mesto.

Interesses relacionados