Você está na página 1de 3

A conduta de cristãos pobres e ricos

Tiago 1. 9-11

A igreja é comparada a um corpo onde seus membros desempenham
funções diferentes conforme o ministério que Deus confia a cada um. Como
instituição, estão inseridos nela, pessoas de todas as camadas sociais, gente. E
gente de todo jeito. Pobres/ricos, analfabetos/doutores, moderados/impulsivos,
gente de todo jeito. E essa gente, cristã, com suas qualidades e defeitos, precisa
conviver em harmonia, porque fazem parte de um reino, são servos desse reino e
não o rei.
Então as coisas no reino não procedem da forma como nós queremos, mas
como o Rei quer e Tiago fala da conduta do rico e do pobre no reino de Jesus
aqui na Terra.
Sabemos que em todas as épocas os pobres tendem a exerce pouca
autoridade e receber pouco respeito, principalmente quando a igreja em que
congregam é rica. Tiago mostra que tal procedimento está longe de qualquer
validade cristã.

(v. 9) O irmão. A carta é destinada aos cristãos, representa os irmãos na fé.
De condição humilde. A palavra empregada do grego traduzida por humilde
não é empregada no sentido espiritual, significa pobre e afligido, em contraste
com o rico que é exaltado e poderoso.
Assim como acontece hoje em todo o mundo, os pobres são maioria,
compõem a camada maior da sociedade e na igreja isso reflete a realidade dos
fatos, pois são pouquíssimos os ricos e poderosos que te têm tempo e disposição
para prestarem lealdade e serviço ao humilde e desprezado cristianismo com seu
Cristo crucificado.
A igreja de Jesus no mundo é composta por pobres. Nela há uns e outros
mais abastados, mas em sua maioria, pobres. Vejamos capítulo 2, verso 5.
Assim, se Deus escolheu os pobres aos olhos do mundo, significa que Ele
olhou para o grupo onde as pessoas não têm muita expectativa de glória, lutam,
trabalham, buscam pra melhorar de vida e não pela ganância de serem
poderosos.
Pessoas que além de possuírem condição financeira humilde, apresentam
também coração humilde. Todo pobre é cristão? Não. Para muitos, nem a
pobreza material tira-lhes a soberba, a arrogância ou faz-lhes humildade de
coração.
Deve orgulhar-se quando estiver em elevada posição.
Orgulhar-se não significa tornar-se orgulhoso, desprezar os outros se
esquecendo de quem era, mas alegrar-se. E essa alegria consiste nas riquezas
morais, nos valores de sua presente experiência espiritual.
Se o cristão pobre, devido à sua lealdade a Cristo, reconhece isso, então não
haverá riquezas sobre a terra que atraiam sua atenção ao ponto de busca-las
como se busca um deus.

O verso 9 é moleza! O 10.................

O rico deve orgulhar-se caso passe a viver em condição humilde. deparou-se com um homem sentado sobre um barril de barras de ouro. por uma vida melhor e isso não é errado! O que não é bom é fazer com que a busca por isso seja nossa principal motivação de vida. com salvação. o rico não pode escapar da morte. . sem importar se alguém é rico ou pobre. (Lucas 16. e com outros abertos diante dele.. Fui um homem pobre toda a minha vida. de como ela é passageira. Suíça (1º mundo) altos índices de desenvolvimento. A continuação do verso 10 e o verso 11 falam do fim da riqueza. O rico passará. “Que aproveitará o homem ganhar o mundo inteiro e perder a sua alma?” Mt 16. Em toda sua exaltação. 13 e 14) Conquistar é muito bom. insignificante e de uma visão de eternidade. Lembra-se do verso 2? O cristão rico deve se alegrar quando tiver de passar por prova (a dele. Nós trabalhamos pra isso. É mais difícil para o rico perder toda sua riqueza e viver pobre do que um pobre que empobrece mais ainda. .. e de suicídio também.Sim. Deus nos julgará segundo os méritos das obras espirituais de cada um. carregado de ouro. pra melhorar de vida. Ilustração Conta-se que um marinheiro estava a bordo de um navio prestes a naufragar.Que está afinal fazendo aqui. Prova de fé é mostrar fé durante a prova e tornar-se humilde. . Esse “passar” deve incluir necessariamente. pois sua fé estará sendo provada. Ele precisa ver e entender a riqueza apenas como bem material. E para os ricos. Porque um rico cristão deve orgulhar-se se viver em condição humilde? Porque ele se torna apenas mais um irmão na comunidade cristã e não alguém que goza de privilégios. Por isso não se deve gloriar-se nelas. por conforto. nos tempos das conquistas espanholas. desaparecerá. Adquirir bens é muito bom. o empobrecimento). 26 O rico que empobrece deve alegrar-se porque sua fé está sendo provada. Ele torna-se igual aos demais. O comandante havia ordenado que todos os homens abandonassem o navio imediatamente. só preenche com bens. das qualidades de alma. pelo menos vou morrer rico. posições de destaque e paparicos devido à sua posição financeira. senhor – respondeu o homem. Por quê? Porque o deus deles é Mamom (o dinheiro) e esse deus não preenche a vida com paz. a bíblia diz que não dá para servir a dois senhores. Mas não me importo. A faze a ultima ronda para se certificar que que ninguém seria deixado a bordo. passageiro e que deve ser usado a favor do reino e não como uma pedra de condenação para si. O preço da ganância por riquezas é alto. homem? Não sabe que a embarcação está afundando? Gritou o capitão. o julgamento e as consequências de sua morte. O rico deve orgulhar-se caso passe a viver em condição humilde.

Conclusão Os cristãos devem lembrar-se que o dinheiro não somente não representa um valor permanente. Sua beleza é destruída. mas tais coisas deveriam ser subordinadas ao mais elevados propósitos espirituais. desenvolvendo-se ao máximo de sua habilidade. cai então a sua flor. . A morte leva consigo a beleza de qualquer ser.”. traz o calor e seca a planta. Tiago refere-se ao juízo de Deus que não demorará e isso nivelará todos os homens à mesma posição. O amor ao dinheiro é a raiz de todos os males (1 Tm 6. Fardos que podem pesar-lhes para a perdição. Aliviarás tua carga aliviando a dele. É verdadeira a declaração que diz: “Estar em boa situação não é ser bom”. A comparação de Tiago aqui é com o vento seco e quente que soprava na Palestina. O americano LeTourneau. mas nunca fez dessa ambição seu Deus. e. como na realidade não tem qualquer valor. Antes. inventor do trator e muitas outras máquinas para remoção de terra tornou-se imensamente rico. foi exemplo de um homem de tremendo impulso e ambição. em seus últimos anos tornou-se um tão grande pregador como era empresário. Ajuda teu próximo a levar seu fardo de pobreza e deixa que ele te ajude a levares teu fardo de riqueza. E nesta vida a beleza da alma é destruída pela motivação das riquezas. Da mesma forma o rico murchará em meio aos seus afazeres. usava o seu dinheiro para benefício do cristianismo.10) Até mesmo nesse mundo temporal a confiança na posição social e nas riquezas é um alicerce muito frouxo que fatalmente perece com o tempo. Naturalmente a denúncia contra as coisas materiais não significa que tais coisas não devem fazer parte de nossa vida diária. e a sua beleza é destruída. Todo homem deveria obter a melhor educação possível. quando olhamos espiritualmente para as coisas. Tiago certamente não entraria em choque com um homem assim. Pois o sol se levanta. e talvez o maior. vindo do sudeste chamado siroco que podia transformar um campo verdejante em um campo ressequido e cinzento em um único dia. Santo Agostinho escreveu: “A pobreza é o fardo de alguns e a riqueza é o fardo de outros.