Você está na página 1de 12
SINTESE DAS NORMAS TÉCNICAS PARA CITAÇÃO E APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS EM CONFORMIDADE COM A ABNT

SINTESE DAS NORMAS TÉCNICAS PARA CITAÇÃO E APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS EM CONFORMIDADE COM A ABNT – ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS

ABNT – É o fórum nacional de normalização. Objetivo: Estabelecer os princípios gerais para elaboração de

trabalho acadêmico, visando sua apresentação à instituição. Possui informações das normas em vigor em um determinado tempo:

NBR 60232:2000 – Informação e documentação – Referências – Elaboração; NBR 6024:1989 – Numeração progressiva das seções de um documento – Procedimentos;

NBR 6027:1989 – Sumário – Procedimento;

NBR 6028:1990 – Resumos – Procedimento;

NBR 10520:2001 – Informação e documentação – Apresentação de citações em documentos; IBGE – Normas de apresentação tabular. 3. ed. Rio de Janeiro,

1993.;

Código de catalogação Anglo-Americano 2. ed. São

Paulo:FEBAB,1983-1985.

NBR 10520 INFORMAÇÃO E DOCUMENTAÇÃO – APRESENTAÇÃO DE CITAÇÕES EM DOCUMENTOS OBJETIVO REFERÊNCIAS NORMATIVAS

NBR 10520

INFORMAÇÃO E DOCUMENTAÇÃO – APRESENTAÇÃO DE CITAÇÕES EM DOCUMENTOS

OBJETIVO REFERÊNCIAS NORMATIVAS DEFINIÇÕES

CITAÇÃO Menção, no texto, de uma informação extraída de outra fonte. Podem ser do tipo:

CITAÇÃO DIRETA: transcrição textual dos conceitos do autor consultado.

CITAÇÃO INDIRETA: transcrição livre do texto do autor consultado.

CITAÇÃO DE CITAÇÃO: transcrição direta ou indireta de um texto em que não se teve acesso ao original.

REGRAS GERAIS

ENTRADA DE FONTES:

De acordo com Stoner e Freeman (1995), existe uma organização quando há duas ou mais pessoas trabalhando

“Embora o japonês falado não seja difícil de aprender, a escrita é muito complicada” (YOSHIMOTO, 1992, p.79).

Depois, é o ambiente em que vivemos: as montanhas do Rio; as velhas igrejas

barrocas de Minas Gerais; [

ESPECIFICAÇÃO:

]

(DEPOIMENTO

,

1978, p.178-180).

“A produção de litro começa em Searles Lake, Califórnia, 1928” (MUNFORD, 1949, p.513).

Freud (1974, v.21, p.81), define a dualidade como [

TRANSCRIÇÃO – Até 3 linhas

]

o ambiente organizacional é

composto de ‘fatores ou elementos’ externos e internos que lhe influenciam o

Megginson et al. (1998, p.67) destacam que “[

]

comportamento”. TRANSCRIÇÃO – Mais de 3 linhas O ambiente externo passa por mudanças contínuas e

comportamento”.

TRANSCRIÇÃO – Mais de 3 linhas

O ambiente externo passa por mudanças contínuas e rápidas, com efeitos

de longo alcance sobre as organizações e suas estratégias administrativas

], [

os stakeholders podem ser tanto externos, quanto internos (STONER E FREEMAN, 1995, p.46).

o ambiente externo possui elementos de ação direta e indireta e que

i SUPRESSÕES: [

i INTERPOLAÇÕES OU COMENTÁRIOS: [

i ÊNFASE OU DESTAQUE: grifo, negrito ou itálico

]

]

INFORMAÇÃO ORAL / TRABALHOS EM ELABORAÇÃO

Tricart constatou que na bacia do Resende, há indícios de cones de dejeção (informação verbal).

Poetas rio-grandenses, de autoria de Elvo Clemente, a ser editado pela EDIPUCRS, 2001 (em fase de elaboração).

ÊNFASE EM TRECHOS DE CITAÇÃO

“[

]

a dinâmica da evolução da humanidade tem comprovado que as organizações

(CHIAVENATO, 1994, p.79, grifo

]”

permitem satisfazer os mais diferentes tipos [

nosso).

ÊNFASE EM TRECHOS DE CITAÇÃO

“[

]

desejo de criar uma literatura independente, diversa, de vez que, aparecendo

(CANDIDO, 1993, v.2, p.12,

o classicismo como manifestação do passado colonial [

]”

grifo do autor).

SISTEMA DE CHAMADA

AUTORES COM MESMO SOBRENOME

• (CARDOSO, S., 2001) • (CARDOSO, R., 2001) (CARDOSO, Rodrigo. 2001) (CARDOSO, Rafael. 2001) •

(CARDOSO, S., 2001)

(CARDOSO, R., 2001)

(CARDOSO, Rodrigo. 2001) (CARDOSO, Rafael. 2001)

MESMO AUTOR COM MAIS DE UMA OBRA NO MESMO ANO

(CARDOSO, 2001a) (CARDOSO, 2001b)

DIVERSOS DOCUMENTOS DO MESMO AUTOR

(CARDOSO, 1998, 1999, 2001)

DIVERSOS AUTORES, SIMULTANEAMENTE

(CARDOSO, 2001; VERGUEIRO, 1999; SILVA, 1997)

SISTEMA NUMÉRICO

CITAÇÕES COM NUMERAÇÃO ÚNICA

Diz Rui Barbosa: “Tudo é viver, previvendo”.(15) Diz Rui Barbosa: “Tudo é viver, previvendo”.[15] Diz Rui Barbosa: “Tudo é viver, previvendo”.15

SISTEMA AUTOR-DATA

“Pesquisa científica é a realização concreta de uma investigação planejada, desenvolvida e redigida de acordo com as normas da metodologia consagradas pela ciência” (ANDRADE, 1997, p.11).

De acordo com Ramos (1983), em vários círculos de nossa comunidade profissional trava-se o debate sobre o que seja a nova administração pública.

NOTAS DE RODAPÉ

RECOMENDA-SE UTILIZAR O SISTEMA AUTOR-DATA PARA AS CITAÇÕES

Metodologia da Pesquisa

Profª. Angelise Valladares Monteiro, Drª. Mestranda Shandi Pereira Cardoso

NO TEXTO E O SISTEMA NUMÉRICO PARA AS NOTAS EXPLICATIVAS. AS NOTAS DE RODAPÉ PODEM

NO TEXTO E O SISTEMA NUMÉRICO PARA AS NOTAS EXPLICATIVAS.

AS NOTAS DE RODAPÉ PODEM SER:

DE REFERÊNCIA

EXPLICATIVA

NOTAS DE REFERÊNCIA 1ª CITAÇÃO – REFERÊNCIA COMPLETA

No pé da página onde aparece a nota:

12 FARIA, J. E. (org.). Direitos humanos, direitos sociais e justiça. São Paulo: Malheiros, 1994.

NOTAS DE REFERÊNCIA PRÓXIMAS CITAÇÕES – Utilização de referências abreviadas e expressões latinas.

apud, citado por, conforme, segundo

(EVANS, 1987 apud SAGE, 1992, p.2-3) Segundo Silva (apud ABREU, 1999, p.3) diz ser [

Idem ou id. – mesmo autor

]

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS, 1989, p.9. Id., 2000, p.19

Ibidem ou ibid. – na mesma obra

DURKHEIM, 1925, p.176 Ibid., p.190

Opus citatum, opere citato ou op. cit. – obra citada

ADORNO, 1996, p.38 GARLAND, 1990, p.42-43

ADORNO, op. cit., p.40

Passim –aqui e ali em diversas passagens

RIBEIRO, 1997, passim.

Loco citato ou loc. cit. – no lugar citado

TOMASELLI; PORTER, 1992, p.33-46 TOMASELLI; PORTER, 1992, loc.cit.

Cf. – confira, confronte

Cf. CALDEIRA, 1992.

Sequentia ou et. Seq. – seguinte ou que se segue

FOULCAULT, 1994, p.17, et.seq. NOTAS DE REFERÊNCIA - IMPORTANTE: A EXPRESSÃO APUD É A ÚNICA

FOULCAULT, 1994, p.17, et.seq.

NOTAS DE REFERÊNCIA - IMPORTANTE:

A EXPRESSÃO APUD É A ÚNICA QUE TAMBÉM PODE SER UTILIZADA NO TEXTO. TODAS AS OUTRAS EXPRESSÕES LATINAS DEVEM SER UTILIZADAS SOMENTE NAS NOTAS DE RODAPÉ.

NOTAS EXPLICATIVAS

No pé da página onde aparece a nota:

1Voltarei a essa questão quando analisar a repartição do produto.

NBR 6023 INFORMAÇÃO E DOCUMENTAÇÃO – REFERÊNCIAS - ELABORAÇÃO MEIO ELETRÔNICO ARTIGO DE REVISTA SILVA,

NBR 6023

INFORMAÇÃO E DOCUMENTAÇÃO – REFERÊNCIAS - ELABORAÇÃO

MEIO ELETRÔNICO

ARTIGO DE REVISTA SILVA, M. M. L. Crimes da era digital., .Net, Rio de Janeiro, nov.1998. Seção Ponto de

vista. Disponível em: <http://www.datavenia.inf.br/frameartig.html>. Acesso em : 10 set.

1998.

MATÉRIA DE JORNAL NÃO ASSINADA ARRANJO tributário. Diário do Nordeste Online, Fortaleza, 27 nov. 1998. Disponível em: <http://www.diariodonordeste.com.br>. Acesso em : 28 nov. 1998.

HOMEPAGE INSTITUCIONAL CIVITAS. Coordenação de Simão Pedro P. Marinho. Desenvolvido pela Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais, 1995-1998. Apresenta textos sobre urbanismos e desenvolvimento de cidades. Disponível em: <http://www.gcsnet.com.br/oamis/civitas>. Acesso em: 27 nov. 1998.

E-MAIL ACCIOLY, F. Publicação eletrônica [mensagem pessoal]. Mensagem recebida por <mtmendes@uol.com.br> em 26 de jan. 2000.

NBR 14724 INFORMAÇÃO E DOCUMENTAÇÃO – TRABALHOS ACADÊMICOS – APRESENTAÇÃO. i Definições: i Dissertação; i

NBR 14724

INFORMAÇÃO E DOCUMENTAÇÃO – TRABALHOS ACADÊMICOS – APRESENTAÇÃO.

i Definições:

i Dissertação;

i Tese;

i Trabalho acadêmico e Similares.

ESTRUTURA

Estrutura

Elemento

Pré-textuais

Capa (obrigatório) Folha de rosto (obrigatório) Errata (opcional) Folha de Aprovação (obrigatório) Dedicatória (opcional) Agradecimentos (opcional) Epígrafe (opcional) Resumo na língua vernácula (obrigatório) Resumo em língua estrangeira (obrigatório) Sumário (obrigatório) Lista de ilustrações (opcional) Lista de abreviatura e siglas (opcional) Lista de símbolos (opcional)

 

Introdução

Textuais

Desenvolvimento

Conclusão

Elementos Pós-textuais

Referências (obrigatório) Apêndice (opcional) Anexo (opcional) Glossário (opcional)

ELEMENTOS PRÉ-TEXTUAIS

i Antecedem o texto com informações na identificação e utilização do trabalho;

i Capa: i Nome do autor; i Título, subtítulo se houver; i Número de volumes;

i Capa:

i Nome do autor;

i Título, subtítulo se houver;

i Número de volumes;

i Local (cidade) da instituição onde deve ser apresentado;

i Ano da entrega;

i Folha de rosto

i Anverso da folha de rosto

i Nome do autor

i Título principal

i Subtítulo (se houver)

i Número de volumes (se houver)

i Natureza (tese, dissertação e outros) e objetivo (grau pretendido); nome da instituição a que é submetido; área de concentração

i Nome do orientador – co-orientador

i Local (cidade da instituição onde deve ser apresentado)

i Ano de entrega

i Verso da Folha de rosto

i Ficha catalográfica

i Errata (opcional)

i Se caso houver, deve ser inserida logo após a folha do rosto em papel avulso ou encartado

i Exemplo:

 

Folha

Linha

Onde se lê

Leia-se

 
 

32

3

publiacao

publicação

Folha de aprovação

 

Autor

• Título e subtítulo

 

• Local e data de aprovação

 

• Nome

• Assinatura

 

• Instituição dos membros componentes da banca examinadora

 

i

Dedicatória

i

Agradecimentos

 
i Epígrafe (citação) i Resumo na língua vernácula i Seqüência de frases concisas e objetivas

i Epígrafe (citação)

i Resumo na língua vernácula

i Seqüência de frases concisas e objetivas

i Não ultrapassar 500 palavras

i Palavras – chave

i Resumo em língua estrangeira (abstract / resumen / résumé)

i Sumário

i Lista de ilustrações

i Lista de abreviatura e siglas

i Lista de símbolos

ELEMENTOS TEXTUAIS

Introdução

 
 

Delimitação do assunto

Objetivos

Outros elementos necessários para situar o tema do trabalho

Desenvolvimento

 

Seções e subseções

Abordagem do tema e do método

Conclusões

Correspondente aos objetivos e hipóteses

ELEMENTOS PÓS-TEXTUAIS

Referências

 

Apêndice

Exemplo:

 

APÊNDICE A: Avaliação numérica de células inflamatórias totais aos quatro dias de evolução

Anexo

Exemplo:

 

ANEXO A: Representação gráfica de contagem de células inflamatórias presentes nas caudas em regeneração – Grupo de controle I (Temperatura )

Glossário

FORMAS DE APRESENTAÇÃO

Formato

Papel branco A4, digitado no anverso da folha, exceto a folha de

rosto Fonte: tamanho 12 para texto e 10 para citações longas e notas de rodapé

rosto Fonte: tamanho 12 para texto e 10 para citações longas e notas de rodapé Projeto gráfico: responsabilidade do autor

Margem

 
 

Esquerda e superior: 3 cm

 

Direita e inferior: 2 cm

Espaçamento

 
 

Digitado com 1,5 de entrelinhas

 

Citações longas, notas, referências e resumos: espaço simples

Título: separado do texto por espaçamento duplo

 

Notas de rodapé

 
 

Digitadas dentro das margens

Separadas do texto por espaço simples de entrelinhas e por filete de 3 cm, a partir da margem esquerda

Indicativos de seção

 
 

Indicativo numérico precede seu título alinhado a esquerda e

 

separado por espaço de caractere

 
 

sem centralizados conforme NBR6024

Títulos

indicativo

numérico

(sumário/resumo)

devem

ser

Paginação Todas as folhas do trabalho, a partir da folha de rosto devem ser contadas seqüencialmente mas não numeradas A numeração é colocada na primeira folha da parte textual, em algarismos arábicos, no canto superior direito da folha, a 2 cm da borda superior, ficando o último algarismo a 2 cm da borda direita da folha Caso haja mais de um volume, deve-se manter a seqüência da numeração das folhas

Numeração progressiva Destacam-se gradativamente os títulos das seções, utilizando-se os recursos de negrito, itálico ou grifo e redondo, caixa alta ou versal, e outro conforme a NBR6024

Citação – Conforme NBR 10520

 
Abreviatura e siglas   Quando aparecem pela primeira vez no texto, deve-se colocar seu nome

Abreviatura e siglas

 

Quando aparecem pela primeira vez no texto, deve-se colocar seu

nome por extenso, acrescentando-se à abreviatura ou a sigla entre parênteses Exemplo:

 

Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT)

Equações e fórmulas Quando destacadas no parágrafo são centralizadas e, se necessário deve-se numerá-las Quando fragmentadas em mais de uma linha por falta de espaço, devem ser interrompidas antes do sinal de igualdade ou depois dos sinais de adição, subtração, divisão ou multiplicação.

Ilustrações

 

Qualquer que seja seu tipo, sua identificação aprece na parte inferior

precedida da palavra figura, seguida de seu número de ordem, de ocorrência de algarismos arábicos do respectivo título e/ou legenda explicativa e da fonte se necessário. As legendas das ilustrações devem ser breves e claras e inseridas o mais próximo possível do trecho a que se referem

Tabelas

 

Apresentam informações tratadas estatisticamente conforme IBGE,

1993.

O título é colocado na parte superior, precedido da palavra tabela e de seu número de ordem em algarismos arábicos As fontes citadas na construção de tabelas e notas eventuais aparecem no rodapé após o fio de fechamento Caso sejam utilizadas tabelas reproduzidas de outros documentos, a prévia autorização do autor se faz necessária, não sendo mencionada na mesma.

Devem ser inseridas o mais próximas possíveis dos trechos a que se

referem Se a tabela não couber em uma folha, deve ser continuada na folha seguinte e, nesse caso, não é delimitada por traço horizontal na parte inferior, sendo o título e o cabeçalho repetidos na folha seguinte Nas tabelas utilizam-se fios horizontais e verticais para separar os títulos das colunas no cabeçalho e fechá-las na parte inferior.

Têm numeração independente e consecutiva