Você está na página 1de 3

DIMENSIONAMENTO DE SEES RETANGULARES

Adotar-se- nos clculos o diagrama retangular de tenses de compresso no


concreto.

1- SEES RETANGULARES COM ARMADURA SIMPLES

Sees com armaduras simples so aquelas que possuem armadura somente no


lado aonde ocorre s tenses de trao na pea.

Considerando uma seo de concreto de forma retangular e uma armadura


tracionado cuja rea A s, submetida a um momento fletor Mrd que leve a pea ao
estado limite ltimo, como mostra a figura abaixo. Esse momento denominado
momento resistente de clculo.

Figura 1 - Flexo normal simples de uma viga com seo retangular e com armadura simples.

Considerado a figura acima, as equaes de equilbrio ficam:

Rc Rt = 0

Mrd = Rc.Zc = Rs.Zc

Onde:

Rc = bw.y.0,85fcd

Rs = As.s

Zc = d-(y/2)

Ento:

bw.y.0,85fcd-As.s = 0

Mrd = bw.y.0,85.fcd.(d-(y/2)) = As.s.(d-(y/2))


Com y = 0,8x e x = x.d

Resultam:

y = 0,8x.d

Zc = d.(1-0,4x)

Introduzindo esses valores de y e zc nas equaes de equilbrio, obtm-se:

bw.d.0,68.x.fcd-As.s = 0 (1 Equao)

Mrd = bw.d^2.0,68.x.fcd.(1-0,4x) = As.s.d.(1-0,4x) (2 Equao)

O momento fletor decorrente das aes externas de clculo no estado limite


ltimo chamado de Msd. Esse momento denominado momento solicitante de
clculo.

Nos casos de dimensionamento faz-se Mrd = Msd

Com Msd no lugar de Mrd, a primeira forma da segunda equao de quilibrio


relaciona as dimenses da seo transversal de concreto com o momento solicitante
de clculo Msd:

Msd = bw.d^2.0,68.x.fcd.(1-0,4x)

Com Msd em lugar de Mrd, a segunda forma da segunda equao de equilbrio


relaciona a rea da seo transversal de armadura com o momento solicitante de
clculo Msd:

Msd = As.s.d.(1-0,4x)

1.1- CLCULO COM O USO DE TABELAS

A primeira forma da segunda equao de equilbrio pode ser modificada:

Msd = bw.d^2.0,68.x.fcd.(1-0,4x)

Msd = bw.d^2.[0,68.x.(fck/c).(1-0,4x)]

Definindo-se:

Kc = 1/ [0,68.x.(fck/c).(1-0,4x)]

Que pode ser tabelado em funo de fck e x.

Ento se resulta na expresso:

Msd = (bw.d^2) / kc
Que relaciona o momento solicitante com as dimenses da seo e a
resistncia do concreto.

Da segunda forma da segunda equao de equilbrio resulta a expresso:

As = (Msd / d) / [s.(1-0,4x)]

Definindo-se:

Ks = 1 / [s.(1-0,4x)]

Que pode ser tabelado em funo de x e de s = fyd para cada categoria de


ao.

Ento resulta a expresso:

As = ks.(Msd / d)

Que relaciona a rea da seo transversal da armadura com o momento


solicitante, a altura til da seo de concreto e a resistncia do ao da armadura.

2- RECOMENDAES NORMA 6118:2014

No item 14.6.4.3 a norma recomenda uma relao x/d mxima, isso um valor
de x limite para que a viga tenha um comportamento dctil.

Para concretos de at fck = 50 MPa, o x deve ser 0,45.

Para concreto com fck entre 50 e 90 MPa, o x deve ser 0,35.