Você está na página 1de 15
TITULO FICHA Seleção FT-03-01 REPASSE OGU – PAC REVISÃO PÁGINAS 01 1 de 15 DATA

TITULO

FICHA

Seleção

FT-03-01

REPASSE OGU – PAC

REVISÃO

PÁGINAS

01

1 de 15

DATA

 

22 SET 2016

Áreas relacionadas

Secretarias e Unidades responsáveis pela captação de recursos públicos para desenvolvimento de projetos em âmbito local.

Últimas alterações

Revisão geral.

Fluxo simplificado da operação de REPASSE OGU – PAC

CADASTRAMENTO/ SELEÇÃO DA PROPOSTA CONTRATAÇÃO ATENDIMENTO DE CLÁUSULA SUSPENSIVA LICITAÇÃO EXECUÇÃO DO
CADASTRAMENTO/
SELEÇÃO DA
PROPOSTA
CONTRATAÇÃO
ATENDIMENTO
DE CLÁUSULA
SUSPENSIVA
LICITAÇÃO
EXECUÇÃO
DO OBJETO
REPROGRAMAÇÃO
PRESTAÇÃO DE
CONTAS FINAL

INTRODUÇÃO

O Poder Executivo, por proposta do CGPAC - Comitê Gestor do Programa de Aceleração do Crescimento, discriminará as ações do PAC - Programa de Aceleração do Crescimento a serem executadas por meio da transferência obrigatória. Os recursos para os TC - Termos de Compromisso do PAC são obtidos através de seleções realizadas pelos Gestores. Para acessar os Programas e Ações dos Gestores, os PROPONENTES devem se habilitar por meio de encaminhamento de proposta para concorrer nos processos de seleção, na forma

estabelecida nos editais publicados pelos Gestores no DOU - Diário Oficial da União e nos seus sites. Os contratos do PAC não tramitam pelo SICONV - Sistema de Convênios. A documentação necessária para a seleção é enviada diretamente aos Gestores, na forma estabelecida pelo edital. Os PROPONENTES devem aguardar a comunicação expressa do Gestor ou da CAIXA, notificando a seleção do empreendimento e autorizando a apresentação da documentação exigida para efeito de formalização do Termo de Compromisso. Após a solicitação formal, o PROPONENTE encaminha à CAIXA a documentação institucional, técnica e jurídica necessária para assinatura dos Termos de Compromisso.

É importante que o município interessado em obter recursos da União faça um estudo das reais

necessidades locais definindo as áreas que demandam mais investimento e estabelecendo assim uma escala de prioridades.

A partir desse levantamento, os gestores municipais terão condições de identificar os programas

de governo disponíveis e as diretrizes para elaboração de proposta de trabalho com o objetivo de pleitear os recursos necessários.

TERMINOLOGIA

ANTEPROJETO: Parte integrante do instrumento convocatório das licitações para contratação de obras e serviços de engenharia sob o regime de contratação integrada previsto na Lei n° 12.462, de 4 de agosto

1) Esta ficha foi elaborada pela CAIXA. Para sugestões, críticas e alterações, encaminhar mensagem para a GIGOV de vinculação. 2) As informações constantes nesta ficha podem ser alteradas a qualquer momento em razão da publicação de Leis, Portarias, Instruções Normativas, revisão de procedimentos operacionais ou por outras determinações.

TITULO FICHA Seleção FT-03-01 REPASSE OGU – PAC REVISÃO PÁGINAS 01 2 de 15 DATA

TITULO

FICHA

Seleção

FT-03-01

REPASSE OGU – PAC

REVISÃO

PÁGINAS

01

2 de 15

DATA

 

22 SET 2016

de 2011, que contém as informações e requisitos técnicos destinados a possibilitar a caracterização da obra ou serviço, nos termos do Decreto n° 7.581, de 11 de outubro de 2011.

CGPAC: Comitê Gestor do PAC instituído pelo Decreto n° 6.025, de 22 de janeiro de 2007, no âmbito da Casa Civil da Presidência da República.

COMPROMISSÁRIO órgão ou entidade da administração pública direta e indireta, de qualquer esfera de governo, bem como entidade privada sem fins lucrativos, com a qual a administração federal pactua a execução de TC (municípios, estados, entidades vinculadas a esses e entidades privadas sem fins lucrativos).

CONTRATAÇÃO INTEGRADA: regime de contratação de obras e serviços de engenharia, previsto na Lei n° 12.462, de 4 de agosto de 2011, que compreende a elaboração e o desenvolvimento dos projetos básico

e executivo, a execução de obras e serviços de engenharia, a montagem, a realização de testes, a pré- operação e todas as demais operações necessárias e suficientes para a entrega final do objeto.

ETAPA: divisão física do objeto que, uma vez concluída, terá funcionalidade plena independente da conclusão de outras eventuais etapas.

GESTOR: Órgão responsável pelos Programas e pelo Repasse de Recursos.

META: Parte quantificável do objeto composta por uma descrição e uma quantidade física mensurável em termos absolutos, por exemplo: construção de 02 quilômetros de adutoras.

OBJETO: Consiste no produto final do Termo de Compromisso, observado o Programa (ação/modalidade)

e as suas finalidades.

PLANO DE TRABALHO: PT - Documento elaborado pelo PROPONENTE, que descreve, em linhas gerais, o objeto a ser executado e inclui justificativa para a celebração do Termo de Compromisso, descrição das metas a serem atingidas, definição das etapas ou fases da execução, cronograma de execução do objeto, cronograma de desembolso e plano de aplicação dos recursos a serem desembolsados pela União e da contrapartida financeira do PROPONENTE, se for o caso

PROJETO BÁSICO: Conjunto de elementos necessários e suficientes, com nível de precisão adequado, para caracterizar a obra ou serviço ou complexo de obras ou serviços objetos da licitação, atendendo ao que determina o inciso IX do Art. 6º da Lei n° 8.666/1993.

PROPONENTE – Órgão ou entidade pública ou privada sem fins lucrativos, credenciada, que manifeste, por meio de proposta de trabalho, interesse em firmar TC.

TERMO DE COMPROMISSO TC: Instrumento de repasse de recursos entre a União e os entes federados ou os Consórcios Públicos, no âmbito do PAC, a título de transferência obrigatória.

TERMO DE REFERÊNCIA: documento técnico que descreve as atividades necessárias à execução de estudos e projetos ou ações e instrumentos de planejamento e gestão pública e indica, no mínimo, objetivo e contexto da ação, produtos, custos, prazos e equipe necessária.

TRANSFERÊNCIAS OBRIGATÓRIAS: São as transferências de recursos que estão determinadas em lei ou na Constituição. Nesse caso, não há qualquer decisão da autoridade pública sobre seu repasse a outro ente. A transferência obrigatória de recursos financeiros pelos órgãos e entidades da União aos órgãos e entidades dos Estados, Distrito Federal e Municípios para a execução de ações do Programa de Aceleração do Crescimento – PAC cuja execução pelos entes federados seja de interesse da União é regida pela Lei nº11.578 de 26 de novembro de 2007.

1) Esta ficha foi elaborada pela CAIXA. Para sugestões, críticas e alterações, encaminhar mensagem para a GIGOV de vinculação. 2) As informações constantes nesta ficha podem ser alteradas a qualquer momento em razão da publicação de Leis, Portarias, Instruções Normativas, revisão de procedimentos operacionais ou por outras determinações.

FATO GERADOR TITULO FICHA Seleção FT-03-01 REPASSE OGU – PAC REVISÃO PÁGINAS 01 3 de

FATO GERADOR

TITULO

FICHA

Seleção

FT-03-01

REPASSE OGU – PAC

REVISÃO

PÁGINAS

01

3 de 15

DATA

 

22 SET 2016

Publicação de Edital/ Calendário de Seleção de Propostas pelo GESTOR do Programa.

PRAZO

Os Programas e Ações podem apresentar prazos para apresentação de Propostas em seus Manuais, em Editais ou na própria descrição do Programa.

DOCUMENTOS NECESSÁRIOS

As transferências obrigatórias para execução das ações do PAC são condicionadas ao cumprimento de requisitos pelos Estados, Distrito Federal e Municípios beneficiários, e para isso a Carta- Consulta deve ser preenchida com a devida atenção ao listado abaixo:

Identificação do objeto a ser executado;ser preenchida com a devida atenção ao listado abaixo: Metas a serem atingidas; Etapas ou fases

Metas a serem atingidas;listado abaixo: Identificação do objeto a ser executado; Etapas ou fases de execução; Plano de aplicação

Etapas ou fases de execução;do objeto a ser executado; Metas a serem atingidas; Plano de aplicação dos recursos financeiros; Cronograma

Plano de aplicação dos recursos financeiros;Metas a serem atingidas; Etapas ou fases de execução; Cronograma de desembolso; Previsão de início e

Cronograma de desembolso;execução; Plano de aplicação dos recursos financeiros; Previsão de início e fim da execução do objeto,

Previsão de início e fim da execução do objeto, bem como da conclusão das etapas ou fases programadas;dos recursos financeiros; Cronograma de desembolso; Comprovação de que os recursos próprios para complementar

Comprovação de que os recursos próprios para complementar a execução do objeto estão devidamente assegurados, salvo se o custo total do empreendimento recair sobre a entidade ou órgão descentralizador, quando a ação compreender obra ou serviço de engenharia.bem como da conclusão das etapas ou fases programadas; Na fase de seleção, os documentos necessários

Na fase de seleção, os documentos necessários podem ser apresentados diretamente ao Ministério Gestor e dependem das regras do Programa. Entretanto, pode ser necessária, para análise das Propostas pelo gestor, a apresentação de Termos de Referência, plantas, projetos, declarações, entre outros documentos. Estas condições estam descritas no Programa ou são solicitadas nos Editais de Chamamento, Portarias e afins. Na fase de seleção, é facultado ao MINISTÉRIO GESTOR, solicitar, ou, dispensar a apresentação dos documentos.

PROCEDIMENTOS

Acessar a página do Gestor;ou, dispensar a apresentação dos documentos. PROCEDIMENTOS Buscar Programas Disponíveis; Cadastrar Carta-Consulta; 1)

Buscar Programas Disponíveis;dos documentos. PROCEDIMENTOS Acessar a página do Gestor; Cadastrar Carta-Consulta; 1) Esta ficha foi elaborada pela

Cadastrar Carta-Consulta;Acessar a página do Gestor; Buscar Programas Disponíveis; 1) Esta ficha foi elaborada pela CAIXA. Para

1) Esta ficha foi elaborada pela CAIXA. Para sugestões, críticas e alterações, encaminhar mensagem para a GIGOV de vinculação. 2) As informações constantes nesta ficha podem ser alteradas a qualquer momento em razão da publicação de Leis, Portarias, Instruções Normativas, revisão de procedimentos operacionais ou por outras determinações.

TITULO FICHA Seleção FT-03-01 REPASSE OGU – PAC REVISÃO PÁGINAS 01 4 de 15 DATA

TITULO

FICHA

Seleção

FT-03-01

REPASSE OGU – PAC

REVISÃO

PÁGINAS

01

4 de 15

DATA

 

22 SET 2016

Apresentar a Carta-Consulta para Análise do GESTOR.PÁGINAS 01 4 de 15 DATA   22 SET 2016 1 ACESSAR A PÁGINA DO GESTOR

1 ACESSAR A PÁGINA DO GESTOR

Instituto

“http://portal.iphan.gov.br/”.

Ministério das Cidades - Digitar “http://www.cidades.gov.br/”.

Ministério da Cultura - Digitar “http://www.cultura.gov.br/”.

Ministério do Desenvolvimento Agrário - Digitar “http://www.mda.gov.br/”.

Ministério do Esporte - Digitar “http://www.esporte.gov.br/”.

Ministério da Integração Nacional - Digitar “http://www.mi.gov.br/”.

Ministério do Turismo - Digitar “http://www.turismo.gov.br/”.

do

Patrimônio

Histórico

e

Artístico

Nacional

(IPHAN)

2 BUSCAR PROGRAMAS DISPONÍVEIS

-

Digitar

IPHAN - Clique em “Programas e Projetos” e selecione a opção “Programas”.Nacional (IPHAN) 2 BUSCAR PROGRAMAS DISPONÍVEIS - Digitar 1) Esta ficha foi elaborada pela CAIXA. Para

e Projetos” e selecione a opção “Programas”. 1) Esta ficha foi elaborada pela CAIXA. Para sugestões,

1) Esta ficha foi elaborada pela CAIXA. Para sugestões, críticas e alterações, encaminhar mensagem para a GIGOV de vinculação. 2) As informações constantes nesta ficha podem ser alteradas a qualquer momento em razão da publicação de Leis, Portarias, Instruções Normativas, revisão de procedimentos operacionais ou por outras determinações.

TITULO FICHA Seleção FT-03-01 REPASSE OGU – PAC REVISÃO PÁGINAS 01 5 de 15 DATA

TITULO

FICHA

Seleção

FT-03-01

REPASSE OGU – PAC

REVISÃO

PÁGINAS

01

5 de 15

DATA

 

22 SET 2016

Ministério das Cidades - Clique em “Regras para acesso aos recursos”, depois clique em “PAC” e selecione a opção “Seleções – PAC”.PÁGINAS 01 5 de 15 DATA   22 SET 2016 Ministério da Cultura - Clique em

em “PAC” e selecione a opção “Seleções – PAC”. Ministério da Cultura - Clique em “Apoio

Ministério da Cultura - Clique em “Apoio a Projetos” e selecione a opção “Editais”.em “PAC” e selecione a opção “Seleções – PAC”. 1) Esta ficha foi elaborada pela CAIXA.

“Apoio a Projetos” e selecione a opção “Editais”. 1) Esta ficha foi elaborada pela CAIXA. Para

1) Esta ficha foi elaborada pela CAIXA. Para sugestões, críticas e alterações, encaminhar mensagem para a GIGOV de vinculação. 2) As informações constantes nesta ficha podem ser alteradas a qualquer momento em razão da publicação de Leis, Portarias, Instruções Normativas, revisão de procedimentos operacionais ou por outras determinações.

TITULO FICHA Seleção FT-03-01 REPASSE OGU – PAC REVISÃO PÁGINAS 01 6 de 15 DATA

TITULO

FICHA

Seleção

FT-03-01

REPASSE OGU – PAC

REVISÃO

PÁGINAS

01

6 de 15

DATA

 

22 SET 2016

Ministério do Desenvolvimento Agrário - Clique em “Ações e Programas”.PÁGINAS 01 6 de 15 DATA   22 SET 2016 Ministério do Esporte – No menu

Agrário - Clique em “Ações e Programas”. Ministério do Esporte – No menu “Programas e

Ministério do Esporte – No menu “Programas e Ações”, selecione o programa desejado.Agrário - Clique em “Ações e Programas”. !!!!!!!! A disponibilidade de programas e ações para

“Programas e Ações”, selecione o programa desejado. !!!!!!!! A disponibilidade de programas e ações para
!!!!!!!!
!!!!!!!!

A disponibilidade de programas e ações para seleção depende do GESTOR.

1) Esta ficha foi elaborada pela CAIXA. Para sugestões, críticas e alterações, encaminhar mensagem para a GIGOV de vinculação. 2) As informações constantes nesta ficha podem ser alteradas a qualquer momento em razão da publicação de Leis, Portarias, Instruções Normativas, revisão de procedimentos operacionais ou por outras determinações.

TITULO FICHA Seleção FT-03-01 REPASSE OGU – PAC REVISÃO PÁGINAS 01 7 de 15 DATA

TITULO

FICHA

Seleção

FT-03-01

REPASSE OGU – PAC

REVISÃO

PÁGINAS

01

7 de 15

DATA

 

22 SET 2016

Ministério da Integração Nacional – No menu “Atuação”, clique na Secretaria desejada e selecione “Programas e Ações”.PÁGINAS 01 7 de 15 DATA   22 SET 2016 Ministério do Turismo – Clique em

Secretaria desejada e selecione “Programas e Ações”. Ministério do Turismo – Clique em “Ações e

Ministério do Turismo – Clique em “Ações e Programas”.Secretaria desejada e selecione “Programas e Ações”. !!!!!!!! O município deve acompanhar regularmente as

do Turismo – Clique em “Ações e Programas”. !!!!!!!! O município deve acompanhar regularmente as
!!!!!!!!
!!!!!!!!

O município deve acompanhar regularmente as portarias publicadas no DOU sobre o processo de seleção.

1) Esta ficha foi elaborada pela CAIXA. Para sugestões, críticas e alterações, encaminhar mensagem para a GIGOV de vinculação. 2) As informações constantes nesta ficha podem ser alteradas a qualquer momento em razão da publicação de Leis, Portarias, Instruções Normativas, revisão de procedimentos operacionais ou por outras determinações.

TITULO FICHA Seleção FT-03-01 REPASSE OGU – PAC REVISÃO PÁGINAS 01 8 de 15 DATA

TITULO

FICHA

Seleção

FT-03-01

REPASSE OGU – PAC

REVISÃO

PÁGINAS

01

8 de 15

DATA

 

22 SET 2016

É recomendável aos interessados em obter recursos do PAC estabelecer uma rotina de pesquisa no site da Imprensa Nacional (http://portal.in.gov.br/), seguindo os seguintes passos:

Acesse o site, informe o Termo: Ministério, selecione o Jornal: DOU1, Tipo de Pesquisa:

Exata, Preencher a Data inicial, Data final, e ano com os dados do dia da pesquisa e clicar em “Buscar”.

com os dados do dia da pesquisa e clicar em “Buscar”. Clicar na 1ª opção que
com os dados do dia da pesquisa e clicar em “Buscar”. Clicar na 1ª opção que

Clicar na 1ª opção que surge da pesquisa: Pág. 1 (onde se encontra o sumário):com os dados do dia da pesquisa e clicar em “Buscar”. Identificar a página correspondente ao

surge da pesquisa: Pág. 1 (onde se encontra o sumário): Identificar a página correspondente ao Ministério
surge da pesquisa: Pág. 1 (onde se encontra o sumário): Identificar a página correspondente ao Ministério
surge da pesquisa: Pág. 1 (onde se encontra o sumário): Identificar a página correspondente ao Ministério

Identificar a página correspondente ao Ministério que se quer pesquisar: Por exemplo:

Ministério das Cidades

pag 59

Ir para a página: 59 clicar ok

Navegar pelas páginas >>

59 clicar ok ∑ Navegar pelas páginas >> 1) Esta ficha foi elaborada pela CAIXA. Para

1) Esta ficha foi elaborada pela CAIXA. Para sugestões, críticas e alterações, encaminhar mensagem para a GIGOV de vinculação. 2) As informações constantes nesta ficha podem ser alteradas a qualquer momento em razão da publicação de Leis, Portarias, Instruções Normativas, revisão de procedimentos operacionais ou por outras determinações.

TITULO FICHA Seleção FT-03-01 REPASSE OGU – PAC REVISÃO PÁGINAS 01 9 de 15 DATA

TITULO

FICHA

Seleção

FT-03-01

REPASSE OGU – PAC

REVISÃO

PÁGINAS

01

9 de 15

DATA

 

22 SET 2016

Outra forma de buscar o Ministério de interesse é navegando pelo sumário em “Sumário da Edição”, quando esta função estiver disponível.

da Edição”, quando esta função estiver disponível. Encontrado um Programa disponível, é importante ler
da Edição”, quando esta função estiver disponível. Encontrado um Programa disponível, é importante ler

Encontrado um Programa disponível, é importante ler atentamente as suas informações gerais nos respectivos manuais de forma a saber quais as regras para inserção da Carta Consulta, bem como, saber se aquele programa é, de fato, interessante para o PROPONENTE ou se o PROPONENTE é elegível para apresentar uma proposta. Se houver, o Manual do Programa pode ser consultado no sítio eletrônico do GESTOR. Outro ponto de destaque é ver se o Programa possui chamamento público para seleção de PROPONENTES.

documentos

necessários à seleção e, ao cronograma do Gestor.

Também

é

importante

ater-se

à

necessidade

de

apresentação

formal

dos

3 CADASTRAR CARTA-CONSULTA

Para cadastrar a Carta-Consulta é necessário que haja seleção em aberto no sítio do GESTOR do Programa.de apresentação formal dos 3 CADASTRAR CARTA-CONSULTA Cada Gestor possui rito próprio para o cadastramento das

Cada Gestor possui rito próprio para o cadastramento das propostas. Geralmente, as Cartas-Consulta são preenchidas digitalmente em um site disponibilizado pelo GESTOR.

digitalmente em um site disponibilizado pelo GESTOR. ∑ Exemplo de site para preenchimento de Carta-Consulta:

Exemplo de site para preenchimento de Carta-Consulta:

1) Esta ficha foi elaborada pela CAIXA. Para sugestões, críticas e alterações, encaminhar mensagem para a GIGOV de vinculação. 2) As informações constantes nesta ficha podem ser alteradas a qualquer momento em razão da publicação de Leis, Portarias, Instruções Normativas, revisão de procedimentos operacionais ou por outras determinações.

TITULO Seleção REPASSE OGU – PAC FICHA FT-03-01 REVISÃO 01 PÁGINAS 10 de 15 DATA

TITULO

Seleção

REPASSE OGU – PAC

FICHA

FT-03-01

REVISÃO

01

PÁGINAS

10 de 15

DATA

22 SET 2016

FT-03-01 REVISÃO 01 PÁGINAS 10 de 15 DATA 22 SET 2016 De forma geral é importante

De forma geral é importante frisar o que segue abaixo:FT-03-01 REVISÃO 01 PÁGINAS 10 de 15 DATA 22 SET 2016 !!!!!!!! Recomenda-se que durante o

2016 De forma geral é importante frisar o que segue abaixo: !!!!!!!! Recomenda-se que durante o
!!!!!!!!
!!!!!!!!

Recomenda-se que durante o preenchimento das cartas-consulta os dados digitados sejam salvos constantemente para evitar perder informações já inseridas, caso ocorra algum problema, tais como queda de energia ou do próprio sistema, lembrando que antes do envio da carta-consulta, não há limite para alterá-la ou adequá-la.

As informações devem ser preenchidas de forma clara e objetiva – o PROPONENTE deve ter em mente que o objetivo é que sua proposta seja entendida. Para tanto, todas as informações relevantes devem ser incluídas, de forma a convencer o analista da necessidade e adequabilidade da proposta para a resolução definitiva e de forma duradoura do problema que se deseja solucionar.

Dados: Indicar os dados do cadastro do PROPONENTE e os membros cadastrados. Exemplo:

do cadastro do PROPONENTE e os membros cadastrados. Exemplo: 1) Esta ficha foi elaborada pela CAIXA.

1) Esta ficha foi elaborada pela CAIXA. Para sugestões, críticas e alterações, encaminhar mensagem para a GIGOV de vinculação. 2) As informações constantes nesta ficha podem ser alteradas a qualquer momento em razão da publicação de Leis, Portarias, Instruções Normativas, revisão de procedimentos operacionais ou por outras determinações.

TITULO Seleção REPASSE OGU – PAC FICHA FT-03-01 REVISÃO 01 PÁGINAS 11 de 15 DATA

TITULO

Seleção

REPASSE OGU – PAC

FICHA

FT-03-01

REVISÃO

01

PÁGINAS

11 de 15

DATA

22 SET 2016

Dados sobre o Município/ População beneficiada. Exemplo:

Dados sobre o Município/ População beneficiada. Exemplo: ∑ Objeto da Proposta: Descrever o objeto a que

Objeto da Proposta: Descrever o objeto a que se destina a proposta de forma clara e resumida.

O objeto é aquilo que se pretende gerar ao final da execução deste projeto. Pode ser um produto, uma construção, um serviço, um treinamento, “algo” que permite ao órgão ou à entidade atingir determinados objetivos expressos no projeto. O objeto define o tipo de intervenção e o benefício social esperado com a ação pretendida, expressa pelo programa/modalidade no qual se enquadra a operação, bem como pela natureza do empreendimento proposto, não sendo obrigatória a definição das áreas de abrangência.

!!!!!!!!
!!!!!!!!

O objeto deve ser suficientemente caracterizado. É ideal que ele não ultrapasse uma linha de texto. A definição de objetos pouco detalhados é um dos problemas apontados em fiscalizações de convênios e contratos de repasse realizadas pelo TCU - Tribunal de Contas da União e pela CGU - Controladoria-Geral da União. Por outro lado, o excesso de detalhamento pode engessar o contrato, tornando-o inexequível.

Além de não ser necessária, a inclusão da especificação técnica no objeto pode trazer problemas durante a execução do projeto.

pode trazer problemas durante a execução do projeto. São bons exemplos de objetos: ∑ Urbanização de

São bons exemplos de objetos:

Urbanização de assentamento precário no Município A; Implantação de Corredor de Ônibus no Município B;

Implantação do sistema de esgotamento sanitário do Município C;

1) Esta ficha foi elaborada pela CAIXA. Para sugestões, críticas e alterações, encaminhar mensagem para a GIGOV de vinculação. 2) As informações constantes nesta ficha podem ser alteradas a qualquer momento em razão da publicação de Leis, Portarias, Instruções Normativas, revisão de procedimentos operacionais ou por outras determinações.

TITULO Seleção REPASSE OGU – PAC FICHA FT-03-01 REVISÃO 01 PÁGINAS 12 de 15 DATA

TITULO

Seleção

REPASSE OGU – PAC

FICHA

FT-03-01

REVISÃO

01

PÁGINAS

12 de 15

DATA

22 SET 2016

FT-03-01 REVISÃO 01 PÁGINAS 12 de 15 DATA 22 SET 2016 Não são bons exemplos: ∑

Não são bons exemplos:

Pavimentação de 10 quilômetros de vias na Rua Maria Bento; Execução de 15 km de coletor tronco em tubo de concreto para esgotamento sanitário das Ruas X, Y, W, T dos Bairros A e B; Apoio em projetos de arquitetura e engenharia para 50 unidades habitacionais isoladas no Bairro Bom Começo. Tais unidades serão construídas em terrenos adquiridos pelas famílias beneficiárias que não tiveram, até o presente momento condições para viabilizar sua construção, por absoluta falta de recursos financeiros para contratar serviços técnicos especializados necessários para a concretização de uma moradia adequada, promovendo a sustentabilidade do projeto e a inclusão social e urbana.

Justificativa da Proposição: Descrever o programa relacionado para a proposta. Incluir na

descrição a caracterização do problema, abordando as atuais condições da área a ser beneficiada; compatibilizando a proposição com diretrizes e planos setoriais existentes e justificando a escolha da área de intervenção.

Justificar a viabilidade técnica-econômica do empreendimento: Detalhar a alternativa

escolhida para solucionar o problema, descrevendo e justificando o que pretende-se implantar tanto nos aspectos técnicos quanto econômicos, como também, os benefícios e

os custos inerentes à alternativa.

Situação prevista após conclusão do empreendimento: Descrever os benefícios a serem

alcançados após a conclusão do objeto do proposto, compatibilizando com a justificativa da

proposição.

Informações de Operação / Manutenção do Empreendimento: Descrever como e que

órgão será o responsável pela operação e manutenção do sistema proposto.

Composição do Investimento: Indicar os valores atribuídos às metas e etapas de forma a

totalizar o valor do investimento necessário à conclusão do objeto. A atribuição de valores às metas deve respeitar os limites do Programa, sendo que cada GESTOR possui regras próprias sobre o que pode ser incluído como investimento. Exemplo de Quadro de Composição de Investimento - QCI:

1) Esta ficha foi elaborada pela CAIXA. Para sugestões, críticas e alterações, encaminhar mensagem para a GIGOV de vinculação. 2) As informações constantes nesta ficha podem ser alteradas a qualquer momento em razão da publicação de Leis, Portarias, Instruções Normativas, revisão de procedimentos operacionais ou por outras determinações.

TITULO Seleção REPASSE OGU – PAC FICHA FT-03-01 REVISÃO 01 PÁGINAS 13 de 15 DATA

TITULO

Seleção

REPASSE OGU – PAC

FICHA

FT-03-01

REVISÃO

01

PÁGINAS

13 de 15

DATA

22 SET 2016

FT-03-01 REVISÃO 01 PÁGINAS 13 de 15 DATA 22 SET 2016 O QCI, neste exemplo, foi
FT-03-01 REVISÃO 01 PÁGINAS 13 de 15 DATA 22 SET 2016 O QCI, neste exemplo, foi

O QCI, neste exemplo, foi dividido em três campos: Obras e Serviços, Itens Necessários para a adequada implantação do empreendimento e valor para o projeto executivo, se for o caso.

!!!!!!!!
!!!!!!!!

1. A contrapartida oferecida pelos Municípios pode ser física ou exclusivamente financeira. 2. Para celebrar o TC, o PROPONENTE deverá comprovar que os recursos relativos à contrapartida estão devidamente assegurados em lei orçamentária. 3. As receitas das aplicações financeiras não podem ser computadas como contrapartida do Compromissário.

1) Esta ficha foi elaborada pela CAIXA. Para sugestões, críticas e alterações, encaminhar mensagem para a GIGOV de vinculação. 2) As informações constantes nesta ficha podem ser alteradas a qualquer momento em razão da publicação de Leis, Portarias, Instruções Normativas, revisão de procedimentos operacionais ou por outras determinações.

TITULO Seleção REPASSE OGU – PAC FICHA FT-03-01 REVISÃO 01 PÁGINAS 14 de 15 DATA

TITULO

Seleção

REPASSE OGU – PAC

FICHA

FT-03-01

REVISÃO

01

PÁGINAS

14 de 15

DATA

22 SET 2016

4 ALTERAR OS VALORES DA PROPOSTA

Para alterar os Valores da Carta-Consulta após a seleção e, antes da assinatura do Termo de Compromisso é necessária a autorização do GESTOR.14 de 15 DATA 22 SET 2016 4 ALTERAR OS VALORES DA PROPOSTA !!!!!!!! Enviada a

!!!!!!!!
!!!!!!!!

Enviada a proposta, a mesma não pode ser alterada, portanto, recomenda-se o envio somente após sua conferência minuciosa.

5 ENVIAR A CARTA-CONSULTA PARA ANÁLISE DO GESTOR

Após a elaboração da Carta-Consulta, deve-se comandar o seu envio no site em que ela foi preenchida ou encaminhá-la ao GESTOR conforme o meio disposto em Edital ou no Manual do Programa.

VERIFICAÇÃO DA CAIXA

Via de regra, a CAIXA não realiza verificações na Etapa da Seleção. Em casos excepcionais, a metodologia de verificação da CAIXA é estabelecida no Edital, Manual do Programa, ou Portaria específica.em Edital ou no Manual do Programa. VERIFICAÇÃO DA CAIXA FONTES Lei nº 11.578 de 2007

FONTES

Lei nº 11.578 de 2007 – Dispõe sobre a criação do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC). Disponível em: https://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2007-2010/2007/Lei/L11578.htm.

Portal do PAC. Acessado em 03/09/2015. Disponível em: http://www.pac.gov.br/. Portal do IPHAN. Acessado em 03/09/2015. Disponível em: http://portal.iphan.gov.br/.

Portal do Ministério das Cidades. Acessado em 03/09/2015. Disponível em: http://www.cidades.gov.br/.

Portal do Ministério da Cultura. Acessado em 03/09/2015. Disponível em: http://www.cultura.gov.br/.

Agrário.

Portal

http://www.mda.gov.br/.

Portal do Ministério do Esporte. Acessado em 03/09/2015. Disponível em: http://www.esporte.gov.br/.

Portal

http://www.mi.gov.br/.

Portal do Ministério do Turismo. Acessado em 03/09/2015. Disponível em: http://www.turismo.gov.br/.

do

Ministério

do

Desenvolvimento

Acessado

em

03/09/2015.

Disponível

em:

do

Ministério

da

Integração

Nacional.

Acessado

em

03/09/2015.

Disponível

em:

1) Esta ficha foi elaborada pela CAIXA. Para sugestões, críticas e alterações, encaminhar mensagem para a GIGOV de vinculação. 2) As informações constantes nesta ficha podem ser alteradas a qualquer momento em razão da publicação de Leis, Portarias, Instruções Normativas, revisão de procedimentos operacionais ou por outras determinações.

TITULO Seleção REPASSE OGU – PAC FICHA FT-03-01 REVISÃO 01 PÁGINAS 15 de 15 DATA

TITULO

Seleção

REPASSE OGU – PAC

FICHA

FT-03-01

REVISÃO

01

PÁGINAS

15 de 15

DATA

22 SET 2016

FLUXOGRAMA DA ETAPA

01 PÁGINAS 15 de 15 DATA 22 SET 2016 FLUXOGRAMA DA ETAPA 1) Esta ficha foi

1) Esta ficha foi elaborada pela CAIXA. Para sugestões, críticas e alterações, encaminhar mensagem para a GIGOV de vinculação. 2) As informações constantes nesta ficha podem ser alteradas a qualquer momento em razão da publicação de Leis, Portarias, Instruções Normativas, revisão de procedimentos operacionais ou por outras determinações.