Você está na página 1de 10

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ACRE – UFAC

CENTRO DE CIÊNCIAS EXTAS E TECNOLÓGICAS-CCET
CURSO DE BACHARELADO EM ENGENHARIA ELÉTRICA

CAIO DAVANZO DOS SANTOS
MATHEUS MARTINS SPULDARO
MAYCON SANTOS THAUMATURGO
JÔNATAS LIMA TAVEIRA
THALES CAMPOS DE MELO SILVA

MAPA DE RISCO

RIO BRANCO
2016

CAIO DAVANZO DOS SANTOS MATHEUS MARTINS SPULDARO MAYCON SANTOS THAUMATURGO JÔNATAS LIMA TAVEIRA THALES CAMPOS DE MELO SILVA MAPA DE RISCO Trabalho apresentado ao Prof. como requisito de avaliação para complemento da nota na disciplina de Engenharia de Segurança. RIO BRANCO 2016 . Fernando da Silva Souza.

eletricidade é o que movimenta toas as sociedades desenvolvidas em todo o globo. O risco reside justamente nesses fatos. causando queimaduras tanto externas quanto internas. O contato com partes energizadas faz com que a corrente percorra o corpo humano.1. além de lesões físicas e traumas psicológicos. O estilo de vida atual envolve a utilização da eletricidade a todo o momento. A sociedade tem ficado cada vez mais dependente do uso intensivo da eletricidade para sobreviver. não dão o devido respeito a esse bem mortal. Neste trabalho iremos decorrer sobre a elaboração de um mapa de risco na obra do Centro de Convenções. mesmo muitas pessoas que trabalham diretamente com eletricidade. . O resultado final da ação da corrente elétrica no corpo humano é letal. INTRODUÇÃO O profissional que convive com eletricidade deve estar ciente de que um erro no trabalho pode levar à morte. O desconhecimento de onde está a eletricidade e excesso de autoconfiança que pode levar a morte. Exatamente por estar tão presente em nossas vidas que nem sempre damos o tratamento necessário a eletricidade. juntamente com a identificação dos riscos ambientais que um eletricista está sujeito na mesma. aliás. localizada na Universidade Federal do Acre. seja de forma direta ou indireta.

2. de uso mais frequente nas indústrias. principalmente se houver poeira condutiva sobre os barramentos elétricos. Fonte: Autoria Própria.1. estes últimos se manifestam mais durante a comutação ou chaveamento das cargas indutivas. . por estarem há muito tempo sem receber inspeção preditiva. os arcos voltaicos normalmente provêm de curtos-circuitos acidentais. emitindo vapores de material ionizado e raios ultravioletas. sobretudo nas máquinas elétricas rotativas. A foto a seguir mostra um risco de possível arco elétrico Figura 1: Gambiarra na ligação dos fios para alimentação de equipamentos. O arco elétrico possui energia suficiente para queimar as roupas e provocar incêndios. como o ar. é geralmente produzido quando da conexão e desconexão de dispositivos elétricos e também em caso de curto-circuito. RISCOS QUE O ELETRICISTA CORRE ALÉM DO CHOQUE ELÉTRICO Arcos elétricos O arco voltaico caracterizado pelo fluxo de corrente elétrica através de um meio “isolante. No interior de painéis elétricos. Um arco elétrico produz calor que pode exceder a barreira de tolerância da pele e causar queimadura de segundo ou terceiro grau. DESENVOLVIMENTO 2.

isso ocorre por conta de imprudência. Nos trabalhos em linhas elétricas. Ela difere dos outros tipos de queimaduras por conta de um certo “fator iceberg “a lesão interna sempre é bem maior do que a epidérmica. imperícia ou mesmo autoconfiança. Quedas e precipitações Pode haver consequências graves para as pessoas que. as estatísticas demonstram que este é um dos acidentes mais comuns nas concessionárias de energia elétrica. A queimadura elétrica é mais intensa nos pontos de entrada e saída da corrente elétrica e tanto mais grave quanto maior for o valor da corrente e a sua respectiva duração. A foto a seguir nos mostra o trabalho em altura realizado no Centro de Convenções Figura 2: Trabalho realizado em altura. Fonte: Autoria Própria. Queimaduras A queimadura elétrica está entre as mais graves lesões causadas ao corpo humano. recebendo um choque elétrico ou sendo atingidas por arco voltaico. Ela queima internamente com mais intensidade do que externamente. . negligência. muitas vezes. sofram quedas.

Fonte: Autoria própria. TV. Os efeitos danosos do campo eletromagnético nos trabalhadores manifestam-se especialmente. centelhamento de escovas de motores em presença de gases e vapores explosivos. por exemplo. microondas. Quanto aos de origem magnética citamos os feitos térmicos. quando na execução de serviços de transmissão e distribuição de energia elétrica. Explosão. Incêndio provocado por curto-circuito em presença de materiais combustíveis. Choque acústico provocado por deslocamento de ar devido a explosões – de trovão. Os efeitos do campo elétrico já foram mencionados acima. raios X e raios gama. A foto a seguir foi tirada no Centro de Convenções e mostra uma possível causa desse risco Figura 3: Fio exposto próximo a máquina de solda. endócrinos e suas possíveis patologias produzidas pela interação das cargas elétricas com o corpo humano. nas quais se empregam elevados níveis de tensão. Os efeitos possíveis no organismo humano decorrente da exposição ao campo eletromagnético são de natureza elétrica e magnética. há indícios de que a radiação eletromagnética criada nas proximidades de meios com elevados níveis de tensão e corrente elétrica possa provocar a ocorrência de câncer. incêndio e choque acústico Explosão provocada por arco elétrico. porém. . As principais ondas são de rádio. Não há comprovação científica. leucemia e tumor no cérebro. Campos eletromagnéticos É gerado quando da passagem da corrente elétrica alternada nos meios condutores.

levando a intensas solicitações musculares. principalmente em altura. trabalho por produção. etc. pressões da população com falta do fornecimento de energia elétrica. A seguir é mostrada uma foto de uma possível causa de Risco Ergonômico Biomecânicos Figura 4: Má postura. execução em grandes alturas). levantamento e transporte de carga. Organizacionais: pressão do tempo de atendimento a emergências ou a situações com períodos de tempo rigidamente estabelecidos. nas atividades do setor elétrico. Riscos ergonômicos São significativos. sobretudo para atividades em linhas de transmissão. . relacionados aos fatores: Biomecânicos: posturas não fisiológicas de trabalho provocadas pela exigência de ângulos e posições inadequadas dos membros superiores e inferiores para realização das tarefas. sobre postes e apoios inadequados. os riscos ergonômicos. Fonte: Autoria Própria. realização rotineira de horas extras. Psicossociais: elevada exigência cognitiva (conhecimento) necessária ao exercício das atividades associada à constante convivência com o risco de vida devido à presença do risco elétrico e também do risco de queda (neste caso.

etc. inclusive para se adentrar ao espaço para a visitação. cadeira. 2. O arquivo está em formato digital DWG. como condicionadores de ar. o disponibilizado pela Prefeitura do Campus. Portanto o Mapa de Risco que fizemos está com alguns materiais já instalados. . intempéries da natureza. no CD-ROM entregue.Riscos Físicos Representado pela exposição ao calor. o visitante tem que estar com os EPI’s necessários. Pode-se perceber que em todos os locais que foram tiradas as fotos. Fonte: Autoria Própria. radiação. agentes biológicos. Foi realizado um estudo de acordo com o arquivo que estava disponível. A foto a seguir nos mostra um dos Riscos Físicos que ocorreu por um curto período de tempo a exposição ao calor que foi a instalação da rede de para-raios Figura 5: Exposição ao calor e sol para instalação de para-raios. lavatórios e outros.2. os empregados utilizavam o equipamento de segurança. teve como arquivo AutoCad. MAPA DE RISCO O mapa de risco que foi realizado no Centro de Convenções da UFAC. e não o que foi visto em obra.

operação e instalações de equipamentos ou serviços. através de negociação com os membros da CIPA e do SESMT.3. as mesmas devem constar no Mapa de Riscos. seguindo as normas com relação aos cuidados que devem ser tomados e aos EPI’s e EPC’s que devem ser utilizados para cada serviço que será realizado. O objetivo final do mapa é conscientizar sobre os riscos e contribuir para eliminá-los. Deve-se sempre se atentar as normas regulamentadoras. para a execução. Caso se constate a necessidade de orientações ou recomendações nos locais de trabalho. CONCLUSÃO O desconhecimento de onde está à eletricidade e excesso de autoconfiança pode resultar em morte. . reduzi-los ou controlá-los.

uol.google.com/segurdotrabalho.com. Acesso em: 15 mar. REFERENCIAS Quais os problemas de saúde mais comuns em cada profissão?.br/saude/ultimas-noticias/bbc/2016/03/16/quais-os- problemas-de-saude-mais-comuns-em-cada-profissao. Disponível em: <groups.htm>. Acesso em: 15 mar.4. 2016. Manual de Elaboração do Mapa de Riscos. . Disponível em: <http://noticias. 2016.