Você está na página 1de 2

PROVA DE ECONOMIA AGROALIMENTAR – PROFESSOR ANDERSON – 2016.

1

NOME: DATA

Considerando as explicações e exemplos em sala de aula, responda os questionamentos de
forma individual e com exemplos aplicados a economia agroalimentar. Se possível não repetir
exemplos de seus colegas.

1) Defina Indústria Agroalimentar.
Indústria agroalimentar é aquela que se relaciona comercialmente com a cadeia produtiva
agrícola e pecuária, esta pode envolver pequenas ou grandes propriedades/negócios.

2) Defina demanda e cite as variáveis que afetam a demanda de um produto
agroalimentar.
Demanda é a quantidade de determinado bem ou serviço que os consumidores desejam
adquirir em determinado período de tempo. A demanda não representa a compra efetiva e sim o
desejo de se consumir a cada nível de preços. As variáveis que afetam a demanda de um produto
agroalimentar são a quantidade demandada de determinado bem, preço do bem, preço do bem
substituto (bem que atende a mesma necessidade), preço do bem complementar (bens consumidos
em conjunto), renda do consumidor (renda disponível para consumo) e gostos, hábitos e
preferências do consumidor. Para o caso da demanda podemos citar o exemplo da coca-cola, que
possui como bem substituto o guaraná e como bem complementar a pizza.

3) Defina oferta e cite as variáveis que afetam a oferta de MILHO.
A oferta pode ser definida como a quantidade de determinado bem ou serviço que os
produtores desejam produzir a cada nível de preços. As variáveis que afetam a oferta do milho são:
preço do bem em questão, preço dos fatores de produção (semente, mão-de-obra, adubos,
pesticidas), preço do bem substituto na produção (soja, feijão), tecnologia (maquinários agrícolas,
utilização de sementes geneticamente modificadas), fatores climáticos ou sazonais (temperatura e
chuva adequadas para o plantio da cultura), objetivos e metas do empresário (depende dos
consumidores, da existência de consumidores fixos, contratos realizados).

4) Qual a relação da demanda e da satisfação dos consumidores?
O consumidor sempre buscará obter o máximo de satisfação individual em cima do preço
que gasta no consumo daquele produto. Desta forma dependendo do preço do produto, o
consumidor muitas vezes acaba adquirindo o bem substituto ou continua adquirindo o mesmo bem,
variando de acordo com a utilidade.

5) O que um engenheiro de alimentos deve considerar em termos de mercado ao
desenvolver um produto derivado de agroalimentos?
Antes de desenvolver um produto, o profissional da área deve realizar uma pesquisa de
mercado, objetivando identificar a aceitação do mesmo pela população, também deve analisar a
demanda e a oferta desse produto ou de produtos similares (complementares), a competitividade
desse produto no mercado. Tendo-se um delineamento positivo do cenário atual pode-se partir para
a etapa de desenvolvimento do produto, sempre buscando a satisfação do consumidor.

6) Defina fatores de produção e bens finais.
Os fatores de produção são variáveis indispensáveis para o processo de produção de bens
materiais, sendo os principais: os recursos naturais (terra), mão de obra (trabalho) e o capital. Eles
envolvem a concorrência perfeita e imperfeita, monopsônio e oligopsônio. Bem final, por sua vez, é
aquele sobre o qual não se agrega mais valor no processo produtivo especificado, e é disponível
para utilização como um bem de capital ou como um bem de consumo.

isso se deve a sua essencialidade. 11) O que é inovação radical e incremental? Inovação incremental pode ser definida como a evolução de características de um bem ou serviço já existente. Já a inovação radicar é aquela em que se cria um produto completamente novo e este é disponibilizado. como: alavancamento de competências essenciais. . dada a alteração percentual em outra. mais rápido e com design diferenciado. Um exemplo de inovação radical é a substituição dos disquetes pelos pen drives. Por serem negociadas em bolsas mercadorias. como é o caso do aluguel. Os produtos agrícolas. e depende de algumas circunstâncias do mercado. principalmente minérios e gêneros agrícolas. 9) Como a elasticidade explica a demanda dos produtos agroalimentares? A elasticidade consiste na alteração percentual em uma variável. Como seguem um determinado padrão. É usada para descrever produtos de baixo valor agregado. a preços dados de insumos. 8) O que são commodities? Como é a formação de preços? Commodities é uma palavra em inglês que significa mercadoria. concorrência em termos de capacidade. além de promover diversificação em produtos relacionados. é menor do que o custo de duas ou mais firmas produzirem separadamente estes mesmos produtos/serviços. promovendo ações que visem a diminuição dos custos de produção. mais rápido e com design diferenciado. como a oferta e demanda. 10) O que é economia de escopo? Qual o papel do engenheiro de alimentos nesse processo? Economia de escopo diz respeito ao panorama no qual o custo total de uma firma para produzir conjuntamente. Inovação incremental pode ser definida como a evolução de características de um bem ou serviço já existente. de modo geral. mais este é elástico. melhorando o atendimento ao cliente. um novo celular com funções adicionais. o preço das commodities é negociado na Bolsa de Valores Internacionais. Um exemplo de inovação radical é a substituição dos disquetes pelos pen drives. mais é inelástico e por fim. Nesse sentido o papel do engenheiro de alimentos resume-se a elaborar estratégias que exploram economias de escopo. têm demanda inelástica a preços. quanto mais essencial for o bem. quanto maior for o peso do bem. Por exemplo. mais este é elástico. 7) Qual o papel do engenheiro e a inovação dentro das empresas agroalimentares? O que é inovação radical e incremental? O engenheiro dentro de uma empresa agroalimentar trabalhando em parceria com os demais colaboradores da empresa. melhorando a competitividade desde no mercado. pelo mercado internacional. quanto mais substitutos tiver o bem. que são produzidos em larga escala e comercializados em nível mundial. ou seja. seus preços são definidos em nível global. um novo celular com funções adicionais. busca sustentar o negócio. buscando inovações nos processos produtivos. pelo menos dois produtos/serviços. Por exemplo. Já a inovação radicar é aquela em que se cria um produto completamente novo e este é disponibilizado.