Você está na página 1de 8

TITULO FICHA

Solicitação de Recursos
REPASSE OGU PAC FT-03-08
REVISÃO PÁGINAS
1 de 8
02 DATA
22 SET 2016

Áreas relacionadas Secretarias e Unidades responsáveis pelo acompanhamento de contratos.
Últimas alterações Inclusão das exigências de CEI e CND.

Fluxo simplificado da operação de REPASSE OGU – PAC

INTRODUÇÃO
O procedimento de solicitação de recursos é complementar ao acompanhamento de obras e do
trabalho técnico social e é feito em geral pela área de convênios que, de posse dos documentos de
medição elaborados pela engenharia e social, complementa os documentos (modelos CAIXA) para
assinatura e envio. A unidade responsável encaminha à CAIXA para aferição da medição e desbloqueio
dos recursos de engenharia e do trabalho técnico social.

TERMINOLOGIA
BM: Boletim de medição;
CEI: Cadastro Específico do INSS;
COMPROMISSÁRIO: Órgão ou entidade da administração pública direta e indireta, de qualquer esfera de
governo, bem como entidade privada sem fins lucrativos, com a qual a administração federal pactua a
execução de CR (municípios, estados, entidades vinculadas a esses e entidades privadas sem fins
lucrativos);
COMPROMITENTE: Órgão ou entidade da administração pública direta ou indireta da União que pactua a
execução de programa, projeto, atividade ou evento, por intermédio de instituição financeira pública
federal, mediante a celebração de TC;
CND: Certidão Negativa de Débitos;
CP: Valor de contrapartida;
CTEF: Contrato de Execução e/ou Fornecimento;
OGU: Orçamento Geral da União;
RRE: Relatório Resumo de Execução;
RTTS: Relatório de Trabalho Técnico Social;

1) Esta ficha foi elaborada pela CAIXA. Para sugestões, críticas e alterações encaminhar mensagem para GIGOV de vinculação.
2) As informações constantes nesta ficha poderão ser alteradas a qualquer momento em razão da publicação de Leis, Portarias, Instruções Normativas, revisão de
procedimentos operacionais ou por outras determinações.

DOCUMENTOS NECESSÁRIOS Para efetivar a solicitação de recursos é necessária a apresentação dos seguintes documentos: Ofício de solicitação de liberação de recursos. críticas e alterações encaminhar mensagem para GIGOV de vinculação. RRE – Relatório de Execução.: CEI .matricula da obra no INSS é documento necessário para o vinculo dos recolhimentos previdenciários. Instruções Normativas. Para sugestões. . revisão de procedimentos operacionais ou por outras determinações. VI: Valor de investimento. Relação de Fornecedores. RTTS – Relatório Trabalho Técnico Social. 1) Esta ficha foi elaborada pela CAIXA. Obs. BM – Boletim de Medição. conforme a execução das obras. PRAZO Toda vez que o cronograma atingir os marcos de medição ou a critério do COMPROMISSÁRIO. I – Ofício de Solicitação de Liberação de Recursos Pode ser utilizado o modelo de Ofício da Planilha Múltipla ou o ofício modelo CAIXA (MO27056). FATO GERADOR A Solicitação de Recursos é feita regularmente pelo COMPROMISSÁRIO para fins de desbloquear os recursos de contratos de repasse. 2) As informações constantes nesta ficha poderão ser alteradas a qualquer momento em razão da publicação de Leis. se for o caso. TITULO FICHA Solicitação de Recursos REPASSE OGU PAC FT-03-08 REVISÃO PÁGINAS 2 de 8 02 DATA 22 SET 2016 TC: Termo de Compromisso. Portarias.

. revisão de procedimentos operacionais ou por outras determinações. Instruções Normativas. Para sugestões. 2) As informações constantes nesta ficha poderão ser alteradas a qualquer momento em razão da publicação de Leis. TITULO FICHA Solicitação de Recursos REPASSE OGU PAC FT-03-08 REVISÃO PÁGINAS 3 de 8 02 DATA 22 SET 2016 Ofício de Solicitação de Liberação de Recursos da Planilha Múltipla: 1) Esta ficha foi elaborada pela CAIXA. Portarias. críticas e alterações encaminhar mensagem para GIGOV de vinculação.

assinado pelo fiscal da obra. revisão de procedimentos operacionais ou por outras determinações. Para sugestões. Portarias. A orientação para preenchimento do BM consta dos modelos consta na FT 03-07 – Acompanhamento da Execução do Objeto. 1) Esta ficha foi elaborada pela CAIXA. Instruções Normativas. emitido pelo fiscal da obra. 2) As informações constantes nesta ficha poderão ser alteradas a qualquer momento em razão da publicação de Leis. críticas e alterações encaminhar mensagem para GIGOV de vinculação. . TITULO FICHA Solicitação de Recursos REPASSE OGU PAC FT-03-08 REVISÃO PÁGINAS 4 de 8 02 DATA 22 SET 2016 Ofício de Solicitação de Liberação de Recursos modelo CAIXA (MO27056): II – Relação de Fornecedores Encaminhar listagem de fornecedores que estão sendo pagos na medição. • CNPJ ou CPF e • Valor a ser pago. contendo: • Nome da empresa. Pode ser utilizado o modelo de BM da Planilha Múltipla ou o modelo CAIXA (MO37587). III – BM Boletim de Medição.

Para sugestões. • Nome da Empresa. A apresentação do RRE pode ser conforme modelo da Planilha Múltipla ou modelo CAIXA (MO37588). A área de convênios deve observar se os dados do contrato foram corretamente preenchidos: • Número de contrato. que deve ser paga antes da aferição da CAIXA. V – RTTS – Relatório do Trabalho Técnico Social. integralizando o total do contrato. • Empreendimento. Importante observar que o Representante legal do COMPROMISSÁRIO (prefeito) e o responsável financeiro devem assinar o RRE. Portarias. ! 2. assinado pelo responsável técnico social. Os pedidos de autorização de desbloqueio devem seguir aos percentuais do último cronograma aprovado. Somente é aplicado para contratos que tenham previsão dessa atividade. • Programa. TITULO FICHA Solicitação de Recursos REPASSE OGU PAC FT-03-08 REVISÃO PÁGINAS 5 de 8 02 DATA 22 SET 2016 É importante que todas as páginas do BM sejam rubricadas e que na última página conste NOME. Utilizar os valores do CTEF ou a soma dos CTEF. críticas e alterações encaminhar mensagem para GIGOV de vinculação. no quadro que discrimina os itens e subitens de investimento. 1. . 1) Esta ficha foi elaborada pela CAIXA. 2) As informações constantes nesta ficha poderão ser alteradas a qualquer momento em razão da publicação de Leis. • Modalidade. A orientação para preenchimento do RRE consta dos modelos consta na FT 03-07 – Acompanhamento da Execução do Objeto. CREA/CAU e número da ART/RRT do fiscal designado pela Contratada com respectiva assinatura. assinado pelo responsável financeiro e pelo Contratado O RRE é um documento que possibilita que o COMPROMISSÁRIO e o responsável financeiro tomem ciência da evolução da obra em termos financeiros. O Relatório do Trabalho Técnico Social é um documento que demonstra as atividades realizadas no período para efeitos de aferição. Instruções Normativas. IV – RRE Relatório de Execução. ele demonstra os valores de repasse e contrapartida desembolsados na medição solicitada e acumulado do contrato. revisão de procedimentos operacionais ou por outras determinações. caso haja mais de um. É importante que a área de convênios observe se os totais estão corretos. • Gestor. Caso o percentual apresentado no BM a ser aferido seja menor que ! o previsto é devido o recolhimento de tarifa de vistoria extraordinária.

o fiscal de obras acompanha a visita. A CAIXA recebe a documentação e agenda data para aferição da medição. Fatores que podem causar atrasos no desbloqueio de recursos: • Prestações de Contas pendentes. eventuais glosas. Envia à CAIXA a documentação devidamente assinada. • Avaliação das ações executadas. Instruções Normativas. • % de execução. • Indicação se as atividades propostas no cronograma foram executadas. • Falta de recolhimento de tarifas. Na data da aferição agendada pela CAIXA. • Documentação de solicitação de medição preenchida incorretamente. Concluído o pagamento. A CAIXA envia e-mail com o resultado da aferição. Verifica os valores solicitados e providencia o Ofício de Solicitação de Recursos e Relação de Fornecedores. • Valor solicitado. Portarias. • Falta de Depósito da contrapartida. No caso de liberação de desbloqueio. • Avaliação da população atendida. • Indicação se houve envolvimento da população nas atividades do projeto. • Indicação se houve integração com outros projetos sociais ou com a equipe de engenharia. o valor referente a contrapartida para depósito e pendências para desbloqueio de recursos. 1) Esta ficha foi elaborada pela CAIXA. Para sugestões. PROCEDIMENTOS A Área de Convênios recebe os documentos de medição (BM e RRE) da área técnica (Obras/Engenharia) e RTTS (Social). ! • Pendência de entrega de documentação solicitada no ato da aferição de medição. . críticas e alterações encaminhar mensagem para GIGOV de vinculação. revisão de procedimentos operacionais ou por outras determinações. TITULO FICHA Solicitação de Recursos REPASSE OGU PAC FT-03-08 REVISÃO PÁGINAS 6 de 8 02 DATA 22 SET 2016 Conteúdo mínimo do relatório: • Informações do contrato. a área de convênios procede a prestação de contas. sempre que possível. para casos de vistoria extraordinária a CAIXA solicita o recolhimento da tarifa para agendar a visita. no caso negativo enviar justificativa. A Área de Convênios verifica se a Prestação de Contas está em ordem. 2) As informações constantes nesta ficha poderão ser alteradas a qualquer momento em razão da publicação de Leis. o COMPROMISSÁRIO entra em contato com a agência de vinculação e solicita o pagamento ao fornecedor. pois isso pode ser impeditivo para desbloqueio de recursos.

2) As informações constantes nesta ficha poderão ser alteradas a qualquer momento em razão da publicação de Leis. • assinatura e identificação do técnico responsável. • Valores acumulados contemplando as glosas anteriores. TITULO FICHA Solicitação de Recursos REPASSE OGU PAC FT-03-08 REVISÃO PÁGINAS 7 de 8 02 DATA 22 SET 2016 1. • valores acumulados contemplando as glosas anteriores. reprogramando-o caso haja necessidade. A tarifa de vistoria extraordinária é variável. Para sugestões. BM – Boletim de Medição e RTTS: • Itens medidos no período. críticas e alterações encaminhar mensagem para GIGOV de vinculação. • Assinatura do CONTRATADO. . Instruções Normativas. • Total medido no período. • Assinatura e identificação do fiscal da obra. revisão de procedimentos operacionais ou por outras determinações. • Páginas rubricadas. calculada em função do valor do CTEF. Afere a medição. Relação de Fornecedores: • Dados dos fornecedores da medição em questão. 2. Portarias. recomenda-se manter e seguir os prazos do cronograma vigente. FONTES Modelos e instruções encaminhados pela CAIXA. se for o caso. Solicita depósito de contrapartida. VERIFICAÇÃO DA CAIXA O que a CAIXA verifica na documentação de solicitação de recursos: Ofício de solicitação de liberação de recursos: • Valores de repasse e contrapartida. • total medido no período. Solicita ajustes na documentação. se for o caso. A fim de evitar o recolhimento de tarifas de vistoria extraordinária. RTTS: • Itens medidos no período. • páginas rubricadas. RRE: • Soma dos valores e assinaturas do responsável financeiro e do CCOMPROMISSÁRIO (Tomador). Portaria Interministerial 507/2011 Planilha Múltipla 1) Esta ficha foi elaborada pela CAIXA.

2) As informações constantes nesta ficha poderão ser alteradas a qualquer momento em razão da publicação de Leis. . TITULO FICHA Solicitação de Recursos REPASSE OGU PAC FT-03-08 REVISÃO PÁGINAS 8 de 8 02 DATA 22 SET 2016 FLUXOGRAMA DA ETAPA 1) Esta ficha foi elaborada pela CAIXA. Portarias. Instruções Normativas. críticas e alterações encaminhar mensagem para GIGOV de vinculação. Para sugestões. revisão de procedimentos operacionais ou por outras determinações.