Você está na página 1de 1

O grito dos mudos

Xixo

O sangue se esparrama no cho enquanto os gritos de sofrimento e dor invadem todo


o lugar, a vida, ou, como falariam os cristos primitivos, a criao, totalmente
desrespeitada. O cenrio pode parecer com um campo de concentrao nazista, mas , na
realidade, uma representao de um dos milhares de abatedouros existentes, essa comparao
pode ter parecido absurda para o leitor com estmago fraco, porm ela apenas foi respeitosa
com a condio de seres vivos dos animais, talvez sua considerao como absurda seja
somente uma forma de defendermos nossos preconceitos e verdades.

O ser humano, principalmente nos ltimos sculos de avano tecnolgico-industrial,


tem baseado seu desenvolvimento na explorao e destruio do meio-ambiente e de outras
espcies, esse modelo de crescimento essencialmente predatrio, poderamos at consider-lo
parasitrio, o responsvel pela grande crise ambiental que somos obrigados a enfrentar e
pelo distanciamento do homem com a natureza.

Realmente impressiona a forma como o sistema econmico foi eficaz em reproduzir


uma mercantilizao em todos os aspectos da vida humana, a natureza foi o primeiro passo, o
trampolim necessrio para entrarmos na modernidade, uma vez que s com esse domnio
poderamos produzir o necessrio para vivermos de forma tranquila, porm isso no era
suficiente para o homem que, em sua ganncia, produziu o mximo, no poupando qualquer
recurso e destruindo qualquer espcie, animal ou vegetal, que carrega-se a possibilidade de
atrapalhar esse crescimento.

A URSS era um sistema economicamente antagnico ao nosso, porm seus vcios


eram idnticos, o modelo se preocupava demais com a produtividade da ptria sovitica para
que se importasse com o meio-ambiente ou mesmo com o sofrimento animal, ou seja, a
mudana do sistema econmico no transformou alguns hbitos do povo e esses voltaram, se
reproduziram e provaram que a mudana deve ser primeiramente, ou concomitantemente em
relao a transformao econmica, de conscincia.

Assim, a guerra do homem contra a natureza no poupa ningum e s percebida no


momento em que nos ameaa, o certo, contudo, seria que essa fosse uma preocupao moral
dos indivduos. As solues para os problemas que enfrentamos no se encontram somente no
Estado ou no mercado, elas devem ser uma construo moral nova, uma mudana total na
forma como enxergamos a vida humana e a relao desta com o ambiente que a circunda.