Você está na página 1de 15

UM OLHAR PARA MEU CORAÇÃO

Leonardo Soares Pereira


SUMÁRIO
Agradecimentos
Poetas marinheiros ....

Vejo você em meus sonhos!!!


Navegando no convés dos meus pensamentos
Oceanos de amor e corais de poesias
No vai e vem das ondas
No vai e vem das minhas poesias
Refletindo sobre essas águas cristalinas
O teu brilho encantador
Dançando como as velas de um barco
Ao som das ondas da sua voz
Sobre meu coração apaixonado
Gaivotas pintando uma linda paisagem em um quadro romântico
assim como o contorno dos teus cabelos encaracolados
Ancorando-me sobre teus lábios
Ao caminhar sobre á ilha á deriva
Com apenas uma foto olhando uma linda noite
No alto do horizonte
Uma estrela cintilando é imaginando onde você cairá
Mergulhando sobre minhas veias
Percorrendo todo o meu corpo
Me deixando ser seu marinheiro poético
Onde navegarei com você estrela
Não em meus sonhos
Mas em meu mundo real e romântico....

"Nem tudo que é um sonho é real, e nem tudo que é real é um sonho, não deixe afogar o amor
dentro de nós, sejam sempre românticos, como poetas marinheiros ...."

Leonardo Soares Pereira 14/02/2008


Esculte o vento !!!!!

Escute!
O vento escreve uma paixão
Dessas que um poeta sempre tem razão
Então me diga estrela ?
Será estar no alto da montanha?
Eu acho que sim
Você nem percebe
Mas nem por isso vou deixar de vislumbra uma luz celestial
O brilho do teu olhar
As chamas do teu cabelo
Cortando os céus numa aurora boreal
Sem motivos nem objetivo
Encantou o meu coração
Entre essas imensas estradas silenciosas
Acelerando o meu coração num infinito amor
Procurando o tempo que nos dirá onde estaremos amanha
Lendo livros de vários continentes
Contaremos aos nossos filhos
Todas as lendas e folclores de uma geração inteira
Cheia de amor
Numa curva dessas
Desse imenso horizonte
Onde eu te esperarei sempre minha linda Estrela
Aonde quer que eu vá te levarei dentro do meu coração...
Quando nos distribuímos o amor ele abre o coração
Fazendo com que aquela lagrima caia
È com a leveza de um amor puro é sincero
Faz você voar rumo ao grande amor
Escrito nas folhas do coração...

Leonardo Soares Pereira 06/02/2008


Se eu fosse apenas um poeta !!!

Eu sou um poeta?
Um poeta que atravessa o dia e a noite inteira
Dedilhando meus sentimentos
Num suave sonho apaixonado
Que bate a cada segundo sobre minha janela
Em lisonjeadas gotas de chuvas cristalinas
Parando sobre o vidro e rompendo a lei da gravidade
Lembrando-me dos teus graciosos olhos
Cintilando sobre meu coração
Oh estrela!!!
Será que sou um poeta?
Assim poderia compor nessa noite palavras
Que poderiam trazer você
Aqui perto de mim
Palavras como um guarda-chuva
Para unir gotas de chuva
Numa só doce e clara garoa romântica
Unindo laços e abraços.
Há se eu fosse um conde das doces poesias
Escreveria uma linda melodia ao som de trovões
Para o mundo girar ao meu redor
Criando um furacão poético
Jogando-me sobre teus braços estrela
Ao ar dessa linda noite
Onde teus cabelos brilham em lindas gotas de chuva ...
Oh !!
Se eu fosse apenas um poeta !!!

Leonardo Soares Pereira 27/02/2008


Rosas de um sol!!!

Se minhas poesias pudessem caber dentro de uma garrafa


E a elas girassem em uma geometria ótica
Sobre o eixo gravitacional da lua
Como um simples girassol
Você brilharia por mim estrela?
Para captar sutilmente essas lindas partículas de plasmas
Refletidas de teu belíssimo rosto
Sintonizando com meu amor a freqüência do teu coração
Que bate em uma arritmia solar.
Á se eu fosse esperto como Aristóteles
Calcularia com uma ampulheta a gravidade desse amor
Que circula em meu coração
Para pegar os anéis de Saturno
E me declamaria como um poeta apaixonado por escrever
Interpretaria esse imenso amor
Nós palcos de todas as galaxias
Mostraria que as poesias que vivem dentro de mim
São uma metamorfose romântica
Eu sei
Que tudo pode acontecer
Eu sei
Que em cada um de nós existe um poeta
Que pode virar um girassol poético
Vou jogar no sol
Rosas pra te encontrar estrela
Apenas para lhe falar
Que é a semana mundial da poesia

Leonardo Soares Pereira 14/03/2008


A tua brilhante imagem sobre a ponte J.K.

Sua brilhante imagem cintilando no lago Paranoá


Quem sabe, seja uma obra de Deus...
Para encher de alegria os dias meus
Quem sabe, um capricho de um anjo
Que através do angelicalismo
Me deixa sentir esses pequenos sinais
E ser esse poeta.
Criando tantas coisas belas, como essa poesia
Sem as quais a minha vida nunca existiria
O doce brilho de seu sorriso
Era como o sol, logo quando acaba de chover
E seus olhos tão puros
Como um campo verde
A sua doce imagem brilhando no lago Paranoá
Cintilando em meu coração com esse amor
E como um algodão-doce.
E o seu perfume deve ser puro e fresco
Como o vento que sopra num fim de tarde sobre uma praia.
As suas formas
Nunca meus olhos puderam ver tanta
Perfeição!!!
E sua voz ....
Essa é algo sem explicação
Como todo o seu ser
Como esse imenso universo celestial
A sua voz quando cantas e perfeita
Harmoniosamente linda de mais para ser descrita
Poeticamente impossível de traduzi-la, o quanto ela e linda
Só as batidas do meu coração que consegue acompanha-la
Acompanha-la isso era tudo o que eu queria nessa doce vida
Acompanha-la em teus sonhos
Acompanha-la nas coisas lindas que você fala
Acompanha-la nas tuas poesias
Sim !!! Nas suas poesias
Pois sei que és também uma poeta.
Oh!!! Hoje sou um poeta a sua procura
Um poeta que com sua companhia escreve coisas tão lindas
Tão lindas quanto essa tua forma contagiante
Sou um poeta sim!!!
Que ama a cada segundo desse relógio
A cada poesia que te escrevo
Te amo minha linda princesa estrelar ...

Leonardo Soares Pereira 17/03/2008


Mulheres !!!

O que falar das mulheres?


Se nem a maior antologia poética
Poderia expressar tanta suavidade e beleza.
Há !!!!
Se todas as flores do mundo fossem semelhante as mulheres
Os jardins seriam constelações
Com uma essência de polem vagando pelo universo
Doces mulheres que transformam em ouro todos os homens
Em verdadeiros cavaleiros
Mulheres que brilham tão lindas
Que os diamantes devem ter tentado copiar
Esse esplendoroso brilho
Oh!!!
Os dias devem ter sido criados para representar esse brilho
E as noites para elas poderem expressar seus sentimentos
Tão lindos como um brilho de um brinco
Ou apenas desse lindo luar cativante...
Mulheres são assim
Nunca foram feitas para serem compreendidas
Apenas homenageadas e amadas
Por todos nos homens...
Parabéns pelo seu dia 8 de março
O certo seria ser todos os dias
Pois vocês realmente merecem
Muito mais do que poesias
Como está que eu escrevi ...

Leonardo Soares Pereira 08/03/2008


Concreto ao tempo
Cercado de paredes armadas de concreto
Com relógios e espelhos pendurados
Vejo meu coração. Olhe!!!
Como ele bate por você
Veja o quanto você é adorável pra ele
Com teus lábios soletrando o alfabeto da minha paixão
Trezentos dias me fizeram mais velho
Desde a ultima vez que vi seu lindo rosto
Em uma aurora da Catedral, Sim!!!
Trezentos dias me mostrou
Que milhas e milhas de distância
Sobre essa imensa solidão contorcida do cerrado
Você sempre continuou em meus pensamentos
Em meus sonhos
Em meus olhares
Nas minhas poesias, que ate parecem luzes
Apaixonadas que não param de brilhar
Nas noites geladas e solitárias dessa imensa galaxia
Chamada Brasília
Tudo e concreto, então!!!
Poesias vão te guiar até a sua casa
Até às pessoas que te querem bem
E vão inflamar teus ossos e toda a sua pele
Com o romantismo poético
E eu vou tentar conquistar você
Até que um dia meus ossos virem
Um congresso de poetas
Pois em mim existe um concreto amor...

Leonardo Soares Pereira 30/03/2008


Noites de sol e poesias

Noites com sol e poesias


Trazendo esse amor com rosas
Ao rouxinol do luar
Pode abrir a janela Silvia
Deixa rolar nas retinas
Esse amor tão brilhante
Deixa eu lhe entregar esse sol
Com minhas poesias
Pode abrir a janela princesa!!!
Noites com sol são mais belas
Certas poesias são eternas
Deixa o sol entrar
No seu dourado coração ....
Se eu pudesse me transformar
Nesse tão encantado príncipe
Te pediria em namoro
Ajoelhando-se sobre esse pampa
Que cerca seus pés
Te daria esse imenso sol com poesias
Pois certas poesias são eternas
Como esse amor
Como esse lindo mundo criado por Deus
Abençoando nossos dias e noites...

Leonardo Soares Pereira 14/05/2008


Sutilezas de um poeta

Ei mães!!! feitas de beleza e ternura


Com um brilho esplendoroso
Um azul anil envolvendo teu ventre
Feito rio, de água tão pura e bela
E ao teu colo eu dormia como um anjo
Um olhar esverdeado com um contorno azulado
Que é minha janela celestial
Envolvido sobre esse manto azul
Escultando canções de ninar
Navegando por entre esse mar
Eu fui crescendo embalando
Os teus dias e noites com meu sorriso
Aos meus primeiros passos
Andando sobre esse planeta azul
Com minha mão segurando a sua
Me sentir flutuar em teus sonhos
Como se estivesse andando sobre as nuvens
Como uma encantada criança escrevendo
As primeiras poesias numa folha branca
Mãe !!!Aquela que sem o entardecer
De ver o sol se desdobrando
Sem ter visto o sorriso do filho
Não só de parto nascer
Há de ser um filho marinheiro
Das altas marés do mar poético
Filho poeta, vento romântico
Para poder te homenagear e a todas as mães
Dessa terra amada
Feliz dia das mães

Leonardo Soares Pereira 4 /05/2008


S.O.S. Sociedade dos poetas

O que seria de uma sociedade ?


Sem os grandes poetas, filósofos e cientistas
Com seus pensamentos intelectuais.
Escrevendo nas linhas da evolução humana
Na historia da historia de nossos filhos
Nos versos entalhados no DNA do amor.
Passo a passo uma aproximação ao solidarismo
Como arcanjos enviados por Deus.
Falo da concepção do amor que
Cresce nos pomares dos nossos corações
Em cada espelho cristalino sincretizável dos
Sobreviventes de um tremor ou moinhos de ventos.
Anjos cantarão melodias com suas trombetas
Poetas vão dedilhar sentimentos de amor
E o amor vai envolver todas as pessoas
Em grandes causas sociais tornando
Nossa imensa casa em um planeta de paixões
Como verdadeiros heróis romanos ....
Rompendo as imensas fronteiras de nossa pátria
Poetas !!! venho pedir ajuda, para criar
Uma grande conscientização e união de todos
Os povos para ajudar as sociedades
Devastadas pelo terremoto e pelo furacão
Em momentos acolhedores entre laços
E abraços dos sobreviventes haverá
Esperanças de um mundo melhor
Com a união e à ética de nossos conhecimentos

“Dedicado aos grandes voluntários das grandes tragedias naturais, vocês são os verdadeiros anjos “

Leonardo Soares Pereira 18/ 05/2008

Interesses relacionados