Você está na página 1de 56

Conceitos, objetivos, finalidades, técnicas contábeis e campo de aplicação da contabilidade.

01) Ao inventariar sua riqueza de acordo com o regime contábil de caixa, os proprietários concluíram que, hoje, sua firma possui
débitos no valor de $ 190.000,00, créditos no valor de $ 180.000,00, um capital registrado e todo integralizado no valor de $ 80.000,00,
além de diversos bens no valor de $ 100.000,00.

Foi também apurada a existência de $ 1.000,00 de receitas já ganhas mas ainda não quitadas; de $ 1.300,00 de despesas quitadas
antecipadamente; de uma conta de energia elétrica no valor de $ 2.000,00 vencida e não paga; além da expectativa de perda da ordem
de 1% no recebimento de letras com valor nominal de $ 50.000,00.

Ao demonstrar o patrimônio acima indicado, contabilizando-o segundo os princípios contábeis da Prudência e da Competência de
Exercícios, essa empresa vai evidenciar no grupo Patrimônio Líquido um lucro acumulado no valor de:

a) $ 9.800,00
b) $ 7.200,00
c) $ 10.000,00
d) $ 27.200,00
e) $ 30.000,00

02) A autonomia patrimonial, fulcro do Princípio da Entidade, objetiva especificamente estabelecer que:
a) não seja confundido o patrimônio da entidade com o de seus sócios.
b) a contabilidade deve individualizar um patrimônio particular no universo dos patrimônios.
c) o patrimônio se caracteriza como o objeto da contabilidade.
d) o patrimônio pertence a uma pessoa, a um conjunto de pessoas, a uma sociedade, ou a uma instituição de qualquer
natureza.
e) a soma de patrimônios autônomos não resulta em nova entidade.

03) O Princípio da Continuidade objetiva afirmar que a Entidade:


a) é susceptível de descontinuidade.
b) tem a composição de seu patrimônio afetada, na descontinuidade de suas atividades.
c) tem seu patrimônio afetado, segundo as condições prováveis em que se possam desenvolver suas operações.
d) pode ter a utilidade de alguns de seus ativos afetada, na suspensão de suas atividades.
e) na sua aplicação, tem como situação-limite, a completa cessação de suas atividades.

04) O objetivo da utilização da informação pelo fisco é:


a) Avaliação da informação para tomada de decisões
b) Verificação da liquidez da sociedade
c) Comprovação dos dividendos distribuídos
d) Tributação das atividades da empresa
e) Comprovação da capacidade de pagamento.

05) No término do exercício social, uma empresa prestadora de serviços observou que havia alguns serviços prestados a clientes que
não estavam ainda faturados. Em obediência ao princípio da Competência, registrou contabilmente o fato mediante o seguinte
lançamento:
a) Clientes Diversos a Serviços a Faturar
b) Serviços a Faturar a Receita Antecipada de Serviços
c) Serviços a Faturar a Receita de Serviços
d) Clientes Diversos a Receita Antecipada de Serviços
e) Serviços a Faturar a Clientes Diversos.

06) A empresa contratou seguro contra incêndio para suas instalações, com vigência de 01/09/20X1 a 31/08/20X2, pagando o prêmio
no valor total à vista de $ 15.000,00 que foi contabilizado como Despesa Operacional do Exercício de 20X1. O lançamento de ajuste
feito em 31/12/20X1, conforme o Princípio Contábil da Competência, provoca no resultado do exercício de 20X2:
a) Aumento de $ 5.000,00
b) Aumento de $ 15.000,00
c) Redução de $ 10.000,00
d) Redução de $ 5.000,00
e) Redução de $ 15.000,00.

07) Considerando os dados abaixo, a alternativa que contém o valor do resultado do exercício de acordo com o Principio da
Competência é:
Despesas não incorridas e não pagas $ 50.000,00
Receitas ganhas e não recebidas $ 40.000,00
Despesas incorridas e pagas $ 18.000,00
Despesas incorridas e não pagas $ 12.000,00
Receitas recebidas e não ganhas $ 20.000,00
Despesas não incorridas e pagas $ 10.000,00
Receitas ganhas e recebidas $ 30.000,00

a) $ 80.000,00 de prejuízo.
b) $ 20.000,00 de prejuízo.
c) $ 12.000,00 de lucro.
d) $ 40.000,00 de lucro.
e) $ 20.000,00 de lucro.

08) O Princípio Fundamental de Contabilidade que impõe a escolha da hipótese de que resulte menor patrimônio líquido, quando se
apresentarem opções igualmente aceitáveis, denomina-se:
a) Competência.
b) Continuidade.
c) Oportunidade.
d) Prudência.
e) Conservadorismo.

09) O patrimônio da empresa não se confunde com aqueles dos seus sócios ou proprietários. Essa norma é defina pelo Princípio:
a) Da Continuidade.
b) Da Entidade.
c) Da Oportunidade.
d) Da Prudência.
e) Da Competência.
10) Simultaneamente, a tempestividade e integridade do registro do patrimônio e de suas mutações determinando que este seja feito
de imediato e com extensão correta, independentemente das causas que as originaram, refere-se ao Princípio da:
a) Competência.
b) Continuidade.
c) Entidade.
d) Oportunidade.
e) Prudência.
11) A avaliação dos componentes patrimoniais deve ser feita com base nos valores de entrada, considerando-se como tais os
resultantes do consenso com os agentes externos ou da imposição destes, refere-se ao Princípio:
a) Da Competência.
b) Da Continuidade.
c) Da Entidade.
d) Do Registro Pelo Valor Original.
e) Da Prudência.

12) Adotar o menor valor para os componentes do Ativo e o maior para os do Passivo, sempre que se apresentam alternativas
igualmente válidas para o registro contábil, é procedimento indicado pelo Principio:
a) Da Continuidade.
b) Da Entidade.
c) Da Prudência.
d) Do Registro Pelo Valor Original.
e) Da Competência.
13) Uma vez adotado certo critério contábil, dentro de vários igualmente relevantes, ele não deverá ser mudado, de ano para ano (ou
constantemente), porque, em assim o fazendo, estaríamos impossibilitando a comparação dos relatórios contábeis (no decorrer do
tempo) e dos estudos preditivos (tendências).
Este entendimento corresponde à convenção contábil denominada:
a) objetividade;
b) consistência;
c) materialidade;
d) conservadorismo;
e) competência.
14) Determinada empresa, pouco antes do término do exercício, emitiu uma nota fiscal de vendas de valor expressivo, cujos produtos
foram efetivamente entregues ao cliente no exercício seguinte. O reconhecimento da receita de vendas correspondente ocorrerá no
exercício em que se efetivou:
a) o pagamento pelo cliente;
b) a emissão do pedido;
c) a entrega dos produtos ao cliente;
d) a saída dos produtos da empresa;
e) a emissão da nota fiscal.
15) Abaixo estão cinco assertivas relacionadas com os Princípios Fundamentais de Contabilidade. Assinale a opção que expressa uma
afirmação verdadeira.

a) A observância dos Princípios Fundamentais de Contabilidade é obrigatória no exercício da profissão, mas não constitui
condição de legitimidade das Normas Brasileiras de Contabilidade.
b) O Principio da Entidade reconhece o Patrimônio como objeto da Contabilidade e afirma a autonomia patrimonial, exceto no
caso de sociedade ou instituição, cujo patrimônio pode confundir-se com o dos sócios ou proprietários.
c) Da observância do Principio da Oportunidade resulta que o registro deve ensejar o reconhecimento universal das variações
ocorridas no patrimônio da Entidade, em um período de tempo determinado.
d) A apropriação antecipada das prováveis perdas futuras, antes conhecida como Convenção do Conservadorismo, hoje é
determinada pelo Principio da Competência.
e) A observância do Princípio da Continuidade não influencia a aplicação do Princípio da Competência, pois o valor econômico
dos ativos e dos passivos já contabilizados não se altera em função do tempo.

16) O procedimento de segregar o patrimônio da empresa avaliada do patrimônio de seus sócios está fundamentado no conceito da:
a) entidade
b) identidade
c) prudência
d) materialidade
e) relatividade

17) O princípio da prudência determina a adoção do menor valor para os componentes do ativo e, do maior, para os do passivo,
sempre que se apresentem opções igualmente válidas para a quantificação das mutações patrimoniais que alterem o patrimônio
líquido. Com base nessa afirmação, escolha a resposta certa:
a) A contabilidade deve manter um comportamento prudente e reconhecer as despesas mesmo antes que surja o fato gerador,
sempre que puder prever um acréscimo do passivo.
b) O princípio da prudência impõe a escolha da hipótese da qual resulte em maior patrimônio líquido, quando se apresentarem
opções igualmente aceitáveis diante dos demais Princípios Fundamentais de Contabilidade.
c) A aplicação do princípio da prudência ganha ênfase quando, para a definição dos valores relativos às variações patrimoniais,
devam ser feitas estimativas que envolvam incertezas de grau variável.
d) O princípio da prudência é perfeitamente coerente com o registro no ativo de depósitos judiciais, relativos a processos cuja
probabilidade de sucesso é remota, sem que haja lançamento de provisão para contingência correspondente no passivo.
e) O princípio da prudência é incoerente com o registro no ativo de depósitos judiciais, relativos a processos cuja probabilidade
de sucesso é alta, com que haja lançamento de provisão para contingência correspondente no passivo.

18) A adoção do menor valor para os componentes do Ativo e do maior para os do Passivo, sempre que se apresentem alternativas
igualmente válidas para a quantificação das mutações patrimoniais que alterem o Patrimônio Líquido, constitui o Princípio Fundamental
de Contabilidade denominado:
a) Continuidade
b) Competência
c) Prudência
d) Entidade
e) Custo como Base de Valor.

19) Os Princípios Fundamentais de Contabilidade exarados pelo Conselho Federal de Contabilidade e hoje vigentes são os:
(A) da Entidade, da Continuidade, da Oportunidade, do Registro pelo Valor Original, da Atualização Monetária, da Competência e da
Prudência.
(B) da Entidade, da Continuidade, da Oportunidade, do Registro pelo Valor Original, do Denominador Comum Monetário, da
Competência e da Prudência.
(C) da Entidade, da Continuidade, da Tempestividade, do Registro pelo Valor Original, da Atualização Monetária, da Competência e
da Prudência.
(D) da Entidade, da Periodicidade, da Oportunidade, do Registro pelo Valor Original, da Atualização Monetária, da Competência e da
Prudência.
(E) da Entidade, da Periodicidade, do Registro pelo Valor Original, da Oportunidade, da Atualização Monetária, da Competência e da
Prudência.

20) O Sr. Romeu dos Santos adquiriu um carro de passeio para a sua esposa no valor de $ 35.000,00. O pagamento foi efetuado à
vista com cheque da sua empresa. Questionado pelo seu Contador, ele argumentou que a empresa era sua e, portanto, poderia
perfeitamente pagar as suas contas pessoais com o dinheiro da empresa. O princípio contábil ferido pelo Sr. Romeu foi o da:
(A) prudência.
(B) continuidade.
(C) competência.
(D) oportunidade.
(E) entidade.

21) Em 1º de outubro de 20X1, o consultório dentário do Dr. Álvaro fez um contrato de assinatura de jornal por um período de um ano,
no valor total de $ 564,00 a serem pagos em seis parcelas iguais vencíveis no último dia de cada mês. A conseqüência dessa
operação, por ocasião do encerramento do exercício pelo regime de competência, em 31/12/20X1, em termos de resultado, será:
(A) Obrigação de $ 564,00.
(B) Despesa de $ 141,00.
(C) Despesa de $ 564,00.
(D) Despesa antecipada de $ 564,00.
(E) Receita antecipada de $ 282,00.

22) De acordo com os princípios fundamentais de Contabilidade adotados pelo Conselho Federal de Contabilidade,
(A) com a desindexação da economia, tornou-se inaplicável a atualização monetária dos valores contábeis, em virtude de não mais
haver alteração do poder aquisitivo da moeda nacional.
(B) a doação, por ser recebida sem custo para a empresa donatária, pode ser registrada por valor simbólico, dispensados controles
contábeis.
(C) o custo histórico, pela sua objetividade, preserva o valor original e, portanto, os valores intrínsecos dos bens, direitos e obrigações
integrados ao patrimônio.
(D) a utilização de indexadores específicos para cada tipo de empresa, em época de inflação elevada, é o meio adequado para
assegurar a comparabilidade entre as diversas empresas.
(E) o registro pelo valor original pressupõe que o valor de realização da transação configura o valor econômico dos ativos no
momento da sua ocorrência.

23) A firma Prudente S/A, em 01/08/01, contratou um seguro anual para cobertura de incêndio avaliada em $ 300.000,00, com vigência
a partir da assinatura do contrato. O exercício social da Previdente é coincidente com o ano calendário. O prêmio cobrado pela
seguradora é equivalente a 10% do valor da cobertura e foi pago em 31 de agosto de 20X1. Em consonância com o princípio contábil
da competência de exercícios, no balanço patrimonial de 31/12/01, a conta “Seguros a Vencer” constará com saldo atualizado de

a) $ 175.000,00
b) $ 30.000,00
c) $ 20.000,00
d) $ 17.500,00
e) $ 12.500,00

24) O atributo apropriado correntemente utilizado, quando da mensuração de terrenos nos negócios, é:
(A)) custo histórico.
(B) custo corrente.
(C) valor corrente e mercado.
(D) valor líquido de realização.
(E) valor presente do fluxo de caixa futuro.

25) A Cia. Arapuã fabrica produtos de vestuário. Seu presidente necessita saber o custo exato da produção de cada um dos produtos.
O gerente ao efetuar a alocação dos custos aos produtos não leva em consideração os gastos com o cafezinho servido aos
funcionários após o almoço. Este procedimento está relacionado à seguinte convenção contábil:
(A)) Materialidade.
(B) Objetividade.
(C) Consistência.
(D) Conservadorismo.
(E) Competência.

26) A prestação de serviços no período contábil de X2 por conta de adiantamento recebido de cliente no período contábil de X1
representa, para a empresa que prestou o serviço, em X2,
(A) obrigação para com o cliente.
(B) aumento do patrimônio líquido.
(C) receita ganha, mas ainda não recebida.
(D) receita recebida, mas ainda não ganha.
(E) direito perante o cliente.

27) João Rocha adquire em 19X9, um material para sua empresa de representações, em respeito ao princípio da competência, em
qual ano deverá classifica-lo como despesa sendo que foi somente consumido no ano de 20X0, e finalmente pago em 20X1?
(A) ele deverá ser despesa em 19X9;
(B) ele deverá ser despesa em 20X0;
(C) ele deverá ser despesa em 20X1;
(D) ele deverá ser despesa em 20X2;
(E) ele deverá ser despesa em 20X3.
Capítulo 02
Patrimônio

01) Considerando as regras fundamentais da digrafia contábil, que determina o registro da aplicação dos recursos simultaneamente e
em valores iguais às respectivas origens, temos como correta a seguinte equação contábil geral:
a) Ativo = Passivo + Capital Social + Despesas - Receitas
b) Ativo + Receitas = Capital Social + Despesas + Passivo
c) Ativo - Passivo = Capital Social + Receitas + Despesas
d) Ativo + Capital Social + Receitas = Passivo + Despesas
e) Ativo + Despesas = Capital Social + Receitas + Passivo

02) O Ativo, na representação gráfica do patrimônio, expressa apenas:

a) sua substância patrimonial.


b) sua contra-substância patrimonial.
c) os bens da entidade e os de terceiros.
d) seus recursos em poder de terceiros.
e) o capital próprio e o capital de terceiros.

Instruções: Para responder às questões de números 03 e 04, considere as espécies de fatos contábeis:

I. Permutativo
II. Modificativo Aumentativo
III. Modificativo Diminutivo
IV. Misto Aumentativo
V. Misto Diminutivo

03) Recebimento em dinheiro do valor remanescente de 80 pela venda faturada de uma mercadoria no valor de 100, quando já
havia sido recebido adiantamento no valor de 20 por essa mesma venda.

a) I
b) II
c) III
d) IV
e) V

04) Um fato contábil afetou tanto o ativo quanto o passivo, porém em maior magnitude, este último.

a) I
b) II
c) III
d) IV
e) V

05) O patrimônio de uma empresa era constituído da seguinte forma:


Caixa $ 300.000; Fornecedores $ 75.000 e Capital Social $ 225.000. Durante o exercício social em questão, foram realizadas as
seguintes operações:

1. aquisição de um veículo para uso próprio, a prazo: $ 30.000;


2. compra de mercadorias, a vista $ 100.000;
3. vendas de mercadorias, a prazo $ 150.000 com lucro de $ 50.000;
4. despesas administrativas, a dinheiro $ 25.000.

O patrimônio da empresa em questão apresentou a seguinte situação:

a) Ativo = $ 324.000; Passivo = $ 90.000 e Patrimônio Líquido = $ 215.000.


b) Ativo = $ 310.000; Passivo = $ 90.000 e Patrimônio Líquido = $ 225.000.
c) Ativo = $ 315.000; Passivo = $ 90.000 e Patrimônio Líquido = $ 235.000.
d) Ativo = $ 355.000; Passivo = $ 105.000 e Patrimônio Líquido = $ 250.000.
e) Ativo = $ 320.000; Passivo = $ 90.000 e Patrimônio Líquido = $ 255.000.
06) Com base nos dados abaixo, apure o valor CORRETO da situação líquida.
Caixa $ 830,00
Capital Social $ 1.200,00
Duplicatas a Receber $ 450,00
Mercadorias $ 350,00
Duplicatas a Pagar $ 600,00
Lucros Acumulados $ 230,00
Móveis e Utensílios $ 400,00

a) $ 600,00
b) $ 830,00
c) $ 1.430,00
d) $ 2.030,00
e) $ 1.530,00
07) Uma empresa tem uma dívida de $ 2.000,00 com obtenção de um desconto de 20% no pagamento terá praticado um fato contábil
denominado:

a) Modificativo diminutivo.
b) Misto diminutivo.
c) Modificativo aumentativo.
d) Misto aumentativo.
e) Permutativo.

08) Os efeitos relativos a um fato permutativo concernente a itens exclusivamente do Ativo alteram a substância patrimonial apenas:

a) Econômico.
b) Quantitativamente.
c) Qualitativamente.
d) Quantitativamente e qualitativamente.
e) Substancialmente.

09) O pagamento de obrigação, contraído pela compra de bens a prazo, provoca a seguinte variação patrimonial:

a) aumenta o ativo e aumenta o passivo;


b) diminui o passivo e diminui o ativo;
c) aumenta o ativo e diminui o passivo;
d) aumenta e diminui o ativo;
e) aumenta e diminui o passivo.

10) O patrimônio da Empresa Alvas Flores, em 31.12.X1, era composto pelas seguintes contas e respectivos saldos, em valores
simbólicos.

Caixa $ 100,00
Capital Social $ 350,00
Empréstimos Obtidos LP $ 150,00
Bancos c/Movimento $ 200,00
Lucros Acumulados $ 200,00
Fornecedores $ 100,00
Contas a Receber $ 100,00
Empréstimos Concedidos LP $ 100,00
Dividendos a Pagar $ 150,00
Duplicatas Emitidas $ 800,00
Notas Promissórias Emitidas $ 500,00
Adiantamento de Clientes $ 200,00
Impostos a Pagar $ 50,00
Equipamentos $ 100,00
Clientes $ 450,00
Reserva Legal $ 100,00
Mercadorias $ 500,00
Notas Promissórias Aceitas $ 250,00
Duplicatas Aceitas $1.000,00
Patentes $ 200,00

A representação gráfica do patrimônio que acima se compõe evidenciará um ativo total no valor de:

a) $ 2.400,00
b) $ 2.600,00
c) $ 2.800,00
d) $ 2.850,00
e) $ 3.050,00

11) Da leitura atenta dos balanços gerais da Cia. Emile, levantados em 31.12.01 para publicação, e dos relatórios que os
acompanham, podemos observar informações corretas que indicam a existência de:

Capital de Giro no valor de $ 2.000,00


Capital Social no valor de $ 5.000,00
Capital Fixo no valor de $ 6.000,00
Capital Alheio no valor de $ 5.000,00
Capital Autorizado no valor de $ 5.500,00
Capital a Realizar no valor de $ 1.500,00
Capital Investido no valor de $ 8.000,00
Capital Integralizado no valor de $ 3.500,00
Lucros Acumulados no valor de $ 500,00
Prejuízo Líquido do Exercício no valor de $ 1.000,00

A partir das observações acima, podemos dizer que o valor do Capital Próprio da Cia. Emile é de:

a) $ 5.500,00
b) $ 5.000,00
c) $ 4.000,00
d) $ 3.500,00
e) $ 3.000,00

12) A operação que caracteriza um fato contábil permutativo é:

a) Pagamento de uma duplicata com desconto por antecipação.


b) Apropriação da Folha de Pagamento do mês para pagá-la no seguinte.
c) Aumento do Capital Social da empresa, utilizando-se para tanto a incorporação das Reservas de Capital, das Reservas de
Reavaliação, das Reservas de Lucro e de parte dos Lucros Acumulados.
d) Recebimento antecipado de uma duplicata com concessão de desconto por esta antecipação.
e) Recebimento de uma duplicata.

13) Determinada empresa decidiu aumentar o seu Capital, utilizando-se, para isso, de recursos de lucros obtidos em exercícios
anteriores. Essa decisão caracteriza-se como um:
(A) fato contábil modificativo.
(B) Fato contábil permutativo.
(C) Fato contábil misto.
(D) Ato administrativo.
(E) Fato contábil Administrativo.

14) Constitui fonte de recursos, na estrutura patrimonial:

a) o capital a integralizar.
b) a duplicata descontada.
c) o passivo a descoberto.
d) a disponibilidade sem restrições.
e) o capital autorizado.
15) Dados os saldos abaixo discriminados, à data do balanço, determinar o valor do patrimônio líquido,
de acordo com a Lei no 6.404/76. (Valores em $)

Capital Social 600


Reserva Legal 80
Provisão para Contingências 60
Subvenção para Custeio 50
Reserva para Aumento de Capital 40
Ágio na Emissão de Ações 100
Ações em Tesouraria 30
Reavaliação de Ativos de Controladas 140
Reserva para Novos Investimentos 120
Reserva de Lucros a Realizar 90

a) 1.280
b) 1.200
c) 1.140
d) 1.000
e) 900

16) O lançamento:

D – Duplicatas a Pagar 120


D – Despesas de Juros 12
C – Bancos 126
C – Abatimentos Obtidos 6

corresponde a um fato:

a) modificativo diminutivo
b) permutativo aumentativo
c) misto diminutivo
d) permutativo modificativo
e) misto modificativo

17) A firma Jelta & Cia. Ltda. aplicou seu capital inicial da seguinte forma: 40% em máquinas compradas a vista por $ 3.500,00, uma
nota promissória emitida por um de seus sócios no valor de $ 3.000,00 e o restante em moeda corrente do País.

Em seguida essa empresa:

• comprou mercadorias da Casa São Januário, conforme Nota Fiscal no 2.315. O preço de compra foi de $ 3.000,00. A Casa São
Benedito obteve lucro de 20% nessa transação. A Celta pagou entrada de 20%, assinando duplicata pelo valor restante;
• vendeu mercadorias por $ 1.900,00, conforme Notas Fiscais de nos 002 a 049, recebendo como entrada apenas 40% do total;
• pagou impostos e taxas no valor de $400,00;
• registrou salários e respectivos encargos no valor bruto de $ 900,00, para pagamento no mês seguinte;
• registrou a baixa do estoque no valor de $ 1.300,00, referente ao custo das vendas.
Ao final da gestão acima transcrita a empresa terá apurado:

a) capital aplicado de $ 8.750,00


b) capital próprio de $ 8.050,00
c) capital alheio de $ 3.780,00
d) Redito bruto de $ 700,00
e) Redito líquido de $ 600,00

18) José é irmão de Maria. Maria é sócia e Diretora da firma Zé, Maria & Irmão Ltda., que comercializa artigos de viagem. José e Maria
resolveram viajar e, em 31 de outubro de 20X1, compraram em sua própria empresa $ 4.200,00 em artigos de viagem acertando o pagamento
para 30 meses, em parcelas iguais, vencendo a inicial em 30/11/01. Maria obteve também $ 600,00 em vales da empresa para pagamento de
novembro de 20X1 a fevereiro do ano seguinte. O exercício social coincide com o ano calendário e, ao seu final, considere não haver parcelas
vencidas. Seguindo as regras atuais de classificação das contas do Sistema Patrimonial, podemos afirmar que, em 31 de dezembro de 20X1,
no que concerne a essas operações, a empresa terá créditos de:

a) $ 4.800,00 no Ativo Realizável a Longo Prazo


b) $ 4.220,00 no Ativo Realizável a Longo Prazo
c) $ 2.540,00 no Ativo Realizável a Longo Prazo
d) $ 2.560,00 no Ativo Circulante
e) $ 1.980,00 no Ativo Circulante

19) José Romeu Morais, Maria Érika Silva e Paulo Pedro Ferreira, tempos atrás, criaram uma empresa para comerciar chinelos e
roupas, na forma de Sociedade por Quotas de Responsabilidade Limitada, com capital inicial de 20 mil reais, dividido em quatro quotas
iguais, sendo dois quartos para José Romeu, completamente integralizado.

Hoje, a relevação patrimonial dessa empresa apresenta:

dinheiro no valor de $ 2.000,00;


títulos a receber de Manuel Batista, $ 4.000,00;
duplicatas aceitas pelo mercado local, $ 6.000,00;
móveis de uso, no valor de $ 5.000,00;
duplicatas emitidas pela Brastemp $ 2.500,00;
empréstimos no Banco do Brasil, $ 5.800,00;
adiantamentos feitos a empregados, no valor de $ 200,00;
adiantamento feito a Pedro Paulo, no valor de $ 1.800,00.

Os bens para vender estão avaliados em $ 5.300,00; o aluguel da loja está atrasado em $ 1.000,00; e o carro da firma foi comprado
por $ 8.100,00.
No último período a empresa conseguiu ganhar $ 4.900,00, mas, para isto, realizou despesas de $ 2.600,00.
Ao elaborar a estrutura gráfica patrimonial com os valores acima devidamente classificados, a empresa vai encontrar capital próprio no
valor de:

a) $ 20.000,00
b) $ 21.300,00
c) $ 23.100,00
d) $ 22.300,00
e) $ 24.300,00

20) É uma operação que constitui alteração patrimonial modificativa aumentativa:

(A) pagamento de título descontado.


(B) recebimento de crédito em conta corrente.
(C) compra de mercadoria com preço superior ao de mercado.
(D)) recebimento de juros.
(E) pagamento de fornecedor.

21) Assinale a alternativa que apresenta situação patrimonial inconcebível:

(A) Situação Líquida igual ao Ativo;


(B) Situação Líquida maior que o Ativo;
(C) Situação Líquida menor do que o Ativo;
(D) Situação Líquida maior do que o Passivo Exigível;
(E) Situação Líquida menor do que o Passivo Exigível.

22) Assinale qual é a representação gráfica que indica a existência de “Passivo a descoberto” e´:

a) Passivo + Patrimônio Líquido = Ativo;


b) Passivo = Ativo + Patrimônio Líquido;
c) Passivo = zero e Ativo = Patrimônio Líquido;
d) Passivo = Patrimônio Líquido e Ativo = zero;
e) Passivo < ou = zero e Ativo > Patrimônio Líquido.
23) Os elementos que ocorrem no âmbito das empresas e que provocam mutações no patrimônio das mesmas denominam:

(A) Atos Administrativos;


(B) Fatos Permutativos;
(C) Fatos Modificativos;
(D) Fatos Compensativos;
(E) Fatos Administrativos.

24) O Ativo é o conjunto de bens e direitos de propriedade da empresa, que trará benefícios presentes e futuros para a entidade. Como
conseqüência desta regra, pode-se dizer que uma operação importante nas empresas não é contabilizada como Ativo. Assinale a
alternativa que indica a operação que não é tradicionalmente contabilizada como Ativo.

(A) Leasing;
(B) Fundo de Comércio adquirido;
(C) O passe do jogador de Futebol adquirido por uma empresa;
(D) Uma máquina adquirida através de um longo financiamento;
(E) Material de escritório.

Capítulo 03
Contas

01) Abaixo são apresentadas cinco afirmativas. Escolha entre elas a única que não expressa inteiramente verdade.
a) O pagamento, em cheque bancário, do valor de uma duplicata acrescido de encargos de juros e de mora, deve ser contabilizado em
lançamento de terceira fórmula.
b) Quando o extrato bancário de uma empresa apresenta saldo credor, o valor desse saldo passa a representar um passivo na
estrutura patrimonial.
c) A aquisição de máquinas, parte para alugar e parte para revender, com pagamento de entrada em dinheiro e aceite de títulos pelo
valor restante, caracteriza um fato administrativo permutativo.
d) As contas de Provisão tanto podem ser classificadas no Passivo Circulante, como no Ativo Circulante ou no Ativo Permanente,
dependendo de sua natureza, mas, mesmo assim, todas elas são formadas a partir de débitos lançados em contas de despesa.
e) Uma operação de devolução de vendas afeta os valores contabilizados tanto em “Receita de Vendas”, como em “Custo das
Vendas”, como também afeta o valor do estoque final.

02) Os títulos que estão relacionados abaixo em ordem alfabética constam do Plano de Contas da empresa S/A Mera & Simples.
Ações de Coligadas
Ações em Tesouraria
Capital a Integralizar
Capital Social
Depósito Bancário
Despesas Antecipadas
Duplicatas Descontadas
Duplicatas a Pagar
Duplicatas a Receber
Empréstimos Bancários
Estoque de Mercadorias
Receitas Antecipadas
Venda de Mercadorias
Observando-se a relação acima podemos dizer que ela contém:

a) 01 conta de passivo, 05 contas de ativo e 07 contas de patrimônio líquido.


b) 02 contas integrais credoras, 05 contas integrais devedoras e 06 contas diferenciais.
c) 03 contas de resultado e 10 contas patrimoniais.
d) 06 contas de saldos credores e 07 contas de saldos devedores.
e) 03 contas de agente consignatário, 04 contas de agente correspondente e 06 contas do proprietário.

03) Segundo a Teoria Materialista, as contas são classificadas em:

a) agentes consignatários e agentes correspondentes.


b) agentes consignatários e proprietários.
c) agentes consignatários e patrimoniais.
d) integrais e diferenciais.
e) patrimoniais e de resultado.

No balanço, as contas serão classificadas segundo os elementos do patrimônio que registrem, e agrupadas de modo a facilitar o
conhecimento e a análise da situação financeira da companhia. Baseado nesta afirmação responda as questões 22 e 23:

04) É correto afirmar que os bens de uso serão classificados, no seguinte grupo:

a) ativo circulante;
b) ativo realizável a longo prazo;
c) ativo permanente;
d) passivo circulante;
e) passivo exigível a longo prazo.

05) É correto afirmar que os recursos investidos pelos proprietários, serão classificadas no seguinte grupo:

a) passivo circulante;
b) passivo exigível a longo prazo;
c) resultados de exercícios futuros;
d) patrimônio líquido;
e) ativo permanente.

Com base no texto abaixo, responda as questões de 24 a 28:

No final do exercício social encerrado em 31.12.x7 apuraram-se os seguintes atos e elementos patrimoniais:
- Receitas de serviços prestados, recebidas durante o exercício $520.000,00
- Receitas de serviços recebidas antecipadamente $ 10.000,00
- Serviços prestados a receber com 30 dias $ 5.000,00
- Despesas administrativas incorridas e pagas durante o exercício $ 60.000,00
- Custos dos serviços prestados $350.000,00
- Despesas financeiras, incorridas e pagas no exercício $ 45.000,00
- Despesas financeiras pagas antecipadamente $ 5.000,00
- Folha de pagamento do mês de dezembro a ser paga em janeiro de 1998 $ 15.000,00

06) O lucro líquido do exercício em 19x7, considerando-se as hipóteses de adoção dos regimes de competência e de caixa foi,
respectivamente, de:

a) $ 55.000,00 e $ 90.000,00
b) $ 60.000,00 e $ 80.000,00
c) $ 50.000,00 e $ 70.000,00
d) $ 70.000,00 e $ 95.000,00
e) $ 55.000,00 e $ 85.000,00

07) Pelo regime de competência o valor do ativo circulante no balanço de 19x7 seria:

a) $ 30.000,00
b) $ 25.000,00
c) $ 15.000,00
d) $ 10.000,00
e) $ 55.000,00

08) Pelo regime de competência o valor do passivo circulante no balanço de 19x7 seria:

a) $ 30.000,00
b) $ 25.000,00
c) $ 15.000,00
d) $ 10.000,00
e) $ 55.000,00

09) Pelo regime de competência o valor do patrimônio liquido no balanço de 19x7 seria:

a) Zero
b) $ 25.000,00
c) $ 15.000,00
d) $ 10.000,00
e) $ 55.000,00

10) Pelo regime de competência o valor do passivo total no balanço de 19x7 seria:

a) $ 30.000,00
b) $ 25.000,00
c) $ 15.000,00
d) $ 10.000,00
e) $ 55.000,00

11) O Ativo Circulante é constituído por:

a) Os bens e direitos em movimento;


b) Os bens e direitos realizáveis, até o término do exercício seguinte;
c) Os bens e direitos em circulação e os bens numerários;
d) Os bens em espécie, os bens e direitos realizáveis, até o término do exercício seguinte;
e) Os bens líquidos.

12) O Passivo Exigível a Longo Prazo é constituído por:

a) As obrigações exigíveis, após o término do exercício seguinte;


b) Os bens e direitos não exigíveis, após o término do exercício seguinte;
c) A Dívida Fundada e as despesas Orçamentárias;
d) As obrigações exigíveis, até o término do exercício seguinte;
e) As obrigações exigíveis, durante o exercício social.

13) Classifique as contas abaixo apurando o somatório respectivo dos saldos devedores e credores, admitindo-se que os mesmos não
são coincidentes:
CONTAS $
Adiantamento a Fornecedores 2.250,00
Bancos Conta Movimento 4.500,00
Reserva de Lucros a Realizar 4.950,00
Juros Pagos Antecipadamente 450,00
Lucros Acumulados 3.150,00
Capital Social 90.000,00
Participações em Coligadas 22.500,00
Empréstimos a Pagar 900,00
Provisão para Perdas no Recebimento de Créditos 2.700,00
Clientes 81.000,00
Tributos a Recolher 3.150,00
Duplicatas Descontadas 8.100,00
Empréstimos Recebidos de Empresas Coligadas 5.400,00
Receitas de Exercícios Futuros 21.600,00
Ações em Tesouraria 32.850,00
Provisão para Ajuste a Valor de Mercado de Clientes 12.600,00
Mercadorias 10.350,00

a) $ 121.050,00 e $ 185.400,00
b) $ 153.900,00 e $ 152.550,00
c) $ 164.700,00 e $ 141.750,00
d) $ 166.500,00 e $ 139.950,00
e) $ 135.900,00 3 $ 152.550,00
14) Uma empresa obteve um empréstimo no valor de $ 25.000,00, para capital de giro, com vencimento dentro do próprio mês. Pagou
no ato $ 1.500,00 a título de encargos financeiros. Este fato implica em:

a) Aumento do Ativo e Patrimônio Líquido no valor de $ 25.000,00 e diminuição do Passivo no valor de $ 1.500,00.
b) Aumento do Ativo no valor de $ 25.000,00 e redução do Passivo em $ 1.500,00 e aumento do Patrimônio Líquido em $
23.500,00.
c) Aumento do Patrimônio Líquido e Ativo em $ 23.500,00 e aumento do Passivo em $ 25.000,00.
d) Aumento de Passivo em $ 25.000,00, aumento do Ativo em $ 23.500,00 e redução do Patrimônio Líquido em $ 1.500,00.
e) Aumento do Patrimônio Líquido e Ativo em $ 25.500,00 e aumento do Passivo em $ 23.000,00.

15) Uma determinada empresa apresenta a conta Móveis e Utensílios com um saldo inicial de $ 15.000,00. Durante o exercício
adquiriu mesas e cadeiras no valor de $ 18.000,00, sendo 50% à vista e o restante no prazo de 30 dias. Vendeu cadeiras usadas à
prazo por $ 4.000,00 sendo este o preço de custo e adquiriu à vista prateleiras por $ 5.000,00. O saldo final da conta é:

a) $ 25.000,00
b) $ 33.000,00
c) $ 34.000,00
d) $ 38.000,00
e) $ 35.000,00

16) Indique o saldo inicial da conta Caixa considerando os dados abaixo:


01/02/20X2 Vendas à vista, recebidas em moeda corrente, no valor de $ 300.000,00.
05/02/20X2 Liquidação de duplicata no valor de $ 200.000,00 com desconto de 10%, pago através de cheque.
07/02/20X2 Pagamento de salários no valor de $ 80.000,00, em moeda corrente.
11/02/20X2 Aquisição de mercadorias, em moeda corrente, no valor de $ 120.000,00.
18/02/20X2 Vendas à prazo no total de $ 700.000,00.
18/02/20X2 Saldo final da conta Caixa: $ 200.000,00.

a) $ 20.000,00
b) $ 100.000,00
c) $ 220.000,00
d) $ 280.000,00
e) $ 120.000,00

17) A escola de pensamento contábil cujas idéias foram defendidas por Vicenzo Masi e que definiu o patrimônio como objeto de estudo
da contabilidade é:

a) Patrimonialismo.
b) Personalismo.
c) Controlismo.
d) Aziendalismo.
e) Contismo.

18) O proprietário majoritário de uma empresa presenteou um amigo com um produto de venda sem nenhum ressarcimento financeiro
para a empresa ou qualquer outro procedimento contábil. Neste caso é CORRETO afirmar que o proprietário:

a) Atendeu a Teoria Personalista, pois a empresa e seus sócios formam um único ente.
b) Não atendeu a Teoria Patrimonialista, pois o patrimônio pertence aos dois sócios.
c) Atendeu a Teoria Patrimonialista, pois o produto foi fornecido pelo sócio majoritário.
d) Não atendeu a Teoria Personalista, pois a empresa é um ente independente dos sócios.
e) Não atendeu a Teoria Patrimonialista, pois o patrimônio pertence ao comércio.

19) O Patrimônio Líquido divide-se em:

a) Investimentos, Reservas de Capital, Reservas de Lucros e Lucros ou Prejuízos Acumulados.


b) Capital Social, Reservas de Capital, Reservas de Reavaliação, Reservas de Lucros e Lucros ou Prejuízos Acumulados.
c) Capital Social, Reservas de Capital, Reservas de Reavaliação e de Lucros de Exercícios Futuros.
d) Reservas de Capital, Capital Social, Reservas de Lucros e Investimentos Acumulados.
e) Reservas de Capital, Capital de Terceiros, Reserva Legal e Imobilizações.

20) Uma empresa que não efetuou aumento e subscrição de capital nas datas de 31.12.20X0 e 31.12.20X1 tendo demonstrado as
seguintes situações patrimoniais, apurou:

31.12.20X0 31.12.20X1
Ativo Circulante $ 2.300,00 $ 1.100,00
Ativo Permanente $ 2.300,00 $ 4.800,00
Passivo Circulante $ 2.300,00 $ 3.400,00
Patrimônio Líquido $ 2.300,00 $ 2.500,00

a) Perdas de $ 1.200,00, com redução do Ativo Circulante.


b) Perdas de $ 1.100,00, com aumento do Passivo Circulante.
c) Ganhos de $ 200,00, com aumento do Patrimônio Líquido.
d) Ganhos de $ 1.300,00, com aumento do Ativo Total.
e) Perda de $ 200,00, com redução do Patrimônio Líquido.

21) Indique a alternativa em que todas as contas são retificadoras:

a) Amortização Acumulada, Prêmios de Seguros e Máquinas.


b) Depreciação, Diferido e Ajuste a Valor Presente.
c) Amortização, Depreciação e Exaustão Acumuladas.
d) Depreciação, Prêmios de Seguros e Provisões.
e) Diferido, Amortização e Prêmios.

22) No grupo do Permanente, temos os bens e direitos não destinados a transformação e comercialização. Este grupo é constituído
pelos subgrupos:

a) Disponível, Imobilizado e Diferido.


b) Estoques, Imobilizado e Diferido.
c) Investimentos, Imobilizado e Diferido.
d) Circulante, Imobilizado e Diferido.
e) Realizável, Imobilizado e Investimentos.

23) De acordo com as Normas Brasileiras de Contabilidade o Patrimônio Líquido Negativo é considerado Passivo a Descoberto. No
Balanço Patrimonial será demonstrado:

a) Após o Ativo.
b) Após o Passivo.
c) No Patrimônio Líquido.
d) No Resultado do Exercício.
e) No Passivo Exigível.

24) “Ágio na Subscrição de Ações” é uma conta que será classificada e demonstrada no balanço patrimonial de final de exercício, de
uma sociedade por ações, no seguinte grupo:

a) Ativo Circulante — Investimentos Temporários


b) Patrimônio Líquido — Reservas de Capital
c) Patrimônio Líquido — Reservas de Lucros
d) Ativo Permanente — Investimento
e) Patrimônio Líquido – Reserva Legal.
25) Aos componentes patrimoniais e aos elementos de resultado atribui-se o nome técnico de:

a) consolidação dos elementos patrimoniais.


b) adjudicação contábil.
c) elemento.
d) componente.
e) conta.

26) A contabilidade utiliza o débito e o crédito como forma de expressar as movimentações patrimoniais. Os acréscimos aos elementos
patrimoniais e de resultados são feitos respeitando-se a seguinte orientação:

a) para ativos e passivos - débito.


b) para receitas e despesas - crédito.
c) para ativos e despesas - crédito.
d) para passivos e receitas - crédito.
e) para passivos e despesas - débito.

26) As contas representativas de bens e direitos a se realizarern no exercício social subseqüente, em relação ao balanço que se
elabora, serão classificadas:

a) no ativo permanente.
b) no ativo diferido.
c) em resultado de exercício futuro.
d) no ativo circulante.
e) no passivo circulante.

28) Em urna empresa constituída sob a forma de sociedade por ações, os direitos derivados de vendas, adiantamentos e empréstimos
a sociedades coligadas ou controladas, diretores, acionistas ou participantes no lucro da companhia. que não constituírem negócios
usuais na exploração do objeto da companhia. serão contabilizados no:

a) ativo realizável a longo prazo.


b) ativo circulante.
c) passivo exigível a longo prazo.
d) patrimônio líquido.
e) ativo diferido.

29) As aplicações de recursos em despesas que contribuirão para a formação do resultado de mais de um exercido social, inclusive os
juros pagos ou creditados aos acionistas durante o período que anteceder o início das operações sociais, devem ser classificadas:

a) em despesas do período seguinte.


b) no ativo diferido.
c) em resultado de exercícios futuros.
d) no ativo realizável a longo prazo.
e) em contas do resultado do período.

30) As participações de debenturistas, empregados e administradores nos lucros da empresa devem ser classificadas:

a) como dedução das reservas de lucros.


b) e evidenciadas na demonstração dos lucros ou prejuízos acumulados
c) como parte dos dividendos distribuídos no mesmo período contábil.
d) como dedução do lucro operacional.
e) no resultado do exercício.

31) A provisão para perdas prováveis na realização do valor do investimento deve ser classificada:

a) no passivo.
b) como dedução do ativo correspondente.
c) como reserva de capital, no patrimônio líquido.
d) como despesa. no momento da sua reversão.
e) como receita, no momento da sua constituição.

32) Assinale a alternativa que indica a conta cujo saldo será aumentado se houver registro a crédito:

a) duplicatas a receber;
b) clientes;
c) fornecedores;
d) despesas de salário;
e) aplicações financeiras.

33) Com relação a ‘terrenos” de uma determinada empresa é correto afirmar:

a) não está sujeito a depreciação;


b) integra o ativo diferido;
c) está sujeito a depreciação;
d) integra o circulante;
e) não poderá ser vendido.

34) Direitos que se realizam até o término do exercício seguinte são classificados:

a) ativo diferido;
b) ativo permanente;
c) ativo financeiro:
d) ativo realizável a longo prazo;
e) ativo circulante.

35) Classifique as contas a seguir:

Saldos em 31
CONTAS de dezembro
Fornecedores 2.690
Estoques 3.480
Bancos — C/ Movimento 1.006
Salários e Encargos a Pagar 351
Despesas Pré-operacionais 228
Caixa 48
Clientes 2.440
Empréstimos (vencimento em 180 dias) 587
Bancos — C/Vinculada 250
Títulos a Receber (vencimento em 240 dias) 856
Capital Social 4.640
Veículos 436
Participaçôes Societárias 215
Impostos a Recolher 98
Títulos a Receber (vencimento em 300 dias) 422
Lucros Acumulados 788

Assinale a alternativa que indica o valor total do ativo circulante:

a) $ 7.489;
b) $ 8.098;
c) $ 8.270;
d) $ 8.502;
e) $ 8.595.

36) Estudiosos notáveis da Contabilidade têm-na contemplado com diversas teorias e proposições. Três dessas teorias sobrevivem e,
hoje, são consideradas principais. Uma delas, conhecida como Teoria Personalista ou Personalística, classifica todas as contas em:

a) contas patrimoniais e contas diferenciais.


b) contas integrais e contas diferenciais.
c) contas patrimoniais e contas de resultado.
d) contas de agentes consignatários e contas de proprietário.
e) contas de agentes e contas de proprietário.

37) A firma Comércio Vasto Ltda. apurou os seguintes valores, em 31.12.X1:

Depósito no banco $ 150,00


Salários do mês $ 620,00
Comissões Ativas $ 450,00
Títulos a Receber $ 900,00
Aluguéis Passivos $ 600,00
Produtos para Venda $ 750,00
Equipamentos $ 1.000,00
Serviços Prestados a Prazo $ 1.500,00
Capital Inicial $ 2.650,00
Duplicatas a Pagar $ 2.200,00
Lucros Anteriores $ 120,00
Casa e Terrenos $ 1.350,00
Receitas de Vendas $ 1.000,00
Impostos Atrasados $ 450,00

Ao elaborar Balancete de Verificação e o Balanço Patrimonial com Iucro nas contas e saldos acima, a empresa encontrará:

a) Saldos devedores no valor de $ 5.650,00.


b) Ativo Circulante no valor de $ 1.800,00.
c) Passivo Circulante no valor de $ 4.150,00.
d) Ativo Permanente no valor de $ 2.950,00.
e) Patrimônio Líquido no valor de $ 3.000,00.

38) A Companhia Capital de Negócios apresenta os seguintes valores relacionados ao capital próprio:

Capital Autorizado $ 100.000,00


Capital Subscrito $ 90.000,00
Capital Integralizado $ 70.000,00
Lucros Acumulados $ 20.000,00
Reserva de Ágio na Venda de Ações $ 19.000,00
Reserva para Contingências $ 17.000,00
Reserva de Correção Monetária $ 16.000,00
Reservas Estatutárias $ 15.000,00
Reservas para Investimento $ 14.000,00
Reserva Legal $ 13.000,00
Reserva de Reavaliação $ 12.000,00

Agrupando corretamente os títulos acima, encontraremos:

a) Capital Social no valor de $ 100.000,00


b) Capital a Realizar no valor de $ 30.000,00
c) Reservas de Lucros no valor de $ 59.000,00
d) Reservas de Capital no valor de $ 47.000,00
e) Patrimônio Líquido no valor de $ 216.000,00

39) A empresa São Januário S/A extraiu de seu balancete o seguinte elenco resumido de contas patrimoniais:

Ações e Participações $ 3.000,00


Adiantamento a Diretores $ 500,00
Bancos Conta Movimento $ 2.000,00
Caixa $ 500,00
Despesas com Pesquisa $ 2.500,00
Duplicatas a Pagar $ 300,00
Duplicatas a Receber $ 3.000,00
Empréstimos e Financiamentos obtidos $10.000,00
Fornecedores $ 5.000,00
Imóveis $ 6.000,00
Mercadorias $ 3.000,00
Máquinas e Equipamentos $ 1.700,00
Poupança $ 1.000,00
Receitas Antecipadas $ 6.500,00
Seguros a Vencer $ 800,00
Títulos a Pagar $ 2.000,00
Veículos $ 1.000,00

Se agruparmos as contas acima por natureza contábil, certamente encontraremos uma diferença entre a soma dos saldos credores e
devedores. Assinale a opção que indica o valor correto.

a) $ 1.200,00 é a diferença devedora.


b) $ 1.200,00 é adiferença credora.
c) $ 1.800,00 é a diferença credora.
d) $ 17.300,00 é a soma dos saldos credores.
e) $ 22.000,00 é a soma dos saldos devedores.

40) A empresa Secos & Molhados S/A, em 30 de agosto de 20X0, obteve um financiamento em cinco parcelas semestrais iguais de $
3.000,00 e repassou, por $ 20.000,00, uma de suas máquinas, dividindo o crédito em 10 parcelas bimestrais.

Todos os encargos foram embutidos nas respectivas parcelas e não se verificou nenhum atraso nas quitações.

Devedores e credores admitem compensar débitos e créditos dessas operações em 20X2, mas só o farão à época própria, cabendo à
empresa dar ou receber a quitação restante.

Em decorrência desses fatos, se observarmos o balanço de fim de exercício, elaborado com data de 31.12.X0, certamente vamos
encontrar:

a) valores a receber a curto prazo $16.000,00.


b) valores a receber a longo prazo $ 4.000,00.
c) valores a pagar a curto prazo $ 7.000,00.
d) valores a pagar a longo prazo $13.000,00.
e) saldo a compensar a longo prazo $ 2.000,00.

41) Os juros e demais encargos financeiros decorrentes de financiamentos para a construção de bens imobilizados são:

a) Registrados em conta destacada, que evidencie sua natureza, e classificados no mesmo grupo do ativo que lhe deu origem
b) Levados ao resultado do exercício no período em que forem pagos ou provisionados de acordo com a competência de
exercício
c) Inscritos em uma conta do Diferido e levados ao resultado do exercício de acordo com a taxa de retorno esperada
d) Computados como despesas financeiras no período em que ocorrer o seu efetivo pagamento.
e) Computados em conta específica do grupo Resultado de Exercícios Futuros e apropriados ao resultado em até 5 anos.

42) O patrimônio da indústria Lustres & Lâmpadas é constituído pelos elementos que abaixo apresentamos com valores apurados em
30 de setembro.

Bens fixos $2.100,00


Notas Promissórias emitidas $ 600,00
Débitos de Funcionamento $ 900,00
Créditos de Financiamento $ 600,00
Bens de Venda $ 900,00
Créditos de Funcionamento $1.200,00
Bens Numerários $ 450,00
Bens de Renda $ 750,00
Débitos de Financiamento $ 300,00
Reservas de Lucros $ 750,00
Reservas de Capital $1.800,00

Sabendo-se que essa empresa apresenta lucros acumulados correspondentes a 25% do valor do capital de terceiros, podemos afirmar
que o valor do seu Capital Social é:

a) $ 4.200,00
b) $ 3.000,00
c) $ 2.550,00
d) $ 1.800,00
e) $ 1.200,00

43) Abaixo está uma relação de contas constantes do Plano de Contas elaborado para a empresa Sol de Verão - ME.

Caixa
Clientes
Mercadorias
Juros Passivos
Fornecedores
Capital Social
Títulos a Pagar
Aluguéis Ativos
Seguros a Vencer
Prêmios de Seguros
Móveis e Utensílios
Ações de Coligadas
Lucros Acumulados
Impostos a Recolher
Material de Consumo
Reservas de Reavaliação
Receitas de Comissões a Vencer

Observando-se as contas acima sob o prisma das escolas doutrinárias da Contabilidade, que formularam as conhecidas “Teorias das
Contas, podem ser identificadas na relação:

a) 3 contas de agentes consignatários.


b) 4 contas de agentes correspondentes.
c) 5 contas de resultado.
d) 6 contas diferenciais.
e) 11 contas patrimoniais

44) Entre as cinco opções, assinale aquela que contém uma afirmativa correta.

a) No Ativo Circulante são classificados, entre outros, os direitos realizáveis no curso do exercício social subseqüente e as
despesas do exercício seguinte ao balanço.
b) No Ativo Realizável a Longo Prazo são classificados, entre outros, os bens e direitos realizáveis após o término do exercício
seguinte ao balanço e os bens e direitos oriundos dos negócios realizados por controladas, coligadas, proprietários, sócios,
acionistas e diretores.
c) Em investimentos, no Ativo Permanente, são classificados as participações permanentes em outras sociedades e os direitos
de qualquer natureza que não se destinem à manutenção da atividade da empresa.
d) No Ativo Diferido são classificadas, entre outras, as contas representativas das aplicações de recursos que contribuirão para
a formação do resultado de mais de um exercício social.
e) Como reservas de capital, no Patrimônio Líquido, são classificados, entre outros, os valores recebidos a titulo de ágio na
subscrição de ações de coligadas, que ultrapassarem a importância destinada à formação do capital social.

45) A liquidação de uma dívida é uma operação que:

a) diminui o Passivo e o Patrimônio Líquido e aumenta o Ativo.


b) diminui o Passivo e o Ativo.
c) aumenta o Passivo e diminui o Ativo.
d) diminui e aumenta o Patrimônio Líquido.
e) aumenta o Ativo e diminui o Passivo.

46) Uma empresa apresenta um Ativo de $ 450.000, um Passivo de $ 200.000 e um Patrimônio Líquido de $ 250.000. Durante o
exercício, adquire mercadorias a prazo no valor de $ 175.000. No final, a empresa apresenta:

a) Ativo de $ 450.000 e Passivo de $ 375.000.


b) Ativo de $ 625.000, Passivo de $ 375.000 e Patrimônio Líquido de $ 250.000.
c) Ativo de $ 625.000 e Passivo de $ 200.000.
d) Ativo de $ 450.000, Passivo de $ 375.000 e Patrimônio Líquido de $ 250.000.
e) Ativo de $ 625.000 e Passivo de $ 375.000.

47) A compra de um veículo para uso próprio, por $ 21.000 em 31-12, sendo 20% de entrada e o restante em 40 prestações iguais de
$ 420, provoca um aumento de:

a) $ 16.800 no imobilizado
b) $ 16.800 no passivo circulante
c) $ 16.800 no ativo total
d) $ 21.000 no exigível a longo prazo
e) $ 21.000 no passivo circulante.
48) Das Demonstrações das Origens e Aplicações de Recursos da Cia. Minas, em 31-12-19X8 e 31-12-19X9, retiramos os seguintes
dados:

31-12-19X8 31-12-19X9
Capital Circulante Líquido $ 7.472,00 $ 16.024,00
Passivo Circulante $ 5.430,00 $ 5.140,00

É correto afirmar que o aumento do Ativo Circulante da Cia., de 31-12-19X8 para 31-12-19X9, foi de:

a) $ 10.884,00
b) $ 8.262,00
c) $ 290,00
d) $ 8.552,00
e) $ 8.622,00

49) Uma empresa apresentou no ano X2 um capital próprio de $ 85.000,00. O ativo total no ano X1 era de $ 110.000,00 e os capitais
de terceiros representavam $ 50.000,00.

O resultado obtido pela empresa no ano X2 foi:

a) prejuízo de $ 25.000,00
b) lucro líquido de $ 25.000,00
c) lucro líquido de $ 50.000,00
d) prejuízo de $ 50.000,00
e) lucro líquido de $ 30.000,00

50) Do Balanço Patrimonial da Empresa Ponto Quente S/A foram extraídos os seguintes dados:

Aplicações Financeiras de Curto Prazo 30


Bancos conta Movimento 950
Caixa 20
Ações de Companhias Controladas 115
Clientes (Vencimento até 12 meses) 400
Despesas do Exercício Seguinte 15
Direitos de Uso do Imobilizado 200
Duplicatas Descontadas 80
Empréstimos a Sociedades Controladas 12
Estoques 130
Imóveis de Uso 1.200
Instalações 310
Depreciações Acumuladas 200
Provisão para Créditos de Liquidação Duvidosa 25

Com base nestes dados, podemos afirmar que o Ativo Circulante, o Ativo Permanente e o total do Ativo são, respectivamente:

a) $ 1.452, $ 1.625 e $ 3.077.


b) $ 3.077, $ 1.625 e $ 3.065.
c) $ 1.335, $ 1.425 e $ 2.760.
d) $ 3.065, $ 3.077 e $ 1.625.
e) $ 2.440, $ 2.625 e $ 2.065

51) Dadas as contas:

• Amortizações Acumuladas
• Clientes
• Despesas com Energia Elétrica
• Equipamentos de Informática
• Exaustões Acumuladas
• Manutenção de Equipamentos de Informática
• Provisão para o Imposto de Renda
• Reserva Legal
• Veículos

Podemos afirmar que na relação acima existem:


a) 7 contas patrimoniais e 2 diferenciais.
b) 2 contas patrimoniais e 7 diferenciais.
c) 5 contas patrimoniais e 4 diferenciais.
d) 6 contas patrimoniais e 3 diferenciais.
e) 4 contas patrimoniais e 5 diferenciais.

52) A Companhia Imobiliária Vale do Rio é uma empresa de grande sucesso, instalada numa cidade em crescimento. Recentemente,
uma loteadora colocou à venda terrenos de ótima localização para fins residenciais. Como a empresa possui recursos disponíveis por
tempo indeterminado, decidiu adquirir dois terrenos no valor de $30.000,00 cada. Tal bem deve ser registrado no:

(A) Realizável a longo prazo.


(B) Imobilizado.
(C) Circulante.
(D) Investimento.
(E) Diferido.

53) O Balancete de verificação da Empresa Pioneira Ltda. apresentava, em 31/12/20X1, os saldos das seguintes contas:

Bancos, $ 1.000,00;
Duplicatas a Receber, $ 2.000,00;
Depreciação Acumulada, $ 1.000,00;
Capital Social, $ 10.000,00;
Salários a Pagar, $ 1.000,00;
Caixa, $ 1.500,00;
Mercadorias, $ 4.000,00;
Fornecedores, $ 470,00;
Prejuízos Acumulados, $ 2.000,00;
Provisão para Devedores Duvidosos, $ 30,00;
Empréstimos a Pagar, $ 3.000,00;
Máquinas e equipamentos, $ 5.000,00.

Os valores do Ativo Total, Capital de Terceiros e Patrimônio Líquido, em reais, serão, respectivamente,

(A) $ 13.500,00; $ 10.000,00 e $ 3.500,00.


(B) $ 12.500,00; $ 10.000,00 e $ 2.500,00.
(C) $ 12.470,00; $ 11.000,00 e $ 1.470,00.
(D) $ 12.470,00; $ 4.470,00 e $ 8.000,00.
(E) $ 9.000,00; $ 1.000,00 e $ 8.000,00.

54) O contador da firma Alquimia ME criou os seguintes títulos para complementar seu plano de contas:

Despesas de Aluguel
Aluguéis a Receber
Aluguéis a Pagar
Aluguéis Ativos
Aluguéis Passivos
Aluguéis Ativos a Vencer (valores recebidos antecipadamente, sem hipótese de reembolso)
Aluguéis Passivos a Vencer
Prêmios de Seguros
Seguros a Vencer
Seguros a Pagar
Impostos e Taxas
Impostos a Recolher
Impostos a Recuperar
Salários

Ao codificar as contas acima no plano de contas, o contador classificou, corretamente:

a) Sete contas de resultado


b) Seis contas patrimoniais
c) Seis contas de despesas
d) quatro contas de passivo circulante
e) quatro contas de ativo circulante

55) Abaixo estão relacionadas as trinta e uma contas movimentadas pela Cia. de Comércio Beta, conforme Razão Geral de 31.12.X0

01 - Ações de Coligadas $ 1.200,00


02 - Ações em Tesouraria $ 300,00
03 - Aluguéis Ativos $ 200,00
04 - Aluguéis Passivos $ 550,00
05 - Bancos c/ Aplicação $ 1.100,00
06 - Caixa $ 1.200,00
07 - Capital a Integralizar $ 3.000,00
08 - Capital Social $ 10.000,00
09 - Custo da Mercadoria Vendida $ 3.800,00
10 - Despesas a Pagar $ 160,00
11 - Despesas a Vencer $ 280,00
12 - Duplicatas a Pagar $ 3.000,00
13 - Duplicatas a Receber $ 1.000,00
14 - Duplicatas Descontadas $ 800,00
15 - Fornecedores $ 4.000,00
16 - Edificações $ 5.000,00
17 - Impostos $ 650,00
18 - Impostos a Recolher $ 500,00
19 - Matéria-Prima $ 1.300,00
20 - Mercadorias $ 2.500,00
21 - Móveis e Utensílios $ 3.500,00
22 - Participações Acionárias $ 800,00
23 - Participação de Empregados $ 320,00
24 - Provisão p/ Ajuste de Estoques $ 150,00
25 - Provisão p/ Imposto de Renda $ 700,00
26 - Receitas a Receber $ 600,00
27 - Receitas a Vencer $ 250,00
28 - Receita Bruta de Vendas $ 6.000,00
29 - Reservas de Capital $ 350,00
30 - Reservas de Lucros $ 400,00
31 - Lucros ou Prejuízos Acumulados com saldo igual à
diferença entre devedores e credores.

Considerando-se, exclusivamente, a relação, podemos afirmar que a empresa demonstra um Patrimônio Bruto de:

a) $ 10.750,00
b) $ 17.530,00
c) $ 17.940,00
d) $ 18.290,00
e) $ 18.480,00

56) Apresentamos as contas e saldos constantes do balancete de verificação da Cia. Aldo, em 31.12.X1:

Adiantamento de Clientes $ 1.600,00


Adiantamento a Diretores $ 1.800,00
Adiantamento a Fornecedores $ 2.000,00
Aluguéis Ativos a Receber $ 1.000,00
Aluguéis Ativos a Vencer $ 1.200,00
Caixa $ 2.200,00
Capital Social $ 12.000,00
Clientes $ 4.600,00
Depreciação Acumulada $ 1.500,00
Fornecedores $ 5.000,00
Móveis e Utensílios $ 10.000,00
Prejuízos Acumulados $ 1.200,00
Reserva Legal $ 1.500,00
Com as contas listadas, a Cia. Aldo elaborou o Balanço Patrimonial, cujo grupo Ativo tem o valor de:

a) $ 18.100,00
b) $ 18.500,00
c) $ 19.700,00
d) $ 20.100,00
e) $ 21.700,00

57) Considere os dados abaixo.

Imóvel fabril em uso nas atividades................$ 10 000


Seguros pagos antecipadamente......................$ 5 000
Vendas..............................................................$ 5 000
Ações de Coligadas........................................$ 40 000
Caixa.................................................................$ 8 000
Bancos Conta Movimento...............................$ 50 000
Adiantamento a coligadas...............................$ 35 000
Fornecedores locais........................................$ 20 000
Fornecedores estrangeiros..............................$ 15 000

O valor do Ativo Circulante é

(A) $ 53 000
(B)$$63 000
(C) $ 68 000
(D) $ 75 000
(E) $ 98 000
58) No ativo imobilizado, subgrupo do ativo permanente, são classificados(as):

(A) direitos de qualquer natureza, não classificáveis no ativo circulante nem no realizável a longo prazo.
(B) aplicações de recursos em despesas que contribuirão para o resultado de vários exercícios sociais.
(C) custos correspondentes aos resultados de exercícios futuros.
(D) obras de arte e terrenos não destinados ao uso da empresa.
(E) direitos que tenham por objeto bens destinados à manutenção das atividades da empresa ou exercidos com essa finalidade.

59) É função de uma conta:

(A) a sua razão de existência;


(B) a sua situação em que ela será debitada;
(C) a sua situação em que ela será creditada;
(D) o mesmo que código da conta;
(E) o mesmo que grau da conta.

60) As contas utilizadas pela contabilidade para registro dos fatos administrativos podem ser classificadas em dois grupos principais:

(A) Patrimoniais e de Custos;


(B) Patrimoniais e do Patrimônio Líquido;
(C) Patrimoniais e de Resultado;
(D) Patrimoniais e de Despesas;
(E) Patrimoniais e de Receitas.
61) O valor aplicado na formação do ativo diferido deve ser deduzido do saldo das contas que registrem sua:

(A) depreciação;
(B) amortização;
(C) exaustão;
(D) depreciação e amortização;
(E) depreciação e exaustão.
Capítulo 04
Escrituração

01) Se uma empresa mantém todas as duplicatas de sua emissão em determinado banco, em operação de desconto, os seus clientes
serão creditados quando a(o):

a) duplicata for descontada no banco.


b) duplicata for enviada ao banco para desconto.
c) banco acusar o recebimento da duplicata.
d) banco emitir o aviso de crédito.
e) cliente pagar a duplicata no banco.

02) Em 31.12.19x9 a firma Dubitatia Ltda. fez a estimativa de que, provavelmente, perderia no ano seguinte $ 670,00 no recebimento
das duplicatas de sua emissão. Nessa mesma data havia saldo anterior de $ 320,00 na conta Provisão para Devedores Duvidosos.
Considerando válida a expectativa de perda e corretos os cálculos efetuados, essa empresa deverá, para adequar seu balanço aos
princípios contábeis fundamentais, mandar fazer o seguinte lançamento:

a) Devedores Duvidosos
a Provisão para Devedores Duvidosos $ 350,00
b) Provisão para Devedores Duvidosos
a Duplicatas a Receber $ 320,00
c) Devedores Duvidosos
a Provisão para Devedores Duvidosos $ 670,00
d) Devedores Duvidosos
a Duplicatas a Receber $ 670,00
e) Devedores Duvidosos
a Provisão para Devedores Duvidosos $ 990,00

03) Se determinada empresa decide aumentar o próprio capital com o aproveitamento das reservas existentes, terá que contabilizar
esse fato administrativo da forma seguinte:

a) Capital Social
a Reservas
b) Capital a Integralizar
a Reservas
c) Capital a Integralizar
a Capital Social
d) Reservas
a Capital Social
e) Reservas
a Capital a Integralizar

04) Sobre a escrituração contábil sabe-se que a escrituração da companhia será mantida em registros permanentes, com obediência
aos preceitos da legislação comercial e aos Princípios Fundamentais de Contabilidade, devendo observar métodos ou critérios
contábeis uniformes no tempo e registrar as mutações patrimoniais segundo o regime de competência. Assim NÃO é correto afirmar:

a) As demonstrações financeiras do exercício em que houver modificação de métodos ou critérios contábeis, de efeitos
relevantes, deverão desprezá-los.
b) A companhia observará em registros auxiliares, sem modificação da escrituração mercantil e das demonstrações reguladas
em lei, as disposições da lei tributária, ou de legislação especial sobre a atividade que constitui seu objeto, que prescrevam
métodos ou critérios contábeis diferentes ou determinam a elaboração de outras demonstrações financeiras.
c) As demonstrações financeiras das companhias abertas observarão, ainda, as normas expedidas pela Comissão de Valores
Mobiliários, e serão obrigatoriamente auditadas por auditores independentes registrados na mesma comissão.
d) As demonstrações financeiras serão assinadas pelos administradores e por contabilistas legalmente habilitados.
e) As demonstrações financeiras das companhias de capital fechado observarão, ainda, as normas expedidas pela Comissão
de Valores Mobiliários, e serão obrigatoriamente auditadas por auditores independentes registrados na mesma comissão.
05) Considerando um lançamento de segunda fórmula, teremos:

a) Uma conta devedora e duas ou mais credoras.


b) Uma conta retificadora e duas ou mais credoras.
c) Duas ou mais contas retificadoras e uma credora.
d) Duas ou mais contas devedoras e duas ou mais credoras.
e) Duas ou mais contas credoras e duas contas devedoras.

06) Indique o lançamento contábil CORRETO do recebimento de uma duplicata com desconto:
a) Caixa
Descontos Concedidos
a Duplicatas a Receber
b) Caixa
Descontos Obtidos
a Duplicatas a Receber
c) Caixa
Descontos Concedidos
a Vendas a Prazo
d) Caixa
a Vendas a Prazo
a Descontos Obtidos
e) Caixa
a Vendas a Prazo
a Descontos Concedidos

07) Indique o lançamento contábil correspondente ao pagamento de uma duplicata, em dinheiro, antes de seu vencimento, com um
desconto de 5%:

a) Duplicatas a Pagar
a Caixa
b) Duplicatas a Pagar
a Duplicatas Descontadas
a Descontos Obtidos
c) Duplicatas a Pagar
a Caixa
a Duplicatas Descontadas
d) Duplicatas a Pagar
a Caixa
a Descontos Obtidos
e) Caixa
a Vendas a Prazo
a Descontos Obtidos

08) A movimentação do patrimônio ocorre por meio de negócios realizados entre a empresa e as entidades que com ela se relacionam.
Essa movimentação gera a escrituração, que se processa para fins de elaboração dos relatórios contábeis, por intermédio:

a) do direcionamento contábil
b) da objetividade.
c) do lançamento.
d) da tramitação da documentação.
e) da união real dos valores patrimoniais.

09) O lançamento a débito de mercadorias e a CRÉDITO de caixa representa um(a):

a) aquisição de mercadorias a prazo.


b) aquisição de mercadorias à vista.
c) venda de mercadorias à vista.
d) venda de mercadorias a prazo.
e) Compromisso de alienação de mercadorias, que deverá se realizar em uma oportunidade seguinte.

10) Observe o seguinte lançamento, constante do Diário da Firma Orquídeas - ME, do qual foi, cuidadosa e didaticamente, suprimido o
histórico para fins de estudo.

Duplicatas Descontadas
a Diversos
valor que se registra em decorrência, a saber;
a Bancos c/ Movimento.............................................$ 1.300,00
a Duplicatas a Receber.............................................$ 2.700,00 $ 4.000,00

O histórico suprimido no lançamento supra descrito deverá descrever a:

a) quitação de desconto bancário, com devolução de duplicatas não recebidas.


b) quitação de desconto bancário, com liquidação de duplicatas recebidas.
c) contratação de desconto bancário, com entrega de duplicatas, recebendo parte do dinheiro em conta corrente.
d) quitação de desconto bancário, com devolução de duplicatas não recebidas e liquidação de duplicatas recebidas.
e) quitação de desconto bancário, com liquidação de duplicatas recebidas e devolução de duplicatas não recebidas.
11) Entre as formalidades extrínsecas e intrínsecas dos Livros de Escrituração, destacamos as abaixo indicadas, exceto:

a) Termos de abertura e de encerramento.


b) Registro na Junta Comercial (autenticação).
c) Numeração tipográfica e seqüencial das folhas.
d) Escrituração em ordem cronológica de dia, mês e ano.
e) Existência de emendas, rasuras e espaço em branco.

12) Dos lançamentos abaixo, apenas um não está correto, no seu todo. Assinale a opção que aponta tal registro contábil.

a) Salários e Ordenados
a Diversos
valor da folha de paga-
mento do mês, como se-
gue:
SaIários a Pagar
valor líquido do mês 900,00
Contribuições a Recolher
Previdência Social consig-
nada aos empregados 99,00 999,00

b) Estoque de Materiais
a Diversos
n/compra d/data conf. NF
xxx, como segue:
Matérias Primas
preço de custo que ora se
estoca 1.760,00
ICMS a Recuperar
incidência a 12% 240,00 2.000,00

c) Diversos
a Receita Bruta de Vendas
n/vendas conf. NF abcd,
como segue:
Caixa
vIr, recebido n/data 380,00
Duplicatas a Receber
vlr. n/emissão 500,00
ICMS a Recolher
incidência a 12% 120,00 1.000,00

d) Diversos
a Salários a Pagar
Valor da folha de paga-
mento do mês, como se-
gue:
Salários e Ordenados
Valor liquido do mês 801,00
Contribuições a Recolher
Previdência Social consig-
nada aos empregados 99,00 900,00

e) Diversos a Fornecedores
n/compra a prazo, conf. NF
xyxy, como segue:
Matérias Primas
preço de custo que ora se
estoca 1.760,00
ICMS a Recuperar
incidência a 12% 240,00
IPl a Recuperar
incidência a 5% 100,00 2.100,00

13) Assinale, abaixo, a opção que não se enquadra no complemento da frase:

A companhia deve ter, além dos livros obrigatórios para qualquer comerciante, os seguintes, revestidos das mesmas formalidades
legais:

a) Livro de Registro de Ações Ordinárias


b) Livro de Atas das Assembléias-Gerais
c) Livro de Presença de Acionistas
d) Livro de Atas e Pareceres do Conselho Fiscal
e) Livro de Transferência de Ações Nominativas

14) A empresa Comércio Aberto Ltda. realizou as seguintes operações ao longo do mês de setembro de 20X1:

I venda a vista de mercadorias por $ 300,00, com lucro de 20% sobre as vendas;
II. pagamento de duplicatas de $ 100,00, com juros de 15%;
III. prestação de serviços por $ 400,00, recebendo, no ato, apenas 40%; e
IV. pagamento de títulos vencidos no valor de $ 200,00, com desconto de 10%.

Analisando as operações acima listadas podemos afirmar que, em decorrência delas:

a) o ativo recebeu débitos de $ 460,00.


b) o ativo aumentou em $ 165,00.
c) o patrimônio liquido aumentou em $ 460,00.
d) o passivo recebeu créditos de $ 300,00.
e) o passivo diminuiu em $ 335,00.

15) A empresa Lima S/A, que negocia com máquinas usadas, em 30 de abril, promoveu uma venda dos seguintes itens:

um trator de seu estoque de vendas, vendido por $ 35.000,00; um jeep de seu imobilizado, vendido por $25.000,00; e um imóvel de
sua propriedade, vendido por $ 70.000,00.

A operação de venda não sofrerá nenhum grava-me fiscal, a não ser de imposto de renda sobre eventuais lucros ao fim do ano e que
serão calculados naquela ocasião.
Os dados para custeamento da transação foram os seguintes:
- o trator foi adquirido por $ 28.000,00, tem vida útil de 10 anos e já estava na empresa há dois anos e meio;
- o jeep foi adquirido por $ 20.000,00, tem vida útil de 8 anos e já estava na empresa há dois anos;
- o imóvel foi adquirido por $ 80.000,00, tem uma edificação equivalente a 40% do seu valor, com vida útil estimada em 25 anos e já
estava na empresa há dez anos.

Considerando essas informações, podemos afirmar que, na operação de venda, a empresa alcançou um lucro global de:

a) $26.200,00
b) $26.000,00
c) $21.000,00
d) $19.800,00
e) $ 14.000,00

16) O patrimônio da Cia. CQSABE S/A foi devidamente apurado em 31.12.X1, data do encerramento do exercício, demonstrando os
dados abaixo, em ordem alfabética.

Ações de Coligadas $ 900,00


Ações de Curto Prazo $ 600,00
Ações em Tesouraria $ 400,00
Adiantamento a Fornecedores $ 200,00
Amortização Acumulada $ 400,00
Bancos e/Movimento $1.000,00
Capital a Integralizar $ 700,00
Capital Social $7.000,00
Débitos de Coligadas $1.300,00
Depreciação Acumulada $ 400,00
Duplicatas Descontadas $1.200,00
Duplicatas a Receber $5.000,00
Duplicatas a Pagar $2.000,00
Estoques de Mercadorias $4.500,00
Fornecedores $3.200,00
Gastos Pré-Operacionais $1.400,00
Máquinas e Equipamentos $2.100,00
Prejuízos Acumulados $ 200,00
Provisão para Ajuste de Estoques $ 200,00
Provisão para Férias $ 700,00
Provisão para Perdas em Investimentos$ 300,00
Reserva para Contingências $ 800,00
Reserva Legal $ 600,00
Reserva de Reavaliação $1.500,00

A elaboração do Balanço Patrimonial, com base nas contas e nos saldos acima, certamente demonstrará:

a) Ativo Permanente no valor de $ 3.600,00


b) Patrimônio Bruto no valor de $ 14.500,00
c) Patrimônio Liquido no valor de $ 9.000,00
d) saldos credores no valor de $ 14.500,00
e) saldos devedores no valor de $ 18.100,00

17) Ao encerrar seu Balanço em 31/12/xx, a empresa Delta procedeu, face à desvalorização do real ($), à atualização de uma dívida
em moeda estrangeira contratada para a aquisição de um helicóptero para o transporte diário de seu presidente. A divida original em
30/11/xx equivalia a $1 milhão, sendo atualizada para $1,1 milhão em 31/12/xx. A variação de $ 100 mil foi creditada no passivo e
debitada à conta:

a) Custo dos Produtos Vendidos - Variações Monetárias Passivas;


b) Despesas Operacionais - Variações Monetárias Passivas;
c) Despesas Não-Operacionais - Variações Monetárias Passivas
d) Custo dos Produtos Vendidos- Juros sobre Financiamento em Moeda Estrangeira;
e) Despesas Operacionais - Juros sobre Financiamento em Moeda Estrangeira.

18) A Fábrica de Pré-moldados, contribuinte de IPI e ICMS, adquiriu uma partida de materiais préindustrializados para uso industrial. A
operação foi realizada a prazo, pagando-se, no ato, apenas 10% da compra mais frete e seguros.
Emitida a nota fiscal lxxx3, dela constavam: quantidade 4.000 unidades; preço unitário $ 2,50; ICMS 17%; IPI 12%, frete e seguros 2%
do preço.

Assinale o lançamento correto para contabilizar a operação.

a) Diversos
a Diversos
Materiais $ 6.900,00
IPI a Recuperar $ 1.200,00
ICMS a Recuperar $ 1.700,00
Fretes e Seguros $ 200,00 $ 10.000,00
a Caixa $ 1.000,00
a Fornecedores $ 9.000.00 $ 10.000,00

b) Diversos
a Diversos
Materiais $ 8.300,00
IPI a Recuperar $ 1.200,00
ICMS a Recuperar $ 1.700,00
Fretes e Seguros $ 200,00 $ 11.400,00
a Caixa $ 1.320,00
a Fornecedores $ 10.080,00 $ 11.400,00

c) Diversos
a Diversos
Materiais $ 8.500,00
IPI a Recuperar $ 1.200,00
ICMS a Recuperar $ 1.700,00 $ 11.400,00
a Caixa $ 1.140,00
a Fornecedores $ 10.260,00 $ 11.400,00

d) Diversos
a Diversos
Materiais $ 8.500,00
IPI a Recuperar $ 1.200,00
ICMS a Recuperar $ 1.700.00 $ 11.400.00
a Caixa $ 1.320,00
a Fornecedores $ 10.080,00 $ 11.400,00

e) Diversos
a Diversos
Materiais $ 9.700,00
ICMS a Recuperar $ 1.700,00 $ 11.400.00
a Caixa $ 1.320,00
a Fornecedores $ 10.260,00 $ 11.400,00

19) Um adiantamento de salário concedido a empregado pode ser contabilizado da seguinte forma:

a) Debita Adiantamento a Empregados e Credita Salários a Pagar.


b) Debita Caixa e Credita Salários a Pagar.
c) Debita Adiantamento a Empregados e Credita Caixa.
d) Debita Contas a Receber e Credita Receitas Eventuais.
e) Debita Despesas de Salários e Credita Caixa

20) Assinale a alternativa correta.

Observe o lançamento abaixo:

D - Duplicatas a Pagar 100.000,00


C – Bancos 98.000,00
C - Descontos Obtidos 2.000,00

A operação que deu origem a esse lançamento é:

a) alienação de bens a prazo, com desconto;


b) aquisição de bens a prazo;
c) aquisição de bens com desconto;
d) pagamento de dívidas com desconto.
e) recebimento de duplicatas com desconto.

21) A emissão de um cheque no valor de $ 500,00 para pagamento de uma duplicata, com juros de 25%, deve receber o seguinte
lançamento contábil:
a)
C - Bancos com Movimento 500,00
D - Duplicatas a Pagar 400,00
D - Juros Passivos 100,00

b)
D - Duplicatas a pagar 600,00
C - Bancos com Movimento 500,00
C - Despesas de Juros 100,00

c)
C - Bancos com Movimento 625,00
D - Duplicatas a Pagar 500,00
D - Juros Passivos 125,00

d)
D - Bancos com Movimento 500,00
C - Duplicatas a Pagar 400,00
C - Despesas de Juros 100,00
e)
D - Bancos com Movimento 400,00
C - Duplicatas a Pagar 300,00
C - Despesas de Juros 100,00

22) O seguinte lançamento foi extraído do livro Diário de uma empresa:

C – Máquinas e Equipamentos $ 800


D – Duplicatas a Receber $ 130
D – Caixa $ 140
D – Depreciações Acumuladas $ 500
D – Resultados não Operacionais $ 30

Analisando o mesmo conclui-se tratar-se:


a) da venda de um bem do Ativo Permanente com lucro.
b) da venda de um bem do Ativo Permanente com prejuízo.
c) da venda de um bem do Ativo Permanente totalmente depreciado.
d) da venda de um bem do Ativo Permanente sem depreciação.
e) da venda de um bem do Ativo Permanente com prejuízo.

23) A Empresa Comercial Alfenas Ltda. adota o critério de inventário permanente. Num determinado dia ela comprou mercadoria à
vista no valor de $ 200.000,00. A alíquota do ICMS era de 17%. Os lançamentos referentes a esta transação são:

(A) Compras
A Caixa $ 200.000,00
----------
ICMS a Recuperar
A ICMS $ 34.000,00

(B) Diversos
A Caixa
Mercadorias (Estoques) $ 166.000,00
ICMS a Recuperar $ 34.000,00 $ 200.000,00

(C) Mercadorias (Estoques)


A Caixa $ 200.000,00
_______
ICMS a Recuperar
A ICMS a Recolher $ 34.000,00

(D) Mercadorias (Estoques)


a Diversos
a Caixa $ 166.000,00
a ICMS a Recolher $ 34.000,00 $ 200.000,00

(E) Mercadorias (Estoques)


a Diversos
a Caixa $ 166.000,00
a ICMS a Recuperar $ 34.000,00 $ 200.000,00

24) De acordo com as Normas Brasileiras de Contabilidade, é forma de retificação de lançamento:

a) o estorno, quando uma conta foi indevidamente debitada ou creditada.


b) a anulação, quando o fato objeto do registro não ocorreu.
c) a suplementação, quando houve registro de valor superior ao devido.
d) a complementação, para aumentar ou reduzir o valor anteriormente registrado.
e) a transferência, quando houve inversão das contas debitada e creditada.

25) A Serviços Totais Ltda. realizou as seguintes operações em determinado período contábil:

· recebeu adiantamentos de clientes, por conta de serviços a serem prestados: $ 12.000;


· prestou serviços, por conta dos recebimentos antecipados: $ 6.000;
· prestou serviços, contra pagamentos à vista: $ 12.000;
· prestou serviços, para recebimento a prazo: $ 8.000.
No final do período, as operações acarretaram o seguinte efeito:

(A) receitas de serviços no valor de $ 26.000.


(B) aumento na conta Caixa de $ 32.000.
(C) receitas de serviços no valor de $ 32.000.
(D) aumento na conta Caixa de $ 12.000.
(E) obrigação para com Clientes de $ 12.000.

26) Referem-se às formalidades extrínsecas do livro diário:

(A) Páginas numeradas tipograficamente e os termos de abertura e de encerramento;


(B) Páginas numeradas tipograficamente e escrituração sem borrões, rasuras e escritos nas entrelinhas;
(C) Escrituração em idioma e moeda nacional;
(D) Escrituração em ordem cronológica e os termos de abertura e de encerramento.
(E) Escrituração em ordem cronológica e os termos de encerramentos sem rasuras ou emendas.

27) É considerado único livro obrigatório segundo o código comercial:

(A) Razão;
(B) Caixa;
(C) Diário;
(D) Contas correntes;
(E) LALUR.

28) A Empresa Sergipe, apresentava no dia 1° de Maio o seguinte patrimônio: Caixa $ 30.000, Fornecedores $ 12.000, Clientes $
8.000, e Mercadorias $ 8.000, No dia seguinte, realizou uma única operação e seu novo patrimônio passou a ser de: Caixa $ 26.000,
Fornecedores $ 9.000, Clientes $ 8.000, e Mercadorias $ 8.000. Comparando-se os patrimônios nas duas datas, afirmarmos que a
operação realizada foi:

(A) o pagamento de dívidas no valor de $ 4.000;


(B) o recebimentos de direitos no valor de $ 4.000, com desconto de $ 1.000;
(C) o pagamento de dívidas no valor de 3.000, com encargos de $ 1.000;
(D) recebimento de direitos no valor de $ 3.000;
(E) o pagamento de dívidas no valor de $ 4.000, com desconto de $ 1.000.

29) A aquisição de mercadorias a prazo, em uma empresa, caracteriza um lançamento:

(A) de quarta fórmula;


(B) de terceira fórmula;
(C) de primeira fórmula;
(D) de segunda fórmula;
(E) de quinta fórmula.

30) Em uma empresa, o contador efetuou o registro da seguinte conta devedora: “Despesas Com Depreciação”, com base neste
lançamento, qual é a respectiva conta credora da partida acima.

(A) Despesas com depreciação;


(B) Depreciação de serviços;
(C) Despesas com exaustão;
(D) Depreciação acumulada;
(E) Depreciação conta despesa.

31) O Balancete de verificação da Cia Albatroz LTDA, apresentava-se com os seguintes saldos de contas: Caixa $170.000;
Mercadorias $ 450.000; Imóveis $ 720.000; Lucros Acumulados $ 20.000; Capital $ 600.000; Móveis e Utensílios $ 45.000; Clientes $
35.000, Títulos a pagar $ 150.000.
Foi omitido o saldo da conta Duplicatas a Pagar. Calcule-o e, a seguir, assinale a alternativa correspondente:

(A) $ 680.000;
(B) $ 720.000;
(C) $ 700.000;
(D) $ 650.000;
(E) $ 950.000.

Capítulo 05
Operações com Mercadorias

01) A empresa Comércio Varejista Ltda. avalia seus estoques de bens de venda ao custo das últimas entradas e calcula o custo das
vendas em períodos mensais. No mês de outubro do ano X0 foram colhidas as seguintes informações em relação ao movimento de
compras e vendas:

vendas a prazo 12.000,00


vendas a vista 15.000,00
devolução de vendas 500,00
ICMS sobre vendas 2.500,00
ICMS sobre compras 2.200,00
estoque em 30 de setembro 4.000,00
compras a vista 7.000,00
compras a prazo 8.000,00
devolução de compras 1.000,00
abatimento no preço de compra 200,00

Considerando que durante todo o mês de outubro a empresa não conseguiu vender 2/5 da quantidade de mercadorias que tinha
disponíveis para venda no período, e fazendo a contabilização correta do movimento realizado, podemos dizer em relação a esse mês
que:
a) o ICMS de outubro a recolher em novembro é de $ 2.500,00.
b) o custo da mercadoria vendida no período alcançou $ 7.120,00.
c) as vendas do mês deram um lucro operacional bruto de $ 13.320,00.
d) o estoque final de mercadorias foi avaliado em $ 10.680,00.
e) a receita líquida de vendas alcançou o montante de $ 26.200,00.

02) Durante o inventário físico, se houver subavaliação de estoques ao final de determinado exercício, este fato:

a) Reduz o lucro bruto do exercício findo e aumenta o lucro do exercício seguinte.


b) Reduz o lucro bruto do exercício findo, mas não afeta o resultado do exercício seguinte.
c) Aumenta o lucro bruto do exercício findo e do exercício seguinte.
d) Aumenta o lucro bruto do exercício findo e reduz o do exercício seguinte.
e) Aumenta o lucro bruto do exercício findo, mas não afeta o do exercício seguinte.

18) Balanço Patrimonial

Contas Ativo Contas Passivo


$ $
Circulante 41.500 Circulante 21.500
Disponibilidades 2.500 Fornecedores 10.000
Duplicatas a receber 30.000 Impostos a Pagar 1.500
Estoques 9.000 Patrimônio Líquido 42.000
Permanente 22.000 Capital Social 40.000
Prédios 12.000 Lucros Acumulados 2.000
Móveis e Utensílios 10.000
Total 63.500 Total 63.500

Tomando por base o Balanço Patrimonial acima, responda:

O que ocorre na Venda de 50% do Estoque a prazo por $ 5.000,00?

a) Aumento no Ativo de $ 500.


b) Redução do Ativo em $ 4.500.
c) Variação no Patrimônio Líquido de $ 5.000.
d) Alteração somente nas contas patrimoniais.
e) Alteração somente nas contas de resultado.

03) Na maioria das empresas, os estoques representam um dos ativos mais importantes. A sua correta avaliação tem influência direta
na avaliação do resultado da empresa. Se o estoque final for superavaliado, o resultado da Empresa:

a) permanecerá o mesmo.
b) será aumentado.
c) será diminuído.
d) é imprevisível.
e) pode aumentar ou diminuir.

04) Considerando as seguintes afirmações, podemos inferir que:

I. Os fatos contábeis permutativos referem-se as trocas de componentes patrimoniais sem modificação do Patrimônio Líquido.
II. Numa economia em deflação, isto é, os preços baixam a cada nova aquisição ou entrada, o critério PEPS ou FIFO é o que
apresenta o menor CMV.
III. Numa economia com inflação, onde os preços sobem constantemente, o critério UEPS ou LIFO é o que apresenta o menor CMV.
IV. As contas do ativo devem ser ordenadas pelo grau decrescente de liquidez das contas nele registradas.

(A) As afirmações I, II, III e IV estão corretas.


(B) As afirmações I, II e III estão corretas.
(C) As afirmações II e IV estão corretas.
(D) As afirmações I e IV estão corretas.
(E) As afirmações II e III estão corretas.

05) Considerando um saldo da conta “Mercadorias” de $ 7.000,00 e a ocorrência das seguintes transações:
Compra à vista $ 3.000,00
Devolução de Compras $ 500,00
Custo das Mercadorias Vendidas $ 4.000,00

O saldo atual da conta “Mercadorias” é:

a) $ 6.000,00
b) $ 5.500,00
c) $ 6.500,00
d) $ 10.500,00
e) $ 10.000,00

06) A Cia Ponte Nova iniciou suas atividades em 01.11.20X2. Durante o mês de novembro, a movimentação relativa a uma
determinada mercadoria foi:

Data Operação Valor total ($)


05.11.ano A Compra de 50 unidades 5.000,00*
17.11.ano A Venda de 12 unidades 1.320,00
24.11.ano A Compra de 20 unidades 2.100,00*
30.11.ano A Venda de 15 unidades 1.680,00
* valor líquido de ICMS

Se na avaliação dos estoques utilizar o método PEPS, qual será o valor do estoque final?

a) $ 4.000,00
b) $ 4.100,00
c) $ 4.400,00
d) $ 4.300,00
e) $ 4.200,00

07) A empresa XIS apresenta a seguinte situação em 30/12/X1

ATIVO (Em $) PASSIVO + PL (Em $)


Caixa 2.800,00 Fornecedores 5.000,00
Clientes 3.500,00 Empréstimos CP 3.100,00
Mercadorias 4.800,00 *
Móv.Utens. 4.600,00 Patr.Líquido 7.600,00
Total 15.700,00 Total 15.700,00
* O estoque de mercadorias em 30/12/X1 é de 400 unidades do produto “A”

Foram efetuadas as seguintes transações em 31/12/X1:

• Venda à vista de 250 unidades ao preço unitário de $ 18,00


• Pagamento de salários no valor de $ 2.300,00
• Pagamento de duplicata a fornecedor no valor de $ 1.850,00

Após o registro das transações acima, a empresa apresenta:

a) ativo $ 16.050,00; patrimônio líquido $ 6.800,00; mercadorias $ 4.800,00


b) ativo $ 13.050,00; passivo $ 8.100,00; patrimônio líquido $ 4.950,00
c) mercadorias $ 1.800,00; ativo $ 13.050,00; patrimônio líquido $ 7.600,00
d) ativo $ 13.050,00; patrimônio líquido $ 6.800,00; mercadorias $ 1.800,00
e) ativo $ 17.050,00; patrimônio líquido $ 6.800,00; mercadorias $ 4.900,00

08) Na Contabilidade de uma empresa, que utiliza o sistema de inventário permanente, encontramos o seguinte lançamento de 4ª
fórmula, relativo a uma devolução de mercadorias vendidas a prazo:

D – Devolução de Vendas 2.000


D – Estoque de Mercadorias 1.300
D – ICMS a recolher 340
C – Clientes 2.000
C – ICMS sobre Vendas 340
D – Custo das Mercadorias Vendidas 1.300

Em decorrência deste lançamento, a Receita Líquida de Vendas e o Resultado Operacional Bruto ficaram, respectivamente, alterados
em:

a) 1.660 e 360.
b) 360 e 1.360.
c) 700 e 360.
d) 1.300 e 340.
e) 1.000 e 100.
09) A empresa ComTêxtil Ltda. trabalha, exclusivamente, com o tecido “beta”. Em 20 de outubro negociou uma partida nos seguintes
termos:

- aquisição de 2.000 metros ao preço unitário de $ 5,00;


- pagamento em moeda corrente na apresentação da nota;
- tributação de ICMS sobre a compra e transporte, no valor de $ 1.200,00;
- tributação de IPI sobre a compra, no valor de $ 500,00;
- fretes e seguro relativos à operação de compra, no valor de $ 300,00.

De posse dos documentos decorrentes da operação acima exemplificada, o contador promoveu lançamentos na forma seguinte.
Assinale o registro correto, sabendo-se que a empresa é contribuinte do ICMS e não-contribuinte do IPI.

a) Diversos
a Caixa
pelas aquisições desta
data, como segue:
Mercadorias $ 10.000,00 $
ICMS a Recuperar 1.200,00 $
IPI a Recuperar 500,00
Despesas Acessórias
(Fretes e Seguros) $ 300,00 $ 12.000,00

b) Diversos
a Caixa
pelas aquisições desta
data, como segue:
Mercadorias $ 10.300,00 $
ICMS a Recuperar 1.200,00 $
IPI a Recuperar 500,00 $ 12.000,00

c) Diversos
a Caixa
pelas aquisições desta
data, como segue:
Mercadorias $ 9.100,00 $
ICMS a Recuperar 1.200,00 $
IPI a Recuperar 500,00 $ 10.800,00

d) Diversos
a Caixa
pelas aquisições desta
data, como segue:
Mercadorias $ 9.600,00 $
ICMS a Recuperar 1.200,00 $ 10.800,00

e) Diversos
a Caixa
pelas aquisições desta
data, como segue:
Mercadorias $ 9.100,00 $
ICMS a Recuperar 1.200,00 $ 10.300,00

10) Durante o mês de outubro a ficha de estoque do item “Botinas Zebu” apresentou os seguintes saldos físicos e financeiros:
em 28.10: saldo físico: 100 unidades; saldo financeiro: $ 5.000,00
em 29.10: saldo físico: 200 unidades; saldo financeiro: $ 12.000,00
em 30.10: saldo físico: 100 unidades; saldo financeiro: $ 6.000,00

- as entradas do mês foram tributadas em 12% com ICMS


- as saídas do mês foram tributadas em 17% com ICMS
- a receita líquida de vendas do dia 30.10 foi de $ 8.000,00
- todo o movimento da conta está contido acima

Promovendo-se os cálculos específicos a partir dos dados de outubro, podemos afirmar que:

a) o preço unitário de venda foi de $ 96,39.


b) o custo unitário das vendas foi de $ 70,00.
c) o preço unitário das compras de 29/10 foi de $ 60,00.
d) em 29/10 o estoque foi acrescido de $ 60,00 por unidade.
e) o lucro bruto alcançou $ 6,40 por unidade.

11) A Metalúrgica Tomé utiliza o Sistema de Inventário Periódico, trabalhando com três contas básicas: Mercadorias, Compras de
Mercadorias e Vendas de Mercadorias.
Antes de contabilizar os ajustes de ICMS nas entradas e saídas de mercadorias, a Contabilidade apresentava os seguintes saldos:

Mercadorias $ 24.000,00;
Compras de Mercadorias $ 254.000,00;
Vendas de Mercadorias $ 474.000,00;
Lucro Bruto $ 196.000,00.

Após contabilizar os ajustes de ICMS à alíquota de 10%, a empresa vai apurar que:

a) o inventário final é nulo (não há estoques).


b) não há dados para apurar o estoque final.
c) o ICMS a Recolher será de $ 47.400,00.
d) o Lucro Bruto será de $ 176.400,00.
e) o Lucro Bruto será de $ 174.000,00.

12) Quando o inventário inicial de mercadorias for subavaliado se verificará a seguinte situação:

(A) O inventário final será subavaliado;


(B) O lucro líquido do período será subavaliado;
(C) O lucro líquido do período será superavaliado;
(D) O inventário final será superavaliado;
(E) O custo das mercadorias vendidas será subavaliado.

13) O Lucro Bruto na empresa comercial é contabilizado como RCM - Resultado com Mercadorias. A equação base para encontrar o
RCM é:

(A) RCM = Vendas – Estoque inicial – Compras + Estoque final;


(B) RCM = Vendas – Estoques;
(C) RCM = Vendas – Estoques + Compras;
(D) RCM = Estoque inicial + Compras – Estoque final;
(E) RCM = Vendas – Estoque inicial + Compras – Estoque final.

14) A Comercial Total Ltda, apresentou em 31/12/X5, a seguinte movimentação em relação a seu inventário de mercadorias:

DATA NATUREZA DA OPERAÇÃO VALOR Unitário (em


$)
05.12.X5 Estoque de 15 Unidades 8,00
15.12.X5 Aquisição de 17 Unidades 10,00
20.12.X5 Venda de 12 Unidades 20,00
22.12.X5 Venda de 15 Unidades 30,00
28.12.X5 Aquisição de 15 Unidades 12,00
30.12.X5 Venda de 10 Unidades 30,00
(*) Líquido de ICMS.

O Valor do Estoque Final, avaliado pelo método PEPS, atingiu o montante de(Em $):

(A) $ 350,00;
(B) $ 120,00;
(C) $ 144,00;
(D) $ 470,00;
(E) $ 110,00.
Capítulo 06
Demonstrações Contábeis

01) O Contador da nossa firma recebeu para classificação e contabilização os documentos referentes aos seguintes fatos ocorridos em
determinado mês:

I - contrato de empréstimo no banco no valor de 1.200,00 com encargos de 10%;


II - pagamento de um título de 650,00 com desconto de 10%;
III - recebimento de um título de 460,00, com juros de 10%;
IV - recebimento do aluguel do mês no valor de 38,00;
V - registro dos impostos do mês para recolhimento posterior, no valor de 12,00;
VI - compra a prazo de máquinas para uso por 1.000,00 pagando 40% de entrada;
VII - pagamento de um título de 450,00 com juros de 10%;
VIII - recebimento de um título de 360,00 com desconto de 10%;
IX - pagamento do aluguel do mês no valor de 28,00;
X - registro de serviço realizado para recebimento a prazo, no valor de 52,00.

Considerando, exclusivamente, a contabilização desses fatos, podemos afirmar que:

(A) o lucro alcançado nas operações foi de $ 40,00.


(B) no balanço patrimonial o valor do passivo exigível alcançou $ 672,00.
(C) no balancete de verificação a soma dos saldos devedores é $ 913,00.
(D) no balanço patrimonial a soma do grupo ativo alcançou $ 712,00.
(E) o valor total creditado foi $ 2.013,00.

02) Em 31 de dezembro de 19x9, o Contador da firma Ataque LTDA. apresenta as seguintes contas e saldos, extraídos do livro Razão:

CONTAS SALDOS ($)


Caixa 250
Duplicatas a Pagar 650
Lucros Acumulados 130
Aluguéis Passivos 140
Comissões Ativas 30
Receita de Juros 110
Impostos a Recolher 300
Veículos 900
Custo das Vendas 600
Receita de Vendas 900
Despesas de Juros 130
Clientes 360
Móveis e Utensílios 540
Capital Social 950
Impostos Federais 200
Salários 450
Fornecedores 880
FGTS a Recolher 200

Conferimos essa listagem e verificamos que o balancete não está fechado, pois a soma dos saldos devedores não está com valor igual
à soma dos saldos credores. Mesmo assim, certificamo-nos de que as contas diferenciais estão todas representadas com saldos
corretos na relação acima. Deste modo, podemos afirmar que o Patrimônio Líquido contido na listagem apresentada soma o valor de:

(A) $ 1.080,00.
(B) $ 710,00.
(C) $ 800,00.
(D) $ 910,00.
(E) $ 600,00

Instruções: As questões de números 03 a 07 devem ser respondidas tendo em conta os valores cobrados em cada uma delas e os
demonstrativos resultantes dos dados apresentados abaixo.

Caixa e Bancos.......................................................................................... 10
Investimentos em Controladas.................................................................. 20
Clientes...................................................................................................... 100
Estoque de Materiais Diversos.................................................................. 5
Terrenos para Ampliações......................................................................... 35
Máquinas e Ferramentas........................................................................... 120
Compras de Materiais Diversos................................................................. 17
Ativo Diferido.............................................................................................. 15
Financiamentos de Longo Prazo............................................................... 40
Provisão para Créditos Incobráveis........................................................... 5
Depreciação Acumulada............................................................................ 60
Amortização Acumulada do Diferido......................................................... 5
Fornecedores............................................................................................. 70
Contas a Pagar.......................................................................................... 35
Capital ....................................................................................................... 85
Reservas de Lucros................................................................................... 25
Receitas Operacionais menos Impostos Devoluções e Descontos....200
Despesas Operacionais menos Receitas Financeiras............................. 23
Custo dos Serviços Prestados menos Materiais Aplicados...................... 100

Dados para os ajustes a serem feitos: O inventário final de Materiais Diversos apontou o valor de 15. Constituição de Provisão para
Créditos Incobráveis de 10%. Depreciação mensal com base na taxa anual de 20%. Amortização do mês do ativo diferido no valor de
3%. Provisão para imposto de renda no valor de 10. Distribuição do resultado após participação de 20% dos administradores no lucro:
para reserva de lucros 10% e para pagamento de dividendos 30%.

03) Ativo Circulante

(A) $ 100
(B) $ 105
(C) $ 110
(D) $ 115
(E) $ 155

04) Ativo Permanente - Imobilizado

(A) $ 98
(B) $ 58
(C) $ 56
(D) $ 55
(E) $ 53

05) Passivo Circulante

(A) $ 105
(B) $ 117
(C) $ 125
(D) $ 135
(E) $ 137

06) Patrimônio Líquido

(A) $ 138
(B) $ 134
(C) $ 124
(D) $ 114
(E) $ 110

07) Lucro Líquido do Exercício


(A) 60
(B) 50
(C) 40
(D) 30
(E) 20

08) Ao fim de cada exercício social, a Diretoria fará elaborar, com base na escrituração mercantil da companhia, as seguintes
demonstrações financeiras, que deverão exprimir com clareza a situação do patrimônio da companhia e as mutações ocorridas no
exercício: Com base nas informações acima indique a proposição que responde corretamente ao indicado pela Lei das Sociedades por
ações.

(A) balanço patrimonial, demonstração do resultado do exercício, demonstração das origens e aplicações de recursos;
(B) demonstração dos lucros ou prejuízos acumulados e demonstração do resultado do exercício;
(C) demonstração do resultado do exercício e demonstração das origens e aplicações de recursos;
(D) demonstração das origens e aplicações de recursos;
(E) notas explicativas.

09) Com base nas informações abaixo indique a proposição que responde corretamente ao indicado abaixo.

I. As demonstrações de cada exercício serão publicadas com a indicação dos valores correspondentes das demonstrações do
exercício seguinte.
II. Nas demonstrações, as contas semelhantes poderão ser agrupadas; os pequenos saldos poderão ser agregados, desde que
indicada a sua natureza e não ultrapassem 0,1 (um décimo) do valor o respectivo grupo de contas; mas é vedada a utilização
de designações genéricas, como "diversas contas" ou "contas-correntes".
III. As demonstrações financeiras registrarão a destinação dos lucros segundo a proposta dos órgãos da administração, no
pressuposto de sua aprovação pela chefe do almoxarifado.
IV. As demonstrações não poderão ser complementadas por notas explicativas e outros quadros analíticos ou demonstrações
contábeis necessários para esclarecimento da situação patrimonial e dos resultados do exercício.

(A) A afirmativa I está correta


(B) A afirmativa II está correta
(C) A afirmativa III está correta
(D) A afirmativa IV está correta
(E) As afirmativas I e III estão corretas.

10) Indique qual a opção correta.

A demonstração do resultado do exercício discriminará em ordem decrescente e dedutiva:

I. a receita bruta das vendas e serviços, as deduções das vendas, os abatimentos e os impostos;
II. a receita líquida das vendas e serviços, a receita bruta, o custo das mercadorias e serviços vendidos e o lucro bruto;
III. a receita bruta as despesas com as vendas, as despesas financeiras, deduzidas das receitas, as despesas gerais e
administrativas, e outras despesas operacionais:
IV. o lucro bruto, as receitas e despesas não operacionais e o saldo da conta de correção monetária;

(A) A afirmativa I está correta


(B) A afirmativa II está correta
(C) A afirmativa III está correta
(D) A afirmativa IV está correta
(E) As afirmativas I e II estão corretas.

11) Na determinação do resultado do exercício serão computados:

(A) as receitas e os rendimentos ganhos no período, independentemente da sua realização em moeda;


(B) os custos, despesas, encargos e perdas, não pagos ou não incorridos, correspondentes a essas receitas e rendimentos;
(C) somente as receitas;
(D) somente os encargos e perdas incorridos;
(E) somente as despesas pagas.

12) Sobre a demonstração de lucros ou prejuízos acumulados pode-se afirmar:

I. o saldo do início do período, os ajustes de exercícios anteriores e a correção monetária do saldo inicial;
II. as reversões de reservas e o lucro líquido do exercício;
III. as transferências para reservas, os dividendos, a parcela dos lucros incorporada ao capital e o saldo ao fim do período.
IV. a demonstração de lucros ou prejuízos acumulados não deverá indicar o montante do dividendo por ação do capital social e
não poderá ser incluída na demonstração das mutações do patrimônio líquido, se elaborada e publicada pela companhia.

(A) A afirmativa I está incorreta;


(B) A afirmativa II está incorreta;
(C) A afirmativa III está incorreta;
(D) A afirmativa IV está incorreta;
(E) As afirmativas I e II estão corretas.

13) A demonstração das origens e aplicações de recursos indicará as modificações na posição financeira da companhia, discriminando
as aplicações de recursos, agrupadas em:

(A) dividendos recebidos;


(B) aquisição de obrigações do ativo imobilizado;
(C) aumento do ativo realizável a longo prazo, dos investimentos e do ativo diferido; redução do passivo exigível a longo prazo;
(D) receitas a vista;
(E) despesas pagas.

14) Em relação as demonstrações financeiras, as notas explicativas deverão indicar:

I. Os principais critérios de avaliação dos elementos patrimoniais, especialmente estoques, dos cálculos de depreciação,
amortização e exaustão, de constituição de provisões para encargos ou riscos, e dos ajustes para atender a perdas prováveis
na realização de elementos do ativo;
II. Os investimentos em outras sociedades, quando relevantes;
III. O aumento de valor de elementos do ativo resultante de novas avaliações;
IV. Os ônus reais constituídos sobre elementos do Passivo, as garantias não prestadas a terceiros e outras responsabilidades
eventuais ou contingentes;

(A) A afirmativa I está incorreta.


(B) A afirmativa II está incorreta.
(C) A afirmativa III está incorreta.
(D) A afirmativa IV está incorreta.
(E) As afirmativas I e II estão corretas.

15) A Demonstração Contábil que relata o montante de despesas administrativas incorridas durante o ano:

(A) Balanço Patrimonial


(B) Demonstração do Resultado do Exercício
(C) Demonstração das Mutações do Patrimônio Líquido
(D) Notas Explicativas
(E) Demonstração de Origens e Aplicação de Recursos.
16) Demonstração Contábil que informa a composição do lucro que a entidade apurou durante o exercício social:

(A) Balanço Patrimonial


(B) Demonstração do Resultado do Exercício
(C) Demonstração das Origens e Aplicações de Recursos
(D) Notas Explicativas
(E) Mutação do Patrimônio Líquido.

17) A Demonstração Contábil que informa o valor dos bens da entidade adquiridos durante o ano:

(A) Balanço Patrimonial


(B) Demonstração do Resultado do Exercício
(C) Demonstração das Mutações do Patrimônio Líquido
(D) Demonstração das Origens e Aplicações de Recursos
(E) Mutação do Patrimônio Líquido.

18) A Demonstração Contábil que informa o valor dos novos empréstimos bancários que ingressaram na entidade durante o exercício
social:

(A) Notas Explicativas


(B) Demonstração das Origens e Aplicações de Recursos
(C) Demonstração das Mutações do Patrimônio Líquido
(D) Demonstração do Resultado do Exercício
(E) Mutação do Patrimônio Líquido.

Com base no texto abaixo, responda da questão 72 à questão 75:

Dados extraídos da Demonstração de Resultado do Exercício e de registros auxiliares de contabilidade de uma sociedade anônima
que se dedica às atividades de revenda de mercadorias e de prestação de serviços a terceiros:

- Receita da revenda de mercadorias $160.000,00


- Receita de serviços $140.000,00
- Receita decorrente de aplicações no mercado financeiro $ 20.000,00
- Receita de aluguel de imóvel de uso da companhia (durante período de férias coletivas) $ 5.000,00
- Produto da venda de um veículo de uso, cujo valor contábil era de $5.000,00 $ 8.000,00
- ICMS incidente sobre as vendas $ 10.000,00
- ISS incidente sobre os serviços prestados $ 1.000,00
- Desconto a clientes, por antecipação de pagamento $ 4.000,00
- Custo das mercadorias vendidas $ 250.000,00
19) O lucro bruto do exercício foi, portanto, de:

(A) $ 30.000,00
(B) $ 35.000,00
(C) $ 39.000,00
(D) $ 63.000,00
(E) $ 36.000,00

20) O resultado não operacional foi de:

(A) $ 3.000,00
(B) $ 8.000,00
(C) $ 13.000,00
(D) $ 28.000,00
(E) $ 6.000,00

21) O lucro líquido antes do imposto de renda foi de :

(A) $ 30.000,00
(B) $ 35.000,00
(C) $ 39.000,00
(D) $ 63.000,00
(E) $ 36.000,00

22) A receita líquida foi de :

(A) $ 140.000,00
(B) $ 160.000,00
(C) $ 250.000,00
(D) $ 289.000,00
(E) $ 136.000,00

23) O Resultado Operacional Líquido de uma empresa, com os seguintes saldos é:

Caixa $ 1.000,00
Duplicatas a Pagar $ 15.000,00
Instalações $ 8.000,00
Capital Subscrito $ 20.000,00
Receita Bruta de Vendas $ 35.000,00
Despesas Operacionais $ 10.000,00
Custos de Mercadorias Vendidas $ 11.500,00
Veículos $ 8.000,00
Bancos Conta Movimento $ 4.000,00
Duplicatas a Receber $ 12.000,00
INSS a Recolher $ 1.700,00
Lucros e/ou Prejuízos Acumulados $ 3.000,00
Impostos sobre Vendas $ 7.200,00
Receita Não Operacional $ 1.000,00
Mercadorias $ 12.500,00
Seguros a Amortizar $ 1.500,00

(A) $ 6.300,00
(B) $ 7.300,00
(C) $ 16.300,00
(D) $ 27.800,00
(E) $ 16.300,00

24) Uma empresa, modernizando o seu parque industrial, adquiriu um novo equipamento, pagando uma parcela à vista, através de
cheque no valor de $ 250.000, e complementou o valor integral da compra realizada, entregando ao fornecedor um equipamento usado
e já em estado de obsolescência, baixado do seu Ativo Permanente, com um custo histórico de $ 80.000 e já depreciado, até esse
momento, em 60% da sua vida útil.

O novo equipamento adquirido foi registrado no patrimônio da empresa com o valor de:

(A) $ 250.000
(B) $ 282.000
(C) $ 298.000
(D) $ 330.000
(E) $ 292.000
25) A Cia. Atarefada S.A, por decisão de seus administradores, retirou do seu aparelhamento industrial um equipamento já em estado
de completo obsoletismo, vendendo-o à vista por $180.000. Da sua contabilidade foram obtidos alguns dados.

I. no Ativo Permanente-Imobilizado, as contas “Equipamentos e Acessórios” e “Depreciação Acumulada” tinham,


respectivamente, o saldo de $ 2.650.000 e RS 970.000
II. o custo histórico do equipamento baixado era de $450.000 e a sua respectiva depreciação acumulada de $ 180.000
III. antes da realização da baixa e venda do equipamento, o Ativo Total da Companhia era de $ 12.000.000 e o seu Passivo, de $
8.000.000.
IV. Após a operação de venda, o valor contábil de “Equipamentos e Acessórios” e o montante do “Patrimônio Liquido” da empresa
correspondiam, respectivamente, aos seguintes valores:

(A) $ 1.410.000 e $ 4.180.000


(B) $ 1.860.000 e $ 3.820.000
(C) $ 2.200.000 e $ 3.910.000
(D) $ 2.380.000 e $ 4.450.000
(E) $ 2.200.000 e $ 3.820.000

26) Dentre as alternativas abaixo, aquela pela qual pode-se fazer a opção de constituir “Reservas de Lucros a Realizar”, conforme
estabelecido pela Lei n.0 6.404, de 15 de dezembro de 1976, é:

(A) valor arrecadado proveniente da alienação de bônus de subscrição


(B) ganhos de capital na venda de equipamentos registrados no Ativo Imobilizado
(C) lucro em vendas realizadas a prazo, cuja realização financeira ocorrerá antes do término do exercício subseqüente
(D) aumento do valor do investimento em empresas coligadas e controladas, pelo método da equivalência patrimonial.
(E) lucro em vendas realizadas a vista.

27) A alternativa que implica em um aporte de novos recursos financeiros à disposição de uma empresa é:

(A) reavaliação de bens integrantes do ativo imobilizado


(B) conversão de dívidas anteriormente assumidas, relativa ao perdão dos credores
(C) nova e direta integralização de capital realizada em dinheiro, bens ou direitos sobre terceiros
(D) incorporação ao capital social de reservas de lucros e reservas de capital existentes e constituídas em exercícios anteriores.
(E) recebimento de títulos incobráveis.

28) De posse das demonstrações contábeis relativas aos dois últimos exercícios da Empresa Sinuosa S.A, observamos as seguintes
informações:

- valor do capital circulante líquido:


em 3l/12/19x1 : $ 240.000
em 3l/12/19x2: $ 450.000

Na Demonstração das Origens e Aplicações de Recursos (DOAR) referente ao exercício de 19x2, o valor do total das “Aplicações” era
de $ 1.460.000.

Com base nas informações apresentadas, é possível concluir que o valor das origens de recursos na DOAR, de 31/12/19x2, foi de:

(A) $ 1.250.000
(B) $ 1.460.000
(C) $ 1.670.000
(D) $ 1.910.000
(E) $ 1.470.000

29) O saldo da conta “Duplicatas a Receber” da Companhia Serviçal S.A, constante do Razão, no encerramento do exercício em
31/12/19x6, correspondia ao valor de $ 345.000, e estava assim constituído:

I. do total, RS 25.000 referiam-se a duplicatas sacadas contra a Prefeitura do Município do Rocha.


II. $ 15.000 correspondiam ao valor total a receber da Empresa JULIET Ltda., cuja falência foi decretada em 12/12/19x6.
III. $ 50.000 correspondiam a vendas efetuadas a prazo a diversos clientes antigos com garantia real
IV. o restante equivalia a duplicatas sacadas contra diversos clientes, a receber até o final do exercício subseqüente.

Os créditos junto à empresa falida não foram habilitados e o percentual da relação entre os créditos não recebidos e o total a receber
demonstrado nos balanços referentes aos últimos cinco anos foram os seguintes:

19x1..................3% 19x4....................5%
19x2..................4% 19x5....................4%
19x3...................6%

Tomando por base os dados informados, o valor a ser constituído e contabilizado na conta “Provisão para Crédito de Liquidação
Duvidosa” em 31/12/19x6, uma vez que o saldo constante do balanço no início do exercício, da respectiva conta, foi totalmente
utilizado, deverá ser de:

(A) $ 15.000
(B) $ 13.500
(C) $ 12.750
(D) $ 11.220
(E) $ 13.570

30) Com base no artigo 183 da Lei das Sociedades por Ações (Lei n.0 6.404/76), as mercadorias e produtos para venda, bem como as
matérias-primas e bens em almoxarifado, para fins de levantamento de balanço. deverão ser avaliados, de acordo com o seguinte
critério:

(A) pelo custo de aquisição ou produção, deduzidos da provisão para ajustá-los ao valor de mercado, quando este for inferior.
(B) somente pelo custo de aquisição, uma vez que, na data de compra, a empresa desembolsa o valor correspondente, por se
tratar de um fato essencialmente permutativo
(C) pelo custo de aquisição ou produção, acrescentado da variação do Índice de Preços ao Consumidor correspondente ao
período entre a efetiva aquisição e a data do levantamento do balanço patrimonial.
(D) pelo custo de aquisição ou produção, acrescentado da parcela para ajustá-lo ao valor de mercado, quando este for bem
maior, para que se obtenha um maior lucro operacional nas vendas a serem realizadas.
(E) pelo custo de produção.

31) No final do exercício, a Demonstração do Resultado do Exercício da Empresa Vale do Luar S.A indicava um Lucro Final antes da
Provisão do Imposto de Renda igual a $ 630.000. O estatuto da companhia previa as seguintes participações:

- empregados: 10%
- administradores: 8%
- partes beneficiárias: 5%

O valor da “Provisão para o Imposto de Renda”, após os ajustes necessários, foi $ 130.000.
A partir dessas informações, o contador da empresa, com base nas normas contábeis chegaria ao seguinte valor do Lucro Liquido do
Exercício:
(A) $ 355.100
(B) $ 385.000
(C) $ 393.300
(D) $ 485.000
(E) $ 493.000

Com base nas informações a seguir, responda às questões de números 32 e 33.

Uma empresa comercial não adota nenhum controle permanente sobre seus estoques de mercadorias, deixando para fazer o
levantamento do custo das vendas e levantamento do inventário ao final do exercício financeiro. Nos registros efetuados na
Contabilidade, obtemos, entre outros, os seguintes dados em 31/12/1 9x0:

Vendas Grutas no Período $ 95.000


Estoque no Início do Exercício $ 30.000
Vendas Canceladas do Exercício Anterior $ 5.000
Devolução de Compras Realizadas no Período $ 4.000
Descontos Comerciais Concedidos $ 3.000
Descontos Comerciais Obtidos $ 2.000
Devolução de Vendas do Exercício $ 5.000
ICMS sobre Vendas $ 8.000
Compras Realizadas $ 55.000
Frete e Seguro sobre Compras $ 1.000
IPI sobre Faturamento $ 4.000
Frete sobre Vendas Realizadas $ 1.200
Mercadorias em Estoque no Final do Exercício $ 12.000
ICMS sobre Compras $ 5.500

32) O valor das vendas líquidas do período é:

(A) $ 79.000
(B) $ 75.000
(C) $ 71.000
(D) $ 70.000
(E) $ 78.000

33) O Resultado Operacional Bruto, apurado em 31/12/19x0, indica o valor de:

(A) $ 7.000
(B) $ 11.000
(C) $ 12.500
(D) $ 16.500
(E) $ 13.000

34) O prejuízo apurado no exercício que se encerra, na elaboração da Demonstração das Origens e Aplicações de Recursos (DOAR),
será considerado como:

(A) aplicação de recursos


(B) origem positiva de recursos
(C) origem negativa de recursos
(D) alteração do Capital Circulante Líquido (CCL)
(E) alteração no Capital Próprio.

35) O lucro liquido do exercício do período-base deve ser apurado segundo o regime de competência, ressalvadas as exceções
determinadas pela legislação fiscal. O conceito de “Lucro Líquido do Exercício” corresponde ao:

(A) resultado do exercício depois do imposto de renda, deduzindo-se os dividendos propostos a pagar
(B) resultado final depois do imposto de renda com dedução somente das participações definidas em estatutos
(C) resultado do exercício depois do imposto de renda, deduzindo-se somente as contribuições a instituições ou fundos de
assistência ou previdência dos empregados da empresa
(D) resultado final depois do imposto de renda, com dedução das participações societárias e das contribuições a instituições ou
fundo de assistência ou previdência dos empregados.
(E) resultado final depois do imposto de renda.

36) Uma empresa adquiriu um equipamento para o seu parque industrial, de acordo com os dados fornecidos abaixo:

- data da aquisição: 01/06/19X9


- data da instalação e inicio de operação: 01/07/19X9
- valor do equipamento: $ 28.000
- ICMS incidente: 15%
- vida útil estimada do equipamento: 10 anos
- valor residual estipulado para o equipamento: $ 800

O valor total da parcela de depreciação apropriada e levada ao resultado como despesa no exercício é:

(A) $ 1.995
(B) $ 1.750
(C) $ 1.710
(D) $ 1.500
(E) $ 1.510

37) Observe as informações a seguir:

Saldo de Lucros Acumulados em 31/12/19x1 $ 15.000


Provisão para o Imposto de Renda constituída
a menor no encerramento do exercicio de 19x1 $ 1.000
Reversão de Reservas
Reserva para Contingêncías $ 500
Reserva de Lucros a Realizar $ 1.500
Lucro Líquido do Exercício (31/12/19x2) $ 4 000
Proposta de Destinação do Lucro:
Reserva Legal $ 200
Reserva Estatutária $ 800
Reserva para Expansão $ 2.000
Dividendos Propostos a distribuir $ 1.000

O valor dos Lucros Acumulados em 31/12/19x2 é:

(A) $ 13.000
(B) $ 15.000
(C) $ 16.000
(D) $ 20.000
(E) $ 14.000

38) Na elaboração da demonstração do resultado do exercício, o resultado operacional deve aparecer após:

(A) as despesas administrativas.


(B) a provisão para imposto de renda.
(C) as despesas não-operacionais.
(D) os dividendos distribuídos.
(E) as participações de partes beneficiárias no resultado.

39) Diversos são os documentos de arquivos que se caracterizam quanto á espécie. ou seja, conforme seu aspecto formal. Assim, atos
de ajuste são documentos que:

(A) objetivam a execução dos atos normativos, em sentido amplo.


(B) comprovam assentamentos, decisões etc.
(C) são representados por acordos em que a administração pública é parte.
(D) esclarecem os assuntos, visando fundamentar uma solução.
(E) são configurados por registros, consubstanciando assentamento sobre fatos ou ocorrências.
40) A demonstração contábil destinada a evidenciar, num determinado período, as mutações nos resultados acumulados da entidade,
denomina-se:

(A) balanço patrimonial;


(B) demonstração de lucros e perdas;
(C) demonstração das mutações do patrimônio liquido;
(D) demonstração do lucros ou prejuízos acumulados;
(E) demonstração das origens e aplicações de recursos.

41) Em primeiro de outubro de 20X1, uma Imobiliária recebeu, antecipadamente, seis meses de aluguel com valor mensal de $ 300,00
e pagou o aluguel dos próximos doze meses no valor anual de $ 2.400,00.
Nesse caso, as regras do regime contábil da competência nos leva a afirmar que no balanço de encerramento do exercício, elaborado
em 31.12.01, em decorrência desses fatos haverá:

(A) despesas do exercício seguinte no valor de $ 600,00.


(B) receitas do exercício seguinte no valor de $ 900,00.
(C) despesas do exercício seguinte no valor de $ 1.200,00.
(D) receitas do exercício seguinte no valor de $ 1.800,00.
(E) despesas do exercício seguinte no valor de $ 2.400,00.

42) Uma empresa de Compras realizou as cinco operações abaixo, no prazo de uma semana.

1 - comprou objetos por $ 2.000,00, pagando 30% de entrada;


2 - pagou a conta de luz vencida no mês passado, no valor de $ 95,00;
3 - vendeu 2/4 dos objetos por $ 800,00, recebendo 40% de entrada;
4 - registrou a conta de luz do mês ($ 80,00) para pagamento no mês seguinte; e
5 - vendeu, a vista, o resto dos objetos comprados, por $ 1.300,00.

A contabilização obedece aos princípios fundamentais da Contabilidade; as operações de compra e venda não sofreram tributação;
não houve outras transações no mês.
O registro contábil desses fatos, se corretamente lançados, evidenciará o seguinte resultado do mês:

(A) $ 5,00 (lucro)


(B) $ 20,00 (lucro)
(C) $ 75,00 (prejuízo)
(D) $ 100,00 (lucro)
(E) $ 155,00 (prejuízo)

43) Abaixo estão cinco afirmativas relacionadas com o Balanço Patrimonial. Assinale a opção que expressa uma afirmação falsa.

(A) As duplicatas descontadas, cujos vencimentos ocorrerem após o encerramento do exercício social seguinte ao do balanço,
formarão conta redutora do ativo realizável a longo prazo.
(B) As sociedades podem valer-se da constituição de reserva para contingências para enfrentar a quitação futura de seu passivo
trabalhista.
(C) São coligadas as sociedades quando uma participa com 10% ou mais do capital social da outra, sem controlá-la.
(D) Consoante o critério de avaliação das contas, no ativo circulante, os direitos realizáveis compreendem as contas
representativas de disponibilidades, bens, direitos ou valores a receber.
(E) Consideram-se ativo diferido as aplicações de recursos em gastos que contribuam para a formação do resultado de mais de
um exercício social.

44) As contas abaixo representam um grupo de receitas e despesas e, embora distribuídas, aqui, aleatoriamente, compõem a
demonstração do resultado do exercício da empresa Bomservice S/A.

Impostos e Taxas 250,00


Receitas de Serviços Prestados 100.000,00
Propaganda e Publicidade 900,00
Receitas Não-Operacionais 2.500,00
Provisão para Contribuição Social 8.000,00
Juros Recebidos 750,00
Depreciação 350,00
Serviços Cancelados 10.000,00
PIS/PASEP 1%
Despesas Bancárias 400,00
Custos dos Serviços Prestados 65.200,00
Descontos Incondicionais Concedidos 10.000,00
Descontos Condicionais Concedidos 1.000,00
Comissões Pagas Sobre Serviços Líquidos 8.000,00
Juros Pagos 250,00
COFINS 2%
Salários e Encargos 1.500,00
Água e Energia 100,00
Provisão para Imposto de Renda 15%
Imposto Sobre Serviços de Qualquer Natureza 3%
Descontos Obtidos 7.500,00

Ordenando-se as contas, adequadamente, em conformidade com a Lei n0 6.404/76, e apurando-se o resultado liquido do exercício,
podemos afirmar que:

(A) a Receita Liquida de Serviços será de $ 77.600,00.


(B) o Lucro Operacional Liquido será de $ 8.000,00.
(C) o Lucro Liquido após o IR e a CSLL será de $ 6.000,00.
(D) a Provisão para Imposto de Renda será de $ 1.080,00.
(E) a Contribuição Social sobre o Lucro Líquido será de $ 680,00.

45) Assinale a opção que apresenta uma afirmativa incorreta.

(A) Reservas de Capital representam, genericamente, acréscimo ao Patrimônio Liquido que não transitam pela conta de
resultado da companhia nem são provenientes de reavaliação de ativos.
(B) Reservas de Lucros representam, genericamente, a retenção de parcelas provenientes de ganhos, com o objetivo de
preservar o Patrimônio Líquido de uma sociedade.
(C) A depreciação dos bens representa a diminuição de seu valor em conseqüência do desgaste pelo uso, ação da natureza ou
obsolescência.
(D) Reservas de Lucros representam, genericamente, a retenção de parcelas provenientes dos ganhos da entidade, com o
objetivo de preservar o patrimônio líquido para posterior destinação.
(E) Um imóvel que a diretoria não tem intenção de vender e que é alugado a terceiros, por não ter emprego na exploração da
atividade da empresa, deve ser classificado como ativo permanente imobilizado.

46) A empresa Agropecuária apurou no exercício um lucro liquido de $ 140.000,00. Não havendo prejuízos anteriores a amortizar, a
Contabilidade providenciou o registro da seguinte destinação:

Participações estatutárias $ 7.000,00


Reservas estatutárias $ 8.000,00
Reserva legal $ 9.000,00
Reserva para contingência $10.000,00
Reversão de reserva p/contingências $ 2.000,00
Reversão de reservas estatutárias $ 1.000,00

Após a constituição e a reversão das reservas acima, o Contador deve contabilizar o Dividendo Mínimo Obrigatório de 30% sobre o
lucro, conforme previsto nos Estatutos. Isso provocará um aumento do passivo no valor de:
(A) $32.700,00
(B) $34.800,00
(C) $ 37.200,00
(D) $37.500,00
(E) $37.800,00

47) A Cia. Canarinho, ao fim do ano de 20X1, demonstrava o seguinte Patrimônio Liquido:

Capital Social $50.000,00


Reserva de Subvenção para Investimentos $ 2.000,00
Reserva de Reavaliação $ 3.000,00
Reserva Estatutária $ 4.000,00
Reserva Legal $ 8.000,00

O lucro liquido apurado no exercício foi de $ 60.000,00, após a destinação planejada, exceto a constituição de reservas.

Agora, para seguir as regras e preceitos atinentes à espécie, a Contabilidade deverá contabilizar uma Reserva Legal de:

(A) $ 3.000,00
(B) $ 2.500,00
(C) $ 2.000,00
(D) $ 1.000,00
(E) $ 0,00

48) As Demonstrações Financeiras das Sociedades por Ações, companhias abertas, incluem:

(A) Balanço Patrimonial; Demonstração do Resultado do Exercício; Demonstração das Mutações do Patrimônio Liquido ou
Demonstração de Lucros ou Prejuízos Acumulados; Demonstração do Fluxo de Caixa; Notas Explicativas:
(B) Balanço Patrimonial, Demonstração do Resultado do Exercício; Demonstração das Mutações do Patrimônio Líquido ou
Demonstração de Lucros ou Prejuízos Acumulados; Demonstração do Fluxo de Caixa;
(C) Balanço Patrimonial; Demonstração do Resultado do Exercício; Demonstração de Lucros ou Prejuízos Acumulados;
Demonstração das Origens e Aplicações de Recursos;
(D) Balanço Patrimonial, Demonstração do Resultado do Exercício; Demonstração das Mutações do Patrimônio Líquido ou
Demonstração de Lucros ou Prejuízos Acumulados; Demonstração das Origens e Aplicações de Recursos; Notas
Explicativas;
(E) Balanço Patrimonial, Demonstração do Resultado do Exercício; Demonstração das Mutações do Patrimônio Líquido ou
Demonstração de Lucros ou Prejuízos Acumulados; Demonstração das Origens e Aplicações de Recursos.

49) São contabilizadas na Reserva de Lucros:

(A) Lucros Acumulados; Prejuízos Acumulados;


(B) Reserva Legal; Reservas Estatutárias; Reserva para Contingências, Reservas de Lucros a Realizar; Ágio na Emissão de
Ações/Cotas; Prêmio na Emissão de Debêntures;
(C) Reserva Legal, Reservas Estatutárias, Reserva para Contingências, Reservas de Lucros a Realizar, Reservas de Lucros
para Expansão, Reserva Especial para Dividendo Obrigatório não Distribuído;
(D) Reserva Legal; Reservas Estatutárias; Alienação de Partes Beneficiárias; Alienação de Bônus de Subscrição; Doação e
Subvenção para Investimentos; Correção Especial de Reflorestamento;
(E) Ágio na Emissão de Ações/Cotas; Alienação de Partes Beneficiárias; Alienação de Bônus de Subscrição; Prêmio na Emissão
de Debêntures; Doação e Subvenção para Investimentos, Correção Especial de Reflorestamento.

50) A Empresa Oficial de Mercancia, em 31/12/X1 elaborou o seguinte balancete de verificação:

Ações em Tesouraria $ 1.000,00


Ações de Coligadas $ 1.500,00
Adiantamentos a Fornecedores $ 600,00
Adiantamentos de Clientes $ 300,00
Bancos ei Movimento $ 1.200,00
Capital a Integralizar $ 4.000,00
Capital Social $15.000,00
Clientes $ 2.800,00
Duplicatas Descontadas $ 800,00
Duplicatas a Receber $ 2.000,00
Fornecedores $ 6.000,00
Impostos a Recolher $ 600,00
Juros Ativos $ 300,00
Juros Ativos a Receber $ 110,00
Juros Ativos a Vencer $ 100,00
Juros Passivos $ 200,00
Lucros Acumulados $ 300,00
Material de Consumo $ 500,00
Mercadorias $ 3.000,00
Móveis e Utensílios $ 5.500,00
Provisão de Férias $ 400,00
Provisão para Imposto de Renda $ 1.800,00
Provisão p/ Perdas Investimentos $ 700,00
Reserva Legal $ 800,00
Seguros a Vencer $ 190,00
Veículos $ 4.500,00

Ao elaborar o balanço patrimonial, a empresa certamente encontrará:

(A) a)Passivo Circulante de $ 8.300,00


(B) b) Ativo Circulante de $ 8.700,00
(C) Patrimônio Líquido de $ 11.100,00
(D) Ativo Permanente de $ 11.800,00
(E) Ativo Total de $ 20.400,00

51) A Cia. Angular, em 31/12/X1, contabilizou o encerramento de suas contas de resultado para fins de balanço com base nos
seguintes saldos, aqui mostrados em ordem alfabética:

COFINS $ 18.600,00
Compras 4.000 unidades
Contribuição Social sobre Lucro $ 2.900,00
Custo unitário compras/fatura $ 100,00
Custo unitário Estoque Inicial $ 85,00
Custo unitário Estoque Final Preço Médio Ponderado
Despesas Administrativas $ 9.000,00
Despesas Financeiras $ 10.000,00
Despesas Gerais $ 11.000,00
Despesas Não-Operacionais $ 5.000,00
Estoque inicial de mercadorias 4.000 unidades
Estoque final de mercadorias 3.000 unidades
ICMS sobre Compras e Vendas 15%
Lucro na Alienação de Bens de Uso $ 7.000,00
Outras Receitas Operacionais $ 6.000,00
Participação Estatutária $ 3.700,00
PIS/Faturamento $ 4.400,00
Provisão para Imposto de Renda $ 17.100,00
Receitas de Vendas $ 700.000,00
Receitas Financeiras $ 4.000,00
Vendas Canceladas $ 80.000,00

Ao elaborar a DRE — Demonstração do Resultado do Exercício, em 31/12/01, a Cia. Angular encontrará:

(A) receita liquida de vendas de $ 492.000,00.


(B) lucro operacional bruto de $ 41.500,00.
(C) lucro operacional liquido de $ 59.000,00.
(D) lucro liquido antes do imposto de renda e da CSLL de $ 54.100,00.
(E) lucro líquido após a tributação de $ 33.300,00.

52) Ao encerrar o resultado do exercício de 20X1 a empresa apurou um lucro de $ 85.000,00, após lazer as provisões para o imposto
de renda e para a contribuição social sobre o lucro.

A empresa deverá mandar contabilizar a destinação desse lucro para:

- Participações Estatutárias o valor de $ 5.000,00


- Reservas Estatutárias o valor de 10% sobre o lucro
- Reserva Legal o valor de $ 4.000,00 e para
- Dividendo Mínimo Obrigatório sobre o lucro o valor de $ 20.000,00.

Com base nas informações acima, pode-se afirmar que o valor destinado às reservas estatutárias deverá ser de:

(A) $ 5.600,00
(B) $ 6.000,00
(C) $ 7.600,00
(D) $ 8.000,00
(E) $ 8.500,00

53) A empresa Açucena S/A, em 31/12/X1 montou os balanços abaixo demonstrados sinteticamente e prontos para a evidenciação do
capital de giro liquido.

CONTAS Saldos Saldos


31/12/X0 31/12/X1
Caixa $ 1.000,00 $ 800,00
Clientes $ 1.200,00 $ 1.300,00
Estoques $ 1.400,00 $ 1.200,00
Duplicatas a receber $ 1.600,00 $ 1.650,00
Títulos a Receber Longo Prazo $ 1.800,00 $ 2.000,00
Ações de Coligadas $ 2.000,00 $ 1.700,00
Imóveis $ 2.500,00 $ 3.500,00
Depreciação Acumulada $ 400,00 $ 600,00
Dividendos a Pagar $ 0,00 $ 350,00
Fornecedores $ 2.000,00 $ 2.200,00
Duplicatas a Pagar $ 1.200,00 $ 1.100,00
Títulos a Pagar Longo Prazo $ 2.300,00 $ 1.500,00
Capital Social $ 5.500,00 $ 5.500,00
Capital a Integralizar $ 600,00 $ 100,00
Reserva Legal $ 500,00 $ 600,00
Lucros Acumulados $ 200,00 $ 400,00

Com base exclusivamente nas informações acima, pode-se dizer que a elaboração da Demonstração de Origens e Aplicações de
Recursos — DOAR vai evidenciar:

(A) Redução do CCL no valor de $ 450,00.


(B) Aumento do CCL no valor de $ 700,00.
(C) Origens de recursos no valor de $ 1.300,00.
(D) CCL atual no valor de $ 2.000,00.
(E) Aplicações de recursos no valor de $ 2.350,00.

54) Calcule o Lucro Líquido de uma empresa que apresenta os seguintes registros contábeis em seu movimento: Estoque Inicial – $
1.200; Compras – $ 1.500; Devolução de Vendas – $ 100; Estoque Final – $ 1.400; Devolução de Compras – $ 200; Vendas – $ 1.600;
Despesas Administrativas – $ 40; Despesas Financeiras – $ 60.

(A) $ 100
(B) $ 200
(C) $ 300
(D) $ 400
(E) $ 500
55) Assinale a alternativa correta, considerando os dados a seguir:

Devolução de Vendas $ 16.000


Custo Mercadorias Vendidas $ 140.000
Receita Bruta de Vendas $ 600.000
Impostos sobre Vendas $ 36.000
Receitas Financeiras $ 12.000
Despesas com Vendas $ 70.000
Despesas Administrativas $ 78.000
Despesas Financeiras $ 14.000
Despesas Não-Operacionais $ 44.000

(A) A Receita Líquida representa $ 564.000.


(B) O Lucro Bruto é de $ 424.000.
(C) O Lucro Operacional é de $ 258.000.
(D) O Lucro Antes do Imposto de Renda é de $ 202.000.
(E) O Lucro depois do Imposto de Renda é de $ 182.000.

Enunciado para as questões 56 a 58.

Balancete de Verificação elaborado com saldos de 31 de dezembro de 1998.


Empresa: Cacel Comércio de Móveis S.A.

CONTAS SALDOS FINAIS


Devedores Credores
Caixa 1.660
Móveis e Utensílios 2.500
Depreciação acumulada de Móveis e Utensílios 810
Estoque inicial de mercadorias para venda 3.000
Clientes 4.150
Fretes sobre compras de mercadorias para venda 500
Capital Social 4.000
Fornecedores 2.020
Reserva de Reavaliação 380
Despesas com Salários 1.800
Despesas com Viagens 600
Compra de mercadorias para venda 3.800
Venda de mercadorias 8.100
Devolução de vendas de mercadorias 850
Despesas com depreciações 650
Aluguéis pagos 350
Duplicatas descontadas 1.840
ICMS sobre vendas de mercadorias 1.230
Devolução de compras de mercadorias para venda 1.500
Vendas de bens do Ativo Permanente 5.400
Custo de venda de bens do Ativo Permanente 3.900
Juros recebidos 940
Total 24.990 24.990
Elaborados os ajustes e após estruturadas as Demonstrações do Resultado do Exercício e o Balanço Patrimonial, de acordo com a Lei
6.404-76, em 31-12-X8; sabendo-se que o Estoque Final de Mercadorias, em 31-12-X8, é de $ 3.450,00 e a soma dos Impostos:
Contribuição Social e Imposto de Renda é de $ 625,00.
Assinale a alternativa correta para as questões abaixo:

56) O Custo das Mercadorias Vendidas é de:

(A) $ 3.850,00
(B) $ 3.350,00
(C) $ 2.350,00
(D) $ 3.650,00
(E) $ 2.650,00

57) No Balanço Patrimonial, o Ativo Total corresponde ao montante de:

(A) $ 9.110,00
(B) $ 8.310,00
(C) $ 5.660,00
(D) $ 6.470,00
(E) $ 8.110,00

58) Na Demonstração do Resultado do Exercício, de acordo com a Lei nº 6.404-76, o Resultado Operacional (Lucro/Prejuízo Líquido
Operacional) é de:
(A) $ 3.670,00
(B) $ 1.210,00
(C) $ 1.500,00
(D) $ 2.710,00
(E) $ 2.210,00

59) Uma Empresa Comercial contratou o aluguel de sua loja pelo período de 18 meses, a partir de 01-05-X9. Pagou ao locador no
mesmo dia, o valor total de $ 12.600,00, para manter o aluguel mensal sem reajuste. O Contador, de posse da documentação e
sabendo que deve ser adotado o regime de competência, deve registrar até o final do período em curso:

(A) $ 12.600,00 (18 meses) como Despesa;


(B) $ 8.400,00 (12 meses) como Despesa e $ 4.200,00 (06 meses) como Ativo Circulante;
(C) $ 8.400,00 (01 ano) como Despesa e $ 4.200,00 (06 meses) como Ativo Realizável a Longo Prazo;
(D) $ 5.600,00 (08 meses) como Despesa e $ 7.000,00 (10 meses) como Ativo Circulante.
(E) $ 8.400,00 (08 meses) como Despesa e $ 4.200,00 (10 meses) como Ativo Circulante;

60) Observe as duas últimas operações efetuadas pela Cia. Aplicadora, cujo Patrimônio Líquido atinge $ 12.000.000:

I. Compra em bolsa de valores como investimento temporário de 1.000 ações preferenciais da Paraquedapena, ao preço de $ 800. O
Capital da Paraquedapena atinge $ 1.000.000.000, correspondendo a 1.000.000.000 de ações, 50% preferenciais;

II. Compra de 1.000.000 de ações ordinárias da Cia. Industrial, ao preço de


$ 1.200.000. O capital da Cia. Industrial é de $ 1.500.000, sendo 500.000 preferenciais.

Considerando essas informações, assinale a alternativa correta:

(A) A Cia. Aplicadora contabilizará ambas as aquisições no Ativo Circulante.


(B) A Cia. Aplicadora contabilizará ambas as aquisições no Ativo Permanente, subgrupo Investimentos.
(C) A Cia. Aplicadora contabilizará a 1ª compra no Ativo Circulante e a 2ª no Ativo Realizável a L P.
(D) A Cia. Aplicadora contabilizará a 1ª compra no Ativo Circulante e a 2ª no Ativo Permanente, no subgrupo Investimentos.
(E) A Cia. Aplicadora contabilizará ambas as aquisições em aplicações.

61) A Imobiliária Alugue Bem recebeu da Cia. Vida Fácil, em 1-12-X1, $ 150.000 de aluguel de uma certa casa na praia, para uso de
diretores desta última. O período de utilização vai de 1-12-X1 a 28-2-X2. Desta forma, a receita em 19X1 e o saldo de Aluguéis
Antecipados a constar no Balanço Patrimonial da Imobiliária serão, respectivamente, de:

(A) $ 50.000 e $ 100.000


(B) $ 50.000 e $ 50.000
(C) $ 50.000 e $ 150.000
(D) $ 100.000 e $ 50.000
(E) $ 100.000 e $ 150.000.

62) A Cia. Ribeiro alugou terreno e nele realizou benfeitoria para uso em sua atividade operacional no montante de $ 36.000,00. A
operação foi realizada no mês de outubro de 19X9 e o contrato de locação está previsto para 3 (três) anos. O valor da amortização a
ser lançada em cada período-base anual, a partir de 19X9, é de, respectivamente, em $:

(A) $ 3.000,00, $ 12.000,00, $ 12.000,00 e $ 9.000,00.


(B) $ 12.000,00, $ 12.000,00, $ 12.000,00 e $ 12.000,00
(C) $ 18.000,00, $ 18.000,00, $ 18.000,00 e $ 18.000,00.
(D) $ 9.000,00, $ 9.000,00, $ 9.000,00 e $ 9.000,00
(E) $ 6.000,00, $ 12.000,00, $ 12.000,00 e $ 6.000,00

63) Adotando o Regime de Competência, a empresa deverá considerar, na apuração do Resultado do Exercício:

(A) todas as Despesas incorridas e as Receitas realizadas (isto é, as que tiveram seus fatos geradores ocorridos no respectivo
exercício).
(B) somente as Despesas pagas e as Receitas recebidas no respectivo exercício.
(C) todas as Despesas pagas e as Receitas ainda não realizadas.
(D) somente as Despesas incorridas e as Receitas recebidas.
(E) somente as Despesas e as Receitas comprometidas.

Enunciado para as questões 64 a 66.

Balancete de Verificação da empresa “ABC” elaborado em 31/12/X1

Contas Saldos Finais (Em $)


Devedores Credores
Caixa 1.200,00
Clientes 3.500,00
Móveis e Utensílios 3.000,00
Estoque inicial de mercadorias 3.500,00
Depreciação acumulada de Móv. e Utens. 600,00
Fornecedores 2.900,00
Capital Social 5.000,00
Compra de mercadorias 2.900,00
Frete sobre compra de mercadorias 300,00
Venda de mercadorias 9.000,00
Despesas com Ordenados 1.200,00
Despesas com Aluguéis 400,00
Devolução de vendas 600,00
ICMS sobre vendas 1.000,00
Despesas com Depreciação de Móv Utens 300,00
Receita de juros 400,00
Total 17.900,00 17.900,00

O estoque final de mercadorias em 31/12/X1 é $ 2.200,00 e a provisão para imposto de renda e contribuição social é $ 350,00.
Elaborados os ajustes, o Balanço Patrimonial e a Demonstração de Resultado do Exercício em conformidade com a Lei 6404/76,
assinale a alternativa correta nas questões abaixo:

64) O ativo total no Balanço Patrimonial corresponde a:

(A) a) $ 10.600,00
(B) $ 9.300,00
(C) $ 10.300,00
(D) $ 9.900,00
(E) $ 10.900,00

65) O resultado líquido do exercício (lucro líquido ou prejuízo) apurado na Demonstração do Resultado do Exercício é de:

(A) $ 1.050,00
(B) $ 1.400,00
(C) $ 1.450,00
(D) $ 1.350,00
(E) $ 1.300,00

66) O valor do custo das mercadorias vendidas é:

(A) $ 4.200,00
(B) $ 4.500,00
(C) $ 3.500,00
(D) $ 4.800,00
(E) $ 4.600,00

67) Numa Demonstração do Resultado do Exercício são apresentados os seguintes valores:

Resultado do exercício antes da Provisão para o Imposto de Renda $ 1.900


Provisão para o Imposto de Renda $ 400

Considerando que:

1. Não existem outros valores a serem considerados.


2. A empresa possuía prejuízos acumulados de exercícios anteriores num montante de $ 300.
3. A participação de empregados é de 20% e a de partes beneficiárias é de 10%.

Teremos que a Participação de Empregados, a Participação de Partes Beneficiárias e o Resultado Líquido do Exercício serão,
respectivamente, de:

(A) $ 240, $ 120 e $ 840.


(B) $ 300, $ 120 e $ 1.080.
(C) $ 300, $ 150 e 1.050.
(D) $ 240, $ 96 e $ 1.164.
(E) $ 200, $ 100 e $ 1.000.
68) As operações e/ou fatos abaixo geram reflexos na Demonstração de Origens e Aplicações de Recursos:

01. Lucro do Exercício


02. Aquisição de bens do Ativo Imobilizado
03. Prejuízo do Exercício
04. Integralização de capital pelos acionistas
05. Tomada de empréstimos para pagamento a longo prazo
06. Venda à vista de um bem do ativo permanente
07. Renegociação de uma dívida, transformando-a de curto para longo prazo

Em vista disso podemos afirmar que:


(A) 01, 02 e 03 são origens e 04, 05, 06 e 07 são aplicações.
(B) 01, 04, 05, 06 e 07 são origens e 02 e 03 são aplicações.
(C) 06 e 07 são origens e 01, 02, 03, 04 e 05 são aplicações.
(D) 06 e 07 são aplicações e 01, 02, 03, 04 e 05 são origens.
(E) 05 e 07 são aplicações e 01, 02, 03, 04 e 06 são origens.

69) Uma empresa, relativamente ao exercício anterior, tinha creditado na conta Lucros Acumulados o valor de $ 300.000. A
Assembléia Geral de Acionistas autorizou a distribuição desta importância da forma a seguir explicitada:

• $ 30.000 para Gratificação a Diretores


• $ 15.000 para Reserva Estatutária
• $ 150.000 para distribuição de Dividendos
• O saldo para aumento do Capital Social

Estas operações provocaram redução no Patrimônio Líquido no valor de:

(A) $ 180.000.
(B) $ 300.000.
(C) $ 120.000.
(D) $ 150.000.
(E) $ 200.000.

70) Uma empresa emitiu debêntures no valor de $ 1.500.000 e conseguiu comercializá-las por $ 1.600.000. Os reflexos no patrimônio
decorrentes desta operação são:

(A) aumento das Disponibilidades em $ 1.600.000, aumento das Exigibilidades em $ 1.500.000 e aumento das Reservas de Capital
em $ 100.000.
(B) aumento das Disponibilidades em $ 1.500.000, aumento das Exigibilidades em $ 1.600.000 e redução das Reservas de Capital
em $ 100.000.
(C) aumento das Disponibilidades em $ 1.600.000 e aumento das Exigibilidades em $ 1.600.000.
(D) aumento das Disponibilidades em $ 1.600.000, aumento das Exigibilidades em $ 1.500.000 e aumento das Reservas de Lucro em
$ 100.000.
(E) diminuição das Disponibilidades em $ 1.600.000 e aumento das Exigibilidades em $ 1.600.000.

71) O balancete da empresa Alfa S/A, no final do ano, época em que iria ser levantado o seu balanço, apresentou, dentre outras, as
seguintes contas e respectivos saldos:

Compras.................................50.000,00
Vendas...................................80.000,00
Estoque inicial.........................5.000,00
Abatimentos s/ vendas.............2.000,00
Abatimentos s/ compras...........4.000,00
Devolução de compras.............5.000,00
ICMS........................................9.500,00
IPI............................................4.200,00
Despesas c/ Juros.....................8.000,00
Despesas c/ Salários.................9.500,00
Receitas de Descontos.............1.200,00
Observação: o inventário de mercadorias, na mesma época, somou $ 12.700,00.

Analisando as contas acima, pode-se concluir que a Receita Líquida de Vendas e o Custo das Mercadorias Vendidas apresentaram,
respectivamente, os seguintes valores:

(A) $ 66.300,00 e $ 42.300,00.


(B) $ 66.300,00 e $ 33.000,00.
(C) $ 64.300,00 e $ 42.300,00.
(D) $ 64.300,00 e $ 33.300,00.
(E) $ 66.300,00 e $ 33.330,00.

72) A Demonstração de Lucros e Prejuízos acumulados, de conformidade com a Lei 6404/76, descriminará, entre outros:

(A) as transferências para reserva, os dividendos, a parcela dos lucros incorporada ao capital e o saldo ao fim do período.
(B) O saldo das contas do patrimônio líquido.
(C) O lucro ou prejuízo líquido do exercício e o seu montante por ação do Capital Social.
(D) As reversões de provisões e o lucro operacional do exercício.
(E) O saldo da situação líquida.

73) Na alienação de um ativo imobilizado já depreciado em 80%, a empresa apurou prejuízo de $ 100.
Assinale a opção que corresponde ao respectivo lançamento.

a) D – Caixa 100
D – Resultado da Venda 200
D – Depreciação Acumulada 800
C – Custo da Venda 100
C – Custo do Bem 1.000

b) D – Receita da Venda 500


D – Depreciação Acumulada 1.600
C – Custo do Bem 2.000
C – Custo da Venda 100

c) D – Depreciação Acumulada 800


D – Caixa 300
C – Custo do Bem 1.000
C – Resultado da Venda 100

d) D – Custo da Venda 400


C – Caixa 100
C – Receita da Venda 300

e) D – Caixa 300
D – Resultado da Venda 100
C – Custo do Bem 400

74) Com relação a benfeitorias realizadas em imóveis de terceiros, a empresa lançará, por ocasião da apuração do resultado, ao final
do exercício,

(A) como encargo de depreciação, a perda de valor estimada, quando o contrato para utilização do imóvel for por tempo
indeterminado.
(B) como encargo de amortização, a parcela correspondente à utilização do potencial de valor atinente à aplicação realizada.
(C) como despesa a recuperar, a parcela reembolsável pelo proprietário, quando da devolução do imóvel.
(D) como encargo de depreciação, a parcela rateada em função do prazo de vigência do contrato para utilização do imóvel.
(E) como encargo de amortização, o rateio da parcela reembolsável pelo proprietário, quando da devolução do imóvel.
75) No tocante aos critérios de avaliação dos elementos patrimoniais, é correto afirmar que:

(A) valor de mercado das matérias-primas é aquele pelo qual possam ser alienadas a terceiros.
(B) com a extinção da correção monetária, as obrigações serão mantidas sem atualização até a data de sua liquidação.
(C) não é mais possível constituir contabilmente provisão para crédito de liquidação duvidosa, por ser indedutível para fins da
legislação do Imposto de Renda.
(D) as aplicações classificadas no ativo diferido têm como conta retificadora as respectivas amortizações acumuladas.
(E) a depreciação acumulada registra a perda de valor dos bens tangíveis e intangíveis do ativo imobilizado.

76) Ao final do exercício, a Cia. “A” detém 20% do capital da Cia. “B”, representado por ações preferenciais.

O investimento fora adquirido por $ 5.000. O capital social e o patrimônio líquido de “A” são de, respectivamente, $ 40.000 e $ 50.000;
o capital social e o patrimônio líquido de “B”, são, respectivamente, de $ 40.000 e $ 30.000. Este investimento, no balanço de “A”, deve
ser avaliado por:

(A) $ 10.000
(B) $ 8.000
(C) $ 6.000
(D) $ 5.000
(E) $ 3.000

77) Os estatutos sociais da firma que ora consideramos estabeleciam que do lucro do exercício deveriam ser constituídas uma reserva
especial de 10%, uma reserva legal de 5%, além do pagamento de gratificação de 10% à Diretoria e provisionamento de 30% para o
Imposto de Renda. No exercício social em que o lucro líquido do exercício, antes de qualquer destinação, alcançou a cifra de
$150.000,00, o montante destinado à Reserva Legal deverá ser de

a) $ 4.200,00
b) $ 4.500,00
c) $ 4.725,00
d) $ 5.250,00
e) $ 7.500,00
Capítulo 07
Análise das Demonstrações Contábeis

01) O grupo de indicadores econômico-financeiros em que se insere o indicador de Giro do Ativo é:


a) Indicadores de Estrutura de Capitais.
b) Indicadores de Liquidez.
c) Indicadores de Ciclo Financeiro.
d) Indicadores de Rentabilidade.
e) Indicadores de endividamento Bancário.

02) O grupo de indicadores econômico-financeiros em que se insere o indicador de Giro do Ativo é:

a) Indicadores de Estrutura de Capitais.


b) Indicadores de Liquidez.
c) Indicadores de Ciclo Financeiro.
d) Indicadores de Rentabilidade.
e) Indicadores de endividamento Bancário.

03) O processo utilizado na análise e interpretação das Demonstrações Contábeis, visando a um estudo critico da situação do
patrimônio de uma entidade, em dado momento, empregando a técnica que tem por finalidade avaliar a proporção de cada elemento
em relação ao total de que faz parte, denomina-se:

a) Análise por Diferenças Absolutas


b) Análise de Quociente ou Razão
c) Análise de Evolução
d) Análise de Estrutura
e) Análise Horizontal.

04) O indicador financeiro que tem a finalidade de medir a capacidade financeira a curto prazo de uma empresa, obtido da comparação
da soma das disponibilidades líquidas e dos direitos realizáveis a curto prazo, com o total das suas exigibilidades registradas no
Passivo Circulante, denomina-se:

a) Endividamento Total
b) índice de Liquidez Seca
c) Índice de Liquidez Corrente
d) índice de Liquidez Instantânea
e) capital de giro.

05) O Capital Circulante Liquido será afetado sempre que houver:

a) aquisição de bens do ativo permanente;


b) conversão de empréstimo de longo prazo em capital;
c) integralização de capital em bens do ativo permanente;
d) venda de bens do ativo permanente recebível a longo prazo;
e) obtenção de empréstimos pagáveis a longo prazo.
06) Determinada empresa apresentou em 31 de dezembro o seguinte Balanço Patrimonial:

Em $ mil
ATIVO PASSIVO
Ativo Circulante Passivo Circulante
Caixa 210 Fornecedores 4.210
Bancos-C/Movimento 5.600 Títulos a Pagar 2.000
Estoques de Mercador 2 560 C/Correntes Diversas 800
Clientes 3.280 7.010
11.650
Ativo Permanente Patrimônio Líquido
Imóveis Capital
4.400 12.000
Veículos Lucros Acumulado
5.000 2.560
Diferido
520 14.560
9.920
TOTAL TOTAL
21.570
21.570

A análise patrimonial-financeira de tal demonstração aponta o quociente de liquidez corrente de:

a) 3,1;
b) 2,1;
c) 1,7;
d) 1,3;
e) 0,8.

07) O índice de Garantia de Capital de Terceiros é calculado da seguinte forma:

a) patrimônio líquido/passivo circulante;


b) patrimônio liquido/passivo exigível (passivo circulante + passivo exigível a longo prazo);
c) passivo circulante/passivo exigível (passivo circulante + passivo exigível a longo prazo);
d) passivo exigível (passivo circulante + passivo exigível a longo prazo)/ativo total;
e) passivo exigível (passivo circulante + passivo exigível a longo prazo)/ativo circulante.

08) Calcula-se o índice de Liquidez Imediata ou Instantânea através da seguinte forma:

a) ativo circulante/passivo circulante;


b) (ativo circulante - estoques)/passivo circulante;
c) ativo total/passivo total;
d) (ativo total - ativo permanente)/passivo circulante;
e) disponível/passivo circulante.

09) O grau de endividamento de uma empresa:

a) revela uma situação indesejável para qualquer tipo de entidade.


b) é obtido pelo cálculo da relação entre Ativo Circulante e Patrimônio Líquido.
c) aumenta, geralmente, com o aumento da participação relativa do Patrimônio Líquido no Ativo Total.
d) diminui, geralmente, com o aumento da participação relativa do Patrimônio Líquido no Ativo Total.
e) diminui, geralmente, com o aumento da participação relativa do Capital de Terceiros.

10) Considerando-se os seguintes dados apresentado pela empresa ABC.


Em $ milhões:

Itens Ano 1 Ano 2 Ano 3


Patrimônio Líquido 1.200 2.000 2.800
Passivo Circulante 600 1.000 1.500
Ativo Total 2.400 4.000 5.000
Lucro Líquido do Exercício 300 400 600

Constata-se que a rentabilidade sobre o Patrimônio Líquido médio:

a) no ano 3, foi de 30%.


b) no ano 2, foi de 20%.
c) no ano 3, foi de aproximadamente 21%.
d) no ano 2, foi de 25%.
e) no ano 2, foi de 21%.

11) Uma empresa tem um Ativo Circulante no valor de $ 180.000,00 e um Passivo Circulante no valor de $ 70.000,00. Se efetuar uma
aquisição de mercadorias a prazo, no valor de $ 40.000,00, o seu coeficiente de liquidez circulante será:

a) 2,6
b) 2,0
c) 3,1
d) 1,6
e) 3,0

12) Se o grau de liquidez corrente (ou circulante) de uma empresa for igual a 1,2, podemos afirmar que:

a) a cada $ 120,00 de Ativo, o Passivo Circulante é de $ 100,00.


b) a cada $ 120,00 de Ativo Circulante, o Passivo Circulante é de $ 100,00.
c) a cada $ 120,00 de Ativo Circulante, a empresa deve $ 100,00.
d) a cada $ 100,00 de recursos de curto prazo a empresa deve $ 120,00.
e) a cada $ 100,00 de recursos de longo prazo a empresa deve $ 120,00.

13) Se a lucratividade operacional é de 12%, o valor das Vendas Líquidas é de $ 10.000,00 e o Ativo Operacional é de $ 4.000,00,
podemos dizer que:

a) o Lucro Operacional é de $ 1.200,00, a rotação do ativo Operacional é de 2,5 e o Retorno do Investimento é de 20%.
b) o Lucro Operacional é de $ 1.200,00, a rotação do Ativo é de 0,4 e o Retorno do Investimento é de 30%.
c) o Lucro Operacional é de $ 1.000,00, a rotação do Ativo é de 2,5 e o Retorno do Investimento é de 30%.
d) o Lucro Operacional é de $ 1.200,00, a rotação do Ativo Operacional é de 2,5 e o Retorno do Investimento é de 30%.
e) Lucro Operacional é de $ 1.200,00, a rotação do Ativo é de 2,5 e o Retorno do Investimento é de 30%.

14) Considerando os indicadores abaixo, apresentados por determinada empresa industrial, em instantes sucessivos, marque a
tendência mais provável (Braga, Hugo Rocha):

Ativo Permanente
--------------------------- = 1,08 1,20 1,25
Patr.Líq.+Exig.LP.

a) As imobilizações da empresa estão devidamente cobertas com recursos permanentes e de longo prazo.
b) A empresa apresenta índices de rentabilidade bastante insatisfatórios, devido ao superinvestimento em imobilizações técnicas.
c) Há indicação de aumento no volume de capital de giro próprio, com reflexos positivos para a estrutura financeira da empresa.
d) A empresa está utilizando recursos de terceiros a curto prazo no financiamento de seu ativo fixo.
e) A empresa está utilizando recursos próprios no financiamento de seu ativo permanente.

15) Os capitais próprios da empresa originam-se:

I. Da integralização de valores fornecidos pelos sócios e acionistas.


II. Dos resultados positivos (lucros) gerados pela atividade da empresa.
III. Dos estoques.
IV. Dos financiamentos ou empréstimos feitos em bancos.

a) I e III estão corretas


b) I e IV estão corretas
c) I e II estão corretas
d) II e IV estão corretas.
e) II e III estão corretas.

Responda as questões 16 a 18 com base nos dados abaixo, apresentados por uma determinada empresa.
Ano 3 Ano 2 Ano 1
Ativo Circulante 6.000 5.000 4.000
Ativo Realizável a Longo Prazo 200 200 100
Ativo Permanente 5.800 4.800 3.900
Total do Ativo 12.000 10.000 8.000

Passivo Circulante 4.600 4.500 4.000


Passivo Exigível a Longo Prazo 200 200 100
Patrimônio Líquido 7.200 5.300 3.900
Total do Passivo e PL 12.000 10.000 8.000

Receitas Operacionais Brutas 150.000 140.000 112.000


Receitas Operacionais Líquidas 120.000 113.400 90.720
Custo dos Produtos Vendidos (73.500) (70.000) (61.600)
Despesas com Vendas (22.500) (22.400) (15.600)
Despesas Administrativas (7.200) (8.400) (7.200)
Despesas Financeiras (15.000) (11.300) (5.300)
Resultado Operacional 1.800 1.300 1.020
Resultado Líquido 1.900 1.400 900

16) A Margem Bruta foi de:

a) 49% no ano 3; 50,5% no ano 2; e 55% no ano 1


b) 1,2% no ano 3; 9% no ano 2; e 9% no ano 1
c) 51% no ano 3; 49,5% no ano 2; e 45% no ano 1
d) 31% nos anos 3 e 2; e 26% no ano 1.
e) 23% nos anos 3 e 2; e 13% no ano 1.

17) O Giro do Ativo Total foi de:

a) 13,6 vezes no ano 3; e 15,6 vezes no ano 2


b) 12,5 vezes no ano 3; e 14,0 vezes no ano 2
c) 10,0 vezes no ano 3; e 11,3 vezes no ano 2
d) 25,9 vezes no ano 3; e 29,2 vezes no ano 2
e) 11,5 vezes no ano 3; e 15,3 vezes no ano 2
18) A Liquidez Corrente foi de:

a) 1,25 no ano 3; 1,11 no ano 2; e 1,0 no ano 1


b) 1,30 no ano 3; 1,11 no ano 2; e 1,0 no ano 1
c) 0,81 no ano 3; 0,91 no ano 2; e 1,0 no ano 1
d) 1,30 nos três exercícios.
e) 1,20 no ano 3; 0,81 no ano 2; e 1,0 no ano 1

Responda as questões 19 a 21 com base nos dados apresentados pela empresa Ituiutaba (em $ mil):
Itens Ano A Ano B AnoC
Ativo Circulante 800 1.100 1.200
Ativo Realizável a Longo Prazo 100 200 200
Ativo Permanente 1.800 1.800 2.100
Total do Ativo 2.700 3.100 3.500
Passivo Circulante 500 600 700
Passivo Exigível a Longo Prazo 300 400 500
Patrimônio Líquido 1.900 2.100 2.300
Total do Passivo + Patr.Líquido 2.700 3.100 3.500

Receita Operacional Bruta 2.200 2.500 2.700


Receita Operacional Líquida 1.900 2.000 2.200
Custo dos Produtos Vendidos (1.200) (1.400) (1.500)
Despesas com Vendas (150) (120) (120)
Despesas Gerais e Administrativas (200) (210) (220)
Despesas Financeiras Líquidas (130) (70) (70)
Lucro Operacional 220 200 290
Lucro Líquido 120 140 200

19) O coeficiente de liquidez corrente:

a) apresentou crescimento consecutivo nos três anos.


b) permaneceu estável nos três anos.
c) apresentou crescimento do primeiro para o segundo ano, decrescendo no terceiro ano.
d) apresentou decréscimos consecutivos nos três anos.
e) apresentou crescimento do segundo para o terceiro ano, decrescendo no primeiro ano.

20) A margem bruta:

a) cresceu do ano A para B e decresceu do ano B para C.


b) decresceu do ano A para B e cresceu do ano B para C.
c) decresceu do ano A para B e decresceu do ano B para C.
d) cresceu do ano A para B e cresceu do ano B para C.
e) decresceu do ano B para C e cresceu do ano A para B.

21) O endividamento da empresa:

a) cresceu nos três anos consecutivos.


b) decresceu nos três anos consecutivos.
c) cresceu do ano A para B e decresceu do ano B para C.
d) decresceu do ano A para B e cresceu do ano B para C.
e) cresceu do ano B para C e decresceu do ano A para B.

22) Uma empresa apresenta um Passivo Total ( Circulante + longo prazo) de $ 100.000,00 e um Ativo Total de $ 230.000,00. Ao
contrair um empréstimo a longo prazo no valor de $ 30.000,00, o seu Patrimônio Líquido estará financiando:

a) 56,52% do seu Ativo Total


b) 50% do seu Ativo Total
c) 100% do seu Ativo Total
d) 2/3 do seu Ativo Total
e) 40% do seu Ativo Total

23) Uma empresa apresenta os seguintes dados relativos ao ano A (em $ mil):

Ativo Circulante 300 Passivo Circulante 200


Ativo Permanente 300 Patrimônio Líquido 400
Ativo Total 600 Passivo + Patr. Líquido 600

Receita Líquida 700


(-) Custos e Despesas (625)
Lucro Líquido 75

O retorno do investimento total:

a) foi de 18,75% no ano.


b) foi de 10,71% no ano.
c) ocorrerá num prazo de 8 anos.
d) ocorrerá num prazo de 4 anos.
e) ocorrerá num prazo de 6 anos.

24) Numa empresa quanto maior for índice de imobilização do patrimônio líquido:

a) menor tende a ser a rotação dos estoques.


b) maior tende a ser a rentabilidade do patrimônio líquido.
c) menor tende a ser a composição do endividamento.
d) menor tende a ser a liquidez.
e) maior tende a ser a garantia de terceiros.

25) Uma empresa apresenta um Ativo Circulante de $ 200.000,00 e um Passivo Circulante de $ 120.000,00. Se fizer uma compra de
mercadoria à vista no valor de $ 40.000,00, o seu coeficiente de liquidez corrente será:

a) 1,33
b) 2,00
c) 1,67
d) 1,25
e) 2,67

26) Uma empresa apresenta os seguintes dados:

Vendas Ano A = $ 100.000,00 Ano B = $ 110.000,00 Ano C = $ 120.000,00


Ativo Total Ano A = $ 10.000,00 Ano B = $ 13.000,00 Ano C = $ 14.500,00
a) o giro do seu ativo piorou no período considerado.
b) o giro do seu ativo melhorou no período considerado.
c) o giro do seu ativo se manteve estável no período considerado.
d) o giro do seu ativo foi de 0,10; 0,12 e 0,12 nos anos A, B e C.
e) o giro do seu ativo melhorou no período considerado.

27) Uma empresa apresenta um Passivo Total (Circulante + Longo Prazo) de $ 200.000 e um Ativo Total de $ 430.000. Ao efetuar o
pagamento de um empréstimo no valor de $ 50.000, o seu Patrimônio Líquido estará financiando:

a) uma percentagem maior do seu Ativo Total em relação à situação anterior.


b) a mesma percentagem do seu Ativo Total em relação à situação anterior.
c) uma percentagem menor do seu Ativo Total em relação à situação anterior.
d) 2/3 do seu Ativo Total.
e) uma percentagem maior do seu Ativo total em relação à situação anterior.

28) Numa empresa quanto menor for o índice de imobilização do Patrimônio Líquido, a tendência é:

a) menor rentabilidade do patrimônio líquido.


b) maior composição do endividamento.
c) menor liquidez.
d) maior liquidez.
e) maior garantia para terceiros.

29) Da Demonstração de Origens e Aplicações de Recursos da Companhia Ágata, em 31.12.19X9 e 31.12.20X0, foram extraídos os
seguintes dados:

DISCRIMINAÇÃO 31.12.19X9 31.12.20X0


Capital Circulante Líquido positivo $ 3.750 $ 8.010
Passivo Circulante $ 2.850 $ 2.570

Em decorrência disso, é correto depreender que o aumento do Ativo Circulante da empresa no período entre 31.12.19X9 e 31.12.20X0
atingiu:

a) 3.980.
b) 4.260.
c) 5.440.
d) 280.
e) 4.440

30) Considerando a seguinte evolução na relação entre Ativo Permanente e Patrimônio Líquido: ano A 0,75; ano B 0,80 e ano C 0,85.
Pode-se concluir que:

a) a empresa está reduzindo a cada ano seu capital de giro próprio.


b) a empresa está aumentando a cada ano seu capital de giro próprio.
c) esta relação não tem influência sobre o capital de giro próprio.
d) as dívidas da empresa estão sendo mantidas no mesmo nível.
e) a empresa está reduzindo a cada ano seu capital de terceiros.

31) Uma empresa apresenta os seguintes dados:

Vendas Líquidas: Ano A = $ 200.000 Ano B = $ 220.000 Ano C = $ 240.000


Custo dos Produtos Vendidos: Ano A = $ 120.000 Ano B = $ 130.000 Ano C = $ 130.000

a) o seu lucro operacional melhorou no período considerado.


b) o seu lucro bruto permaneceu estável no período considerado.
c) o seu lucro bruto melhorou no período considerado.
d) o seu lucro bruto piorou do ano A para o ano B e melhorou do ano B para o ano C.
e) o seu lucro bruto piorou no período considerado.