Você está na página 1de 139

Universidade Federal do Paraná Departamento de Construção Civil

Disciplina: Construção Civil 1

Universidade Federal do Paraná Departamento de Construção Civil Disciplina: Construção Civil 1 Sistemas de Contenções: Prof.

Sistemas de Contenções:

Universidade Federal do Paraná Departamento de Construção Civil

Disciplina: Construção Civil 1

Introdução

Incentivo ao desenvolvimento:

Indústria automobilística nacional
Indústria automobilística
nacional

Década de 60

Universidade Federal do Paraná Departamento de Construção Civil Disciplina: Construção Civil 1 Introdução Incentivo ao desenvolvimento:

Prédios não tinham subsolo

Universidade Federal do Paraná Departamento de Construção Civil

Disciplina: Construção Civil 1

Introdução

Incentivo ao desenvolvimento:

Com mais carros tornou-se necessário escavar mais

Universidade Federal do Paraná Departamento de Construção Civil Disciplina: Construção Civil 1 Introdução Incentivo ao desenvolvimento:

Intersepção do lençol freático

Década de 80

Universidade Federal do Paraná Departamento de Construção Civil Disciplina: Construção Civil 1 Introdução Incentivo ao desenvolvimento:

Já era usual os prédios

terem até 2 subsolos

Universidade Federal do Paraná Departamento de Construção Civil

Disciplina: Construção Civil 1

Introdução

O desenvolvimento dos materiais foi

fundamental para a evolução das contenções

EX 1:

Armação manual

Universidade Federal do Paraná Departamento de Construção Civil Disciplina: Construção Civil 1 Introdução O desenvolvimento dos

Telas metálicas

Universidade Federal do Paraná Departamento de Construção Civil Disciplina: Construção Civil 1 Introdução O desenvolvimento dos

Concreto projetado com fibras

Universidade Federal do Paraná Departamento de Construção Civil

Disciplina: Construção Civil 1

Introdução

O desenvolvimento dos materiais foi

fundamental para a evolução das contenções

EX 2:

Conceito era baseado no peso próprio

Universidade Federal do Paraná Departamento de Construção Civil Disciplina: Construção Civil 1 Introdução O desenvolvimento dos

Surgem os tirantes

Universidade Federal do Paraná Departamento de Construção Civil Disciplina: Construção Civil 1 Introdução O desenvolvimento dos

Importante: Terras urbanas m 2 preço muito alto

Esbeltez
Esbeltez

Universidade Federal do Paraná Departamento de Construção Civil

Disciplina: Construção Civil 1

Introdução

Sistemas de contenção de taludes mais modernos

evitam perda de área e permitem escavações mais profundas.

É preciso considerar:

Custo Prazo Esbeltez

Universidade Federal do Paraná Departamento de Construção Civil

Disciplina: Construção Civil 1

Introdução

As tecnologias mais modernas propiciam maior

produtividade, melhor aproveitamento do terreno e escavações mais profundas e seguras.

Universidade Federal do Paraná Departamento de Construção Civil

Disciplina: Construção Civil 1

Introdução

Essas obras de contenção, necessárias em locais de topografia acidentada, representam sempre um elevado ônus no orçamento total da obra.

Diante disso, é importante a realização de uma análise detalhada de qual tipo de contenção atende do ponto de vista técnico, além de satisfazer também quanto ao aspecto econômico.

Universidade Federal do Paraná Departamento de Construção Civil

Disciplina: Construção Civil 1

Muro de Arrimo

Definição:

Elemento estrutural que apresenta a função de conter um determinado maciço de terra que possa vir a desmoronar se deixada com o talude livre.

Universidade Federal do Paraná Departamento de Construção Civil

Disciplina: Construção Civil 1

Muro de Arrimo

Detalhes:

É

a

solução

barranco.

mais

comum

para

segurar um

A função do muro de arrimo é substituir a terra que foi removida para a feitura de um platô.

Universidade Federal do Paraná Departamento de Construção Civil

Disciplina: Construção Civil 1

Muro de Arrimo

Muro de arrimo
Muro de arrimo

Universidade Federal do Paraná Departamento de Construção Civil

Disciplina: Construção Civil 1

Muro de Arrimo

Terreno natural Corte
Terreno natural
Corte

Universidade Federal do Paraná Departamento de Construção Civil

Disciplina: Construção Civil 1

Muro de Arrimo

Universidade Federal do Paraná Departamento de Construção Civil Disciplina: Construção Civil 1 Muro de Arrimo Prof.

Universidade Federal do Paraná Departamento de Construção Civil

Disciplina: Construção Civil 1

Muro de Arrimo

Terreno removido exercia uma pressão sobre o maciço
Terreno removido
exercia uma
pressão sobre o
maciço

Universidade Federal do Paraná Departamento de Construção Civil

Disciplina: Construção Civil 1

Muro de Arrimo

Região ficou solta e pode desbarrancar
Região ficou solta
e pode
desbarrancar

Universidade Federal do Paraná Departamento de Construção Civil

Disciplina: Construção Civil 1

Muro de Arrimo

Deve exercer Muro de pressão ≥ a da arrimo terra que foi removida
Deve exercer
Muro de
pressão ≥ a da
arrimo
terra que foi
removida

Universidade Federal do Paraná Departamento de Construção Civil

Disciplina: Construção Civil 1

Muro de Arrimo

Universidade Federal do Paraná Departamento de Construção Civil Disciplina: Construção Civil 1 Muro de Arrimo Detalhes
Detalhes
Detalhes

Universidade Federal do Paraná Departamento de Construção Civil

Disciplina: Construção Civil 1

Muro de Arrimo

Muro de arrimo
Muro de arrimo

Universidade Federal do Paraná Departamento de Construção Civil

Disciplina: Construção Civil 1

Tipos de contenção

Muro de gravidade

Universidade Federal do Paraná Departamento de Construção Civil Disciplina: Construção Civil 1 Tipos de contenção Muro

Concreto

Universidade Federal do Paraná Departamento de Construção Civil Disciplina: Construção Civil 1 Tipos de contenção Muro

Gabiões

Universidade Federal do Paraná Departamento de Construção Civil Disciplina: Construção Civil 1 Tipos de contenção Muro

Flexão

Universidade Federal do Paraná Departamento de Construção Civil Disciplina: Construção Civil 1 Tipos de contenção Muro

Flexão com contrafortes

Gravidade

+

Flexão

Universidade Federal do Paraná Departamento de Construção Civil

Disciplina: Construção Civil 1

Tipos de contenção

Outros métodos:

Universidade Federal do Paraná Departamento de Construção Civil Disciplina: Construção Civil 1 Tipos de contenção Outros

Parede diafragma

Universidade Federal do Paraná Departamento de Construção Civil Disciplina: Construção Civil 1 Tipos de contenção Outros

Perfis com pranchada

Universidade Federal do Paraná Departamento de Construção Civil Disciplina: Construção Civil 1 Tipos de contenção Outros

Solo grampeado

Universidade Federal do Paraná Departamento de Construção Civil Disciplina: Construção Civil 1 Tipos de contenção Outros

Muro de arrimo segmentado

Universidade Federal do Paraná Departamento de Construção Civil

Disciplina: Construção Civil 1

Tipos de contenção

Muro de gravidade - Concreto

momento

x x x x x x x x x x x x x x
x x x x x x x x x x x x x x

> Tendência ao

x x x x x x x x x x x x x x

tombamento!!!

Universidade Federal do Paraná Departamento de Construção Civil

Disciplina: Construção Civil 1

Tipos de contenção

Muro de gravidade - Concreto

momento

x x x x x x x x x x x x x x

x x x x x x x x x x x x x x
x x x x x x x x x x x x x x

< Tendência ao

tombamento!!!

Universidade Federal do Paraná Departamento de Construção Civil

Disciplina: Construção Civil 1

Tipos de contenção

Muro de gravidade - Concreto

Em geral:

Princípio: Peso Próprio momento Secção trapezoidal Economicamente viáveis para: H < 5 ou 6 m x
Princípio: Peso Próprio
momento
Secção trapezoidal
Economicamente viáveis
para:
H < 5 ou 6 m
x x x x x x x x x x x x x x
H
x x x x x x x x x x x x x x
± 40 a 50 % de H

Universidade Federal do Paraná Departamento de Construção Civil

Disciplina: Construção Civil 1

Tipos de contenção

Universidade Federal do Paraná Departamento de Construção Civil Disciplina: Construção Civil 1 Tipos de contenção Muro

Muro de gravidade - Concreto

Universidade Federal do Paraná Departamento de Construção Civil

Disciplina: Construção Civil 1

Tipos de contenção

Muro de gravidade - Concreto

Se for usada esta configuração, recomenda-se fazer uma pequena inclinação no talude (2 graus com a vertical).

88 graus
88 graus

x x x x x x x x x x x x x x

Motivo:

Evitar desconforto para o usuário

x x x x x x x x x x x x x x

Universidade Federal do Paraná Departamento de Construção Civil

Disciplina: Construção Civil 1

Tipos de contenção

Muro de Gravidade - Gabiões

Gaiolas de aço galvanizado cheias com pedras de

granulometria superior a malha

x x x x x x x x x x x x x x
x x x x x x x x x x x x x x

Degraus para fora

Universidade Federal do Paraná Departamento de Construção Civil

Disciplina: Construção Civil 1

Tipos de contenção

Muro de Gravidade - Gabiões Formato Prisma retangular Uso Muros de barragens, Comprimento (m) Altura (m)
Muro de Gravidade - Gabiões
Formato
Prisma retangular
Uso
Muros de barragens,
Comprimento (m)
Altura (m)
Largura (m)
contenções e canalizações
1,5; 2; 3 ou 4
0,5 ou 1 m
1

Universidade Federal do Paraná Departamento de Construção Civil

Disciplina: Construção Civil 1

Tipos de contenção

Muro de Gravidade - Gabiões

Universidade Federal do Paraná Departamento de Construção Civil Disciplina: Construção Civil 1 Tipos de contenção Muro

No caso de muros de grande altura:

Gabiões mais baixos na base (altura = 0,5m): maior rigidez e resistência.

Universidade Federal do Paraná Departamento de Construção Civil

Disciplina: Construção Civil 1

Tipos de contenção

Muro de Gravidade - Gabiões

Universidade Federal do Paraná Departamento de Construção Civil Disciplina: Construção Civil 1 Tipos de contenção Muro

Para muros muito longos:

Gabiões com comprimento de

até 4 m podem ser utilizados

para agilizar a construção.

Universidade Federal do Paraná Departamento de Construção Civil

Disciplina: Construção Civil 1

Tipos de contenção

Muro de Gravidade - Gabiões

Universidade Federal do Paraná Departamento de Construção Civil Disciplina: Construção Civil 1 Tipos de contenção Muro

Aço galvanizado

Galvanização dupla

Pode ter revestimento de PVC

Universidade Federal do Paraná Departamento de Construção Civil

Disciplina: Construção Civil 1

Tipos de contenção

Muro de Gravidade - Gabiões

Universidade Federal do Paraná Departamento de Construção Civil Disciplina: Construção Civil 1 Tipos de contenção Muro

Universidade Federal do Paraná Departamento de Construção Civil

Disciplina: Construção Civil 1

Tipos de contenção

Muro de Gravidade - Gabiões

Pode ser assim?

Degraus para dentro

x x x x x x x x x x x x x x
x x x x x x x x x x x x x x

Universidade Federal do Paraná Departamento de Construção Civil

Disciplina: Construção Civil 1

Tipos de contenção

Muro de Gravidade - Gabiões

Universidade Federal do Paraná Departamento de Construção Civil Disciplina: Construção Civil 1 Tipos de contenção Muro

Universidade Federal do Paraná Departamento de Construção Civil

Disciplina: Construção Civil 1

Tipos de contenção

Muro de Gravidade - Gabiões

Principais vantagens:

Grande flexibilidade (permite que a estrutura se acomode a recalques diferenciais);

Permeabilidade.

Universidade Federal do Paraná Departamento de Construção Civil

Disciplina: Construção Civil 1

Tipos de contenção

Muro de Flexão

Forma de L

Anti-econômicos para alturas > 5 a 7 m

Concreto armado

Universidade Federal do Paraná Departamento de Construção Civil

Disciplina: Construção Civil 1

Tipos de contenção

Muro de Flexão

Resistem aos empuxos por flexão, utilizando parte do peso próprio do maciço.

São estruturas mais esbeltas que os muros de gravidade convencionais.

Universidade Federal do Paraná Departamento de Construção Civil

Disciplina: Construção Civil 1

Tipos de contenção

Muro de Flexão

momento

x x x x x x x x x x x x x x H 50
x x x x x x x x x x x x x x
H
50 a 70% de H

Universidade Federal do Paraná Departamento de Construção Civil

Disciplina: Construção Civil 1

Muro de Flexão

Tipos de contenção

Universidade Federal do Paraná Departamento de Construção Civil Disciplina: Construção Civil 1 Muro de Flexão Tipos

Universidade Federal do Paraná Departamento de Construção Civil

Disciplina: Construção Civil 1

Tipos de contenção

Muro de Flexão com Contrafortes

momento

Contraforte x x x x x x x x x x x x x x Compressão
Contraforte
x x x x x x x x x x x x x x
Compressão

Universidade Federal do Paraná Departamento de Construção Civil

Disciplina: Construção Civil 1

Tipos de contenção

Universidade Federal do Paraná Departamento de Construção Civil Disciplina: Construção Civil 1 Tipos de contenção Muro

Muro de Flexão com Contrafortes

Universidade Federal do Paraná Departamento de Construção Civil

Disciplina: Construção Civil 1

Tipos de contenção

Muro de Flexão com Contrafortes

momento

Contraforte Tração
Contraforte
Tração

x x x x x x x x x x x x x x

Universidade Federal do Paraná Departamento de Construção Civil Disciplina: Construção Civil 1 Tipos de contenção Muro

Universidade Federal do Paraná Departamento de Construção Civil

Disciplina: Construção Civil 1

Tipos de contenção

Solo Grampeado

Técnica em que o reforço do maciço é obtido através da inclusão de

elementos metálicos:

Grampos

Universidade Federal do Paraná Departamento de Construção Civil Disciplina: Construção Civil 1 Tipos de contenção Solo

Resistentes à tração e

momentos fletores.

Universidade Federal do Paraná Departamento de Construção Civil

Disciplina: Construção Civil 1

Tipos de contenção

Solo Grampeado

O método construtivo:

Corte do solo de acordo com a geometria do projeto (exceto se for para reforçar taludes);

Colocação da linha de chumbadores (grampos);

Universidade Federal do Paraná Departamento de Construção Civil Disciplina: Construção Civil 1 Tipos de contenção Solo

Universidade Federal do Paraná Departamento de Construção Civil

Disciplina: Construção Civil 1

Tipos de contenção

Solo Grampeado

O método construtivo:

Aplicação do revestimento de concreto projetado;

São feitos drenos profundos de paramentos e canaletas conforme o projeto ao longo do talude.

Universidade Federal do Paraná Departamento de Construção Civil

Disciplina: Construção Civil 1

Tipos de contenção

Solo Grampeado

Introdução dos grampos

no maciço:

Por cravação direta de elementos metálicos

(diâmetros entre 12,5 a 38 mm)

Universidade Federal do Paraná Departamento de Construção Civil Disciplina: Construção Civil 1 Tipos de contenção Solo

Universidade Federal do Paraná Departamento de Construção Civil

Disciplina: Construção Civil 1

Tipos de contenção

Solo Grampeado

Introdução dos grampos no maciço:

Através de pré-furos

(diâmetros entre 75 a 150 mm),

seguidos pela introdução de barras metálicas e

preenchimento do furo.

Universidade Federal do Paraná Departamento de Construção Civil Disciplina: Construção Civil 1 Tipos de contenção Solo

Universidade Federal do Paraná Departamento de Construção Civil

Disciplina: Construção Civil 1

Tipos de contenção

Solo Grampeado

Tipo de perfuratriz:

Depende da área de trabalho,

profundidade e diâmetro do

furo.

Universidade Federal do Paraná Departamento de Construção Civil Disciplina: Construção Civil 1 Tipos de contenção Solo

Universidade Federal do Paraná Departamento de Construção Civil

Disciplina: Construção Civil 1

Tipos de contenção

Solo Grampeado

O método de perfuração deve permitir estabilidade da cavidade perfurada até que a injeção da calda de cimento

seja concluída.

Universidade Federal do Paraná Departamento de Construção Civil Disciplina: Construção Civil 1 Tipos de contenção Solo

Universidade Federal do Paraná Departamento de Construção Civil

Disciplina: Construção Civil 1

Tipos de contenção

Solo Grampeado

Após a perfuração:

Instalação e fixação de nervuras metálicas, de fibra de vidro ou similares.

Metálica: Mais comum Precisa de tratamento anticorrosivo adequado (resina epóxica ou calda de cimento)

Universidade Federal do Paraná Departamento de Construção Civil

Disciplina: Construção Civil 1

Tipos de contenção

Solo Grampeado

Dispositivo centralizadores:

Garantir recobrimento contínuo e constante do grampo com a calda de

cimento.

Universidade Federal do Paraná Departamento de Construção Civil Disciplina: Construção Civil 1 Tipos de contenção Solo
Universidade Federal do Paraná Departamento de Construção Civil Disciplina: Construção Civil 1 Tipos de contenção Solo

Universidade Federal do Paraná Departamento de Construção Civil

Disciplina: Construção Civil 1

Tipos de contenção

Solo Grampeado

Material de enchimento:

Usualmente, reserva-se o uso de resinas para materiais rochosos e calda com elevado teor de cimento para solos.

Universidade Federal do Paraná Departamento de Construção Civil Disciplina: Construção Civil 1 Tipos de contenção Solo

Universidade Federal do Paraná Departamento de Construção Civil

Disciplina: Construção Civil 1

Tipos de contenção

Solo Grampeado

Detalhe da cabeça do grampo

Universidade Federal do Paraná Departamento de Construção Civil Disciplina: Construção Civil 1 Tipos de contenção Solo

Universidade Federal do Paraná Departamento de Construção Civil

Disciplina: Construção Civil 1

Tipos de contenção

Solo Grampeado

Para a instalação:

Preencher o furo com o material injetado e introduzir a barra

Universidade Federal do Paraná Departamento de Construção Civil Disciplina: Construção Civil 1 Tipos de contenção Solo

Universidade Federal do Paraná Departamento de Construção Civil

Disciplina: Construção Civil 1

Tipos de contenção

Solo Grampeado

Para a instalação:

Outra alternativa: injetar a calda de cimento após a instalação da barra

Detalhe: pode precisar

de tubulação acessória.

Universidade Federal do Paraná Departamento de Construção Civil Disciplina: Construção Civil 1 Tipos de contenção Solo

Universidade Federal do Paraná Departamento de Construção Civil

Disciplina: Construção Civil 1

Tipos de contenção

Solo Grampeado

O revestimento do talude é um ponto muito importante nesta técnica

Universidade Federal do Paraná Departamento de Construção Civil Disciplina: Construção Civil 1 Tipos de contenção Solo

Garante a estabilidade do sistema em conjunto com os chumbadores

Universidade Federal do Paraná Departamento de Construção Civil

Disciplina: Construção Civil 1

Tipos de contenção

Solo Grampeado

Tela soldada:

Oferece ao concreto projetado uma armação muito prática e eficiente

É necessário uma perfeita compactação para evitar o efeito sombra (vazio atrás da tela)

Camadas: 1 ou 2

Universidade Federal do Paraná Departamento de Construção Civil Disciplina: Construção Civil 1 Tipos de contenção Solo

Universidade Federal do Paraná Departamento de Construção Civil

Disciplina: Construção Civil 1

Tipos de contenção

Solo Grampeado

Concreto projetado Espessura 5 a 20 cm

Elevadas resistências iniciais:

até 10 MPa em 10 horas

Alto teor de cimento Adições: Sílica ativa (5 a 10%) Aditivos

Universidade Federal do Paraná Departamento de Construção Civil Disciplina: Construção Civil 1 Tipos de contenção Solo

Universidade Federal do Paraná Departamento de Construção Civil

Disciplina: Construção Civil 1

Tipos de contenção

Solo Grampeado

Drenos:

Drenagem profunda Drenagem de superfície

Universidade Federal do Paraná Departamento de Construção Civil

Disciplina: Construção Civil 1

Tipos de contenção

Solo Grampeado

DHP (drenos sub-horizontais profundos)

Resultantes da instalação de tubos plásticos de 1½” a 2” drenantes, em perfurações no solo de 2 ½” a 4”.

Comprimento de 6 a 18 m.

Tubos perfurados e recobertos por manta geotêxtil ou por tela de nylon

Universidade Federal do Paraná Departamento de Construção Civil

Disciplina: Construção Civil 1

Tipos de contenção

Solo Grampeado

Drenos de superfície (Barbacãs):

Cavidade (cerca de 40 x 40 x 40 cm) - preenchida com material granular (areia) - tendo como saída um tubo de PVC drenante com inclinação descendente (dreno pontual)

Canaleta de pé ou dreno linear.

Universidade Federal do Paraná Departamento de Construção Civil

Disciplina: Construção Civil 1

Tipos de contenção

Solo Grampeado

Esquema
Esquema

Universidade Federal do Paraná Departamento de Construção Civil

Disciplina: Construção Civil 1

Tipos de contenção

Solo Grampeado

Universidade Federal do Paraná Departamento de Construção Civil Disciplina: Construção Civil 1 Tipos de contenção Solo

Universidade Federal do Paraná Departamento de Construção Civil

Disciplina: Construção Civil 1

Tipos de contenção

Parede diafragma escavada com lama bentonítica

Década de 50 e 60

Revolucionou!!!
Revolucionou!!!

Execução da linha 1 (Azul) do metrô de SP; Foi o grande propulsor das contenções no Brasil; Grande investimento em pesquisa e técnicas construtivas.

Universidade Federal do Paraná Departamento de Construção Civil

Disciplina: Construção Civil 1

Parede diafragma

escavada com

lama bentonítica

Tipos de contenção

Universidade Federal do Paraná Departamento de Construção Civil Disciplina: Construção Civil 1 Parede diafragma escavada com

Universidade Federal do Paraná Departamento de Construção Civil

Disciplina: Construção Civil 1

Tipos de contenção

Parede diafragma escavada com lama bentonítica

Uso: quando as escavações internas de uma obra interceptam o lençol freático e materiais arenosos.

Objetivo: evitar que estas escavações internas ao terreno ocorram com o fluxo constante de água para dentro da obra, eliminando-se o rebaixamento do lençol freático nas regiões anexas à escavação e melhorando as condições de estabilidade dos solos contidos no interior da obra.

Universidade Federal do Paraná Departamento de Construção Civil

Disciplina: Construção Civil 1

Tipos de contenção

Parede diafragma escavada com lama bentonítica

A sequência executiva compreende as fases de:

  • a) Preparo e instalação do canteiro;

Paredes guias

  • b) Execução das paredes guias;

de concreto

Universidade Federal do Paraná Departamento de Construção Civil Disciplina: Construção Civil 1 Tipos de contenção Parede
Universidade Federal do Paraná Departamento de Construção Civil Disciplina: Construção Civil 1 Tipos de contenção Parede

110 cm

Universidade Federal do Paraná Departamento de Construção Civil

Disciplina: Construção Civil 1

Tipos de contenção

Parede diafragma escavada com lama bentonítica

A sequência executiva compreende as fases de:

c) Posicionamento da diafragmadora;

Clam Shell

Universidade Federal do Paraná Departamento de Construção Civil Disciplina: Construção Civil 1 Tipos de contenção Parede

Universidade Federal do Paraná Departamento de Construção Civil

Disciplina: Construção Civil 1

Tipos de contenção

Parede diafragma escavada com lama bentonítica

Escavação:

- Espessura entre 30 e 120 cm - Largura de 2,50 ou

3,20 m

Universidade Federal do Paraná Departamento de Construção Civil Disciplina: Construção Civil 1 Tipos de contenção Parede

Universidade Federal do Paraná Departamento de Construção Civil

Disciplina: Construção Civil 1

Tipos de contenção

Parede diafragma escavada com lama bentonítica

A sequência executiva compreende as fases de:

d) Escavação do painel com a diafragmadora e

Universidade Federal do Paraná Departamento de Construção Civil Disciplina: Construção Civil 1 Tipos de contenção Parede

preenchimento da escavação com lama bentonítica

previamente preparada;

Objetivo da lama bentonítica: evitar desbarrrancamento da parte interna da cava.

Universidade Federal do Paraná Departamento de Construção Civil

Disciplina: Construção Civil 1

Tipos de contenção

Parede diafragma escavada com lama bentonítica

Bentonita?
Bentonita?

Lama bentonítica:

Mistura de água com a bentonita em pó em proporções adequadas ao desenvolvimento do serviço.

Para solos mais finos que areia média, é usual a concentração de bentonita de 4%.

Bentonita: Argila com predominância de montmorilonita, que é um argilomineral expansivo

Universidade Federal do Paraná Departamento de Construção Civil

Disciplina: Construção Civil 1

Tipos de contenção

Parede diafragma escavada com lama bentonítica

Características da lama bentonítica:

Antes da escavação

Antes da concretagem

Densidade ≥ 1,03 g/cm 3

Densidade ≤ 1,1 g/cm 3

Viscosidade ≥ 30s

Viscosidade ≤ 90s

pH entre 7 e 11

pH entre 7 e 11

Teor de areia ≤ 3%

Teor de areia ≤ 3%

A lama pode ser reciclada desarenando-a ou misturando com lama nova para que atinja os parâmetros acima especificados.

Universidade Federal do Paraná Departamento de Construção Civil

Disciplina: Construção Civil 1

Tipos de contenção

Parede diafragma escavada com lama bentonítica

A sequência executiva compreende as fases de:

e) Colocação da armadura dentro do painel cheio de lama;

Armaduras ou gaiolas: Armadura dos painéis previamente montadas.

Atentar para a limpeza da base da escavação com a retirada de detritos remanescentes;

Efetuar a substituição da lama bentonítica por outra que apresente as características estabelecidas.

Universidade Federal do Paraná Departamento de Construção Civil

Disciplina: Construção Civil 1

Tipos de contenção

Parede diafragma escavada com lama bentonítica

A sequência executiva compreende as fases de:

f) Concretagem submersa do painel.

Tubo de concretagem ou tubo tremonha:

Tubos metálicos, de diversos comprimentos, acoplados entre si, utilizados para concretagem submersa, dotados em sua extremidade

de um funil.

O tubo tremonha deve ficar embutido no concreto ao menos 1,50 m.

Universidade Federal do Paraná Departamento de Construção Civil

Disciplina: Construção Civil 1

Tipos de contenção

Parede diafragma escavada com lama bentonítica

A sequência executiva compreende as fases de:

f) Concretagem submersa do painel.

Universidade Federal do Paraná Departamento de Construção Civil Disciplina: Construção Civil 1 Tipos de contenção Parede

Universidade Federal do Paraná Departamento de Construção Civil

Disciplina: Construção Civil 1

Tipos de contenção

Parede diafragma escavada com lama bentonítica

A sequência executiva compreende as fases de:

f) Concretagem submersa do painel.

Características do concreto:

  • - Resistência â compressão mínima de 20 Mpa, aos 28 dias

  • - Consumo de cimento mínimo de 400 kg/m 3

  • - Brita 1

  • - Slump entre 18 e 22 cm

  • - Não utilizar cimentos CPIII, cimento ARI, pó de pedra ou

aditivos retardadores de pega

Universidade Federal do Paraná Departamento de Construção Civil

Disciplina: Construção Civil 1

Universidade Federal do Paraná Departamento de Construção Civil Disciplina: Construção Civil 1 Prof. Dr. Marcelo Medeiros

Universidade Federal do Paraná Departamento de Construção Civil

Disciplina: Construção Civil 1

Tipos de contenção

Parede diafragma escavada com lama bentonítica

g) Preenchimento da escavação com placa pré-moldada:

- Procedimento alternativo da concretagem no local

- Após escavação, troca-se a lama por coulis (mistura de cimento com lama bentonítica, com 100 a 200 kg de cimento por m 3 de lama);

- Concreta-se o fundo da escavação e coloca-se a placa

embutindo-a no concreto.

Universidade Federal do Paraná Departamento de Construção Civil

Disciplina: Construção Civil 1

Tipos de contenção

Parede diafragma escavada com lama bentonítica

g) Preenchimento da escavação com placa pré-moldada:

- A placa pode ser de CA ou CP, maciça

ou vazada, com encaixe macho-fêmea.

- A estanqueidade é obtida pelo coulis formado entre a mureta-guia e a placa

pré-moldada

Universidade Federal do Paraná Departamento de Construção Civil Disciplina: Construção Civil 1 Tipos de contenção Parede

Joppert Jr., 2007

Universidade Federal do Paraná Departamento de Construção Civil

Disciplina: Construção Civil 1

Tipos de contenção

Parede diafragma escavada com lama bentonítica

A sequência executiva compreende as fases de:

h) Escavação do centro;

Universidade Federal do Paraná Departamento de Construção Civil Disciplina: Construção Civil 1 Tipos de contenção Parede

Universidade Federal do Paraná Departamento de Construção Civil

Disciplina: Construção Civil 1

Tipos de contenção

Parede diafragma escavada com lama bentonítica

A sequência executiva compreende as fases de:

i) Içamento do equipamento.

Universidade Federal do Paraná Departamento de Construção Civil Disciplina: Construção Civil 1 Tipos de contenção Parede

Universidade Federal do Paraná Departamento de Construção Civil

Disciplina: Construção Civil 1

Tipos de contenção

Universidade Federal do Paraná Departamento de Construção Civil Disciplina: Construção Civil 1 Tipos de contenção Prof.

Universidade Federal do Paraná Departamento de Construção Civil

Disciplina: Construção Civil 1

Tipos de contenção

Parede diafragma com estacas secantes

Características:

  • - Não necessita de lama bentonítica para

execução

  • - Eliminação da mureta-guia

  • - Penetra em materiais de grande resistência,

como argila dura e rocha gnaisse

  • - Ausência de desbarrancamento durante a

escavação das estacas, devido ao revestimento das estacas aliado à utilização do trado helicoidal

contínuo

Universidade Federal do Paraná Departamento de Construção Civil Disciplina: Construção Civil 1 Tipos de contenção Parede

Universidade Federal do Paraná Departamento de Construção Civil

Disciplina: Construção Civil 1

Tipos de contenção

Parede diafragma com estacas secantes

Universidade Federal do Paraná Departamento de Construção Civil Disciplina: Construção Civil 1 Tipos de contenção Parede
Universidade Federal do Paraná Departamento de Construção Civil Disciplina: Construção Civil 1 Tipos de contenção Parede

Universidade Federal do Paraná Departamento de Construção Civil

Disciplina: Construção Civil 1

Tipos de contenção

Parede diafragma com estacas secantes

A sequência executiva compreende as fases de:

  • a) Perfuração: máx. de 17,5m

    • - Perfuratriz de hélice contínua

    • - Possui “cabeça dupla” que possibilita perfuração encostada na divisa e o recorte de peças de concreto.

“Cabeça dupla”: composta por um tubo de revestimento que

gira no sentido anti-horário e um trado helicoidal que gira

no sentido horário, de modo que o tubo de revestimento

perfura e o trado helicoidal limpa a parte interna da perfuração.

Universidade Federal do Paraná Departamento de Construção Civil

Disciplina: Construção Civil 1

Tipos de contenção

Parede diafragma com estacas secantes

b) Concretagem - Preenchimento das estacas com argamassa fluida com slump > 28 cm e f ck entre 18 e 25 MPa

c) Armação

- As estacas da 1 a fase não são armadas, apenas argamassadas. As peças são implantadas deixando-se a previsão para as estacas da 2ª fase, que são armadas

e devem recortar as estacas argamassadas.

- É possível o uso de perfis I de aço em todas as estacas para maior estruturação da parede.

Universidade Federal do Paraná Departamento de Construção Civil

Disciplina: Construção Civil 1

Tipos de contenção

Parede diafragma com estacas secantes

Universidade Federal do Paraná Departamento de Construção Civil Disciplina: Construção Civil 1 Tipos de contenção Parede

Universidade Federal do Paraná Departamento de Construção Civil

Disciplina: Construção Civil 1

Parede diafragma com estacas secantes

Universidade Federal do Paraná Departamento de Construção Civil Disciplina: Construção Civil 1 Parede diafragma com estacas

Universidade Federal do Paraná Departamento de Construção Civil

Disciplina: Construção Civil 1

Perfis com pranchada

Tipos de contenção

Universidade Federal do Paraná Departamento de Construção Civil Disciplina: Construção Civil 1 Perfis com pranchada Tipos
Universidade Federal do Paraná Departamento de Construção Civil Disciplina: Construção Civil 1 Perfis com pranchada Tipos

Universidade Federal do Paraná Departamento de Construção Civil

Disciplina: Construção Civil 1

Perfis com pranchada

Tipos de contenção

Obtido pela cravação de perfis metálicos estruturais (laminados ou soldados), junto às divisas do terreno a ser

escavado: cravação com bate-estaca de queda livre.

Perfis também podem ser utilizados como fundações, servindo de apoio às lajes periféricas da edificação.

Pequena espessura final do arrimo (~35 cm), baixo custo final e boa velocidade de execução.

Universidade Federal do Paraná Departamento de Construção Civil

Disciplina: Construção Civil 1

Perfis com pranchada

Tipos de contenção

Após a cravação dos perfis, a escavação é executada simultaneamente à colocação dos pranchões entre os perfis e a divisa do terreno; Os pranchões podem ser de madeira ou placas de CA;

O trecho pranchado fica em balanço e o restante do perfil enterrado no solo;

Os perfis têm comprimento de 12 m e resistência de escoamento entre 250 e 350 Mpa.

Universidade Federal do Paraná Departamento de Construção Civil

Disciplina: Construção Civil 1

Perfis com pranchada

Tipos de contenção

Universidade Federal do Paraná Departamento de Construção Civil

Disciplina: Construção Civil 1

Tipos de contenção

Muro de arrimo segmentado

Sistema construtivo estrutural que possui assentamento por encaixe rápido e versátil.

Universidade Federal do Paraná Departamento de Construção Civil Disciplina: Construção Civil 1 Tipos de contenção Muro
Universidade Federal do Paraná Departamento de Construção Civil Disciplina: Construção Civil 1 Tipos de contenção Muro

Universidade Federal do Paraná Departamento de Construção Civil

Disciplina: Construção Civil 1

Tipos de contenção

Muro de arrimo segmentado

Materiais de reforço

Universidade Federal do Paraná Departamento de Construção Civil Disciplina: Construção Civil 1 Tipos de contenção Muro

Universidade Federal do Paraná Departamento de Construção Civil

Disciplina: Construção Civil 1

Tipos de contenção

Muro de arrimo segmentado

Permite a construção de muros de diferentes

configurações estéticas ou funcionais.

Universidade Federal do Paraná Departamento de Construção Civil Disciplina: Construção Civil 1 Tipos de contenção Muro
Universidade Federal do Paraná Departamento de Construção Civil Disciplina: Construção Civil 1 Tipos de contenção Muro

Universidade Federal do Paraná Departamento de Construção Civil

Disciplina: Construção Civil 1

Tipos de contenção

Muro de arrimo segmentado

Ranhuras dimensionadas para atender três níveis de recuo entre fiadas.

faces inclinadas de 90, 80 ou 70° com a horizontal

Universidade Federal do Paraná Departamento de Construção Civil Disciplina: Construção Civil 1 Tipos de contenção Muro

Universidade Federal do Paraná Departamento de Construção Civil

Disciplina: Construção Civil 1

Tipos de contenção

Muro de arrimo segmentado

Sistema de drenagem

Preencher as cavidades do

bloco com material drenante, que conduzirá a água para um dreno implantado na parte inferior do muro

Universidade Federal do Paraná Departamento de Construção Civil Disciplina: Construção Civil 1 Tipos de contenção Muro

Universidade Federal do Paraná Departamento de Construção Civil

Disciplina: Construção Civil 1

Tipos de contenção

Muro de arrimo segmentado

Materiais de reforço

Universidade Federal do Paraná Departamento de Construção Civil Disciplina: Construção Civil 1 Tipos de contenção Muro

Dois tipos: geogrelhas ou geotêxteis Sua escolha se baseia:

Tipo de solo utilizado como aterro; Capacidade de suporte do solo de fundação; Configurações geométricas da contenção; Cargas solicitantes do sistema.

Universidade Federal do Paraná Departamento de Construção Civil

Disciplina: Construção Civil 1

Tipos de contenção

Muro de arrimo segmentado

Mas o que são geotêxteis e geogrelhas?

Universidade Federal do Paraná Departamento de Construção Civil Disciplina: Construção Civil 1 Tipos de contenção Muro

Universidade Federal do Paraná Departamento de Construção Civil

Disciplina: Construção Civil 1

Tipos de contenção

Muro de arrimo segmentado

Mas o que são geogrelhas e geotêxteis?

Universidade Federal do Paraná Departamento de Construção Civil Disciplina: Construção Civil 1 Tipos de contenção Muro
Universidade Federal do Paraná Departamento de Construção Civil Disciplina: Construção Civil 1 Tipos de contenção Muro

Universidade Federal do Paraná Departamento de Construção Civil

Disciplina: Construção Civil 1

Tipos de contenção

Muro de arrimo segmentado

Materiais de reforço

É interessante usar os dois tipos de materiais de reforço

na mesma contenção.

Geogrelhas na parte inferior (material mais rígido e resistente) Geotêxteis na parte superior da contenção.

Universidade Federal do Paraná Departamento de Construção Civil

Disciplina: Construção Civil 1

Tipos de contenção

Muro de arrimo segmentado

Materiais utilizados no sistema:

Universidade Federal do Paraná Departamento de Construção Civil Disciplina: Construção Civil 1 Tipos de contenção Muro
Universidade Federal do Paraná Departamento de Construção Civil Disciplina: Construção Civil 1 Tipos de contenção Muro

a) Aterro

Pode ser o solo local

Exceto os com alta concentração de pedregulhos e entulhos que possam danificar os elementos de reforço.

Universidade Federal do Paraná Departamento de Construção Civil

Disciplina: Construção Civil 1

Tipos de contenção

Muro de arrimo segmentado

Materiais utilizados no sistema:

b) Reforço
b) Reforço

Geotêxteis - muros baixos (h < 4 m de altura) ou nas inclusões superiores de muros altos

Geogrelhas - na base e inclusões inferiores/intermediárias de muros altos (h > 4 m)

Universidade Federal do Paraná Departamento de Construção Civil

Disciplina: Construção Civil 1

Tipos de contenção

Muro de arrimo segmentado

Materiais utilizados no sistema:

b) Reforço
b) Reforço

A combinação de ambos pode ser viável, se adequadamente

projetada, no sentido de minimizar o custo da contenção e facilitar a execução.

Universidade Federal do Paraná Departamento de Construção Civil

Disciplina: Construção Civil 1

Tipos de contenção

Muro de arrimo segmentado

Universidade Federal do Paraná Departamento de Construção Civil Disciplina: Construção Civil 1 Tipos de contenção Muro
c) Contenção
c) Contenção

Blocos segmentados de concreto

Universidade Federal do Paraná Departamento de Construção Civil Disciplina: Construção Civil 1 Tipos de contenção Muro

d) Fixação dos blocos Pinos de aço CA-50, f1/4“ (6,3 mm), com comprimento de 30 cm, posicionadas nas ranhuras dos blocos.

Universidade Federal do Paraná Departamento de Construção Civil

Disciplina: Construção Civil 1

Tipos de contenção

Muro de arrimo segmentado

f) Fundação
f) Fundação

Areia adensada ou brita 2 lançada sobre solos de fundação

de boa capacidade de suporte - SPT > 5 golpes.

Substituição ou melhoria do solo quando o solo de fundação

possuir baixa capacidade de suporte - SPT < 4 golpes.

Universidade Federal do Paraná Departamento de Construção Civil

Disciplina: Construção Civil 1

Tipos de contenção

Muro de arrimo segmentado

SPT ?

Standard Penetration Test”

“Teste de Penetração Padrão”

Índice de compacidade do solo usado mundialmente

Universidade Federal do Paraná Departamento de Construção Civil Disciplina: Construção Civil 1 Tipos de contenção Muro

Universidade Federal do Paraná Departamento de Construção Civil

Disciplina: Construção Civil 1

Tipos de contenção

Universidade Federal do Paraná Departamento de Construção Civil Disciplina: Construção Civil 1 Tipos de contenção Muro

Muro de arrimo segmentado

SPT ?

Golpe = 65 kg caindo em queda

livre de 75 cm de altura.

Índice SPT = n. de golpes para 30 cm
Índice SPT = n. de golpes para 30 cm

Universidade Federal do Paraná Departamento de Construção Civil

Disciplina: Construção Civil 1

Tipos de contenção

Muro de arrimo segmentado

SPT ?

Universidade Federal do Paraná Departamento de Construção Civil

Disciplina: Construção Civil 1

Tipos de contenção

Muro de arrimo segmentado

Dados gerais: 1 - Construído simultaneamente:
Dados gerais:
1 - Construído simultaneamente:

Assentamento dos blocos até uma determinada altura (duas

a três fiadas) e logo a instalação do material de reforço e

compactação da camada de solo nos espaçamentos especificados

Universidade Federal do Paraná Departamento de Construção Civil

Disciplina: Construção Civil 1

Tipos de contenção

Muro de arrimo segmentado

Dados gerais:
Dados gerais:
  • 2 - Os blocos trabalham como fôrma para preenchimento

das camadas de aterro

  • 3 - O lançamento das camadas do aterro deve ser feito com retroescavadeira, pá-carregadeira, ou outro sistema

mecanizado.

Universidade Federal do Paraná Departamento de Construção Civil

Disciplina: Construção Civil 1

Tipos de contenção

Muro de arrimo segmentado

Dados gerais:
Dados gerais:

4 - A compactação das camadas do aterro deve ser feita com

rolo compactador ou aparelho tipo sapo, atingindo grau de compactação de no mínimo 90% do Proctor Normal

Universidade Federal do Paraná Departamento de Construção Civil

Disciplina: Construção Civil 1

Tipos de contenção

Muro de arrimo segmentado

Dados gerais:
Dados gerais:

5 - Em muitos casos, não há necessidade de compactação pesada próxima à face do muro (até 1 m de distância).

Nesta zona, a compactação

pode ser manual.

Universidade Federal do Paraná Departamento de Construção Civil Disciplina: Construção Civil 1 Tipos de contenção Muro

Universidade Federal do Paraná Departamento de Construção Civil

Disciplina: Construção Civil 1

Tipos de contenção

Muro de arrimo segmentado

Sequência de execução:
Sequência de execução:

1) Preparação da base e valeta de assentamento

Escavação da valeta de

drenagem e assentamento dos blocos

Universidade Federal do Paraná Departamento de Construção Civil Disciplina: Construção Civil 1 Tipos de contenção Muro

Universidade Federal do Paraná Departamento de Construção Civil

Disciplina: Construção Civil 1

Tipos de contenção

Muro de arrimo segmentado

Sequência de execução:
Sequência de execução:

1) Preparação da base e valeta de assentamento

Posicionamento dos elementos de drenagem no interior da

valeta (por exemplo, tubos-dreno, geotêxtil, etc.).

Universidade Federal do Paraná Departamento de Construção Civil Disciplina: Construção Civil 1 Tipos de contenção Muro

Universidade Federal do Paraná Departamento de Construção Civil

Disciplina: Construção Civil 1

Tipos de contenção

Muro de arrimo segmentado

Sequência de execução:
Sequência de execução:

1) Preparação da base e valeta de assentamento

Preenchimento da valeta com o material de fundação

(por exemplo, brita 2) até o nível de assentamento da primeira fiada de blocos.

Universidade Federal do Paraná Departamento de Construção Civil Disciplina: Construção Civil 1 Tipos de contenção Muro

Universidade Federal do Paraná Departamento de Construção Civil

Disciplina: Construção Civil 1

Tipos de contenção

Muro de arrimo segmentado

Sequência de execução:
Sequência de execução:

2) Primeira fiada de blocos Feito apenas por justaposição;

Universidade Federal do Paraná Departamento de Construção Civil Disciplina: Construção Civil 1 Tipos de contenção Muro

Não necessita de argamassa de rejunte;

Cuidado especial deve ser tomado em relação ao nível e prumo dos blocos.

Universidade Federal do Paraná Departamento de Construção Civil

Disciplina: Construção Civil 1

Tipos de contenção

Muro de arrimo segmentado

Sequência de execução:
Sequência de execução:

2) Primeira fiada de blocos

Prumo?
Prumo?
Universidade Federal do Paraná Departamento de Construção Civil Disciplina: Construção Civil 1 Tipos de contenção Muro
Universidade Federal do Paraná Departamento de Construção Civil Disciplina: Construção Civil 1 Tipos de contenção Muro

Universidade Federal do Paraná Departamento de Construção Civil

Disciplina: Construção Civil 1

Tipos de contenção

Muro de arrimo segmentado

Sequência de execução:
Sequência de execução:

2) Primeira fiada de blocos

Universidade Federal do Paraná Departamento de Construção Civil

Disciplina: Construção Civil 1

Tipos de contenção

Muro de arrimo segmentado

Sequência de execução:
Sequência de execução:

3 - Próximas fiadas de blocos

Posicionar os pinos de aço CA-

50, h=30 cm, f1/4“ (6,3 mm) nas

ranhuras posteriores de cada bloco da primeira fiada

(Os pinos são guias e esperas

dos blocos das fiadas superiores)

Universidade Federal do Paraná Departamento de Construção Civil

Disciplina: Construção Civil 1

Tipos de contenção

Muro de arrimo segmentado

Seqüência de execução:
Seqüência de execução:

3 - Próximas fiadas de blocos

Preencher as aberturas

posteriores de cada bloco com

material drenante.

Preencher também os espaços formados entre blocos com

material drenante.

Universidade Federal do Paraná Departamento de Construção Civil

Disciplina: Construção Civil 1

Tipos de contenção

Muro de arrimo segmentado

Sequência de execução:
Sequência de execução:

3 - Próximas fiadas de blocos

  • - Encaixar as ranhuras do bloco da

fiada superior no pino de espera da

fiada logo abaixo.

  • - Posicionar os pinos para espera da

próxima fiada na ranhura posterior.

  • - Repetir o pocedimento para as outras fiadas.

Universidade Federal do Paraná Departamento de Construção Civil Disciplina: Construção Civil 1 Tipos de contenção Muro

Universidade Federal do Paraná Departamento de Construção Civil

Disciplina: Construção Civil 1

Tipos de contenção

Muro de arrimo segmentado

Sequência de execução:
Sequência de execução:

4 Assentamento de blocos em curva

Universidade Federal do Paraná Departamento de Construção Civil Disciplina: Construção Civil 1 Tipos de contenção Muro
Universidade Federal do Paraná Departamento de Construção Civil Disciplina: Construção Civil 1 Tipos de contenção Muro

Remover aletas na posterior do bloco,

permitindo articulação entre dois blocos.

Utilizar talhadeira.

Universidade Federal do Paraná Departamento de Construção Civil Disciplina: Construção Civil 1 Tipos de contenção Muro

Universidade Federal do Paraná Departamento de Construção Civil

Disciplina: Construção Civil 1

Tipos de contenção

Muro de arrimo segmentado

Sequência de execução:
Sequência de execução:

4 Assentamento de blocos em curva

Universidade Federal do Paraná Departamento de Construção Civil Disciplina: Construção Civil 1 Tipos de contenção Muro
Universidade Federal do Paraná Departamento de Construção Civil Disciplina: Construção Civil 1 Tipos de contenção Muro
Universidade Federal do Paraná Departamento de Construção Civil Disciplina: Construção Civil 1 Tipos de contenção Muro

Universidade Federal do Paraná Departamento de Construção Civil

Disciplina: Construção Civil 1

Tipos de contenção

Muro de arrimo segmentado

Seqüência de execução:
Seqüência de execução:

4 Assentamento de blocos em curva

Amarração

Universidade Federal do Paraná Departamento de Construção Civil Disciplina: Construção Civil 1 Tipos de contenção Muro

Universidade Federal do Paraná Departamento de Construção Civil

Disciplina: Construção Civil 1

Tipos de contenção

Muro de arrimo segmentado

Sequência de execução:
Sequência de execução:

5 Execução do solo reforçado

Geogrelha Geotêxtil

Cada um possui particularidades de instalação

durante a execução do sistema de solo reforçado.

Universidade Federal do Paraná Departamento de Construção Civil

Disciplina: Construção Civil 1

Tipos de contenção

Muro de arrimo segmentado

Sequência de execução:
Sequência de execução:

5 Execução do solo reforçado

Geogrelha

Geotêxtil

Diversos níveis de resistência à ruptura e módulos de deformação.

Compostos por materiais distintos

Conferir as suas características com as especificações de projeto.

Universidade Federal do Paraná Departamento de Construção Civil

Disciplina: Construção Civil 1

Tipos de contenção

Muro de arrimo segmentado

Sequência de execução:
Sequência de execução:

5 Execução do solo reforçado

Geogrelha

Logo abaixo da primeira fiada de geoblocos

Universidade Federal do Paraná Departamento de Construção Civil Disciplina: Construção Civil 1 Tipos de contenção Muro

A fixação é feita através

dos próprios pinos de travamento dos geoblocos

Universidade Federal do Paraná Departamento de Construção Civil

Disciplina: Construção Civil 1

Tipos de contenção

Muro de arrimo segmentado

Sequência de execução:
Sequência de execução:

5 Execução do solo reforçado

Geogrelha

Inicia-se o assentamento dos blocos até a altura do

espaçamento especificado

Por exemplo: se o espaçamento é igual a 40 cm, então assentam-se duas fiadas de geobloco.

Universidade Federal do Paraná Departamento de Construção Civil

Disciplina: Construção Civil 1

Tipos de contenção

Muro de arrimo segmentado

Sequência de execução:
Sequência de execução:

5 Execução do solo reforçado

Geogrelha

Inicia-se a compactação do solo

- Em camadas de 20 cm até atingir o topo do

espaçamento especificado.

- Posiciona-se uma nova camada de geogrelha e o processo se repete até a última camada.

Universidade Federal do Paraná Departamento de Construção Civil

Disciplina: Construção Civil 1

Tipos de contenção

Muro de arrimo segmentado

Sequência de execução:
Sequência de execução:

5 Execução do solo reforçado

Universidade Federal do Paraná Departamento de Construção Civil Disciplina: Construção Civil 1 Tipos de contenção Muro

Geotêxtil

Envelopamento da camada

de solo compactado. Envelopamento não garante ligação entre a face e o aterro. Prever instalação de uma faixa de geotêxtil (de ligação) com aproximadamente 1 m de largura ancorada aos pinos de fixação dos blocos.

Universidade Federal do Paraná Departamento de Construção Civil

Disciplina: Construção Civil 1

Muro de arrimo segmentado

Sequência de execução:
Sequência de execução:

5 Execução do solo reforçado

Geotêxtil

Detalhe da faixa de geotêxtil de ligação

Universidade Federal do Paraná Departamento de Construção Civil Disciplina: Construção Civil 1 Muro de arrimo segmentado

Universidade Federal do Paraná Departamento de Construção Civil

Disciplina: Construção Civil 1

Tipos de contenção

Muro de arrimo segmentado

Sequência de execução:
Sequência de execução:

5 Execução do solo reforçado

Após o geotêxtil de ligação, inicia-se o assentamento das fiadas que servirão de fôrma para o envelopamento com geotêxtil.

Prof. Dr. Marcelo Medeiros

Grupo de Materiais de Construção

140

Universidade Federal do Paraná Departamento de Construção Civil

Disciplina: Construção Civil 1

Tipos de contenção

Muro de arrimo segmentado

Sequência de execução:
Sequência de execução:

5 Execução do solo reforçado Estender o geotêxtil com o devido comprimento de ancoragem (L)

Deixar a outra extremidade

livre para compor o retorno do

sistema de envelopamento

Universidade Federal do Paraná Departamento de Construção Civil Disciplina: Construção Civil 1 Tipos de contenção Muro

Prof. Dr. Marcelo Medeiros

Grupo de Materiais de Construção

141

Universidade Federal do Paraná Departamento de Construção Civil

Disciplina: Construção Civil 1

Tipos de contenção

Muro de arrimo segmentado

Sequência de execução:
Sequência de execução:

5 Execução do solo reforçado Compactação das camadas de terreno sobre o geotextil

Camadas de 20 cm de altura até o espaçamento especificado.

Universidade Federal do Paraná Departamento de Construção Civil Disciplina: Construção Civil 1 Tipos de contenção Muro

Prof. Dr. Marcelo Medeiros

Grupo de Materiais de Construção

142

Universidade Federal do Paraná Departamento de Construção Civil

Disciplina: Construção Civil 1

Tipos de contenção

Muro de arrimo segmentado

Sequência de execução:
Sequência de execução:

5 Execução do solo reforçado

Executa-se o retorno do geotêxtil para o interior do aterro,

conferindo o efeito de envelopamento

Geotêxtil

de ligação

Universidade Federal do Paraná Departamento de Construção Civil Disciplina: Construção Civil 1 Tipos de contenção Muro
Universidade Federal do Paraná Departamento de Construção Civil Disciplina: Construção Civil 1 Tipos de contenção Muro

Prof. Dr. Marcelo Medeiros

Grupo de Materiais de Construção

143

Universidade Federal do Paraná Departamento de Construção Civil

Disciplina: Construção Civil 1

Tipos de contenção

Muro de arrimo segmentado

Sequência de execução:
Sequência de execução:

5 Execução do solo reforçado

Detalhe do retorno do geotêxtil para o interior do aterro.

Universidade Federal do Paraná Departamento de Construção Civil Disciplina: Construção Civil 1 Tipos de contenção Muro

Prof. Dr. Marcelo Medeiros

Grupo de Materiais de Construção

144

Universidade Federal do Paraná Departamento de Construção Civil

Disciplina: Construção Civil 1

Tipos de contenção

Muro de arrimo segmentado

Sequência de execução:
Sequência de execução:

5 Execução do solo reforçado

Posicionar os pinos e o

geotêxtil de ligação e repetir

os passos até a última

camada.

Universidade Federal do Paraná Departamento de Construção Civil Disciplina: Construção Civil 1 Tipos de contenção Muro

Prof. Dr. Marcelo Medeiros

Grupo de Materiais de Construção

145

Universidade Federal do Paraná Departamento de Construção Civil

Disciplina: Construção Civil 1

Tipos de contenção

Muro de arrimo segmentado

Sequência de execução:
Sequência de execução:

5 Execução do solo reforçado

Universidade Federal do Paraná Departamento de Construção Civil Disciplina: Construção Civil 1 Tipos de contenção Muro

Envelopamento

com geotêxtil

Geotêxtil de ligação
Geotêxtil de ligação

Prof. Dr. Marcelo Medeiros

Grupo de Materiais de Construção

146

Universidade Federal do Paraná Departamento de Construção Civil

Disciplina: Construção Civil 1

Tipos de contenção

Muro de arrimo segmentado

Algumas vantagens:
Algumas vantagens:

Solução bastante versátil Baixo custo Grande apelo estético. Simples execução Rapidez de execução

Prof. Dr. Marcelo Medeiros

Grupo de Materiais de Construção

147