Você está na página 1de 4

EXERC CIOS

1) (ESAF) Um trapézio ABCD possui base maior igual a 20 cm, base menor igual a 8 cm e altura igual a 15 cm. Assim, a altura, em cm, do triângulo limitado pela base menor e o prolongamento dos lados não paralelos do trapézio é igual a:

c) 7

RESOLUÇÃO:

Montamos a figura, observe que podemos usar semelhança de triângulos relacionando as devidas variáveis do triângulo maior (altura 15 + h e base 20) e triângulo menor (altura e e base

8):

a) 10

b) 5

d) 17

e) 12

triângulo menor (altura e e base 8): a) 10 b) 5 d) 17 e) 12 A

A resposta é a letra a.

e e base 8): a) 10 b) 5 d) 17 e) 12 A resposta é a

2) (ESAF) Em um triângulo equilátero de lado igual a 12 cm, traça-se um segmento

equilátero de lado igual a 12 cm, traça-se um segmento paralelo ao lado de modo que

paralelo ao lado

de modo que o triângulo fique decomposto em um trapézio e em um

novo triângulo. Sabendo-se que o perímetro do trapézio é igual ao perímetro do novo triângulo,

do trapézio é igual ao perímetro do novo triângulo, então o comprimento do segmento de reta

então o comprimento do segmento de reta

, em centímetros, vale

a) 5

b) 6

c) 9

d) 10

e) 12

RESOLUÇÃO:

Construo o triângulo e traço a linha XY, observe que abaixo formo um trapézio e acima um triângulo equilátero (possui lados e ângulos iguais se o lado é 12 - a todos os outros lados são iguais). A informação que temos é que o perímetro do trapézio (P trap ) é igual ao perímetro do

triângulo (P tri ).

é 12 - a = 12 - 3 = 9 letra c.
é 12 - a = 12 - 3 = 9 letra c.

O segmento

3) (ESAF) Na figura abaixo, o triângulo ABC, retângulo em A, tem lados de medidas 39 cm, 36

ABC, retângulo em A, tem lados de medidas 39 cm, 36 cm e 15 cm, sendo

cm e 15 cm, sendo

seu cateto menor, enquanto que o triângulo MNC, retângulo em M,

menor, enquanto que o triângulo MNC, retângulo em M, tem perímetro de 30 cm. Qual é

tem perímetro de 30 cm. Qual é a medida do segmento

a) 20 cm

b) 21 cm

c) 22 cm

d) 23 cm

e) 24 cm

do segmento a) 20 cm b) 21 cm c) 22 cm d) 23 cm e) 24

RESOLUÇÃO:

Observe que podemos usar semelhança de triângulo, mas para calcular as constantes (divididas na figura abaixo) a, b e c do desenho, usamos razão e proporção. (comparando as medidas do triângulo menor com o triângulo maior e depois substituímos. O perímetro do triângulo menor a + b + c = 30 e do triângulo maior é P = 36 + 36 + 15 = 90).

e depois substituímos. O perímetro do triângulo menor a + b + c = 30 e

1

A resposta é a letra d. 4) (ESAF) A base de um triângulo isósceles é

A resposta é a letra d.

4) (ESAF) A base de um triângulo isósceles é 2 metros menor do que a altura relativa à base.

Sabendo-se que o perímetro desde triângulo é igual a 36 metros, então a altura e a base medem,

respectivamente,

a) 8m e 10m b)12m e 10m c)6m e 8m d)14m e 12m e) 16m e 14m RESOLUÇÃO:

Observe que é um triângulo isósceles possui 2 lados iguais, pois a altura divide a base em dois

lados iguais. (para evitar muitas contas, chamarei cada lado da base de b então a base será igual

a 2b).

A base é 2 metros menor que a altura então a altura será 2 metros maior que a base (2b = h - 2 ---> h = 2b + 2). Usamos o teorema de pitágoras na parte sombreada.

2b + 2). Usamos o teorema de pitágoras na parte sombreada. Como não existe medida negativa,

Como não existe medida negativa, os valores negativos serão descartados, a resposta é a letra

b (altura = 12m e base = 10).

5) Na figura abaixo têm-se as retas r e s, paralelas entre si, e os ângulos assinalados, em graus.

s, paralelas entre si, e os ângulos assinalados, em graus. Nessas condições, α + β é
s, paralelas entre si, e os ângulos assinalados, em graus. Nessas condições, α + β é

Nessas condições, α + β é igual a a) 50°

c) 100°

RESOLUÇÃO:

Para resolver esta questão, formo dois triângulos, acima e abaixo, prolongando as retas paralelas. Em α, calculamos o triângulo normal sabendo que a soma de seus ângulos internos é sempre

180°.

Em β, usamos a propriedade vista no artigo de geometria triângulos em que o ângulo externo tem a sua medida igual a soma dos ângulos internos não adjacente a este ângulo.

b) 70°

d) 110°

e) 130°

não adjacente a este ângulo. b) 70° d) 110° e) 130° A resposta é a letra

A resposta é a letra c. Uma dica para resolução desse tipo de questão: Olhando as aberturas pela esquerda, obtemos α + β ; Olhando as aberturas pela direita, obtemos 70°+30° = 100°.

6) A figura abaixo representa um terreno com a forma de um trapézio isósceles, cujas dimensões indicadas são dadas em metros.

abaixo representa um terreno com a forma de um trapézio isósceles, cujas dimensões indicadas são dadas

2

dimensões indicadas são dadas em metros.

dimensões indicadas são dadas em metros. Pretende-se construir uma cerca paralela ao lado , de modo

Pretende-se construir uma cerca paralela ao lado

, de modo a dividir o terreno em duas

superfícies de áreas iguais. O comprimento dessa cerca, em metros, deverá ser aproximadamente

igual a

 

a) 26

b) 29

c) 33

d) 35

e) 37

RESOLUÇÃO:

Projeto a medida de 10 na base de 40 sobra 30, logicamente, 15 para cada lado (representei a cerca por x). À esquerda fiz semelhança de triângulos e à direita fiz uma comparação das constantes x e y para depois substituir na equação. A equação será o trapézio da área sombreada igual a metade (1/2) da área maior (fazendo as substituições das constantes que destacamos):

(fazendo as substituições das constantes que destacamos): Aproximadamente 29, a resposta é a letra b (para

Aproximadamente 29, a resposta é a letra b (para extrair raiz aproximada sem calculadora estudamos no artigo de radiciação).

7) Três ilhas A, B e C aparecem num mapa, em escala 1:10 000, como na figura. Das alternativas, a que melhor aproxima a distância entre as ilhas A e B é:

a que melhor aproxima a distância entre as ilhas A e B é: a) 2,3 km
a que melhor aproxima a distância entre as ilhas A e B é: a) 2,3 km

a) 2,3 km

RESOLUÇÃO:

b) 2,1 km

c) 1,9 km

d) 1,4 km

e) 1,7 km

A soma dos ângulos internos do triângulo é 180° então o ângulo que falta é 45°. Usamos

para resolver a questão a lei dos senos.

é 45°. Usamos para resolver a questão a lei dos senos. Multipliquei por 10.000 para colocar

Multipliquei por 10.000 para colocar a medida para seu tamanho real deu 169.200 cm para passar de centímetro (cm) para (km) montamos uma regra de três.

O valor mais próximo é a e. 8) Na figura abaixo tem-se o triângulo ABC

O valor mais próximo é a e.

O valor mais próximo é a e. 8) Na figura abaixo tem-se o triângulo ABC e

8) Na figura abaixo tem-se o triângulo ABC e os segmentos e , paralelos entre si. Se AF = 3 cm, DF = 2,1 cm, BD = 1,5 cm, CE = 2 cm e FG = 2 cm, então o perímetro do triângulo ABC é, em centímetros,

então o perímetro do triângulo ABC é, em centímetros, RESOLUÇÃO : Observe a figura com as

RESOLUÇÃO:

Observe a figura com as medidas, x,y e z são as medidas, que queremos saber em x e y, usarei o teorema de tales (estudado em geometria quadrilátero) e para achar z uso semelhança de triângulo (P é o perímetro).

achar z uso semelhança de triângulo (P é o perímetro). e , em cm, é: 9)
e , em cm, é:
e
, em cm, é:

9) O triângulo ABC da figura abaixo, é equilátero de lado medindo 20cm.

são,

respectivamente, as alturas dos triângulos ABC e AHC. A medida de

as alturas dos triângulos ABC e AHC. A medida de RESOLUÇÃO : Achando a altura do
as alturas dos triângulos ABC e AHC. A medida de RESOLUÇÃO : Achando a altura do

RESOLUÇÃO:

Achando a altura do triângulo equilátero (fórmulas no artigo de área de figuras planas), à direita, tenho um triângulo retângulo cujas fórmulas estudamos no começo desse artigo (triângulo equilátero ângulos e lados iguais).

retângulo cujas fórmulas estudamos no começo desse artigo (triângulo equilátero ângulos e lados iguais). 4
retângulo cujas fórmulas estudamos no começo desse artigo (triângulo equilátero ângulos e lados iguais). 4

4