Você está na página 1de 4
tex [f Resumao VTE rT fe) rot reels de pontuacao AY if | disso, por assim dizer. aliés, a propésito, ¢)Como mas sempre inicia irgula fee open eoreeamre A crure ae area saber, data vénia, por outra, a meu ver et) = Diga o que quiser: Mas seja ripido. Os dois, isto 6, pai efilho. (endo: “Mas, ej répido”) '= Queria todos 0s bens, ou sea, carr, casa, Serve para separar palavras, simbolos¢ ora- eras e dinheiro, 4)Também nio sio seguidas de virgula, Bes de Fungo idéntica: 1= Veja, por exemplo, este caso. quando iniciam frase, as conjungSes ot. 0 Executivo, 0 Legislativo e 0 Judiciério || m Diga,entao, o que quer. Ou, quer quer, Sejta. Se, Ort. Ora, so as irés poderes da Repiica 1 Esse é, por assim dizer o eleito dos céus. pois, de modo que, que (= pois), porque & ‘= Ominisro visiiou Pars, Londres e Téquio. |) Acrescene-s, além disso, ouro detalhe. ‘porquanto = Queria os filhos educados,respeitadores e |) mA compra do material, a meu ver, é studios. indispensével. 8.E, ow e nem: ‘= E um homem que trabalha, vigjae se diverte [Nilo use virgula antes de ¢, ow © nem, a niio 18 Amigos, parentes, vizinhos, de todos se |) 8..Para separar, nas datas, o nome do lugar: ser nos casos seguintes: afastou 1 Sao Paulo, 16 de marco de 2009. 1, 3, 5¢ 7 sdo miimeros impares. 4) Quando 0 ¢ liga oragies de sujetos dife- 6.Para separar 0 nome, a rua € © nimero nos rentes, e se pode subentender uma pausa na enderegos: leiura, admite-se a virgula: '™ Fulano de Tal, Avenida Rebougas, 5.423, 1 Olio foi reprovado outra vez, ¢as pais «ap. 36, Sio Paulo, SP resolveram tiré-lo daquela escola. [No caso decaixa posta, porém, no hi vitgula: Em textos jornalsticos, porém, raramente '= Fulano de Tal, Caixa Postal 43, hhaveré virgula: 2)0 sujeito do verbo: 18 "O presidente, atacou a oposigio.” '= “Os homens de bem, nada terdo que temer” 0 governo admit 0 erro € os empresi= 1)0 verbo do complemento: T.A excegio de e, ou e mem, antes de todas as ros protestaram. ‘= °Os sindicatos apresentaram, uma lista de |)“ conjungOes coordenativas, como mas, porém, 1 Gil langa novo disco e Caetano conclui 5 reivindicagdes.” todavia, contudo, néo obstante, no entant seu filme. = °0s governos devem Iutar, pelo bem-estar |] oti. Ou, Ort. OFa, quer. quer, Seid. Seja, do povo.” logo. pois, portant, assim, por conseguinte, | | b)Usa-se a virgula se 0 ¢ ¢0 mem estiverem ‘por isso, de modo que, entéo, porque, que (= repetidos na frase, por énfase ou enume- (pois), porquanto, etc: ragio: 3 O governo acetou 0 pedido, mas sob algu- = "Ele fez 0 cu, ea terra, ¢ 0 mar, e ulo 4. Para separaro vocativo: mas condigoes. ‘quanto hi neles. '= Fejam, amigos, o resultado do nosso trabalho. |) Chegou atrasado, entretanto ainda conse- s= Ninguém foi com ele, nem o pai, nem a ga logo, odo, o que vocé pretend ‘uit assstr ao esperdcula, ‘mie, nem o filho. Reage, Sio Paulo. ‘=-Garantiu que faria 0 que pudesse, no ‘entanto nao cumpriu o prometido. ©) 0 ¢, oe nem pexlem ser precedidos de vir- Ele ir quer queira, quer ndo queira ula caso se queira dar énfase a uma afir 18 Ou sai logo, ou pene o trem. Imago ow inruziruma pasa as: 1 Respond, cidadao, = Ora se exalta, ora se comporta com = E melhor sairmos logo, ou nd? 1 ld, goleiro. ‘moderagio. 1 final o chefe & ele, ou sao voces? 1 Atengdo, politicos. ww E muito inteligente, logo fari 0 trabalho 18 Nilo mado de optnido, nom que me matem. sem difculdade. 80 governo tentou, & a providéncia ji 18 Esquivou-se com habilidade, de modo que vinha tarde, conte as seus gastos. © golpe ni o atingiu 2. Para isolar 0 apost: ‘m Machado de Assis, autor de Dom Castmur- ro, fem um estilo sobrio e elegant 1 Saia depressa, porque o trem esti partindo, | | 9. Para separat os elementos paralelos dos pro- u: “Ande logo, que (= pois) ela esti para chegar. verbios: Autor de Dom Casmurro, Machado de |) Conseguiu o emprego que queria, pois era || m Cada terra com seu uso, cada roca com seu Assis tem um estilo sabrio e elegant (melhor dos candidates fuso. = 0 mais rapido dos quatro, José chegou 18 Tal pai, al filho, cinco minuios na frente. 4)Use a virgula antes depois dessas conjun- |} Longe dos alhos, longe do coragio. ‘gdes, sempre que elas estiverem intercala- José. 0 mais ripido dos quatro, chegou das no periodo: 10. Advérbios ¢ adjuntos adverbiais podem ou cinco minuios na frente. 1= 0 ferido pediu socorro: nenhum motorista, no ser separados por virgula, especialmen- no entanto, parou para ajudé-lo (porém, fe quando curtos ou constituidos de uma 43. Para indicar a omissdo do verbo ou de um todavia, contudo, entretano) {inica palavra. Exemplos: ‘grupo de palavras: = Chegou muito cansado; ndo quis, pois, ir Aqut se trabatha, ‘8 Jodo traré as bebidas, Chico, os salgados e 449 teatro (portanto, por conseguinte. = Aqui, rabatha-se ‘Maria, os doces. (= Estava_ sem camisa; sentia, por isso, ‘No céw azul, dois fapos de nuvens ‘muito fio Quando mais longos, convém usar a virgula, = Estes, os livros que pedi or questo de pause ou clareza: ‘= Elas, as mulheres das quais fall. ) Quando iniciarem frase, porém, contudo, Nos contrafortes da Serra da Mant =O pai tem preferéncia pelos. livros ¢ os todavia, no entanto ¢ entretanto poserio ‘queira, a cidade seguia sua vida, sem Jillos, pelo esporte u nao ser seguidas de vingula: novidades. = Os livros custam caro; todavia, vou = A vegetacdo voltava a crescer, depois de 4. Para separar palavras ¢ locugies explicativas, comprar alguns dees. ‘muitos anos de seca retificativas © continuativas (como por = 0s livros cusiam caro; todavia vou ‘= Oeseritor terminou, antes do tempo pre- ‘exemplo, ou emtéo, isto é, ow seja, além ‘comprar alguns dele vista, 0 romance tio esperado, 414, Para separar os objetos pleonisticos: As palavras, levacas 0 vento Bons jogadores, jd néo existem tantos ‘como antigamente ‘Seno se deseja dar énfase a0 objeto ou se cle € um pronome obliquo, omite-se a virgula ‘© O cariter molda-o a vida. =A mim me parece irrelevante essa opi- 42. Para separar palavras repetias 18 Tudo, tudo, twdo pos a perder (migos, amigos, negacios d parte. 13, Para separar adjetivos que exercem fungio predicativa: Atento ¢ cuidadoso, dava sempre 0 melhor de si. Nunca pensei que ele, limitado e pouco brithante, obtivesse tamanho sucesso. 414, Para separar oragies reduzidas de gerin- dio, paricipioe infinitive: 1 Encerrando o ciclo de palestas, o enge- heiro falou sobre as agressies do ‘homem ao meio ambiente 18 0s soldados puseram-se em fila, aten- dendo ao togue de reunir ‘Chegado 0 momento, vocéseré avisado. 0 barco desapareceu sem deixar vesti- ‘ios, ragado pelo forte redemoinho. 1 Para fazer valer sua opinido, usava os ‘métodos que pudesse. 1 Ainda fomos a0 teatro, apesar de estar. ‘mos eigotados. 15. Para separar oragdes subordinadas adver- biais, especialmente quando colocadas antes da oragao principal ou mesmo depois: "© Quando terminow a sesso, os deputados deixaram apressadamente a Cimara, "0 prazo esti encerrado, como vocé pensava. Se tudo corresse bem, eles chegariam ‘antes do anoitecer. ‘= Truga-nos a reportagem ainda hoje, se Sor possivel. © Embora howvesse muita gente no esté- dio, nada de grave acorreu. Nao me impedirdo de vir agui hoje, ‘ainda que o tentem. =A medida que 0 governo perdia forga, a ‘posigdo aumentava sua influéncia 1 Para que a administragdo publica func ne melhor, é preciso mudar mentalidades. = Enquanto a formiga trabalhava, a cigar- ra cantava. = Porque ninguém the dava atengdo, a ‘erianga comegou a chorar. 16. Para separar oragies ou locugdes intercala- das que interrompam a fluéncia da oragao principal: 1 Disse, como era seu habito, os piores desaforos possiveis. = Nao explicou, até porque nada the erguntaram, a razdo daguela estra- nha atitude. = “Vejo aqui”, prosseguiu 0 depuado, “pessoas qué ndo pertencem di Camara.” 18 Os soldados, que ndo conheciam o local, ‘avangaram com medo. 1 Antes de mais nada, pensamos nés, era indispensével sair dali, | Mais empenho, ¢ ndo desculpas, era 0 que se pedia. ‘= O casal, com o dinkeiro recebido, conse- ‘guite mobiliar a casa 0 criminoso, jé condenado a morte, recusava-se a anitr sua culpa = E, quando the pediram a opinido, disse {que o assunto nao era com ele. 1= Porque, para tudo sair de acordo, fltava « adesio dels. 1 Pois, por.injusto que possa parecer, nto adianta ir contra a natureza. que nio se pode usar é apenas a segunda virgula nas intercalagies, como nestes exemplos: '= “0 jogador disse que quando foi atingido por tris, perdeu o controle.” AA virgula antes de quando é indispensivel '= “Mas até agora, a tinica ameaga concreta, Existe virgula antes de até. ‘= °E a propésito, desistiu de vez de dispu- tara prefeitura” A proposito deveria estar entre virgula. ‘Nao ha virgula se a oracdo restringe 0 sen- tido do sujet (sto , nao funciona como ora intercalada: 1 O pai que gosta dos as fc to por ees. 1 O mais vetho dos deputados que estavam presents abriu a sessdo da Ciara Com sim nd w Sim senhor¢ 0 que todos expervam 1 Nao, amigos, ninguém o demove dessa deci, su Bo que quer, sim bot mina pd so. 18, Nio existe virgula antes de oragdes (subs- tantivas) deste tipo: ‘edimos que ele vesse. 2 Eperanas ge oe aia o sabia se todos 0 conheciam. Ba ponare gue tale ts or aber dlaquela manera 19. No caso de inversio violenta dos comple- mentos da frase, 2 virgula pode dar-lhe maior clareza: '§ Do pais, a maior riqueza eram os pogos de petrileo. Ordem direta: A maior riqueza do pais ceram os pogos de petréleo, A opinido era undnime, dos homens ¢ ‘mulheres. Ordem direta: A opinido dos homens ¢ mulheres era undnime. 20, Jornalisticamente, é o sinal que se adota, fem vez do travessio, para isolar os verbos interealados nas declaragdes ou opinides: ‘= Com aquela providéncia, garantiu o pre- feito, a cidade resolveria definitivamente ‘0 problema das enchentes = Esses recursos, opinou, deveriam ser uti lizados na compra de novas vacinas Procure distinguir os casos em que o aposto vai entre virgulas ou mio: | Usa-se entre virgulas 0 nome do detentor de um cargo ou a qualificagdo de uma pessoa ‘quando s6 uma pessoa pode ocupar o cargo ‘ou ter determinada qualificagi: 1 O jogadior foi recebido no Rio pla mulher Maria Angelica (Sea frase, sem virgula, fosse “O jogador foi recebido no Rio pela mulher Maria Angélica”, isso indicaria que o jogador tem mais de uma mulher.) © 0 senador foi a festa com a namorada, Elizeth (Se fosse “O senador foi a festa com a ‘namorada Elizeth”, a falta de virgula indie caria que ele tem mais de uma namorada.) ‘Veja outros exemplos: sidente da Repiblica, Luiz Inicio Lula da Silva, garantiu... (S6- hi um presidente da Republica.) = 0 governador de Sdo Paulo, José Serra, requerew ontem... (S6 hi um governador «de Sao Paulo.) 2. Nao existe virgula quando mais de uma pes- soa pode ocupar 0 cargo ou ter determinada ualificag: © 0 promotor de Justica Joao de Almeida cenviow ontem... (Ha mais de um promotor de Justiga) = 0 expresidente da Repiblica Fernando Collor declarou... (Hi mais de um ex-pre- sidente da Repibiiea vivo.) = 0 deputado federal pelo Rio de Janeiro Fernando Gabeira pedi... (Hi mais de um deputado federal pelo Rio de Janeiro.) Anténio chegou a festa com o filho “Marcos. (Essa forma indica que Anténio tem mais de um filho.) Se ele tivesse s6 um filho, o certo seria: Antonio chegow é festa com o filo, Marcos. 3.Um erro comum é acreditar que o stim ex tem seu nome entre virgulas. Isso acontece e deve-se proceder da forma ja explicada: 1 Oex-presidente Fernando Henrique Car- doso (aplica-se a regra de que ele é um cex-presidente entre varios) ndo foi convi- dado para a solenidade. = 0 ex-governador de Sao Paulo Geraldo Alckmin (também é um ex-governador entre ros rellzo poesia na semana passa = 0 ex-técnico da selegdo brasileira Carlos Alberto Parreira (& um ex-téenico da sele~ 40 entre varios) admitiu os desentendi- [Nimeros decimais no Brasil sio expressos por virgula (€ no ponto, como nos Estados Unidos). Assim: 18 inflagdo deste més deve: ser de 0,75% (endo “0.75%"), 1§ Os carras subiram 8,9% (e no “8.9%") A intensidade do terremoto foi de 64 ‘graus (e ndo “64 graus") na escala Richter. Da mesma forma 2,1 bilhdes, 36,7° F (e no “2.1 bilhBes" "36.7 F°). 1.A virgula indica pausa ow énfase. Por isso, ‘nos casos em que ela for facultativa, use © ‘bom senso ou siga o ritmo da frase (nunca, porém, separando 0 sujeito do verbo ow o vverbo do complemento. 2. Evite a virgulago excessiva, principalmente quando una série de adjuntos adverbiais se sucede na frase: ‘= “0 presidente disse, ontem, em Brasilia s 15 horas, depois da reunio do Ministéro, que.” ‘Se for importante colocar © horirio logo na primeira frase, ela pode ganhar ritmo com ‘uma pequena inversio: = Opresidente disse ds 1 horas de ontem, em Brasilia, depois da reunido do Ministero, que. De qualquer forma, interealagdes exageradas sempre prejudicam a fluénca da frase, estejam ‘ou no marvadas por virgulas. ‘A ordem direta contomaria todos 0s proble- ‘mas, no caso: © Opresidente disse ontem que as mudancas econémicas.. Depois, poderio ser colocados todos os demas detalhes. 8, Se houver parénteses ou travessBes na frase, 1 virgula viri depois do segundo deles: = Apelow para os mais influentes amigos (ministros e deputados, enire eles). quan- «do the quiseram tomar as terra. = Os paises endividavam-se sem cessar ~ porque isso era facil na década de 70 -, ‘ainda que ndo soubessem como viriam a ‘pagar seus compromissos. 4. Numa enumeracio pode haver vingula antes do verbo: 1 Artigos, comentarios, eriticas, eram maté- rias que nao the iteressavam. Tes irl Chae 4. Server principalmente para indicar a repro- dugao literal de um periodo, oragdo, trecho de frase, palavra,lema ou slogan: 1 Foi Ewclides da Cunha quem escreveu: “O ‘sertanejo é antes de tudo um forte” w= Segundo 0. ministro, “o aumento das exportagdes éinica saida para a econo ‘mia brasileira no momento 180 presidente afrmou que a gravidade da crise politica “nao permite hesitagées" 0 professor considerow "“impiedosa” a nova sistemética do Imposto de Renda. = 0 tema da redagio do vestibular foi: “O hhomem ea maquina’. 1 “Ondem e progresso”&o dstco da bandeira 2. As aspas podem ser empregadas também para ressallaro valor d uma palavra ou expresso ou para india seu uso fora do contexto habitual ‘Crcunliguio significa “rodeo de palavras” ara ele, existe sempre um “mas” em tudo. 1 Paris é considerada a “Cidade Li 0 exércto rechagou nova ofensiva dos “ultras” 3.Na transcrigio de documentos, discusos, integras, et. aba aspas apenas no comeyo & no fim do texto, endo a cada inicio de pari- arab. Se voce acrescentar algum titulo auxi- Ita ao texto, feche aspas antes dele eas abra nnovamente depos. 4. Se a fase intra estiver entre aspas,o sinal de ‘pontuacio (ponto final, de interrogagio, de ‘exclamagio, ec.) seri englabado por elas; caso contro, fica depois das sepundasaspas 1 Disse o artista plistico: “Alguém discorda dessa filosofia de vida?” [esse caso, o ponto final encerra o periodo = 0 artisia plistico disse que vivia “para pintar” e pintava “para viver’™ 1 Segundo o professor “a forga crativa da eco- ‘nomia jése transfer para o setor informal”. 18 Quem se lembra ainda do “nada a declarar"? 18 Todos garantiram: “Iremos até fim '5.Abra e feche aspas cada vez que truncar uma declaragio por observagdes introduzi- das no texto = “A nagdo”, prosseguiu o deputado, “espe- 1a que o governo finalmente revele agora (05 nomes dos corruptos.” 6.Use a aspa simples (*) para marear a frase, expresso ou paavra de um texto que jeste- ja entre aspas 1 Diz a nota oficial: “O govern rejeita @ classfcagtio de ‘omisso insensivel aos dnseios populares” que consta do manife- {oda oposiio” 18 0 documento diz: “A evforia do, ja sgaphon’ pode prejudicar o candidat se E precvo"s advertin o deputado, “evitar que das galerias param novos gritos de ‘eanathas' ou ‘vendidos’ contra nos”. 7.Nos didilogos, no utilize aspas, ¢ sim tra- ‘vessbes. (Veja “Travessdo”) Use a barra: 41.Em formas como: kmh, hhomens/h, tonelada/més, carros/dia. 2. Para separar um verso do outro, em compo- siglo recorrida: = "Minha terra tem palmeiras, / Onde ‘canta o Sabid; /As aves, que aqui gorjeiam, / Ndo gorjeiam como li.” (Goncalves Dias, “Cangao do Exilio”.) 3.Na alternativa e/ou: ‘= Estariam ali os pais e/ou os fithos 4.Nas datas: = 3/6/1990, 10/11/2007. ‘So usados principalmente: 4. Nas citagdes, com verbo expresso ou oculto: ‘m Depois da reunido com o presidente, 0 ministro do Trabalho prometeu: "Os salé- rigs este ano ganhardo da inf 1m Almeida: "A recessao esti no fim" 2.Nas enumeragdes: 1m Fiera trés dos seus filhos: Jo Maria. 1 0 deputado fer duas ameagas: denunciar ‘.acordo e romper com 0 governo. 1 José € '3.Nas exemplificagdes, informagdes subsi rias, esclarecimentos, sinteses ou consequén- cias do que foi enunciado: '= Previsdo de Guido Mantega: crescimento do PIB seri de 5% este ano. 18 Ja se sabe: faltaré cerveja = 0 governo reage: Cadigo Penal para os agressores. 1 io fez as conts e avis: a inflao vai subir 18 Justificou-se: 0 que pretendia era chamar a ‘atengo para o problema, 1m Depois de dez anos, mulher ndo desiste: ‘acha que marido esté vivo. 4, Nos vocativos que encabegam cartas, reque ‘mentos e oficios: 1 Prezado senhor: ‘Magnifico retor: Mustrissimo sr: = Excelemtssimo sr. Peed ‘Usam-se os parénteses para 4. Intercalar num texto qualquer palavra, expres- slo ou oragio acess6ria, representada em geral por uma explicagio, uma eitcunstancia incidental, uma reflexéo, um comentério ou uma observacio: 18 Em 2007 a empresa investu 80 milhdes (e deve aplicar mais 50 milhes este ano) no seu ceniro de pracessamento de dados = Dos consultadas, 70% disseram ter partici- pado das ‘ilrimas eleigdes (nos EUA 0 voto ‘do é obvigatirio). 1A tese sobre os ciclos historicos(ewja dura {0 0 autor fixa em 30 anos) foi aprovada pelos examinadores. 18 4s exportagdes do chamado complexo soja (ero, dleo e farelo) cresceram 20% em ‘anos. ‘= O senador X (PMDB-SP) tenta novamente reformular a Previdéncia. 2. solar do texto uma palavta ou expressio que ‘se queira destacar (& recurso a usar, porém, com toda’ cautela) 10 livro de Gorbachev critica (mas justifi- cq) Stalin \= Governo manda apurar (com urgéncia) as deniincias, 15 Como o governo (ndo) resolve esses problemas Um (mau) estudo sobre os parques paulis- ‘anos. = A recreagio (mediocre) da Belle Epoque. ‘3. Transcrever as siglas que se seguem a expli- cagio do nome de um érgio ou entidade: 18 A Associagdo Brasileira de Imprensa (ABI) ‘ondenou ontem. 18 A nota da Ordem dos Advogados do Brasil (04B) diz ainda que. A Federagio das Initsrias do Estado de ‘Sao Paulo (Fiesp) defende queda dos jurs. 4. Indicarreferéncias bibliogrficas: '& Este segundo volume das Obras Escolhidas (Editora Libor, 340 paginas, RS 30,00) pie 10 alcance do leitor. = “Eu sempre tento dar a interpretacao mais benévola aos meus pecados.” (Edmund Wilson, Os Anos 20, Companhia das Le- tras, 369 paginas, 1987, radugdo de Paulo Henriques Britto) 8. Indicar uma data: '§ O critico Edmund Wilson (1895-1972) dei- xou o livro inacabado. 1" 0 inicio da guerra (1939) coincidiu com a época da sua formatura Observacies: 4)0 ponto vai fora do paréntese quando a ‘expressio que ele encerra é apenas parte dda oracdo € vai dentro quando toda a ‘oragdo € por ele englobada: = Merece mencio especial o esforgo dos tradutores (Carlos de Almeida e Jodo dos Santos) ‘= Todas concordaram com o ditador (Ninguém seria insensato a ponto de contrarié-o) = Sacos de dinheiro nas costas. (E a populagio trocando a velha moeda.) b) Use paréntese para o singular ¢ parénte- Ss para o pur abrir paréntese, fechar paréntese, 1m entre parénteses. ‘O conjunto, mesmo no sentido figurado, fica no singular: 18 Faca um paréntese. = O paréntese esiava no fim da pigina Indica normalmente 0 término de uma oragao: = 0 ministro disse que, para sair da crise, 0 pais precisava confiar mais nas instituigdes. 2. Usa-se ainda 0 ponto nas abreviaturas (@ excegio daquelas que fazem parte do sistema méirico-decimal), mas no nas siglas: 1 dr. (doutor), prof. (professor), im (metro), min (minuto), ¢ (grama), ‘ig (quilograma), PM (Policia Militar), ‘HC (Hospital das Clinicas), INSS (nstituto Nacional do Seguro Social. 3.Se a abreviatura vier no fim do periodo, coloca-se apenas um ponto (@ nio o pponto da abreviatura mais o final) ‘= Havia ali cdes, galinhas, gatos, etc. A empresa era a Irméos Almeida Lida, 4. Use o ponto (sem espago) nas iniciais de nomes préprios: IM. da Silva, PC. Farias. 5.Em geral, no se usa ponto em titulos, mesmo quando contém verbo (situagao comum em jornaise revista) Mais carne no mercado ‘Para os pregos ndo subirem = 0 compulsério acabou, ‘mas a taxagdo continua alta PRRs ec Normalmente & empregado em inter- {jeigdes (palavras ou frases que exprimem ‘uma ordem, uma emogio, um apelo, et.) ‘= Que surpresa! = Meu Deus! = Suma dagui! Ponto de interrogacao Usilizado habitualmente em uma pergun- ta, mesmo que ela possa nio exigirresposta ‘m Quem esta ai? © O que serd que eles querem? '§ Quem tem medo de Virginia Wolf? a virgula. Seus principais usos slo: 41. Separa partes de um periodo em que jé TE [eos E um sinal intermediério entre o ponto e exista Virgula: m Aniénio formou-se engenheiro; 0 ira, advogado, = Depois, chamou 0 filho, que acabava de chegar; a mae s6 observava, 2. Separa oragdes iniciadas por conjungdes ou advérbios que indiquem restrigdo ou con- custo quando se quer resaltar este sentido: '§ Os soldados dormiam; entao, os traf ‘antes atacaram = Até agora, $6 hipdteses; mas as pes- ‘quisam avangam. 18 Chegou atrasado 4 sala: por isso per- dew a melhor parte da conversa 3. Separa os diferentes itens de documen- tos, leis, enumeracdes, poraras,regula- rmentos, deretos, ee = Consideram-se sujeitos @ taxagdo: a) perfumes, cosméticos e produtos de toucador; b) bebidas fermentadas ow destiladas; ¢) artigos eletoeletron- cos; d) joias e casacos de pele. Re ncias 41. Indicam uma hesitago ou a falta de con- ‘clusio de uma idea = “Era fixa a minha ideia, fixa como. Nao me ocorre nada que seja assaz fixo nesse mundo: talver a la, talvez as pirimides do Exito,talvez a finada dieta germanica.” (Machado de Assis ‘Memérias Péstumas de Bris Cubas.) 2. Em trabalhos académicos, as reticéncias devem ser evitadas, para nio dar caréter de indefinigdo ao texto. No entanto, so admitidas nos seguintes casos, muito ccomuns em livros, jornais e revistas: a) Nas legendas em sequéncia: = O touro enfurecido investe contra os populares. w= ..€ & contido por wm toureiro improvisado, b)Entre parémteses, para indicar que uma eitagio foi interrompida e reto- ‘mada mais adiante: 1 Diz 0 estudo: “A populagao brasilei- 1m écomedida e epee os extrem. Teme os partdes de direta ou de exquerda.(.) Esti sujeita, porém, Sedo ds lider carsmaticos que, «ao longo dos anos, tem elegido com certaconstincia ice) 1.E usado para intercalar uma expresso cexplicativa ow complementar no perio do, equivalendo, conforme o caso, a vir- gulas ou parénteses: 1 0 uso de atores conhecidos ~ geral- ‘mente homens maduros ~ é outra dis- tore, = Também para 0 contribuinte indivi- dual — ‘auténomo, empregador e desempregado — & cada vez mais difi- cil recolher a tava = 0 governador de Goids ~ 0 Estado ‘mais afetado pela medida — recusow-se a falar & imprensa, 2. Substtui os dois-pontos: ‘= Eram assim seus dias — muito traba- tho, pouco descanso. 1 Eis 0 autor das deniincias — 0 proprio sministro 3.Introduz uma pausa mais forte no periodo ou destaca a parte final de um enunciado: Uma noite com Chico — e Caetano. ws Estava estudando a vida de Atila —ele ‘mesmo, o rei dos hunos. "0 cineasia atacou, a plateia de ‘intelectuais adultos” ~ suposta nata da critica mundial. 4. Separa as datas de nascimento © morte ‘de uma pessoa: 1& Sao Paulo, 1905 ~ Rio de Janeiro, 1960, 5.6 0 sina usado por jomais e revstas depois do nome da cidade de procedén- cia de uma noticla = Brasilia — O Supremo Tribunal Fede- ral julgou ontem.. 6.Se 0 segundo travessio coincidir com ‘uma virgula, usam-se os dois sinais: 1 Depois de ter quitado 24 prestagdes, de’ um total de 50 — a sitima fot de RS 589,20 — 0 mutuério. tentou transfert. w= Essa mensagem do jornal, publicada na edigéo de novembro ~ especial, com 20 paginas — jé indicava a disposiga. 7.Jamais coloque mais de dois travessdes ‘no mesmo periodo, como no caso se- ‘uinte, para no confundir 0 leitor: ‘= “Essa pritica — que privilegia 0 filho mais velho — & muito antiga e a Biblia dium exemplo — 0 de Esai e Jacd — «em que o primeiro vendeu o direito de primogenitura ~ © por um prato de Tentithas.” 8. Indica os didlogos, como no exemplo abaixo: O porta-voz Sérgio Amaral ostenta- va wma gravata estampada de zebri- has ao embarcar para a China na comitiva presidencial = 0 senhor esti levando a zebra ‘embora, embaixador? — brincou um reporter. O assessor nao perdeu a oportuni- dade de fazer ironia: ‘Nao, esta € sé enfeite, A zebra estou deivando aqui Nao se usa 0 travessio, ¢ sim a virgula, para isolar os verbos de uma deelarago: = "Todos nés”, prosseguiu, “temos ‘consciéncia dos problemas do pais.” E nio: “Todos nds” — prosseguiu ~ “temos cconsciéncia dos problemas do pais.” Outro exemplo: ‘= Com essa medida, garantiu o presiden- te seria posse apres a vot ‘Com essa medida — garantiu o pre- sidente — seria possivel apressar a votagio.”

Você também pode gostar