Você está na página 1de 10
6 Dicas Para Começar a Fazer Seus Próprios Mapas Para Estudos Ambientais VasGeo Soluções em

6 Dicas Para Começar a Fazer Seus Próprios Mapas Para Estudos Ambientais

VasGeo Soluções em Geotecnologias

2015

DICA 1 - Use software livre

Você sabe o que é um software livre?

- Use software livre Você sabe o que é um software livre? Softwares livres são programas

Softwares livres são programas gratuitos e que possuem código aberto. Isso quer dizer que, além de não precisar gastar para adquiri-los, você também pode manipular sua estrutura, criando ferramentas e complementos para expandir suas funcionalidades.

Existem programas livres tão bons quanto o ArcGIS, líder de mercado nesse segmento. São vários os softwares que temos acesso e que atendem essa demanda como QGIS, gvSIG, KosmoGIS, TerraView, entre outros.

O QGIS é o software livre mais usado no Brasil e talvez no mundo. Inclusive, órgãos públicos como EMBRAPA, INCRA, IEF, SEMAD entre outros já o utilizam.

e talvez no mundo. Inclusive, órgãos públicos como EMBRAPA , INCRA , IEF , SEMAD entre
DICA 2 - Aprenda Cartografia Sistemática e Temática Saber os fundamentos da Cartograa é ESSENCIAL,

DICA 2 - Aprenda Cartografia Sistemática e Temática

Saber os fundamentos da Cartograa é ESSENCIAL, mas infelizmente esse não costuma ser um ponto de atenção de grande parte dos prossionais.

Na área da Cartograa Sistemática você precisa entender os fundamentos de sistemas de coordenadas e projeções cartográcas, o que é datum e para que serve e conceitos e aplicações de escala. Os softwares de SIG são tecnicamente fundamentados nesses tópicos, ou seja, não conhece-los fará com que seus produtos sejam decientes e até mesmo errados.

Na área da Cartograa Temática estude sobre Variáveis Visuais, pois assim você entenderá mais sobre as formas de representação dos dados que for mapear, tornando a informação clara e de leitura fácil. Isso irá proporcionar maior capacidade de análise ao fazer suas sínteses.

km

clara e de leitura fácil. Isso irá proporcionar maior capacidade de análise ao fazer suas sínteses
clara e de leitura fácil. Isso irá proporcionar maior capacidade de análise ao fazer suas sínteses
0 10 20 30
0 10
20
30

DICA 3 - Aprenda alguns tópicos sobre QGIS

DICA 3 - Aprenda alguns tópicos sobre QGIS O QGIS , assim como todos os softwares

O QGIS, assim como todos os softwares de SIG, trabalha com informações vetoriais (vetores) e matriciais (imagens).

Entenda sobre os formatos de arquivos que são utilizados: formatos de arquivos que são utilizados:

Shapele (.shp): Formato de arquivo vetorial de SIG que possui subarquivos e dados descritivos atrelados. : Formato de arquivo vetorial de SIG que possui subarquivos e dados descritivos atrelados.

GeoTIFF (.tif): Formato de imagens de satélite que preserva a maioria das informações contidas na imagem. : Formato de imagens de satélite que preserva a maioria das informações contidas na imagem.

Domine os fundamentos do QGIS : fundamentos do QGIS:

Tipos, formatos e abertura de arquivos como vetores, imagens e tabelas.contidas na imagem. Domine os fundamentos do QGIS : Criação e edição e salvamento de arquivos

Criação e edição e salvamento de arquivos vetoriais.e abertura de arquivos como vetores, imagens e tabelas. Manipulação de sistemas de projeção na área

Manipulação de sistemas de projeção na área de trabalho e camadas de dados.Criação e edição e salvamento de arquivos vetoriais. Aprenda a gerar layouts de mapas : Aplique

Aprenda a gerar layouts de mapas : layouts de mapas:

Aplique os conhecimentos em cartograa temática para criar a simbologia de seus dados.e camadas de dados. Aprenda a gerar layouts de mapas : Enquadramento de elementos na folha

Enquadramento de elementos na folha e elementos essenciais do mapa.a gerar layouts de mapas : Aplique os conhecimentos em cartograa temática para criar a simbologia

temática para criar a simbologia de seus dados. Enquadramento de elementos na folha e elementos essenciais
DICA 4 - Baixe dados confiáveis Quando você procurar por dados para seu estudo, sempre

DICA 4 - Baixe dados confiáveis

Quando você procurar por dados para seu estudo, sempre trabalhe com fontes

conáveis. Trabalhe, preferencialmente, com dados divulgados por órgãos ociais e

instituições de credibilidade reconhecida. Assim, seus mapas, além de corretos,

ganharão maior conabilidade e destaque no mercado.

Entre elas, podemos indicar algumas fontes:

Acesse também, uma coletânea de links no site da VasGeo:

(Dados Ambientais) Acesse também, uma coletânea de links no site da VasGeo : Geolinks do Brasil

DICA 5 - Cuidado com a adequação das bases à sua finalidade

5 - Cuidado com a adequação das bases à sua finalidade Uma base consistente deve se

Uma base consistente deve se adequar a suas necessidades, atendendo o nível de detalhamento que você quer apresentar em seu projeto.

Sempre que uma base cartográca é gerada ela deve atender uma escala compatível, seja 1:1.000, 1:10.000, 1:100.000 ou 1:1.000.000. Dessa forma, você deve entender qual a escala do seu trabalho e identicar a informação mais adequada a sua análise.

A)
A)
B)
B)

As guras acima representam a Geologia do Quadrilátero Ferrífero/MG. Na gura "A" tem-se a escala compatível de 1:500.000 e a "B" , 1:100.000 (maior escala). Portanto, caso seu objetivo fosse fazer um mapa no âmbito do Brasil, a base cartográca representada na gura A seria a melhor opção, mesmo sendo mais generalista.

do Brasil , a base cartográca representada na gura A seria a melhor opção, mesmo sendo
do Brasil , a base cartográca representada na gura A seria a melhor opção, mesmo sendo

DICA 5 - Cuidado com a adequação das bases à sua finalidade

Neste segundo exemplo, temos os vetores dos limites municipais em escalas diferentes. Os limites em vermelho atendem a escala de 1:1.500.000 e os em verde, 1:250.000.

a escala de 1:1.500.000 e os em verde, 1:250.000 . Comparação entre duas bases cartográficas em

Comparação entre duas bases cartográficas em escalas distintas (municípios da porção central da RMBH)

Sendo assim, ao fazer um mapa no âmbito municipal, a melhor opção seria a base cartográca em verde, na escala em 1:250.000, por ser mais detalhada.

municipal , a melhor opção seria a base cartográca em verde, na escala em 1:250.000 ,
DICA 6 - Sempre informe a fonte dos dados Sempre que você utilizar algum dado

DICA 6 - Sempre informe a fonte dos dados

Sempre que você utilizar algum dado secundário em seus projetos é de grande importância que você cite as fontes destes dados. Assim, você garante a qualidade do projeto e sua realização com base em dados conáveis. Isso, alem de transmitir maior conabilidade para seus clientes também lhe resguardará de possíveis erros na fonte e dará os devidos créditos ao autor da informação.

clientes também lhe resguardará de possíveis erros na fonte e dará os devidos créditos ao autor

Autores

Geógrafo, Mestre em Tratamento da Informação Espacial e professor da VasGeo VasGeo

GUILHERME F.

VÍTOR A.da Informação Espacial e professor da VasGeo GUILHERME F. Geógrafo, Especialista em Geotecnologias e fundador da

Geógrafo, Especialista em Geotecnologias e fundador da VasGeo

da VasGeo GUILHERME F. VÍTOR A. Geógrafo, Especialista em Geotecnologias e fundador da VasGeo www.vasgeo.com.br
COMPARTILHE ESSE E-BOOK E AJUDE MAIS PESSOAS A FAZEREM SEUS PRÓPRIOS MAPAS PARA ESTUDOS AMBIENTAIS!

COMPARTILHE ESSE E-BOOK E AJUDE MAIS PESSOAS A FAZEREM SEUS PRÓPRIOS MAPAS PARA ESTUDOS AMBIENTAIS!

COMPARTILHE ESSE E-BOOK E AJUDE MAIS PESSOAS A FAZEREM SEUS PRÓPRIOS MAPAS PARA ESTUDOS AMBIENTAIS!
COMPARTILHE ESSE E-BOOK E AJUDE MAIS PESSOAS A FAZEREM SEUS PRÓPRIOS MAPAS PARA ESTUDOS AMBIENTAIS!
COMPARTILHE ESSE E-BOOK E AJUDE MAIS PESSOAS A FAZEREM SEUS PRÓPRIOS MAPAS PARA ESTUDOS AMBIENTAIS!