Você está na página 1de 13

All

News

Maganize and Notices

Edição EspEcial: lspd

All

News

A LSPD não resistiu?

Ou um novo começo?

15 Dollares

Sumário 2 Sumário 3 Editorial. 4 Violência. 5 O ponto de vista da População. 6

Sumário

2

Sumário

3

Editorial.

4

Violência.

5 O ponto de vista da População.

6 A voz do povo ; Kate Outmiller.

8

7

A visão de dentro; Entrevista com a Oficial Sarah Outmiller.

O desfecho do Tenente Willian L. Sanborn / Voz do povo ; Thomas Jackson.

11

12

9

O novo Tenente.

10

A vida nas ruas.

O combustível do Crime / As Armas dos Crimes.

Violência Policia / A voz do Povo ; Tj’a (Anônimo).

2

san nEws

Editorial c aro l Eitor ; E ssa revista, não visa em deturpar ou agredir

Editorial

caro lEitor;

E ssa revista, não visa em deturpar ou agredir qualquer crença ou pensamento.

Nosso principal conceito é informar e questionar tudo, expor todas as idéias, não só meias ver- dades, procuraremos expor todas as informações possíveis. Vamos falar de Policiais, mas também vamos falar da vida criminosa (as causas e etc).

Não iremos excluir ou atacar nenhum grupo, independente da cor, crença ou meta.

Isso é uma revista que poderá ou não agradar você, Leitor. Nosso objetivo é fazer com que ela lhe proponha uma ótima leitura, com muitas informações e notícias. Destacando várias infor- mações, desde anúncios, até oportunidades de emprego.

Nós apoiamos a cultura local, seja ela de bairros nobres ou classe baixa.

Também gostaria de deixar claro, que não apoia- mos o crime ou qualquer ato ligado ao mesmo.

A revista irá fazer anúncios por uma taxa defi- nida, pois precisamos de Dollares($) para manter a revista. O preço será decidido pelo tamanho do anúncio.

Não iremos de forma alguma ganhar dinheiro com qualquer atividade ilegal, seja ela qual for.

O dinheiro arrecadado pela San News, será usado para salários e/ou projetos.

Você poderá arrecadar dinheiro para os fundos da San News, assim, apoiará a empresa e projetos de competições, ou outras atividades locais. A San News visa em ajudar os moradores, apoi- ando cada vez mais nossa cultura.

Alex Bourne

3

san nEws

|Diretor|

San News

Policial V iolência : É cada vez mais comum notícias de Assaltos e Assassinatos, mas

Policial

Violência:

É cada vez mais comum notícias de Assaltos e

Assassinatos, mas também, a notícia de que a LSPD está “fraca” é maior.

R uas sem segurança, cidadãos à merce da

própria sorte, abandonados pelo governo

em meio à uma cidade extremamente

perigosa.

A cada dia que se passa, a Polícia é vista com

menos frequência nas ruas; Isso é por conta do Governo que não concedem um Ambiente cor- reto de trabalho para os oficiais, ou a falta de pes- soas preparadas?

Os assaltos são cada vez mais constantes, vidas se vão; Pessoas assustadas pelas ruas, brigas inevitáveis.

Cidadãos

clamam por

socorro, nos

telefonemas que

dificilmente são

atendidos.

Bandidos agem no Livre Arbítrio, levando consigo, somente as “Leis das ruas”.

Arbítrio, levando consigo, somente as “Leis das ruas”. Um ferido. Na foto ao lado, há uma

Um ferido.

Na foto ao lado, há uma Foto re- tirada da Câmera da Loja 69c, uma Loja localizada perto da estação Unity. Essa foto foi feita no dia 17 de Julho. Momen- tos após à essa foto, o Assaltante foi morto por outro Homem, provavelmente membro de al- guma gang. Um homem morto e

Os civis assustados procuram a ajuda de qualquer um, na hora do desespero, seja de Agentes do Governo ou outros Civis.

Qual seria a Solução para essa onda de Violên- cia? Uma ação mais firme da Polícia; É o que a maioria dos Civis falam.

4

san nEws

Policial o ponto dE Vista da p opulação : O andar desconfiado e rápido dos

Policial

o ponto dE Vista da população:

O andar desconfiado e rápido dos Civis denuncia algo, um medo ou uma anciedade de sair rapidamente da Rua.

A Polícia não está presente, isso é um fato. Cada civil com um Ponto de vista diferente, alguns os chamam de Porcos, outros chamam de Oficiais e etc.

A Polícia de fato já foi um nome respeitado nas

ruas, com ótimo Oficiais e muito bem equipados. Mas o que será que levou essa Força para baixo?

O salário? As condições de trabalho ou os riscos?

Segundo a Oficial Sarah Outmiller, tudo tem seus altos e baixos. Não é diferente com a Polícia.

A vida na cidade é de fato perigosa, e cheio de

ofertas de drogas e encoberto de Violência. A Los Santos Police Departament combate isso, e

sem ela, como os Civis ficam?

A Polícia tem o dever de Servir e Proteger. Mas segundo dados do Governo, nossa Cidade não tem a quantidade ideal de Policiais para suprir as necessidades de uma cidade tão violenta quando Los Santos.

O Tráfico de arma é imenso, até mesmo maior que o Tráfico de Drogas. Vendedores de Armas anunciam sem medo, e Civis são obrigado a permanecer em casa, com medo desses sujeitos.

Segundo a Sarah Outmiller, a Los Santos Police Departament irá voltar sim, e ainda mais prepara- dos.

Alguns Civis apontam a causa da queda como a falta de Policiais.

A causa mais explicada para isso tudo, é a De-

missão do Tenente Willian L. Sanborn, que desorganizou toda a LSPD.

Oficiais até aparecem uma vez ou outra, dificil- mente. Porém, sem a farda, sem ser à trabalho.

LSPD já teve um nome de Respeito, há algum tempo atrás, havia até a SWAT. Mas o tempo foi levando eles, mas a grande esperança da População ou grande parte, é de que o vento traga-a de volta.

Na foto ao Lado, dois Oficiais são fotografados antes de atender uma Ocorrência.

Lado, dois Oficiais são fotografados antes de atender uma Ocorrência. Foto retirada dia 23 de Maio.

Foto retirada dia 23 de Maio.

5

san nEws

Policial a Voz do p oVo K at E o utmill E r K ate

Policial

a Voz do poVo

K at E o utmill E r

Policial a Voz do p oVo K at E o utmill E r K ate é

K ate é uma Cidadã; É do Sul de Los

Santos e tem 29 Anos. Atualmente está

desempregada. Classe Média; Mora com

Familiares e não tem casa própria.

Ela concedeu esta entrevita no dia 7 de Agosto de 1992, próximo a Estação Unity.

Vale ressaltar que ela foi escolhida aleatóreamente, não houve nenhuma pré-seleção.

Repórter: Você já sofreu algum tipo de Violência Verbal ou Física nas ruas? Kate: Sim Repórter: Cite algumas situações. Kate: Estava andando por uma rua, fui abordada por um Homem negro e forte que falou coisas obscenas para mim. Repórter: O que você acha da Polícia? Kate: A Polícia é bem trabalhada, prende os Mal- feitores e Traficantes. A primeira ação que ví ao chegar na Cidade foi de um Oficial realizando a prisão de 3 Traficantes. Repórter: E porquê você acha que a Cidade está tendo essa onde de Violência? Qual seria o Mo- tivo? Kate: Poucos Policiais, como eu disse, foi um Policial para prender 3, ele quase não conseguiu. A sorte, é que ele estava com uma Escopeta. Repórter: Você acha que a Polícia conta com bons Equipamentos? Kate: Sim, pois em casos de grandes petições, eles levam equipamen- tos Pesados.

A imagem ao lado, foi apresentada à Entrevistada.

Pesados. A imagem ao lado, foi apresentada à Entrevistada. Graffit encontrado atrás da 69c Autor: Desconhecido

Graffit encontrado atrás da 69c Autor: Desconhecido

Repórter: O que acha sobre esse Graffit encontrado na Rua? Kate:

Falsa, deve ter sido

feita por um bandido que foi preso ou algum parente que foi preso.

6

san nEws

Policial a Visão dE dEntro . E ntrEVista com a o ficial s arah o

Policial

a Visão dE dEntro.

EntrEVista com a oficial sarah outmillEr

dE dEntro . E ntrEVista com a o ficial s arah o utmillEr S arah, uma

S arah, uma Oficial da Polícia, concedeu

esta entrevista no dia 7 de Agosto de 1992. A entrevista foi concedida em uma casa,

após muita insistência.

Na coluna seguinte, Sarah irá falar a causa da Ausência da Los Santos Police Departament entre outras coisas.

Repórter: O que está acontecendo com a LSPD? Sarah: Basicamente, ela está enfrentando Proble- mas. Rapórter: Quais seriam esses problemas? Sarah: Alguns superiores viajaram, outros pediram demissão, Oficiais em falta e etc. Repórter: A LSPD já foi uma força do Governo muito respeitada, até com SWAT ela contava. Porquê hoje em dia mal se vê Policiais? Sarah: Ela ainda é respeitada, só que tudo tem seus altos e baixos. Estamos em um momento crítico, nada que abale muito as coisas, pelo que eu sei. Repórter: Você, como Oficial, qual sua reco- mendação de Segurança para os Civis no mo- mento? Sarah: Se houver algum crime, tente gravar o ato, e após isso, faça um Boletim de Ocorrência; Mas não deixe que os Suspeitos vejam. Repórter: Você acha que a LSPD irá “voltar”? Sarah: Vai voltar sim, e mais treinada.

irá “voltar”? Sarah: Vai voltar sim, e mais treinada. Graffit encontrado atrás da 69c Autor: Desconhecido

Graffit encontrado atrás da 69c Autor: Desconhecido

A imagem ao lado, foi apresentada à Entrevistada.

Repórter: O que você acha sobre esta imagem achada em uma rua?

Sarah: A mesma coisa que eu acho hoje em dia sobre as atitudes. Se alguém te faz seguir as regras, é o Vilão. Nada mais a declarar.

7

san nEws

Policial o dEsfEcho do t EnEntE w illian l. s anborn . P ouco se

Policial

o dEsfEcho do tEnEntE willian l. sanborn.

P ouco se sabe o que levou Ex-Tenente Willian L. Sanborn. É uma Demissão cheia de mistério, com poucas informações.

Segundo os Civis, era um Oficial bem-sucedido e um bom Oficial.

Mas qual seria o real motivo da Demissão de William? Alguns falam que ele foi Demitido, outros falam que ele pediu demissão, e depois disso, ele nunca mais foi visto.

a Voz do poVo

Thomas Jackson
Thomas Jackson

Teria Willian L. Sanborn sucumbido ao crime e terminando sua carreira Policial?

Segundo Thomas Jackson, um Civil, o Tenente Willian L. Sanborn era um bom Oficial.

Willian parece ter uma boa fama em meio aos Civis, de todos os Sujeitos abordados na entrevista, nenhum falou mal do mesmo.

Thomas: Acho que ele era um bom Oficial, mas quando a Demissão, foi a opção deles. Vão achar alguém para substitui-lo.

8

san nEws

Policial o noVo t EnEntE Tenente Banvard B lake Banvard, o novo Tenente da Los

Policial

o noVo tEnEntE

Policial o noVo t EnEntE Tenente Banvard B lake Banvard, o novo Tenente da Los Santos

Tenente Banvard

B lake Banvard, o novo Tenente da Los

Santos Police Departament. No dia 8

de Agosto de 1992, o Tenente Banvard

foi avistado fazendo uma ronda nas redondezas da Estação Unity; Após semanas sem nenhuma Segurança, será que a Los Santos Police Departa- mente irá voltar à tona?

Repórter: Você acha que isso será uma tarefa fácil? Tenente: Negativo. Não será fácil, mas como fala minha Mãe, tudo nesta vida é possível. Repórter: Você acha que será melhor que o Ten- ente Sanborn, ou não quer comparar? Tenente: Bem, acho que todos nós temos o próp- rio jeito, não vou falar que sou melhor que ele. Vocês vão. Repórter: “ A Polícia conta com ótimos equipa- mentos mas faltam Oficiais” Você acha que isso condiz com a realidade? Tenente: Certamente. Repórter: Qual seria o motivo da falta de Ofi- ciais? Tenente: Não temos um motivo certo, mas mui- tos não gostariam de arriscar a vida sendo um.

Repórter: Qual o seu plano para combater a onda de Violência que atinge a nossa cidade? Tenente: Como disse anteriormente, irei fazer o possível para colocar mais Oficiais nas tuas para cuidar disto. Repórter: Qual sua principal meta da LSPD? Tenente: Desde criança, quero colocar vigor nesta lei, que é a Violência Doméstica. Um caso que eu já sofri. Repórter: Você visa no uso de Armas letais ou não-letais? Tenente: Certamente, irei colocar em alta, o uso de armas não-letais, pelo caso de sempre haver civil atingido com balas perdidas. Repórter: O Salário da Polícia atualmente, é bom?

Repórter: Tenente, qual seu plano para recuperar

Tenente: Er

Estou tentando mandar isto para o

a Los Santos Police Departament? Tenente: Bem, primeiro irei organizar uma nova administração, com novas Viaturas, carros veloz- es e etc; Logo após, contratar novos Cadetes. E depois, criar sistemas táticos.

Prefeito.

9

san nEws

Policial a Vida nas ruas V ida com muito dinheiro e fama, é a maior

Policial

a Vida nas ruas

Policial a Vida nas ruas V ida com muito dinheiro e fama, é a maior tentação

V ida com muito dinheiro e fama, é a maior

tentação para Pessoas da classe baixa da Cidade de Los

Santos, levados pela sede por dinheiro, acabam en- volvendo-se em crimes ou entrando em uma Gang. Estes sujeitos idenficam- se como “Gangstas”.

Gangstas na cidade, é algo muito comum, nor- malmente trajando roupas largas, e usando Bonés. Quase sempre portando armas de fogo, pronto para disparar contra qualquer um que desafie sua “autoridade”.

Na cidade de Los Santos, eles são responsaveis por 80% dos crimes à mão armada.

Normalmente, brigas internas, com outras gangs, fazem o uso de armas brancas, normalmente facas, cassetetes entre outras.

A arte muito praticada pelos Gangstas, é o Graf- fit, normalmente usado para marcar território. As Gangs, ou “Famílias” tem seu próprio nome para o Graffit. Para quebrar esse território, normal- mente, membros de outras Famílias, colocam a marca de sua Gangue por cima da outra Gang, fazendo com que o outro Graf- fit fique ilegível.

Gang, fazendo com que o outro Graf- fit fique ilegível. É comum, ver Gangs com uma

É comum, ver Gangs com uma Cor. Usadas nas roupas, nas artes da rua e etc. São como uma marca registrada.

Normalmente, eles tem um ponto de encontro em uma Rua, do qual chamam de “Hood”. Passam uma noite toda apenas fazendo o uso de Drogas ilícitas ou Lícitas.

De fato, os Gangstas são os maiores responsáveis pelas armas ilegais circulando na cidade.

Vindos de Famílias prob-

lemáticas, eles procuram

o conforto com outras

Gangs, chamadas interna- mente de “Família”. Seus carros são modificados, normalmente com um sis- tema Hidráulico customizado para a participação de competições.

Estes sujeitos, são mal vistos pela Sociedade,

pelo fato de estarem diretamente ligados à armas

e crimes.

Esse mundo é muito complexo, cheio de regras entre outros códigos, como sigílos.

10

san nEws

Policial o combutíVEl do crimE Foto retirada da Câmera do Banco de Los Santos. T

Policial

o combutíVEl do crimE

Policial o combutíVEl do crimE Foto retirada da Câmera do Banco de Los Santos. T odos

Foto retirada da Câmera do Banco de Los Santos.

T odos sabem, um dos principais com- bustíveis do crime, é o tráfico de Armas. Você deve se perguntar: “Porquê não

combater, então?”; Sim, esta é uma boa solução, mas a o Tráfico de Armas, muitas vezes é inter- nacional, vindas do México e etc. Normalmente, os vendedores vendem as armas escondidos, ou indiretamente. Um canto onde tem um grande número de tráfico de Armas, é atrás da Loja 69c, próximo a Estação Unity. As armas, podem ser desde pequenas e leves, até pesadas e potentes, capaz de arrancar um mem- bro humano com um único disparo.

as armas dos crimEs

H á uma gama de Armas de fogo enorme, no tráfico, desde Escopetas calibre 12, até 9 milímetros; conhecidas como 9mm.

Abaixo você conhecerá algumas delas.

GlocK 9mm

9mm. Abaixo você conhecerá algumas delas. G locK 9 mm É certamente, umas das armas mais

É certamente, umas das armas mais usadas por

Gangstas ou qualquer tipo de bandido. No mer- cado Ilegal, é de fácil acesso, vendidas por cerca de 400 à 800 Dollares. Normalmente, o número de identificação das armas, são raspados, para caso ela possua ficha criminal, não sejam pegos.

Descrição; Revista: Shoot Magazine.

Existem armas, que é de uso exclusivo da Polí- cia, como o Fuzil M16, uma arma muito precisa e potente. Até hoje, nunca foi encontrado nen- hum fora da Polícia, isso é uma vitória, já que se trata de uma arma com um poder de fogo

Arma tática tipo pistola, leve, segura e com boa precisão, fabricada parte em polímero (frame), parte em aço carbono com acabamento teniferi- zado (cano ferrolho e outras peças pequenas).

O acabamento teniferizado apresenta-se mais

resistente à corrosão do que o aço inox.

11

san nEws

Policial V iolência p olicial , uma rEalidadE ? M uitas pessoas já afirmaram ter

Policial

Violência policial, uma rEalidadE?

Policial V iolência p olicial , uma rEalidadE ? M uitas pessoas já afirmaram ter sofrido

M uitas pessoas já afirmaram ter sofrido

outros, isso não passa de difamação.

racismo ou violência Policial, mas para

Policiais são visto por bons olhos por alguns, mas outros, é completamente o contrário.

a Voz do poVo

Tj’a (Anônimo)

completamente o contrário. a Voz do poVo Tj’a (Anônimo) Este rapaz, afro-americano, que não deseja ser

Este rapaz, afro-americano, que não deseja ser identificado, afirma já ter sofrido Violência Poli- cial. Segundo ele, os Policiais colocaram Drogas em sua roupa, e colocou o Cassetete contra suas partes íntimas.

Repórter: O que você acha da Polícia? Tj’a: Eles são um bando de Racistas. Já fui abor- dado só por ser negro. Repórter: Como foi a abordagem? Tj’a: Eles falaram que eu tinha Drogas, mas eu não tinha Drogas. Repórter: Você é viciado em alguma drogas? Tj’a: Não Repórter: Você já sofreu algum tipo de Violência Policial? Tj’a: Já tentaram colocar um Cassetete no meu Repórter: O que você acha da Polícia? Tj’a: Eles ajudam, mas na maioria das vezes são preconceituosos. Repórter: Você acha que eles tem motivos para o Preconceito? Tj’a: Os negros dessa cidade são um bando de viciado

12

san nEws

All News

Maganize and Notices

créditos:

À todos da lspd

À todos os cidadõEs da los santos quE dEram todo o apoio nEcEssário

ao GooGlE.

(( E todos os admins do sErVEr quE sEmprE apoiaram a rEVista. E todos os

JoGadorEs do truE rolEplaY))

((OOC: True rOleplay. Ip: 189.1.172.59:7808 / Fórum: FOrum.TruegamIng.COm.br/))