Carta Aberta do CPP

O CPP denuncia graves violências praticadas
contra a Comunidade Pesqueira e Vazanteira de
Canabraba. Agente de Pastoral também
é ameaçada, em Buritizeiros (MG).

CARTA ABERTA À SOCIEDADE BRASILEIRA

Em um cenário de Coronelismo moderno, fazendeiro local, Adriano Gonzaga, herdeiro e neto de Breno Gonzaga, está
sitiando a Comunidade Pesqueira e Vazanteira de Canabrava e ilhas próximas, com dezenas de jagunços, espalhando
violência e terror à mais de 75 famílias na cidade de Buritizeiro, no Norte de Minas Gerais, às margens do rio São
Francisco, em área de domínio da União.

Ignorada pela Superintendência do Patrimônio da União de MG, a Comunidade foi vitimada por uma ação de
reintegração de posse executada pelo Estado no dia 18 de julho. Fato notório é que a reintegração de posse havia sido
suspensa, um dia antes, pelo desembargador José Américo Martins da Costa.

Insatisfeito com tal situação, o fazendeiro Adriano Gonzaga retornou à comunidade colocando fogo e passando o trator
sobre o restante dos pertences dos comunitários no dia 20 de julho, e, deste então, tem ameaçado os comunitários que
resistiram no local. As ameaças também estão sendo feitas diretamente à Agente da Pastoral dos Pescadores que
acompanha a Comunidade. As vias de acesso, por terra, estão obstruídas por trincheira e as demais vigiadas numa ação
articulada com fazendeiros locais. Desde então, pistoleiros têm rondado a comunidade dentro da mata, armados e
atirando em diversos pontos da localidade. Na tarde de ontem, dia 06/08, o carro do próprio fazendeiro se aproximou da
comunidade, a cerca de 100 metros, fazendo intimidação, com um homem mencionando sacar arma em direção aos
comunitários.

Diante desse cenário de guerra, o CPP Nacional convoca o Estado à uma ação integrada, a partir da Secretária de
Desenvolvimento Agrário-SEDA de MG, Superintendência do Patrimônio da União (Estadual e Federal) e Ministério
Público Federal e Estadual para solucionar o conflito entre fazendeiros locais e a Comunidade Tradicional Vazanteira e
Pesqueira de Canabrava.

7 de agosto de 2017

Conselho Pastoral dos Pescadores Nacional

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful