Você está na página 1de 69
CADERNO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES Agosto | 2017

CADERNO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES

Agosto | 2017

C.C.D.

ADVOCACIA

E

NEUROLINGUÍSTICA

APRESENTAÇÃO:

PROGRAMAÇÃO

A atividade incentivará o aluno a formular bons objetivos de carreira e a aprender como aplicar as técnicas da Programação Neurolinguística (PNL) na vida pessoal e no ambiente profissional, uma vez que a PNL estuda os padrões criados pela linguagem no cérebro e como as pessoas se comunicam.

PÚBLICO ALVO:

Alunos a partir do 4º período.

DOCENTE:

C.C.D. ADVOCACIA E NEUROLINGUÍSTICA APRESENTAÇÃO: PROGRAMAÇÃO A atividade incentivará o aluno a formular bons objetivos de

Professora: Bruna Lyra Duque

Doutora e Mestre do Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Direitos e Garantias Fundamentais da Faculdade de Direito de Vitória (FDV). Especialista em Direito Empresarial (FDV). Professora de Direito Civil da Graduação e da Pós- graduação Lato Sensu da FDV. Advogada. Practitioner em Programação Neurolinguística.

OUTRAS INFORMAÇÕES:

Carga horária: 08 horas Data de início: 08/08/2017 Dia da semana: terça-feira Horário: das 11h30 às 13h10

C.C.D.

JUSTIÇA

PREMIADA

PREMIAL

E

COLABORAÇÃO

APRESENTAÇÃO:

O curso de curta duração pretende apresentar um panorama geral da justiça premial no Brasil, tratando dos seguintes temas: 1. Introdução aos mecanismos de Justiça Premial; 2. Conceito; 3. Histórico e marcos legais; 4 Colaboração Premiada e Lei de Crime Organizado; 5. Negociação e legitimidade; 6. Benefícios; 7. Resultados; 8. Requisitos; 9. Procedimento; 10. Direitos do colaborador; 11 Questões polêmicas; 12 Jurisprudência. Como metodologia, busca a integração entre lei, doutrina, jurisprudência e experiência prática, visando capacitar os operadores do direito a atuarem nesse novo cenário da justiça criminal.

PÚBLICO ALVO:

Alunos que tenham cursado ou estejam cursando Direito Penal I.

DOCENTE:

Professor: Márcio Adriano Anselmo

Doutor em Direito Internacional pela USP/SP. Delegado de Polícia Federal, atual Corregedor Regional da Polícia Federal no Estado do Espírito Santo, foi o presidente do inquérito policial que originou a Operação Lava Jato, tendo atuado no grupo de trabalho da Polícia Federal da referida operação por 3 anos. Autor de diversos livros e artigos no Brasil e no exterior, entre eles a obra Colaboração Premiada: o novo paradigma do processo penal brasileiro.

OUTRAS INFORMAÇÕES:

Carga horária: 10 horas Data de início: 12/09/2017 Dia da semana: terça-feira Horário: das 11h30 às 13h10

C.C.D. INVESTIGAÇÃO CRIMINAL

APRESENTAÇÃO:

A investigação criminal tem assumido papel de destaque nos noticiários recentes, assim como nas discussões jurídico-criminais. O curso de curta duração pretende abordar a investigação criminal e suas nuances no estado democrático de direito. 1. Teoria da investigação criminal; 2. Sistemas de investigação preliminar e órgãos encarregados; 3. Atuação do magistrado; 4. Atos da investigação preliminar; 5. Valor probatório. Como metodologia, busca a integração o direito positivo e experiência prática, de forma que o aluno possa compreender as ferramentas que permitam ao aluno sua atuação no âmbito da investigação criminal, seja como Delegado de Polícia, membro do Ministério Público, Advogado ou Defensor Público.

PÚBLICO ALVO:

Alunos que tenham cursado ou estejam cursando Direito Penal I.

DOCENTE:

Professor: Márcio Adriano Anselmo

Doutor em Direito Internacional pela USP/SP. Delegado de Polícia Federal, atual Corregedor Regional da Polícia Federal no Estado do Espírito Santo, foi o presidente do inquérito policial que originou a Operação Lava Jato, tendo atuado no grupo de trabalho da Polícia Federal da referida operação por 3 anos. Autor de diversos livros e artigos no Brasil e no exterior, entre eles a obra Colaboração Premiada: o novo paradigma do processo penal brasileiro.

OUTRAS INFORMAÇÕES:

Carga horária: 10 horas Data de início: 23/10/2017 Dia da semana: segunda-feira Horário: das 11h30 às 13h10

C.C.D. COMPLIANCE E INTEGRIDADE: ESTUDO DE CASOS

APRESENTAÇÃO:

A investigação criminal tem assumido papel de destaque nos noticiários recentes, assim como nas discussões jurídico-criminais. O curso de curta duração pretende abordar a investigação criminal e suas nuances no estado democrático de direito. 1. Teoria da investigação criminal; 2. Sistemas de investigação preliminar e órgãos encarregados; 3. Atuação do magistrado; 4. Atos da investigação preliminar; 5. Valor probatório. Como metodologia, busca a integração o direito positivo e experiência prática, de forma que o aluno possa compreender as ferramentas que permitam ao aluno sua atuação no âmbito da investigação criminal, seja como Delegado de Polícia, membro do Ministério Público, Advogado ou Defensor Público.

PÚBLICO ALVO:

Alunos a partir do 1º período.

DOCENTE:

Professor: Jovacy Peter Filho

C.C.D. COMPLIANCE E INTEGRIDADE: ESTUDO DE CASOS APRESENTAÇÃO: A investigação criminal tem assumido papel de destaque

Advogado e sócio do escritório Peter Filho, Sodré & Rebouças Advogados. Mestre em Direito Penal pela USP. Professor na Faculdade de Direito de Vitória (FDV). Presidente da Associação de Advogados do Estado do Espírito Santo (AAESP). Presidente do Conselho Estadual de Ética Pública. Vice-Presidente da Academia Brasileira de Direitos Humanos (ABDH) e Membro cofundador do Instituto Capixaba de Criminologia e Estudos Penais (ICCEP).

OUTRAS INFORMAÇÕES:

Carga horária: 10 horas Data de início: 13/09/2017 Dia da semana: quarta-feira Horário: das 11h30 às 13h10

C.C.D. GESTÃO NA ADVOCACIA: ESTUDO DE CASOS

APRESENTAÇÃO:

Preparar os alunos para os desafios do mercado de trabalho deve estar entre uma das principais missões de uma qualificada e comprometida formação jurídica. Dentre as possibilidades de atuação

do profissional do direito, aquela que se apresenta mais “natural” é a advocacia, ainda que,

paradoxalmente, o aluno seja pouco ambientado ao cotidiano dessa carreira, especialmente no que tange a administração da carreira e dos negócios envolvidos. Considerando o cenário de crise econômica e sua afetação no ambiente produtivo em geral, esta tarefa de gerir o próprio escritório de forma eficaz se torna ainda mais importante. Somente os mais preparados e conscientes dos objetivos estratégicos de seu empreendimento serão capazes de se aproximar do sucesso na advocacia que, como em tantas outras áreas, além de conhecimento técnico - isto, na verdade, é um pressuposto necessário para a atuação como advogado requer também um conjunto de estratégias capazes de transformar a técnica jurídica em novos negócios, numa estrutura sustentável e que fidelize clientes e parceiros. Toda uma cadeia produtiva ganha e se fortalece com esse movimento de profissionalização da advocacia, e essa é a razão de ser desse curso. É preciso não só empreender direito, mas empreender em direito, por isso a ideia é apresentar as melhores práticas de gestão aplicadas na advocacia.

PÚBLICO ALVO:

Alunos a partir do 6º período.

DOCENTE:

Professor: Jovacy Peter Filho

C.C.D. GESTÃO NA ADVOCACIA: ESTUDO DE CASOS APRESENTAÇÃO: Preparar os alunos para os desafios do mercado

Advogado e sócio do escritório Peter Filho, Sodré & Rebouças Advogados. Mestre em Direito Penal pela USP. Professor na Faculdade de Direito de Vitória (FDV). Presidente da Associação de Advogados do Estado do Espírito Santo (AAESP). Presidente do Conselho Estadual de Ética Pública. Vice-Presidente da Academia Brasileira de Direitos Humanos (ABDH) e Membro cofundador do Instituto Capixaba de Criminologia e Estudos Penais (ICCEP).

OUTRAS INFORMAÇÕES:

Carga horária: 10 horas Data de início: 14/09/2017 Dia da semana: quinta-feira Horário: das 11h30 às 13h10

C.C.D. GESTÃO NA ADVOCACIA: ESTUDO DE CASOS

APRESENTAÇÃO:

O Curso de Pontuação é voltado para os que querem aprender, recordar ou até mesmo ampliar seus conhecimentos acerca do emprego de pontuação de texto. Há um destaque especial para o emprego da vírgula, que, em geral, é o ponto nevrálgico da pontuação. Parte-se, neste curso, da estrutura lógico-sintática da frase, para se compreender que a essência da pontuação é a perspectiva lógica e estilística.

PÚBLICO ALVO:

Alunos a partir do 1º período.

DOCENTE:

C.C.D. GESTÃO NA ADVOCACIA: ESTUDO DE CASOS APRESENTAÇÃO: O Curso de Pontuação é voltado para os

Professora: Valdeciliana da Silva Ramos Andrade

Doutora em Língua Portuguesa (UERJ), com pesquisa centrada no discurso jurídico, mestre em Linguística e Filologia pela UNESP. Atua na área de Linguagem Jurídica, de Metodologia de Pesquisa e de Oratória. Desenvolve estudos e pesquisas na área do discurso jurídico, de produção de texto científico e de oratória. É professora da Faculdade de Direito de Vitória (FDV).

OUTRAS INFORMAÇÕES:

Carga horária: 10 horas Data de início: 16/08/2017 Dia da semana: quarta-feira Horário: das 11h30 às 13h10

C.C.D. HISTÓRIA DO RACISMO NO BRASIL (ATÉ O SÉCULO XIX)

APRESENTAÇÃO:

O Racismo é um fenômeno social que tem a sua historicidade e seus efeitos no cotidiano social brasileiro. Este curso pretende ser um espaço de produção de conhecimentos e reflexões sobre o processo histórico de formação econômica, política e cultural do Brasil a partir de um corte temporal que vai do processo de colonização do território que hoje chamamos de Brasil até a Proclamação da República, em 1889, quando é rompido o vínculo formal com a Metrópole por meio da perda de poder institucional da família imperial.

PÚBLICO ALVO:

Alunos a partir do 1º período.

DOCENTE:

C.C.D. HISTÓRIA DO RACISMO NO BRASIL (ATÉ O SÉCULO XIX) APRESENTAÇÃO: O Racismo é um fenômeno

Professor: André Filipe Pereira Reid dos Santos

Doutor em Ciências Humanas pelo Programa de Pós-Graduação em Sociologia e Antropologia da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), e professor/pesquisador do Programa de Pós-Graduação em Direitos e Garantias Fundamentais da Faculdade de Direito de Vitória (FDV).

OUTRAS INFORMAÇÕES:

Carga horária: 08 horas Data de início: 08/08/2017 Dia da semana: terça-feira Horário: das 17h às 18h40

C.C.D. EDUCAÇÃO E RACISMO NO BRASIL

APRESENTAÇÃO:

O curso pretende debater o papel conservador da educação na reprodução da estrutura de classes, refutando a chamada meritocracia, a partir da teoria de Pierre Bourdieu. A escola não está imune à estrutura social. As desigualdades sociais (com as desigualdades raciais e de gênero, entre outras) são reproduzidas nas (e por meio das) escolas, dificultando a emancipação dos grupos sociais dominados de uma sociedade (como negros, mulheres, gays etc.) e reforçando o estigma e a exclusão desses grupos sociais. No caso da sociedade brasileira, a partir de um corte racial, os negros são o grupo mais ausente (e descrente) no sistema escolar. Mesmo que as razões históricas para isso não sejam inteligíveis por parte dos próprios negros, são sentidas cotidianamente em nome de um racismo que produz seletividade por meio da cor da pele, mesmo no universo escolar. As políticas de ações afirmativas raciais podem vir a ser uma ferramenta importante para ruptura da lógica conservacionista do sistema de ensino, embora essas políticas precisem ser avaliadas constantemente e modificadas esporadicamente.

PÚBLICO ALVO:

Alunos a partir do 1º período.

DOCENTE:

C.C.D. EDUCAÇÃO E RACISMO NO BRASIL APRESENTAÇÃO: O curso pretende debater o papel conservador da educação

Professor: André Filipe Pereira Reid dos Santos

Doutor em Ciências Humanas pelo Programa de Pós-Graduação em Sociologia e Antropologia da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), e professor/pesquisador do Programa de Pós-Graduação em Direitos e Garantias Fundamentais da Faculdade de Direito de Vitória (FDV).

OUTRAS INFORMAÇÕES:

Carga horária: 10 horas Data de início: 03/10/2017 Dia da semana: terça-feira Horário: das 17h às 18h40

C.C.D. MEDIAÇÃO FAMILIAR BASEADA NAS 5 ETAPAS DO LUTO

APRESENTAÇÃO:

Através da compreensão do luto e de suas cinco etapas esse curso se propõe a aplicar esse conhecimento à mediação familiar, tanto com casais em processo de separação e divórcio como também na compreensão que vivemos diversos lutos em nossas vidas e entender essas etapas nos ajuda a superá-las.

PÚBLICO ALVO:

Alunos a partir do 2º período.

DOCENTE:

Professora: Renata Helena Paganoto Moura

C.C.D. MEDIAÇÃO FAMILIAR BASEADA NAS 5 ETAPAS DO LUTO APRESENTAÇÃO: Através da compreensão do luto e

Possui graduação em Direito pela Universidade Federal do Espírito Santo (1995) e mestrado em Direito pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (2003). Atualmente é professora do curso de Direito e do Núcleo de Prática Jurídica da Faculdade de Direito de Vitória (FDV). Advogada e Sócia do Escritório Mediação & Advocacia e Coordenadora da Câmara Brasileira de Mediação e Arbitragem Empresarial em Campo Limpo Paulista. Atuando principalmente nos seguintes temas: direito civil (contratos e posse e propriedade) e com meios alternativos de solução de litígios.

OUTRAS INFORMAÇÕES:

Carga horária: 10 horas Data de início: 15/08/2017 Dia da semana: terça-feira Horário: das 11h30 às 13h10

C.C.D. O “SÍMBOLO” DO RACISMO. UMA PROPOSTA DE ANÁLISE INTERDISCIPLINAR A PARTIR DO JULGAMENTO DO H.C. 82.424 PELO STF

APRESENTAÇÃO:

Propõe-se pensar o racismo a partir de alguns marcos definidos pelo voto vencedor proferido pelo Ministro Maurício Correa, no julgamento, pelo STF, do Habeas Corpus nº 82.424 (caso Ellwanger), conforme argumentos metajurídicos nele adotados, em especial de matriz histórica, sociológica e antropológica. Com foco nessas pontes interdisciplinares, fez-se uma seleção de cinco breves textos, incluído o referido voto vencedor, que servirão de ponto de partida para a exposição conforme o tema específico de cada encontro e para o seu encaminhamento, a serem previamente lidos, apresentados pelo professor e discutidos em cinco encontros programados (correspondendo um texto para cada encontro), quatro deles com a participação de professores convidados, a confirmar.

PÚBLICO ALVO:

Alunos a partir do 1º período.

DOCENTE:

C.C.D. O “SÍMBOLO” DO RACISMO. UMA PROPOSTA DE ANÁLISE INTERDISCIPLINAR A PARTIR DO JULGAMENTO DO H.C.

Professor: Leonardo Barros Souza

Professor universitário. Mestrado em Sociologia e Direito pela Universidade Federal Fluminense (2005). Disciplina que leciona: Ciência Política e Teoria do Estado. Áreas de interesse: Ciência Política, Teoria do Estado, História das Ideias Políticas, Filosofia Política e Direito Constitucional.

OUTRAS INFORMAÇÕES:

Carga horária: 10 horas Data de início: 24/08/2017 Dias da semana: segunda, terça e quinta-feira Horário: das 17h às 18h40

C.C.D. CONTRATOS EMPRESARIAIS

APRESENTAÇÃO:

Embora os contratos previstos no Código Civil sejam normalmente lecionados nos cursos de Direito, os contratos empresariais, regulados por legislação específica, acabam não sendo abordados com a mesma profundidade, muitas vezes por falta de tempo. Assim, contratos como franquia, factoring e leasing, entre outros, ficam resumidos a meros conceitos. Tendo em vista a importância dos contratos empresariais para a economia e os negócios, este curso de curta duração, em 6 (seis) encontros, visa apresentar aos estudantes a teoria geral dos contratos empresariais e os regramentos específicos de cada um deles, de modo a possibilitar ao estudante a compreensão mais ampla e profunda desses institutos. Ao final do curso, serão apresentados também os contratos agrários, haja vista a sempre atual relevância do agronegócio.

PÚBLICO ALVO:

Alunos a partir do 3º período.

DOCENTE:

Professor: Tiago Cação Vinhas

Professor de Direito Civil. Mestre em Direito, na área de concentração Direito Comercial, pela Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo (FDUSP). Defendeu Dissertação de Mestrado intitulada Sham litigation - Do abuso do direito de petição com efeitos anticoncorrenciais, em sessão realizada no dia 23 de maio de 2014. É bacharel em Direito pela FDUSP. Atuou como advogado no escritório Pinheiro Neto Advogados, nas áreas Contenciosa Cível e de Direito da Concorrência/Antitruste de 2004 a 2014. Atualmente, é advogado em Vitória, ES.

OUTRAS INFORMAÇÕES:

Carga horária: 10 horas Data de início: 10/08/2017 Dia da semana: quinta-feira Horário: das 11h30 às 13h10

C.C.D.

RETÓRICA

E

SOFÍSTICA

NA

ARGUMENTAÇÃO JURÍDICA

APRESENTAÇÃO:

O curso pretende debater a tese de que as formas de apresentação da decisão jurídica, no Brasil de hoje, e as formas como ela efetivamente se concretiza diferem muito. Desvelar essas estratégias argumentativas pode desapontar o estudante entusiasmado com uma eventual “realização da justiça”, mas, com mais reflexão, não só lhe fará compreender os procedimentos jurídicos hodiernos

como também lhe mostrará como realizar mais eficientemente seus ideais dessa mesma justiça. É preciso compreender como se processa a separação entre o texto jurídico (leis, decretos,

regulamentos

)

e a norma e como a complexidade daí decorrente provoca o crescimento do papel

... do direito e da importância de nosso trabalho como juristas. Depois da ingenuidade da identificação entre texto e norma e da separação entre criação e aplicação do direito, onipresente na teoria da

separação dos poderes, verifica-se hoje a mistificação confusa de uma “racionalidade” que não resiste a mais pueril análise retórica. Por meio desse instrumento milenar, o aluno vai ser levado a

perceber que a suposta “racionalidade argumentativa” é uma estratégia apenas para apresentar a

decisão e daí a compreender como ela efetivamente é tomada.

PÚBLICO ALVO:

Alunos a partir do 1º período.

DOCENTE:

Professor: João Maurício Adeodato

Professor da Faculdade de Direito de Vitória, Professor Titular da Faculdade de Direito do Recife (UFPE), Livre-Docente da Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo e Pesquisador 1-A do CNPq.

OUTRAS INFORMAÇÕES:

Carga horária: 14 horas Data de início: 17/08/2017 Dia da semana: quinta-feira Horário: das 17h às 18h40

C.C.D. DIREITO E EMPREENDEDORISMO:

PRÁTICAS JURÍDICAS SOB UMA NOVA PERSPECTIVA, UTILIZANDO FERRAMENTAS DO COACHING

APRESENTAÇÃO:

O Curso de Curta Duração C.C.D. deve mostrar aos alunos que uma pessoa formada em direito e com a profissão de advogado não deve restringir-se ou limitar-se a esta profissão. Os alunos devem entender, através de convidados formados na FDV que exercem profissões empreendedoras, que o que se aprende na faculdade de Direito é aplicado a toda e qualquer profissão e, que assim, os alunos estarão munidos de um conhecimento necessário a todas as áreas da vida. Além disso, demonstrar que há uma advocacia tradicional da qual pode se trabalhar com os novos parâmetros do mercado. O empreendedor advogado (perceber críticas quanto à palavra empreendedora empresa) possui um grande desafio de quebrar paradigmas e limitações do Código de Ética e o Estatuto da Ordem, sendo que o objetivo de sua profissão não é ignorá-los e sim trabalhar com tais diplomas jurídicos. Ademais, o C.C.D. quer demonstrar que o empreendedorismo está intrínseco no dia-a-dia de qualquer pessoa, e que as ferramentas de COACHING servirão de ajuda e guia de como aprimora-lo, quando e onde usá-lo, revelando aos alunos que podemos fazer nossas escolhas e exercitar as modalidades empreendedoras existentes.

PÚBLICO ALVO:

Alunos a partir do 1º período.

DOCENTE:

Professora: Alessandra Lignani Albuquerque

C.C.D. DIREITO E EMPREENDEDORISMO: PRÁTICAS JURÍDICAS SOB UMA NOVA PERSPECTIVA, UTILIZANDO FERRAMENTAS DO COACHING APRESENTAÇÃO: O

Advogada. Graduada em Direito pela Universidade Federal do Espírito Santo. Mestre em Direito Empresarial pela Faculdade de Direito Milton Campos FDMC Professora de Direito Empresarial da FDV - Faculdade de Direito de Vitória. COACH - Life and Professional formada pela SBC - Sociedade Brasileira de Coaching. Ex- Conselheira Titular da Ordem dos Advogados do Brasil - Seccional ES - OAB/ES - gestão 2010/2012 e gestão 2013/2015.

OUTRAS INFORMAÇÕES:

Carga horária: 10 horas Data de início: 15/08/2017 Dia da semana: terça-feira Horário: das 11h30 às 13h10

C.C.D. INTRODUÇÃO AO COMPLIANCE

APRESENTAÇÃO:

O objetivo do curso é apresentar aos alunos as inúmeras portas que a graduação em direito abre, indo muito além das carreiras jurídicas tradicionais, ao trazer um tema inovador e atual para a área jurídica. O C.C.D. deve mostrar aos alunos que uma pessoa formada em Direito tem muitos ramos e áreas para seguir e aprimorar seus conhecimentos, sendo o Compliance uma das novas vertentes inovadoras e fundamentais para o desenvolvimento jurídico. O Compliance é o conjunto de disciplinas que implementam e fazem cumprir as normas legais, políticas e diretrizes de uma empresa, bem como detectam e tratam qualquer ato interno de violação a norma que possa ocorrer. Este já é um setor desenvolvido nos Estados Unidos, onde o Compliance teve origem, e no Brasil tem sido cada vez mais implementado por empresas em razão da promulgação da Lei Anticorrupção Empresarial em 2013. A cada encontro teremos convidados que irão relatar suas experiências no tema e que de alguma forma contribuíram para o aprimoramento temático. Em cada encontro contaremos com um debate temático, com textos indicativos, leituras recomendadas, e questões práticas sobre o tema.

PÚBLICO ALVO:

Alunos a partir do 1º período.

DOCENTE:

Professora: Alessandra Lignani Albuquerque

C.C.D. INTRODUÇÃO AO COMPLIANCE APRESENTAÇÃO: O objetivo do curso é apresentar aos alunos as inúmeras portas

Advogada. Graduada em Direito pela Universidade Federal do Espírito Santo. Mestre em Direito Empresarial pela Faculdade de Direito Milton Campos FDMC Professora de Direito Empresarial da FDV - Faculdade de Direito de Vitória. COACH - Life and Professional formada pela SBC - Sociedade Brasileira de Coaching. Ex- Conselheira Titular da Ordem dos Advogados do Brasil - Seccional ES - OAB/ES - gestão 2010/2012 e gestão 2013/2015.

OUTRAS INFORMAÇÕES:

Carga horária: 10 horas Data de início: 19/09/2017 Dia da semana: terça-feira Horário: das 11h30 às 13h10

C.C.D. CONTROLAMOS O QUE COMPRAMOS, OU SÃO AS EMPRESAS QUE ESCOLHEM POR NÓS?

APRESENTAÇÃO:

O objetivo do curso é trazer uma reflexão para os alunos sobre o papel das empresas e das marcas no nosso cotidiano, fazendo uma análise de como o marketing empresarial possui influência no comportamento das pessoas e na maneira como elas interagem com a sociedade de modo geral. A crítica do livro “Brandwashed – o lado oculto do marketing” gira em torno de como a sociedade está atenta para as transformações, tendendo a seguir, inconscientemente, o que as empresas querem

introduzir ao mercado, não se limitando às “relações de consumo”, mas suas implicações nas mais

diversas áreas do cotidiano. O C.C.D. deve mostrar aos alunos, que uma pessoa formada em direito,

não deve restringir-se ou limitar-se a esta profissão, podendo aprimorar seu conhecimento em outros ramos e áreas. Em cada encontro contaremos com um debate temático, com textos indicativos, leitura da obra e/ou capítulos da obra objeto do estudo. Além disso, serão analisados exemplos práticos, como os casos das blogueiras, comerciais, publicidades, anúncios e tantas outras novas formas de marketing que estão diretamente relacionadas com as empresas e as marcas.

PÚBLICO ALVO:

Alunos a partir do 1º período.

DOCENTE:

Professora: Alessandra Lignani Albuquerque

C.C.D. CONTROLAMOS O QUE COMPRAMOS, OU SÃO AS EMPRESAS QUE ESCOLHEM POR NÓS? APRESENTAÇÃO: O objetivo

Advogada. Graduada em Direito pela Universidade Federal do Espírito Santo. Mestre em Direito Empresarial pela Faculdade de Direito Milton Campos FDMC Professora de Direito Empresarial da FDV - Faculdade de Direito de Vitória. COACH - Life and Professional formada pela SBC - Sociedade Brasileira de Coaching. Ex- Conselheira Titular da Ordem dos Advogados do Brasil - Seccional ES - OAB/ES - gestão 2010/2012 e gestão 2013/2015.

OUTRAS INFORMAÇÕES:

Carga horária: 08 horas Data de início: 17/08/2017 Dia da semana: quinta-feira Horário: das 11h30 às 13h10

C.C.D. PAPO DE ADVOGADO: UM ADVOGADO

TRIBUTARISTA

COMPARTILHA SUA

EXPERIÊNCIA NA ADVOCACIA EM GRANDE ESCRITÓRIO

APRESENTAÇÃO:

"Papo de advogado um advogado tributarista compartilha sua experiência na advocacia em grande escritório” é uma atividade que promoverá o encontro de alunos interessados em conhecer

particularidades da advocacia tributária exercida em um grande escritório de São Paulo, com um profissional experiente nessa área de atuação profissional. De maneira informal, em uma conversa com o aluno, o professor Daniel Monteiro socializará sua experiência: da preparação para o exercício da função à consolidação da carreira, destacando os desafios por ele enfrentados e sua visão sobre as perspectivas de mercado. O relato da experiência do profissional contemplará informações importantes para que os alunos interessados nesse mercado possam, desde já, estruturar o planejamento da sua própria trajetória. Nesse bate papo, serão ainda apresentadas dicas sobre estratégias de colocação no mercado, a adequada captação de clientes, fixação de honorários, atendimento e acompanhamento técnico dos trabalhos nos âmbitos judicial e extrajudicial.

PÚBLICO ALVO:

Alunos a partir do 1º período.

DOCENTE:

Professor: Daniel Monteiro Peixoto

Doutor em Direito Tributário pela PUC/SP (2009), Mestre em Direito Tributário pela PUC/SP (2004), Especialista em Direito Tributário pelo IBET (2001) e graduado pela Universidade Federal do Espírito Santo (1999). Ex-pesquisador do Núcleo de Tributação e Finanças Públicas da DireitoGV. Atualmente é professor do Programa de Educação Executiva da Fundação Getúlio Vargas/SP. Advogado em São Paulo.

OUTRAS INFORMAÇÕES:

Carga horária: 02 horas Data de início: 09/08/2017 Dia da semana: quarta-feira Horário: das 17h às 18h40

C.C.D. PAPO DE ADVOGADO: UM ADVOGADO CIVILISTA COMPARTILHA SUA EXPERIÊNCIA

APRESENTAÇÃO:

"Papo de advogado um advogado civilista compartilha sua experiência” é uma atividade que promoverá o encontro de alunos interessados em conhecer particularidades da advocacia cível, com um profissional experiente nessa área de atuação profissional. De maneira informal, em uma conversa com o aluno, o professor Luiz Gustavo Tardin socializará sua experiência: da preparação para o exercício da função à consolidação da carreira, destacando os desafios por ele enfrentados e sua visão sobre as perspectivas de mercado. O relato da experiência do profissional contemplará informações importantes para que os alunos interessados nesse mercado possam, desde já, estruturar o planejamento da sua própria trajetória. Nesse bate papo, serão ainda apresentadas dicas sobre estratégias de colocação no mercado, a adequada captação de clientes, fixação de honorários, atendimento e acompanhamento técnico dos trabalhos nos âmbitos judicial e extrajudicial.

PÚBLICO ALVO:

Alunos a partir do 1º período.

DOCENTE:

C.C.D. PAPO DE ADVOGADO: UM ADVOGADO CIVILISTA COMPARTILHA SUA EXPERIÊNCIA APRESENTAÇÃO: "Papo de advogado – um

Professor: Luiz Gustavo Tardin

Possui graduação em Direito pelo Centro Universitário do Espírito Santo (2001) e mestrado em Garantias Constitucionais pela FDV - Faculdades Integradas de Vitória (2005). Professor titular de direito processual civil da FDV no período de 2003 a 2009, professor titular de direito processual civil da Escola de Estudos Superiores do Ministério Público do Estado do ES, Assessor Jurídico de Nível Superior do Tribunal de Justiça do Estado do Espírito Santo no período 2003 a 2007, diretor das Câmaras Técnicas do Instituto Brasileiro de Política e Direito do Consumidor (BRASILCON), colaborador do Instituto Brasileiro de Estudos e Defesa das Relações de Consumo (IBEDEC) e professor colaborador da Escola Superior de Advocacia do Espírito Santo. Tem experiência na área de Direito, com ênfase em Direito Processual Civil e Direito do Consumidor.

OUTRAS INFORMAÇÕES:

Carga horária: 04 horas Data de início: 31/08/2017 Dias da semana: segunda e quinta-feira Horário: das 17h às 18h40

C.C.D. PAPO DE ADVOGADO: UM ADVOGADO

TRABALHISTA

EXPERIÊNCIA

APRESENTAÇÃO:

COMPARTILHA

SUA

"Papo de advogado um advogado trabalhista compartilha sua experiência” é uma atividade que promoverá o encontro de alunos interessados em conhecer particularidades da advocacia trabalhista, com um profissional experiente nessa área de atuação profissional. De maneira informal, em uma conversa com o aluno, o professor Alberto Nemer socializará sua experiência: da preparação para o exercício da função à consolidação da carreira, destacando os desafios por ele enfrentados e sua visão sobre as perspectivas de mercado. O relato da experiência do profissional contemplará informações importantes para que os alunos interessados nesse mercado possam, desde já, estruturar o planejamento da sua própria trajetória. Nesse bate papo, serão ainda apresentadas dicas sobre estratégias de colocação no mercado, a adequada captação de clientes, fixação de honorários, atendimento e acompanhamento técnico dos trabalhos nos âmbitos judicial e extrajudicial.

PÚBLICO ALVO:

Alunos a partir do 1º período.

DOCENTE:

Professor: Alberto Nemer Neto

Advogado sócio do escritório Da Luz, Rizk & Nemer Advogados Associados, graduado pela Faculdade de Direito de Vitória FDV, especialista em Direito do Trabalho e Processo do Trabalho pela Escola Superior de Advocacia, pós-graduando pela Faculdade de Direito de Vitória FDV, pós-graduando em Processo Civil pela Faculdade de Direito de Vitória FDV, cursando o MBA em Direito do Trabalho e Processo do Trabalho pela Fundação Getúlio Vargas do Rio de Janeiro; e pós-graduando em Advocacia Empresarial pela Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais PUC Minas; Membro titular da Comissão do Comitê Gestor no Tribunal Regional do Trabalho da 17ª Região; Membro titular da Comissão de Assuntos Trabalhistas da Confederação Nacional do Transporte; Consultor Jurídico em diversas reportagens veiculadas pela mídia local (A Gazeta, CBN e A Tribuna).

OUTRAS INFORMAÇÕES:

Carga horária: 04 horas Data de início: 28/08/2017 Dias da semana: segunda e quarta-feira Horário: das 17h às 18h40

C.C.D. DIA DE ADVOGADO

APRESENTAÇÃO:

Durante o curso se aprenderá uma série de conteúdos e técnicas que serão aplicadas em alguma profissão jurídica. O curso de direito propicia ao graduando um leque de opções de carreiras jurídicas, sendo que, entre as mais tradicionais, encontra-se a advocacia. Atravessamos um momento no País de corte de custos por parte do Poder Público, o que pode comprometer diretamente a abertura de novos concursos públicos. Nesse contexto, é necessário que o aluno tenha contato mais direto com a prática da advocacia, além de ser estimulado em sala de aula. Por sua vez, a FDV possui egressos bem estabelecidos no mercado da advocacia, que podem, com facilidade, servir de exemplos aos alunos da graduação. A ideia é reunir um grupo de 40 (quarenta) alunos, dividi-los em 10 (dez) grupos com 04 (quatro) alunos cada e realizar visitações em escritórios de advocacia de egressos da FDV, bem como em escritórios com perfis diferenciados, como escritórios no interior do estado, boutiques jurídicas e grandes bancas. Nessas visitas, os alunos serão recebidos pelos advogados líderes do escritório, ocasião em que formularão perguntas sobre o mercado da advocacia, as dificuldades e as estratégias do início da carreira, a forma de organização do escritório. Também serão produzidos fotos e vídeos do escritório para posterior socialização do trabalho na comunidade acadêmica.

PÚBLICO ALVO:

Alunos a partir do 1º período.

DOCENTE:

C.C.D. DIA DE ADVOGADO APRESENTAÇÃO: Durante o curso se aprenderá uma série de conteúdos e técnicas

Professor: Luiz Gustavo Tardin

Possui graduação em Direito pelo Centro Universitário do Espírito Santo (2001) e mestrado em Garantias Constitucionais pela FDV - Faculdades Integradas de Vitória (2005). Professor titular de direito processual civil da FDV no período de 2003 a 2009, professor titular de direito processual civil da Escola de Estudos Superiores do Ministério Público do Estado do ES, Assessor Jurídico de Nível Superior do Tribunal de Justiça do Estado do Espírito Santo no período 2003 a 2007, diretor das Câmaras Técnicas do Instituto Brasileiro de Política e Direito do Consumidor (BRASILCON), colaborador do Instituto Brasileiro de Estudos e Defesa das Relações de Consumo (IBEDEC) e professor colaborador da Escola Superior de Advocacia do Espírito Santo. Tem experiência na área de Direito, com ênfase em Direito Processual Civil e Direito do Consumidor.

OUTRAS INFORMAÇÕES:

Carga horária: 14 horas Data de início: 21/08/2017 Dias da semana: segunda, quinta e sexta-feira Horário: das 11h30 às 13h10

C.C.D. HOLDING FAMILIAR

APRESENTAÇÃO:

Apresentar as definições, os modelos e as consequências da constituição de empresas de holding no planejamento sucessório e familiar para que o aluno alcance o conhecimento jurídico necessário à formulação de uma opinião balizada acerca da pertinência e dos requisitos da constituição de uma holding familiar para ordenar o patrimônio de uma família e otimizar a estruturação sucessória de empresas familiares.

PÚBLICO ALVO:

Alunos a partir do 5º período.

DOCENTE:

Professor: Alexandre Dalla Bernardina

Bacharel em Direito pela Universidade Federal do Espírito Santo (2002) e Mestre em Direito Constitucional pelas Faculdades Integradas de Vitória (2006), é Professor do Curso de Direito nas Faculdades Integradas de Vitória, Procurador do Estado do Espírito Santo (ES) e Advogado Militante na área de Direito de Família e Sucessões.

OUTRAS INFORMAÇÕES:

Carga horária: 10 horas Data de início: 02/10/2017 Dia da semana: segunda-feira Horário: das 19h às 20h40

C.C.D. DIREITO PENAL INTRAFAMILIAR

APRESENTAÇÃO:

Trata-se de curso que pretende contemplar alguns institutos do direito de família e sua indesejada, porém cada vez mais frequente, intercessão com tipos penais, considerando as transformações contemporâneas no contexto familiar e social brasileiro. Além do inédito enfoque transdisciplinar, será utilizada uma metodologia na qual “hard cases” e questões práticas, envolvendo os temas sejam o ponto de partida para a discussão teórica e para os debates sobre os projetos de lei pertinentes aos assuntos.

PÚBLICO ALVO:

Alunos a partir do 3º período.

DOCENTE:

Professora: Virginia Luna Smith

Graduada em Direito pela Universidade Federal do Espírito Santo (1997), Mestre em Direito, Estado e Cidadania pela Universidade Gama Filho (2005) e Doutora em Direito Penal pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo - PUC/SP (2012).

OUTRAS INFORMAÇÕES:

Carga horária: 10 horas Data de início: 03/10/2017 Dia da semana: terça-feira Horário: das 11h30 às 13h10

C.C.D. O QUE UM EMPRESÁRIO ESPERA DE UM ADVOGADO?

APRESENTAÇÃO:

O objetivo da atividade é fazer com que os alunos escutem a importância do advogado para a empresa por meio de depoimentos dos próprios empresários, que demandam diariamente serviços de escritórios terceirizados. Assim, os alunos poderão perceber a importância da advocacia para o cotidiano de empresas com características de grupos familiares, cujo modelo é bem típico no Brasil, máxime no estado do Espírito Santo. Os empresários responderão perguntas já formuladas e responderão os demais questionamentos dos alunos presentes.

PÚBLICO ALVO:

Alunos a partir do 1º período.

DOCENTE:

C.C.D. O QUE UM EMPRESÁRIO ESPERA DE UM ADVOGADO? APRESENTAÇÃO: O objetivo da atividade é fazer

Professor: Luiz Gustavo Tardin

Possui graduação em Direito pelo Centro Universitário do Espírito Santo (2001) e mestrado em Garantias Constitucionais pela FDV - Faculdades Integradas de Vitória (2005). Professor titular de direito processual civil da FDV no período de 2003 a 2009, professor titular de direito processual civil da Escola de Estudos Superiores do Ministério Público do Estado do ES, Assessor Jurídico de Nível Superior do Tribunal de Justiça do Estado do Espírito Santo no período 2003 a 2007, diretor das Câmaras Técnicas do Instituto Brasileiro de Política e Direito do Consumidor (BRASILCON), colaborador do Instituto Brasileiro de Estudos e Defesa das Relações de Consumo (IBEDEC) e professor colaborador da Escola Superior de Advocacia do Espírito Santo. Tem experiência na área de Direito, com ênfase em Direito Processual Civil e Direito do Consumidor.

OUTRAS INFORMAÇÕES:

Carga horária: 02 horas Data de início: 17/08/2017 Dia da semana: quinta-feira Horário: das 07h40 às 09h30

C.C.D.

CONTABILIDADE

CONTADORES

APRESENTAÇÃO:

PARA

NÃO

No Brasil são comuns alterações das regras tributárias, societária e fiscais e estas acontecem constantemente. Por isso, não importa o ramo da empresa, é essencial que ela possa contar com conhecimento mínimo em contabilidade tanto como empreendedores, quanto como exercendo a profissão. Esse curso é voltado para os estudantes de Direito que tenham interesse em conhecer, de forma básica, a Contabilidade e sua importância para o exercício para determinados seguimentos da advocacia como: direito tributário, civil, empresarial e administrativo, além de tudo coo futuro empreendedor é necessário saber de informações básicas de constituição de seus negócios, assim como auxilio para manter sua saúde financeira.

PÚBLICO ALVO:

Alunos a partir do 1º período.

DOCENTE:

Professora: Carla Cristina Tasso

Graduada em Ciências Contábeis, Pós-Graduada em Auditoria e Planejamento Tributário, Cursou Mestrado em Contabilidade com ênfase em finanças e em Engenharia de Produção, Professora Universitária, Professora de MBA, Ministra cursos empresarias, Vice-Presidente de Desenvolvimento Profissional do Conselho Regional de Contabilidade, Empresária na área contábil.

OUTRAS INFORMAÇÕES:

Carga horária: 16 horas Data de início: 04/09/2017 Dias da semana: segunda e terça-feira Horário: das 11h30 às 13h10

C.C.D.

DO

TRABALHISTA

PROCESSO

APRESENTAÇÃO:

CONSTITUCIONAL

No ano de 2015, foram promulgadas duas leis que alteraram diametralmente o conjunto sistêmico processual trabalhista: 1-) a Lei nº. 13.014/15, que inseriu na CLT toda uma reforma no sistema recursal trabalhista, conferindo ao recurso de embargos e ao recurso de revistas, toda uma nova diretriz que enseja efeitos em toda a sistematização do processo do trabalho, ofertando uma maior importância à jurisprudência dos Tribunais Regionais do Trabalho e ao Tribunal Superior do Trabalho, fazendo surgir assim a figura do precedente judicial. 2-) a Lei nº 13.105/2015, que trouxe ao ordenamento jurídico brasileiro um Novo Código de Processo Civil, que passou a ter vigência em 18 de março de 2016, alterando toda a sistemática, ensejando assim o surgimento de diversos incidentes que objetivam ofertar aos jurisdicionados a devida segurança jurídica, uma melhor prestação jurisdicional a tempo e modo (com preceitua a CR/88) e a observância do princípio da igualdade na perspectiva processual. Sendo assim, torna-se fundamental analisar e ensinar a incidência da Lei nº 13.015/14 e do Novo CPC no Processo do Trabalho, para que assim o aluno da FDV, esteja atualizado de todas as alterações que Novo CPC ensejará no Processo do Trabalho, estando apto assim para atuar na área justrabalhista, bem como a submeter-se a concursos públicos da carreira trabalhista.

PÚBLICO ALVO:

Alunos que estão cursando Direito Processual do Trabalho I ou II.

DOCENTE:

Professor: Cláudio Jannotti da Rocha

Doutor em Direito pela Faculdade Mineira de Direito - PUC/MG (2016). Mestre em Direito pela Faculdade Mineira de Direito - PUC/MG (2011). Curso de Biopolítica e Direito na University of Stirling, Escócia (2015). Professor Titular do Centro Universitário do Distrito Federal (UDF), em Brasília-DF, e de seu Mestrado em Direito das Relações Sociais e Trabalhistas. Membro do Núcleo Docente Estruturante do UDF. É pesquisador do Grupo de Pesquisa: Trabalho, Constituição e Cidadania, da UnB e do Grupo de Pesquisa: Invisibilidade Social e Energias Emancipatórias em Direitos Humanos, da FDV - ambos com os respectivos registros no Diretório dos Grupos de Pesquisa do CNPq. Membro da Rede Nacional de Grupos de Pesquisas e Estudos em Direito do Trabalho e da Seguridade Social (RENAPEDTS). Membro do Instituto de Ciências Jurídicas e Sociais, ICJS, de Belo Horizonte/MG. Pesquisador. Autor de livros e artigos. Advogado.

OUTRAS INFORMAÇÕES:

Carga horária: 10 horas Data de início: 08/08/2017 Dia da semana: terça-feira Horário: das 11h30 às 13h10

C.C.D. ÉTICA APLICADA AO DIREITO

APRESENTAÇÃO:

As carreiras jurídicas atravessam uma grave crise ética, reflexo da cultura brasileira onde as regras deontológicas não são usualmente conhecidas e consequentemente pouco observadas, resultando, inclusive, em um grande número de processos administrativos por infrações éticas. No caso dos profissionais do direito, deficiências éticas resultam na baixa credibilidade de advogados, juízes, promotores, defensores e delegados, apenas como exemplo em relação a outras carreiras, o que lamentavelmente até já integra o imaginário popular. A advocacia possui rígidas regras éticas veiculadas no Estatuto da Advocacia e da OAB, no Regulamento do Estatuto da Advocacia e no Novo Código de Ética de 2016. Estes mandamentos são de conhecimento obrigatório tanto pelos advogados como pelos demais profissionais do direito, que devem conhecer os deveres e garantias da advocacia. Além do mais, como os escritórios de advocacia tendem a adotar perfis empresariais, e de intensa comunicação pela internet, é imprescindível que o advogado empreendedor conheça os limites à publicidade, mercantilização, contratação e advocacia pró bono, sem falar nas novas formas de constituição de sociedades de advogados, que podem gerar grandes vantagens tributárias. Exatamente por estes motivos que os conhecimentos acerca da ética profissional são os proporcionalmente mais exigidos no Exame de Ordem, e o seu estudo presta-se tanto como valioso instrumento para a atuação profissional como valioso diferencial para a aprovação da primeira fase da Prova da OAB.O objetivo do curso é, por meio de dezenas de micro estudos de casos, dinâmicos e interativos, estudarmos as normas éticas às quais os advogados estão submetidos.

PÚBLICO ALVO:

Alunos a partir do 8º período.

DOCENTE:

Professor: Raphael Abad

Doutorando e Mestre em Direitos e Garantias Fundamentais pela Faculdade de Direito de Vitória (FDV). Realizou estágio doutoral na Johann Wolfgang-Goethe Universität/Frankfurt am Main (2015). Graduado em Direito pela Faculdade de Direito de Vila Velha e em Comunicação Social pelo Centro Universitário de Vila Velha (UVV). Possui experiência na área jurídica, com ênfase em Filosofia do Direito e Ciências Criminais. Investiga os seguintes temas: Direito Penal, Direito Processual Penal, Criminologia, Política Criminal, Mídia e Direitos Fundamentais.

OUTRAS INFORMAÇÕES:

Carga horária: 10 horas Data de início: 19/10/2017 Dias da semana: quinta-feira e sábado Horário: das 11h30 às 13h10

C.C.D. EM FRANCÊS: LIBERTÉ, EGALITÉ, FRATERNITÉ: O LEGADO FRANCÊS COMO PARADIGMA DO ESTADO MODERNO E OS DESAFIOS DA CONTEMPORANEIDADE

APRESENTAÇÃO:

Ce cours vise à permettre à l'étudiant en droit une connaissance du modèle de l'État et de la loi française comme référence et paradigme pour la construction d'autres Etats et leurs systèmes juridiques. L'étude des cas emblématiques de la récente histoire française permettre vraiment comprendre comment la France peut servir de référence pour relever les défis posés par la contemporanéité tant pour ses erreurs comme pour leurs succès. Enfin, elle vise à permettre à l'avenir professionnel du droit une formation minimale sur l'un des principaux nations du droit occidental moderne dans ses différentes disciplines, à savoir: le Droit Constitutionnel; Droit Pénal; la Loi du Travail; le Droit International. Permettre, également, que, avec le contenu du travail dans le cours, ont une autre source de droit comparé à saisir dans les documents universitaires, dissertations et même dans des activités professionnelles liées aux sujets et domaines de travail.

PÚBLICO ALVO:

Alunos a partir do 1º período.

DOCENTE:

Professor: Antônio Leal Oliveira

Doutorando em Teoria do Estado e Direito Constitucional pela PUC-Rio e em Direito Público pela Université Paris Ouest Nanterre La Défense, Paris X.

OUTRAS INFORMAÇÕES:

Carga horária: 08 horas Data de início: 14/09/2017 Dia da semana: quinta-feira Horário: das 11h30 às 13h10

C.C.D. EM INGLÊS: INTRODUCTION TO INTERNATIONAL TAX LAW

TRAD.: INTRODUÇÃO AO DIREITO TRIBUTÁRIO INTERNACIONAL

APRESENTAÇÃO:

The focus of International Tax Law are cross-border situations, which are situations subjected to the jurisdiction to tax of more than one legal order. The plurality of jurisdictions to tax may cause double or multiple taxation, which is economically undesirable. With the intensification of multilateral business flows, those situations become more frequent, leading to an increasingly prominent International Tax Law. This course aims to present the basic outline of International Tax Law by focusing specially on the States jurisdiction to tax in the International Law and on key ways to avoid international double or multiple taxation on income. Besides, professional possibilities related to International Tax Law will be presented to students.

Tradução: O foco do Direito Tributário Internacional são situações internacionais, que são situações sujeitas ao poder de tributar de mais de uma ordem jurídica. A pluralidade de competências tributárias pode ensejar a dupla ou múltipla tributação, o que é economicamente indesejável. Com a intensificação dos fluxos multilaterais de negócios, as referidas situações se tornam cada vez mais frequentes, o que leva a um Direito Tributário Internacional cada vez mais proeminente. Este curso tem por objetivo apresentar noções básicas de Direito Tributário Internacional, enfatizando, sobretudo, o poder de tributar dos Estados no Direito Internacional e os principais mecanismos para evitar a dupla ou múltipla tributação internacional sobre a renda. Além disso, serão apresentadas aos alunos possibilidades de atuação profissional relacionadas ao direito tributário internacional.

PÚBLICO ALVO:

Alunos a partir do 7º período.

DOCENTE:

Professora: Karoline Marchiori de Assis

C.C.D. EM INGLÊS: INTRODUCTION TO INTERNATIONAL TAX LAW TRAD.: INTRODUÇÃO AO DIREITO TRIBUTÁRIO INTERNACIONAL APRESENTAÇÃO: The

Professora na Faculdade de Direito de Vitória (FDV). Doutora em Direito pela Westfälische Wilhelms-Universität Münster, Alemanha, e pela Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo (USP), tendo sido aprovada com nota summa cum laude. Foi bolsista da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES). Possui graduação em Direito pela Universidade de São Paulo (USP) e em Administração de Empresas pela Escola de Administração de Empresas de São Paulo da Fundação Getúlio Vargas (FGV-EAESP). Advogada.

OUTRAS INFORMAÇÕES:

Carga horária: 04 horas Data de início: 07/08/2017 Dia da semana: segunda-feira Horário: das 11h30 às 13h10

C.C.D. EM ALEMÃO: BÜRGER ODER FEIND? DAS FEINDSTRAFRECHT IM RECHTSSTAAT

TRAD.:

CIDADÃO

OU

INIMIGO?

O

DIREITO

PENAL DO INIMIGO NO ESTADO DE DIREITO

APRESENTAÇÃO:

Strafrecht und Kriminalstrafen. Rechtfertigung der Strafe. Die Zukunft des Strafrechts. Strafrecht und Risikogesellschaft. Kriminalpolitik. Legitimation und Grenzen staatlicher Strafe. Auswirkungen des Feindstrafrechts. Freund- und Feindstrafrecht. Feindstrafrecht als Theorie der Normgeltung. Bürgerstrafrecht. Einführung und funktionale Verknüpfung.

Tradução: Direito penal e sanções penais. Justificação da pena. Crítica da pena. O futuro do direito penal. Direito penal e sociedade do risco. Política criminal. Legitimidade e limites da pena. Efeitos do direito penal do inimigo. Direito penal do amigo-inimigo. Direito penal do inimigo como uma teoria da validade da norma. Direito penal do cidadão. Introdução e vinculação funcional.

PÚBLICO ALVO:

Alunos a partir do 1º período.

DOCENTE:

Professor: Raphael Boldt de Carvalho

C.C.D. EM ALEMÃO: BÜRGER ODER FEIND? DAS FEINDSTRAFRECHT IM RECHTSSTAAT TRAD.: CIDADÃO OU INIMIGO? O DIREITOFreund- und Feindstrafrecht . Feindstrafrecht als Theorie der Normgeltung. Bürgerstrafrecht. Einführung und funktionale Verknüpfung. Tradução: Direito penal e sanções penais. Justificação da pena. Crítica da pena. O futuro do direito penal. Direito penal e sociedade do risco. Política criminal. Legitimidade e limites da pena. Efeitos do direito penal do inimigo. Direito penal do amigo-inimigo. Direito penal do inimigo como uma teoria da validade da norma. Direito penal do cidadão. Introdução e vinculação funcional. PÚBLICO ALVO: Alunos a partir do 1º período. DOCENTE: Professor: Raphael Boldt de Carvalho Doutorando e Mestre em Direitos e Garantias Fundamentais pela Faculdade de Direito de Vitória (FDV). Realizou estágio doutoral na Johann Wolfgang-Goethe Universität/Frankfurt am Main (2015). Graduado em Direito pela Faculdade de Direito de Vila Velha e em Comunicação Social pelo Centro Universitário de Vila Velha (UVV). Possui experiência na área jurídica, com ênfase em Filosofia do Direito e Ciências Criminais. Investiga os seguintes temas: Direito Penal, Direito Processual Penal, Criminologia, Política Criminal, Mídia e Direitos Fundamentais. OUTRAS INFORMAÇÕES: Carga horária: 04 horas Data de início: 17/11/2017 Dia da semana: sexta-feira Horário: das 17h às 18h40 direitofdv 29 " id="pdf-obj-28-41" src="pdf-obj-28-41.jpg">

Doutorando e Mestre em Direitos e Garantias Fundamentais pela Faculdade de Direito de Vitória (FDV). Realizou estágio doutoral na Johann Wolfgang-Goethe Universität/Frankfurt am Main (2015). Graduado em Direito pela Faculdade de Direito de Vila Velha e em Comunicação Social pelo Centro Universitário de Vila Velha (UVV). Possui experiência na área jurídica, com ênfase em Filosofia do Direito e Ciências Criminais. Investiga os seguintes temas: Direito Penal, Direito Processual Penal, Criminologia, Política Criminal, Mídia e Direitos Fundamentais.

OUTRAS INFORMAÇÕES:

Carga horária: 04 horas Data de início: 17/11/2017 Dia da semana: sexta-feira Horário: das 17h às 18h40

C.C.D. EM ITALIANO: LA FILOSOFIA DEL DIRITTO ITALIANA II DIBATTIO CONTEMPORÂNEO

TRAD.:

A

FILOSOFIA

DA

LEI

ITALIANA

II

DEBATE CONTEMPORÂNEO

APRESENTAÇÃO:

Neste semestre, estamos apresentando um curso no idioma italiano sobre: “A Filosofia do Direito

italiano - Debate contemporâneo”, no qual analisaremos o pensamento filosófico-jurídico das principais correntes e pensadores atuais italianos de várias escolas jurídicas e regiões da Itália. É interessante observar a riqueza deste pensamento a nível regional e local. Isto mostra que, sem perder as raízes e contextos eurocêntricos, a reflexão jurídica italiana após a segunda guerra mundial

se diferencia dependendo dos seus contextos nacional, regionais e locais.

Questão para estudo e pesquisa: O Contexto social determina o Direito ou é o Direito que determina a evolução social?

PÚBLICO ALVO:

Alunos a partir do 1º período. Alunos da Pós-Graduação e Público Externo.

DOCENTE:

Professor: Aloisio Krohling

C.C.D. EM ITALIANO: LA FILOSOFIA DEL DIRITTO ITALIANA – II DIBATTIO CONTEMPORÂNEO TRAD.: A FILOSOFIA DA

Pós-Doutor em Filosofia Política pela UFRJ e em Ciências Sociais pela PUC-SP. Doutor em Filosofia pelo Instituto Santo Anselmo em Roma, Itália em 1969, reconhecido como titulação de PH.D em Filosofia pela Universidade Federal do Espírito Santo, da qual é aposentado. Mestre em Teologia e Filosofia pela Universidade Gregoriana - Roma, Itália. Mestre em Sociologia Política pela Escola de Sociologia e Política de São Paulo. Graduado em Filosofia pela Faculdade Anchieta - São Paulo. Graduação em Ciências Sociais pela Loyola University, Chicago, USA. Foi professor de Filosofia na PUC-SP e da Universidade Federal do Espírito Santo. A sua área de maior interesse é Filosofia e Ética, Ética como matriz rizomática dos direitos humanos fundamentais, Sociologia Política, Ciência Política e Teoria Política. Professor de Filosofia do Direito do Mestrado e Doutorado em Direitos e Garantias Fundamentais da Faculdade de Direito de Vitória (FDV).

OUTRAS INFORMAÇÕES:

Carga horária: 04 horas Data de início: 25/10/2017 Dias da semana: quarta e quinta-feira Horário: das 11h30 às 13h10

C.E. NOVAS CONFIGURAÇÕES DE FAMÍLIAS:

FILIAÇÃO, ADOÇÃO E MULTIPARENTALIDADE

APRESENTAÇÃO:

O estudo propõe o estudo das novas configurações de famílias, diante da perspectiva da constitucionalização do direito de família, buscando o seguinte: 1. Instigar no aluno uma visão teórica e prática diferenciada dos estudos desenvolvidos em sala de aula, perpassando, primeiramente, pela compreensão de situações reais e, num segundo momento, para a ligação entre o caso e a teoria. 2. Compreender as situações reais por meio de simulações de casos. 3. Estabelecer aproximações com os atores envolvidos nas questões familiares, junto aos advogados, juízes e promotores com atuação especializada em Direito de Família, bem como por meio de visitas aos Centros de Vivência de apoio à criança e ao adolescente.

PÚBLICO ALVO:

Alunos a partir do 3º período.

DOCENTE:

Professora: Bruna Lyra Duque

C.E. NOVAS CONFIGURAÇÕES DE FAMÍLIAS: FILIAÇÃO, ADOÇÃO E MULTIPARENTALIDADE APRESENTAÇÃO: O estudo propõe o estudo das

Doutora e Mestre do Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Direitos e Garantias Fundamentais da Faculdade de Direito de Vitória (FDV). Especialista em Direito Empresarial (FDV). Professora de Direito Civil da Graduação e da Pós- graduação Lato Sensu da FDV. Advogada.

OUTRAS INFORMAÇÕES:

Carga horária: 16 horas Data de início: 24/08/2017 Dia da semana: quinta-feira Horário: das 11h30 às 13h10

C.E. ABOLICIOMISMOS

APRESENTAÇÃO:

O curso propõe compreender e aprofundar um dos temas que se destacam no cenário das ciências criminais contemporâneas: o movimento abolicionista e suas diversas perspectivas. Com isso, pretende-se estimular a relação entre o Direito e outras áreas do conhecimento, como sociologia, filosofia, história e antropologia, investigando os meios capazes de reduzir a conflitualidade social ou, pelo menos, minimizar a violência da resposta penal na sociedade atual. Para tanto, é essencial compreender as diferenças de fundamentação nos distintos enfoques abolicionistas, propostos por autores como Foucault, Hulsman, Christie, Mathiesen, Scheerer, De Folter e Steinert.

PÚBLICO ALVO:

Alunos a partir do 3º período.

DOCENTES:

Professores: Raphael Boldt de Carvalho e Thiago Fabres de Carvalho

C.E. ABOLICIOMISMOS APRESENTAÇÃO: O curso propõe compreender e aprofundar um dos temas que se destacam no

Raphael Boldt de Carvalho: Doutorando e Mestre em Direitos e Garantias Fundamentais pela Faculdade de Direito de Vitória (FDV). Realizou estágio doutoral na Johann Wolfgang-Goethe Universität/Frankfurt am Main (2015). Graduado em Direito pela Faculdade de Direito de Vila Velha e em Comunicação Social pelo Centro Universitário de Vila Velha (UVV). Possui experiência na área jurídica, com ênfase em Filosofia do Direito e Ciências Criminais. Investiga os seguintes temas: Direito Penal, Direito Processual Penal, Criminologia, Política Criminal, Mídia e Direitos Fundamentais.

C.E. ABOLICIOMISMOS APRESENTAÇÃO: O curso propõe compreender e aprofundar um dos temas que se destacam no

positivismo jurídico.

Thiago Fabres de Carvalho: Doutor e Mestre em Direito pela Universidade do Vale do Rio dos Sinos - UNISINOS. Realizou Estágio de Doutoramento pela Universidade de Coimbra (2006). Docente no curso de Mestrado e Doutorado no Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Direitos e Garantias Fundamentais da Faculdade de Direito de Vitória - FDV. Tem experiência na área de Direito, com ênfase em Sociologia Jurídica, Teoria do Direito e do Estado e Ciências Criminais, atuando principalmente nos seguintes temas: criminologia, direito penal, processo penal, direito, globalização e democracia e crise do

OUTRAS INFORMAÇÕES:

Carga horária: 08 horas Data de início: 05/10/2017 Dia da semana: quinta-feira Horário: das 11h30 às 13h10

C.E. TEORIA CRÍTICA E CIÊNCIAS CRIMINAIS: A ESCOLA PENAL DE FRANKFURT

APRESENTAÇÃO:

Estudar e compreender as ciências criminais desde uma perspectiva humanista e democrática, esta é a proposta da chamada Escola Penal de Frankfurt, composta por importantes autores como Hassemer, Prittwitz, Lüderssen, Naucke, Albrecht, Neumann e Günther. Apesar da diversidade metodológica que marca as formulações dos teóricos de Frankfurt, a convergência se dá a partir de um projeto de restrição do campo de atuação do Direito Penal que postula um retorno ao “Direito Penal Clássico” (construído segundo a filosofia política da Ilustração). O curso surge como uma oportunidade ímpar capaz de fornecer aos participantes uma visão geral das principais ideias e trabalhos desses autores que são referenciais para todos aquelas que se interessam por temas vinculados à criminologia, política criminal, direito penal e processo penal. Assim, destaca-se como principal objetivo estudar alguns temas relevantes no atual cenário das ciências criminais a partir do marco teórico frankfurtiano, fundado nos ideais iluministas de emancipação e restrição do poder punitivo estatal.

PÚBLICO ALVO:

Alunos a partir do 3º período.

DOCENTE:

Professor: Raphael Boldt de Carvalho

C.E. TEORIA CRÍTICA E CIÊNCIAS CRIMINAIS: A ESCOLA PENAL DE FRANKFURT APRESENTAÇÃO: Estudar e compreender as

Doutorando e Mestre em Direitos e Garantias Fundamentais pela Faculdade de Direito de Vitória (FDV). Realizou estágio doutoral na Johann Wolfgang-Goethe Universität/Frankfurt am Main (2015). Graduado em Direito pela Faculdade de Direito de Vila Velha e em Comunicação Social pelo Centro Universitário de Vila Velha (UVV). Possui experiência na área jurídica, com ênfase em Filosofia do Direito e Ciências Criminais. Investiga os seguintes temas: Direito Penal, Direito Processual Penal, Criminologia, Política Criminal, Mídia e Direitos Fundamentais.

OUTRAS INFORMAÇÕES:

Carga horária: 10 horas Data de início: 24/08/2017 Dia da semana: quinta-feira Horário: das 11h30 às 13h10

C.E. CAFÉ, DIREITO E LITERATURA

APRESENTAÇÃO:

Para cada um dos dois encontros deste semestre (setembro e novembro) será anunciada, com a devida antecedência, uma obra literária que será lida pelos participantes para o debate no “Terra Nova Café e Loja”. Assim, no agradável desta Cafeteria, sem os rigores e formalidades de uma sala de aula e para além dos muros das Instituições, alunos e professores não só do Direito, mas também das Letras e de outros cursos, juntamente com profissionais de fora do ambiente acadêmico, discutem as diversas interfaces entre uma determinada obra literária e o Direito, a Sociologia, a Filosofia, a Psicologia, a Psicanálise, enfim, entre a Literatura e os diversos olhares sobre a vida. Para participar dos encontros, que são independentes um do outro (livros diferentes), os interessados deverão seguir as instruções que constam no site da FDV e ler a obra sugerida. Desde já, anunciamos que no primeiro encontro do semestre, em 22 de setembro, discutiremos o livro “Os afogados e os sobreviventes: os delitos os castigos, as penas, as impunidades” (AUTOR: Primo Levi).

PÚBLICO ALVO:

Alunos da FDV e Público Externo.

DOCENTE:

Professor: Nelson Camatta Moreira

C.E. CAFÉ, DIREITO E LITERATURA APRESENTAÇÃO: Para cada um dos dois encontros deste semestre (setembro e

Pós-doutor em Direito pela Universidad de Sevilla (bolsa CAPES). Pós-doutor em Direito em Direito pela Universidade do Vale do Rio dos Sinos (Unisinos). Doutor em Direito pela Unisinos, com estágio anual na Universidade de Coimbra (bolsa CAPES). Mestre em Direito pela Unisinos (bolsa CAPES). Professor do Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu (doutorado e mestrado) e da graduação em Direito da Faculdade de Direito de Vitória (FDV-ES). Líder do Grupo de Pesquisa CNPq Hermenêutica Jurídica e Jurisdição Constitucional, da FDV-ES. Profesor Invitado, adjunto al Programa Academic Visitor de la Facultad de Derecho de la Universidad de Sevilla. Miembro del Grupo de Investigación Antagónicos de la Facultad de Derecho de la Universidad de Sevilla. Colaborador en Seminarios con la Cátedra Abierta de Derecho y Literatura de la Universidad de Málaga. Membro Honorário da Rede Brasileira Direito e Literatura (RDL). Ex-diretor da Escola Superior de Advocacia do Espírito Santo (OAB-ESA/ES), triênio 2010-2012. Ex-professor da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUC-RS). Ex-coordenador adjunto do IPA-Metodista (IPA-RS), 2005. Tem experiência em gestão de curso acadêmico e no Direito, com ênfase em Direito Público, especialmente nos seguintes temas: Direito Constitucional, Direitos Fundamentais, Hermenêutica, Filosofia do Direito e Direito e Literatura.

OUTRAS INFORMAÇÕES:

Carga horária: 03 horas/aulas Data de início: 22/09/2017 Dia da semana: sexta-feira Horário: das 15h às 18h

C.E. DIREITO, LITERATURA E ARTE

APRESENTAÇÃO:

Aprofundar as interfaces existentes entre o Direito, a Arte e a Literatura, possibilitando a abertura de um novo campo para a realização de estudos e pesquisas jurídicas, difundindo, mediante o diálogo entre as comunidades acadêmicas, a reflexão acerca da capacidade da narrativa literária e da expansão e construção de sentido pela obra de arte em auxiliar os juristas na árdua tarefa de compreender/interpretar/aplicar (applicatio, para Gadamer) o direito, relacionado ficção e a realidade social e jurídica.

PÚBLICO ALVO:

Alunos da FDV e Público Externo.

DOCENTE:

Professor: Nelson Camatta Moreira

C.E. DIREITO, LITERATURA E ARTE APRESENTAÇÃO: Aprofundar as interfaces existentes entre o Direito, a Arte e

Pós-doutor em Direito pela Universidad de Sevilla (bolsa CAPES). Pós-doutor em Direito em Direito pela Universidade do Vale do Rio dos Sinos (Unisinos). Doutor em Direito pela Unisinos, com estágio anual na Universidade de Coimbra (bolsa CAPES). Mestre em Direito pela Unisinos (bolsa CAPES). Professor do Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu (doutorado e mestrado) e da graduação em Direito da Faculdade de Direito de Vitória (FDV-ES). Líder do Grupo de Pesquisa CNPq Hermenêutica Jurídica e Jurisdição Constitucional, da FDV-ES. Profesor Invitado, adjunto al Programa Academic Visitor de la Facultad de Derecho de la Universidad de Sevilla. Miembro del Grupo de Investigación Antagónicos de la Facultad de Derecho de la Universidad de Sevilla. Colaborador en Seminarios con la Cátedra Abierta de Derecho y Literatura de la Universidad de Málaga. Membro Honorário da Rede Brasileira Direito e Literatura (RDL). Ex-diretor da Escola Superior de Advocacia do Espírito Santo (OAB-ESA/ES), triênio 2010-2012. Ex-professor da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUC-RS). Ex-coordenador adjunto do IPA-Metodista (IPA-RS), 2005. Tem experiência em gestão de curso acadêmico e no Direito, com ênfase em Direito Público, especialmente nos seguintes temas: Direito Constitucional, Direitos Fundamentais, Hermenêutica, Filosofia do Direito e Direito e Literatura.

OUTRAS INFORMAÇÕES:

Carga horária: 16 horas Data de início: 10/08/2017 Dia da semana: quinta-feira Horário: das 17h às 18h40

C.E. PROFISSÕES JURÍDICAS E RACISMO

APRESENTAÇÃO:

Diante do papel que a sociologia das profissões desempenha na divisão de poder das sociedades, é importante pensar como os processos de organização dos profissionais pugnam por poder e status dentro do campo jurídico, afetando, flagrantemente, o acesso à justiça e, ainda, brindando o racismo como forma de segregação. Neste cenário, sendo o racismo uma realidade latente e perversa, embutida na sociedade brasileira, a proposta do curso justifica-se pela necessidade de refletir sobre as formas de mobilidade dentro do campo, onde a variável raça destaca-se pela incursão do movimento negro em todo o processo. Apresentar as principais teorias para análise da sociologia das profissões, bem como compreender a visão dos movimentos sociais sobre o racismo, são pontos que fazem parte dos objetivos específicos do curso.

PÚBLICO ALVO:

Alunos a partir do 2º período.

DOCENTE:

Professora: Quenya Correa de Paula

Advogada. Possui graduação em Direito e Administração com ênfase em Análise de Sistemas. Possui especialização em Direito Processual Civil e Mestrado em Direitos e Garantias Fundamentais pela FDV. Doutoranda em Direitos e Garantias Fundamentais pela FDV. Membro do Grupo de Pesquisa

“Direito, Sociedade e Cultura”.

OUTRAS INFORMAÇÕES:

Carga horária: 20 horas Data de início: 07/08/2017 Dia da semana: segunda-feira Horário: das 17h às 18h40

C.E.

VIOLÊNCIA

EDUCACIONAL

SIMBÓLICA

E

PROCESSO

APRESENTAÇÃO:

A proposta teórica desse estudo se faz importante pela necessidade de análise crítica sobre o papel da educação no que tange ao alcance dos seus objetivos declarados, quais sejam: o de libertação do indivíduo e do fomento à igualdade de oportunidades. Isto porque é fundamental entender a relação estabelecida entre educação e processo transformador ou conservador da estrutura social, e as consequências para a vida real da reprodução das práticas educacionais, até então, vivenciadas. Dessa forma, o curso tem por objetivo trabalhar sistematicamente a obra “A reprodução – Elementos para uma teoria do sistema de ensino”, de Bourdieu e Passeron, assim como suas contribuições

metodológicas.

PÚBLICO ALVO:

Alunos a partir do 1º período.

DOCENTE:

Professora: Thaís Machado de Andrade

Advogada. Especialista em Direito Ambiental. Mestre e Doutoranda em Direitos e Garantias Constitucionais Fundamentais pela FDV. Professora de História do Direito e de Direito Administrativo da Universidade Vila Velha-UVV. ÁREA DE PESQUISA: Gênero, Raça, Classe e Direitos Fundamentais.

OUTRAS INFORMAÇÕES:

Carga horária: 20 horas Data de início: 17/08/2017 Dia da semana: quinta-feira Horário: das 11h30 às 13h10

C.E. ONLINE CRIMES HEDIONDOS

APRESENTAÇÃO:

A classificação de um crime como hediondo importa em significativo aumento do rigor da resposta penal que lhe pode ser imposta. A Constituição Federal de 1988 prevê, em seu artigo quinto, inciso 43 (XLIII), que a lei deverá considerar como crimes inafiançáveis e insuscetíveis de graça ou anistia a prática da tortura, o tráfico ilícito de entorpecentes e drogas afins, assim como o terrorismo e os crimes definidos como hediondos. Já a chamada Lei de Crimes Hediondos, além de definir em rol taxativo os delitos desta natureza, possui regras penais de cunho material e processual, referentes, por exemplo, à determinação do regime inicial de cumprimento de pena e à progressão do regime prisional. Neste curso são analisados os dispositivos que compõem a Lei de Crimes Hediondos, assim como as principais alterações legislativas e decisões judiciais que nortearam a aplicação desta Lei desde sua promulgação na década de 1990.

PÚBLICO ALVO:

Alunos a partir do 1º período.

DOCENTE:

FDV DIGITAL

OUTRAS INFORMAÇÕES:

Carga horária: 20 horas Data de início: 22/08/2017 Dia da semana: terça-feira Horário: das 11h30 às 13h10

C.E.

ONLINE

LEI

DE

INTRODUÇÃO

ÀS

NORMAS DO DIREITO BRASILEIRO

APRESENTAÇÃO:

Neste curso online são explorados tópicos importantes de Teoria Geral do Direito, Direito Civil e Direito Internacional. Dentre os temas abordados estão: os planos de manifestação do ato jurídico, as técnicas de integração normativa, as questões da antinomia normativa, da aplicação da lei no tempo, assim como da obrigatoriedade e da aplicação da normal legal e a aplicação da lei no espaço.

PÚBLICO ALVO:

Alunos a partir do 1º período.

DOCENTE:

FDV DIGITAL

OUTRAS INFORMAÇÕES:

Carga horária: 20 horas Data de início: 22/08/2017 Dia da semana: terça-feira Horário: das 11h30 às 13h10

D.E. TEORIA DA DECISÃO JUDICIAL: OS CASOS EMBLEMÁTICOS JULGADOS PELO SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL NOS ANOS DE 2016 E 2017

APRESENTAÇÃO:

A relação entre direito, política e moral é antiga, das mais complexas. Isso por si só já elenca a importância dessa disciplina eletiva. Mas no momento atual de nossa República o debate envolvendo esta temática ganha especial relevo, pois se trata de algo recorrente nos julgamentos mais emblemáticos de nossa Suprema Corte nos últimos tempos, notadamente nos anos de 2016 e 2017. Atentos a isso, é que a disciplina pretende discutir, de forma crítica, os mais intrincados e polêmicos julgamentos do Supremo Tribunal Federal nestes últimos anos. Debater, a partir das matrizes teóricas eleitas, estes casos concretos com os alunos e partir deles extrair uma análise crítica, torna a disciplina diferenciada, porque alia em um mesmo plano a teoria e a prática, num modelo de aprendizado participativo, crítico e inovador.

PÚBLICO ALVO:

Alunos a partir do 1º período.

DOCENTE:

Professor: Leonardo Zehuri Tovar

Doutorando e Mestre em Direitos e Garantias Fundamentais pela FDV (ES), Pós-Graduado em Direito Público também pela FDV, Pós-Graduado em Direito Processual Civil pela Faculdade Cândido Mendes de Vitória (ES), MBA em Gestão Tributária e Sucessória pela FUCAPE Business School, Professor de Cursos de Pós-Graduação, autor de artigos e livros jurídicos, membro do grupo de pesquisa "Teoria Crítica do Constitucionalismo" (FDV), Diretor da Escola Superior de Advocacia - ESA-ES, membro da Associação Brasileira de Direito Processual - ABDPro, membro do Instituto Mineiro de Direito Processual, Representante da Fazenda no Conselho Municipal de Recursos Fiscais de Vitória (ES), Procurador do Município de Vitória (ES), Advogado militante, com atuação preponderante no Contencioso Cível, Tributário e Consultoria.

OUTRAS INFORMAÇÕES:

Carga horária: 20 horas Data de início: 22/08/2017 Dia da semana: terça-feira Horário: das 11h30 às 13h10

D.E. TRABALHO, VIOLÊNCIA E ESTÉTICA:

DEBATES NECESSÁRIOS PARA A IGUALDADE DE GÊNERO

APRESENTAÇÃO:

A disciplina tem por objetivo analisar três eixos de fundamental importância para a discussão da igualdade de gênero: trabalho, violência e estética. É imprescindível fazer a relação da categoria

“gênero” com temas que implicam de forma prática na sociedade, com o escopo de compreender

as relações desiguais existentes entre homens e mulheres, bem como entre grupos diferentes de mulheres. Serão analisadas e discutidas as desigualdades enfrentadas pelas mulheres nas relações de trabalho e de emprego, assim como as consequências da percepção social do trabalho doméstico para essas mulheres. Ademais, será debatida a relação entre o patriarcado e a violência, com suas consequências concretas de violações aos corpos e às vidas as mulheres, como ocorre com o feminicídio e o estupro. Também será discutida a tensão existente entre a criminologia e o feminismo, com vistas a buscar um diálogo positivo e plural.

PÚBLICO ALVO:

Alunos a partir do 1º período.

DOCENTE:

D.E. TRABALHO, VIOLÊNCIA E ESTÉTICA: DEBATES NECESSÁRIOS PARA A IGUALDADE DE GÊNERO APRESENTAÇÃO: A disciplina tem

Professora: Elda Coelho de Azevedo Bussinguer

Livre Docente pela Universidade do Rio de Janeiro (UNI-RIO- 1991). Doutora em Bioética pela UnB, Mestre em Direitos e Garantias Fundamentais pela Faculdade de Direito de Vitória (FDV-2008). Mestre em Enfermagem pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ-1988). Graduada em Direito pela Faculdade de Direito de Vitória (FDV-2002). Graduada em Enfermagem e Obstetrícia pela Universidade Federal do Espírito Santo (UFES-1979). Professora Associada aposentada da Universidade Federal do Espírito Santo (UFES). Coordenadora de Pesquisa da Faculdade de Direito de Vitória (FDV). Professora do programa de Pós-Graduação em Direitos e Garantias Fundamentais da FDV (Mestrado e Doutorado).

OUTRAS INFORMAÇÕES:

Carga horária: 30 horas Data de início: 08/08/2017 Dia da semana: terça-feira Horário: das 11h30 às 13h10

D.E. BIOÉTICA E DIREITOS HUMANOS

APRESENTAÇÃO:

A disciplina tem por objetivo estudar a Declaração Universal sobre Bioética e Direitos Humanos da UNESCO a partir de seus princípios éticos buscando capacitar pessoas de modo a que sejam capazes de justificar racionalmente suas decisões éticas, especialmente aquelas que envolvem os conflitos morais que se apresentam no dia a dia da vida humana. Princípios tais como dignidade humana, autonomia, privacidade, confidencialidade, igualdade, justiça e equidade, dentre outros, serão estudados a partir do Programa de Base de Estudos da UNESCO.

PÚBLICO ALVO:

Alunos a partir do 1º período.

DOCENTE:

Professora: Elda Coelho de Azevedo Bussinguer

Livre Docente pela Universidade do Rio de Janeiro (UNI-RIO- 1991). Doutora em Bioética pela UnB, Mestre em Direitos e Garantias Fundamentais pela Faculdade de Direito de Vitória (FDV-2008). Mestre em Enfermagem pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ-1988). Graduada em Direito pela Faculdade de Direito de Vitória (FDV-2002). Graduada em Enfermagem e Obstetrícia pela Universidade Federal do Espírito Santo (UFES-1979). Professora Associada aposentada da Universidade Federal do Espírito Santo (UFES). Coordenadora de Pesquisa da Faculdade de Direito de Vitória (FDV). Professora do programa de Pós-Graduação em Direitos e Garantias Fundamentais da FDV (Mestrado e Doutorado).

D.E. BIOÉTICA E DIREITOS HUMANOS APRESENTAÇÃO: A disciplina tem por objetivo estudar a Declaração Universal sobre

OUTRAS INFORMAÇÕES:

Carga horária: 30 horas Data de início: 07/08/2017 Dia da semana: segunda-feira Horário: das 17h às 18h40

D.E. DIREITO MARÍTIMO E PORTUÁRIO

APRESENTAÇÃO:

A disciplina objetiva fornecer aos alunos noções gerais sobre o Direito Marítimo e Portuário à luz das normas internas e internacionais, da exploração do porto e suas instalações, das funções dos operadores portuários, do órgão gestor de mão de obra avulsa OGMO e da legislação portuária; dos espaços marítimos, da plataforma continental, da Amazônia azul, da análise do Tribunal Marítimo e da Convenção de Montego Bay. Possibilita conhecer as características e formas de administração e fiscalização portuária, os direitos e a forma de organização dos trabalhadores portuários, a relação entre a atividade portuária e o meio ambiente, além de obter noções básicas sobre o navio e a navegação marítima e fluvial. O trabalho teórico será complementado com duas aulas práticas, no Porto de Vitória e no Órgão Gestor de Mão de Obra Avulsa - OGMO- respectivamente. Interpreta a legislação portuária permitindo a construção de uma base teórica e prática sobre o funcionamento do porto, navio e as relações patronais com os trabalhadores da estiva e da capatazia. Permite a reflexão sobre a importância do porto e do transporte marítimo, nas relações comerciais do país e o consequente conflito de normas. O objetivo a ser atingido será refletir sobre a importância do Direito Portuário e do Transporte Marítimo, aprofundando nas características e formas de administração e fiscalização portuária nas áreas trabalhistas, ambientais, sanitárias e alfandegarias.

PÚBLICO ALVO:

Alunos a partir do 2º período.

DOCENTE:

D.E. DIREITO MARÍTIMO E PORTUÁRIO APRESENTAÇÃO: A disciplina objetiva fornecer aos alunos noções gerais sobre o

Professor: Marcelo Fernando Quiroga Obregón

Bacharel em direito pela Universidade Federal do Espírito Santo - UFES; Especialista em Política Internacional pela Fundação Escola de Sociologia e Política de São Paulo; Mestre em Direito Internacional e Comunitário pela Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais PUC - MG; Coordenador Acadêmico do Curso de Especialização em Direito marítimo e Portuário da FDV; Professor de Direito Internacional e Direito Marítimo e Portuário da FDV.

OUTRAS INFORMAÇÕES:

Carga horária: 30 horas Data de início: 09/08/2017 Dia da semana: quarta-feira Horário: das 11h30 às 13h10

D.E. REFORMA TRABALHISTA

APRESENTAÇÃO:

Em 11/07/2017, o Senado Federal aprovou o Projeto de Lei nº 38, de 2017, que havia sido aprovado anteriormente pela Câmara de Deputados, denominado de Reforma Trabalhista, que em 13/07/2017, foi sancionado pelo Presidente da República, e em 14/07/2017, virou a Lei nº 13.467/2017, que entrará em vigor em novembro de 2017. A Lei nº 13.467/2017, altera substancialmente à Consolidação das Leis do Trabalho (CLT) e às Leis nºs 6.019/74, 8.036/90 e 8.212/91, modificando e inserindo artigos em todas estas normatizações, ensejando significativas e profundas alterações no estuário trabalhista, tanto na perspectiva material, como na processual, que obrigatoriamente devem analisadas pelo estudante/operador do Direito, para que assim possa atuar na área trabalhista de maneira segura, eficiente e atualizada. Portanto, a disciplina eletiva, ora apresentada e ofertada, tem como objetivo principal analisar todas as alterações realizadas pela Lei nº 13.467/2017, no ordenamento jurídico trabalhista brasileiro, para que assim os alunos da FDV possam aprender o Direito do Trabalho, da maneira atualizada nos termos em que encontram-se a CLT e as Leis nºs 6.019/74, 8.036/90 e 8.212/91, a partir de novembro do corrente ano, adquirindo assim um conhecimento atualizado e contextualizado dentro do novo panorama legal trabalhista, estando preparado tanto para as demandas do mercado jurídico, como para submeter-se a concursos públicos.

PÚBLICO ALVO:

Alunos que tenham cursado Direito do Trabalho I e II.

DOCENTE:

Professor: Cláudio Jannotti da Rocha

Doutor em Direito pela Faculdade Mineira de Direito - PUC/MG (2016). Mestre em Direito pela Faculdade Mineira de Direito - PUC/MG (2011). Curso de Biopolítica e Direito na University of Stirling, Escócia (2015). Professor Titular do Centro Universitário do Distrito Federal (UDF), em Brasília-DF, e de seu Mestrado em Direito das Relações Sociais e Trabalhistas. Membro do Núcleo Docente Estruturante do UDF. É pesquisador do Grupo de Pesquisa: Trabalho, Constituição e Cidadania, da UnB e do Grupo de Pesquisa: Invisibilidade Social e Energias Emancipatórias em Direitos Humanos, da FDV - ambos com os respectivos registros no Diretório dos Grupos de Pesquisa do CNPq. Membro da Rede Nacional de Grupos de Pesquisas e Estudos em Direito do Trabalho e da Seguridade Social (RENAPEDTS). Membro do Instituto de Ciências Jurídicas e Sociais, ICJS, de Belo Horizonte/MG. Pesquisador. Autor de livros e artigos. Advogado.

OUTRAS INFORMAÇÕES:

Carga horária: 30 horas Data de início: 07/08/2017 Dia da semana: segunda-feira Horário: das 17h às 18h40

D.E. ONLINE CRIMES DE TRÂNSITO

APRESENTAÇÃO:

O Código de Trânsito brasileiro expressa em seu conjunto de regras administrativas e penais a preocupação em reduzir o elevado número de acidentes que envolvem veículos automotores em todo o país. Após sua promulgação, por meio da Lei n. 9.503/97, o Código de Trânsito tem sido objeto de diversas revisões e inovações legislativas. Dentre elas está a criação de multas reparatórias e de penas que suspendem ou proíbem a habilitação ou a permissão para dirigir. Também foram inseridos tipos penais, tais como o crime de fuga do local de acidente, a embriaguez ao volante e a participação em competição não autorizada de veículos automotores. Este curso, tem foco exclusivo na análise dos aspectos penais do Código de Trânsito.

PÚBLICO ALVO:

Alunos a partir do 1º período.

DOCENTE:

FDV DIGITAL

OUTRAS INFORMAÇÕES:

Carga horária: 30 horas Data de início: 22/08/2017 Dia da semana: terça-feira Horário: das 11h30 às 13h10

D.E.

ONLINE

CRIMES

AMEAÇAS DIGITAIS

NA

INTERNET

E

APRESENTAÇÃO:

Temas abordados: Crimes contra a honra na Internet; Crime de furto e a questão da cópia na Internet; A questão criminal da pornografia infantil na Internet; Estelionato vs. furto mediante fraude; Crimes contra a propriedade industrial; Crimes contra a propriedade intelectual; Concorrência desleal na Internet; Crimes de falsidade ideológica e falsa identidade; Proteção penal do software; Competência e Jurisdição na Internet; Reportagem de incidentes e política de segurança na Internet; Legítima defesa na Internet; Projetos e reformas recentes do Código Penal; Hacker vs. Cracker: a questão do agente ativo; Deep web e direito ao anonimato; Vitimologia; A questão Criminal do Ciberterrorismo; Fishing e Engenharia social; Spam; Vírus de Internet, worms e trojan horse; Perícia computacional forense: metodologia e práticas; Produção e validade jurídica de provas digitais; Criptografia e Segurança da Informação; As inovações legislativas na área penal: Lei n. 11.419/11 e Lei n. 12.682/12.

PÚBLICO ALVO:

Alunos a partir do 1º período.

DOCENTE:

FDV DIGITAL

OUTRAS INFORMAÇÕES:

Carga horária: 30 horas Data de início: 22/08/2017 Dia da semana: terça-feira Horário: das 11h30 às 13h10

D.E. ONLINE DEONTOLOGIA JURÍDICA

APRESENTAÇÃO:

Deontologia Jurídica é o ramo do conhecimento jurídico que investiga os direitos e deveres dos juristas, assim como seus fundamentos éticos e legais. Além disso, há uma abordagem pragmática: a própria prática profissional do jurista é foco de estudo. O conteúdo do curso também constitui temática obrigatória no Exame da OAB, representando uma quantidade mínima de 10 questões em cada prova. Por isso mesmo, desenvolvemos um curso online que, ao mesmo tempo, dispõe de conteúdo abrangente e necessário à formação ética e à atuação profissional do estudante de Direito, mas também objetivo e prático, de modo que o estudante seja capaz de enfrentar com tranquilidade este tema no Exame de Ordem.

PÚBLICO ALVO:

Alunos a partir do 1º período.

DOCENTE:

FDV DIGITAL

OUTRAS INFORMAÇÕES:

Carga horária: 30 horas Data de início: 22/08/2017 Dia da semana: terça-feira Horário: das 11h30 às 13h10

D.E. ONLINE DIREITO PREVIDENCIÁRIO

APRESENTAÇÃO:

O curso sobre Direito Previdenciário, de caráter introdutório, tem por objetivo explorar os seguintes temas: 1 Seguridade Social: Assistência e previdência; Princípios da seguridade social. 2 Regime Geral: Segurados e dependentes; Inscrição e filiação; Qualidade de segurado; Contagem recíproca do tempo de contribuição. 3 Benefícios: Prestação e carência; Renda mensal inicial; Valores mínimo, máximo, real e nominal dos benefícios; Benefícios do regime geral de previdência social; Prescrição e decadência; Desaponsentação. 4 Ação previdenciária: Competência; Interesse de agir e ressarcimento administrativo prévio; Tutela antecipada em ação previdenciária; Prova tarifada no Direito Previdenciário; Pagamentos efetuados pelo INSS em virtude de condenação judicial; Honorários advocatícios em ações previdenciárias.

PÚBLICO ALVO:

Alunos a partir do 1º período.

DOCENTE:

FDV DIGITAL

OUTRAS INFORMAÇÕES:

Carga horária: 30 horas Data de início: 22/08/2017 Dia da semana: terça-feira Horário: das 11h30 às 13h10

D.E.

ONLINE

DIREITOS

AUTORAIS

E

REGULAÇÃO JURÍDICA DA CRIATIVIDADE

APRESENTAÇÃO:

Temas abordados: Direitos autorais: proteção, limitações e plágio; Propriedade Industrial vs. Propriedade Intelectual; A questão criminal da pirataria; Função Social da Propriedade Intelectual; Direito e Música: proteção do autor e criatividade; Como controlar conteúdo na Internet; Produção de conteúdo colaborativo e responsabilidade civil; Termos de uso e contratos por clique; Responsabilidade Civil na Internet; Tags, Meta-tags, Cache e Framing; S.O.P.A. e P.I.P.A; A questão da Tragédia dos Commons.A Cultura de Remix e a indústria cultural no ciberespaço. Proteção jurídica da voz. Música eletrônica e proteção autoral. Estudo de casos de plágio no meio musical.

PÚBLICO ALVO:

Alunos a partir do 1º período.

DOCENTE:

FDV DIGITAL

OUTRAS INFORMAÇÕES:

Carga horária: 30 horas Data de início: 22/08/2017 Dia da semana: terça-feira Horário: das 11h30 às 13h10

G.E. DIREITO E PSICANÁLISE: ENTRE MITOS E PROFANAÇÕES

APRESENTAÇÃO:

A partir da interlocução entre o Direito e Psicanálise, tomando como fio condutor o conceito de inconsciente desenvolvido por Sigmund Freud e os Direitos Humanos, à luz do conceito de “profanação” de Giórgio Agamben, vamos refletir e debater sobre os efeitos traumáticos e violentos na formação subjetiva e histórica do homem do final do século XX; que sofreu catástrofes e violações, e os efeitos na formação do processo subjetivo e histórico do homem de nosso tempo. Além deste referencial teórico do campo do Direito e da Psicanálise contaremos com a contribuição

da literatura, através da obra de Primo Levi , que neste semestre dará destaque a seu livro, “A Trégua;” assim como as contribuições de Márcio Selligmann Silva em seu livro “História, Memória e Literatura. O Testemunho na Era das Catástrofes. ”

PÚBLICO ALVO:

Alunos a partir do 1º período.

DOCENTE:

Professor: Nelson Camatta Moreira

G.E. DIREITO E PSICANÁLISE: ENTRE MITOS E PROFANAÇÕES APRESENTAÇÃO: A partir da interlocução entre o Direito

Pós-doutor em Direito pela Universidad de Sevilla (bolsa CAPES). Pós-doutor em Direito em Direito pela Universidade do Vale do Rio dos Sinos (Unisinos). Doutor em Direito pela Unisinos, com estágio anual na Universidade de Coimbra (bolsa CAPES). Mestre em Direito pela Unisinos (bolsa CAPES). Professor do Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu (doutorado e mestrado) e da graduação em Direito da Faculdade de Direito de Vitória (FDV-ES). Líder do Grupo de Pesquisa CNPq Hermenêutica Jurídica e Jurisdição Constitucional, da FDV-ES. Profesor Invitado, adjunto al Programa Academic Visitor de la Facultad de Derecho de la Universidad de Sevilla. Miembro del Grupo de Investigación Antagónicos de la Facultad de Derecho de la Universidad de Sevilla. Colaborador en Seminarios con la Cátedra Abierta de Derecho y Literatura de la Universidad de Málaga. Membro Honorário da Rede Brasileira Direito e Literatura (RDL). Ex-diretor da Escola Superior de Advocacia do Espírito Santo (OAB-ESA/ES), triênio 2010-2012. Ex-professor da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUC-RS). Ex-coordenador adjunto do IPA-Metodista (IPA-RS), 2005. Tem experiência em gestão de curso acadêmico e no Direito, com ênfase em Direito Público, especialmente nos seguintes temas: Direito Constitucional, Direitos Fundamentais, Hermenêutica, Filosofia do Direito e Direito e Literatura.

OUTRAS INFORMAÇÕES:

Carga horária: 30 horas Data de início: 09/08/2017 Dia da semana: quarta-feira Horário: das 11h30 às 13h10

G.E.

INTERPRETAÇÕES

DO

BRASIL:

DO

PENSAMENTO SOCIAL AOS DIAS DE HOJE

APRESENTAÇÃO:

A sociologia brasileira também tem história, seus clássicos, disputas acadêmicas acirradas e questões analíticas adequadas ao processo de construção da realidade social brasileira. Objetiva-se com este curso, permitir o conhecimento da constituição e amadurecimento do campo sociológico no Brasil, bem como a leitura e discussão de alguns autores representativos da sociologia brasileira, atentando para suas principais preocupações sociológicas e características intelectuais. Pretendemos também permitir que o aluno de direito tenha acesso a um maior número de leituras sociológicas sobre a realidade social brasileira, uma vez que é sobre essa realidade social que ele terá de se debruçar no futuro, como profissional ou pesquisador do direito.

PÚBLICO ALVO:

Alunos a partir do 1º período.

DOCENTE:

G.E. INTERPRETAÇÕES DO BRASIL: DO PENSAMENTO SOCIAL AOS DIAS DE HOJE APRESENTAÇÃO: A sociologia brasileira também

Professor: André Filipe Pereira Reid dos Santos

Doutor em Ciências Humanas pelo Programa de Pós-Graduação em Sociologia e Antropologia da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), e professor/pesquisador do Programa de Pós-Graduação em Direitos e Garantias Fundamentais da Faculdade de Direito de Vitória (FDV).

OUTRAS INFORMAÇÕES:

Carga horária: 30 horas Data de início: 08/08/2017 Dia da semana: terça-feira Horário: das 11h30 às 13h10

G.E. O PAPEL DAS PROFISSÕES JURÍDICAS NA DEFESA DOS DIREITOS FUNDAMENTAIS: UMA ANÁLISE A PARTIR DA OBRA DE BOAVENTURA DE SOUSA SANTOS

APRESENTAÇÃO:

O grupo de estudo tem como objetivo geral analisar a sociologia das profissões jurídicas por meio do estudo da atuação da Advocacia Privada, do Ministério Público e da Defensoria Pública a partir do seu propósito de zelar pela garantia das liberdades e da justiça social, bem como o importante papel na democratização da sociedade brasileira. A partir da discussão de textos envolvendo a temática, propõe-se o estudo dos temas correlatos como o Direito e a possibilidade de uma práxis emancipatória, a formação jurídica dos profissionais, a sociologia da justiça à luz da teoria de Boaventura de Sousa Santos, além da invisibilidade pública e seus desdobramentos. Tomando por base o referencial teórico, os alunos terão condições, na segunda parte dos encontros, de discutir com os próprios profissionais das carreiras selecionadas, que serão convidados a compartilhar casos de sua prática profissional que envolvam o trato dos direitos fundamentais.

PÚBLICO ALVO:

Alunos a partir do 1º período.

DOCENTE:

Professora: Priscila Tinelli Pinheiro

Doutoranda em Direito na Faculdade de Direito de Vitória (FDV). Mestre em Direitos e Garantias Fundamentais na Faculdade de Direito de Vitória (FDV). Pesquisadora do Grupo de Pesquisa:

Invisibilidade Social e Energias Emancipatórias em Direitos Humanos. Membro do Núcleo de Assessoria Jurídica Popular do Estado do Espírito Santo (NAJUPES). Possui graduação em Direito - Faculdades Integradas de Vitória (2013). Tem experiência na área de Direito, com ênfase em Direito Constitucional, Direitos Humanos, Direitos Fundamentais, Direito do Trabalho. Advogada.

OUTRAS INFORMAÇÕES:

Carga horária: 30 horas Data de início: 09/08/2017 Dia da semana: quarta-feira Horário: das 11h30 às 13h10

FILME EM DEBATE O DECÁLOGO CÍBLICO E

OS DESAFIOS KIESLOWSKI

APRESENTAÇÃO:

DA

MODERNIDADE

DE

Este “Filmes em Debate” propõe uma análise de uma das obras fundamentais do cineasta polonês

Krzysztof Kieślowski que, tendo como co-autor Krzysztof Piesiewicz, uma releitura do Decálogo bíblico na Polônia moderna. A mini-série foi originalmente apresentada para a televisão estatal polonesa (Telewizja Polska) em 1989, ano da queda do Muro de Berlim, e tem por objeto uma reflexão sobre as possibilidades e desafios da deontologia bíblica diante da complexidade da vida moderna, tendo como personagens moradores de um mesmo condomínio habitacional, a série pretende analisar dilemas humanos e a dificuldade do cumprimento fiel dos mandamentos da lei mosaica perante uma realidade moderna na qual as normas dificilmente se amoldam e podem trazer respostas fáceis. Muito além de proporcionar uma discussão sobre os limites e desafios da ética religiosa e do Direito, a mini-série Decálogo permite reconhecer desafios e questões humanas que ultrapassam qualquer barreira lingüística ou cultural. Neste sentido, o percurso completo pela obra pretende uma reflexão dos grandes desafios que as relações humanas apresentam em qualquer modelo de sociedade. Sobre a obra cabe o dito de Tolstoi: “se queres ser universal, começa por pintar tua aldeia”. A obra em sua beleza e dureza permite uma reflexão do que é a verdadeira dimensão da pessoa humana, e os desafios de viver com os outros e consigo mesmo.

PÚBLICO ALVO:

Alunos a partir do 1º período. Os filmes selecionados não são de temática estritamente religiosa. O conteúdo é adulto, exigindo maturidade e discernimento da audiência.

DOCENTE:

Professor: Paulo Neves Soto

FILME EM DEBATE – O DECÁLOGO CÍBLICO E OS DESAFIOS KIESLOWSKI APRESENTAÇÃO: DA MODERNIDADE DE EsteKrzysztof Kieślowski que, tendo como co-autor Krzysztof Piesiewicz , uma releitura do Decálogo bíblico na Polônia moderna. A mini-série foi originalmente apresentada para a televisão estatal polonesa (Telewizja Polska) em 1989, ano da queda do Muro de Berlim, e tem por objeto uma reflexão sobre as possibilidades e desafios da deontologia bíblica diante da complexidade da vida moderna, tendo como personagens moradores de um mesmo condomínio habitacional, a série pretende analisar dilemas humanos e a dificuldade do cumprimento fiel dos mandamentos da lei mosaica perante uma realidade moderna na qual as normas dificilmente se amoldam e podem trazer respostas fáceis. Muito além de proporcionar uma discussão sobre os limites e desafios da ética religiosa e do Direito, a mini-série Decálogo permite reconhecer desafios e questões humanas que ultrapassam qualquer barreira lingüística ou cultural. Neste sentido, o percurso completo pela obra pretende uma reflexão dos grandes desafios que as relações humanas apresentam em qualquer modelo de sociedade. Sobre a obra cabe o dito de Tolstoi: “se queres ser universal, começa por pintar tua aldeia”. A obra em sua beleza e dureza permite uma reflexão do que é a verdadeira dimensão da pessoa humana, e os desafios de viver com os outros e consigo mesmo. PÚBLICO ALVO: Alunos a partir do 1º período. Os filmes selecionados não são de temática estritamente religiosa. O conteúdo é adulto, exigindo maturidade e discernimento da audiência. DOCENTE: Professor: Paulo Neves Soto OUTRAS INFORMAÇÕES: Graduado em Direito pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (conclusão em 1998), mestre em Direito Civil pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (conclusão em 2003), e doutor em Direito Público pela Universidade Estácio de Sá do Rio de Janeiro (conclusão em 2014). Atua há mais de quinze anos como docente em várias instituições de ensino do Rio de Janeiro e Espírito Santo, com ênfase em Direito Privado, atuando principalmente nos seguintes temas: parte geral do direito civil, direito das obrigações, direito contratual, responsabilidade civil, direitos reais, direito urbanístico, e direito aeronáutico. Carga horária: 25 horas Data de início: 10/08/2017 Dia da semana: quinta-feira Horário: das 11h30 às 13h10 direitofdv 53 " id="pdf-obj-52-40" src="pdf-obj-52-40.jpg">

OUTRAS INFORMAÇÕES:

Graduado em Direito pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (conclusão em 1998), mestre em Direito Civil pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (conclusão em 2003), e doutor em Direito Público pela Universidade Estácio de Sá do Rio de Janeiro (conclusão em 2014). Atua há mais de quinze anos como docente em várias instituições de ensino do Rio de Janeiro e Espírito Santo, com ênfase em Direito Privado, atuando principalmente nos seguintes temas: parte geral do direito civil, direito das obrigações, direito contratual, responsabilidade civil, direitos reais, direito urbanístico, e direito aeronáutico.

Carga horária: 25 horas Data de início: 10/08/2017 Dia da semana: quinta-feira Horário: das 11h30 às 13h10

OFICINA ORATÓRIA: A ARTE DE FALAR EM PÚBLICO

APRESENTAÇÃO:

A habilidade de falar em público é requerida, na atualidade, de qualquer profissional. Isso se acentua quando tratamos da área jurídica, visto que o profissional do Direito é o profissional da palavra escrita e falada, portanto essas duas manifestações da linguagem devem ser instrumentos de trabalho para quem se envolve com esta área. Diante disso, é essencial que o profissional de direito saiba, com excelência, utilizar-se da linguagem oral em suas mais diversas circunstâncias. Como a sociedade requer que sejamos hábeis com nossos instrumentos de trabalho, o curso de oratória visa desenvolver a habilidade de falar em público e até mesmo de “enfrentar” as mais diferentes

situações em que o profissional precisa se manifestar oralmente. Neste sentido, serão estimuladas as habilidades cognitivas interacionais, visto que tais habilidades são necessárias para o estímulo de competências essenciais à habilidade de falar em público. Para tanto, realizar-se-ão, durante a oficina de oratória, inúmeros exercícios básicos de voz, de expressão corporal, de interpretação, de desinibição, entre outras atividades que visam estimular, corrigir e aprimorar a habilidade de falar em público de forma ampla. Deste modo, serão 15 encontros semanais e presenciais, nos quais serão trabalhadas habilidades específicas para o desenvolvimento da oralidade em diversas circunstâncias.

PÚBLICO ALVO:

Alunos a partir do 1º período.

DOCENTE:

OFICINA – ORATÓRIA: A ARTE DE FALAR EM PÚBLICO APRESENTAÇÃO: A habilidade de falar em público

Professora: Valdeciliana da Silva Ramos Andrade

Doutora em Língua Portuguesa (UERJ), com pesquisa centrada no discurso jurídico, mestre em Linguística e Filologia pela UNESP. Atua na área de Linguagem Jurídica, de Metodologia de Pesquisa e de Oratória. Desenvolve estudos e pesquisas na área do discurso jurídico, de produção de texto científico e de oratória. É professora da Faculdade de Direito de Vitória (FDV).

OUTRAS INFORMAÇÕES:

Carga horária: 20 horas Data de início: 08/08/2017 Dia da semana: terça-feira Horário: das 11h30 às 13h10

OFICINA

SISTEMAS

PROCESSUAIS

ELETRÔNICOS E CERTIFICAÇÃO DIGITAL

APRESENTAÇÃO:

Na Sociedade em que vivemos inúmeras tecnologias se proliferam no mundo digital com o intuito de facilitar nosso cotidiano, tornando a web primordial para o seu desenvolvimento. Tais ferramentas chegaram, inclusive, nos âmbitos jurídicos e administrativos, em especial em nosso ordenamento pátrio, funcionando como base para a tramitação dos diversos procedimentos praticados pelos poderes Judiciário, Executivo e Legislativo. Ocorre que para utilizar alguns desses instrumentos tecnológicos, os profissionais têm de estar capacitados para utilizarem os sistemas pertinentes, configurando o seu ambiente de trabalho, realizando um cadastro prévio junto ao respectivo Órgão Público, formatando seus documentos e, por vezes, adquirindo certificados digitais junto a empresas credenciadas. Assim, tal curso objetiva explanar noções teóricas e aplicadas sobre os principais sistemas processuais eletrônicos utilizados no Estado do Espírito Santo, quais sejam:

PJe, PJe-JT, Apolo, PROJUDI e e-STJ; bem como tecer considerações sobre elementos gerais de certificação digital voltados ao exercício das profissões jurídicas, em especial a do advogado, visando garantir o devido exercício profissional. Por fim, salienta-se que ao longo das aulas, os estudantes além de participarem de aulas expositivas, terão contato direto com os sistemas processuais explanados, realizando, ainda, atividades práticas no que se refere a inserção de petições e documentos em alguns dos sistemas apresentados.

PÚBLICO ALVO:

Alunos a partir do 1º período.

DOCENTE:

Professor: Bruno Guerra de Azevedo

Pós-Graduado em Direito Material e Processual do Trabalho pela FDV, Graduado em Direito pela FDV, Advogado, Membro titular da Comissão de Tecnologia e Informação da OAB/ES e Brigadas PJe.

OUTRAS INFORMAÇÕES:

Carga horária: 12 horas Data de início: 11/08/2017 Dia da semana: sexta-feira Horário: das 17h às 18h40

OFICINA SOCIEDADE DE DEBATES

APRESENTAÇÃO:

Ao longo do curso se pretende trabalhar em conjunto com as atividades e exercícios de debates, elementos da Dialética Erística conforme o sistema filosófico de Arthur Schopenhauer, estudos sobre Linguagem Corporal, e Teoria dos Jogos. Na medida da disponibilidade dos docentes titulares das disciplinas a seguir a propostas pretende obter aportes interdisciplinares com as disciplinas de Lógica e Argumentação Jurídica, Hermenêutica, Linguagem Jurídica, e Conflitos e suas soluções, que fazem parte do currículo regular do curso de Direito da FDV. O Projeto visa à promoção e qualificação do aluno de Direito em suas habilidades comunicativas e analíticas por meio da prática contínua de debates, não só estabelecendo um espaço para a prática orientada do debate como também apresentando os recursos técnicos e funcionais para tal atividade de forma a capacitar o discente com recursos e habilidades necessárias para as carreiras jurídicas. Importante destacar que a proposta surgiu de diálogos e sugestões em encontros do grupo LEAD (Laboratório de Ensino e Aprendizagem em Direito). Foro privilegiado de debates em favor da inovação e integração acadêmica, o LEAD é composto e se legitima pelos agentes de sua composição. Contando com representante tanto do corpo docente quanto discente, abrangendo amplo espectro que envolve tanto a graduação quanto a pós-graduação da FDV, dentre outras propostas de atividades participativas em favor de uma (re) significação do processo de ensino-aprendizagem, tem na Sociedade de Debates um projeto que pretende dinamizar e oxigenar o curso de Direito permitindo a atuação concreta de alunos em favor de um ensino envolvente e participativo. A proposta procura desenvolver técnicas argumentativas conjuntamente a discussões sobre os grandes problemas nacionais e da realidade contemporânea e habilitar os participantes para uma prática da ação comunicativa com técnicas de persuasão e fortalecimento da argumentação. Neste sentido a Sociedade de Debates é uma proposta em favor da atualização do processo ensino-aprendizagem pela reformulação do papel dos participantes de uma sala de aula que pretende estabelecer o papel de protagonista ao aluno.

PÚBLICO ALVO:

Alunos de Direito ou Ciências Sociais.

DOCENTE:

Professor: Paulo Neves Soto

OFICINA – SOCIEDADE DE DEBATES APRESENTAÇÃO: Ao longo do curso se pretende trabalhar em conjunto com

OUTRAS INFORMAÇÕES:

Graduado em Direito pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (conclusão em 1998), mestre em Direito Civil pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (conclusão em 2003), e doutor em Direito Público pela Universidade Estácio de Sá do Rio de Janeiro (conclusão em 2014). Atua há mais de quinze anos como docente em várias instituições de ensino do Rio de Janeiro e Espírito Santo, com ênfase em Direito Privado, atuando principalmente nos seguintes temas: parte geral do direito civil, direito das obrigações, direito contratual, responsabilidade civil, direitos reais, direito urbanístico, e direito aeronáutico.

Carga horária: 12 horas Data de início: 11/08/2017 Dia da semana: sexta-feira Horário: das 17h às 18h40

OFICINA LEAD: LABORATÓRIO DE ENSINO E APRENDIZAGEM DE DIREITO DA FDV

APRESENTAÇÃO:

O LEAD (Laboratório de Ensino e Aprendizagem de Direito) é um espaço integrado entre alunos, professores e coordenação pedagógica da FDV que se propõe a repensar, coletivamente, o ensino jurídico, a partir do desenvolvimento e aplicação de estratégias participativas na aula jurídica. Neste sentido, o LEAD-FDV se responsabiliza por criar, desenvolver e acompanhar a execução de certas atividades ou estratégias que promovam a participação ativa dos alunos em seu processo de construção do conhecimento. Com isso, críticas e angústias são muito bem-vindas porque intensificam o desejo de mudança, culminando em sugestões e novas ideias e experiências.

PÚBLICO ALVO:

Alunos a partir do 1º período.

DOCENTE:

Professores: Juliana Ferrari de Oliveira e Bruno Costa Teixeira

OFICINA – LEAD: LABORATÓRIO DE ENSINO E APRENDIZAGEM DE DIREITO DA FDV APRESENTAÇÃO: O LEAD (Laboratório

Juliana Ferrari de Oliveira: Possui graduação em Letras - Inglês pela Universidade Federal do Espírito Santo (2000), mestrado em Linguística Aplicada e Estudos da Linguagem pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (2004) e doutorado em Educação (Currículo) pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (2010). Atualmente é coordenadora pedagógica e professora doutora da Faculdade de Direito de Vitória, atuando principalmente nos seguintes temas: currículo, curso de direito e formação de professores.

OFICINA – LEAD: LABORATÓRIO DE ENSINO E APRENDIZAGEM DE DIREITO DA FDV APRESENTAÇÃO: O LEAD (Laboratório

Bruno Costa Teixeira: Mestre em Direitos e Garantias Fundamentais pela FDV - Faculdade de Direito de Vitória (www.fdv.br); especialista em Direito das Tecnologias da Informação pela FGV - Fundação Getúlio Vargas (www.fgv.br); graduado em Direito pela Faculdade de Direito de Vitória (www.fdv.br). Especialista em inovação e gestão de Ensino a Distância pela Universidade de São Paulo USP.

OUTRAS INFORMAÇÕES:

Carga horária: 16 horas Data de início: 10/08/2017 Dia da semana: quinta-feira Horário: das 11h30 às 13h10

OFICINA – “O CORPO FALA: CONTRIBUIÇÕES DA ARTE TEATRAL PARA O PROFISSIONAL DE

DIREITO”

APRESENTAÇÃO:

Estamos acostumados a utilizar o discurso e a escrita como principal meio de comunicação e, por conta disso, acabamos nos esquecendo de desenvolver nossas percepções e capacidades expressivas através do conhecimento do próprio corpo. Esta oficina é voltada para os alunos que desejam ampliar sua expressão corporal e suas percepções. Ao vivenciar técnicas teatrais com foco na corporeidade e suas possibilidades, o aluno desenvolve a consciência corporal, muitas vezes esquecida no dia a dia. Além disso, terá acesso a atividades que estimulam sua expressividade, suas reações, suas emoções, expandindo suas limitações corporais/vocais e, inclusive, sua visão de mundo.

PÚBLICO ALVO:

Alunos a partir do 1º período.

DOCENTE:

Professor: Leonardo Patrocínio

Ator, diretor artístico e professor de teatro. Estudou Direção de Atores na Academia Internacional de Cinema (SP), Intensivo de Interpretação para Cinema (Artcênicas / RJ), Mímica Total e Teatro Físico (SP), dentre vários outros cursos voltados para o ofício do ator, desde sua formação inicial em Teatro na FAFI (ES). Como professor, ministrou várias disciplinas e realizou a montagens de espetáculo como conclusão do curso Técnico em Teatro da FAFI. Em 2016, ministrou o Laboratório do Ator no Centro Cultural SESC Glória. Possui vasta experiência na formação de atores profissionais e também no ensino de teatro para crianças e jovens. Além disso, possui licenciatura plena em Ciências Sociais (UFES) e é pós-graduando em Metodologias de para o Ensino Fundamental em Comunicação e Arte (IFES). DRT nº: 892-ES.

OUTRAS INFORMAÇÕES:

Carga horária: 12 horas Data de início: 18/08/2017 Dia da semana: sexta-feira Horário: das 11h30 às 13h10

OFICINA ALCANCE OS SEUS OBJETIVOS COM

O

AUXÍLIO

DO

COACHING

E

DA

PROGRAMAÇÃO NEUROLINGUÍSTICA

APRESENTAÇÃO:

A oficina tem por objetivo levar aos participantes os conceitos básicos do Coaching e da PNL com vistas à elaboração de um plano de ação para metas de curto, médio e longo prazos, relacionadas às várias áreas da vida. Trata-se de uma oficina fundamental para aquelas pessoas que estão angustiadas pois querem fazer mudanças em suas vidas, mas não estão conseguindo estabelecer um processo de atingimento de metas ou, quando há clareza das metas, não estão encontrando foco para leva-las à frente. Serão trabalhados conceitos centrais nas duas áreas com a aplicação de ferramentas em cada encontro. Com isso, os participantes poderão vivenciar as experiências propostas e, ao final da oficina, terão um plano de ação individualizado, onde estarão presentes as estratégias e recursos necessários ao atingimento das metas traçadas para a realização de suas metas.

PÚBLICO ALVO:

Alunos a partir do 1º período em qualquer formação e público externo.

DOCENTE:

Professora: Gilsilene Passon Francischetto

OFICINA – ALCANCE OS SEUS OBJETIVOS COM O AUXÍLIO DO COACHING E DA PROGRAMAÇÃO NEUROLINGUÍSTICA APRESENTAÇÃO:

Life Coaching Pela Sociedade Latino-Americana de Coaching-SLAC, Practitioner em Programação Neurolinguística pelo Instituto de Desenvolvimento Pessoal- INDESP, Master em Programação Neurolinguística pelo Instituto de Desenvolvimento Pessoal- INDESP, Formação em imunidade à mudança pelo Professional Dertified Coach International Coach Federation, Formação em Meditação Transcendental pela Associação Internacional de Meditação-SIM. Pós-doutora em Ciências Sociais pela Universidade de Coimbra-Portugal, Doutora em Direito - Universidade Gama Filho, Mestre em Direito - Universidade Federal de Santa Catarina, Especialista em Direito e Processo do Trabalho pela Universidade Cândido Mendes, Especialista em Justiça Constitucional e Direitos Humanos pela Universidade Castilla La-Mancha- Espanha, Graduação em Direito - Universidade Federal do Espírito Santo, Graduação em Pedagogia - Universidade Norte do Paraná, Professora e pesquisadora na graduação, Mestrado e Doutorado da Faculdade de Direito de Vitória-FDV e Coordenadora do Grupo de Pesquisa Invisibilidade Social e Energias Emancipatórias em Direitos Humanos na Faculdade de Direito de Vitória-FDV.

OUTRAS INFORMAÇÕES:

Carga horária: 20 horas Data de início: 05/09/2017 Dia da semana: terça-feira Horário: das 11h30 às 13h10

G.P.

O

MÚLTIPLO

RETÓRICO

E

DIALÉTICO:

ÉTICA, INTERCULTURALIDADE E DIREITOS HUMANOS FUBDAMENTAIS NAS IDEIAS JURÍDICAS NO BRASIL

APRESENTAÇÃO:

O Grupo de Pesquisa KÁOS se dedica ao estudo e pesquisa do Múltiplo retórico, dialético e fenomenológico: ética, interculturalidade e direitos humanos fundamentais na história das ideias jurídicas no Brasil.

PÚBLICO ALVO:

Alunos a partir do 1º período.

DOCENTE:

Professor: João Maurício Adeodato

Professor da Faculdade de Direito de Vitória, Professor Titular da Faculdade de Direito do Recife (UFPE), Livre-Docente da Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo e Pesquisador 1-A do CNPq.

OUTRAS INFORMAÇÕES:

Carga horária: 30 horas Data de início: 11/08/2017 Dia da semana: sexta-feira Horário: das 11h30 às 13h10

G.P. ACESSO À JUSTIÇA NA PERSPECTIVA DOS DIREITOS HUMANOS

APRESENTAÇÃO:

Este Grupo tem por objetivo principal investigar a questão da efetividade do acesso à Justiça para a realização dos direitos fundamentais sociais dos trabalhadores.

PÚBLICO ALVO:

Alunos a partir do 1º período.

DOCENTE:

Professor: Carlos Henrique Bezerra Leite

G.P. ACESSO À JUSTIÇA NA PERSPECTIVA DOS DIREITOS HUMANOS APRESENTAÇÃO: Este Grupo tem por objetivo principal

Possui graduação em Direito pela Universidade Federal do Espírito Santo (1986), mestrado em Direito pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (2001) e doutorado em Direito pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (2003). Professor do Programa de Pós-Graduação Stricto Sansu (Mestrado e Doutorado) em Direitos e Garantias Fundamentais da Faculdade de Direito de Vitória-FDV, onde leciona Direitos Humanos Sociais e Metaindividuais. Ex-Professor Associado I do Programa de Graduação em Direito da Universidade Federal do Espírito Santo, onde lecionava Direitos Humanos e Direito Processual do Trabalho. Professor convidado do Programa de Pós-Graduação Lato Sensu da PUC/SP (Cogeae). Desembargador do Trabalho do Tribunal Regional do Trabalho da 17a. Região/ES. Diretor da Escola Judicial do TRT da 17ª Região (biênio 2009/2011). Ex-Procurador Regional do Trabalho do Ministério Público do Trabalho. Vice-Presidente do TRT da 17ª Região/ES (biênio 2011/2013). Tem experiência na área de Direito, atuando principalmente nas seguintes subáreas: direitos humanos, direitos fundamentais, direitos sociais trabalhistas, direitos metaindividuais, acesso à justiça e direito processual (civil e trabalhista).

OUTRAS INFORMAÇÕES:

Carga horária: 30 horas Data de início: 11/08/2017 Dia da semana: sexta-feira Horário: das 11h30 às 13h10

G.P. ESTADO, DEMOCRACIA CONSTITUCIONAL E DIREITOS FUNDAMENTAIS

APRESENTAÇÃO:

O grupo propõe-se a aprofundar estudos concernentes à justificação e à efetivação dos direitos fundamentais, analisando ainda a sua legitimidade, mediante a correlação entre direito e democracia, em uma abordagem que exorbita o âmbito estatal. Os estudos desenvolvidos pretendem contribuir para a geração de conhecimento que permita enfrentar problemas jurídicos contemporâneos em uma sociedade complexa.

PÚBLICO ALVO:

Alunos a partir do 1º período.

DOCENTE:

Professores: Daury César Fabriz e Adriano Sant’ana Pedra

Daury César Fabriz: Possui graduação em Direito pelo Centro Superior de Ciências Sociais de Vila Velha

Daury César Fabriz: Possui graduação em Direito pelo Centro Superior de Ciências Sociais de Vila Velha (1988), graduação em Ciências Sociais pela Universidade Federal do Espírito Santo (1994), mestrado em Direito pela Universidade Federal de Minas Gerais (1998) e doutorado em Direito pela Universidade Federal de Minas Gerais (2001). Atualmente é professor adjunto do Departamento de Direito da Universidade Federal do Espírito Santo. Foi Chefe do Departamento do Curso de Direito da UFES no biênio 2005/2007. Ex-professor adjunto da Faculdade de Direito da Universidade Federal de Minas Gerais. Professor do programa de pós-graduação (mestrado e doutorado) em direitos e garantias fundamentais da Faculdade de Direito de Vitória (FDV). Coordenador do Programa de Pós-Graduação (Doutorado e Mestrado) em Direitos e Garantias Fundamentais da Faculdade de Direito de Vitória (FDV) - ES. Ex-Professor fundador e colaborador do programa de pós- graduação (mestrado) em direito processual civil da UFES. Professor da disciplina & quot; instituições de direito & quot; do curso a distância de Ciências Contábeis-UFES. Foi reeleito presidente da Academia Brasileira de Direitos Humanos (ABDH) para o quadriênio 2009-2013.

Adriano Sant’ana Pedra: É doutor em Direito do Estado (PUC/SP), mestre em Direitos e Garantias Fundamentais (FDV), mestre em Física Quântica (UFES), especialista em Justiça Constitucional e Tutela Jurisdicional de Direitos (Università degli Studi di Pisa), especialista em Economia e Direito do Consumo (Universidad de Castilla-La Mancha), bacharel em Direito (UFES) e bacharel em Física (UFES). É professor permanente do Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu - Mestrado e Doutorado em Direitos e Garantias Fundamentais da Faculdade de Direito de Vitória (FDV) (conceito CAPES 4). Professor do Curso de Direito da FDV, professor da Escola da Magistratura do Espírito Santo (EMES), membro da Associação Internacional de Direito Constitucional (IACL) e procurador federal. Tem experiência na área de Direito Público, com ênfase em Direito Constitucional e Direito Administrativo.

Adriano Sant’ana Pedra : É doutor em Direito do Estado (PUC/SP), mestre em Direitos e Garantias

OUTRAS INFORMAÇÕES:

Carga horária: 30 horas Data de início: 11/08/2017 Dia da semana: sexta-feira Horário: das 11h30 às 13h10

G.P. HERMENÊUTICA JURÍDICA E JURISDIÇÃO CONSTITUCIONAL

APRESENTAÇÃO:

O Grupo de Pesquisa Hermenêutica Jurídica e Jurisdição Constitucional objetiva contribuir para o fomento de pesquisa, discussão e produção científica em torno de estudos sobre a atuação do Poder Estatal em sua proposta de concretização de direitos fundamentais, focando, especialmente, a atuação da Jurisdição Constitucional, no cenário contemporâneo que envolve fenômenos como a crise do dogma da "separação de Poderes", a "Judicialização da política" e a "politização da justiça", num "mundo globalizado". Além desta proposta, o Grupo também pretende aprofundar e difundir o conhecimento sobre hermenêutica jurídica, incentivando uma postura crítico-reflexiva dos participantes acerca da interpretação e aplicação do Direito a partir e além dos Tribunais. Tudo isso, à luz do atual paradigma constitucional do Estado Democrático de Direito.

PÚBLICO ALVO:

Alunos a partir do 1º período.

DOCENTE:

Professores: Alexandre Coura, Ricarlos Almagro, Américo Bedê e Samuel Brasil

G.P. HERMENÊUTICA JURÍDICA E JURISDIÇÃO CONSTITUCIONAL APRESENTAÇÃO: O Grupo de Pesquisa Hermenêutica Jurídica e Jurisdição Constitucional

Alexandre de Castro Coura: Possui doutorado (2007) e mestrado (2004) em Direito Constitucional pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). É professor do Programa de Pós-graduação Stricto Sensu - Mestrado e Doutorado - da Faculdade de Direito de Vitória (FDV) e do Departamento de Direito da Universidade Federal do Espírito Santo (UFES). Tem experiência na área de Direito, com ênfase em Direito Público e Teoria do Direito. É Promotor de Justiça no Ministério Público do Estado do Espírito Santo (MPES). Desenvolve e orienta pesquisas relacionadas a direitos e garantias fundamentais, hermenêutica jurídica e jurisdição constitucional.

Ricarlos Almagro Vitoriano Cunha: É Bacharel em Ciências Jurídicas e Sociais pela UFRJ (1996), Especialista em Direito Processual Público pela UFF-RJ (2007), Especialista em Argumentação Jurídica pela Universidade de Alicante (2009), Especialista em Filosofia pela Universidade Católica de Brasília (2009), Mestre em Direito pela UGF-RJ (2002), Doutor em Direito pela PUC-Minas e Doutor em Filosofia pela UFRJ. Foi Capitão Bombeiro- Militar (CBMERJ) e Procurador Federal (INSS). Atualmente é Juiz Federal, titular da 4ª Vara Federal de Vitória-ES. Atuou como Juiz Convocado na 4.ª Turma especializada do Tribunal Regional Federal da 2.ª Região, foi Juiz do Tribunal Regional Eleitoral do Espírito Santo (TRE-ES), integrou a Turma Nacional de Uniformização de Jurisprudência dos Juizados Especiais Federais, presidiu a Turma Recursal dos JEF's do ES e foi Diretor do Foro da Seção Judiciária do Espírito Santo.

G.P. HERMENÊUTICA JURÍDICA E JURISDIÇÃO CONSTITUCIONAL APRESENTAÇÃO: O Grupo de Pesquisa Hermenêutica Jurídica e Jurisdição Constitucional

OUTRAS INFORMAÇÕES:

Carga horária: 30 horas Data de início: 11/08/2017 Dia da semana: sexta-feira Horário: das 11h30 às 13h10

G.P. DIREITO, SOCIEDADE E CULTURA

APRESENTAÇÃO:

O Grupo de Pesquisa tem por finalidade debater as produções sociais do direito, pensando de que modo a sociedade engendra, por meio de movimentos sociais, a efetivação (ou violação) de direitos fundamentais. Problemas como criminalização da pobreza, participação política e desigualdades sociais, entre outros, são temas recorrentes no grupo de pesquisa.

PÚBLICO ALVO:

Alunos a partir do 1º período.

DOCENTE:

Professores: André Filipe Pereira Reid dos Santos e Thiago Fabres de Carvalho André Filipe Pereira Reid dos Santos: Doutor em Ciências Humanas pelo Programa de Pós-Graduação em Sociologia e Antropologia da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), e professor/pesquisador do Programa de Pós- Graduação em Direitos e Garantias Fundamentais da Faculdade de Direito de Vitória (FDV).

G.P. DIREITO, SOCIEDADE E CULTURA APRESENTAÇÃO: O Grupo de Pesquisa tem por finalidade debater as produções
G.P. DIREITO, SOCIEDADE E CULTURA APRESENTAÇÃO: O Grupo de Pesquisa tem por finalidade debater as produções

positivismo jurídico.

Thiago Fabres de Carvalho: Doutor e Mestre em Direito pela Universidade do Vale do Rio dos Sinos - UNISINOS. Realizou Estágio de Doutoramento pela Universidade de Coimbra (2006). Docente no curso de Mestrado e Doutorado no Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Direitos e Garantias Fundamentais da Faculdade de Direito de Vitória - FDV. Tem experiência na área de Direito, com ênfase em Sociologia Jurídica, Teoria do Direito e do Estado e Ciências Criminais, atuando principalmente nos seguintes temas: criminologia, direito penal, processo penal, direito, globalização e democracia e crise do

OUTRAS INFORMAÇÕES:

Carga horária: 30 horas Data de início: 11/08/2017 Dia da semana: sexta-feira Horário: das 11h30 às 13h10

G.P. BIOGEPE

APRESENTAÇÃO:

Elda Coelho de Azevedo Bussinguer iniciou suas atividades no primeiro semestre de 2012 e, desde então, tem se dedicado ao estabelecimento das bases teóricas necessárias para a qualificação do debate e da análise dos problemas que envolvem sua temática. O BIOGEPE promove uma aproximação teórica entre os três eixos de pesquisa que o sustenta, concretizando projetos científicos pautados na interdisciplinaridade do Direito à Saúde, novo ramo jurídico ainda não incorporado ao ensino jurídico brasileiro, e da Bioética, ciência emergente que desde muito cedo deixou de se preocupar exclusivamente com os conflitos morais de natureza individual, ligados à ética biomédica, passando a abranger como objeto o enfrentamento ético de temas socialmente relevantes tais como a exclusão social, a equidade e universalidade no atendimento à saúde, etc. Além disso, certamente, dentre as fontes do Direito Sanitário no Brasil destacam-se os movimentos sociais em prol da democratização do Estado de Direito, nos anos 80, bem como o desenvolvimento multidisciplinar deste ramo no âmbito do Direito e das Políticas Públicas. Assim, o grupo promove um aprofundamento teórico na compreensão do Direito à saúde e suas interfaces com a política, com a economia, com a ética e com a justiça, em seus múltiplos e derivados sentidos e aplicações.

PÚBLICO ALVO:

Alunos a partir do 1º período.

DOCENTE:

Professores: Elda Coelho de Azevedo Bussinguer e Aloisio Krohling

Elda Coelho de Azevedo Bussinguer: Livre Docente pela Universidade do Rio de Janeiro (UNI-RIO- 1991). Doutora em Bioética pela UnB, Mestre em Direitos e Garantias Fundamentais pela Faculdade de Direito de Vitória (FDV-2008). Mestre em Enfermagem pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ- 1988). Graduada em Direito pela Faculdade de Direito de Vitória (FDV-2002). Graduada em Enfermagem e Obstetrícia pela Universidade Federal do Espírito Santo (UFES-1979). Professora Associada aposentada da Universidade Federal do Espírito Santo (UFES). Coordenadora de Pesquisa da Faculdade de Direito de Vitória (FDV). Professora do programa de Pós-Graduação em Direitos e Garantias Fundamentais da FDV (Mestrado e Doutorado).

Elda Coelho de Azevedo Bussinguer: Livre Docente pela Universidade do Rio de Janeiro (UNI-RIO- 1991). Doutora
Aloisio Krohling: Pós-Doutor em Filosofia Política pela UFRJ e em Ciências Sociais pela PUC-SP. Doutor em

Aloisio Krohling: Pós-Doutor em Filosofia Política pela UFRJ e em Ciências Sociais pela PUC-SP. Doutor em Filosofia pelo Instituto Santo Anselmo em Roma, Itália em 1969, reconhecido como titulação de PH.D em Filosofia pela Universidade Federal do Espírito Santo, da qual é aposentado. Mestre em Teologia e Filosofia pela Universidade Gregoriana - Roma, Itália. Mestre em Sociologia Política pela Escola de Sociologia e Política de São Paulo. Graduado em Filosofia pela Faculdade Anchieta - São Paulo. Graduação em Ciências Sociais pela Loyola University, Chicago, USA. Foi professor de Filosofia na PUC-SP e da Universidade Federal do Espírito Santo. Professor de Filosofia do Direito do Mestrado e Doutorado em Direitos e Garantias Fundamentais da Faculdade de Direito de Vitória (FDV).

OUTRAS INFORMAÇÕES:

Carga horária: 30 horas Data de início: 11/08/2017 Dia da semana: sexta-feira Horário: das 11h30 às 13h10

G.P.

TEORIA

CRÍTICA

CONSTITUCIONALISMO

APRESENTAÇÃO:

DO

O presente Grupo de Pesquisa nasce da constatação da necessidade de se aprofundar no Brasil os estudos sobre a conexão entre a matriz teórica baseada na filosofia crítica dos direitos humanos e fundamentais e a história do constitucionalismo, valorizando-se a narrativa e a linguagem e, ao mesmo tempo, reconhecendo tanto as origens europeias do direito brasileiro quanto as peculiaridades da realidade da nossa condição (latino) americana.

PÚBLICO ALVO:

Alunos a partir do 1º período.

DOCENTE:

Professor: Nelson Camatta Moreira

G.P. TEORIA CRÍTICA CONSTITUCIONALISMO APRESENTAÇÃO: DO O presente Grupo de Pesquisa nasce da constatação da necessidade

Pós-doutor em Direito pela Universidad de Sevilla (bolsa CAPES). Pós-doutor em Direito em Direito pela Universidade do Vale do Rio dos Sinos (Unisinos). Doutor em Direito pela Unisinos, com estágio anual na Universidade de Coimbra (bolsa CAPES). Mestre em Direito pela Unisinos (bolsa CAPES). Professor do Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu (doutorado e mestrado) e da graduação em Direito da Faculdade de Direito de Vitória (FDV-ES). Líder do Grupo de Pesquisa CNPq Hermenêutica Jurídica e Jurisdição Constitucional, da FDV-ES. Profesor Invitado, adjunto al Programa Academic Visitor de la Facultad de Derecho de la Universidad de Sevilla. Miembro del Grupo de Investigación Antagónicos de la Facultad de Derecho de la Universidad de Sevilla. Colaborador en Seminarios con la Cátedra Abierta de Derecho y Literatura de la Universidad de Málaga. Membro Honorário da Rede Brasileira Direito e Literatura (RDL). Ex-diretor da Escola Superior de Advocacia do Espírito Santo (OAB-ESA/ES), triênio 2010-2012. Ex-professor da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUC-RS). Ex-coordenador adjunto do IPA-Metodista (IPA-RS), 2005. Tem experiência em gestão de curso acadêmico e no Direito, com ênfase em Direito Público, especialmente nos seguintes temas: Direito Constitucional, Direitos Fundamentais, Hermenêutica, Filosofia do Direito e Direito e Literatura.

OUTRAS INFORMAÇÕES:

Carga horária: 30 horas Data de início: 11/08/2017 Dia da semana: sexta-feira Horário: das 11h30 às 13h10

G.P.

INVISIBILIDADE

SOCIAL

E

ENERGIAS

EMANCIPATÓRIAS EM DIREITOS HUMANOS

APRESENTAÇÃO:

PÚBLICO ALVO:

Alunos a partir do 1º período.

DOCENTE:

Professora: Gilsilene Passon Francischetto

G.P. INVISIBILIDADE SOCIAL E ENERGIAS EMANCIPATÓRIAS EM DIREITOS HUMANOS APRESENTAÇÃO: PÚBLICO ALVO: Alunos a partir do

Life Coaching Pela Sociedade Latino-Americana de Coaching-SLAC, Practitioner em Programação Neurolinguística pelo Instituto de Desenvolvimento Pessoal- INDESP, Master em Programação Neurolinguística pelo Instituto de Desenvolvimento Pessoal- INDESP, Formação em imunidade à mudança pelo Professional Dertified Coach International Coach Federation, Formação em Meditação Transcendental pela Associação Internacional de Meditação-SIM. Pós-doutora em Ciências Sociais pela Universidade de Coimbra-Portugal, Doutora em Direito - Universidade Gama Filho, Mestre em Direito - Universidade Federal de Santa Catarina, Especialista em Direito e Processo do Trabalho pela Universidade Cândido Mendes, Especialista em Justiça Constitucional e Direitos Humanos pela Universidade Castilla La-Mancha- Espanha, Graduação em Direito - Universidade Federal do Espírito Santo, Graduação em Pedagogia - Universidade Norte do Paraná, Professora e pesquisadora na graduação, Mestrado e Doutorado da Faculdade de Direito de Vitória-FDV e Coordenadora do Grupo de Pesquisa Invisibilidade Social e Energias Emancipatórias em Direitos Humanos na Faculdade de Direito de Vitória-FDV.

OUTRAS INFORMAÇÕES:

Carga horária: 30 horas Data de início: 11/08/2017 Dia da semana: sexta-feira Horário: das 11h30 às 13h10

COMISSÃO DE SUSTENTABILIDADE

APRESENTAÇÃO:

A Comissão de Sustentabilidade atua com temáticas do desenvolvimento sustentável afetas ao Direito, e pretende chamar a atenção da comunidade acadêmica para agir e interagir com a comunidade na qual está inserida, de modo a participar de Audiências Públicas, eventos nacionais, congressos acadêmicos, palestras, etc., bem como provocar as autoridades competentes para solucionar problemas eventualmente identificados. Tem por objetivos: Promover, junto à comunidade acadêmica, a conscientização dos alunos sobre a coleta seletiva, bem como seu papel enquanto ator social; Promover e estimular debates, palestras, dentre outros eventos, abertos à comunidade acadêmica em geral, sobre assuntos correlatos à sustentabilidade; Interagir com a comunidade local, solucionando problemas que são imediatamente identificados, partindo do princípio “pense globalmente, aja localmente”; Buscar informações junto às autoridades competentes acerca de medidas que estão sendo erroneamente adotadas ou que devem ser promovidas para a proteção ambiental; Divulgar eventos, jurídicos ou não, relacionados a meio ambiente e sua preservação; Estimular a adoção de práticas sustentáveis por parte dos alunos e, progressivamente, de toda a sociedade. Para tanto, a Comissão atua por meio de projetos, dentre os quais exemplificamos: Plano de Gerenciamento de Resíduos Sólidos, Adote um Calouro, Estante Sustentável, Dia Mundial Sem Carro, Consultoria à Promotoria Cível de Vitória, etc. Suas reuniões são abertas e seus debates, horizontais, de modo que não há uma programação pré-estipulada para cada encontro, a qual vai variando pelas demandas internas e externas e pelo andamento de projetos novos e antigos.

PÚBLICO ALVO:

Alunos a partir do 1º período, egressos, pós-graduandos, mestrandos e doutorandos.

DOCENTE:

Professora: Paula Ferraço Fittipaldi

COMISSÃO DE SUSTENTABILIDADE APRESENTAÇÃO: A Comissão de Sustentabilidade atua com temáticas do desenvolvimento sustentável afetas ao

Mestre em Direitos e Garantias Fundamentais pela FDV (Faculdade de Direito de Vitória). Graduada em Direito pela Faculdade de Direito de Cachoeiro de Itapemirim (FDCI). Pós-graduada em Direito Civil e Processo Civil. Atualmente é Professora de Direito Sucessório e História, Cultura e Instituições do Direito da Faculdade de Direito de Vitória (FDV), e professora de Direito Civil do Centro Universitário São Camilo - ES. Pesquisadora membro do Grupo de Pesquisa Direito, Sociedade e Cultura.

OUTRAS INFORMAÇÕES:

Carga horária: 50 horas/Ano Data de início: 22/02 à 27/11/2017 Dia da semana: segunda-feira Horário: das 11h30 às 12h30

CONSELHO DELIBERATIVO DA CONSTITUÇÃO NO CONCRETO

APRESENTAÇÃO:

Perceber quais direitos constitucionais estão sendo violados no dia a dia é um dever de todo cidadão. Porém, na maioria das vezes, esse dever não é exercido seja por falta de conhecimento ou pela falta de confiança nos órgãos públicos responsáveis. Diante da mobilização dos alunos para algumas questões com as quais se deparam no seu cotidiano, a Faculdade de Direito de Vitória (FDV) criou o projeto Constituição no Concreto, que tem por objetivo despertar nos alunos a consciência e a responsabilidade no sentido de que os mesmos devem se postar como agentes transformadores da sociedade, buscando uma aplicação prática e efetiva dos conhecimentos jurídicos na solução desses casos. Os estudantes, sob orientação dos professores, com o auxílio de monitores, detectam os casos concretos do cotidiano geradores de lesão aos direitos e garantias fundamentais, identificando e colhendo os elementos comprobatórios desses fatos, e os encaminham aos órgãos competentes para adoção das medidas necessárias para que apure o fato e faça cessar a lesão, caso essa seja confirmada. O Conselho Deliberativo do Constituição no Concreto propriamente dito é formado por alunos da instituição e constitui uma segunda etapa do projeto, tendo como principais objetivos:

deliberar acerca dos casos do Projeto que devem ser aprofundados e desenvolvidos para apresentação aos responsáveis; deliberar acerca das respostas recebidas, a fim de decidir que medidas devem ser tomadas a partir de então; ajudar no desenvolvimento dos casos escolhidos; auxiliar na divulgação dos resultados e progressos do Constituição no Concreto. Para tanto, o Conselho atua de acordo com os casos que estão sendo acompanhados. Suas reuniões são abertas e seus debates, horizontais, de modo que não há uma programação pré-estipulada para cada encontro, a qual vai variando pelas demandas internas e externas e pelo andamento de projetos novos e antigos.

PÚBLICO ALVO:

Alunos a partir do 1º período, egressos, pós-graduandos, mestrandos e doutorandos.

DOCENTE:

Professora: Paula Ferraço Fittipaldi

CONSELHO DELIBERATIVO DA CONSTITUÇÃO NO CONCRETO APRESENTAÇÃO: Perceber quais direitos constitucionais estão sendo violados no dia

Mestre em Direitos e Garantias Fundamentais pela FDV (Faculdade de Direito de Vitória). Graduada em Direito pela Faculdade de Direito de Cachoeiro de Itapemirim (FDCI). Pós-graduada em Direito Civil e Processo Civil. Atualmente é Professora de Direito Sucessório e História, Cultura e Instituições do Direito da Faculdade de Direito de Vitória (FDV), e professora de Direito Civil do Centro Universitário São Camilo - ES. Pesquisadora membro do Grupo de Pesquisa Direito, Sociedade e Cultura.

OUTRAS INFORMAÇÕES:

Carga horária: 50 horas/Ano Data de início: 24/02 à 29/11/2017 Dia da semana: quarta-feira Horário: das 11h30 às 12h30