Você está na página 1de 7

CÉLULA ANIMAL

RETÍCULO ENDOPLASMÁTICO

NÚCLEO
COMPLEXO CROMATINA
DE GOLGI NUCLÉOLO
MITOCÔNDRIA

CENTRÍOLOS RIBOSSOMOS
MEMBRANA
PLASMÁTICA LISOSSOMOS

CÉLULA VEGETAL
PAREDE CELULAR NUCLÉOLO
MEMBRANA CROMATINA
CLOROPLASTO NÚCLEO
VACÚOLO PORO

RIBOSSOMOS
COMPLEXO RETÍCULO ENDOP.
DE GOLGI MITOCÔNDRIA
MEMBRANA CITOPLASMÁTICA

BICAMADA LIPÍDICA

COLESTEROL
PROTEÍNA PERIFÉRICA

PROTEÍNA GLOBULAR LIPÍDIO


O CITOPLASMA
O citoplasma preenche o espaço entre o núcleo e a membrana da célula.
É composto basicamente por duas partes: a matriz e as organelas citoplasmáticas.
Abriga todas as estruturas responsáveis pelo metabolismo celular.

MATRIZ: também denominada hialoplasma ou citoplasma fundamental.


Pode variar conforme sua consistência: GEL ou SOL.
GEL: é mais viscoso, e situa-se na parte mais externa da célula.
SOL: é mais líquido, e situa-se na parte mais interna da célula.

CITOESQUELETO
FUNÇÕES:
 Manter a forma da célula;
 Propiciar a circulação e a integração
das estruturas intracelulares;
 Movimento celular.

O citoesqueleto é formado por três tipos de estrutura: os microtúbulos, os


microfilamentos e as microtrabéculas.

MICROTÚBULOS

 São delgados cilindros, constituídos por DÍMEROS DE TUBULINA, uma proteína de estrutura helicoidal.
 Assim forma-se uma complexa rede junto à membrana que atua na manutenção da forma da célula.

ORGANELAS MICROTUBULARES

CENTRÍOLOS: estão
relacionados com os movimentos
dos cromossomos no processo de
divisão celular.

CÍLIOS: são apêndices filiformes

dotados de movimentos próprios,

são curtos e numerosos.

Operam em meio líquido.

CÍLIOS
FLAGELOS: também são dotados de movimentos próprios, porém

diferem dos cílios por serem longos e em número reduzido.

MICROFILAMENTOS
Através destes, é que ocorrem os processos
de contração e distensão celular, é comum
em células do tecido muscular. Também é
responsável pela formação dos pseudópodos
nos movimentos amebóides.

RETÍCULO ENDOPLASMÁTICO

Sistema de membranas que constitui canais intracelulares


Função: armazenamento e transporte de macromoléculas no interior da célula.
É mais desenvolvido em células relacionadas com a produção de secreções.
Pode ser encontrado sob dois aspectos: o LISO e o RUGOSO.

RETÍCULO ENDOPLASMÁTICO LISO

Está relacionado ao armazenamento temporário e ao transporte das proteínas


pelo citoplasma. Relacionado com a síntese de lipídios. Eliminação de substâncias
tóxicas Intracelulares.

RETÍCULO ENDOPLASMÁTICO RUGOSO

Sua aparência rugosa está relacionada à presença de ribossomos em sua superfície.


Os ribossomos são os responsáveis pela síntese protéica, portanto, acolhe e
transporta as proteínas produzidas.

COMPLEXO DE GOLGI

Sistema de membranas estruturalmente formado por sacos (ou cisternas)


Achatados e empilhados. Sua função é a de acumular e secretar
as substâncias sintetizadas no Retículo Endoplasmático.
O C.G. secreta as substâncias através de vesículas que se desprendem
dele, e vão a diferentes destinos. As vesículas podem secretar por
exocitose, podem se anexar à membrana ou mesmo permanecer
no citoplasma (neste caso denominam-se Lisossomos).
LISOSSOMOS
São organelas formadas a partir do Complexo de Golgi;
Elas permanecem no citoplasma e contém enzimas que catalisam a quebra
de moléculas (enzimas hidrolíticas);
São importantes para o processo de digestão intracelular
A digestão pode ser Heterofágica ou Autofágica;
HETEROFÁGICA: é a digestão de substâncias não pertencentes à célula que entram por endocitose.
AUTOFÁGICA: é a digestão de materiais da própria célula. Esta ocorre quando há necessidade de renovação celular ou
mesmo quando a célula está completando seu ciclo de vida, ou seja, está morrendo.

VACÚOLOS

 São cavidades originadas de invaginações da membrana ou de


dilatações do retículo.
 Os vacúolos variam conforme sua função:

• CONTRÁTIL ou PULSÁTIL – são importantes pois


fazem a regulação osmótica das células de
organismos aquáticos. São encontrados em
protozoários de água doce, onde sua função é a de
eliminar o excesso de água das células.

• VACÚOLO DE SUCO CELULAR – é encontrado em


células vegetais, onde ocupa quase todo o volume
da célula adulta e armazena diversas substâncias
em solução. A coloração das flores, por exemplo, se
deve às antocianinas, pigmentos que se encontram
dissolvidos no vacúolo.
VACÚOLOS DIGESTIVOS - quando as células realizam
pinocitose ou fagocitose, formam vacúolos que juntamente com
enzimas (aí temos os lisossomos) processam a digestão,
portanto é responsável pela digestão intracelular.

MITOCÔNDRIAS
São orgânulos citoplasmáticos encontrados em todas as células eucariotas;
É a central de energia da célula, é onde ocorrem as reações entre moléculas de alimentos e o oxigênio, formando a
substância mais importante de um organismo, que é o ATP ( Adenosina de Trifosfato);
Suas formas são variáveis, podendo ser arredondadas ou em bastonetes;
Portanto, quanto maior a atividade da célula, maior o nº de mitocôndrias;
A mitocôndrias são dotadas de DNA próprio, RNA e ribossomos, o que as diferencia das demais organelas
citoplasmáticas;
A membrana externa é lisa e a interna é toda pregueada ou franjada, isto é possui numerosas dobras que se dispõem
perpendicularmente e recebem o nome de Cristas Mitocondriais.
Todo o interior do orgânulo é preenchido por um material homogêneo, denominado Matriz Mitocondrial;
PLASTOS
Organelas características de células vegetais e de alguns protistas;
Alguns são incolores (Leucoplasto) ou coloridos (Cromoplasto);

PLASTOS
VARIEDADE PIGMENTO FUNÇÃO
Cloroplastos Verde Fotossíntese
Xantoplastos Amarelo Pigmentação
CROMOPLASTOS
Eritroplastos Vermelho Pigmentação
Feoplastos Pardo Pigmentação

Proteoplastos Ausente Acúmulo de proteínas


LEUCOPLASTOS Oleoplastos Ausente Acúmulo de óleos
Amiloplastos Ausente Acúmulo de amido

Do grupo dos Plastos, o que mais se destaca é o CLOROPLASTO, por sua importante função (Fotossíntese);

CLOROPLASTO

Formado por uma Membrana externa e uma Interna;


No interior dos Cloroplastos, existem estruturas denominadas Lamelas;
Sobre estas lamelas, encontram-se empilhados pequenos discos que chamam-se Tilacóides;
Estes Tilacóides, podem ser encontrados isolados ou sobrepostos, formando pilhas que são denominadas Granum (no
plural fica grana);
Entre os grana e as membranas do Cloroplasto, existe uma substância de consistência gelatinosa denominada Estroma;
O cloroplasto, assim como, a mitocôndria, apresenta DNA e RNA próprios, possibilitando que ele possa produzir parte
das proteínas de que necessita e poder se autoduplicar;
O aspecto verde dos vegetais deve-se à grande presença de Clorofila nos cloroplastos. A clorofila é um pigmento de
importância vital na absorção da energia luminosa para o processo de Fotossíntese.