Você está na página 1de 6

Faculdades Integradas de Jaú

Curso de Direito

PROGRAMA ANALÍTICO DE DISCIPLINA

DISCIPLINA CÓDIGO
FILOSOFIA (GERAL E JURÍDICA)

PROFESSOR(A)
Silvana Beline Tavares

DURAÇÃO EM AULAS/ATIVIDADES CARGA HORÁRIA


SEMANAS TEÓRICAS PRÁTICAS TOTAL ANUAL
37 52 14 66 66

PRÉ-REQUISITOS PRÉ OU CO-REQUISITOS CO-REQUISITOS

EMENTA

Especificidade da filosofia: origem, conceitos, problemas e temas relevantes do discurso filosófico.


Questões fundamentais da filosofia: epistemológicas, antropológicas, ontológicas, éticas. Filosofia,
direito e filosofia do direito. Filosofia do direito e teoria geral do direito. Clássicos da filosofia do
direito: idealistas, empiristas e críticos. Tendências atuais em filosofia do direito.

EMENTA
Elaboração de tópicos básicos do desenvolvimento do pensar filosófico ocidental. Começando
com o pensamento mítico e o surgimento da filosofia na Grécia, passando por Sócrates, Platão e
Aristóteles, até o período helenístico.
Introdução à Filosofia do Direito: noção, objeto, método e importância da filosofia jurídica;
O Direito e seus atributos de validade: Conceito de Direito, sua dimensão axiológica; Direito e
Coação; a validade do Direito; Direito e cultura; A necessidade de lei como elemento essencial da
sociedade; Teoria Tridimensional do Direito; Direito Natural sua historia e concepções; Positivismo
jurídico e suas escolas; Hans Kelsen e a teoria pura do direito; Thomas Hobbes e os fundamentos do
Estado Absolutista; John Locke, Jean Jacques Rosseau e o contrato social; A Doutrina do Direito de
Emmanuel Kant e o Jusnaturalismo; A teoria do ordenamento jurídico em Norberto Bobbio.

OBJETIVOS
A disciplina se propõe a motivar a reflexão crítico-valorativa, sob enfoques humanísticos,
ético, político, jurídico e histórico sobre a necessidade da lei, lei e força, lei e moral, direito natural
e direitos naturais. Ainda a análise do positivismo e suas escolas para contrapor às teorias antes
ministradas.
A disciplina Filosofia do Direito tem por objetivo colaborar com o aluno para que ele
consiga ter uma visão de totalidade, pensando a Justiça e o Direito acima das Leis. No final do
curso o aluno deverá ser capaz de compreender as teorias clássicas em Filosofia do Direito, de
Faculdades Integradas de Jaú
Curso de Direito

identificar as principais escolas e de formar sua própria opinião para interpretar os códigos e fazer a
“leitura” crítica e um ordenamento jurídico. De modo especial, o aluno deverá estar habilitado para
compreender bem o ordenamento jurídico brasileiro.

INTEGRAÇÃO COM OUTRAS DISCIPLINAS


A disciplina Filosofia do Direito, como parte dos fundamentos dos estudos jurídicos, será uma
preparação para que o aluno compreenda com mais facilidade todas as outras disciplinas do currículo.
Há uma integração de modo especial com as outras disciplinas fundamentais (filosofia, sociologia,
ciência política, direito constitucional, ética, metodologia, língua portuguesa e introdução ao direito).
Haverá um diálogo constante e uma integração de metodologia e de conteúdos com os professores
dessas disciplinas. Haverá também uma integração horizontal, com as disciplinas que são ministradas
no 3º período. A filosofia do direito se coloca aqui como “serva” das ciências jurídicas.

APROVAÇÃO

DEPARTAMENTO DATA

HOMOLOGAÇÃO

COORDENAÇÃO DATA

AULAS TEÓRICAS

ITE ASSUNTO H/A

1º Parte:

1. Noções introdutórias e fundamentais do pensamento filosófico científico.


2. A questão do conhecimento: a relação do sujeito cognoscente e objeto
3. cognoscível.
4. Formas de conhecimento: Mito, religião, senso comum, ciência.
5. Mito, passado e presente.
6. Filme: Odisséia
7. Surgimento da filosofia na Grécia antiga.
8. Os Pré-socráticos e suas escolas.
9. Os Sofistas.
10. Sócrates.
Faculdades Integradas de Jaú
Curso de Direito

11. .Platão.
12. Aristóteles.
13. Período Helenístico: Estoicismo, Epicurismo.
14. Período Helenístico: Ceticismo, Neoplatonismo.

2º Parte

1. Introdução à Filosofia do Direito: os graus do conhecimento, noção, objeto,


2. método e importância da filosofia jurídica.
3. Direito e moral
4. Direito Natural sua história e concepções: Os princípios do direito Natural,
5. distinção entre Direito Natural e Direito Positivo, as concepções do Direito
6. Natural no pensamento greco-romano, patrístico, moderno e contemporâneo.
7. Positivismo jurídico e suas escolas: Positivismo Exegético, Analítico, Lógico,
Psicológico, Teleológico e Sociológico.
Hans Kelsen e a Teoria Pura do Direito: A teoria da norma hipotética
8. fundamental, A estática e a dinâmica do Direito, princípio de causalidade e
imputação, A primazia da conduta ilícita, Direito e o Estado.
9. Thomas Hobbes: O estado de natureza; Os fundamentos do Estado Absolutista; A
teoria do Contrato Social;
John Locke e Jean Jacques Rosseau: O estado de natureza; O direito de resistência;
10. A teoria da propriedade; Sociedade política ou civil; Os termos do contrato social.
Jean Jacques Rousseau: O estado de natureza; Os termos do Contrato Social;
11. Soberano e governo; A vontade geral; Os fundamentos do Estado Democrático.
A Doutrina do Direito de Emmanuel Kant e o Jusnaturalismo: Metafísica dos
12. costumes; Moralidade e legalidade; Legislação interna e legislação externa;
Liberdade interna e liberdade externa; Autonomia e heteronomia; Os termos do
13. contrato social; O direito privado e o direito público.
14. A teoria do ordenamento jurídico em Norberto Bobbio.

ATIVIDADES PRÁTICAS

ASSUNTO H/A
Faculdades Integradas de Jaú
Curso de Direito

• Filmes; 06
• Estudos de caso. 08

NATUREZA DAS ATIVIDADES PRÁTICAS


Tem por objetivo a integração entre ensino-aprendizagem, por meio de participação discente
em discussões e em construção de saber reflexivo resultante de estudos de natureza prática com
fundamentação teórica da disciplina.

AVALIAÇÃO DO RENDIMENTO ESCOLAR


A avaliação obedecerá aos critérios do regimento das Faculdades Integradas de Jaú, sendo
resultado de uma série de procedimentos de caráter pedagógico objetivando sempre uma avaliação
global.
• Prova individual com questões dissertativas e de múltipla escolha;
• Trabalho escrito com defesa oral;
• Apresentação de seminários;
• Participação dos discentes nas aulas;
• Filmes.

BIBLIOGRAFIA

N.º BÁSICA
1º Parte
1. ARANHA, M.L., A., & MARTINS, M.H.P. Filosofando: introdução à filosofia. 2ª ed.
São Paulo: Editora Moderna, 1993.
2. ARISTÓTELES. Coleção Os pensadores. São Paulo: Nova cultural, 1987.
3. CHAUI, M. Convite à Filosofia. São Paulo: Ática, 1995.
4. CHAUI, M. Introdução à historia da filosofia: dos pré-socráticos a Aristóteles.São Paulo:
Brasiliense, 1994.
5. COTRIM, G. Fundamentos da filosofia: ser, saber e fazer. São Paulo: Saraiva, 1999.
6. DURANT, W. A história da filosofia. Coleção Os pensadores. São Paulo: Nova cultural,
2000.
7. JAEGER, Werner. Paidéia: a formação do homem grego.São Paulo: Martins Fontes, 2001.
8. MARCONDES, D. Iniciação da história da filosofia: dos pré-socráticos a Wittgenstein. Rio
de Janeiro: Jorge Zahar, 1997.
9. REALE, G. & ANTISERE, D. História da filosofia: antiguidade e idade média.Vol.1. São
Paulo: Paulus, 1990.
10. TELES, A.X. Introdução ao Estudo da Filosofia. São Paulo: Ed. Ática, 1981.
11. PLATÃO. Defesa de Sócrates. Coleção Os pensadores. São Paulo: Ed. Nova
Cultural, 1987.
12. SÓCRATES. Coleção Os pensadores. São Paulo: Ed. Nova cultural, 1987.
13. VERGES, A. & HUISMAN, D. História dos Filósofos. Rio de Janeiro: Ed. Freitas Bastos,
1982.
Faculdades Integradas de Jaú
Curso de Direito

2º Parte
14. BOBBIO, Norberto. Direito e estado no pensamento de Emanuel Kant. Trad. Alfredo Fait. 3ª
ed. Brasília: UnB, 1995.
15. ______________. Locke e o direito natural. Trad. Sérgio Bath. Brasília: UnB, 1997.
16. GALVES, Carlos Nicolau. Manual de filosofia do direito. Rio de Janeiro: Forense, 1995.
17. KANT, Emmanuel. Doutrina do direito. Trad. Edson Bini. São Paulo: Ícone, 1993.
18. KELSEN, Hans. O que é justiça? Trad. Luís Carlos Borges. São Paulo: Martins Fontes, 1997.
19. ____________. Teoria pura do direito. Trad. João Baptista Machado. São Paulo: Martins
Fontes, 1997.
20. LOOYD, Dennis. A luta pelo direito. Trad. Álvaro Cabral. Martins Fontes, São Paulo, 1998.
21. NADER, Paulo. Filosofia do direito. 5ª ed. Rio de Janeiro: Forense, 1996.
22. REALE, Miguel. Filosofia do direito. 15ª ed. São Paulo: Saraiva, 1993.
23. REALE, Miguel. Teoria tridimensional do direito. 5ª ed. São Paulo: Saraiva, 1994.
24. SÓFOCLES – ÉSQUILO. Rei Édipo * Antígone. Prometeu Acorrentado. Tragédias Gregas.
25. Prefácio, tradução e notas de J.B. Mello e Souza, 19º Edição, 1998,Ediouro publicações.
WEFFORT. Francisco. C. (org.). Os clássicos da política. Volumes 1 e 2. Editora Ática. 1996.

N.º COMPLEMENTAR
1. ADEODATO, João Maurício. Filosofia do direito; uma crítica à verdade na ética e na ciência.
São Paulo: Saraiva, 1996.
2. ARAÚJO, Vandyck Nóbrega de. Fundamentos aristotélicos do direito natural. Porto Alegre:
Fabris, 1988.
3. BOBBIO, Norberto. A era dos direitos. Trad. Carlos Nelson Coutinho. Rio de Janeiro:
Campus, 1992.
4. _____________. O positivismo jurídico; lições de filosofia do direito. Trad. Márcio Pugliesi e
outros. São Paulo: Ícone, 1995.
5. _____________. Thomas Hobbes. Trad. Carlos Nelson Coutinho. Rio de Janeiro: Campus,
1991.
6. COELHO, Fábio Ulhoa. Para entender Kelsen. São Paulo: Max Limonad, 1995.
7. FULLER, Lon L. O caso dos exploradores de cavernas. Trad. Plauto Faraco de Azevedo. Porto
Alegre: Fabris, 1976.
8. GUSMÃO, Paulo Dourado de. Filosofia do direito. 3ª ed. R.J.: Forense, 1996.
9. HOBBES, Thomas. De cive. Trad. Ingeborg Soler. Petrópolis: Vozes, 1993
10. ____________. Leviatã. Trad. João Paulo Monteiro e Maria Beatriz Nizza da Silva. 2ª ed. São
11. Paulo: Abril Cultural, 1979. (coleção Os pensadores.)
12. MONTORO, André Franco. Estudos de filosofia do direito. 2ª ed. São Paulo: Saraiva, 1995.
13. ____________. Introdução à ciência do direito. 24ª ed. São Paulo: Revista dos Tribunais,
1997.
14. OLIVEIRA JUNIOR, José Alcebíades de. Bobbio e a filosofia dos juristas. Porto Alegre:
Fabris, 1994.
15. RODRIGUES, Horácio Wanderlei. Ensino jurídico e direito alternativo. São Paulo:
Acadêmica, 1993.
16. ROUSSEAU, Jean-Jacques. Rousseau. Trad. Lourdes Santos Machado. 3ª ed. Coleção Os
pensadores. São Paulo: Abril Cultural, 1993.
17. SALGADO, Joaquim Carlos. A idéia de justiça em Kant; seu fundamento na liberdade e na
Faculdades Integradas de Jaú
Curso de Direito

igualdade. 2ª ed. Belo Horizonte: UFMG, 1995.


18. SILVEIRA, José Luongo. Noções preliminares de filosofia do direito. Porto Alegre: Fabris,
1998.