Você está na página 1de 6

Portugus Instrumental e Comunicao II

Deu branco!

Especialistas sugerem estratgias para evitar a paralisia ao comear a escrever um


texto

A angstia de no conseguir iniciar um texto a da dificuldade de romper um silncio


constrangedor. Nem necessrio ser escritor ou poeta para ter experimentado a sensao. A
mente divaga, palavras faltam, parece que tudo o que se aprendeu perde a eficcia e a
forma, incapaz de ser transformado em frase.

Quando se candidatou a uma residncia em clnica mdica em instituies americanas, no


fim do ano passado, a paulista Juliana da Silva, de So Jos dos Campos (SP), teve de
escrever uma "carta de motivao" a cada hospital, explicando as razes para a escolha
daquele programa e por que seria a candidata ideal para a vaga. A barreira do idioma era o
de menos.

- Foram em mdia quarenta cartas e eu no tinha ideia de como comear! No conhecia o


pblico-alvo e estava insegura sobre que nvel de linguagem adotar, principalmente porque
cada texto exigiu certo nvel de exposio pessoal e de autoconhecimento, o que
significava transpor vrias barreiras culturais que ficaram bvias apenas ao longo do
processo - explica.

A necessidade a fez desenvolver um mtodo prprio de desbloqueio.

- O pargrafo inicial, sempre uma barreira, deixo por ltimo, e s o retomo depois que
escrevo todas as ideias e as vou costurando ao longo do texto. Costumo elaborar a ideia
principal oralmente e depois tento fazer disso um pargrafo coeso. Nem sempre fcil -
explica.

Estratgias teis

Juliana superou o bloqueio na marra. Aos 25 anos, comea este ms no Albert Einstein
Medical Center, da Thomas Jefferson University, na Filadlfia. A especializao em
nefrologia vir na sequncia.

A escritora Snia Belotto, professora de oficinas de escrita, orienta que, em casos assim, h
trs condies para um bom resultado: "conhecer o pblico, dominar o assunto escolhido e
dominar as tcnicas de escrita". Fazer isso que so elas.
Lngua rene a seguir dicas de profissionais da escrita. So sugestes teis at para quem
no depende tanto da escrita para viver, como foi o caso da mdica Juliana.
Fonte: Revista Lngua Porguesa
http://revistalingua.uol.com.br/textos/68/artigo249122-1.asp

1. Aps a leitura do texto Deu branco! voc consegue identificar suas maiores dificuldades ao escrever
um texto? Identifique-as.

_____________________________________________________________________________________
_____________________________________________________________________________________
_____________________________________________________________________________________
_____________________________________________________________________________________
_____________________________________________________________________________________