Você está na página 1de 4

1

PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DO


CENTRO UNIVERSITÁRIO DO INSTITUTO MAUÁ DE TECNOLOGIA

O Programa de Iniciação Científica do Centro Universitário do Instituto Mauá de Tecnologia (CEUN-


IMT) foi criado para fomentar o desenvolvimento do pensamento científico e iniciação à pesquisa de
estudantes de graduação e tem como objetivos:

 estimular pesquisadores produtivos a motivar estudantes de graduação nas atividades científicas e


tecnológicas do Centro Universitário do Instituto Mauá de Tecnologia;

 possibilitar maior integração entre a graduação e a pós-graduação;


 contribuir para o aumento da produção científica e tecnológica;
 despertar vocação científica e incentivar talentos potenciais entre estudantes de graduação,
mediante participação em projetos de pesquisa;

 contribuir para a formação de recursos humanos no campo da pesquisa;


 estimular nos alunos o raciocínio crítico-analítico dos trabalhos científicos.

Tal Programa é gerido pelo Comitê de Iniciação Científica, cujos membros são: Prof.ª. Dr.ª
Alessandra Dutra Coelho, Prof.ª Dr.ª Cynthia Jurkiewiscz Kunigk, Prof. Dr. José Alberto Domingues
Rodrigues (Coordenador), Prof.ª Dr.ª Susana Marracini Giampietri Lebrão.

O programa de Iniciação Científica do CEUN-IMT acontece com a concessão de dois tipos de bolsas
de Iniciação Científica institucionais: CEUN-IMT e PIBIC-CNPq. Além dessas, existem as Bolsas Individuais
FAPESP solicitadas diretamente pelos professores orientadores, ou seja, não institucionais. O cronograma
de concessão dessas bolsas é o seguinte:

 bolsa CEUN-IMT: divulgação de inscrição em 1.º.12; prazo de entrega de documentos em 31.01;


divulgação de aprovados em 15.02; vigência da bolsa: de 1.º.03 a 31.12;

 bolsa PIBIC-CNPq: Divulgação de inscrição em 1.º.04; prazo de entrega de documentos em 31.05;


divulgação de aprovados em 15.06; vigência da bolsa; de 1.º.08 a 31.07.

Com isso, há a possibilidade de solicitação de bolsas duas vezes por ano (semestralmente). O
processo de seleção segue um procedimento único, com o preenchimento de dois formulários: "Formulário
para inscrição de projeto de Iniciação Científica Mauá" e "Formulário para inscrição de aluno de Iniciação
Científica Mauá", além do Projeto de Pesquisa, a serem entregues ao Comitê de Iniciação Científica da
Mauá, que analisará o mérito do pedido e decidirá sobre a aprovação do projeto.
2

Os requisitos e compromissos para a participação no programa são os seguintes:

(a) Orientador

 ser pesquisador com titulação de Doutor ou de perfil equivalente;


 ser professor do quadro docente do CEUN/IMT com regime de trabalho integral ou parcial;
 possuir experiência compatível com a função de orientador e formador de recursos humanos
qualificados e estar cadastrado na Plataforma de Currículo Lattes/CNPq, pelo qual será analisada
a produção científica ou tecnológica nos últimos 5 (cinco) anos;

 apresentar o formulário do projeto de pesquisa;


 orientar o bolsista nas distintas fases do trabalho científico, incluindo a elaboração dos relatórios
semestral e final, além de material para divulgação dos resultados;

 acompanhar a exposição do bolsista, por ocasião do Seminário de Iniciação Científica do


CEUN/IMT;

 incluir o nome do bolsista nas publicações e nos trabalhos apresentados em eventos, cujos
resultados tiveram a participação efetiva do bolsista;

 estar, preferencialmente, credenciado no Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu do


CEUN/IMT.
Observações

 é vedado ao orientador repassar a orientação de seu(s) bolsista(s). Em caso de impedimento


eventual do orientador, a(s) bolsa(s) retorna(m) ao Comitê Institucional do PIBIC/CNPq/IMT;

 o orientador pode, com justificativa, solicitar a exclusão de um bolsista e indicar novo aluno para a
vaga, desde que satisfeitos os prazos operacionais e limitado a uma única substituição por Plano
de Atividades durante a vigência do projeto.

(b) Bolsista

 ser aluno regularmente matriculado em curso de graduação do CEUN/IMT e ser indicado pelo
orientador;

 não possuir vínculo empregatício com qualquer instituição, durante a vigência da bolsa solicitada,
e dedicar-se integralmente às atividades acadêmicas e de pesquisa por um período de 20 horas
semanais;

 não possuir bolsa de qualquer natureza (monitoria, estágio, estudo, trabalho entre outras), de
agências e/ou instituições, na vigência da bolsa solicitada;

 apresentar o formulário de inscrição do bolsista;


 apresentar o resultado de seu Plano de Atividades na forma de Relatório Científico e no Seminário
de Iniciação Científica do CEUN/IMT;

 nas publicações e trabalhos apresentados, fazer referência a sua condição de bolsista;


3

 estar cadastrado na Plataforma de Currículo Lattes/CNPq;


 devolver, em valores atualizados, a(s) mensalidade(s) recebida(s) indevidamente, caso os
requisitos e compromissos acima não sejam cumpridos.

(c) Projeto de pesquisa

 apresentar mérito científico com base na análise dos itens: objetivos, revisão bibliográfica,
metodologia e cronograma;

 dispor de viabilidade técnica e econômica, respeitadas as condições de infraestrutura do CEUN-


IMT.
Observação

 O projeto deve ser apresentado conforme formulário de inscrição.

O procedimento de julgamento dos pedidos de bolsas de Iniciação Científica (PIBIC & IMT) baseia-se
em critérios de avaliação de dois níveis: eliminatórios e classificatórios. Os critérios eliminatórios visam à
avaliação do professor orientador em pedidos anteriores e do mérito científico do projeto, ou seja, se o
projeto se enquadra no escopo de Iniciação Científica. Os critérios classificatórios visam à avaliação do
projeto de pesquisa, do professor orientador e do aluno orientado. Os projetos classificados para os quais
não serão concedidas bolsas, por questão de disponibilidade, poderão, caso seja de interesse do
orientador e do orientando, ser desenvolvidos por aluno em condição de ‘aluno voluntário’.
Importante: : alunos voluntários terão as mesmas obrigações que os alunos bolsistas.

(a) Critérios eliminatórios

 terão prioridade os projetos de professores que cumpriram as exigências estabelecidas pela


comissão em pedidos anteriores;

 o projeto deve atender adequadamente ao escopo da Iniciação Científica e aos itens solicitados,
ou seja, deverá apresentar objetivo, revisão bibliográfica, metodologia e cronograma.

(b) Critérios classificatórios

 prioridade para pedidos vinculados a projetos de pesquisa e/ou pós-graduação;


 prioridade para distribuição de projetos para as diferentes áreas de pesquisa, evitando-se a
concentração em áreas específicas;

 prioridade para um aluno bolsista por professor;


 prioridade para um aluno bolsista com professores orientadores (na ordem): Doutores,
Doutorandos, Mestres, Mestrandos e Graduados;
4

 prioridade para um aluno bolsista, que tenha como orientador professores em regime Tempo
Integral ou que trabalhem com carga horária específica para pesquisa;

 prioridade para bolsas para alunos que não estejam na primeira e na última séries e que não
apresentem dependência em disciplinas.

Ao término do projeto, é obrigatória a apresentação do Relatório Científico para a avaliação do


desenvolvimento do projeto. A data de entrega desse relatório é 15.12 para alunos com as Bolsas CEUN-
IMT e 15.06 para alunos com as Bolsas PIBIC-CNPq. Na entrega do relatório, o orientador deve preencher
um formulário sobre o desempenho do aluno em termos do relatório e das atividades realizadas:
"Formulário para encaminhamento de relatório de Iniciação Científica Mauá". A avaliação do relatório
também poderá ser feita por um revisor ad hoc quando uma análise específica for necessária, e o parecer
deve ser redigido em formulário próprio: "Formulário para avaliação relatório de Iniciação Científica Mauá".